Você está na página 1de 3

Origens da Chuva Ácida (http://www.suapesquisa.

com/chuvaacida/ )

A Revolução Industrial do século XVIII trouxe vários avanços tecnológicos e mais


rapidez na forma de produzir, por outro lado originou uma significativa alteração no
meio ambiente. As fábricas com suas máquinas a vapor, queimavam toneladas de
carvão mineral para gerar energia. Neste contexto, começa a surgir a chuva ácida.
Porem, o termo apareceu somente em 1872, na Inglaterra. O climatologista e química
Robert A. Smith foi o primeiro a pesquisar a chuva ácida na cidade industrial inglesa
de Manchester.

Chuva acida

A chuva ácida tem um pH entre 5 e 2,2. A formação das mesmas trata-se de um fenômeno (e
um problema) moderno, originado a partir do grande desenvolvimento de centros urbanos
altamente industrializados. Com a liberação de poluentes à atmosfera pelas diversas fontes
de poluentes gasosos (indústrias, veículos e usinas energéticas), há a combinação destes
poluentes com o vapor de água existente na atmosfera. Esta combinação entre água e
poluentes (como o dióxido de enxofre e o óxido de nitrogênio) vai sendo acumulada em
nuvens, ocorrendo assim sua condensação, basicamente da mesma forma como são
originadas as chuvas comuns. Em contacto com o vapor de água da atmosfera, esses
poluentes podem ainda produzir outras substâncias por meio de reações químicas. O dióxido
de enxofre (SO2), que reage com o oxigênio do ar, dando SO3, que em seguida com o vapor
d’água da atmosfera, forma o ácido sulfúrico (H2SO4):
O dióxido de nitrogénio, por sua vez, pode produzir o ácido nítrico HNO3. As duas
substâncias resultantes são tóxicas e prejudiciais quando precipitadas.
Através da eletricidade gerada do choque entre nuvens, os elementos poluentes entram em
reação química, formando compostos ácidos, que mais tarde serão precipitados. Esses
poluentes atmosféricos podem precipitar-se sob a forma de chuva, mas também como
geada ou mesmo neblina.

DANI ->no texto acima eu juntei informações de dois sites:


http://www.mundodoquimico.hpg.ig.com.br/chuva_acida.htm
http://universodevida2.blogspot.com/2008/05/chuvas-cidas.html
e formei um só.
Onde ocorre (http://amanatureza.com/conteudo/artigos/chuva-acida )
A chuva ácida ocasionada pela poluição industrial é um sério problema na China, e em países
da Europa principalmente na área Ocidental, na Rússia e em áreas sob a influência de
correntes de ar provenientes desses países.

Essas áreas queimam carvão com enxofre em sua composição para gerar calor e
eletricidade. Em várias cidades do oeste da Europa e do leste dos EUA, a chuva chegou a ter
pH entre 2 e 3, ou seja, entre o do vinagre e o do suco de limão, altamente ácidos e
prejudiciais ainda mais em grandes quantidades.

De acordo com notas do Fundo Mundial para a Natureza (WWF), cerca de 35% dos
ecossistemas europeus já estão seriamente alterados e 50% das florestas da Alemanha e da
Holanda estão destruídas pela acidez da chuva. Na costa do Atlântico Norte, a água do mar
está entre 10% e 30% com índices mais ácidos que nos últimos vinte anos. Nas mais
importantes áreas industriais do Hemisfério Norte, o vento predominante vem do oeste. Isso
significa que as áreas situadas no sentido do vento, que vêm dessas regiões industriais,
recebem uma grande dose de poluição.

Aproximadamente 3 milhões de toneladas de poluentes ácidos são levados a cada ano dos
Estados Unidos para o Canadá devido as correntes de ar. De todo o dióxido de enxofre
precipitado no leste canadense, pelo menos metade dele provém das regiões industriais
situadas no nordeste dos EUA. E na Europa, a poluição ácida é soprada sobre a Escandinávia,
vindo dos países vizinhos, especialmente da Grã-Bretanha e do Leste-Europeu. Na América
do Sul, também ocorre essa influência do vento na dispersão de gases, citando a usina
termoelétrica de Candiota, em Bagé, no Rio Grande do Sul que provoca a formação de
chuvas ácidas no Uruguai. Estes casos comprovam a dispersão do gás poluente citado
através do vento, que ocorre chuvas ácidas não apenas no local da emissão do gás, mas
também em outras áreas, muitas vezes com grande distância.

Nos EUA, onde as usinas termoelétricas são responsáveis por praticamente 65% do dióxido
de enxofre lançado na atmosfera, o solo dos Montes Apalaches também está alterado: tem
uma acidez dez vezes maior que a das áreas vizinhas, de menor altitude, e cem vezes maior
que a das regiões onde não há esse tipo de poluição. Isso ocorre, porque áreas montanhosas
tendem a receber precipitações de chuvas anexas a correntes de ar que transportaram
quantidades de gases como o dióxido de enxofre fazendo com que ocasione a chuva ácida.

Na América do Sul, chuvas com pH médio 4,7 têm sido registradas tanto em regiões urbanas
e industrializadas como em regiões remotas. Em Cubatão, São Paulo, as chuvas ácidas
contribuem para a destruição da Mata Atlântica e desabamentos de encostas, provocando
sérios acidentes quando afetam as estradas dessas regiões.

Os seguintes monumentos históricos de grande valor cultural também estão sendo corroídos:
a Acrópole, em Atenas; o Coliseu, em Roma; o Taj Mahal, na Índia; as catedrais de Notre
Dame, em Paris e de Colônia, na Alemanha.

