Você está na página 1de 6

LÚ P U LO, L E V E D U R A S E E N Z I M A S PA R A C E R V E J A

NOSSOS LÚPULOS
ORIGEM VARIEDADE
Aloha
Ariana
Callista
Comet
Hallertau Blanc
Hallertau Herkules
Hallertau Hersbrucker spat
Hallertau Hull Melon
Hallertau Magnum
Hallertau Mandarina Bavaria
ALEMANHA Hallertau Mittelfrueh
Hallertau Northern Brewer
Hallertau Perle Um trabalho totalmente focado em microcer- Para isso,ISSO,
PARA oferecemos:
OFERECEMOS:
Hallertau Polaris
vejarias que buscam destacar seu produto no
Hallertau Saphir
Hallertau Tradition cenário nacional e, por que não, mundial.
Altíssima
Altíssimaqualidade.
qualidade.
Monroe Esse é o trabalho que a LNF, juntamente com o Garantia
Garantiade fornecimento.
de fornecimento.
Spalter Select
Tettnang Grupo Barth-Haas, desenvolve no Brasil. 
 Contratos de longo
Contratos de longoprazo.
prazo.
TNT
Yellow sub
Ella
Enigma PELLETS
AUSTRÁLIA
Galaxy O Grupo Barth-Haas é líder mun-
Summer
Os lúpulos em pellets são mais dial no suprimento de lúpulos,
Topaz
Vic secret homogêneos, tem melhor produtos de lúpulos e serviços
Bobek estabilidade durante a armazenagem através de um time de compa-
Savinjski Golding e custos de armazenamento e nhias integradas verticalmente
ESLOVÊNIA transportes reduzidos se comparados
Slovenia Styrian Gold em todo o globo.
Styrian Golding Celeia aos lúpulos em flor.
Amarillo O grupo familiar, fundado em
Azacca
Taxa de utilização média (% de alfa- 1794, está ativo em todos os
Bru-1 Tempo de fervura (min) continentes. Tem escritórios e
Cascade ácido que estará presente na cerveja)
Cashmere operações na Alemanha, Estados
Centennial 6 - 10 6,0% Unidos, Reino Unido, Austrália
Chinook 11 - 15 8,0% e China.
Citra
16 - 20 10,1%
Cluster Com sua presença global, o Gru-
Columbus 21 - 25 12,1% po Barth-Haas atua em todas
Crystal
Ekuanot 26 - 30 15,3% as etapas da cadeia de abaste-
El dorado 31 - 35 18,8% cimento de lúpulo, desde seu
Experimental 472
36 - 40 22,8%
cultivo até o desenvolvimento
Experimental 586
Fuggle
e aplicações de seus produtos
41 - 45 26,9% especializados para a indústria
Galena

EUA
Glacier 46 - 50 28,1% cervejeira e afins, atendendo
Golding
51 - 60 30,0% grandes e pequenos clientes em
Idaho 7
Jarrylo
todo o mundo.
Obs: a taxa de utilização média depende de cada cervejaria/brassagem.
Liberty
Loral
Mosaic
MT Hood DERIVADOS DE LÚPULO
Nugget
Pahto FLOR Diretamente da fazenda para sua cervejaria em fardos a 90kg.
Sabro
Sorachi Ace
Sterling Mais homogêneos, estáveis e práticos que a flor podem ser: T45,
PELLETS
Stratta T90, iso-pellets, PHP BBC, LUPOMAX.
Summit
Talus
Práticos e estáveis, podem ser o extrato de CO2 ou IKE (Extrato de
Warrior EXTRATOS
Willamette Caldeira Isomerizado).
Zeus
Aramis
Para uso pós-fermentação, para quem busca alta eficiência,
Barbe Rouge EXTRATOS AVANÇADOS
FRANÇA Strisselspalter estabilidade a luz e estabilidade de espuma.
Triskel
Admiral Solução natural para aumento de aroma com menores perdas de
Challenger EXTRATOS DE AROMA
INGLATERRA East Kent Golding
cerveja.
Target
POLÔNIA Lublin A Barth-Haas acaba de desenvolver um novo antiespumante a base
Kazbek ANTIESPUMANTE de compostos de lúpulo, o HopAid. Ele deve ser adicionado durante
REP. TCHECA
Premiant enchimento do tanque de fermentação em dosagens de 5 a 50g/HL.
Saaz
Sladek
EMBALAGENS
A LNF fraciona os lúpulos da Barth-Haas
em condições controladas de umidade e
temperatura e os acondiciona em atmosfera
modificada para garantir que você tenha
sempre o lúpulo fresco no seu estoque,
independente do tamanho de sua cervejaria.

