Você está na página 1de 34

NEUROCIÊNCIA & LUZ

2
GENERALIDADES

CONSELHOS PARA A PRÁTICA CLASSIFICAÇÃO DOS EXERCÍCIOS


EFEITOS SOBRE A VISTA O PONTO DE DILATAÇÃO
APLICAÇÕES PEDAGÓGICAS OS 7 NÍVEIS DO DESDOBRAMENTO
UM PRINCÍPIO UNIVERSAL OS FÉNOS FISIOLÓGICOS
A TELEPATIA FOSFÉNICA PROCESSO:
TROVOADAS TELEPATICAS FOSFENISMO E RELIGIÃO
EDITORIAL F az agora dois anos que empreendi uma
grande mudança na política da
divulgação do Fosfenismo. Após ter
apercebido a evidência que nunca
encontrarei ninguém para me assistir
nesta pesada tarefa administrativa e após ter
conversado longamente com o Dr. LEFEBURE, decidi
designar o meu sucessor, o meu "herdeiro":
"Internet". E foi durante uma pequena cerimónia
www.FOSFENISMO.coM solene que entronizei "Internet" nesta tarefa de
divulgação :-)
Por outro lado, se pensarmos bem, quem poderia
encarregar-se desta tão pesada tarefa de divulgação
ao nível MUNDIAL?
Foi assim que, desde há dois anos, todas as ações
são articuladas à volta desta reflexão: “e se eu
GENERALIDADES N°2 morresse!” em que estado vou deixar às gerações
futuras a obra magistral do Dr. LEFEBURE?”
A vida é uma grande roda que não cessa de girar.
Um dia temos 14 anos e muito rapidamente
16,18,20,25,30,35,40,45,50… 60,70… e um dia puf!
Desaparecemos do cimo da terra! Mas o que é que
ficará de nós depois… NADA! Dos nossos últimos
parentes falecidos, não ficou absolutamente nada!
Exceto para algumas raras personagens que
passarão para a posteridade. Mas o que deve ficar
e durar, é a obra do Dr. LEFEBURE, tal foi a
promessa que me fiz há anos.
Para a criança, o tempo passa devagar, mas quanto
mais envelhecemos, mais o tempo parece acelerar,
a ponto que, bem frequentemente, temos a
impressão de não fazer quase nada durante um ano
inteiro…
Sentindo que o tempo se acelera para mim, dedico-
me muito à obra desde há dois anos para que o
conjunto dos trabalhos do Dr. LEFEBURE fique
disponível pela Internet, nomeadamente pelos
downloads dos livros no formato PDF, os cursos
áudio no formato MP3 e as formações gravadas em
vídeo no formato DivX.
Mas também reunir nesta coleção: O UNIVERSO DA
ENERGIA FOSFÉNICA todos os textos que julgo
dignos de interesse.
Após dois anos de esforços incessantes com a
ajuda preciosa de Pierre e Stéphane, o meu desejo
atinge o seu objetivo: Tornar acessível ao maior
número de pessoas a obra do Dr. LEFEBURE com
downloads a preço simbólico.
Daniel STIENNON
NOTA IMPORTANTE:
Foi aplicado neste livro, o novo Acordo Ortográfico da Língua
Portuguesa (AOLP), ratificado em 2008 pela Assembleia da
República.
Publicação: A reprodução total ou parcial dos artigos,
As Edições FOSFENISMO e a Associação Para o Edições PHOSPHENISME - FRANÇA imagens e mais especificamente o
Associação Para o Desenvolvimento do conteúdo publicado nesta revista
Desenvolvimento do Fosfenismo (A.P.D.F.) foram Fosfenismo - PORTUGAL “UNIVERSO ENERGIA FOSFÉNICA” sem
acordo escrito das Edições FOSFENISMO
criadas para difundir a obra magistral e as Directeur publicação: STIENNON Daniel
e/ou da A.P.D.F é proibido em
descobertas do saber de um dos maiores mestres Redacteur chefe: STIENNON Daniel conformidade com a lei de 11 de Março de
1957 sobre a propriedade literária e
do nosso século Tradução: Emilia GRIERE - Gabriela SILVA artística.
Adaptação: Adenilton SILVA © Todos os direitos de reprodução são
Maqueta e Impressão: proibidos para todos os países mesmo
Editions PHOSPHENISME em língua estrangeira.
Daniel STIENNON - Emília GRIÈRE 30330 LA BASTIDE D’ENGRAS - FRANÇA
O editor não é responsável pelos
Um só objectivo, uma só missão: Marca registada no INPI (FR) - SPA (PT) anúncios publicitários e as informações
Distribuição : VPC & INTERNET fornecidas por terceiros. Só os autores
proteger e preservar a obra do Dr. LEFEBURE Depósito legal : A publicação comprometem a sua responsabilidade.
para as gerações futuras. Imprimido em França Todo manuscrito, inserido ou não, não é
RCS Paris B 339 614 463 devolvido.
N° SIRET: 339 614 463 00042
N° ID Intracomunitário: FR21 339 614 463 ® Marca registada para os livros,
Code APE: 5811Z - Code NAF: 222C aparelhos, os registos audio e o método
N° formation contínua: 11 75 23430 75 pedagógico.
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

ALGUNS CONSELHOS PARA A


PRÁTICA DA CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA EM PEDAGOGIA

COMO FAZER UM FOSFENO? b) Quando queremos pensar num assunto e que custa
Os Fosfenos são as manchas de cores que a manter o tema de trabalho na mente: o pensamento
apercebemos após ter fixado uma fonte luminosa. A escapa-se, outras ideias misturam-se e as ideias
título de experimentação: obtemos um fosfeno fixando procuradas não vêm, e cansamo-nos!
uma lâmpada de 75w opaca branca (cujo filamento não
é visível), colocada entre 1,50 m a 2 metros de Porquê? Por falta concentração? Não!
distância, durante cerca de 30 segundos.
Porque o cérebro trabalha de maneira rítmica é o que
O efeito sobre a vista é muito favorável e é evidente que nos mostra a observação do fosfeno. Faça a
as normas de iluminação que indica o Dr. LEFEBURE experiência. Se fixar uma lâmpada branca, aperceberá
são respeitadas, normas estabelecidas durante mais seguidamente, no escuro, lindas cores que se
40 anos de prática com milhares de pessoas (consultar sucedem: amarelo-verde, rosa, violeta, azul-escuro e
o livro do Dr. LEFEBURE CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA EM preto.
PEDAGOGIA, Edições FOSFENISMO.
Certas células dos olhos, os cones, dão-nos a
É possível utilizar o sol, mas, neste caso, a fixação perceção das cores. Se os cones trabalhassem
dura apenas 1 segundo, e é necessário ter algumas simultaneamente, após ter fixado a lâmpada,
precauções que são definidas pelo Dr. LEFEBURE. deveríamos aperceber de uma mancha branca. Mas
apercebemos cores que se sucedem, porque as
Não obtemos um Fosfeno melhor se fixarmos a fonte células dos olhos trabalham alternadamente. O Fosfeno
luminosa mais tempo. é constituído por uma sucessão regular de cores e é o
reflexo do funcionamento cerebral.
A luz que chega aos olhos provoca reações químicas e
elétricas no cérebro, o que permite aumentar Os Fosfenos amplificam os ritmos do cérebro. Pensar,
consideravelmente as faculdades mentais e cerebrais refletir ou trabalhar durante a presença do fosfeno
como um todo. Para obter este resultado, basta praticar permite densificar o pensamento. Este torna-se mais
a Conjugação Fosfénica, quer dizer a mistura de um presente na mente, mais claro, mais preciso. O esforço
pensamento com o fosfeno. mental é mais importante e atenção é
consideravelmente aumentada.
MELHORIA DA ATENÇÃO PELOS FOSFENOS
a) Quando fazemos um ditado a uma criança, no início DESENVOLVIMENTO DA MEMÓRIA
aplica-se e a sua escrita é regular. Mas, ao fim de Escolha uma lembrança vaga ou muito antiga. Pensem
pouco tempo, as palavras começam a subir, a descer nela durante a fixação durante 30 segundos,
como uma onda e a criança agita-se: não está atenta. seguidamente, após ter apagado a lâmpada, continue a
pensar nessa lembrança durante a presença do
Para reter a sua atenção, a criança faz um fosfeno e fosfeno.
observa as cores durante 3 minutos, o tempo que dura
o fosfeno. Seguidamente continua o ditado. A escrita é Deixe a lembrança desenvolver-se espontaneamente.
imediatamente mais regular e a atenção é melhorada. Não procure dirigi-la. Irá aperceber-se que a lembrança
Isso significa que a energia luminosa regularizou o tem mais intensidade, que os detalhes vêm de maneira
fluxo nervoso, melhorando, além disso, a motricidade. extremamente precisa e que outras lembranças

Página 3
emergem, algumas esquecidas há muito tempo. O cada dia com os Fosfenos, os estudantes constatam
Fosfeno tem uma ação particularmente potente sobre a que aprendem mais rapidamente e retêm melhor. O
memória. É a 1ª razão pela qual, as crianças retêm boletim de notas ressente-se muito claramente e os
muito melhor as suas lições quando aprendem com os professores ficam espantados pela melhoria dos
fosfenos. resultados.

COMO APRENDER UMA LIÇÃO COM OS FOSFENOS? DESENVOLVER AS IDEIAS E A RAPIDEZ


O exemplo mais simples da Conjugação Fosfénica é o DA REFLEXÃO
de uma criança que a utiliza para aprender um mapa de Se tiver um trabalho de casa para fazer, um projeto para
geografia. desenvolver, uma carta para redigir, mas as ideias não
Começará como hábito por estudar o mapa no seu livro vêm. Utilize os Fosfenos para ser eficaz.
que fechará seguidamente para preparar a
memorização. Prepare algo para escrever e anotar. Faça um Fosfeno
Mas aqui, após ter e durante a fixação,
fechado o livro, fixa a guarde na mente o
lâmpada durante trinta tema, a ideia que quer
segundos, depois desenvolver. Após a
apaga-a e memoriza extinção da lâmpada,
todos os detalhes esta ideia vai deformar-
sucessivamente, uma se e dar lugar a outras.
vez que o fosfeno Aceite o que ocorre na
aparece. sua consciência, ainda
que, inicialmente, as
Tudo se passa então ideias que surgem vos
como se o fosfeno pareçam conhecidas,
fosse gesso e o porque as tenha lido ou
pensamento uma ouvido. Há sempre um
esponja. O pensamento pequeno tempo de
é mergulhado no gesso, latência antes que a
parece menos visível. energia do Fosfeno se
Seguidamente tomará faça sentir.
uma certa densidade.
Durante a mistura do Contudo, anote o que
pensamento com se passou,
fosfeno, geralmente não Lâmpada do Dr LEFEBURE. seguidamente continue
se produz nada de notável. Mas será depois que a observar livremente as ideias que surgem. É
aperceberá que o pensamento assim associado ao importante anotar, sem essas notas não se recordará
fosfeno tomou uma densidade, uma solidez incomum, exatamente do que se passou. Volte a fazer um Fosfeno
de tal modo que continuará a ficar gravado na memória. todos os 5 minutos, quer dizer 2 ou 3 Fosfenos num
quarto de hora. Vai aperceber-se que as ideias são
AUMENTAR A COMPREENSÃO DE UM TEXTO cada vez mais numerosas e que vêm numa onda cada
A reflexão da luz sobre a página produz fosfenos vez mais intensa.
permanentes, o que facilita amplamente a assimilação
do texto. Faça este ensaio durante um quarto de hora e compare
a quantidade de ideias, a qualidade, a lógica e a sua
O fosfeno tem igualmente uma ação sobre a organização em relação aos pensamentos habituais.
compreensão e o sentido das palavras é mais nítido.
As ideias principais são muito mais compreendidas, Compare seguidamente a sua escrita observando o
bem como as ideias adicionais e as ideias de base. O início das suas notas e as últimas passagens. Há
sentido do texto na sua globalidade é compreendido frequentemente uma grande diferença. Na linha do
muito melhor. A estrutura do texto é mais bem texto, a escrita torna-se mais flexível e mais
assimilada e encontra mais facilmente os diversos espontânea. O que corresponde, em geral, ao momento
elementos. Nos dias seguintes e com a condição de ler em que as ideias afluíram e sem esforço.

