Você está na página 1de 88

ESTATÍSTICAS DO FICHEIRO DE UNIDADES

ESTATÍSTICAS

2017

que
Indicadores Básicos de Agricultura e
Alimentação 2015-2019

I Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019

© 2020 Instituto Nacional de Estatística – Moçambique


Reprodução autorizada, excepto para fins comerciais, com indicação da fonte bibliográfica
Ficha Técnica:
PRESIDÊNCIA DO INE

Título

Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Eliza Mónica Ana Magaua
Presidente
Editor
Instituto Nacional de Estatística
Direcção de Estatísticas Sectoriais e de Empresas
Av. 24 de Julho, nº 1989, Caixa Postal 493, Maputo
7º Andar.
Telefone: + 258 21 498 141
Fax: + 258 21 490 507
E-Mail: info@ine.gov.mz /vendas@ine.gov.mz
Homepage: www.ine.gov.mz

COORDENAÇÃO E DIRECÇÃO

Adriano Matsimbe
Director de Estatísticas Sectoriais e de Empresas

Natercia Macuácua
Directora adjunta de Estatísticas Sectoriais e de Empresas

Produção
Alberto Cossa – Chefe de Departamento,
Monasse Guluve,
Delfina Cumbe,
José Hlunguane e
Domingos Malate

Controlo de Qualidade

António Júnior
Ildefonso Alves

Capa e grafismo
Mário Chivambo
Claudino Falume

Difusão
Instituto Nacional de Estatística
Departamento de Documento, Difusão e Marketing

O Instituto Nacional de Estatística (INE) é órgão SEGREDO ESTATÍSTICO


executivo central do Sistema Estatístico Nacional de informação estatística oficial de interesse O princípio do segredo estatístico consiste na
(SEN) que tem por objectivo a notação, nacional, de que se destaca a realização de obrigação do INE de proteger os dados estatísticos
apuramento, coordenação e difusão da informação recenseamentos, inquéritos correntes e eventuais, a individuais, relativos a pessoas singulares ou
estatística oficial do País. elaboração das contas nacionais e de indicadores colectivas recolhidos para produção de estatística,
económicos, sociais e demográficos, bem como a contra qualquer utilização não estatística e
O Instituto Nacional de Estatística subordina-se ao realização de estudos, análises e investigação divulgação não autorizada, visando salvaguardar a
Conselho de Ministros. aplicada. privacidade dos cidadãos, preservar a concorrência
(in Lei nº 7/96 de Julho) entre os agentes económicos e garantir a confiança
AUTORIDADE ESTATÍSTICA dos inquiridos.
Sistema Estatístico Nacional (SEN) é o conjunto O princípio da autoridade estatística consiste no
orgânico integrado pelas instituições a quem poder conferido ao Instituto Nacional de Estatística (Lei nº 7/96 de 5 de Julho)
compete o exercício da actividade estatística oficial. de, no exercício das actividades estatísticas, realizar
inquéritos com obrigatoriedade de resposta nos ESCLARECIMENTOS AOS UTILIZADORES
ACTIVIDADE ESTATÍSTICA OFICIAL prazos que forem fixados, bem como efectuar todas
Devido aos arredondamentos, os totais podem não
as diligências necessárias à produção das
Por actividade estatística corresponder à soma das parcelas.
II oficial entende-se,
Instituto oNacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019
estatísticas.
conjunto de métodos, técnicas e procedimentos de
concepção, recolha, tratamento, análise e difusão
ABREVIATURAS
AT Autoridade Tributária de Moçambique
% Porcento
Cont. Continuação
G. Gráfico
Ha Hectar
Hab. Habitantes
INE Instituto Nacional de Estatística
ISFL Instituições Sem Fins Lucrativos
Kg Quilograma
Km2 Quilómetro quadrado
m2 Metro ao quadrado
m3 Metro cúbico
MADER Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural
MEF Ministério de Economia e Finanças
MT Metical
Nº Número
P.P Pontos percentuais
PIB Produto Interno Bruto
Q. Quadro
USD United States Dollar (Dólar Norte Americano)
VAB Valor Acréscentado Bruto

Sinais convencionais
.. Categoria não aplicável
... Dados não disponíveis à data da publicação
0 Valor nulo ou inferior a metade da unidade utilizada
* Dado rectificado
“ Estimativa
N Resultado não apurado
X Dado sujeito a segredo estatístico

III Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


RESUMO

1. Esta publicação apresenta os indicadores básicos 6. A mecanização agrícola, medida pelo número de
de agricultura e alimentação dos últimos 5 anos, tractores alocados pelo Fundo do Desenvolvimento
como alternativa da base de dados na plataforma Agrário ao sector privado para agricultura familiar,
online “countryStat” produzida com fontes reduziu, ao partir de 361 em 2015 para 26 unidades
administrativas, mas descontinuada em 2019. A em 2019. No entanto, a área lavrada pelos
publicação não abrange todos indicadores cobertos provedores deste serviço e os produtores
como desejado, porque alguns requerem beneficiados aumentaram 97% e 781%
harmonização metodológica e outros ainda não são respectivamente entre 2015 e 2019.
produzidos com regularidade pelos sectores.
7. O crédito concedido ao sector agrário manteve-se
2. A compilação desta publicação baseou-se na insignificante se comparado com o resto da
recolha e tratamento preliminar das bases de dados economia ao corresponder a um peso de 3,65% em
disponibilizadas pelas fontes administrativas dos 2015 e 3,71% em 2019.
sectores. A seguir, a equipa de produção fez a
limpeza e validação de dados, resultando na 8. A produção per capita de cereais continuou baixa
publicação com 10 grupos de indicadores. para garantir a segurança alimentar, ao registar
71(Kg/hab) em 2015 e 94,3 kg em 2019. Para
3. Nos indicadores socio-demográficos, destaca-se a mandioca e batata doce, a situação continuou bem e
população de Moçambique, como principal activo da melhor com a produção per capita de 267 kg em
produção, ao atingir a magnitude de 29,3 milhões de 2015 e 336 kg em 2019. A produção das culturas de
habitantes em 2019, 66,2% da qual vivia na área rendimento foi estável no período de referência,
rural, e continuando concentrada em Nampula e facto observado nas mudas de cajueiros produzidas
Zambézia com 6,03 e 5,43 milhões de habitantes em torno de 4,5 milhões em 2019. Os produtos
respectivamente. pecuários apresentaram, ao longo do quinquério,
valores per capita baixos. Com efeito, a carne de
4. O segundo indicador refere-se à insegurança frango registou uma produção per capita de 3,8 kg
alimentar aguda, cujo resultado indica um grande em 2019, partindo de 2,5 kg em 2015. Na produção
agravamento, ao partir de 3,6% em 2013 para de carne bovina, destacou-se a Província de Maputo
29,9% de famílias em 2019, um comportamento com quase a metade da produção do País, 7 266
assumido também pela desnutrição aguda em toneladas em 2019. Manica e Sofala destacaram-se
crianças que de 1,9% em 2013 deteriorou-se para na produção de leite de vaca ao deter 41,3 % e 25,1
12,3% em 2019. % do total em 2019, respectivamente.
A produção de pescado per capita caiu para 11,6 em
5. Nos indicadores económicos, ressalta o peso do 2019, depois de 13,7 kg em 2018 e 12,4 kg em
PIB do sector agrário a preços constantes, ano base 2017. Contudo, ressalta-se a produção de peixe
de 2014, que estabilizou-se em torno de 23%, entre marinho com 177 071 toneladas em 2019
2015 e 2019, tendo a respectiva taxa de correspondentes a 59,5% de toda a produção do
crescimento registado 1,2% em 2019, abaixo da sector.
média nacional que foi de 2,3% face a 2018. O
orçamento do estado alocado ao sector continuou 9. No comércio externo, evidencia-se a exportação
abaixo de 10% em todo quinquénio, tendo-se fixado de açúcar e produtos de confeitaria, com crescimento
em 4,9% em 2019. de 22,9% da contribuição na receita aduaneira de
2019.

IV Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


ÍNDICE

RESUMO .............................................................................................................................................................................. IV

INTRODUÇÃO......................................................................................................................................................................... 1

1.INDICADORES SÓCIO-DEMOGRÁFRICOS ............................................................................................................................. 2

Q 1.1 POPULAÇÃO TOTAL POR SEXO ................................................................................................................................................... 2


Q 1.2 POPULAÇÃO TOTAL POR ÁREA DE RESIDÊNCIA .............................................................................................................................. 2
Q 1.3 POPULAÇÃO TOTAL POR ÁREA DE RESIDÊNCIA E PROVÍNCIA ............................................................................................................ 3
Q 1.4 TAXA DE ALFABETISMO E ANALFABETISMO POR ÁREA DE RESIDÊNCIA E POR SEXO ................................................................................ 4

2. INDICADORES DE SEGURANÇA ALIMENTAR, BEM-ESTAR E VULNERABILIDADE .................................................................. 5