AMARGOR % UTILIZAÇÃO NA UTILIZAÇÃO CONCENTRAÇÃO RESISTENTE COMPONENTES BÁSICOS


RELATIVO CALDEIRA PÓS-FERMENTAÇÃO ATIVA À LUZ
Alfa-ácidos, beta-ácidos, óleos
Extrato de CO2 1 30-40% N/A 30-65% N essenciais e resinas.
Iso-alfa ácido, óleos essenciais,
IKE 1 45-55% N/A 30-60% N resinas e beta-ácidos.
FLEX 1 35% N/A 60-70% N Alfa-ácidos, beta-ácidos e resinas.
ISOHOP 1 60% 80% 30% N Iso-alfa ácido
REDIHOP 0,7 50% 70% 30% S Rho-Iso-alfa ácido
TETRAHOP GOLD 1,0-1,7 40% 70% 9% S Tetra-hidro-iso-alfa ácido
Hexa-hidro-iso-alfa-ácidos e
HEXAHOP GOLD 1,0-1,3 40% 70% 10% S Tetra-hidro-iso-alfa ácido

AROMA ADIÇÃO DISPONÍVEIS


PHA TOPNOTE Dry-Hopping Pós-fermentação Cascade, Citra, Saaz (outras variedades, sob demanda).
AROMAHOP® EXTRACT Dry-Hopping Whirlpool Citra, Mosaic, Ekuanot (outras variedades, sob demanda).

COMPARAÇÃO DE UTILIZAÇÃO* DE PRODUTOS DE LÚPULO


Utilização do alfa: Resultados

Lúpulos em Flor 15-30%

Pellets T90 25-30%

Pellets T45 25-30%

Extrato de CO2 30-40%

Extrato Isomerizado de Caldeira (IKE) 45-55%

*% Utilização = (IAA na cerveja / AA dosado) x 100


LEVEDURAS PARA CERVEJA
Sempre focada em entregar um elevado nível de serviço
técnico-comercial, a LNF une-se à Fermentis, líder mundial
em levedura cervejeira para suprir o mercado nacional.

COMPARATIVO DE DESEMPENHO
Safale Saflager
S-04 K-97 US-05 BE-134 WB-06 HA-18 S-33 T-58 BE-256 S-23 S-189 W-34/70
Lager tí- Lager tí- Lager tí-
Cinética Média Rápida Lenta Média Lenta Média Rápida Rápida Rápida
pica pica pica

Sedimentação Rápida Lenta Média Lenta Lenta Média Média Média Rápida Rápida Rápida Rápida
pós-fermentação
Comportamento

Floculação + + ± – – – – – + + + +

Top-cropping – + ± – + – – – – – – –

SUGESTÃO DE USO POR ESTILO


Weissen (trigo) ×
Blanche (Wit) × × ×
Pilsen × × ×
Kolsh × ×
IPA × × ×
Triple × × × ×
Saison × ×
Bitter × × ×
Ales (Pale/Ambar/Brown) × × ×
Dubbel × ×
Scotch × ×
Barley Wine × × × × ×
Porter × × ×
Stout × ×
Imperial Stout × ×

ATENUAÇÃO

( )
95%
EXTRATO ORIGINAL  EXTRATO FINAL
x 100
AT E N U AÇ ÃO A PA R E N T E %

90% EXTRATO ORIGINAL

85%

80%

75%

70%

65%

60%
S-04 K-97 US-05 BE-134 WB-06 HA-18 S-33 T-58 BE-256 S-23 S-189 W-34/70

Safale Saflager
Dados obtidos sobre fermentações simultâneas em tubos EBC de um mesmo mosto, com gravidade original de 18°P. Esses valores de atenuação
são impactados pela composição da receita (tipos de maltes), temperatura e perfil de açúcares de mosto, entre outros parâmetros.

SAFALE F2 — Tecnologia para refermentação em garrafa.


