Você está na página 1de 50

Acontecimentos

Conceito de probabilidade
Probabilidade condicionada
Acontecimentos independentes
Teoremas

Estatística
2019/2020
Probabilidades

Sandra Monteiro, Sandra Oliveira

Departamento de Economia e Gestão


Área Científica de Métodos Quantitativos

Escola Superior de Ciências Empresariais

1/50 1 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade
Probabilidade condicionada
Acontecimentos independentes
Teoremas

Estatística

Conteúdos Programáticos
Estatística descritiva (aulas práticas)
Probabilidades
Distribuições discretas
Distribuições contínuas
Intervalos de confiança
Testes de hipóteses

2/50 2 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade
Probabilidade condicionada
Acontecimentos independentes
Teoremas

3/50 3 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Experiência aleatória
Diz-se que uma experiência é aleatória se apresentar as
seguintes características
São conhecidos todos os resultados possíveis
O resultado da experiência não é conhecido antecipada-
mente
Pode ser repetida em condições semelhantes

4/50 4 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Experiência aleatória - Exemplos


1 Lançamento de uma moeda e observação do lado que fica para
cima
2 Lançamento de um dado e observação do n.o de pontos obtido
3 Tiragem de uma carta de um baralho e anotação do naipe
4 Registo do n.o de sinistros por apólice do ramo automóvel du-
rante uma anuidade
5 Observação das taxas de inflação em anos sucessivos

5/50 5 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Espaço de resultados
Denomina-se espaço de resultados (ou espaço amostra) e
representa-se por

o conjunto (não vazio) formado por todos os resultados que é
possível obter quando se efectua uma experiência aleatória.

Exercício
Indique o espaço de resultados dos exemplos anteriores.

6/50 6 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Acontecimento
Chama-se acontecimento a um subconjunto de Ω

A ⊂ Ω.

Diz-se que um acontecimento, A se realiza (ou ocorre) quando


o resultado da experiência é um elemento que pertence a A.

Nota
Os acontecimentos representam-se por letras maiúsculas

A, B, C,...

7/50 7 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Acontecimento elementar
Os subconjuntos
{a} ⊂ Ω
formados por um só elemento dizem-se acontecimentos ele-
mentares.

Exercício
Considere a experiência "lançamento de um dado e obser-
vação do n.o de pontos obtido". Indique os acontecimentos ele-
mentares do espaço de resultados.

8/50 8 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Implicação de acontecimentos
A realização de A implica a realização de B se e só se todo o
elemento de A é elemento de B

A ⊂ B.

9/50 9 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Identidade de acontecimentos
Os acontecimentos A e B são idênticos se e só se possuem os
mesmos elementos

A=B⇔A⊂BeB⊂A

a realização de um deles implica a realização do outro.

10/50 10 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

União de acontecimentos
A união de dois acontecimentos A e B,

A∪B

é o acontecimento que se realiza quando pelo menos um deles


se realiza.

11/50 11 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Intersecção de acontecimentos
A Intersecção de dois acontecimentos A e B,

A∩B

é o acontecimento que se realiza quando ambos se realizam.

12/50 12 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Acontecimentos incompatíveis
Dois acontecimentos A e B, são incompatíveis ou mutuamente exclu-
sivos se e só se a realização de um implica a não realização do outro

A ∩ B = ∅.

Acontecimento impossível −→ ∅
Acontecimento certo −→ Ω

13/50 13 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Acontecimento contrário
O contrário ou complementar do acontecimento A

Ω−A=A

realiza-se se e só se A não se realiza.