Página 4
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

EFEITOS DO FOSFENISMO
SOBRE A VISTA

A MELHORIA DA VISÃO
Não é perigoso para a vista, como temem alguns, fixar Naturalmente, será necessário ter cautela no caso de
uma lâmpada opaca de 75 watts a um metro e meio ou glaucoma, quer dizer da hipertensão dos líquidos
dois de distância, durante trinta segundos e tapar os intraoculares. É devido geralmente a uma má absorção
olhos para permanecer na obscuridade. Bem pelo do humor aquoso pelos processos ciliares, uma
contrário, o método é muito benéfico para a vista. As espécie de pacotes vasculares situados na face
fortes iluminações seguidas de obscuridade total posterior da íris. No entanto, a ginástica deste órgão,
provoca uma ginástica da íris (contrai-se com a luz). provocada pelas alternâncias de iluminação e de
Como exemplo conhecemos uma pessoa que devia ser extinção, contribui para revigorar estes processos
operada a uma aderência entre a íris e o cristalino, com ciliares e por conseguinte facilita a sua absorção. Por
a prática das técnicas Fosfénicas a aderência outro lado, no caso de glaucoma, o médico prescreve
descolou-se completamente e a operação foi gotas destinadas a contrair a íris. A forte iluminação,
necessária. O purpúreo retiniano é destruído durante nas nossas experiências, produz o mesmo efeito,
cada iluminação forte e reformado embora mais temporariamente. Atua
durante a obscuridade. Esta ginástica no entanto, num sentido idêntico ao
química da retina tem como resultado das terapêuticas clássicas. Isto
o aumento a circulação vascular. É a explica que mesmo nesta doença, a
razão pela qual temos sempre um prática do FOSFENISMO tem
certo grau de melhoria da vista no fim geralmente um efeito favorável. No
das primeiras semanas de treino com entanto, qualquer terapia pode ter no
sessões de apenas um quarto de hora início um efeito oposto ao objetivo
de manhã e à noite. A modificação da visado, sobretudo se é ativo. Como
perspicácia visual pelo estímulo da duas ou três crises de glaucoma
retina dá frequentemente a impressão podem ser suficientes para esmagar a
que a miopia melhora, mesmo que retina, convém por conseguinte
seja mais difícil de provar uma começar muito progressivamente. No
modificação da curvatura dos elementos transparentes caso de ameaça da delaminação da retina,
dos olhos, mas parece que às vezes seja o caso. O classicamente, aquecem esta para aumentar a
Doutor LEFEBURE foi uma demonstração viva do efeito circulação e seguidamente, a vitalidade dos tecidos
benéfico do FOSFENISMO sobre os olhos. Ora, subjacentes que asseguram a sua aderência colorida.
fisiologicamente, a presbiopia começa aos 50 anos e é As nossas explicações acima acerca da Conjugação
total aos 60 anos. Sabendo que distância mínima de Fosfénica mostram a sua ação no mesmo sentido.
leitura para um jovem é de 30 cm, o Dr. Lefebure
demonstrou, durante os seus cursos, que era possível Durante as primeiras sessões de treino, a conjuntiva
ler as letras pequenas e grandes a dez centímetros de pode congestionar-se durante a fixação. Uma ligeira
distância. Lia sem óculos, como quando era jovem não enxaqueca suborbital persiste eventualmente após a
mais longe que a ponta dos braços e isto até à idade sessão, devido a um aumento incomum da circulação
dos 72 anos, ora muitos jovens não o conseguiam. sanguínea. Esta reação é muito rara e desaparece após
Assim, o FOSFENISMO permitiu-lhe não somente três ou quatro dias, o tempo necessário para que os
impedir o envelhecimento dos olhos, mas também reflexos vasomotores se adaptem.
participou ao seu rejuvenescido.

Página 5
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

ALGUMAS APLICAÇÕES PEDAGÓGICAS Pelo Doutor LEFEBURE


DA CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA Antigo Externo dos Hospitais de Paris

E
m 1966, tivemos pela primeira vez a ideia de olhos para permanecer na obscuridade. Vemos
experimentar a mistura entre os pensamentos e suceder-se cores durante três minutos, com uma bonita
o Fosfenos. Rapidamente constatámos efeitos tonalidade de verde, brilhante (amarelo,
muito curiosos, francamente favoráveis. Seguidamente frequentemente, nas primeiras experiências), cercada
tentámos organizar um método pedagógico, com com um anel vermelho durante o primeiro minuto.
modalidades de aplicações adaptadas a cada uma das
disciplinas escolares. Os limites entre estas cores variam por modificações
bruscas e mesmo, por vezes o Fosfeno é sujeito a
Em geral, a partir das primeiras sessões, a criança eclipses completos, mas, em média, o vermelho cresce
constata que o seu trabalho é mais eficaz e a melhoria e após um minuto e meio, o Fosfeno fica inteiramente
das notas escolares é visível num mês. Certos atrasos vermelho. Após o terceiro minuto, este núcleo torna-se
mais evidentes são recuperados de maneira azul-escuro, ou preto e é cercado com uma nuvem
espetacular em algumas semanas. Uma melhoria do acinzentada, três ou quatro vezes maior que o núcleo
comportamento acompanha um melhor rendimento central, nuvem com um contorno, muito mais estável
escolar, o que facilita a disciplina. Nota-se igualmente que as cores vivas. Chamamos esta nuvem "luz difusa"
um aumento da curiosidade intelectual e do sentido da que corresponde à fase final do Fosfeno.
iniciativa.
A "CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA" consiste em misturar um
A aplicação desta técnica não é cansativa, bem pelo pensamento com o Fosfeno. Por exemplo, uma criança
contrário é muito tranquilizante, porque liberta uma que quer aprender um mapa de geografia começa por
energia que dá uma sensação de bem-estar. Além estudar como habitualmente no seu livro,
disso, não faz perder tempo à criança, porque é uma seguidamente fecha o livro. A única diferença com a
nova maneira para aprender as lições e fazer os seus sua maneira habitual de trabalhar, é que antes tentava
deveres de casa. recordar e memorizar mentalmente. Para gravar melhor
o mapa na memória, fixará a lâmpada durante trinta
O princípio deste método é muito simples e resume-se segundos, seguidamente, permanecendo na
facilmente: primeiro, o que é um Fosfeno? "É uma obscuridade (graças à venda ocular que funciona como
sensação luminosa subjetiva", diz o Dicionário. Existem um isolante sensorial).
várias categorias, como o Fosfeno por compressão, da
qual fazem parte as ditas "estrelas" que vemos após ter É durante a presença do "Pós-Fosfeno" ou Fosfeno que
recebido um soco no olho. pensará no mapa, cada detalhe conta, terminando por
uma representação mental do conjunto. Se puder, fará
Mas, num objetivo escolar, utilizamos principalmente a coincidir a imagem memorizada do mapa com o
variedade que nomeamos "Pós-Fosfeno", ou Fosfeno Fosfeno. Se não, fizer coincidir o Fosfeno com a sua
consecutivo à fixação da luz, excluindo os Fosfenos imagem mental, a memorização produz-se pela única
obtidos por outros métodos: compressões oculares, coincidência da presença do Fosfeno e da imagem
produtos alucinogénios, excitações elétricas… mental.

Para o observar, fixe uma lâmpada opaca de 60 a 75 A experiência prova que o pensamento carrega-se da
watts a uma distância de dois metros durante cerca de energia do Fosfeno, como uma esponja que
trinta de segundos, seguidamente apague-a e tape os mergulharíamos num balde de gesso: durante a

Página 6
experiência, o pensamento não é diferente, mas é logo subconsciente dos dados do problema. Seguidamente,
a seguir que esta imagem mental se retorna mais nítida a criança encontra facilmente a solução, com uma
e mais brilhante e gravar-se-á melhor na memória. sensação agradável específica aos fenómenos
FOSFÉNICOS.
Além disso, a mistura entre o pensamento e o Fosfeno
fortifica certos circuitos cerebrais, de tal maneira que Naturalmente, este último ponto é, para uma grande
após um mês de exercícios, por volta de meia hora e maioria, uma questão de apreciação subjetiva, mas
apenas duas vezes por dia, certos efeitos da existe um domínio onde os resultados do FOSFENISMO
CONJUGAÇÃO persistem entre as sessões, são imediatamente objetivos: é o caso dos defeitos de
principalmente uma melhoria da atenção, o que é pronúncia ligeiros. Muitas crianças que falam
provavelmente a consequência mais importante. normalmente com os seus colegas, põem-se a
gaguejar quando recitam uma poesia em frente do
No início, experimentávamos sem prevenir os professor, ou mesmo dos pais.
indivíduos dos efeitos que já tínhamos constatado e
questionávamos ao fim do primeiro mês de treino, o Se interromper esta recitação, para que a criança forme
que tinham apercebido de mais notável. A resposta um Fosfeno e que continue a recitar com o Fosfeno, a
mais frequente que obtivemos era "uma melhoria da voz é imediatamente mais forte, o débito das palavras
atenção, não somente durante as experiências, mas é mais rápido, a pronúncia é nitidamente melhorada. A
entre elas, para todos os outros trabalhos, ou criança diz que se recorda mais facilmente da poesia.
atividades do quotidiano". Dissemos que existia uma
modalidade de aplicação para cada matéria. A CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA também pode ajudar muito
no estudo das línguas estrangeiras: um professor de
Se for uma lição de história, não há necessidade de pôr inglês observou que se o aluno ouvir uma gravação
todas as imagens do capítulo, umas após as outras, no desta língua com o Fosfeno, adquire mais facilmente a
Fosfeno. Basta escolher a mais importante: os nomes pronúncia. Por outro lado, a audição com o Fosfeno
próprios e os factos mais notáveis. A mistura entre os facilita a atenção para todas as matérias escolares, o
pensamentos e os Fosfenos liberta uma energia que completa o uso dos leitores MP3 ou dos CDs.
comparável à energia liberada por uma combinação
química (sem tomar partido do lado intrínseco do Certas crianças com um atraso mental tiram do
fenómeno). Esta energia facilita a assimilação parcial e FOSFENISMO, em certas proporções, um benefício
seguidamente global da lição. ainda maior que as crianças normais. Em primeiro lugar
os que sofrem da própria inferioridade mental, agarram-
Para aumentar a quantidade das ideias para uma se ao FOSFENISMO como a uma boia de salvamento,
redação ou uma dissertação, praticamos a porque são conscientes dos efeitos benéficos.
"CONJUGAÇÃO em Cascata": o tema sendo condensado
e simbolizado por uma imagem. É misturado Outros sofrem apenas de um atraso de
seguidamente ao Fosfeno, o que facilita o fenómeno da desenvolvimento momentâneo, um tipo de bloqueio
associação de ideias. A mais nítida de entre elas será temporal da função do crescimento. Observamos então
colocada no Fosfeno, como forma de imagem e assim progressos surpreendentes e foi assim que uma
de seguida. Constatamos que a onda de ideias criança muito fraca em cálculo tornou-se normal, muito
aumenta a cada nova CONJUGAÇÃO. mais rapidamente do que podíamos esperar.
Naturalmente, no caso de deficiência profunda,
Seguidamente surgem as ideias mais gerais que serão hereditária ou adquirida, estes efeitos não são obtidos.
ligadas às precedentes. O dever não é só mais
abundante, mas tem melhor qualidade. Outras variações aplicam-se à dificuldade a escrever,
assim, fazemos escrever a palavra com a qual o aluno
Em matemática, o processo mais adaptado é bloqueia, com o Fosfeno e com os olhos vendados, isto
ligeiramente diferente. Foi descoberto pelas crianças. A para fazer trabalhar a memória motora e muscular.
criança repete o enunciado e a conclusão do problema, Notemos que a memória motora e muscular
como o faz normalmente para o tentar resolver, durante desempenha um papel muito importante, como para a
a fixação da lâmpada. Seguidamente, durante a aprendizagem da datilografia, sem olhar para o teclado.
presença do Fosfeno, mantém o vazio mental. Produz- Fizemos alguns testes de leitura de um texto com o
se durante este tempo, uma assimilação Fosfeno e uma iluminação fraca, ou provocando a

Página 7
lembrança do texto a estudar por iluminações fortes e Nos casos de delinquência juvenil, constata-se uma
periódicas. O texto parece então persistir na melhoria do comportamento e da inteligência, mas as
obscuridade, a tal ponto que é possível o continuar a recaídas não são eliminadas. Este campo de
ler, ou pelo menos voltar a ler, o que o grava melhor na investigação ainda deve ser aprofundado. Realizamos
memória. A iluminação periódica com diapositivos que numerosas experiências com sucesso, mas o nosso
representam fórmulas de álgebra, conduziria a desejo é que proceda você mesmo às suas próprias
utilização do mesmo mecanismo cerebral. experiências.

Página 8
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

UM PRINCÍPIO
UNIVERSAL

O
s fenómenos FOSFÉNICOS vão sempre no fontes, não nos ensinaram e repetiram que o Homem se
sentido da expansão e do desenvolvimento tornou Homem a partir do momento em que conquistou
universal. Talvez seja por isso que personagens o fogo?
como AKHENATON, (AMENOFIS IV, século XIV antes de
J.-C.) e o imperador JÚLIO (331-363) tentaram impor o Talvez nos respondam que se os Homens adoraram
culto solar em vez das religiões deformadas ou potências como o fogo, a Lua, o Sol, o relâmpago, as
decantadas do seu verdadeiro estrelas, era unicamente,
sentido pelos padres ávidos que porque temiam estes elementos
poder. AKHENATON apercebeu e que não os compreendiam.
as implicações profundas da Nada é mais falso! Nas
religião da cidade de diferentes culturas citadas a
HELIÓPOLIS (a Cidade do Sol), cima é muito frequente,
cujo culto essencial consistia surgirem as qualidades de
em fixar o sol orando (a fixação "protetor", de "amigo dos
durava apenas um segundo). homens", de "repartidor dos
bens terrestres", de "inventor
Quanto o imperador JÚLIO foi das Artes", etc., ligados a estas
iniciado aos Mistérios de potências luminosas.
Elêusis que consistiam na
fixação de uma tocha, depois, E porque nomeá-las "potencias"
com a tocha apagada, devia se não são operativas?
imaginar uma espiga de trigo,
balançando-se ao vento. Este É tempo de nos apercebermos
imperador foi o autor, entre que os cultos do fogo, da Lua,
outros, da fórmula "soli invictus" do Sol, ou mesmo das estrelas,
(Sol invencível). não devem ser interpretados
como símbolos, mas
Poderíamos citar efetivamente simplesmente tal qual são
outros exemplos. Contentamo- descritos: Orar fixando uma
nos recordar que o fundamento fonte luminosa.
de todas as religiões está ligado
à fixação de uma fonte Por esta recordação histórica
luminosa, acompanhada por muito esquemática, fazemos
orações. Era o caso dos MAIAS, EGÍPCIOS, ARYAS, questão de despertar a consciência do leitor em
ZOROASTRIANOS, CELTAS, ROMANOS, GREGOS, relação a uma realidade, que continua a ser escondida
CHINESES, POLINÉSIOS, JAPONESES cujo culto solar pela simples razão que insistimos na compreensão de
ainda é praticado, no XINTOÍSMO, etc. ... símbolos e a partir de interpretações que pertencem ao
nosso modo de pensamento.
Não nos devemos esquecer que o fundamento mesmo
de qualquer religião é o XAMANISMO, cuja potência Tudo isto compreendido, ser-nos-á mais fácil explicar
essencial é a do fogo. E para voltar completamente às os princípios do FOSFENISMO…

