Você está na página 1de 1

UM EVANGELHO CENTRADO EM DEUS - II

Muitas pessoas buscam a Igreja porque querem ir para o céu, fugindo do inferno. Se todos os
pregadores e mestres dissessem um dia ao povo: “Decidimos que não há céu nem inferno”,
quantos permaneceriam na Igreja? A maioria das pessoas perguntaria: “Então o que é que
estamos fazendo aqui?” É que estamos procurando o céu, e não a Jesus o Senhor, a quem
todos devem se submeter. Outros vieram porque queriam ser curados.

E qual era, realmente a mensagem naquele famoso dia de Pentecostes em que todo o mundo
falou em línguas? A mensagem de Deus, naquela hora, não foi que todo o mundo devia falar
em línguas. Mas sim: “E ele que foi crucificado, Deus o fez Senhor e Cristo”. Essa foi a
mensagem: Deus o fez Senhor e Cristo. Quando o povo ouviu isso, todos começaram a tremer.
- É Ele o Senhor, agora?
- Sim.
- Que faremos, então? Estamos perdidos!
- Não tenham medo, arrependam-se e sejam batizados para a remissão de seus
pecados e receberão o Espírito Santo.

Senhor. A Bíblia diz que se invocarmos o nome do Senhor Jesus Cristo, isto é, se nos
colocarmos sob a autoridade de Jesus Cristo, seremos salvos. A Bíblia também diz que a pessoa
crê com o coração. Se você crê no coração e professa de boca que Jesus Cristo é o Senhor,
você será salvo. Ele é muito mais do que Salvador, Ele é o Senhor.

Um exemplo do quinto Evangelho pode ser encontrado na aplicação que comumente se faz de
Lc 12,32: “Não temas, pequeno rebanho, porque foi do agrado de vosso Pai dar-vos o reino”.
Muitos de nós gostamos de compor o sermão em torno desse versículo. E o versículo seguinte?
“Vendei o que possuís e dai esmolas” Nunca ouvi nenhum sermão sobre isso. Por quê? Porque
esse versículo não consta do quinto Evangelho. E contudo esse versículo é um mandamento.
Nele, Jesus explica o sentido do versículo 32. Vendei o que possuís e dai esmolas. Quem é que
tem opção no que diz respeito aos mandamentos. Ninguém, pois os mandamentos obrigam.
Entretanto, o quinto Evangelho deixa algumas coisas à escolha: você não é obrigado, se não
quiser. Mas esse não é o Evangelho do reino; esse é o Evangelho das ofertas.

Lemos na Bíblia: “Vinde a mim, vós todos que estais aflitos e eu vos aliviarei”; esse versículo
também dá muitos sermões. Mas o versículo seguinte, - “Tomai meu jugo sobre vós e aprendei
de mim que sou manso e humilde de coração”- esse raramente é lembrado, porque não está no
quinto Evangelho. O quinto Evangelho diz que ficamos livres dos fardos e dos problemas
quando somos salvos. Mas o Evangelho do reino diz que você se liberta daquele jugo para
receber um outro - o jugo de Jesus. Ele precisa de você livre de todos os fardos a fim de usá-lo
em prol de Seu reino. Ele quer libertá-lo dos seus problemas para que você assuma os
problemas dEle. Por quê? Porque temos que viver para o Rei e não para nós mesmos.

Muitos dos meus amigos gostam de sublinhar seu versículos preferidos na Bíblia, a maioria dos
quais compõe o quinto Evangelho. Para compreender o que estou dizendo procure ler os
versículos que você nunca sublinhou: neles esta a verdade que lhe falta. Eu não sublinho mais
a Bíblia, porque isso divide os versículos em primeira e segunda classes. Eu costumava ter a
minha Bíblia sublinhada em várias cores. agora, se sublinhar, sublinho tudo da mesma cor,
porque todas as palavras são importantes.