SPRINGFERM BR2 — Novo nutriente para fermentação.
CONHEÇA TAMBÉM SPRING BLANCHE — Extrato de proteína de levedura.
SAFSOUR LP652 — Lactobacillus plantarum.
LA01 — Cerveja sem álcool.
PORTFÓLIO DE LÚPULO E SEUS DERIVADOS

PELLETS T45 LÚPULOS EM CONE PELLETS ISOMERIZADOS


(Enriquecido em Lupulina) (Iso-pellets)

PELLETS T90

HOP EXTRACT EXTRATO RICO EM ÓLEO

EXTRATO ISOMERIZADO DE CALDEIRA IKE AROMAHOP OE


(Oil Enriched)

PRODUTOS DE CALDEIRA

PRODUTOS PÓS-FERMENTAÇÃO
ISOHOP ÓLEOS DE LÚPULO CITRUSSY
(Iso-alfa-ácido)

SPICY

REDIHOP TETRAHOP GOLD PHA VARIETALS PHA TOPNOTES PHA CLASSICS FLORAL
(Rho-iso-alfa-ácido) (Tetra-hidro-iso-alfa-ácido) (Alternativa ao dry hop)

HERBAL
HEXAHOP GOLD HEXAHOP 95
(50% Hexa-hidro-iso-alfa-ácido, (95% Hexa-hidro-iso-alfa-ácido, SYLVAN
50% Tetra-hidro-iso-alfa-ácido) 5% Tetra-hidro-iso-alfa-ácido)

ENZIMAS PARA CERVEJA


Você pode deixar seu processo mais rápido e eficiente
com o que há de mais moderno das enzimas
Novozymes, líder mundial em enzimas.

ATTENUZYME PRO®  SOLUÇÕES PARA METAS E NECESSIDADES ESPECÍFICAS DE ATENUAÇÃO


 Auxilia o processo de sacarificação de maltes com
INFORMAÇÕES

 Enzima glicoamilase, pululanase, amilopectina e glicogênio.


VANTAGENS

problemas de modificação.  Indicação de dosagem para Brut durante mostura: 1,5kg por
 Ajuda a obter o nível desejado de açúcares fermentáveis. tonelada de malte ou, no terceiro dia de fermentação,
 Indicada para cervejas Brut com o objetivo de zerar 400ml por tonelada de malte.
o extrato do produto acabado.

ULTRAFLO®  MELHORIA NA FILTRABILIDADE DE MOSTO E CERVEJA


 Preparação multi-ativa baseada em ß-glucanases termorresistentes.
INFORMAÇÕES

 Diminuição do tempo de filtração de mosto.


VANTAGENS

 Atividades complementares: xilanases, ß-glucanases, arabino-xilanase.


 Ganho de extrato disponível para fermentação.  Adicionada no início da mostura, possui um elevado range de pH e
 Aumento do ciclo de filtração de Cerveja. temperatura para máxima atuação enzimática.
 Diminuição no consumo de terra infusória.  300 ml por tonelada de matéria-prima.

TERMAMYL®  SOLUÇÃO PARA MALTES POUCO MODIFICADOS


 Facilitação na liquefação do mosto.
INFORMAÇÕES
VANTAGENS

 Diminuição do tempo de sacarificação.  Enzima Alfa-amilase termorresistente.


 Ganho de extrato disponível para fermentação.  Dosagem no início da mostura.
 Auxilia o processamento de adjuntos.  300 ml por tonelada de matéria-prima.
 Diminuição da viscosidade do mosto, melhorando a filtração.

MATUREX®  AUMENTO DE CAPACIDADE DE ADEGAS


 Solução para problemas de Diacetil no produto acabado.
INFORMAÇÕES

 Cumprimento do prazo de fermentação/maturação


VANTAGENS

 Enzima α-Acetolactato Decarboxilase.


pelo parâmetro Diacetil.  Dosagem proporcional ao total do tanque no início do resfriamento
 Maior capacidade de produção, devido à disponibilidade de tanques. da primeira fabricação (1,5g/HL).
 Melhoria no custo de produção devido à economia
de energia (menos tempo de processo).
AÇÚCAR E SUCOS CERVEJA AMIDO E CACHAÇA E CAFÉ KERA
ETANOL ÁLCOOL DE CEREAL DESTILADOS NUTRIÇÃO ANIMAL

Desde 1987, nosso trabalho é totalmente focado em em-


presas que buscam destacar seu produto no cenário nacio-
nal e internacional.

A LNF é pioneira em aplicações biotecnológicas de Levedu-


ras Selecionadas, Enzimas, Lúpulo e seus derivados para os
principais setores da indústria.

Todos nossos esforços são em prol de resultados. Por isso,


nos apresentamos como um aliado para quem busca altos
padrões de qualidade.

GRAPHIADESIGN

w w w. l n f. co m . b r
 5 4  2 5 2 1  3 1 2 4  ce r ve j a @ l n f. co m . b r
R U A F I O R AVA N T E P O Z Z A , 1 9 8 • B. M A R I A G O R E T T I
B E N TO G O N Ç A LV E S • R S • B R A S I L • C E P 9 5 7 0 7 - 0 5 6