Q 2.1 PROPORÇÃO DE AGREGADOS FAMILIARES EM INSEGURANÇA ALIMENTAR AGUDA SEGUNDO A PROVÍNCIA ................................................ 5
Q 2.2 VARIAÇÃO DE AGREGADOS FAMILIARES EM INSEGURANÇA ALIMENTAR AGUDA SEGUNDO A PROVÍNCIA .................................................. 5
Q 2.3 TAXA DE DESNUTRIÇÃO AGUDA EM CRIANÇAS DOS 6 - 59 MESES DE IDADE SEGUNDO A PROVÍNCIA ........................................................ 6
Q 2.4 VARIAÇÃO DA DESNUTRIÇÃO AGUDA EM CRIANÇAS DOS 6 - 59 MESES DE IDADE SEGUNDO A PROVÍNCIA ................................................. 6

3. INDICADORES ECONÓMICOS .............................................................................................................................................. 7

Q 3.1 PRODUTO INTERNO BRUTO GLOBAL E DO SECTOR AGRÁRIO............................................................................................................. 7


Q 3.2 PESO DO VAB AGRÁRIO NO PRODUTO INTERNO BRUTO ................................................................................................................. 7
G 3.1 TAXA DE CRESCIMENTO DO VAB DO SECTOR AGRÁRIO ................................................................................................................... 8
G 3.2 ORÇAMENTO ALOCADO À AGRICULTURA EM MOÇAMBIQUE ........................................................................................................... 8
G 3.3 EVOLUÇÃO DO PESO DE ORÇAMENTO ALOCADO À AGRICULTURA...................................................................................................... 9
3.3 INDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR ............................................................................................................................................. 9

4. UNIDADES ESTATÍSTICAS DO SECTOR AGRÁRIO ............................................................................................................... 10

G 4.1 UNIDADES ESTATÍSTICAS QUE PRATICAM ACTIVIDADES AGRÁRIAS EM MOÇAMBIQUE ......................................................................... 10


Q 4.1 UNIDADES ESTATÍSTICAS QUE PRATICAM ACTIVIDADES AGRÁRIAS SEGUNDO A PROVÍNCIA EM 2019 ..................................................... 10
Q 4.2 UNIDADES ESTATÍSTICAS QUE PRATICAM ACTIVIDADES AGRÁRIAS SEGUNDO A PROVÍNCIA EM 2019 ..................................................... 11
Q 4.3 UNIDADES ESTATÍSTICAS QUE PRATICAM AGRICULTURA, PRODUÇÃO ANIMAL, CAÇA E SERVIÇOS RELACIONADOS SEGUNDO A PROVÍNCIA EM
2019 ......................................................................................................................................................................................... 11

5. TERRA E ÁREA AGRÍCOLA ................................................................................................................................................. 12

5.1 DIREITO E USO DE APROVEITAMENTO DA TERRA............................................................................................................................. 12


G 5.1.1 Área concedida para uso e aproveitamento da terra para fins agrícolas .................................................... 12

5.2.ÁREA CULTIVADA .................................................................................................................................................................... 12


Q 5.2.1 Distribuição da área cultivada por culturas alimentares básicas ............................................................... 12
Q 5.2.2 Distribuição da área cultivada de cereais segundo a Província ................................................................... 13
Q 5.2.3 Distribuição da área cultivada de milho segundo a Província ..................................................................... 13
Q 5.2.4 Distribuição da área cultivada de mapira segundo a Província ................................................................... 14
Q 5.2.5 Distribuição da área cultivada de meixoeira segundo a Província .............................................................. 14
Q 5.2.6 Distribuição da área cultivada de amendoim segundo a Província ............................................................ 15
Q 5.2.7 Distribuição da área cultivada de amendoim grande segundo a Província ............................................... 15
Q 5.2.8 Distribuição da área cultivada de amendoim pequeno segundo a Província ........................................... 16
Q 5.2.9 Distribuição da área cultivada de raizes e tubérculos segundo a Província ............................................. 16
Q 5.2.10 Distribuição da área cultivada de mandioca segundo a Província ........................................................... 17
Q 5.2.11 Distribuição da área cultivada de batata-doce de polpa alaranjada segundo a Província ................... 17
Q 5.2.12 Distribuição da área cultivada de batata-doce de polpa não alaranjada segundo a Província ........... 18
Q 5.2.13 Distribuição da área cultivada de feijões segundo a Província ................................................................ 18
Q 5.2.14 Distribuição da área cultivada de feijão manteiga segundo a Província ................................................ 19
II Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019
Q 5.2.15 Distribuição da área cultivada de feijão nhemba segundo a Província .................................................. 19
Q 5.2.16 Distribuição da área cultivada de feijão jugo segundo a Província ......................................................... 20
Q 5.2.17 Distribuição da área cultivada de feijão boer segundo a Província ......................................................... 20
Q 5.3.1 Área de regadios construidos e reabilitados segundo a Província ............................................................. 21
Q 5.3.2 Beneficiários de regadios construidos e reabilitados segundo a Província ............................................. 21
Q 5.3.3 Área agrícola irrigada de pequenas e médias explorações segundo a Província .................................... 22
Q 5.3.4 Variação percentual da área irrigada e beneficiários segundo a Província ................................................. 22
6.MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA E PROVEDORES DE SERVIÇOS .................................................................................................. 23
Q 6.1 DISTRIBUIÇÃO DE EQUIPAMENTO ALOCADO AOS PROVEDORES DE SERVIÇOS ENTRE 2015 E 2019 SEGUNDO A PROVÍNCIA ...................... 23
Q 6.3 DISTRIBUIÇÃO DE PROVEDORES DE SERVIÇOS DE MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA SEGUNDO A PROVÍNCIA ..................................................... 24
Q 6.4 DISTRIBUIÇÃO DE TRACTORES ALOCADOS AOS PROVEDORES DE SERVIÇOS PRIVADOS SEGUNDO A PROVÍNCIA ........................................ 24
Q 6.5 DISTRIBUIÇÃO DA ÁREA LAVRADA E GRADADA PELOS PROVEDORES DE SERVIÇOS SEGUNDO A PROVÍNCIA ............................................. 25
Q 6.6 PRODUTORES AGRÍCOLAS BENEFICIADOS PELOS SERVIÇOS DE MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA SEGUNDO A PROVÍNCIA ..................................... 25

