Você está na página 1de 3

A História do Tarot A História do Tarot

O Tarot foi criado há milhares de anos atrás para preservar mistérios e O Tarot foi criado há milhares de anos atrás para preservar mistérios e
segredos sagrados que estavam ameaçados de destruição por parte de segredos sagrados que estavam ameaçados de destruição por parte de
vândalos bárbaros. vândalos bárbaros.

A sua arte foi ensinada aos escolhidos e o Tarot é usado para adivinhação e A sua arte foi ensinada aos escolhidos e o Tarot é usado para adivinhação e
previsão do futuro, embora muitos leigos o tenham utilizado como apenas previsão do futuro, embora muitos leigos o tenham utilizado como apenas
um divertimento e um simples jogo de cartas. um divertimento e um simples jogo de cartas.

Nos dias de hoje, o Tarot é usado para os mais diversos fins. Para além de ser Nos dias de hoje, o Tarot é usado para os mais diversos fins. Para além de ser
utilizado como forma de adivinhação, previsão e aconselhamento, nestes utilizado como forma de adivinhação, previsão e aconselhamento, nestes
últimos anos, o Tarot tem sido utilizado também como tratamento últimos anos, o Tarot tem sido utilizado também como tratamento
psicológico e terapêutico, acompanhamento afetivo e emocional. psicológico e terapêutico, acompanhamento afetivo e emocional.

Parece mentira como é que um simples baralho de 78 cartas, tenha assim Parece mentira como é que um simples baralho de 78 cartas, tenha assim
tantos efeitos benéficos, não é? Mas na realidade, o Tarot é um meio tantos efeitos benéficos, não é? Mas na realidade, o Tarot é um meio
diferente e original de nos introduzirmos no inconsciente de cada um e trazer diferente e original de nos introduzirmos no inconsciente de cada um e trazer
para a superfície tudo o que não era perceptível na nossa realidade. para a superfície tudo o que não era perceptível na nossa realidade.

É como ir ao fundo duma questão utilizando o conhecimento, o É como ir ao fundo duma questão utilizando o conhecimento, o
discernimento e a intuição através de monólogos que as cartas falam sobre discernimento e a intuição através de monólogos que as cartas falam sobre
cada pessoa… É só preciso ter sensibilidade e preparação para ouvi-las! cada pessoa… É só preciso ter sensibilidade e preparação para ouvi-las!
passaram a ser representados por reis, rainhas e
duques que, como passar dos tempos, ficaram
conhecidos como rei, dama, valete etc.

Mas o sentido mágico, místico, religioso das


lâminas não se perdeu, passando a ser usados
inclusive pelos ciganos, a fim de consultar o
futuro, ver os acontecimentos e, daí o "ver a
sorte", “la buena dicha" e, como o mundo está
cheio de ingênuos, desesperados, apaixonados e
tudo o mais, o campo da cartomancia começou a
HISTÓRIA DO TAROT ser invadido por espertalhões, que de nada
entendiam, e exploravam a fé dos incautos,
provocando reações, às vezes violentas, das
Acredita-se que os baralhos nasceram de lâminas
autoridades civis, militares e religiosas. E o
soltas de um livro sagrado, egípcio. Os
baralho passou a ser apenas peças de jogos.
hierofantes (sacerdotes) a fim de preservar seus
conhecimentos através dos tempos, sem que os
Os tempos passam, livros são consultados,
mesmos caíssem em mãos profanas, anotaram .
mistérios de ontem se tornam do conhecimento
Anotaram seus mistérios nessas lâminas,
popular. Assim também a significação das
ocultando sua significação sob uma simbologia
famosas lâminas egípcias pode, hoje em dia, ser
hierática, espécie de código religioso,, só
levada a público sem quaisquer proibições. Mas,
conhecido deles.
como dizia Jesus Cristo, muitos serão os cha-
mados, poucos os escolhidos, também na
As lâminas foram copiadas e correram mundo. Os
cartomancia acontece isso.
iniciados usavam-nas em manipulações que, aos
leigos, pareciam ser jogos. Os soldados imitaram
De todas as cabalas e ciências antigas, aquela
os iniciados, passando a usar lâminas iguais em
que obteve maior popularidade e crédito através
jogos diversos, e o jogo do baralho se
dos tempos mais remotos foi, sem dúvida, a arte
universalizou, percorrendo os povos conhecidos
de conhecer o destino, passado, presente e
de então. Como a maioria dos países eram
futuro, pelo jogo de cartas.
governados por reis e sua côrte o símbolos
representantes sacerdote, da sacerdotiza, etc.
Os egípcios e os romanos já a usavam, se bem
que com figuras e marcas diferentes. Assim
também os chineses, japoneses, hindus e outros Geralmente as cartas são fabricadas de cartão,
povos. Naturalmente todos eles usavam cartolina, etc. principalmente depois da invenção
simbologia diferente dos baralhos modernos. da imprensa. Na China eram lâminas de marfim, e
no antigo Egito eram lâminas de ouro.
Na França, na Inglaterra e na Alemanha, durante
os quase lendários domínios feudais, a
cartomancia era o modo mais rápido e seguro de
se conhecer o destino, e muitos senhores de
feudos, barões, duques, príncipes e outros,
usavam-na até mesmo para antever o resultado
de uma batalha.

Na Espanha, a super-católica Espanha, desafiando


o terrível poder do Santo Ofício, a famosa Santa
Inquisição que vivia fazendo churrasco de gente,
a arte de lançar as cartas vicejou enormemente,
com incrível difusão que chegava ao fanatismo.

O sistema de deitar cartas não é exatamente


igual, variando de país a país e, até mesmo, de
cartomante a cartomante. Mas isso é próprio, pois
também a música, apesar de ter somente 7 notas:
do, ré, mi, fá, sol, lá, si os ritmos variam de país a
país, tornando-se samba, valsa, tango, bolero.
Com 7 notas se vai ao infinito. Assim também as
cartas.

Já em 1.299 dC, no livro "Tratado do Governo e


da Família", escrito por Sandro di Pipozza, se lê
referências à cartomancia, exposta como um
meio de se conseguir descobrir o destino das
pessoas.

Interesses relacionados