Você está na página 1de 1

Disciplina: PRODUÇÃO DE ENERGIA

Aula - Atividade: LISTA DE EXERCÍCIOS – AULA 11


Tema: GERADORES SÍNCRONOS
Prof: EMANNUEL JULIÃO FERNANDES Data: 27/03/2019

1) Um gerador trifásico entrega 10kVA, 60Hz em tensão de linha de 230V para uma carga de fator
de potência 0,8 INDUTIVA. Se a reatância síncrona é 1,2Ω e a resistência da armadura (estator) é
de 0,5Ω, calcule o valor da regulação de tensão por fase [Reg% = (E0 - ET) / ET], sabendo que a
excitação foi mantida constante. Resposta: 0,218 ou 21,8%
2) Para o mesmo gerador da questão anterior, agora com carga de fator de potência 0,8
CAPACITIVA, calcule o valor da regulação de tensão por fase. Resposta: - 0,031 ou -3,1%
3) Um gerador trifásico, de potência nominal de 1000kVA, 3300V de linha, operando a 60Hz,
possui 4 pólos e tem reatância síncrona de 1Ω (despreze a resistência da armadura e suas perdas).
Com o gerador operando a plena carga a um fator de potência de 0,8 INDUTIVO conectado ao
barramento infinito, calcule a potência mecânica desenvolvida e o torque resistente, ambos por fase.
Obs: [P = (E0.ET.senδ) / XS ] e [τ = P / ω] onde ω = Ns.2π/60. Resposta: P=266,7kW e τ=1415Nm
4) Qual a máxima velocidade de giro de um gerador síncrono conectado a BI’s de 50Hz e 60Hz?
5) Um gerador síncrono trifásico, potência nominal de 25kVA, e tensão de linha de 400V, tem
impedância síncrona de 0,5 + j1,6 Ω por fase. Determine a regulação de tensão a plena carga para
fatos de potência UNITÁRIO, sabendo que a excitação foi mantida constante. Resposta: 10,6%
6) Considerando o problema da questão anterior, determine o angulo de carga δ para aquela
condição e explique o significado desse ângulo de carga. Qual o seu valor teórico máximo?
7) Um gerador síncrono trifásico, de potência nominal de 500kVA, com 6 pólos e tensão de linha
de 500V, tem impedância síncrona de 0,1+j1,5 Ω por fase. Se o gerador está girando a 1000rpm,
qual a frequência da tensão gerada? Calcule a tensão de excitação E 0 e o ângulo de carga δ para
operação a plena carga e fator de potência fp = 0,8 IND. Resposta: 50Hz, 1075V e 37,6°
8) Um gerador síncrono trifásico, de potência nominal de 30kVA a 230V, tem reatância síncrona de
0,8Ω por fase. Despreze a resistência da armadura. Calcule o ângulo de carga e a regulação de
tensão para 50% da plena carga (meia carga) e FP UNITÁRIO. Resposta: 12,8° e 2,5%
9) Um gerador trifásico conectado ao B.I. entrega 5kVA, 60Hz em tensão de linha de 208V para
uma carga de fator de potência 0,8 IND. Se a reatância síncrona é 8Ω e a resistência da armadura
(estator) é desprezível, calcule: (a) a tensão de excitação e o ângulo de carga. Desenhe o diagrama
fasorial. (b) se numa segunda situação a excitação é aumentada em 20% (sem alterar a potência
mecânica de entrada), encontre a nova tensão de excitação E 0’, o novo ângulo de carga δ’, a nova
corrente, o novo fator de potência e o valor de potência reativa por fase e trifásica. Respostas:
(a) 206,76 V e δ = 25,46° ; (b) 248,11V ; 21° ; 17,84∟-51,4° ; fp = 0,62 IND ; 1,67 e 5,02 kVAR
10) Os seguintes dados de teste foram obtidos de um gerador trifásico, potência nominal de
195MVA, com tensão de 15kV de linha, 60Hz ligado em estrela. Despreze a resistência da
armadura e calcule a Reatância Síncrona (conhecido como reatância síncrona saturada). Resp:5,77Ω
ENSAIO EM CURTO CIRCUITO: Excitação em If = 750A levou a 1500A na armadura.
ENSAIO EM VAZIO
If (A) 150 300 450 600 750 900 1200
VLL (kV) 3,75 7,5 11,2 13,6 15 15,8 16,5

Você também pode gostar