14/50 14 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Diferença de acontecimentos
A diferença entre dois acontecimentos A e B, é o acontecimento
que se realiza se e só se A se realiza sem que se realize B

A−B =A∩B

15/50 15 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Propriedades
Dados os acontecimentos A, B e C

Comutatividade A∩B =B∩A


A∪B =B∪A
Associatividade A ∩ (B ∩ C) = (A ∩ B) ∩ C
A ∪ (B ∪ C) = (A ∪ B) ∪ C
Distributividade A ∩ (B ∪ C) = (A ∩ B) ∪ (A ∩ C)
A ∪ (B ∩ C) = (A ∪ B) ∩ (A ∪ C)
Idempotência A∩A=A A∪A=A
Dupla negação A=A

Leis de De Morgan A∪B =A∩B A∩B =A∪B

16/50 16 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Probabilidades

Outras propriedades
A∪Ω=Ω
A∪∅=A
A∩Ω=A
A∩∅=∅
A∩A=∅
A∪A=Ω
Se A ⊂ B, então A ∪ B = B
Se A ⊂ B, então A ∩ B = A

17/50 17 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Exercício
Considerando os acontecimentos A e B escreva as seguintes afir-
mações na linguagem de acontecimentos
a) ocorrência de A e de B
b) ocorrência de A ou de B
c) ocorrência de pelo menos um dos acontecimentos
d) ocorrência de A e não ocorrência de B
e) ocorrência dos dois acontecimentos
f) não ocorrer nenhum dos dois acontecimentos
g) ocorrência apenas de B
h) ocorrência apenas de um dos acontecimentos

18/50 18 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Exercício-Resolução
Considerando os acontecimentos A e B escreva as seguintes afir-
mações na linguagem de acontecimentos
a) ocorrência de A e de B
A∩B
b) ocorrência de A ou de B
A∪B
c) ocorrência de pelo menos um dos acontecimentos
A∪B
d) ocorrência de A e não ocorrência de B
A∩B
e) ocorrência dos dois acontecimentos
A∩B
19/50 19 / 50
Acontecimentos Experiência aleatória
Conceito de probabilidade Espaço de resultados
Probabilidade condicionada Definição de acontecimento
Acontecimentos independentes Álgebra de acontecimentos
Teoremas Propriedades
Exercício

Exercício-Resolução

Considerando os acontecimentos A e B escreva as seguintes afir-


mações na linguagem de acontecimentos
f) não ocorrer nenhum dos dois acontecimentos
A∩B
g) ocorrência apenas de B
A∩B
h) ocorrência apenas de um dos acontecimentos
(A ∩ B) ∪ (A ∩ B)

20/50 20 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Probabilidades

Definição de probabilidade
Definição clássica
Definição frequêncista
Definição axiomática

21/50 21 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Probabilidades
Definição clássica de probabilidade
A probabilidade de um acontecimento A é a razão entre o número
de casos favoráveis a esse acontecimento e o número de casos pos-
síveis, desde que sejam equiprováveis

n.o casos favoráveis


P(A) =
n.o casos possíveis

Desvantagens
É uma definição que recorre a si mesma, pois define probabilidade a partir de
acontecimentos que tenham a mesma probabilidade
Como saber se os resultados elementares de uma experiência aleatória são
igualmente prováveis?
Só pode ser aplicada a espaços amostrais finitos

22/50 22 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Probabilidades
Definição frequêncista de probabilidade
Esta definição consiste em repetir a experiência aleatória um
grande número de vezes e registar a frequência relativa com
que um acontecimento ocorreu.

À medida que o número de repetições da experiência aleatória


aumenta a frequência relativa tende para um valor entre 0 e 1

P(A) = lim fn (A)


n→+∞

Desvantagem
Nem sempre se pode repetir a experiência um grande n.o de
vezes.
23/50 23 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Probabilidades
Definição axiomática de probabilidade
É uma função P que a cada acontecimento A ⊂ Ω, faz corresponder
um número real, P(A), probabilidade do acontecimento A, que veri-
fica:
P1 P(A) ≥ 0
P2 P(Ω) = 1
P3 Se A ∩ B = ∅, então P(A ∪ B) = P(A) + P(B)
Generalizando P3
P3∗ Se os acontecimentos A1 , ..., An forem mutuamente
exclusivos (Ai ∩ Aj = ∅, i 6= j)

