Você está na página 1de 7

PERGUNTAS FREQUENTES DE AGRONEGÓCIOS

1. O que é um Contrato Futuro?

Um contrato futuro é o compromisso entre duas partes, de realizar a compra ou


venda de determinada quantidade de um bem, em uma data futura a preços
estabelecidos a data presente.

2. Qual a relação do preço do contrato futuro com o ativo à vista?

O preço do contrato futuro e o preço do ativo à vista devem convergir a medida


que o contrato futuro se aproxima do seu vencimento. Esta propriedade permite
a utilização dos contratos futuros para operações de hedge via bolsa. A
liquidação por entrega física de produto, incluindo a base ou a liquidação
financeira com base em indicadores de preços do mercado à vista no
vencimento do contrato garantem a convergência dos preços.

3. O preço de negociação do contrato futuro é uma previsão? Posso


comprar / vender a qualquer preço?

O preço de um contrato acompanha a tendência dos preços de seu ativo


objeto. No vencimento seu preço será igual ao do ativo objeto no mercado à
vista mais a base. Antes disso seu preço representa o consenso de preço dos
participantes do mercado neste momento, podendo ser maior ou até menor que
o preço ativo objeto no mercado à vista.

4. O que é a base?

Base é a diferença de preço do mesmo produto entre duas praças diferentes,


ou seja, regiões diferentes. O conhecimento desta se faz imprescindível para o
calculo do preço do hedge a ser realizado através de operações em bolsa. A
base é obtida através de um estudo histórico de diferencial entre as praças,
sendo esta variável de acordo com as condições de oferta e demanda no
período.

5. Como são organizadas as ofertas de compra ou de venda?

As ofertas de compra/venda são organizadas em uma fila por preço e ordem de


emissão, onde estará ordenada a melhor oferta de compra de um lado e a
melhor oferta de venda do outro lado. As ordens subseqüentes virão abaixo
das melhores, sempre obedecendo à ordem de melhor para pior.

6. O que é margem de garantia?

Margem de garantia é um depósito obrigatório, aplicado tanto ao comprador


quanto ao vendedor de um contrato futuro. Basicamente ele é a garantia contra
o não pagamento dos ajustes diários por ambas as partes. Ao fim do contrato,
se não utilizada a margem é devolvida ao participante.
1
7. O que é Ajuste diário?

Ajuste diário é o débito ou crédito feito na conta do investidor junto a Intercap a


fim de ajustar o preço dos contratos comprados ou vendidos que passaram de
um dia para outros posicionados ou que foram negociados no pregão anterior.
Tomando o exemplo de um investidor que compra 10 contratos de Boi Gordo
Futuro em D+0 a R$/@ 88,00 e vende este contrato após 4 dias por R$/@
88,30 (330 Arrobas equivale a 1 contrato de Boi Gordo). A cada final de dia é
calculado um Preço de Ajuste, baseado em um cálculo da Bolsa. No dia
seguinte todos investidores amanhecem posicionados no mesmo preço sendo
debitada ou creditada a diferença da sua posição para este preço em sua conta
corrente na Intercap.

Acompanhe esta movimentação na tabela abaixo que desconsidera custos de


operação:

Ajuste Diário
Dia Operação Posição Preço de Ajuste Lucro/Prejuízo
(Débito\Crédito)
D+0 C R$ / @ 88,00 88,00 88,40 -(88,40-88,00)x330x10 R$ 1320,00
D+1 88,40 87,50 -(87,50-88,40)x330x10 -R$ 2970,00
D+2 87,50 88,10 -(88,10-87,50)x330x10 R$ 1980,00
D+3 88,10 88,30 -(88,30-88,10)x330x10 R$ 660,00
D+4 V R$ / @ 88,30 - -
D+5 Total R$ 990,00

Pode-se observar que ao fim da negociação os ajustes acumulados somam R$


990,00, sendo este referente ao lucro da operação. Digamos que um outro
investidor tenha feito exatamente a operação inversa, vendendo 10 contratos
de Boi Gordo Futuro em D+0 a R$/@ 88,00 e comprando este contrato após 4
dias por R$/@ 88,30. A mesma tabela para este investidor ficaria:

Ajuste Diário
Dia Operação Posição Preço de Ajuste Lucro/Prejuízo
(Débito\Crédito)
D+0 V R$ / @ 88,00 88,00 88,40 -(88,40-88,00)x330x10 -R$ 1320,00
D+1 88,40 87,50 -(87,50-88,40)x330x10 R$ 2970,00
D+2 87,50 88,10 -(88,10-87,50)x330x10 -R$ 1980,00
D+3 88,10 88,30 -(88,30-88,10)x330x10 -R$ 660,00
D+4 C R$ / @ 88,30 -
D+5 Total -R$ 990,00
Note que os ajustes diários são exatamente opostos entre o investidor que
vendeu e o investidor que comprou, bem como o lucro\prejuízo acumulado
entre eles.

