Você está na página 1de 104

AULA Nº 1

GESTÃO DO CONHECIMENTO

Fundamentos da Gestão do Conhecimento

Prof. Dr. Euro Marques Jr.


Objetivo
Gestão do Conhecimento
não é
Gestão da Informação
Gestão do Conhecimento
não é
Compartilhar Conhecimento
Gestão do Conhecimento
não é
Privilégio de Grandes Empresas
Exemplo Dado 10°C

Previsão da
Temperatura
Máxima
Informação para amanhã
10°C

Conhecimento Vai fazer


Frio...
Conceitos
•Dados: fatos brutos. Registros.
•Informações: Coleção de dados organizados de
tal modo que eles têm valor, significado e fazem
sentido. São dados dentro de um contexto.
•Conhecimento: Informações organizadas para a
tomada de decisão. São informações com um
propósito.
Conceitos
•Sabedoria: Uso do conhecimento com
responsabilidade, dentro de princípios e
valores éticos e morais sustentáveis.
Conhecimento Explícito
• É visível, palpável, objetivo
• Expresso em uma linguagem.
• Transmitido por palavras, números,
sinais etc.
• Está em livros, manuais, banco de dados
etc.
Conhecimento Tácito
• Conhecimento pessoal, individual,
subjetivo
• É difícil de expressar
• Está ligado às experiências, memórias,
sentimentos e habilidades de cada um
• Está na mente do funcionário
"Os grandes ganhos
de produtividade,
daqui para frente,
advirão das melhorias
na Gestão do
Conhecimento".
Peter Drucker
Conhecimento Estratégico

“As empresas nunca podem


parar de aprender sobre o
setor em que atuam, suas
rivais ou formas de
melhorar ou modificar sua
posição competitiva.”
Michael Porter
A Gestão do Conhecimento é um
processo sistemático, articulado e
intencional, apoiado na geração,
codificação, disseminação e
apropriação de conhecimentos,
com o propósito de atingir a
excelência organizacional.
A Gestão do Conhecimento é o
planejamento, organização,
motivação e controle de pessoas,
processos e sistemas na
organização para garantir que seus
ativos relacionados ao
conhecimento sejam melhorados e
efetivamente empregados.
Aplicações
Sintomas de má Gestão do Conhecimento:

1) a empresa repete erros,


2) existem trabalhos duplicados,
3) as relações com clientes são conduzidas
com dificuldade,
4) as boas ideias não são partilhadas,
Aplicações
Sintomas de má Gestão do Conhecimento:

5) a empresa compete em preço,


6) a empresa não consegue acompanhar os
líderes de mercado,
7) existe dependência em indivíduos chave,
8) a empresa é lenta para lançar novos
produtos.
Próxima Aula

Aprendizagem Organizacional
AULA Nº 2
GESTÃO DO CONHECIMENTO

Aprendizagem nas Organizações

Prof. Dr. Euro Marques Jr.


Objetivo
Conhecimento Estratégico

“As empresas nunca


podem parar de aprender
sobre o setor em que
atuam, suas rivais ou
formas de melhorar ou
modificar sua posição
competitiva.”
Michael Porter
Aprendizagem Organizacional
Organizações que aprendem
Modelo de ciclo de processo de GC

Transferência
Criação

Refinamento Memória Uso Desempenho

Aquisição Partilha
Próxima Aula

Mapas de Conhecimento
AULA Nº 3
GESTÃO DO CONHECIMENTO

Mapas de Conhecimento

Prof. Dr. Euro Marques Jr.


Objetivo
Apresentar ferramentas para descobrir o
Conhecimento Organizacional:
• Mapas de Conhecimento
• Mapas de Processos
• Análise de Redes Sociais
• Mapas Conceituais
Os 4 Pilares da Gestão do Conhecimento
Liderança, papéis em GC,
Pessoas reconhecimento, etc.
Portais, localização de especialistas,
Repositórios de pesquisa, etc.