Página 9
AS TÉCNICAS FOSFÉNICAS Este simples exercício
Para obter um FOSFENO basta fixar uma lâmpada praticado regularmente permite
opaca de 75w a 2 metros de distância, durante 20 obter em pouco tempo
segundos. Após ter apagado a lâmpada, apercebemos excelentes resultados. É
na obscuridade uma mancha com cores variáveis: é o possível aplicar o mesmo
nosso Fosfeno. exercício para estudar no
quadro escolar (é recomendado
O Fosfeno é uma emanação de energia subtil que vai para as crianças), porque a
permitir ao cérebro trabalhar diferentemente e ser muito energia do Fosfeno reforça e
mais eficaz que habitualmente. densifica o pensamento, por
conseguinte permite o
Contudo, fazer Fosfenos sozinhos desenvolvimento da memória
não desenvolve nada. de uma maneira muito
surpreendente. Para a
Para canalizar a energia do Fosfeno, vai ser necessário aplicação dos Fosfenos no
misturar um pensamento com o Fosfeno. Este ensino, consultar o livro do Doutor LEFEBURE, "A
pensamento pode ser visual: imaginar um objeto, uma CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA EM PEDAGOGIA”.
pessoa, durante a presença do Fosfeno (3 minutos); ou
auditivo, quer dizer que repetirá mentalmente uma A pedagogia é um exemplo de utilização dos Fosfenos
frase, uma palavra ou um mantra. (Os Antigos na vida corrente, mas não é necessário fazer estudos
utilizavam a oração). Este trabalho chama-se para praticar a CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA. Este
CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA. exercício pode ser efetuado por todos, das crianças aos

Página 10
idosos. Os resultados são muito benéficos. Contudo, é que a maior parte do tempo, a família ficava espantada.
possível ir ainda mais longe e obter resultados mais Estes casos são efetivamente muito frequentes. Em
interessantes. geral, crescendo, as crianças perderam o hábito de se
balançarem e a surpreendente memória atenua-se um
Para o fazer, basta imprimir um ritmo no pensamento. pouco, se bem que, tenham conservado certas
Um dos ritmos mais importantes é o ritmo de 2 capacidades acima a média. Manter as capacidades
segundos. Este ritmo poderá ser conservado facilmente mentais é um exemplo dos efeitos dos balanços.
se utilizar um metrónomo regulado a 60 (1 estalido por
segundo). Com este ritmo, o estudante em 2) O RITMO
FOSFENISMO balançará a cabeça lateralmente, sem A repetição de um mesmo pensamento induz o ritmo ao
exagero, de maneira completamente flexível e pensamento, quer dizer que o pensamento se põe em
descontraída, respeitando o ritmo do metrónomo (um movimento. Ritmo e movimento significam energia.
segundo para a direita e um segundo para a esquerda).
Durante os balaços repetirá mentalmente uma frase, Com este trabalho, a ativação do movimento das
uma palavra ou um mantra e se tiver capacidade, energias mentais efetua-se e dá acesso a formas de
imagine um objeto que, se balança lateralmente: por perceção muito subtis. O sentido da frase não tem
exemplo o balanço do pêndulo de um relógio, uma flor importância. É tão real que podemos utilizar os
que se balança ao vento ou qualquer outro objeto que mantras, que são "sons mentais" , (a raiz da palavra
vem à mente. mantra significa som-pensamento), os resultados serão
idênticos, ver mesmo mais importantes. Aqui, só o
Outro movimento, o balanço vertical: movimento ritmo conta.
sempre flexível e sem constrangimento, o queixo pode
vir tocar o esterno, mas não é bom levar a cabeça 3) A TRANSMISSÃO TELEPÁTICA DO PENSAMENTO
demasiado atrás, por causa das artérias cervicais que RITMADO
passam pelos pequenos orifícios das últimas O Fosfeno associado ao pensamento ritmado é
vértebras cervicais, estes poderiam ser extremamente transmissível por telepatia.
esmagados e a irrigação do cérebro Por telepatia, não interpretamos como
seria lesada. Um angulo de 45° em a leitura do pensamento. Trata-se de
relação à vertical é perfeitamente telepatia FOSFÉNICA, quer dizer a
aceitável para este balanço. indução de um ritmo de uma
pessoa à outra. O ritmo
A importância dos balanços induzido a outra pessoa pode
é considerável por várias pôr em movimento certos
razões: centros espirituais que dão
acesso a certos fenómenos e a
1) HIGIENE CEREBRAL outros planos. É o verdadeiro
O cérebro banha num líquido sentido da iniciação: criar ritmos
nutridor chamado líquido para despertar no outro, energias
encefaloraquidiano. Pelos balanços, subtis. Após o desperto destas
este líquido pode alimentar e irrigar energias, pela telepatia FOSFÉNICA,
todas as partes do cérebro e por será necessário manter e desenvolver estas
conseguinte manter e revivificar as diferentes camadas novas capacidades, se não forem mantidas, corre o
dos neurónios bem como todas as células do cérebro. risco de voltar ao estado latente.
Este líquido dissolve as toxinas.
Cada um de nós sabe que estas faculdades são as
Depois de ter explicado os exercícios de balanço e os funções naturais do cérebro e deveriam fazer parte
seus efeitos, muitas pessoas compreendem porque é integrante da vida. Os indivíduos são mais ou menos
que possuíam na sua infância uma memória prodigiosa: sensíveis à existência dos outros planos, pela boa
passavam horas a balançar-se sonhando. Se tiveram a razão que sentem neles uma relação possível com um
possibilidade ter pais que não os impediam de se mundo mais elevado. Quem sente melhor são as
balançarem, puderam, por esta higiene elementar, crianças e os jovens e a maior parte sofre da interdição
despertar muito cedo certas capacidades como a que os corta e amputa de uma consciência mais vasta.
memória, a atenção e a concentração até um tal grau, Nas sociedades que se viram qualificadas de

Página 11
demasiado primitivas e inferiores, não deixavam as Infelizmente, na maior parte do tempo, os autores que
crianças fora do mundo espiritual, bem pelo contrário. explicam do desdobramento astral não têm nenhuma
Nessas sociedades, por volta dos 15 anos praticavam a ideia do que se trata: ou recuperam o que já foi escrito
iniciação que punha a criança em contacto com o por outros e não têm absolutamente nenhuns
mundo espiritual e os seus fenómenos. Os conhecimentos experimentais (tais como certas
antropólogos chamam este momento a idade tribal. escolas que dão conferências a propósito de diversos
Devido a recetividade da criança, é o melhor período fenómenos. Contudo, se pedir aos seus representantes
para receber a iniciação. As crianças fazem muito se experimentaram os fenómenos em questão,
frequentemente sonhos de voo. Ora, estes sonhos são respondem "que não são suficientemente evoluídos
característicos do desdobramento astral. para terem acesso aos mundos superiores" - Nós não
Compreendemos por conseguinte que recebendo a duvidamos deles! - Falam do que não conhecem…).
iniciação a criança entra completamente no mundo do
espírito, ao qual sempre tinha estado muito próximo. Ou esses autores tomam os seus sonhos pela
realidade, porque o que estes fazem é simplesmente
A palavra iniciação vem do latim initium, que significa um sonho despertado, quer dizer que estão
principio, início. A iniciação está muito longe de conscientes no sonho. Mas estar consciente no sonho,
corresponder à ideia que nos fazemos. Nos nossos não é fazer uma viagem astral.
sistemas culturais, apercebemo-nos que o período que
precede a puberdade é bastante difícil a viver para as Este fenómeno de consciência no sonho acontece no
crianças. É um período marcante no qual a criança se baixo-astral: as cores são ricas, densas e temos
descobre, mas descobre-se para além do que nos frequentemente a impressão de banhar nestas cores.
imaginamos. A criança sente as possibilidades, as Uma das particularidades do baixo-astral é a
capacidades que os adultos que a cercam impedem de possibilidade de criarmos a imagem que queremos:
exprimir. Assim, o adolescente é cortado de um mundo desejamos andar numa praia, basta pensar para se
cuja presença é para ele uma evidência. O jovem encontrar na praia. Se quiser andar de bicicleta, a
procurará por conseguinte um paliativo a esta referência a esta ação é suficiente para que a imagem
castração espiritual e na esperança de reencontrar o seja criada. O baixo-astral é por conseguinte um plano
seu mundo, voltar-se-á frequentemente para um meio sobre o qual temos a possibilidade de criar as nossas
que concede a nossa sociedade: a droga. próprias imagens e finalmente, os nossos próprios
sonhos. Acontece por outro lado que alteramos
Certas sensações obtidas pela droga são as mesmas voluntariamente o sonho que estamos a fazer, quando
que as que podemos viver nas experiências de não nos convêm.
desenvolvimento espiritual, a diferença é que a
experiência espiritual desenvolve o indivíduo, enquanto Para voltar aos nossos autores, muitos não vão mais
a droga o destrói sem que realmente se aperceba, acima que o baixo-astral, por conseguinte, o que
tomados na armadilha do mundo ilusório que cria a apercebem é o fruto das suas próprias emanações. Se
droga. É certo que se déssemos, nessa idade, um real nos livros explicam em que "Astral" se encontram as
conhecimento, a criança desenvolver-se-ia mais entidades monstruosas, diabos, dragões e outros
harmoniosamente e faria face à vida descobrindo os horrores que é necessário combater, fazem apenas
valores sólidos, em vez de fugir e destruir-se, como revelar a todos a pouca qualidade dos seus
fazem muitos jovens, por outro lado, frequentemente pensamentos. Em geral, estes autores cometem um
abandonados por pais demissionários e ignorantes da erro mais grave quando pretendem que o Astral é "isso"
natureza do mundo real. Estes sonhos de voo, de e afirmam que as pessoas que praticam o
queda e de saltos é, já o dissemos, característicos ao desdobramento astral encontrarão isso.
desdobramento astral.
Insistimos firmemente: o sonho despertado efetua-se
Todos fizeram, num momento da sua vida, estes no baixo-astral e o que apercebemos é o fruto das
sonhos de voo, por conseguinte, todos fizemos um nossas próprias emanações. Não é necessário
desdobramento astral. Evidentemente, esta noção de generalizar os fenómenos apercebidos, pela simples
desdobramento astral foi tão degradada que acabou por razão que são completamente pessoais.
fazer medo, enquanto as pessoas ignoravam o que era
verdadeiramente o desdobramento astral. Não é Uma das vantagens das técnicas FOSFÉNICAS é a
suficiente ler para conhecer este fenómeno. purificação que estas fazem nos sentimentos e nos

Página 12
pensamentos. Esta purificação é real, o que faz com não é folclore. Evoquemos também as referências aos
que as experiências, não tenham qualquer risco de textos antigos, nos quais são ditas coisas que os
encontrar desagrados. O indivíduo é conduzido para os autores não imaginavam certamente. As interpretações
pensamentos e para as ideias mais elevadas. Aspira académicas de modos de pensamento tão diferentes
realizar a sua personalidade, a desenvolver-se, a do nosso, que deveríamos praticamente proibir a
desfazer-se de qualquer dependência. tradução (exceto a título de curiosidade), com medo de
perder a substância dos textos. Estes deveriam ser
Ser independente na sua pesquisa interna e na lidos apenas na língua que foram escritos, porque com
fluorescência ou desenvolvimento pessoal, aí está uma a transcrição dos textos antigos deixada aos literários
ideia à qual não fomos habituados. Até hoje, as que não têm nenhum conhecimento iniciático, a
faculdades supranormais, as potentes possibilidades Humanidade perdeu muito infelizmente. Do outro lado
do espírito, pareciam-nos inacessíveis, ou acessíveis dos binóculos, certos ramos da teologia fizeram muito
através de um ensino árduo que devia durar toda a vida mal à evolução da Humanidade, devido à ignorância de
e ainda, com a condição que um MESTRE, um GURU ou um conhecimento profundo.
um INICIADO quisesse dar-nos de honra de nos aceitar
como servidores, tudo isto fundamentando no Podemos ser curiosos, o que é bom sinal, mas neste
misticismo da cultura asiática e hindu… caso, é necessário sermos curiosos até ao fim e não
pararmos pelas misturas de ideias, nem pelas bonitas
Resumidamente, até hoje imaginávamos que a palavras entendidas. É possível ir mais adiante
abordagem espiritual, o desperto das nossas implicando-se na experiência. É uma diligência
faculdades latentes, só eram possíveis totalmente científica (a ciência não se
através de outras línguas, mesmo se limita às matemáticas). O observador
fosse necessário negar a nossa não pode compreender os fenómenos
própria cultura e deformar as enquanto não os viver. Além disso, o
culturas que floresceram nos argumento científico não pode pôr
antípodos e tudo pelo nome da limites ao que não tem limites.
sacrossanta TRADIÇÃO. Aqui, Definir fronteiras e limites à ciência
ainda o que é que não nos disseram é uma aberração inacessível. Por
a propósito da TRADIÇÃO? Com definição a ciência não tem limites
efeito, foi dito e escrito tanta coisa nem fronteiras.
sobre este assunto, que se tornou algo
nebuloso e indiscernível, contendo tudo e A ciência existe porque os Homens
sendo contido em tudo. descobrem o seu próprio mundo. São os
Humanos que descobrem, a "Ciência" não descobre
A TRADIÇÃO é atualmente um argumento, um pretexto nada. São os Homens que fazem a ciência. A "Ciência"
que permite todos os abusos e todas as divagações, por si só não existe e os humanos satisfazem-se em
para quem quer dispensar "o seu ensino" , levando pensar noutra coisa com o tempo. A experiência vivida
frequentemente uma assinatura demasiado humana e pode unicamente permitir ao indivíduo a compreensão
demasiado interessada, independentemente do para além das aparências, para além das formas. Esta
domínio ou a disciplina. experiência vivida pode igualmente dar a perceber
conceitos, noções que o raciocínio é incapaz de
A pretexto da TRADIÇÃO, o Ocidente vê florescer assimilar (o Academismo). É dizer as possibilidades
"ensinos" vindos da Ásia ou Índia e de deformação em que nos são oferecidas: meios de investigações e de
deformação, surpreendemo-nos a querer comer à observações diretas e acessíveis a todos.
indiana, cumprimentar à japonesa, quando não for a
emissão de uma certa histeria que é destinada a Esforçando-nos no desenvolvimento do FOSFENISMO e
manter um certo ambiente reputado tradicional, ou tornando-o ao alcance dos jovens os quais podem
ainda ficar impressionado por um rosto bloqueado que trazer um precioso apoio, pensamos fazer germinar nas
respira tudo, exceto a Sabedoria e a Serenidade, novas gerações uma compreensão nova, um
aterrorizado por iniciados inacessíveis. Para terminar, julgamento diferente sobre os seus primogénitos e
fazer no melhor dos casos hipocrisias e jogar aos sobretudo abrir-lhes novos horizontes.
escravos por respeito à TRADIÇÃO. Etimologicamente,
TRADIÇÃO significa transmissão. Obviamente, tradição