2
8. Posso utilizar a margem de garantia para pagar os ajustes diários?

Não. A função da margem de garantia é proteger contra o não pagamento dos


ajustes diários. Entretanto, se a margem for utilizada, o participante
inadimplente será excluído do contrato e ficará impedido de operar na bolsa.

9. Qual a diferença entre margem de garantia e ajuste diário?

A margem de garantia é a forma de assegurar o sistema. Ajustes diários são


valores pagos ou recebidos diariamente em função da movimentação dos
preços futuros em relação a posição assumida.

10. O que ocorre no vencimento do contrato?

No vencimento do contrato a posição do investidor será liquidada ou por


entrega física ou por liquidação financeira.

Liquidação financeira: realizada automaticamente no dia do vencimento


tomando como base para o último ajuste algum indicador de preço à vista ou
média de vários dias segundo metodologia da Bolsa descrita no contrato.

Liquidação física: os clientes-vendedores, que optarem pelo não-


encerramento de suas posições até o último dia de negociação, deverão
apresentar o aviso de entrega a BM&F por intermédio da Intercap. Os vendidos
tem o direito de entregar fisicamente os produtos em locais pré-estabelecidos
pela bolsa mas não a obrigatoriedade. Ao vendedor é exigido que o produto
esteja em local estabelecido pela bolsa, na qualidade (certificada) e quantidade
estabelecida em contrato divulgado pela bolsa junto com demais certificados
exigidos. No caso da entrega ocorrer em local diferente da praça estabelecida
pela bolsa, acarretará em desconto de frete (divulgado pela bolsa em forma de
tabela a cada aviso de entrega) no valor financeiro a ser pago pelo comprador.

Ao vendedor será exigido: - Declaração de propriedade da mercadoria; -


Recibo de depósito; - Ordem de entrega à BM&F; - Certificado de qualidade;

O valor financeiro a ser pago será baseado no valor de ajuste do dia anterior ao
aviso de entrega, descontando deste o frete e outras despesas específicas de
cada contrato (vide contrato no site da www.bmf.com.br).

Importante: os clientes que optarem pela entrega física devem informar a


Intercap antecipadamente ao início do período de aviso de entrega (ao menos
10 dias antes), para que sejam acompanhados e orientados no processo.

3
11. Por que existe contratos negociados em dólar na BM&F ?

Porque algumas commodities tem seu preço de formação em dólar americano,


por haver grande participação nos mercados internacionais, como é o caso da
soja.

12. Quando compro ou vendo na bolsa, tenho que efetuar o pagamento ou


recebo antecipadamente?

Não, nada terá o pagamento antecipado, apenas a margem de garantia deverá


ser depositada. Todos os dias haverá pagamentos e recebimentos entre as
partes, baseado na variação do preço de ajuste.

13. Quem são os participantes do mercado?

Hedgers: os hedgers são os participantes do mercado que procuram os futuros


para obter a proteção de preços, ou seja, são os participantes que estão
ligados ao produto físico. Os vendedores são os que detêm o produto físico,
eles vendem no mercado futuro a fim de travar seus preços, já que seus custos
são sabidos e o lucro se encontra num bom patamar. Os compradores são os
que precisam do produto como matéria-prima para a sua atividade. Estes
buscam o mercado futuro para assegurar o preço de seu insumo e garantir o
custo de seu produto.

Especuladores: estes são agentes interessados no risco, ou seja, auferir


ganhos com as flutuações de preços. São especializados em mercados e que
geralmente não estão ligados com o mercado físico, a não ser pelas
informações. São agentes fundamentais para dar liquidez aos mercados e
assumir o risco de preços dos hedgers.

Arbitradores: os arbitradores são os participantes que buscam distorções de


preços entre mercados e tiram proveito dessa diferença ou da expectativa
futura dessa diferença. A estratégia dos arbitradores é comprar no mercado em
que o preço está mais barato e vender no mercado em que está mais caro.
Dessa forma eles lucram o diferencial.