P (A1 ∪ ... ∪ An ) = P(A1 ) + ... + P(An )


24/50 24 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Probabilidades
Propriedades
Dados os acontecimentos A, B e C verifica-se que
1 P(∅) = 0
2 P(A) = 1 − P(A)
 
3 P (A − B) = P A ∩ B = P(A) − P(A ∩ B)

4 Se A ⊂ B, então P(A) ≤ P(B)


5 P(A) ≤ 1
6 P (A ∪ B) = P(A) + P(B) − P (A ∩ B)
7 P (A ∪ B ∪ C) =
P(A) + P(B) + P(C) − P (A ∩ B) − P (A ∩ C) − P (B ∩ C) + P(A ∩ B ∩ C)
8 Se os acontecimentos A, B e C forem mutuamente exclusivos, então
P (A ∪ B ∪ C) = P(A) + P(B) + P(C)
25/50 25 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Exercício
Numa cidade 40% dos habitantes adquirem a revista A, 32% adquirem
a revista B e 24% as duas. Qual a probabilidade de um habitante
escolhido ao acaso dessa cidade:
a) adquirir a revista A ou a B
b) adquirir pelo menos uma das revistas
c) adquirir apenas a revista A
d) adquirir a revista A
e) não adquirir nenhuma das revistas
f) não adquirir a revista A ou não adquirir a revista B
g) adquirir as duas revistas
h) não adquirir a revista B
i) adquirir apenas uma das revistas
26/50 26 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Exercício-Resolução
Numa cidade 40% dos habitantes adquirem a revista A, 32% adquirem a revista B e
24% as duas.
Considerem-se os acontecimentos

A− habitante adquirir a revista A


B− habitante adquirir a revista B
Sabe-se que: P(A) = 0, 4 P(B) = 0, 32 e P(A ∩ B) = 0, 24.
Qual a probabilidade de um habitante escolhido ao acaso dessa cidade:
a) adquirir a revista A ou a B
Pretende-se calcular P(A ∪ B). Usando a prop.6 do slide 25 tem-se

P(A ∪ B) = P(A) + P(B) − P(A ∩ B) = 0, 4 + 0, 32 − 0, 24 = 0, 48

b) adquirir pelo menos uma das revistas P(A ∪ B) = 0, 48


c) adquirir apenas a revista A
Pretende-se calcular P(A ∩ B). Usando a prop.3 do slide 25 tem-se

P(A ∩ B) = P(A) − P(A ∩ B) = 0, 4 − 0, 24 = 0, 16

27/50 27 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Exercício-Resolução

d) adquirir a revista A P(A) = 0, 4


e) não adquirir nenhuma das revistas
Pretende-se calcular P(A ∩ B). Usando as leis de Morgan e a prop.
2 do slide 25 tem-se

P(A ∩ B) = P(A ∪ B) = 1 − P(A ∪ B) = 1 − 0, 48 = 0, 52


f) não adquirir a revista A ou não adquirir a revista B
Pretende-se calcular P(A ∪ B). Usando as leis de Morgan e a prop.
2 do slide 25 tem-se

P(A ∪ B) = P(A ∩ B) = 1 − P(A ∩ B) = 1 − 0, 24 = 0, 76

g) adquirir as duas revistas P(A ∩ B) = 0, 24

28/50 28 / 50
Acontecimentos Definição clássica
Conceito de probabilidade Definição frequêncista
Probabilidade condicionada Definição axiomática
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas Exercício

