Você está na página 1de 6

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE CODIGO: FISPQ.

10006-02
PRODUTO QUÍMICO Data Revisão: 25/10/2019

Thilex Página 1 de 6

PRODUTO SANEANTE REGISTRADO NA ANVISA Nº - 315160030

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA

NOME DO PRODUTO: Thilex


CÓDIGO INTERNO: 10006
APLICAÇÃO: Limpador para superfícies de alumínio e para remoção de óxidos metálicos
FORNECEDOR: Quimilaus Indústria e Comércio de Produtos Químicos Ltda.
Rua Alto Paraná, 1134 - Emiliano Perneta - Pinhais-PR
CEP 83.324-380 - Telefone/fax: (41) 3888-1950
E-mail: quimilaus@quimilaus.com.br - Site: www.quimilaus.com.br
TEL. DE EMERGÊNCIA: 0800 411915

2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

Mistura Corrosiva Toxicidade Aguda para Toxicidade Aguda


Categoria para metais ingestão e inalação dérmica
Categoria 1 Categoria 3 Categoria 4

Pictograma

Palavra de
Atenção Perigo Atenção
Advertência
Frase de precaução H290 Corrosivo para Nocivo em contato com a
Tóxico se ingerido ou inalado
GERAL metais pele
Lave cuidadosamente após o
manuseio. Não coma, beba ou
fume durante a utilização deste Use luvas de
Frase de precaução Conserve somente no produto. Evite inalar as proteção/roupa de
PREVENÇÃO recipiente original poeiras/fumos/gases/névoas/vapo proteção/proteção
res/aerossóis. ocular/proteção facial.
Utilize apenas ao ar livre ou em
locais bem ventilados.
EM CASO DE INGESTÃO:
EM CASO DE CONTATO
Contate imediatamente um
COM A PELE: Lave com
CENTRO DE INFORMAÇÃO
água em abundância.
TOXICOLÓGICA
Retire a roupa
ou um médico.
Frase de precaução Absorva o produto contaminada. Lave-a
Enxágue a boca.
RESPOSTA À derramado a fi m de antes de usá-la
ou
EMERGÊNCIA evitar danos materiais. novamente.
EM CASO DE INALAÇÃO:
Caso sinta indisposição,
Remova a pessoa para local
contate um CENTRO DE
ventilado e a mantenha em
INFORMAÇÃO
repouso numa posição
TOXICOLÓGICA/médico.
que não difi culte a respiração.
Armazene em local fechado à
Armazene num
Frase de precaução chave. Armazene em local bem
recipiente resistente à Não Exigidas
ARMAZENAMENTO ventilado. Mantenha o recipiente
corrosão
hermeticamente fechado.
Descarte o
Descarte o conteúdo/recipiente
Frase de precaução conteúdo/recipiente de
Não exigida de acordo com a legislação
DISPOSIÇÃO acordo com a legislação
vigente.
vigente.
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE CODIGO: FISPQ.10006-02
PRODUTO QUÍMICO Data Revisão: 25/10/2019

Thilex Página 2 de 6

PRODUTO SANEANTE REGISTRADO NA ANVISA Nº - 315160030

3. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES

NATUREZA QUÍMICA: Ácidos Inorgânicos


Nome químico Nº CAS %
Agua 7732-71-6 83,50-74,72%
Ácido Fluorídrico 7664-39-3 10,0-14,0%
Acido dodecil ciclo hexa carbono sulfônico 85536-14-7 5,0-9,0 %
Hidroxido de sódio 1310-73-2 1,5-2,28%