Tecnologia Processos

Padrões compartilhados, métricas,


integração, Feedback, etc.
Conteúdo explícito, gerenciamento de Conteúdo
conteúdo, Taxonomia, validação, etc.
Fluxo do Processo de GC
Criar

Usar Identificar

Adaptar Armazenar

Partilhar Avaliar
Passos para Implantar a GC
Iniciar
Desenvolver Estratégia
Lançar Iniciativas de GC
Expandir
Institucionalizar a GC
Mapeamento do Conhecimento
Mapa de Conhecimento
O que é Mapeamento de Conhecimento?
Representação visual do conhecimento
existente na organização e os
conhecimentos necessários para o seu
bom funcionamento - com detalhes como
localização, qualidade, acessibilidade,
relações, etc.
Mapa de Conhecimento
Para que serve?
▪Encontra e mostra as principais fontes de
criação de conhecimento.
▪Mostra os recursos de conhecimento
disponíveis e as lacunas de conhecimento.
▪Fornece um inventário e avaliação de ativos
intelectuais e intangíveis.
Mapa de Conhecimento
Para que serve?
▪Melhora a tomada de decisões e a resolução de
problemas fornecendo informações aplicáveis.
▪Mostra o Ciclo de Vida do conhecimento.
▪Destaca as ilhas de especialização, grupos e
comunidades.
▪Encoraja a reutilização e evita a reinvenção.
Mapa de Conhecimento
Que Nível da Que
Etapa do Quem É tácito ou
conhecimento lacuna questões Quem tem? Onde está?
processo precisa? explícito?
é necessário? (Alto, médio, baixo) aborda?

Avaliar
Etapa A necessidades Alto
do cliente

Etapa B Médio

Etapa C Baixo
Mapa de Conhecimento
Criação
Colocar o conhecimento tácito e explícito em formatos
gráficos com informações detalhadas, como onde está, quem
o possui, etc., que sejam fáceis de entender e interpretar
pelos usuários finais (gerentes, especialistas,
desenvolvedores de sistemas etc.).
Mapear recursos de conhecimento, mostrando o
conhecimento existente na organização e onde ele pode ser
encontrado. Adicionar os fluxos de conhecimento, mostrando
como esse conhecimento se move em torno da organização,
de onde é criado, para onde é necessário.
Mapa de Conhecimento
Criação
Definir o tópico ou a questão principal.
Identificar e listar os conhecimentos mais importantes ou
"gerais" que estão associados a esse tópico.
Adicionar links e detalhes para formar um Mapa de
Conhecimento preliminar.
Procure links cruzados, que liguem o Conhecimento, que estão
em diferentes áreas ou subdomínios no mapa.
Rever e fazer as alterações necessárias à estrutura ou
conteúdo.
Mapa de Fluxo de Processo
Mapa de Fluxo de Processo
▪ Deve ser o primeiro passo na análise.
▪ Foco no processo que está sendo modelado.
▪ Fornece oportunidades para identificar melhorias
de processo por causa da articulação das etapas
do processo.
▪ Possui uma metodologia própria, com símbolos.
Mapa de Fluxo de Processo
Análise de Redes Sociais

Corretores de Conhecimento
Knowledge Brokers
Tácit
Abordagens da GC Transferência
de Melhores
o Práticas
GC Assistência de pares
baseada
em Rede
Conhecimento

GC baseada Comunidades de prática


em Reuniões da equipe
Processos Colaboração virtual
Revisões após a ação
Self- Lições aprendidas
Service + Revisões de marcos de projetos

Portais
Repositórios Ferramentas de busca
Sistemas de CRM Localizador de Especialistas
Explícito Fóruns de discussão Sistemas de Classificação/Taxonomia

Baixa Interação Humana Alta


Destaques
▪Mapas de Processo: Primeiro passo de
qualquer esforço de melhoria.
▪Mapas de conhecimento: Como chegar às
fontes e usos do conhecimento.
▪Mapas de Análise de Redes Sociais:
Descobrem relacionamentos ocultos.
▪Mapas Conceituais: Compreendem a
natureza do Conhecimento.
Próxima Aula

Gestão da Inovação Tecnológica


AULA Nº 4
GESTÃO DO CONHECIMENTO

Gestão da Inovação Tecnológica


Prof. Dr. Euro Marques Jr.
Objetivo
Discutir o processo de gestão da inovação
tecnológica e a contribuição da Gestão do
Conhecimento para o desenvolvimento
organizacional.
Introdução
•Sociedade da Informação
•Sociedade Globalizada
•Sociedade Digital
PIB Inovação
•As empresas que inovam e diferenciam produtos
geram postos de trabalho de maior qualidade, pois
empregam mão de obra mais qualificada, melhor
remunerada e com mais estabilidade no emprego.
Vantagem
Conhecimento Inovação
Competitiva
Conceitos e Definições
aplicação de conhecimento especializado em
Técnica
produtos, processos e métodos organizacionais.
Tecnologia técnica que emprega conhecimento científico.