Página 13
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

A TELEPATIA
FOSFÉNICA

precetivas para uma decretar que este fenómeno não


utilização da prática da existe e seria mais interessante
telepatia. Portanto, recomeçar todas as experiências,
continua a ser fechada mas com utilização sistemática de
no âmbito dos ter o Fosfeno como amplificador do
fenómenos curiosos e pensamento. Assim e uma vez por
que se exprimem nos todas, vai saber se telepatia existe
círculos de família e efetivamente.
entre amigos, o que
efetivamente é uma Mas a telepatia FOSFÉNICA, ou
pena, apesar do facto telepatia iniciática, define-se muito
que seja estudado diferentemente. Quando desenvolve
marginalmente em em si o pensamento ritmado,
centros especializados nomeadamente pelos exercícios de
em parapsicolgia. balanço, é fácil transmiti-lo a outra
pessoa. Esta transmissão é já um

O
estudo do Fosfenos permite Abrimos um parêntesis para dizer fenómeno telepático, mas só é a
conhecer as leis dos que se os trabalhos do Professor primeira pedra que constitui um
pensamentos. Este estudo RHINE sobre a telepatia e sobre a campo de descobertas e de
faz-nos compreender que o qual acumulou uma multidão de experimentações.
pensamento é uma energia. Quando estatísticas, nunca convenceu
pomos esta energia em movimento, ninguém, deve provavelmente provir Descobertas, porque, em geral, as
é-nos possível utilizar melhor as do facto que seria interessante pessoas não pensam que as coisas
capacidades do nosso cérebro e saber em que medida o Fosfeno possam ser tão simples. Sentir em
obter resultados rápidos e desempenhou um papel quando foi si múltiplas possibilidades constitui
inesperados em termos de verificado certamente num caso de a transmissão que marca toda a
desenvolvimento das faculdades de telepatia. vida de um indivíduo. Aceitando
perceção supranormais, que vão esta tomada de consciência, efetua
fazer muito rapidamente parte da Com efeito, apenas pode ser uma curva que permite voltar para
nossa vida diária, tendo em conta a excluído, por exemplo, um riquezas mais internas, tendo
facilidade com a qual as podemos experimentador que tem uma contudo repercussões sobre a vida
produzir a partir das técnicas necessidade urgente e natural a corrente e o ambiente em que vive.
FOSFÉNICAS. satisfazer, fixando intensamente Experiências, porque sentir as
uma luz nos sanitários, forma um possibilidades internas é bom, mas
A telepatia, no sentido habitual, tem Fosfeno e indo para o seu local de realizá-las, é muito melhor. As
essencialmente um objetivo de trabalho, irá observar, durante um técnicas FOSFÉNICAS não
demonstração espetacular. Tendo certo tempo, resultados telepáticos. pertencem ao domínio da teoria.
em conta, as dificuldades que o São imediatamente aplicáveis e
telepata tem para obter resultados Diremos então que a pequena permitem realizar-se em relação ao
corretos que não sejam pausa fez-lhe bem. Aí está a razão que procura. Estas técnicas são
controversos, o que não abre pela qual alguns se empenham em suficientemente variadas para que

Página 14
cada um atinja a felicidade e desenvolva as faculdades pensamento ritmado é induzido, balança ligeiramente a
para as quais tende. É o essencial. cabeça ou o corpo, sem mesmo se aperceber. Irá
produzir a emissão de um pensamento ritmado durante
PENSAMENTO RITMADO INDUZIDO a presença do Fosfeno (3 minutos), no fim do exercício
O pensamento ritmado induzido a outra pessoa vai perguntar quais foram as imagens e as sensações
provocar o movimento do pensamento que não provocadas: é sempre interessante saber. Voltar a fazer
corresponderá necessariamente ao movimento emitido. um Fosfeno e voltar à visualização do outro movimento
A perceção desse movimento pode efetuar-se de do ponto de concentração. É essencial que o ritmo do
diferentes maneiras: pode ser por imagens (por ponto de concentração seja regular. O ritmo preferencial
exemplo, imagem de uma descida em esqui, de uma para o desenvolvimento das faculdades da perceção
subida em balão, visão do balanço de um pêndulo, etc.) supranormal é o ritmo de dois segundos para um
ou por sensações cinestésicas (impressão de estar balanço: um segundo para ir e um segundo para voltar.
num barco, etc.) ou ainda estas duas formas de Para um pensamento giratório: um ou dois segundos
perceção simultaneamente. Isto para dizer que, ainda por cada volta (consultar o livro “O YOGA dos 2
não há regra geral e que cada um apercebe as coisas segundos” do Dr. Lefebure).
à sua maneira e de forma muito pessoal. Em
contrapartida, este pensamento ritmado induzido atua APLICAÇÕES
em profundidade e vai ajudar ao desbloqueio de certas Após algumas experiências básicas, será fácil
capacidades. É o que explica que certas personagens encontrar uma aplicação direta desta técnica,
que possuem uma espiritualidade muito elevada nomeadamente para ajudar a abertura de certos
possam, por este tipo de técnicas, desencadear nos centros subtis.
outros, fenómenos espirituais elevados. Aí está o
verdadeiro sentido da Iniciação: desencadear energias Assim, procedendo da mesma forma, visualizar o ponto
que vão permitir realizar e exprimir as faculdades para de concentração pulsante ao nível de um centro subtil,
as quais tende o indivíduo. E não é teoria. ou chacra, com o ritmo de um segundo, do terço de
segundo ou do sexto de segundo, correspondendo aos
PRÁTICA ritmos do corpo humano e os elementos da natureza.
Este trabalho pode fazer-se ou de pé ou sentado. Se o Os centros subtis interessantes situam-se: no cimo do
faz sentado, no início é importante não se adoçar à crânio, entre os dois olhos, ao nível da garganta, ao
cadeira para não bloquear as sensações. Pode colocar- nível do plexo solar e ao nível o plexo cardíaco.
se um atrás do outro, a pessoa que emite coloca-se por
trás do recetor. Pode pôr-se face a face ou ainda, lado ATENÇÃO:
a lado e pode projetar o Fosfeno diretamente para o seu Não dizemos que o trabalho vai abrir estes centros
ou a sua parceira. Se está de lado a lado, é necessário subtis. Dizemos que vamos ajudar à abertura destes
miniaturizar o parceiro no Fosfeno. centros, contudo com a condição, que haja um trabalho
pessoal importante e necessário. Esta indução do
A pessoa que emite faz um Fosfeno (os dois podem pensamento ritmado permite dar um impulso às
formar um Fosfeno). A pessoa que recebe fecha os energias subtis, mas se estas energias não forem
olhos e deve estar atenta às sensações e as imagens mantidas, cessam o seu movimento e voltam ao estado
que podem surgir. Para a pessoa que vai induzir um latente.
pensamento ritmado, vai concentrar-se num ponto
luminoso que se chama o ponto de concentração, ao Existem outras modalidades de aplicação desta
qual será necessário dar um movimento ritmado. O que técnica, por exemplo para aliviar sensivelmente uma
pode ser um movimento horizontal, vertical, circular ou pessoa indisposta. Não fará desaparecer a causa do
mesmo uma pulsação, bem como alternativas desses sofrimento, mas poderá dar uma renovação de
movimentos, o que permite variar as experiências. vitalidade, o que é sempre útil. A visualização
consistirá num balanço do ponto de concentração ou de
No que diz respeito à posição física, terá vantagem em uma pulsação.
fazer balanços no sentido e com o ritmo da
visualização. Seguidamente, com o hábito, bastará O Fosfeno tem um certo poder calórico. Se o projetar
fazer pequenos balanços com a cabeça, para fazer sobre uma ferida ou um hematoma, visualizando ao
balançar o encéfalo no líquido encefaloraquidiano. mesmo tempo o ponto de concentração sob a forma de
Acontece por vezes que a pessoa, na qual o pulsação, a cicatrização será muito mais rápida. Não é

Página 15
necessário recorrer a outra pessoa, porque podemos são efetivamente muito profundas, porque, pela prática
perfeitamente aplicar esta técnica sobre nós mesmos. de certos exercícios descritos pelo Doutor Lefebure,
Sempre neste quadro e embora nos afastemos um nomeadamente no livro “A INICIAÇÃO DE PIÉTRO”, o
pouco da telepatia FOSFÉNICA, para fazer desaparecer que criamos é uma relação que compromete os
uma dor ligeira, basta tentar sentir uma pulsação em sentimentos. Esta forma de telepatia é muito mais rica
vez da dor. O que nos permite sublinhar a importância que o simples envio de números ou de formas. O que
dos ritmos de pulsação no corpo humano e as energias entra em jogo é uma compreensão mais completa do
que gera. outro indivíduo, através dos sentimentos que
recebemos, o que excede muito a linguagem superficial
OS EFEITOS DA TELEPATIA FOSFÉNICA pela qual nos exprimimos e que, frequentemente, não
A indução de um pensamento ritmado a outra pessoa nos permite descrever certas sensações tanto é
vai pôr o duplo da pessoa em movimento (sensação de limitada. As técnicas FOSFÉNICAS são progressivas.
um sopro ligeiro que se balança), que constituirá uma Cada um é livre de parar na obtenção de um Fosfeno. A
preparação para o desdobramento. Esta preparação telepatia FOSFÉNICA não é uma exceção à regra.
manifestar-se-á nos sonhos: os sonhos de voo, de Assim, continuando a prática, deslizamo-nos
salto, de queda são a característica. Será suficiente progressivamente e sem nos apercebermos à
então praticar as técnicas que conduzem ao TELEPATIA e à VIDÊNCIA.
desdobramento para obter o resultado desejado. A
pessoa a quem se induz um pensamento ritmado Um exemplo:
sentirá uma grande calma interna. A imagem que Faça um Fosfeno. Neste Fosfeno, visualize uma
podemos dar é a sensação de “estar bem centrado”. Os imagem miniaturizada de um dos seus familiares.
sentimentos são transformados e a vida toma outra Observe as imagens que podem surgir, observe as
dimensão. Quando sentimos isso, temos uma ideia do sensações, observe as ideias mais marcantes que
que deve ser a verdadeira purificação: uma purificação surgem. Anote-as. Faça o mesmo trabalho com vários
vivida e não simbólica, uma mutação e a elevação dos Fosfenos. No início, certas ideias ou imagens podem
sentimentos. As implicações da telepatia FOSFÉNICA surgir espontaneamente, mas depois...

Página 16
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

TROVOADAS Pelo Doutor LEFEBURE


TELEPÁTICAS Antigo Externo dos Hospitais de Paris

Durante o primeiro minuto de fixação, balance a parte


superior do corpo da direita para a esquerda, com o
ritmo de dois segundos (um segundo num sentido, um
segundo no outro), a cabeça fica permanentemente
para trás. Quando pára o movimento, o inicio poderá ser
facilitado fixando não o fogo mas um ponto ligeiramente
ao lado, o olhar ficando descontraído e perfeitamente
imóvel, a respiração muito lenta e pelas parte superior
dos pulmões.