7. CRÉDITO AO SECTOR AGRÁRIO ........................................................................................................................................ 26

Q 7.1 DISTRIBUIÇÃO DO CRÉDITO PARA MEIO CIRCULANTES POR ACTIVIDADE AGRÁRIA E POR FINALIDADE ...................................................... 26
Q 7.2 DISTRIBUIÇÃO DO CRÉDITO PARA INVESTIMENTO POR ACTIVIDADE AGRÁRIA E FINALIDADE .................................................................. 26
Q 7.3 DISTRIBUIÇÃO DO CRÉDITO E INVESTIMENTO AO SECTOR AGRÁRIO POR FINALIDADE ........................................................................... 27

8. PRODUÇÃO AGRÍCOLA, PECUÁRIA E DE PESCA ................................................................................................................ 28

8.1 PRODUÇÃO DE CULTURAS BÁSICAS ALIMENTARES ........................................................................................................................... 28


Q 8.1.1 Distribuição da produção agrícola de culturas alimentares básicas ........................................................... 28
Q 8.1.2 Variação percentual da produção de culturas alimentares básicas ............................................................. 28
Q 8.1.3 Distribuição de produção de milho segundo a Província ............................................................................ 29
Q 8.1.4 Distribuição de produção de arroz segundo a Província .............................................................................. 29
Q 8.1.5 Distribuição de produção de mapira segundo a Província .......................................................................... 30
Q 8.1.6 Distribuição de produção de mexoeira segundo a Província ....................................................................... 30
Q 8.1.7 Distribuição da produção de cereais segundo a Província ........................................................................... 31
Q 8.1.8 Distribuição do rendimento agrícola de cereais segundo a Província ....................................................... 31
Q 8.1.9 Distribuição da produção percapita de cereais segundo a Província ......................................................... 32
Q 8.1.10 Distribuição de produção de amendoim grande segundo a Província .................................................... 32
Q 8.1.11 Distribuição de produção de amendoim pequeno segundo a Província ................................................. 33
Q 8.1.12 Distribuição da produção de cultura de amendoim segundo a Província ................................................ 33
Q 8.1.13 Distribuição do rendimento agrícola de amendoim segundo a Província ................................................ 34
Q 8.1.14 Distribuição da produção per capita de amendoim segundo a Província ............................................... 34
Q 8.1.15 Distribuição de produção agrícola de mandioca segundo a Província .................................................... 35
Q 8.1.16 Distribuição de produção de batata-doce de polpa alaranjada segundo a Província ........................... 35
Q 8.1.17 Distribuição de produção de batata-doce de polpa não alaranjada segundo a Província .................... 36
Q 8.1.19 Distribuição do rendimento agrícola de raizes e tubérculos segundo a Província ................................ 37
Q 8.1.20 Distribuição da produção per capita de raizes e tubérculos segundo a Província ................................. 37
Q 8.1.21 Distribuição de produção de feijão manteiga segundo a Província ........................................................ 38
Q 8.1.22 Distribuição de produção de feijão nhemba segundo a Província ........................................................... 38
Q 8.1.23 Distribuição de produção feijão jugo segundo a Província ....................................................................... 39
Q 8.1.24 Distribuição de produção de feijão boer segundo a Província ................................................................. 39
Q 8.1.25 Distribuição de produção de feijões segundo a Província ......................................................................... 40
Q 8.1.26 Distribuição do rendimento agrícola de feijões segundo a Província ...................................................... 40
Q 8.1.27 Produção per capita de feijões segundo a Província .................................................................................. 41

