Você está na página 1de 1

c  

     

  - A Cerimônia de Abertura das Olimpíadas Escolares 2010 emocionou a todos no Ginásio Paulo
Sarasate, em Fortaleza, nesta sexta-feira (10). Para muitos atletas, com idade entre 12 e 14 anos, a experiência
serviu como motivação para a busca do sonho da participação nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O ápice da festa foi o
acendimento da Pira Olímpica, com Eman uel Rego, campeão de vôlei de praia nos Jogos Olímpicos Atenas 2004.

Entre as autoridades, estiveram presentes o secretário de esportes do Ceará, Ferruccio Feitosa; o diretor de
esportes universitários do Ministério do Esporte, Alexandre Costa; além do d iretor geral das Olimpíadas
Escolares, Edgar Hubner, também Gerente de Iniciação, Fomento e Eventos do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).
"A intenção do Comitê Olímpico Brasileiro é contribuir para a transformação social no Brasil, proporcionando
acesso à juventude brasileira à pratica esportiva na escola. Participando das Olimpíadas Escolares, muitos desses
jovens passam a ser observados pelas Confederações Brasileiras Olímpicas e pelo próprio Comitê. Esperamos ver
alguns de vocês no Rio, em 2016", disse ao s atletas Edgar Hubner.

A presença de ídolos do esporte provocou grande emoção. Ícones como Roberto Lopes, Hugo Hoyama, Luciano
Pagliarini, Dayane Camillo, Luis Lima, Keila Costa, Fernanda Oliveira, Thiago Monteiro, Ketleyn Quadros e Emanuel
Rego participaram do revezamento da Tocha Olímpica e da Pira, nos moldes das cerimônias tradicionais realizadas
em Jogos Olímpicos.

Além dos atletas e das autoridades, dois atores da TV Globo, protagonistas da novela Malhação, Cristiana Peres e
Cristiano Sauma, arrancaram aplausos calorosos do público presente à cerimônia. "É uma honra prestigiar um
evento como este. Nosso apoio acaba incentivando ainda mais a garotada a continuar no esporte", disse Cristiano.

As autoridades presentes ressaltaram a importância do eve nto para a formação dos jovens atletas do país. "O
COB revitalizou esta competição que andava esquecida. Hoje o Brasil tem um futuro promissor, graças as
Olimpíadas Escolares. Este evento é o celeiro dos futuros campeões olímpicos do país", declarou Alexan dre Costa,
diretor de esportes universitários do Ministério dos Esportes. Quem também ressaltou a importância das
Olimpíadas Escolares foi Ferruccio Feitosa, secretário de esportes do Ceará. "O Ceará tem orgulho de receber a
maior edição de todos os tempos da maior competição escolar do Brasil", comemorou.

Árbitra sul-americana de natação, graduada em educação física e especializada em psicopedagogia, Andréa Coelho
realizou o juramento dos árbitros, enquanto o nadador do Colégio Antares, de Fortaleza, Luiz Altamir Mello, atual
campeão e recordista dos 100m borboleta das Olimpíadas Escolares, de 12 a 14 anos, fez o juramento dos atletas.

Ao final da cerimônia, os atletas estenderam uma enorme bandeira do evento, celebrando a união e a
confraternização de todos os estados. Em seguida eles seguiram pra pista de dança, com direito a muito forró.

As Olimpíadas Escolares são organizadas e realizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro com a direção técnica das
Confederações Brasileiras Olímpicas e apoio do Governo d o Ceará.