Na presente fase, um simples pestanejo pode


desencadear o fenómeno, mas se começar interrompa-
CENTRO DE ESTUDO DOS FENÓMENOS o. Então, em certas pessoas, o fogo parece escurecer,
FOSFÉNICOS COLETIVOS saltar, pulsar, girar, sobretudo nas pessoas que se
“Aceitaria participar no estudo das treinaram antes da sessão coletiva e que se tornam
TROVOADAS TELEPÁTICAS? então indutores. No caso de insucesso, sem mover os
globos oculares, feche as palpebras até ao

U
ma tal trovoada é um fenómeno fantástico, aparecimento do Fosfeno verde, então, pense no ponto
durante a qual muitos participantes têm visões rotativo na periferia, seguidamente reabra os olhos.
esplêndidas e cujo caráter grandioso dá um Repita pacientemente estas operações, insistindo nas
impulso para o "sentimento da transformação" da que favorecem o tremor aparente do fogo e das
existência. mudanças de cor à volta dele, que são oferendas da
“dança do fogo”.
A trovoada telepática pode produzir-se quando um
grupo constituído com muitas pessoas alinhadas em Em grupo, as possibilidades de sucesso são maiores e
fila na direção de um grande fogo, fixando-o, porque o se o fenómeno se produz torna-se esplêndido, porque
deslumbramento devido à superposição dos “Fosfenos” todos os ritmos dos Fosfenos embalam-se pela
à luminosidade é acompanhado pela emissão cerebral ressonância telepática. É a transformação da “Dança
de uma substância subtil que é por vezes fotografável. do fogo” em “Prodígio do fogo”.
Além disso, diversas categorias de experiências
mostram que este Fosfeno é muito transmissível por As pessoas que não vêm esta dança podem continuar
telepatia. Esta trovoada terá mais possibilidades de se a praticar “a CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA”, quer dizer a
produzir, se nos treinarmos durante os meses mistura entre um pensamento e fosfeno, terão mesmo
precedentes com o pensamento de um ponto giratório assim e frequentemente visões, ou intuições úteis.
com um segundo num sentido e um segundo no outro,
na periferia do Fosfeno (mancha luminosa) O estudo destes factos tem a maior importância para
imediatamente a seguir à extinção da lâmpada. várias ciências, mas só podem continuar muitas
pessoas. Solicitamos às pessoas que aceitariam
É necessário estar em jejum pelo menos quatro horas ajudar-nos a organizar estas sessões que entrem em
e é muito favorável que a refeição precedente tenha contacto connosco.
sido composta principalmente de bananas.

Página 17
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

CLASSIFICAÇÃO Pelo Doutor LEFEBURE


EXERCÍCIOS INICIÁTICOS Antigo Externo dos Hospitais de Paris

A classificação dos exercícios iniciáticos que permitem interior das atividades dirigidas habitualmente para o
apreender a ordem sobre a qual devem ser praticados exterior.
em função do tempo que cada um dispõe.
Nos balanços, projetamos os hemisférios cerebrais
A CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA é como o “molho” com o para o “exterior”. A tal ponto podemo-nos interrogar se
qual deve regar todos os exercícios e tanto quanto estes exercícios de balanços fazem realmente parte do
possível, é necessário associá-lo ao conjunto destas mesmo conjunto iniciático que os três outros. Ora,
práticas. passamos do córtice, superfície do cérebro, à periferia,
pela inversão em todos os pontos de vista. O
Existem quatro grupos de exercícios fora da hemisfério direito do cérebro corresponde à parte
CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA: esquerda do corpo, se houver uma lesão na
• os balanços, circunvalação frontal ascendente direita, é na região
• as tensões estáticas, esquerda do corpo que se terá uma paralisia. A região
• a respiração ritmada, inferior do corpo corresponde à região superior do
• a convergência ocular. cérebro. Por exemplo, se tiver uma lesão parietal
direita, é do lado do pé esquerdo que terá uma
Estes quatro grupos subdividem-se eles mesmos em insensibilidade. A região posterior do cérebro
dois. Um grupo à parte para os balanços (e rotações), e corresponde à frente do corpo. Por exemplo, a região
um outro para os três outros exercícios. occipital corresponde à vista, aos olhos, enquanto as
regiões laterais correspondem aos ouvidos. Por
As tensões estáticas, a respiração ritmada e a conseguinte, o que se encontra à direita no cérebro
convergência são fundadas sobre a interiorização de corresponde ao que se situa à esquerda no corpo, o
uma atividade habitualmente exterior. Por exemplo, que está na parte superior corresponde ao que está na
para a tensão estática, o ponto de aplicação da força é parte inferior, o que está atrás ao que está à frente.
habitualmente dirigida para o exterior como durante
uma caminhada, será representada no interior do Existe uma lei de inversão que recorda um pouco a
músculo (encontrar as sensações dos músculos das simetria em relação a um círculo. Inverter uma inversão
pernas quando estas estão em movimento). equivale a encontrar o primeiro movimento. É por isso
que o conjunto faz parte da mesma técnica, ao mesmo
Com a respiração rítmica, existe igualmente uma princípio iniciático, porque invertemos as atividades do
interiorização. Na respiração comum, a inspiração é corpo na convergência, na respiração rítmica, nas
curta e a expiração divide-se em duas partes: expiração tensões estáticas e encontramos um movimento
rápida e expiração lenta, praticamente uma retenção. centrífugo ao nível dos hemisférios porque tem
Por conseguinte, a retenção está entre a expiração e a novamente uma inversão. O que indica que os balanços
inspiração no ciclo normal, durante as respirações com formam um grupo à parte especialmente importante,
objetivo espiritual, a retenção está entre a inspiração e porque são os únicos exercícios que se aplicam à
a expiração. massa cerebral, quer dizer, ao órgão da consciência,
enquanto os outros dirigem-se aí indiretamente. São no
Na convergência ocular, o eixo do raio visual, fundo os principais. Isso significa que, se tiver pouco
habitualmente dirigido para o exterior, é voltado para o tempo, será necessário fazer apenas exercícios de
interior. Existe por conseguinte uma inversão para o balanços associados à CONJUGAÇÃO.

Página 18
Se o tempo falta, é o balanço lateral que corresponde tendem a destacar-se do corpo físico durante o sono.
ao exercício da noite (a criança balança-se da direita Assim, a ordem dos exercícios à noite será:
para a esquerda antes de adormecer), enquanto o
balanço ântero-posterior corresponderá à manhã (a • balanços,
criança balança-se para a frente e para trás para • tensões estáticas,
terminar o desperto. • respirações,
• convergência,
Se tiver mais tempo, durante os exercícios de
balanços, passa para o seguinte na sua inspiração. E de manhã é no sentido inverso, antes de mesmo de
Recordo uma experiência que se encontrava no Palácio ter aberto os olhos, converge com os olhos fechados,
das Descobertas; um fio não tenso estava sobre um seguidamente aproveita do abrandamento do sono para
plano horizontal com duas bolas penduradas, fazer a respiração e termina pelas tensões estáticas.
balançamos uma das bolas e muito rapidamente a sua Mas, mesmo que faça outros exercícios, tem sempre
energia vai passar à outra bola, esta vai pôr-se a interesse em estabelecer uma simetria entre os
balançar. Se balançar a primeira com um ângulo de 45° exercícios da noite e os da manhã. Por exemplo, se à
sobre a corda, a outra bola, ao fim de alguns noite faz-se um exame de consciência por via
momentos, balançar-se-á no plano perpendicular e se retrograda, começando pela última lembrança do dia e
esperar ao fim de um certo tempo, uma bola vai subindo para a primeira, de manhã fará o contrário num
descrever um círculo, a outra uma elipse e assim, faz pequeno plano do dia. Cada exercício deve ser feito
uma sessão de balanços ligeiramente longa, deverá pelo menos três quartos de hora.
seguir a direção que lhe convém, o que leva um
momento para escolher o tipo de balanço. Suponha que • balanços laterais e tensões estáticas: exercícios da
pelo contrário tem muito tempo disponível, por exemplo noite,
durante as férias ou se está na reforma, ordenaremos • respiração rítmica, aproveitando o abrandamento do
os exercícios da maneira seguinte. sono e antes de comer: exercícios da manhã.

Quando adormecemos, perdemos primeiro a Se tiver pouco tempo, mas que deseja fazer os
consciência dos pés, seguidamente esta perda de exercícios todos, pode estabelecer um rolamento, sem
consciência sobe até, entre os dois olhos contudo bloquear num só exercício, porque são todos
progressivamente, onde temos a impressão de estar complementares um dos outros.
conscientes durante muito tempo. Quando acordar,
antes mesmo de ter aberto os olhos, temos a As tensões estáticas atuam sobretudo sobre a
impressão de acordar entre os dois olhos, na base da vontade, as resoluções, enquanto a convergência
testa, na região suborbital que corresponde ao olho de ocular atua sobre o pensamento, a concentração
Shiva. Se, nesse momento lhe perguntarem onde estão mental. Não é necessário manter um só exercício, mas
os pés, vai ser necessário mexe-los para tomar estabelecer um rolamento. Durante o dia, pode relançar
consciência. Por conseguinte, adormecemos de os ritmos internos com ligeiros movimentos da cabeça
maneira ascendente em relação a um plano vertical, para manter a oscilação do ponto de concentração.
quer dizer dos pés para a região suborbital, mediana e
despertamos no sentido oposto. Isto reflete o Para mais informações consultar o livro
movimento dos corpos invisíveis, que, classicamente, "Yoga dos Dois Segundos”.

Balanços Tensões estáticas Respiração Convergência

Página 19
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

O PONTO Pelo Doutor LEFEBURE


DE DILATAÇÃO Antigo Externo dos Hospitais de Paris

S
abemos que a carência do imaginar um objeto muito pequeno,
vocabulário científico foi um por exemplo uma faísca e observe o
dos fatores essenciais da que se passa. É necessário
perca das técnicas iniciáticas no evidentemente recomeçar várias
decorrer dos tempos, como a vezes a sequência da experiência,
iniciação Mitra durante a qual o porque a imagem mental tem
candidato devia ser fechado numa tendência a dissipar-se.
caverna, fixar uma tocha durante
três dias e seguidamente continuar Precisamente, o que nos interessa
a ver “luzes” na obscuridade. Estas aqui é observar como se dissipa.
luzes eram evidentemente Desta forma, em geral, antes do
Fosfenos. desaparecimento da imagem
mental, constata-se a sua dilatação,
Ora, o elemento central da iniciação, nas formas mais variáveis, de
aquele que permite passar para “o acordo com os indivíduos e com a
mundo inverso”, está ao alcance mesma pessoa tem experiências
imediato de cada um de nós, mas sucessivas. Às vezes, esta imagem
se não é utilizado, é porque um erro mental tomará a forma de uma
de vocabulário o esconde verdadeiramente, como mancha irregular que se evapora como um pequeno
vamos provar com experiências que cada um de nós charco de éter, por vezes filamentos ou círculos
poderá facilmente verificar. Por exemplo: em muitos concêntricos. Uma experiência de psicologia é aparente
tratados do Yoga e obras de desenvolvimento com esta experiência: se mostrar a uma criança um
psíquicas, é dito que a vidência desenvolve-se quadrado e se o retirarmos, pedindo à criança para o
concentrando a sua mente sobre um ponto entre os desenhar, de memória, de quarto de hora em quarto de
dois olhos. hora, retirando-lhe cada vez a folha, o desenho é cada
vez maior à medida que o tempo passa. Vemos por
De uma maneira geral, é admitido, tradicionalmente e conseguinte que estas duas experiências convergem
sem provas experimentais, que leva a sua atenção para demonstrar a existência de uma força de dilatação
sobre um ponto interno, de preferência sobre uma do pensamento, uma tendência expansiva da
chacra, ou centro psíquico do corpo etérico, que imaginação. Inversamente não é verdade: tentando
desenvolve as suas faculdades paranormais. O representar um objeto gigante, não o verá diminuir de
misticismo Cristão não faz exceção à regra. tamanho!

Estes textos e outros análogos propagaram a ideia que Faça agora uma experiência complementar muito
o “ponto de concentração” é a chave do instrutiva: imagine a circunferência de um pequeno
desenvolvimento espiritual. Mas se isto fosse verdade, círculo como uma linha branca à partida, seguidamente
seria tão fácil a realizar, que cada um de nós se teria represente este círculo que cresce, de tal modo que em
tornado grande vidente e místico por esta via. Vamos alguns segundos, atinja a dimensão máxima que a
mostrar que na realidade, é “um ponto de dilatação”. nossa imaginação possa conceber e que então,
Com efeito, sentado, com os olhos abertos numa certa procurando excede-lo, para assim dizer dilui-se na
penumbra, faça a experiência seguinte: procure periferia, seguidamente permaneça alguns segundos

Página 20
em descanso e observe o que se passa: reforma-se meramente passivo: a contração da aurícula faz cair o
então, SEM PARTICIPAÇÃO da VONTADE, a LUZ sangue no ventrículo, mas é por uma simples dilatação
IMAGINÁRIA ao CENTRO o PRIMEIRO CÍRCULO, esta luz que as aurículas se preenchem. Do mesmo modo, no
que pode revestir o aspeto de uma faísca ou de uma exercício do “ponto de dilatação”, o esforço da vontade
mancha. é posto sobre a extensão, a dilatação, para acentuar a
tendência natural da imaginação neste sentido, mas a
Se observarmos alguns momentos, a tendência natural formação de um novo elemento no centro do primeiro
do crescimento manifesta-se e então podemos que se evaporou é completamente passiva.
acentuar dilatando os contornos desta mancha, mais
ou menos circular até ao limite das possibilidades da Recebemos então algo de novo na consciência, sem
imaginação. Após alguns momentos, algo reaparecerá participação da vontade.
no antigo centro e assim de sequência indefinidamente.
Mas o processo oposto não é verdadeiro: se
procuramos reduzir o raio do círculo, uma resistência Há um aspeto moral nesta lei do funcionamento do
nasce no centro e a figura deforma-se e tende a dilatar- “ponto de dilatação”: devemos fazer o esforço
se contra a nossa vontade. No máximo, com este voluntário para dar, o regresso faz-se passivamente
método, chega a manter uma pulsação, na imaginação, pelo que a filosofia hindu chama o Carma. Assim
de uma imagem visual alternadamente crescente e trabalha o coração, como uma bomba que repele e não
decrescente, com a impressão que nada de novo aspira e repelindo, é a força do sangue lançado que
aparece ao centro. empurra o que está em frente, provocando o seu
regresso ao coração pelo circuito da circulação, da
Por conseguinte, no primeiro exercício, encontramo-nos mesma maneira que não temos que tomar consciência
na presença de um ponto de dilatação das forças da do detalhe do mecanismo do Carma que nos traria
imaginação visual que cria uma corrente contínua sobre infalivelmente sobre as consequências dos nossos
a direção do infinitamente pequeno ao infinitamente atos. Quem se treina a praticar este exercício do ponto
grande. Este processo é comparável ao que se passa de dilatação, durante algumas semanas, apenas
durante a contração cardíaca: o coração lança o sangue alguns minutos por dia antes de adormecer, terá uma
nas veias por uma contração, mas seu enchimento é curiosa surpresa.