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS

INALAÇÃO: Caso haja inalação dos vapores ou material particulado do produto deve-se afastar a fonte de
contaminação ou transportar a vítima para local arejado. Se houver dificuldades respiratórias, administrar
oxigênio. Manobras de ressuscitação cardiopulmonar podem ser aplicadas por pessoal habilitado se a
vítima não apresentar sinais vitais. NÃO UTILIZAR O MÉTODO DE RESPIRAÇÃO BOCA A BOCA.
Introduzir a respiração artificial com uma máscara de bolso equipada com válvula de via única ou outro
equipamento de respiração adequado. Manter o paciente aquecido e não permitir que a vítima se
movimente desnecessariamente. Transportar a vítima para um hospital IMEDIATAMENTE.
CONTATO COM A PELE: Evitar o contato direto com a substância ao socorrer a vítima utilizando EPIs, se
necessário. Lavar a pele com água (ou água e sabão não abrasivo), suavemente, por pelo menos 20
minutos ou até que a substância tenha sido removida. NÃO INTERROMPER O ENXÁGÜE. Sob água
corrente (chuveiro de emergência) remover roupas, sapatos e outros acessórios pessoais contaminados
(cintos, jóias etc). Aplicar gel de gluconato de cálcio nas áreas afetadas, dando atenção especial aos vincos
da pele. Se a irritação persistir repetir o enxágüe e requisitar assistência médica RAPIDAMENTE.
CONTATO COM OS OLHOS: AGIR RAPIDAMENTE. Não permitir que a vítima esfregue os olhos. Remover
o excesso da substância dos olhos rapidamente e com cuidado. Retirar lentes de contato quando for o caso.
Lavar o(s) olho(s) contaminado(s) com bastante água deixando-a fluir por, pelo menos, 20 minutos, ou até
que a substância tenha sido removida mantendo as pálpebras afastadas durante a irrigação. Cuidado para
não introduzir água contaminada no olho não afetado ou na face. Se a irritação persistir repetir o enxágüe,
se ocorrer dor, inchaço, lacrimação, fotofobia, inchaço ou queimaduras, a vítima deve ser encaminhada ao
oftalmologista RAPIDAMENTE. (Fonte: HSDB).
INGESTÃO: Lavar a boca da vítima com água. NÃO INDUZIR VÔMITO. Oferecer a vítima consciente 2-4
copos de água para diluir o material no estômago. Se a vítima apresentar desordens respiratórias,
cardiovasculares ou nervosas fornecer oxigênio, em caso de parada respiratória, realizar manobras de
ressuscitação. NÃO UTILIZAR O MÉTODO DE RESPIRAÇÃO BOCA A BOCA. Se o vômito ocorrer
naturalmente inclinar a vítima para evitar o risco de aspiração traqueo-bronquial do material ingerido. Lavar
novamente a boca da vítima. Repetir a administração de água. Nada deve ser administrado por via oral se a
pessoa estiver perdendo a consciência, inconsciente ou em convulsão. Manter o paciente aquecido e em
repouso. Transportar a vítima para um hospital IMEDIATAMENTE (Fonte: HSDB).
Proteção do prestador de socorro e/ou notas para o médico: Devem-se tomar as precauções necessárias
para garantir sua segurança pessoal antes de socorrer a vítima. Evitar o contato direto com a substância
utilizando EPIs

5. MEDIDAS DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO


MEIO DE EXTINÇÃO: Líquido não inflamável.O uso de neblina d’água poderá também reduzir os vapores
ou afastar nuvens de fumaça, e pode ajudar a proteger a substância derramada afastando-a de fontes de
ignição. Se for possível e seguro, remova os contêineres expostos às chamas. Combater o fogo com o
vento a suas costas.
PERIGOS ESPECÍFICOS DO PRODUTO: Em contato com metais, ocorre a liberação de gases inflamáveis
(hidrogênio). Não permitir a entrada do produto ou das águas de diluição do controle do fogo em bueiros,
redes de esgotos ou áreas confinadas. Confinar a água utilizada para combate ao incêndio para posterior
descarte. SOMENTE UTILIZAR JATOS DE ÁGUA PARA RESFRIAR OS RECIPIENTES ENVOLVIDOS NO
FOGO.
MEDIDAS DE PROTEÇÃO À EQUPE DE COMBATE À INCÊNDIO: Utilizar óculos de proteção resistentes
aos respingos das soluções ou aos vapores, a menos que se tenham disponíveis respiradores com peça
facial inteira. Deve-se utilizar proteção ocular mesmo que se esteja usando lentes de contato. Evitar que a
substância tenha contato com a pele, utilizando luvas, toucas, botas resistentes a produtos químicos.
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE CODIGO: FISPQ.10006-02
PRODUTO QUÍMICO Data Revisão: 25/10/2019