Invenção criação de um processo, técnica ou produto inédito.


ocorre com a efetiva aplicação comercial de uma
Inovação
invenção.
processo pelo qual uma inovação é comunicada e
Difusão apropriada, através do tempo, entre os membros de
um sistema social.
INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA
A tecnologia é a técnica que emprega conhecimento científico, é a
aplicação de conhecimento científico que resulta em um produto.

(MAXIMINIANO, 1995)
Processo de Inovação Tecnológica
Ideias
(Processos Cognitivos)

Criatividade

Inovação Invenção
Mercados Tecnologias
(Processos Tecnológicos)
(Processos Empresariais)

Adaptado de Barney (2002).


TECNOLOGIA INDUSTRIAL BÁSICA
TIB
Produto ou processo com Qualidade e Inovação
GC Integra Tecnologia Industrial Básica

Avaliação da Conformidade

Informação Tecnológica

Propriedade Intelectual
Tecnologias de Gestão
Normalização
Metrologia

Ciência e Tecnologia
Governo

Empresa
Universidade

Processo de Inovação Tecnológica


Sábato (1968), Etzkowitz (1990)
http://sbrt.ibict.br/
Destaques
▪Inovação Tecnológica: Diferencial competitivo.
▪Gestão de conhecimento: Favorece Inovação.
▪Tripla Hélice: Ação conjunta do Governo,
Universidades e Empresas no processo de
Inovação.
Próxima Aula

Sistemas de Informação
e Sistemas de Gestão do Conhecimento
AULA Nº 5
GESTÃO DO CONHECIMENTO

Sistemas de Informação
e Sistemas de Gestão do Conhecimento
Prof. Dr. Euro Marques Jr.
Objetivo
Apresentar os
principais Sistemas
de Informação e as
características dos
Sistemas de Gestão
do Conhecimento.
Exemplo Dado

Informação

Conhecimento
Exemplo Bancos de Dados

Sistemas de
Informações

Sistemas de GC
Tipos de Dados
Dados Representados por
Dados Alfanuméricos Números, Letras e outros
caracteres
Dados em Imagens Imagens gráficas e Figuras
Dados em Áudio Sons, ruídos ou tons
Dados em Vídeo Figuras e Imagens em movimento
Sistema de Informação
Equipamentos Pessoas Telecomunicações

Hardware
Bancos de Dados

Programas Procedimentos

Software
SAE
Sistema
Estratégico de Apoio
ao Executivo Sistema de Apoio
SAD
à Decisão

Gestão da Cadeia Sistema de


Tático de Suprimentos
Informações Gestão do
Relacionamento
Supply Chain SIG
ERP Gerenciais
com os Clientes
CRM
Sistema de
Operacional Processamento de
Transações
Ferramentas para GC

Colaboração Participação Gestão de Contribuição com Suporte aos


nos Processos Projetos Bases de Conhecimento Clientes

Codificação Intranet / Portal Corporativo


e Transferência

Informações Aplicativos Internet


da Empresa e Sistemas Repositórios E-Business WWW
Ferramentas para GC
Sistemas de Gerenciamento
Codificação
e Transferência
Eletrônico de Documentos
Ferramentas para GC
Sistemas de Groupware

Geração, Codificação
e Transferência
Ferramentas para GC
Sistemas para Construção de
Bases Inteligentes de Conhecimento

Geração, Codificação
e Transferência
Ferramentas para GC

Codificação
e Transferência
Ferramentas para GC
Sistemas de Mapas do Conhecimento

Geração,
Codificação e
Transferência
Ferramentas para GC
Ferramentas de Apoio à Inovação

Geração,
Codificação e
Transferência
Destaques
▪ Os sistemas de informação são úteis para
os gestores nos níveis operacionais, táticos
e estratégicos.
▪ As ferramentas de GC contribuem para o
processo de tomada de decisões, melhoria
dos processos e inovação da organização.
▪ A TI fornece a infraestrutura para que a GC
possa ser mais rápida e abrangente.
Próxima Aula