Página 21
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

OS 7 NÍVEIS Pelo Doutor LEFEBURE


DO DESDOBRAMENTO Antigo Externo dos Hospitais de Paris

U
m desdobramento não é uma experiência em igualmente ver vários pontos, simultaneamente, como
que se tem êxito ou que se erra. Desdobramo- um leque de faíscas reunidas numa corrente de ar que
nos sempre mais ou menos, mas a passagem sairia pelo cimo da cabeça. Sobretudo, se praticar este
de um grau a outro não é progressivo. Faz-se por exercício ao adormecer, ficará surpreendido ao
espécies de níveis bem precisos que dão experiências constatar que após um momento, quando a nossa
internas muito diferentes, de onde a expressão “ter imagem se forma voluntariamente no exterior do corpo,
êxito num desdobramento” pode significar que se é muito mais nítida, mais densa que habitualmente,
chegou a um nível mais elevado que o que se atinge dando mais a impressão de um passeio num outro
habitualmente. Distinguiremos, de uma maneira mundo.
ligeiramente convencional, sete destes níveis que não
podemos nomear etapas, porque não se apresentam 3 - INTRODUZIR NESTE PROCESSO O RITMO DE DOIS
necessariamente na sua ordem natural. SEGUNDOS
No exercício precedente, acrescentamos uma pequena
1 - PROJECÇÃO INSTANTÂNEA DA IMAGEM DO CORPO oscilação dos pontos que se destacam das partes
NA VIDA CORRENTE conscientes do corpo para subirem até ao cimo do
Se caminharmos na rua para ir ver alguém que crânio. O que lhes dá um trajeto sinuoso.
gostamos muito, o nosso lugar e o nosso movimento
não nos impedem de imaginar já a pessoa em casa e a No caso de dificuldade com este exercício, ou se após
conversar com ela. Esta projeção da imagem em nós ter a imagem do corpo projetada um curto momento no
mesmos que apercebemos, se estivermos atentos, exterior, é como se fosse rejeitada no corpo, alternar o
surge em múltiplas ocasiões durante o dia, é o primeiro exercício precedente com este: o ponto oscila do cimo
grau do desdobramento espontâneo. da cabeça até aos pés, concentrando-se durante a
passagem na nuca, dilatando-se nas extremidades;
Assinalamos já certas características que utilizaremos assim, fica como uma bola pulsante com uma energia
para provocar as formas mais profundas de crescente, até ao momento em que esta é
desdobramento pelos exercícios de contrações suficientemente forte para se destacar do corpo.
estáticos na tomada de consciência desta imagem do
corpo: a precipitação do início, perca da consciência da Seguidamente, é quase sem esforço que a oscilação
imagem entre o nosso corpo e o lugar projetado, porque dos dois segundos prossegue, sob uma forma ou outra,
aparece imediatamente no lugar em que pensamos. no duplo exteriorizado ou o seu ambiente.

2 - PROJEÇÃO PROLONGADA DA IMAGEM DO CORPO, 4 - SINCRONIZAR A CONCENTRAÇÃO COM O RITMO


ESTANDO ESTE DESCONTRAÍDO PRÓRIO DO SONHO, AO ADORMERCER
Deitados, imaginar em primeiro lugar dos pequenos Isto é provavelmente o elemento fundamental para
pontos luminosos que aparecem na superfície da pele obter o melhor desdobramento possível. Observando
e de todas as partes do corpo que tem consciência. sobre si, as imagens que surgem antes de entrar nos
Todos os pontos se destacam, agrupam-se no eixo do sonhos ao adormecer, irá descobrir nestes um ciclo
corpo e reúnem-se para sair pelo cimo da cabeça. muito lento que faz surgir sem tardar o mesmo
Pensar no lugar onde quer ir, projetar esta imagem pensamento principal. Este ciclo é de cerca de três
como uma nuvem branqueada. Pode tomar cada ponto, minutos, quer dizer, é um facto curioso que
um por um e assim descrever o percurso. Pode sublinhamos, é da mesma natureza que o Fosfeno sem

Página 22
fixação luminosa. Sincronizando a sua concentração minuto e meio e vermelha também. É a razão pela qual
sobre este ritmo característico do sonho ao adormecer, também é bom visualizar as cores do violeta ao verde
faz penetrar no sonho a força iniciática, quer dizer a durante a dilatação, do amarelo ao vermelho durante a
totalidade da energia ritmo-FOSFÉNICA que contração, ordem que encontramos, por outro lado,
acumulamos. Metamorfoseia-se o sonho do adormecer uma analogia interessante com a astronomia na
como por um toque de varinha mágica, torna-se num evolução das estrelas.
passeio através do além. Reciprocamente, o complexo
ritmo-FOSFÉNICO cria uma energia considerável. Quando cronometramos o tempo durante o qual a
concentração não cessa de melhorar durante a
PARA REALIZAR ESTA SINCRONIZAÇÃO, visualização centrífuga, constatamos que dura cerca de
PROCEDER DA MANEIRA SEGUINTE: um minuto e meio, como com a concentração centrípeta
a) Representar o ponto de concentração fora do corpo, (compreendemos neste tempo alguns momentos de
longe. descanso durante as mudanças de sentido).

b) Criar formas periodicamente QUE SE VÃO DILATANDO Observamos igualmente que no momento onde a
ATÉ SE PERDEREM NO INFINITO. Estas formas podem concentração atinge o máximo, produz-se um turbilhão
ser muito diversas: um círculo do qual o raio aumenta do ponto seguidamente no momento que atinge o
até se confundir com o horizonte e após um tempo de máximo nas tensões estáticas mentais. Em
descanso, outro círculo emana do ponto. Poderá, por contrapartida, uma maior luminosidade é obtida quando
exemplo, dar aos círculos sucessivos, cada uma das a luz é imaginada como um círculo infinito.
cores do espetro luminoso. Após algumas séries de
círculos, sentirá a necessidade de o substituir por Com um pouco de hábito, a perda de consciência do
jorros de faíscas com uma propagação mais ou menos corpo físico, compensada pela tomada de consciência
retilínea. São detalhes aos quais a imaginação deve do duplo exteriorizado, é total. O duplo é dirigido
deixar livre curso. seguidamente para o lugar ou em direção da pessoa
que deseja encontrar e por vezes o seu duplo também
O essencial é a erupção a partir de um ponto e o pode ser apercebido à distância.
caminho centrífugo para o infinitamente grande. Tente
aplicar, se não for muito difícil, o ritmo de dois 5 - DESPERTO NO SONO
segundos, o raio do círculo não crescerá regularmente, Principalmente pela influência das oscilações fronto-
por exemplo, será por puxões sucessivos todos os dois occipitais do ponto de concentração, acontece que
segundos, o conjunto recordando as marés e as ondas, acordamos a meio da noite, não no mundo físico, mas
o que provaria que imprimimos por este método um no meio das imagens do sonho que são por outro lado
ritmo cósmico na nossa mente. Pode também ver muito mais nítidas e frequentemente proféticas.
magníficos jorros de faíscas saltar do ponto de
concentração todos os dois segundos. 6- VISÃO DO PRÓPRIO CORPO FÍSICO E DOS OBJETOS
MATERIAIS
Durante um tempo que parece bastante longo, este Com a influência dos exercícios de tensões estáticas,
exercício não cessa de se tornar cada vez mais fácil, acontece em certas pessoas que, de vez em quando,
fazer surgir imagens mentais do mundo sobre o qual uma vez “exteriorizadas do corpo”, apercebem o corpo
esta luz se versa com uma grande vivacidade, físico na posição onde está realmente, bem como os
seguidamente ficamos surpreendidos ao constatar que objetos materiais que os rodeiam.
o pensamento não pode seguir este trabalho e tem
tendência a dispersar-se. 7 - PERCEPÇÃO DE UM AMBIENTE QUE NÃO RECORDA
O MUNDO FÍSICO
Se assim for, recomeçar exatamente a mesma Digamos primeiro que a primeira diferença que existe
concentração, mas no sentido oposto, as mesmas entre um sonho e um desdobramento reside na
imagens com base no infinito para se condensarem no qualidade e na vivacidade do conteúdo e das cenas que
ponto de concentração, este movimento centrífugo se desenrolam em “nós”. As cenas podem recordar
durará um tempo igual ao que tinha durado o elementos do mundo físico ou perceções que nos dão
movimento centrípeto. Do mesmo modo, durante as a impressão de deslocamento como no interior da
duas modalidades de Fosfenos associados ou aurora boreal. Perceção de deslocação num universo
consecutivos à luz, a cor verde dura cerca de um rico em cores.

Página 23
TÉCNICAS FOSFÉNICAS

OS FÉNOS
FISIOLÓGICOS

E
n 1959, o Doutor Francis mais suaves para produzir os e desenvolver certas aplicações
LEFEBURE descobriu, graças Fosfenos. pedagógicas e psicológicas com
às diferentes variedades de grande valor.
Fosfenos, que podia aceder aos Os Fosfenos são manchas coloridas
diferentes níveis da organização que subsistem no campo visual O GUSTATOFÉNO:
cerebral e criar relações e trocas após a curta fixação de uma fonte É o Feno do sentido do paladar e da
que melhoram claramente as luminosa. Fazemos frequentemente mastigação, os bolinhos
capacidades globais do indivíduo, a a experiência, porque as imagens “Madalenas” são o melhor exemplo,
partir de processos fisiológicos do sonho são constituídas de com o seu efeito evidente sobre a
muito simples. Fosfenos espontâneos que se memória. O Gustatoféno desperta,
organizam em formas e cores, aos lembranças bem escondidas,
Estes processos consistem em quais damos um sentido e uma acompanhadas de sentimentos e
estimular os diferentes sentidos, na interpretação ligados ao nosso meio sensações intensas. As imagens
solicitação de reações dos ritmos ambiente, assim como às situações que surgem na consciência são
profundos do cérebro e do sistema da nossa vida diária. extremamente nítidas e precisas.
nervoso. Estas reações exprimem- Recordamo-nos então, de objetos,
se pelos "fénos", ou seja uma O Dr. LEFEBURE racionalizou a de pessoas e lugares que tínhamos
espécie de eco neurológico, cuja utilização do Fosfenos para esquecido totalmente.
onda se espalha nas diferentes constituir um método de acesso
zonas do cérebro, estimulando ao simples e fácil a instaurar. O seu Aí está um processo que pode abrir
mesmo tempo a memória, a método, A CONJUGAÇÃO novos horizontes aos nossos
capacidade de análise e de síntese, FOSFÉNICA em Pedagogia, reside psicólogos e investigadores.
a conceção, a criatividade, a na utilização metódica dos
capacidade de abstração e no Fosfenos obtidos após fixação de O OLFATOFÉNO :
conjunto obtemos uma atividade uma fonte luminosa. É o Feno do sentido do olfato. O
intelectual mais rica. É o homem perdeu muito do sentido do
desenvolvimento dos aspetos O ACUFÉNO: olfato, o que explica que este feno
pedagógicos do método. Eis alguns Não se trata aqui, dos Acufénos seja um dos que é menos
exemplos das diversas maneiras patológicos, mas unicamente do apercebido. É no entanto muito fácil
pelas quais os fénos podem ser fenómeno natural que podemos a estimular por um perfume ou um
apercebidos e estimulados aperceber, colocando um búzio odor agradável. Os publicitários e
individualmente. perto da orelha, como fazem as projetistas trabalham, por exemplo,
crianças quando lhes dizemos para sobre ambientes com emissão de
OS FOSFENOS : "ouvir o barulho do mar". O búzio odores suaves para produzir
As crianças provocam-nos amplifica o Acuféno fisiológico, ou descontração e assim uma melhor
espontaneamente friccionando-se seja o barulho produzido pelo atenção aos produtos que propõem.
os olhos "para ver as estrelas, as sangue que circula no ouvido Mas, de todos os tempos, os
cores e as formas luminosas". São interno. O doutor LEFEBURE mostrou perfumes e o incenso foram
o Fosfenos por compressão. Não é que o Acuféno, como o Fosfeno, utilizados para produzir um estado
necessário tornar esta ação numa permite observar e regularizar de bem-estar.
técnica, porque existem maneiras ritmos cerebrais profundos