Exercício-Resolução
h) não adquirir a revista B
Pretende-se calcular P(B). Usando a prop. 2 do slide 25 tem-se
P(B) = 1 − P(B) = 1 − 0, 32 = 0, 68
i) adquirir apenas uma das revistas
Pretende-se calcular P((A ∩ B) ∪ (A ∩ B)).
Usando a prop. 6 do slide 25 tem-se
P((A ∩ B) ∪ (A ∩ B)) = P(A ∩ B) + P(A ∩ B) − P((A ∩ B) ∩ (A ∩ B))
Como pela prop. 3 do slide 25
P(A ∩ B) = P(A) − P(A ∩ B) = 0, 4 − 0, 24 = 0, 16
P(A ∩ B) = P(B) − P(A ∩ B) = 0, 32 − 0, 24 = 0, 08
e
P((A∩B)∩(A∩B)) = P(A∩B ∩A∩B) = P(A∩A∩B ∩B) = P(∅) = 0
então
P((A ∩ B) ∪ (A ∩ B)) = 0, 16 + 0, 08 = 0, 24
29/50 29 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Probabilidades

Probabilidade condicionada
Dados dois acontecimentos, A e B, a probabilidade de A se
realizar sabendo-se que B se realizou, ou probabilidade de A
condicionada por B, designada por P (A|B) , define-se por

P (A ∩ B)
P (A|B) =
P(B)

se P(B) > 0.

30/50 30 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Exercício
Uma companhia de seguros estimou que
30% dos acidentes de automóvel são causados por más
condições climatéricas
20% dos acidentes de automóvel causam danos pessoais
Sabe-se ainda que dos acidentes de automóvel que envolvem danos
pessoais 40% são devidos a más condições climatéricas.
a) Qual a probabilidade de que um acidente de automóvel
seja devido a más condições climatéricas e cause danos
pessoais?
b) Qual a probabilidade de um acidente de automóvel ser
devido a más condições climatéricas e não causar danos
pessoais?

31/50 31 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Exercício-Resolução

Uma companhia de seguros estimou que


- 30% dos acidentes de automóvel são causados por más condições
climatéricas
- 20% dos acidentes de automóvel causam danos pessoais
Sabe-se ainda que dos acidentes de automóvel que envolvem danos pessoais 40% são
devidos a más condições climatéricas.
Considerem-se os acontecimentos

C− acidente ser causado por más condições climatéricas


D− acidente causar danos pessoais

Sabe-se que: P(C) = 0, 3 P(D) = 0, 2 e P(C|D) = 0, 4.

32/50 32 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Exercício-Resolução
a) Qual a probabilidade de que um acidente de automóvel seja devido a
más condições climatéricas e cause danos pessoais?
Pretende-se calcular P(C ∩ D). Como

P (C ∩ D)
P (C|D) = ⇔ P (C ∩ D) = P (C|D) P(D)
P(D)

Assim,

P (C ∩ D) = P (C|D) P(D) = 0, 4 × 0, 2 = 0, 08

b) Qual a probabilidade de um acidente de automóvel ser devido a más


condições climatéricas e não causar danos pessoais?
Pretende-se calcular P(C ∩ D). Usando a prop. 3 do slide 25 tem-se

P(C ∩ D) = P(C) − P(C ∩ D) = 0, 3 − 0, 08 = 0, 22

33/50 33 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Probabilidades

Propriedades
1 P(A|A) = 1
2 P(A|A) = 0
3 P(A|B) = 1 − P(A|B)
4 Se A e B são incompatíveis então P(A|B) = 0
5 P (A ∩ B) = P(A|B)P(B) = P(B|A)P(A)∗
6 P(A ∩ B ∩ C) = P(C|A ∩ B)P(B|A)P(A)∗

Regra da multiplicação

34/50 34 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Probabilidades

Acontecimentos independentes
Dois acontecimentos A e B são independentes se e só se

P (A ∩ B) = P(A)P(B)

35/50 35 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Exercício
Exercício
Sejam A e B acontecimentos, tais que, P(A) = 0, 2, P(B) = 0, 3
e P(A ∪ B) = 0, 44. Verifique se os acontecimentos A e B são
independentes.

Resolução:
Para os acontecimentos A e B serem independentes tem que se verificar que

P (A ∩ B) = P(A)P(B).