Capital Intelectual
e Gestão de Competências
AULA Nº 6
GESTÃO DO CONHECIMENTO

Capital Intelectual
e Gestão de Competências
Prof. Dr. Euro Marques Jr.
Objetivo
Discutir os principais
aspectos do Capital
Intelectual e como a
Gestão de
Competências
contribui com seu
desenvolvimento.
Tipos de Recursos
Tangíveis Intangíveis Humanos
• Terra • Reputação • Trabalho
• Capital • Tecnologia • Conhecimento
• Físicos • Cultura • Comunicação
• Financeiros • Capital • Motivação
Intelectual
Valor de uma Empresa

Tangíveis Intangíveis Valor


Valor de uma Empresa

Tangíveis Intangíveis
Intangíveis Valor
Ativos Intangíveis
Identificáveis Não Identificáveis

•Marcas •Qualidade
•Patentes •Confiabilidade
•Propriedade •Tecnologia
intelectual •Goodwill
•Copyright
Ativos Intangíveis
Mercado Individuais Estrutura
• Clientes • Competências • Estrutura
• Relacionamentos • Conhecimento organizacional
• Alianças tácito • Sistemas e
• Capital do • Criatividade Processos
Cliente • Capital Humano • Pesquisa,
• Ativos de • Ativos Humanos Desenvolvimento
Mercado e Inovação
• Capital Estrutural
Gestão por Competências
“É o processo de conduzir os
colaboradores para atingirem as
metas e objetivos da organização
através de suas competências
técnicas e comportamentais.”
Leme (2005)
Gestão por Competências

Conhecimentos

Habilidades Atitudes
BSC
Balanced
Scorecard
sobre
Destaques
▪O Capital Intelectual é o conjunto de benefícios
intangíveis que são utilizados pela empresa
para obtenção de vantagens competitivas e
lucros futuros.
▪A Gestão por Competências busca
desenvolver o Capital Intelectual dos
colaboradores, alinhados com os objetivos
estratégicos da organização.
Próxima Aula
Inteligência Organizacional
e Competitividade.
AULA Nº 7
GESTÃO DO CONHECIMENTO

Inteligência Organizacional
e Competitividade
Prof. Dr. Euro Marques Jr.
Objetivo
Apresentar os
conceitos ligados
à Inteligência
Organizacional e seus
impactos sobre a
capacidade competitiva
das organizações.
Inteligência Organizacional
É um processo que envolve a coleta, análise e
validação de informações que tenham impacto
sobre os negócios da empresa.
O processo de Business Intelligence (BI)
analisa e valida todas essas informações e as
transforma em conhecimento estratégico para
a organização.
Stakeholders Externos
Fornecedores Sociedade
Empregados
Concorrentes

Diretoria Empresa Governo

Bancos
Acionistas
Mídia
Internos Clientes
Benefícios da BI
▪Antecipar mudanças no mercado.
▪Antecipar ações dos competidores.
▪Descobrir novos competidores ou parceiros.
▪Conhecer novas tecnologias, produtos ou
processos.
▪Entrar em novos negócios.
▪Aprender com a experiência dos outros.
▪Rever suas práticas de negócio.
▪Implementar novas ferramentas gerenciais.
Inteligência Competitiva
Competitive Intelligence (CI) é um processo
de gestão estratégica da informação que
promove a conversão de informação obtida
do ambiente interno e externo à organização
em inteligência capaz de suportar o
processo de decisão das organizações.
Inteligência Competitiva
Planejamento

Coleta de Informações

Análise

Difusão
Bancos de
Dados

Armazéns
de Dados Dados
Financeiro
s
Bancos de
Dados

Mineração
de Dados
Fonte: Laudon
Destaques
▪ A Inteligência Organizacional permite
que a organização tenha um
conhecimento maior acerca de seu
ambiente e possa tomar decisões de
negócios melhores.
▪ A Inteligência Competitiva está voltada
para as decisões estratégicas da
organização.
Destaques
▪ Os bancos de dados são utilizados nos
Datawarehouses e data minning para
fornecer conhecimentos úteis e
compreensíveis para os gestores.
▪ Existem softwares de BI e CI que facilitam a
análise dos dados, mas a presença do
analista humano ainda é fundamental.
Observações
Finais