Página 24
O PNEUMOFÉNO :
É o Feno da respiração. Mais difícil a produzir que os terra, ou ainda martelar com um martelo, se demolir
outros fénos, é sobretudo utilizado em disciplinas que uma parede. São exemplos correntes onde surge a
procuram desenvolver o controlo do indivíduo sobre ele importância da noção de ritmo e de repetição de modo
próprio, como as artes marciais, Zen, Yoga, etc. O que o Mioféno se desencadeie.
Pneumoféno é produzido pelo treino da respiração, quer
após inspiração completa, quer após expiração total. O TATOFÉNO:
Este treino ascético não é adaptado à nossa cultura. É o Feno do sentido do tato. É pela repetição de uma
Um trabalho mais flexível e mais fácil, consiste em fricção em movimento ou um contacto prolongado com
retardar o máximo possível a inspiração e a expiração, o corpo ou uma parte do corpo, que apercebemos este
sem parar de respirar. O Pneumoféno traduz-se, após feno. Dá a sensação de continuar a aperceber o
alguns treino, por uma sensação de frescura, quer a contacto e o movimento, mesmo que não tenha mais
nível da garganta, do palato, ou da caixa torácica. É estimulação física. Por exemplo, após ter caminhado
uma sensação muito agradável que produz uma numa fato de mergulho pesado, ou após ter portado
descontração profunda e ao mesmo tempo, um potente bastante tempo uma armadura pesada.
dinamismo. O Pneumoféno é um potente antistresse.
A PERCEÇÃO SUBJETIVA DO TEMPO:
O OSTEOFÉNO : Contrariamente aos outros fenos, a perceção subjetiva
É o Feno ligado à vibração da estrutura óssea e do tempo não volta a dar a mesma sensação da
tendinosa. O Osteoféno é estimulado pelas fortes perceção do tempo físico. Com efeito, quando fazemos
vibrações ritmadas. Fizemos todos a experiência, por um trabalho, por exemplo, a observação de um ou
exemplo durante uma longa viagem em comboio. À vários fenos durante três quartos de hora ou uma hora,
noite, ao adormecer, sentimos novamente as vibrações é muito frequente, termos a impressão que passou
e o ritmo das rodas sobre a via-férrea e podemos unicamente vinte minutos. Do mesmo modo, na vida
mesmo reencontrar as sensações dos balanços diária, certas horas parecem-nos curtas e outras muito
bruscos da carruagem. longas, como quando efetuamos um trabalho ou uma
atividade de lazer. E no entanto, uma hora, continua a
O FÉNO DO SENTIDO DO EQUILÍBRIO: ser uma hora. Mas o nosso organismo possui a sua
Cada pessoa pode fazer a experiência deste feno, própria perceção do tempo e esta perceção é elástica.
durante uma viagem ou um passeio, de barco.
Desembarcando e uma vez com os pés sobre o cais, Graças a este sistema fénico, descobrimos múltiplas
temos sempre a sensação de ainda estar a bordo. E à maneiras para nos dirigirmos às camadas mais
noite ao adormecer, os movimentos do barco voltam profundas do nosso subconsciente que são totalmente
espontaneamente à consciência, mas de maneira mais estruturantes e positivas. São "ferramentas" simples
intensa que uma simples lembrança, com a sensação cujos efeitos se fazem sentir rapidamente e cujas
muito forte de ser balançado pelos movimentos do aplicações só podem enriquecer o nosso potencial e a
barco. Este feno é muito fácil a produzir e a observar, nossas experiências. Além disso, apostamos que os
como fazem naturalmente as crianças que giram um antigos utilizavam de maneira mais ou menos empírica
momento sobre eles mesmos, seguidamente quando alguns destes processos, com o objetivo de melhorar
param, mantêm os olhos fechados para sentir melhor a as capacidades individuais físicas ou intelectuais,
sensação de rotação oposta e portanto o corpo não como por exemplo os caminhantes (do grego
move. Fala-se então, mais precisamente, de Giroféno, peripatein, passear), os seguidores da doutrina de
para caracterizar esta sensação de rotação. Os jogos Aristóteles, que conversavam caminhando, ou os
como o baloiço produzem igualmente sensações judeus Lioubavitch, que aprendem praticando balanços,
similares e curiosamente, parece que certos tipos de ou ainda, os Taoistas, que fixavam os reflexos do sol
balanços produzem descontração e bem-estar, como o sobre uma concha muito lustrada. Conhecemos a
balanço de um rocking-chair, por exemplo. capacidade criativa e as obras importantes que
deixaram os Taoistas.
O MIOFÉNO:
É o Feno da atividade muscular. Sente-se facilmente Quantas surpresas estes processos fisiológicos podem
após uma atividade muscular repetitiva e intensa, onde ainda trazer-nos? E a nossa sociedade será capaz de
temos a impressão de continuar, por exemplo, a aproveitar enfim dos trabalhos do Doutor LEFEBURE
pedalar, se andar de bicicleta, a cavar se trabalhar a para melhorar o seu próprio saber?

Página 25
Gustatoféno

Fosfeno
Aromatoféno
ou olfatoféno
(féno do cheiro) Acuféno

Pneumoféno

Mioféno

Equilibroféno,
giroféno
ou estatoféno
Tactuféno
(féno do sentido
do tato)

Perceção Osteoféno
subjetiva
do tempo

O SISTEMA FÉNICO
Cada feno é um intermediário fisiológico entre o sentido físico ao qual corresponde e ao sentido espiritual
equivalente, que uma vez despertado, dá lugar a perceção das energias, dos acontecimentos ou dos universos
intangíveis, ou seja, não percetíveis pelos sentidos físicos.

O sistema fénico, quando é estimulado, provoca a perceção dos planos espirituais, que as tradições chamam o
" além", "mundos invisíveis" ou "planos subtis".

O equivalente do fosfeno existe ao nível de todos os outros sentidos físicos, aos quais é necessário acrescentar
o sentido do equilíbrio que é uma propriedade do esqueleto, da atividade muscular, da respiração e da perceção
do tempo.

Todos os fenos e provavelmente outros ainda não detetados (por exemplo o feno da voz que poderia ser
constituído pelo pensamento auditivo), naturalmente, são vinculados entre si. É a razão pela qual, que quando
estimulamos um féno específico, podemos perfeitamente aperceber sensações ligadas a um outro feno.

Além disso, existe um terceiro sistema sensorial, que até agora se chama "centros psíquicos" ou chacras. Este
terceiro sistema sensorial está ligado ao sistema fénico e à consciência. É possível que, até certo ponto, estes
centros psíquicos ou chacras sejam os órgãos da consciência.

Página 26
PROCESSO :
FOSFENISMO E RELIGIÃO
À DESCOBERTA DE MENSAGENS INICIÁTICAS NUMA IGREJA NO
“BEAUJOLAIS” (França) CHEIA DE ENERGIA E SÍMBOLOS. De Alain Richard

Estava bem longe de imaginar o que ia descobrir dentro

O
Fosfenismo praticava-se numa igreja do
século XII, no Beaujolais (região de Rhône- desta igreja...
Alpes, perto de Lyon em França).
A IGREJA
Foram necessários apenas alguns minutos chegar ao
A DESCOBERTA DE UM LIVRO sitio onde se situa esta igreja, situada perto da minha
Ainda que a prática (inconsciente na maioria dos casos) casa. Apenas alguns quilómetros a voo de pássaro.
do FOSFENISMO seja comum na maior parte das Chegado ao sítio, entrei imediatamente na igreja,
religiões, na história não é frequente encontrar lugares impaciente para descobrir o que escondia no interior.
e testemunhos concretos que atestam de relações Quando cheguei ao coro, senti imediatamente uma
formais entre os dois nos sítios de culto.

Existe contudo, no Beaujolais, uma pequena igreja


muito surpreendente pela simbologia que contém e
podemos decifrar facilmente se desejarmos pensar um
pouco. E a mensagem assim revelada tem uma clareza
tal que não deixa nenhuma dúvida sobre o seu real
alcance iniciático. Esta igreja, construída no século XII,
situa-se na freguesia de Avenas no coração da região
vinícola do Beaujolais, ao Norte de Lyon, numa pequena
aldeia com uma centena de pessoas no meio de
florestas e prados, a 640 m de altitude.

Foi lendo um livro descoberto por acaso intítulado o


Beaujolais simbólico e energético de Serge Barnoud,
que descobri que uma igreja situada a alguns
quilómetros de mim apresentava algumas
singularidades com caráter ao mesmo tempo percentagem vibratória extremamente elevada, sem ter
energético e simbólico. As explicações dadas por este necessidade de qualquer instrumento de medida para o
livro eram suficientemente convincentes e confirmar. Senti imediatamente um formigueiro intenso
surpreendentes para me decidirem a ir rapidamente nas minhas mãos, o que, para mim, é sinal manifesto
verificar por mim mesmo todas as afirmações. de um lugar energético importante.

OS INSTRUMENTOS DE MEDIDA ENERGÉTICA ALGUMAS NOÇÕES DE GEOBIOLOGIA


Por conseguinte, preparei a minha pequena expedição, Podemos definir a geobiologia como o estudo da
os apetrechos do perfeito explorador do mundo influência da terra sobre tudo o que vive. Ciência, arte e
energético: bússola, mapa IGN, lâmpada de bolso, técnica, a geobiologia estuda diversos parâmetros que
máquina fotográfica, pêndulo, lóbulo antena, tábuas de provêm do solo, da atmosfera ou das formas,
radiestesia... percetíveis pela nossa sensibilidade como: as
correntes de água subterrânea, as falhas geológicas,
as redes telúricas, as chaminés cosmo-telúricas, a
rede sagrada, a rede Hartmann, a rede Curry, etc.

Estas redes representam malhas mais ou menos


regulares sobre o solo: trata-se, geralmente, de bandas
de algumas dezenas de centímetros de amplitude que
podem por vezes ser separadas com vários metros.

Há mais de cinquenta anos, físicos, doutores e


radiestesistas destacaram uma certa influência do solo

Página 27
ou de um lugar sobre o crescimento ou o As igrejas não foram construídas para alimentar o
comportamento de uma planta, de uma árvore, de um nosso ser material, condicionado pelo ciclo ''produzir -
animal ou do homem. consumir – morrer”, mantido pelos poderes existentes,
mas para alimentar nosso ser espiritual.
AS ENERGIAS DA TERRA
Por toda a parte, no nosso globo, estamos sob a O estudo geobiológico dos lugares sagrados dá uma
influência permanente de duas colossais energias das nova dimensão. Pela paciência, intuição e abertura de
quais não se pode excluir. espírito, é possível fazer descobertas apaixonantes.
Cada igreja é diferente pelo lugar e as intenções dos
* A energia telúrica a que provém do centro da terra. construtores. Os elementos de arquitetura podem
geralmente ser lidos a vários níveis: telúrico,
* A energia cósmica: a que provém do espaço. energético, bíblico e simbólico, porque a arquitetura
destes edifícios, são feitos à imagem do vivente:
A terra necessita energia cósmica para assegurar a interativo e complexo (não confundir com complicado).
distribuição da força universal, sem a qual não Apreciar um lugar elevado, é sentir as vibrações em
existiríamos. Esta distribuição efetua-se através das todo o seu ser. Aceita-las, é esperar que despertem em
redes que poderíamos comparar com a nossa rede de si o que deixou de lado...
circulação sanguínea. A radiação da terra tem uma
influência sobre as células do nosso corpo. A terra vive PLANTA DA IGREJA
graças ao seu campo eletromagnético. Sem os raios Esta igreja apresenta a particularidade de ter sido
cósmicos que a cercam, não haveria vida sobre a terra. construída no sítio de um antigo dólmen à intersecção
Para as pessoas pouco familiarizadas com a das várias redes sagradas.
geobiologia, uma rede sagrada é uma rede de energia
alimentada pelo sol orientado a Este-Oeste ou Sul- Uma planta da igreja desenhada por Serge Barnoud
Norte. Com uma amplitude de 0.40 m a 0.80 m, pode representa a posição das diferentes redes, bem como
alargar-se a 2 m em certos lugares. Dá-se-lhe o nome os pontos de emissão de energia. Algumas
de sagrada, porque se encontra sobre todos os lugares investigações com a ajuda do lóbulo antena
de cultos anteriores ao século XIV. Ligam-se entre si. confirmaram rapidamente a presença de redes
sagradas na igreja.
É uma rede de energia positiva extremamente potente. Para que um sistema energético funcione em emissão,
Os companheiros, construtores de catedrais conheciam é necessário a conjunção de 3 fatores:
perfeitamente estas redes energéticas e sabiam utilizá- * a presença de energia negativa: aqui, é um curso de
las nas suas obras. As grandes catedrais são todas
construídas sobre redes sagradas. Estas redes, eram
certamente perfeitamente conhecidas e dominadas em
tempos bem mais antigos dado que, numerosos
menires e dólmenes foram implantados sobre estas
redes.

A geobiologia sagrada: é o estudo dos lugares de


cultos antigos, assentes sobre as redes telúricas ou
solares que encontramos. Entram igualmente em jogo
as formas, os materiais e a orientação. Como o ser
humano, o nosso velho planeta também é percorrido
por numerosas redes energéticas.

Se os nossos antepassados sabiam utilizar e respeitar


estas redes no passado, infelizmente nos nossos dias
não podemos dizer a mesma coisa.

“De um ponto de vista meramente energético, parece


que o lugar – que seja de um menir ou de uma outra
pedra, mas também de qualquer outro templo ou
santuário - é, na origem, uma má escolha. Se
verificarmos o extrato telúrico constatado. É, em todos
os casos, um lugar onde o homem não pode viver, pelo
menos sem perigo para a sua saúde. E no entanto, é
sobre um sítio vibratóriamente perturbado onde os
antigos plantavam um menir, erigiam um dólmen ou
construíam uma igreja. Porque o trabalho permitia
transformar toda a energia negativa de um lugar em
energia extremamente positiva e regenerativa para o
homem.” (J. - L. Bovin, Mégalites, Edições Mosaico).

Página 28
água subterrâneo,
* a presença de energia positiva: aqui, é a rede
sagrada,
* a presença de um recetor: aqui, é a pessoa que se
põe ao centro do coro.

A igreja situa-se na conjunção das várias redes


sagradas e com 2 pontos de energia de um lado e do
outro do altar: pontos (4) na planta.