Thilex Página 3 de 6

PRODUTO SANEANTE REGISTRADO NA ANVISA Nº - 315160030

6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO / VAZAMENTO

PRECAUÇÕES PESSOAIS: Usar EPIs tais como luvas, óculos com proteção lateral contra respingos e
roupas de proteção.

PRECAUÇÕES PARA O MEIO AMBIENTE: Evite sempre a possibilidade do vazamento atingir áreas
vizinhas, mananciais, redes pluviais, esgotos, rios, etc.

DESCARTE: O descarte deve ser realizado conforme às regulamentações locais, estaduais e federais.

MÉTODO E MATERIAIS PARA CONTENÇÃO E LIMPEZA: Absorver com um agente higroscópico.


Proceder à eliminação de resíduos. Limpeza posterior.

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO

PRECAUÇÕES PARA O MANUSEIO SEGURO: Manusear de acordo com as normas de segurança


estabelecidas. Utilizar os equipamentos de proteção individual indicados no item 8.

PREVENÇÃO DA EXPOSIÇÃO: Certificar se há ventilação adequada.

PRECAUÇÕES PARA O MANUSEO SEGURO DO PRODUTO QUÍMICO: Armazenar em local coberto,


longe de fontes de calor, e à sombra. Manter a embalagem fechada.

MEDIDAS TÉCNICAS APROPRIADAS DE ARMAZENAMENTO: Manter os recipientes fechados quando


não estiverem sendo usados.

8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL:

Proteção respiratória: Usar equipamentos para respiração, como filtros para gases ácidos.

Proteção para os olhos: Usar óculos de proteção facial.

Proteção para a pele e corpo: Usar roupa de proteção em PVC ou outro material impermeável.

Proteção para as mãos: Usar luvas impermeáveis resistentes de PVC homologados para acidos.

Medidas de higiene: Quando estiver usando o produto não comer, beber ou fumar. Evitar contato
prolongado e repetitivo com a pele. Não limpar as mãos em panos contaminados.

Precauções especiais: A área de trabalho deve dispor de duchas de segurança e fontes lavadoras de
olhos.

Limites de exposição ocupacional: Informações de limites de tolerância da substância conforme a ACGIH.


Nome Químico N º CAS TLV - TWA TLV – STEL
FONTE
ppm mg/m 3
ppm mg/m3 OSHA PELs
Ácido fluorídrico 7664-39-3 3 ppm
3 (8 horas) 2,5 (8 horas) 6 (15 min) 5,0 (15 min)
Dados de acordo com a Portaria 3.214/ 78 NR 15 anexo 11 - Quadro I:
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE CODIGO: FISPQ.10006-02
PRODUTO QUÍMICO Data Revisão: 25/10/2019

Thilex Página 4 de 6

PRODUTO SANEANTE REGISTRADO NA ANVISA Nº - 315160030

Valor teto Absorvição Até 48 horas/ Grau de Insalubridade


Agente Químico
(ppm) tb. pela pele semana se caracterizada
ppm mg/m3
Ácido fluorídrico + NE MÁXIMA
2,5 1,5
Indicadores biológicos: Dados de acordo com a Portaria 3.214/78 NR 7 – Quadro I:

Indicador Biológico
Agente Método
Material V.R. IBPM Amostragem Interpretação Vig
Químico Análise Analítico
Biológico
3mg/g de creat.
Até 0,5 No início da
Flúor e
Urina Fluoreto mg/g jornada e 10mg/g IS PP+ EE NE
Fluoretos
creat. creat. No fim da
jornada

9. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS

PARÂMETROS ESPECIFICAÇÃO
ASPECTO Líquido Viscoso
ODOR Pungente ácido
COR Inolor à Levemente Amarelado
pH conc. (25ºC) 1,50 ± 0,50 U pH
DENSIDADE (25ºC) 1,04 ± 0,05 g/cm3
SOLUBILIDADE Total em água
PONTO DE FUSÃO Não disponível
PONTOD E EBULIÇÃO Não disponível
PONTO DE FULGOR Não disponível
TAXA DE EVAPORAÇÃO Não disponível
INFLAMABILIDADE Não disponível
LIMITES SUPERIOR/INFERIOR DE EXPLOSIVIDADE Não disponível
PRESSÃO DE VAPOR Não disponível
DENSIDADE DE VAPOR Não disponível
DENSIDADE RELATIVA Não disponível
SOLUBILIDADE Não disponível
COEFICIENTE PARTIÇÃO n-OCTANOL/ÁGUA Não disponível
TEMPERATURA DE AUTO IGNIÇÃO Não disponível
TEMPERATURA DE DECOMPOSIÇÃO Não disponível
VISCOSIDADE Não disponível
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE CODIGO: FISPQ.10006-02
PRODUTO QUÍMICO Data Revisão: 25/10/2019

Thilex Página 5 de 6

PRODUTO SANEANTE REGISTRADO NA ANVISA Nº - 315160030

10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE

ESTABILIDADE: Estável.
REAÇÕES PERIGOSAS: Não ocorre polimerização.
MATERIAIS A EVITAR: Produtos alcalinos e oxidantes.
PRODUTOS PERIGOSOS DE DECOMPOSIÇÃO: Compostos de fluoreto e hidrogênio.

11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

INALAÇÃO: Uma absorção sistemática do produto pelas vias respiratórias poderá resultar em hipocalcemia
e hipomagnesemia (baixa no nível de cálcio e magnésio respectivamente no sangue) com subseqüente
arritmia cardíaca. A inalação sistemática ou de altas doses, pode gerar alterações sistêmicas sobre o rim e
fígado, devido à deficiência destes elementos (cálcio e magnésio) no sangue ou devido à elevação do nível
de potássio (hipercalemia). Concentrações acima de 250 ppm por cinco minutos de exposição podem ser
fatais.
CONTATO COM A PELE: Provoca severa irritação e queimadura, que inicialmente pode não ser dolorosa
ou visível. Os sintomas do contato com a pele em soluções abaixo de 20 % de concentração podem
aparecer depois de 12 horas do contato. Soluções de 20 % a 50 % produzem sintomas de 1 a 8 horas.
Soluções superiores a 50 % causam dores intensas imediatamente. O ácido flurídrico penetra na pele
atacando os tecidos e ossos, o tecido subctâneo fica esbranquiçado chegando à gangrenar. Os efeitos de
hipocalcemia e hipomagnesemia também são ocasionados com o conta direto na pele.
CONTATO COM OS OLHOS: Provoca severa irritação e queimadura que podem causar cegueira
permanente.
INGESTÃO: É a via de penetração mais improvável para vapores ou gases. Somente a ingestão acidental
ou por sabotagem pode ocorrer provocando queimaduras em todo o trato digestivo e grave inchaço da
traquéia, e até mesmo a morte dependendo da quantidade ingerida.
EFEITOS LOCAIS: O ácido fluorídrico é extremamente tóxico e corrosivo à pele, olhos, membranas e
mucosas, causando queimaduras graves.
TOXICIDADE AGUDA: O produto, em contato com o sistema respiratório, provoca rápida sensação de
asfixia, seguido de tossidas contínuas com pontos de ulceração nas partes do sistema respiratório superior.
Depois de um período de várias horas até 1 a 2 dias sem sintomas, provoca febre, asfixia, dificuldade
respiratória, cianose (devido à baixa oxigenação da pele e membranas mucosas pelo sangue) e edema
pulmonar (fluidos aquosos no pulmão). Soluções superiores a 50 % causam queimaduras com dores
intensas imediatas. Apresenta forte odor irritante detectável a uma concentração de 0,0333 mg/m 3,
tornando-se irritante a 4,17 mg/m3. HOMEM: LCLO ( 30 min ) = 50 ppm
TOXICIDADE CRÔNICA: Exames periódicos devem ser realizados para dectar a concentração de fluoreto
na urina para determinação da quantidade total de fluoreto presente no organismo com objetivo de impedir a
ocorrência ou desenvolvimento de osteosclerose.
EFEITOS ESPECÍFICOS: Experiências com animais de laboratório mostram que o ácido produz efeitos
teratogênicos e reprodutivos. Em estudos com animais, foram encontrados os seguintes resultados: Rato,
inalação: 4980 μg / m 3 / 4 horas administrado para um fêmea de 1 a 22 dias de gravides causou a morte do
feto. Rato, inalação: 252 μg / m3 / 6 horas / 17 semanas de modo intermitente produziu mudanças na
contagem dos eritrócito e mudanças bioquímicas na oxidação das monoaminas e hidrogenases. Produto
não é carcinogênico. Efeitos mutagênicos em humanos ou animais são desconhecidos.