14. Quais são os contratos agropecuários negociados na BM&F?

Os contratos agropecuários disponíveis para a negociação na BM&F são:


açúcar, algodão, bezerro, boi gordo, café arábica, café conillon, etanol, milho e
soja, funcionando nos dias em que há pregão na BM&F e nos horários
estabelecidos para cada contrato.

4
15. Qual o tamanho dos contratos agropecuários negociados na BM&F?

Os contratos agropecuários são Padronizados conforme a tabela abaixo:

Produto Tamanho do contrato


Açúcar 270 sacas (50 kg)
Algodão 12,5 toneladas
Bezerro 33 animais
Boi Gordo 330 arrobas
Café Arábica 100 sacas (60 kg)
Café Conillon 250 sacas (60 kg)
Etanol 30 metros cúbicos
Milho 450 sacas (60 kg)
Soja 450 sacas (60 kg)

16. Tabela de Códigos e vencimentos.

O Código dos contratos agropecuários é composto por três letras, código do


mês de vencimento e dois números.

As 3 primeiras letras representam a qual ativo este contrato refere.

Minicontrato

Café Arábica ICF


Boi Gordo BGI
Milho CNI
Soja SOJ
Açúcar ISU
Alcool ALA
Algodão COT
Etanol ETN
Bezerro BZE
Café Conillon CNL

5
A quarta letra representa o Mês de vencimento

Código Mês ICF BGI CNI SOJ ISU ALA COT ETN BZE CNL
F Janeiro X X X X X
G Fevereiro X X X X X
H Março X X X X X X X X X
J Abril X X X X X X
K Maio X X X X X X X X X
M Junho X X X X X
N Julho X X X X X X X X X X
Q Agosto X X X X X
U Setembro X X X X X X X X X
V Outubro X X X X X
X Novembro X X X X X X X
Z Dezembro X X X X X

Os dois últimos números representam o ano:


2008 – 08
2009 – 09

17. Quem garante a execução das negociações do mercado


agropecuário?

Todas as ofertas registradas são consideradas firmes e o cliente deve


obrigatoriamente honrá-las, caso sejam fechadas. As operações com futuros
são regulamentadas e fiscalizadas pela Comissão de Valores Mobiliários
(CVM) e pela própria Bolsa como entidade auto-reguladora, e contam também
com um sofisticado e eficiente sistema de gerenciamento de risco,
administrado pela Clearing de Derivativos BM&F,que garante a liquidação das
operações e atua como contraparte de ambos os participantes de uma
negociação.

18. Como funciona a negociação de um contrato agropecuário?

Em uma negociação de contratos futuros, o comprador de um contrato, não


paga o valor total financeiro do contrato negociado e o vendedor não entrega o
ativo objeto e nem recebe o valor financeiro do contrato no momento da
operação. Ao invés disso o comprador/vendedor fica compromissado com a
6
variação do preço até o vencimento do contrato, pagando ou recebendo ajustes
diários de acordo com a oscilação de preço. Para assegurar a ambas partes
(comprador e vendedor) que o contrato será honrado e os ajustes pagos, é
depositada uma Margem de Garantia, uma parcela do valor financeiro do
contrato.

19. O que pode ser depositado como garantia?

Os depósitos de margem aceitos pela BM&F, além de dinheiro, são: ações


listadas na Bovespa, títulos públicos, ouro, CDB e carta fiança. Para depósitos
em CDB e carta fiança, é preciso verificar previamente se a BM&F apresenta
limite de crédito disponível com o banco emissor do título. Porém em conta
corrente, como provisão para ajustes, são aceitos somente depósitos em
dinheiro.

20. Por quanto tempo a oferta de um contrato agropecuário será válida?

Todas as ofertas inseridas pelo cliente são válidas até o fechamento do


negócio, o encerramento do pregão diário ou o cancelamento/modificação da
mesma pelo próprio cliente. A oferta somente será automaticamente cancelada
pelo sistema em caso de recomposição do saldo da conta de garantias ou no
encerramento do pregão do dia de registro.

21. Como posso cancelar minha oferta?

Entrando em contato com o responsável na corretora através de telefonema


chat.

22. Riscos.

Operações com derivativos tem por característica o alto grau de risco. A


quantia total necessária para negociação de um contrato corresponde apenas a
uma parcela do seu valor financeiro. Gerando o efeito chamado de
alavancagem, onde com um capital menor controla-se um financeiro maior.
Desta maneira os lucros e prejuízos são maiores do que uma operação sem
alavancagem. Sendo assim é importante ressaltar que em operações com
derivativos é possível perder todo capital investido ou até mais, devido ao alto
risco envolvido neste tipo de operação.