O ponto de energia situado em frente do altar é


materializado por um pequeno círculo no solo. É assim
bem visível. É neste lugar que captamos mais energia.

RADIAÇÃO DO ALTAR
A importância da radiação energética é tal que pode
sser fotografada com uma máquina fotográfica utilizada
para fotografar as auras das pessoas.
As cores dominantes no altar são o azul, o violeta e
anil. O azul é a cor que tem a mais forte energia de todo
o espetro das cores, o violeta e o anil são as cores do

um certo tempo, porque não tenho o hábito de medir


taxas tão elevadas. Devo mudar de tábua de medida
perante a potência desta fonte de energia. A medida é
impressionante, mais de 100.000 unidades Bovis.
Excedo mesmo os limites superiores da minha tábua de
medida. É necessário saber que esta taxa vibratória
medida não é constante no tempo.

Como todo ser humano, o planeta vive de acordo com o

espiritual.

Posicionando-me num dos 2 pontos de emissão de


energia, senti efetivamente a energia subir em mim e
apenas em alguns minutos, estava tão carregado em
energia como se tivesse feito várias horas de
exercícios FOSFÉNICOS em grupo. É muito claro que o
potencial energético desta igreja é importante.

Pego então no meu pêndulo e nas minhas tábuas de


radiestesia para tentar estimar a taxa vibratória destes seu próprio ritmo. É por conseguinte lógico que as
pontos com um forte potencial energético. taxas vibratórias medidas variem de acordo com a hora
do dia ou da estação do ano.
Sem entrar demasiado em detalhes técnicos, temos o
hábito, em radiestesia, medir as taxas vibratórias com Até hoje, nunca tinha medido uma vibração com tais
a ajuda de uma escala dita de Bovis. Um lugar valores (esta vibração foi confirmada alguns dias
corretamente equilibrado apresenta então uma vibração depois por Serge Barnoud): taxas vibratórias com esta
de cerca de 6.500 unidades Bovis. Para fazer estas amplitude, não são habituais na natureza.
medidas, em radiestesia utilizamos habitualmente este
tipo de tábua onde distinguimos efetivamente a zona de Esta igreja é realmente excecional a nível energético.
equilíbrio por volta de 6.500 unidades Bovis.

A medida destes pontos de emissão de energia leva OS PILARES

Página 29
Decidi então observar mais atentamente esta igreja.
Por trás do altar, tem 4 pilares com esculturas bastante
curiosas.

Passo para trás do altar e girando no sentido das


agulhas de um relógio, detalho o primeiro pilar.

O primeiro pilar representa claramente, as 6 chacras


(raiz, sagrado, solar, cardíaco, laríngeo e frontal)
superados com uma sétima chacra representado por
uma coroa (chacra coronal). Está é efetivamente a
primeira vez que vejo chacras tão claramente
simbolizados numa igreja.

O 2° pilar representa, nem mais nem menos que uma

Primeiro Pilar. Segundo Pilar

subida de kundalini que ascende ao longo da coluna:


serpente ascendendo ao longo da coluna ondulando
entre as 7 chacras. Cada vez mais interessante…

A simbólica do 3° pilar representa as 7 chacras abertas


após a subida da kundalini.
Potentes relações energéticas unem as diferentes
chacras entre si.

O cimo do 4° e último pilar apresenta linhas bem


retilíneas superadas por uma serpente com 2 cabeças.

Terceiro Pilar Quarto Pilar

Página 30
Na antiga China, considerava-se o arco-íris como o
sinal da unificação do Ying e o Yang.

Era frequentemente representado por uma serpente


com duas cabeças. Várias tradições, nomeadamente a
hinduísta, falam dos sete raios do sol em relação com
as sete cores do arco-íris, verdadeira ponte entre o Céu
e a Terra, o espiritual e o temporal. O arco-íris é então

considerado como a decomposição das 7 cores


básicas da luz branca: a luz espiritual.

As linhas retilíneas simbolizam a subida livre da


energia, após a subida da kundalini e a abertura das
chacras. O homem acede então diretamente ao
espiritual e toma consciência da sua parte divina.

Visivelmente, as esculturas destes 4 pilares não foram


feitas por acaso.

É surpreendente encontrar tudo isto nesta pequena


igreja. A noção do centro da energia não é realmente o
ferro da lança do ensino católico. A presença destes
pilares, tão explícitos pelas suas esculturas, tem de
que surpreender.

Mas ainda não terminei, o mais interessante resta


ainda descobrir...

OS VITRAIS
Prossigo a minha exploração. Afinal de contas, talvez
haja ainda outras descobertas interessantes a fazer.

Na nave, tem 7 vitrais (não é certamente uma


coincidência). Estes vitrais são policromos com uma
dominante vermelha, cor de laranja, amarelo que
correspondem às cores das chacras inferiores.

E de um lado e do outro do coro, quando estou sobre


um dos pontos de emissão de energia, vejo 2 vitrais
bem estranhos:

* Um vitral amarelo cercado com um fio azul,


* Um vitral azul cercado com um fio amarelo.

Página 31
Estamos nas cores e na estrutura do Fosfenos… com a
predominância de uma cor central cercada de um fino
anel de cor diferente.

Estes vitrais representam as diferentes fases de um


Fosfeno. Haveria aí uma mensagem? Curioso, não é?

A relação com os Fosfenos é mais que evidente, mas


falta-nos ainda instruções.

O Fosfeno sozinho nunca conduziu a um desperto da


espiritualidade. Sabemos efetivamente que é
necessário praticar a CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA
(mistura de um pensamento com o Fosfeno) para obter
resultados.
A cruz colocada ao centro do altar
A CRUZ DE SVASTIKA
Esta cruz merece algumas explicações.
Ora bem, qual não foi a minha grande surpresa e por
Esta cruz aparece, pensamos nós, no início da pré-
tão surpreendente que possa parecer, a instruções do
história. Existe em 2 versões de acordo com a
Fosfeno, encontrei-as sobre a mesa ou, mais
orientação dos pequenos ramos:
exatamente, sobre o altar.
* versão positiva: é a que se encontra sobre o altar da
igreja de Avenas,
Mas essas instruções não são visíveis para todos: os
* versão negativa: é a demasiado famosa a cruz
fiéis da igreja não podem vê-lo, porque está gravado na
gamada de Hitler da sinistra memória.
pedra sobre a parte do altar.
Na versão que nos interessa, significa em sânscrito
Só a pessoa que prega na frente do altar é que pode
“bom agoiro”, representa a potência dinâmica da terra.
ver. É evidente que, pela posição, estas instruções não
são destinadas a serem divulgadas aos fiéis presentes
durante a missa.
Representa também uma roda solar para os Celtas: se
estes representavam o sol não pelo círculo e seus
Estas instruções seriam reservadas a algumas
raios, mas por um turbilhão, podia ser porque estavam
pessoas iniciadas?
afetados por este fenómeno bastante raro, que por
conseguinte parece prodigioso: o turbilhão do Fosfeno
Certamente, estas instruções também têm um alcance
solar (para mais informações sobre as rodas solares,
simbólico que é necessário interpretar.
consultar o livro “Pneumoféno” do Dr. Lefebure).
Apresenta-se sob forma de cruz, ou, mais exatamente,
Durante muito tempo questionei-me:
5 cruzes gravadas sobre a parte do altar.
“Mas o que é que vem fazer esta cruz nesta igreja?”
“Porque é que uma cruz suástica está no lugar da
Mas atenção, não são quaisquer cruzes.
tradicional cruz católica que esperamos encontrar
sobre o altar?
Não se trata da cruz que simboliza a crucificação de
Cristo como temos o hábito de ver em todas as igrejas,
”Há necessariamente uma explicação, um símbolo por
mas a cruz suástica.
trás. Esta cruz não foi posta lá por acaso, não nesta
igreja.
Uma das cruzes num dos ângulos do altar.
Foi relendo várias vezes as explicações fornecidas por
Serge Barnoud no seu livro sobre esta cruz que
compreendi.

“Simboliza o movimento… Olhem bem para o sentido


de rotação indicado pelos pequenos ramos… Se gira da
esquerda para a direita, como os ponteiros de um
relógio, aproveita a sua energia e sua positividade”.

A cruz de suástica simboliza por conseguinte o


movimento girando da direita para a esquerda. A
situação começa a esclarecer-se.

Cruz… figura geométrica, sentido de rotação indicado


pelos ramos… rotação de uma figura geométrica…
representação do Fosfeno sobre os vitrais…

Página 32
Eis que, por último encontrei as instruções: absolutamente excecionais. É claro que penetrando
basta associar a cruz que está sobre o altar com o nesta igreja, estava bem longe de imaginar o alcance
Fosfeno que está sobre os vitrais e… estamos em da mensagem que havia.
plena CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA com a rotação de uma
figura geométrica no Fosfeno. Estamos exatamente no Esta igreja é portadora de uma mensagem iniciática
primeiro grupo de trabalho definido pelo Dr. Lefebure no universal extremamente potente.
livro “A Iniciação Piétro”. Estou feliz por ter podido decifrar todos estes símbolos,
para vos dar a conhecer hoje.
Recordo, por memória, que os 3 grupos de trabalho
para a CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA são: BIBLIOGRAFIA
O Beaujolais simbólico e energético de Serge Barnoud
* as figuras geométricas sobre o plano do pensamento - Edições Eroke.
abstrato,
* a representação do mundo vegetal sobre o plano Se deseja aprofundar este estudo sobre a igreja de
etérico, Avenas, recomendo-vos este livro muito documentado.
* o ponto de concentração sobre os planos superiores.
Nunca teria chegado a decifrar toda a simbologia desta
A rotação do pensamento que tem então como objetivo igreja sem o notável trabalho de Serge Barnoud que
criar as vias neurológicas que vão permitir o desperto e espontaneamente me atribuiu a autorização para citar
a subida da kundalini. os seus propósitos e difundir alguns dos seus
documentos.
A MENSAGEM INICIÁTICA
Vimos os relevos desenhados sobre os pilares, os Faço questão de o agradecer
vitrais no coro e as cruzes sobre o altar.
Atenção, este livro não aborda o aspeto simbólico
Resumimos agora os diferentes elementos que temos ligado ao FOSFENISMO. Trata em detalhe de toda
na nossa possessão, para tentarmos encontrar a simbologia em geral, de uma pequena Igreja de Nossa
mensagem que os construtores desta igreja nos Senhora de Avenas no Beaujolais. A interpretação do
quiseram deixar. aspeto simbólico ligado ao FOSFENISMO é estritamente
pessoal.
Cada elemento tem o seu próprio significado, basta
ligar agora o conjunto: LINKS
Encontrei só um link interessante relativo à pequena
* a cruz suástica = rotação de uma figura geométrica Igreja de Nossa Senhora de Avenas na Internet:
* os vitrais do coro = Fosfenos
* pilar n° 1 = chacras http://confluences-lyon.cef.fr/guideglises/regionbeaujeu/avenas.html
* pilar n° 2 = subida da kundalini
* pilar n° 3 = abertura das chacras Existe igualmente outro link sobre a freguesia de
* pilar n° 4 = luz espiritual Avenas:

Todos os elementos se conectam uns em relação aos http://commune.avenas.free.fr/


outros muito bem e tudo isto pode traduzir-se na
mensagem seguinte:
Um pequeno conselho: se um dia, durante uma viagem,
A rotação de uma figura geométrica no Fosfeno vai passar na região, vá fazer uma pequena visita a esta
despertar os chacras, a subida da kundalini, abrindo igreja tão específica. Uma pequena meditação
uma a uma permitindo atingir a luz espiritual. associada a um Fosfeno feito exatamente no ponto de
emissão de energia será muito vantajosa.
Penso que esta mensagem é suficientemente clara e
que não pede uma explicação suplementar para uma Não ficará desiludido.
pessoa familiarizada com as técnicas do FOSFENISMO.
É exatamente a mensagem que o Dr. Lefebure nos
deixou pelos seus livros e pelo seu ensino.

Deixo-vos imaginar a potência dos exercícios


realizados nesta igreja se várias pessoas projetarem
os Fosfenos sobre uma pessoa colocada no ponto de
emissão de energia exatamente à frente do altar...

Estamos aqui num lugar iniciático de primeira Alain Richard


importância. (Pseudónimo Alain69 no Fórum do FOSFENISMO)).

Os construtores desta igreja possuíam conhecimentos (Rhône 69) Setembro de 2006

Página 33
FORMAÇÕES
ORGANIGRAMA

FORMAÇÃO BÁSICA - Estágio Número 1


Estágio de DESENVOLVIMENTO e ACTIVAÇÃO CEREBRAL

Aprender a transformar a energia luminosa em energia mental e utilizar o Fosfeno


para o desenvolvimento da memória, da concentração e da criatividade.
FOSFENISMO e Desenvolvimento Pessoal ou aplicação do FOSFENISMO na vida
diária. Como utilizar o Fosfeno para ter uma ação positiva sobre o seu destino.

ESTÁGIO ESPECIAL FORMADOR


EM CONJUGAÇÃO FOSFÉNICA

Fosfeno-Pedagoguo

FORMAÇÃO SUPERIOR - Estágio Número 2


A prática das técnicas Iniciáticas

Constituído por ateliês práticos, este estágio permite ter uma abordagem
progressiva dos fenómenos.
Das experiências básicas às experiências mais acentuadas.

FORMAÇÃO CONTÍNUA
ESPECIAL NATURO-FOSFENOLOGIA

ESTÁGIO ESPECIAL
FORMAÇÃO DE PROFESSORES
Fosfenólogo

www.FOSFEMINSMO.pt/formacoes.html