P(A ∪ B) = P(A) + P(B) − P(A ∩ B) ⇔ P(A ∩ B) = P(A) + P(B) − P(A ∪ B)


P(A ∩ B) = 0, 2 + 0, 3 − 0, 44 = 0, 06
P(A)P(B) = 0, 2 × 0, 3 = 0, 06
Conclui-se que os acontecimentos são independentes.
36/50 36 / 50
Acontecimentos
Conceito de probabilidade Definição
Probabilidade condicionada Exercício
Acontecimentos independentes Propriedades
Teoremas

Probabilidades

Acontecimentos independentes
Se A e B forem acontecimentos independentes, então
1 P(A|B) = P(A), se P(B) > 0
2 P(B|A) = P(B), se P(A) > 0
3 A e B também são independentes
4 A e B também são independentes
5 A e B também são independentes

37/50 37 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Probabilidades

Partição do espaço de resultados


Diz-se que A1 , A2 , ..., An é uma partição de Ω quando
os acontecimentos forem mutuamente exclusivos
Ai ∩ Aj = ∅, (i 6= j)

A1 ∪ A2 ∪ ... ∪ An = Ω

38/50 38 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Probabilidades

Teorema da probabilidade total


Para qualquer acontecimento B, se
A1 , A2 , ..., An é uma partição de Ω
P(Ai ) > 0, i = 1, 2, ..., n
então
n
X
P(B) = P(B|Ai )P(Ai ) = P(B|A1 )P(A1 ) +... + P(B|An )P(An )
| {z } | {z }
i=1
P(B∩A1 ) P(B∩An )

39/50 39 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Probabilidades

Teorema de Bayes
Para qualquer acontecimento B, se
A1 , A2 , ..., An é uma partição de Ω
P(Ai ) > 0, i = 1, 2, ..., n
então
P(Aj )P(B|Aj )
P(Aj |B) = n
, j = 1, 2, ..., n
X
P(B|Ai )P(Ai )
|i=1 {z }
P(B)

40/50 40 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 1

Um fabricante tem de decidir se autoriza vendas a crédito a um novo


cliente. Experiências do passado permitem concluir que 10% dos
clientes são de alto risco, 30% de médio risco e 60% de baixo risco.
A probabilidade de um cliente efectuar o pagamento está relacionada
com o risco associado ao cliente. Se o cliente é de alto, médio ou
baixo risco, a probabilidade de efectuar o pagamento é de 0,2, 0,6 e
0,8 respectivamente.
a) Qual a probabilidade de um cliente efectuar o paga-
mento?
b) Se o cliente efectuar o pagamento, qual a probabilidade
de ser de médio risco?

41/50 41 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 1-Resolução

Um fabricante tem de decidir se autoriza vendas a crédito a um novo cliente. Exper-


iências do passado permitem concluir que 10% dos clientes são de alto risco, 30% de
médio risco e 60% de baixo risco. A probabilidade de um cliente efetuar o pagamento
está relacionada com o risco associado ao cliente. Se o cliente é de alto, médio ou baixo
risco, a probabilidade de efectuar o pagamento é de 0,2, 0,6 e 0,8 respectivamente.
Considerem-se os acontecimentos

A1 − cliente ser de alto risco


A2 − cliente ser de médio risco
A3 − cliente ser de baixo risco
B− cliente efetuar pagamento

Sabe-se que:
P(A1 ) = 0, 1 P(A2 ) = 0, 3 P(A3 ) = 0, 6
P(B|A1 ) = 0, 2 P(B|A2 ) = 0, 6 P(B|A3 ) = 0, 8

42/50 42 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 1-Resolução

a) Qual a probabilidade de um cliente efetuar o pagamento?