12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS

MOBILIDADE:
Ar: o produto irá se evaporar na atmosfera.
Solo: Considerando-se suas características físico-químicas o produto tem mobilidade no solo.
PERSISTÊNCIA DEGRADABILIDADE: O produto biodegradável > que 98%.
ECOTOXICIDADE: Não determinado.
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE CODIGO: FISPQ.10006-02
PRODUTO QUÍMICO Data Revisão: 25/10/2019

Thilex Página 6 de 6

PRODUTO SANEANTE REGISTRADO NA ANVISA Nº - 315160030

13. CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO

TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO DE RESTOS DE PRODUTOS: Não elimine na rede pública de esgotos ou


no meio ambiente. O produto contém tensoativio aniônico biodegradável > que 98%. Devido ao produto ser
usado para limpeza e remoção de óxidos metálicos e não metálicos o efluente gerado deve ser tratado tanto
para a redução dos metais dissolvidos na solução como também do teor de fluoretos contido no produto.
Dessa forma a solução a ser descartada no banho químico deverá ser tratada.

EMBALAGENS CONTAMINADAS: Pode ser reaproveitadas por empresas autorizadas junto aos órgãos
regulamentais.

14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE

Transporte rodoviário no Brasil


NOME APROPRIADO PARA EMBARQUE: Líquido Corrosivo, Tóxico, N.E.
NÚMERO ONU: 2922
CLASSE DE RISCO/DIVISÃO: 8
NÚMERO DE RISCO:
GRUPO DE EMBALAGEM:

15. REGULAMENTAÇÕES

ROTULAGEM: Rótulo de identificação conforme legislações da ANVISA/MS, que regulamenta a


comercialização de produtos domissanitarios: ANTES DE USAR LEIA AS INSTRUÇÕES DO RÓTULO.
Mantenha fora do alcançe das crianças e animais domésticos. Em situações acidentais como as citadas
consulte o Centro de Intoxicações ou Serviço de Saúde mais próxima. Mantenha o produto em sua
embalagem original, conservando-a em local fresco, seco longe de alimentos; Não reutilize as embalagens
vazias.

16. OUTRAS INFORMAÇÕES

As informações e recomendações apresentadas neste documento refletem o nosso melhor conhecimento


para o manuseio apropriado deste produto em condições normais e somente se destinam a fornecer
orientações gerais de precauções e segurança no uso do produto. Qualquer outro uso do produto que
envolva o uso combinado com outro produto ou outros processos é responsabilidade do usuário.