Você está na página 1de 10

Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado.

Este material pode ser protegido por direitos


autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Taxa de transferência de calor em


regime permanente
T −T
Q& = ∞1 ∞ 2 (W )
R total
 Resistência total (cilindro)

R total = R conv, 1 + R cilindro + R conv, 2


A = 2⋅ π ⋅ r ⋅ L
 r2 
1 ln  r  1
R total = +  1 +
(2 ⋅ π ⋅ r1 ⋅ L) ⋅ h1 2 ⋅ π ⋅ L ⋅ k (2 ⋅ π ⋅ r2 ⋅ L ) ⋅ h 2
417
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Taxa de transferência de calor em


regime permanente
T −T
Q& = ∞1 ∞ 2 (W )
R total
 Resistência total (esfera)

R total = R conv, 1 + R esfera + R conv, 2


A = 4⋅ π⋅r2

1 r2 − r1 1
R total = + +
( )
4 ⋅ π ⋅ r12 ⋅ h1 4 ⋅ π ⋅ r1 ⋅ r2 ⋅ k 4 ⋅ π ⋅ r22 ⋅ h 2 ( )
418
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Cilindros e esferas com multicamadas

 Transferência de calor em regime permanente em carcaças cilíndricas


ou esféricas com multicamadas pode ser avaliada da mesma maneira
que paredes planas com multicamadas.

 Simplesmente pela soma da resistência adicional em série de cada camada


adicional.

419
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Cilindros e esferas com multicamadas

 Taxa de transferência de calor em regime permanente através de um


cilindro composto de comprimento L com três camadas e com
convecção dos dois lados:

& = T∞1 − T∞ 2
Q (W )
R total

420
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Cilindros e esferas com multicamadas

 Resistência total

R total = R conv,1 + R cilindro,1 + R cilindro,2 + R cilindro,3 + R conv, 2

ln  r2  ln  r3 
  ln  r4 
 r 
1  r1   r2 
+  3 +
1
R total = + +
h 1 ⋅ A1 2 ⋅ π ⋅ L ⋅ k 1 2 ⋅ π ⋅ L ⋅ k 2 2 ⋅ π ⋅ L ⋅ k 3 h 2 ⋅ A 4
421
A1 = 2 ⋅ π ⋅ r1 ⋅ L A 4 = 2 ⋅ π ⋅ r4 ⋅ L
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Cilindros e esferas com multicamadas

 A equação anterior pode ser utiliza para sistemas esféricos, fazendo a


substituição das resistências térmicas cilíndricas pelas resistências
térmicas da esfera.

 Após Q ser calculado, pode determinar


qualquer temperatura intermediaria

& = Ti − Tj
Q
R total, i- j

422
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Cilindros e esferas com multicamadas

 Calculando a temperatura T2
(1ª opção)

& = T∞1 − T2
Q
R conv,1 + R cilindro,1
T∞1 − T2
Q& =
ln r2 
r
+  1
1
h1 ⋅ (2 ⋅ π ⋅ r1 ⋅ L ) 2 ⋅ π ⋅ L ⋅ k1
423
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Cilindros e esferas com multicamadas

 Calculando a temperatura T2
(2ª opção)

& = T2 − T∞ 2
Q
R cilindro,2 + R cilindro,3 + R conv,2
& = T2 − T∞ 2
Q
ln  r3  ln r4 
 r2  +  3 +
r 1
2⋅ π ⋅L ⋅k2 2 ⋅ π ⋅ L ⋅ k 3 h o ⋅ (2 ⋅ π ⋅ r4 ⋅ L )
424
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Exemplo 29

 Vapor a T∞1 = 320°C escoa em um tubo de ferro fundido


(k = 80 W/(m.K)) cujo diâmetro interior e exterior são D1 = 5 cm e
D2 = 5,5 cm, respectivamente. O tubo está coberto com isolante de lã
de vidro (k = 0,05 W/(m.K)) com 3 cm de espessura. Calor é perdido
para o ambiente a T∞2 = 5°C por convecção natural e radiação, com
um coeficiente de transferência de calor combinado de
h2 = 18 W/(m2.K). Tomando o coeficiente de transferência de calor
dentro do tubo como h1 = 60 W/(m2.K), determine a taxa de perda
de calor do vapor por unidade de comprimento do tubo. Determine
também a queda de temperatura através da carcaça do tubo e do
isolante.

425
Impresso por Ruth Lopes NOgueira, CPF 000.432.122-71 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos
autorais e não pode ser reproduzido ou repassado para terceiros. 28/02/2021 18:23:29

Condução de calor em regime permanente


 Condução de calor em cilindros e esferas

 Exemplo 29 – Hipóteses

 Transferência de calor em regime permanente

 Transferência de calor unidimensional (simetria térmica em relação à


linha central)

 Condutividade térmica constante

 Resistência de contato na interface desprezível

426

Você também pode gostar