Pretende-se calcular P(B).
Como os acontecimentos A1 , A2 e A3 formam uma partição de Ω
- A1 ∩ A2 = ∅, A1 ∩ A3 = ∅, A2 ∩ A3 = ∅
- A1 ∪ A2 ∪ A3 = Ω
e P(A1 ) > 0, P(A2 ) > 0, P(A2 ) > 0 então pelo teorema da probabili-
dade total tem-se

P(B) = P(B|A1 )P(A1 ) + P(B|A2 )P(A2 ) + P(B|A3 )P(A3 )

Assim,

P(B) = 0, 2 × 0, 1 + 0, 6 × 0, 3 + 0, 8 × 0, 6 = 0, 68

43/50 43 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 1-Resolução
b) Se o cliente efetuar o pagamento, qual a probabilidade de ser de mé-
dio risco?
Pretende-se calcular P(A2 |B).
Como os acontecimentos A1 , A2 e A3 formam uma partição de Ω
- A1 ∩ A2 = ∅, A1 ∩ A3 = ∅, A2 ∩ A3 = ∅
- A1 ∪ A2 ∪ A3 = Ω
e P(A1 ) > 0, P(A2 ) > 0, P(A2 ) > 0 então pelo teorema Bayes
tem-se

P(B|A2 )P|(A2 )
P(A2 |B) =
P(B)
0, 6 × 0, 3
=
0, 68
= 0, 26

44/50 44 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 2

Dos candidatos a um emprego 30% são mulheres, 60% das mulheres


e 40% dos homens têm estudos superiores.
a) Qual a percentagem de candidatos com estudos supe-
riores?
b) Determine a probabilidade de um candidato selecionado
aleatoriamente ser mulher sabendo que tem estudos
superiores.
c) Determine a probabilidade de um candidato selecionado
aleatoriamente ser homem e não ter estudos superi-
ores.

45/50 45 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 2-Resolução

Dos candidatos a um emprego 30% são mulheres, 60% das mulheres e 40% dos
homens têm estudos superiores.
Considerem-se os acontecimentos

M− candidato ser mulher


H− candidato ser homem
E− candidato ter estudos superiores

Sabe-se que:
P(M) = 0, 3 P(H) = 0, 7
P(E|M) = 0, 6 P(E|H) = 0, 4

46/50 46 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 2-Resolução

a) Qual a percentagem de candidatos com estudos superiores?


Pretende-se calcular P(E).
Como os acontecimentos M e H formam uma partição de Ω
- M ∩H =∅
- M ∪H =Ω
e P(M) > 0, P(H) > 0 então pelo teorema da probabilidade total
tem-se
P(E) = P(E|M)P(M) + P(E|H)P(H)
Como
P(E) = 0, 6 × 0, 3 + 0, 4 × 0, 7 = 0, 46
então 46% dos candidatos têm estudos superiores

47/50 47 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 2-Resolução

b) Determine a probabilidade de um candidato selecionado aleatoria-


mente ser mulher sabendo que tem estudos superiores.
Pretende-se calcular P(M|E).
Como os acontecimentos M e H formam uma partição de Ω
- M ∩H =∅
- M ∪H =Ω
e P(M) > 0, P(H) > 0 então então pelo teorema Bayes tem-se

P(E|M)P|(M)
P(M|E) =
P(E)
0, 6 × 0, 3
=
0, 46
= 0, 39

48/50 48 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Exercício 2-Resolução

c) Determine a probabilidade de um candidato selecionado aleatoria-


mente ser homem e não ter estudos superiores.
Pretende-se calcular P(H ∩ E).

P(H ∩ E) = P(H) − P(H ∩ E)


= P(H) − P(E|H)P(H)
= 0, 7 − 0, 4 × 0, 7
= 0, 42

49/50 49 / 50
Acontecimentos Partição
Conceito de probabilidade Teorema da probabilidade total
Probabilidade condicionada Teorema de Bayes
Acontecimentos independentes Exercício 1
Teoremas Exercício 2

Referências

MOOD, Alexander M. et al (1974), Introduction to the Theory of


Statistics, McGraw-Hill International Editions
MURTEIRA, Bento, et al (2007) Introdução à Estatística, 2a
ed.,Lisboa, McGraw-Hill
REIS, Elizabeth, et al (2003) Estatística Aplicada, vols.I e II,
Lisboa, 5a ed., Edições Sílabo

50/50 50 / 50