Quais as consequências das chuvas ácidas?


(http://universodevida2.blogspot.com/2008/05/chuvas-cidas.html)
... Efeitos em pessoas (provoca mais casos de asma e sinusite, maior probabilidade de
conjuntivite, maior predisposição à broncopneumonia, riscos de enfisema e mais doenças
cardiovasculares;

... Erosão de blocos rochosos;


... Introdução de distúrbios em rios e lagos, podendo levar à morte das espécies neles
existentes;
... Destruição da folhagem das árvores (fig 1 )
...Efeitos nas florestas (fig.1) uma vez que estima-se que algumas florestas não crescem c
como seria de esperar, o crescimento das raízes torna-se
mais lento e que as folhas em vez de estarem verdes e saudáveis, ficam castanhas e acabam
por cair. A chuva ácida enfraquece a árvore matando as suas folhas, limitando os nutrientes
de que precisa ou envenenando o solo com
substâncias tóxicas, alterando a composição química dos solos;
... Efeitos na água (fig.2) (A maior parte dos rios e lagos tem um pH entre 6 e 8, no entanto,
se os solos e mesmo a água não têm a capacidade de neutralizar a chuva ácida, o pH dos
lagos pode atingir valores perto de 5. Este fenômeno pode levar à morte de todos os
organismos que habitam nos meios aquáticos);

... Ácidos na água inibem a produção das enzimas que permitem que as larvas de truta
escapem das suas ovas;
... Provoca alterações morfológicas em animais, como nas larvas da

salamandra (fig.3);
... O baixo pH também faz circular metais pesados como o alumínio nos lagos. O alumínio faz
com que alguns peixes produzam muco em excesso ao redor de suas guelras, prejudicando a
respiração. O crescimento de fitoplâncton é inibido pelos grandes níveis de acidez e os
animais que se alimentam deles são prejudicados;
... O cobre formado a partir destas chuvas foi implicado nas epidemias de diarreia em
crianças jovens e acredita-se que existem ligações entre o abastecimento de água
contaminado com alumínio e a ocorrência de casos da doença de Alzheimer;
... Efeitos em construções atendendo a que a chuva ácida é responsável pela corrosão de
pedra, metal ou tinta. Esta vai acelerar o processo de degradação, destruindo estátuas,
prédios ou monumentos.... Pode em casos extremos causar a morte.

Possíveis soluções (http://universodevida2.blogspot.com/2008/05/chuvas-cidas.html)


Utilizar os transportes menos poluentes como o metro;
Utilizar transportes colectivos: ao diminuir o número de carros, o número de poluentes
diminui;
Utilizar fontes de energia menos poluentes: energia hidroeléctrica, energia geotérmica,
energia das marés, energia eólica e, por ventura, energia nuclear;
Purificar os escapes dos veículos: utilizar gasolina sem chumbo e adaptar um conversor
catalítico;
Utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre;
Filtrar as chaminés das fábricas (fig.4). O calcário ou a pedra calcária também é injectada
nas chaminés para se misturar com os gases e combinar-se com o bióxido de enxofre
presente. O carbonato de cálcio da pedra calcária produz sulfato de cálcio de pH neutro, que
é fisicamente retirado do depurador. Ou seja, o depurador transforma a poluição de enxofre
em sulfatos industriais. Os sulfatos são vendidos a companhias químicas como gesso quando
a pureza de sulfato de cálcio é alta. Noutros casos, são colocados num aterro;
Controlar a quantidade de fábricas na cidade;
Para os rios e lagos já acidificados, devem-se neutralizá-los e adicionar vitaminas aos
mesmos, além de adubos nas árvores e reflorestá-las;
Aplicação de punições aos veículos desregulados;
Melhor fiscalização dos emissores de poluentes;
Anda a pé que é bom para a saúde e diminuem-se as emissões de muitos poluentes que os
automóveis enviam para a atmosfera.
Curiosidades sobre as chuvas ácidas/ situação mundial
(http://universodevida2.blogspot.com/2008/05/chuvas-cidas.html)
... Na Alemanha, grandes áreas da Floresta Negra foram devastadas;
... Na Escandinávia (principalmente na Suécia), em consequência das chuvas ácidas, nos
últimos 40 anos, 4000 lagos ficaram estéreis;
... A Noruega sofreu uma redução de 50% na população de trutas e os crustáceos
praticamente desapareceram dos seus lagos;
... Nem sempre as áreas onde são liberados poluentes, como as áreas industriais, sofrem
danos diretos, devido às correntes de vento e convecção das massas de ar, podendo no
entanto, afetar áreas além das que emitem estes gases, devido ao fato dos principais gases
poderem ser transportados até 3000 km de distância. Por esta razão, a chuva ácida é,
também, denominada poluição transfronteiriça, já que regiões que não poluem podem ser
severamente prejudicadas pela sua precipitação.
... Algo muito particular e que tem sido muito natural de acontecer é o fato de haver músicas
de intervenção relacionadas com o tema chuvas ácidas. Cada vez mais, aliás como outros
temas como a próprio aquecimento global, usa-se esta capacidade de cultura para alertar as
populações atuais que algo não está bem, algo tem que se fazer. É uma maneira
interessante de avisar, mas ao mesmo tempo alarmante, porque é sinal que estes problemas
cada vez se estão a fazer sentir mais.
(Vídeo sobre chuva ácida..um resumão de td q ta ai em cima)
http://www.youtube.com/watch?v=Ecovtts49Dw&feature=related