8.2 PRODUÇÃO DE CULTURAS DE RENDIMENTO .................................................................................................................................. 42


Q 8.2.1 Distribuição da produção de culturas de rendimento ................................................................................... 42
Q 8.2.2 Variação percentual da produção de culturas de rendimento ...................................................................... 42
III Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019
Q 8.2.3 Distribuição de produção agrícola de gergelim segundo a Província ......................................................... 42
Q 8.2.4 Distribuição de produção agrícola de girassol segundo a Província ........................................................... 43
Q 8.2.6 Distribuição de produção de tabaco segundo a Província .......................................................................... 43
Q 8.2.7 Distribuição de produção de algodão segundo a Província ........................................................................ 44

8.3 PRODUÇÃO DE CASTANHA DE CAJU ............................................................................................................................................. 45


Q 8.3.1 Distribuição da produção de mudas de cajueiros segundo a Província .................................................... 45
Q 8.3.2 Distribuição de cajueiros tratados contra pragas e doenças segundo a Província ................................. 45

8.4 PRODUÇÃO FLORESTAL............................................................................................................................................................. 46


Q 8.4.1 Produção florestal por espécie .......................................................................................................................... 46
Q 8.4.2 Variação percentual da produção florestal por espécie ................................................................................. 46

8.5.PRODUÇÃO PECUÁRIA ............................................................................................................................................................. 47


Q 8.5.1 Número de efectivos pecuários ......................................................................................................................... 47
Q 8.5.2 Variação percentual de efectivos pecuários .................................................................................................... 47
Q 8.5.3 Distribuição da produção de carne bovina segundo a Província .............................................................. 47
Q 8.5.4 Estrutura percentual da produção de carne bovina segundo a Província ................................................... 48
Q 8.5.5 Variação percentual da produção de carne bovina segundo a Província .................................................... 48
Q 8.5.6 Produção per capita de carne bovina segundo a Província ......................................................................... 49
Q 8.5.7 Distribuição da produção de carne suina segundo a Província .................................................................. 49
Q 8.5.8 Estrutura percentual da produção de carne suina segundo a Província ..................................................... 49
Q 8.5.9 Variação percentual da produção de carne suina segundo a Província ...................................................... 50
Q 8.5.10 Distribuição da produção de leite de vaca segundo a Província ............................................................. 50
Q 8.5.11 Estrutura percentual da produção de leite de vaca segundo a Província ................................................. 50
Q 8.5.12 Variação percentual da produção de leite de vaca segundo a Província .................................................. 51
Q 8.5.13 Produção per capita mensal de leite de vaca segundo a Província ........................................................... 51
Q 8.5.14 Distribuição da produção de carne de frango segundo a Província ........................................................ 52
Q 8.5.15 Estrutura percentual da produção de carne de frango segundo a Província ........................................... 52
Q 8.5.16 Variação percentual da produção de carne de frango segundo a Província ............................................ 53
Q 8.5.17 Produção per capita de carne de frango segundo a Província e bitante ................................................. 53
Q 8.5.18 Distribuição da produção de ovos segundo a Província ........................................................................... 54
Q 8.5.19 Estrutura percentual da produção de ovos segundo a Província ............................................................... 54
Q 8.5.20 Variação percentual da produção de ovos segundo a Província ................................................................ 55

8.6.PRODUÇÃO DAS PESCAS ........................................................................................................................................................... 56


Q 8.6.1 Produção das pescas artesanal e industrial ................................................................................................... 56
Q 8.6.3 Estrutura percentual da produção das pescas artesanal e industrial .......................................................... 56
Q 8.6.4 Variação percentual da produção das pescas artesnal e industrial ............................................................. 57
G.8.6.1 Produção per capita de pescado ....................................................................................................................... 57
Q 8.6.5 Distribuição produção da pesca artesanal por produto ................................................................................ 58
Q 8.6.6 Estrutura percentual da produção da pesca artesanal por produto ............................................................ 58
Q 8.6.7 Variação percentual da produção da pesca artesanal por produto ............................................................. 59
Q 8.6.8 Produção da pesca industrial por produto ....................................................................................................... 59
Q 8.6.9 Estrutura percentual da produção da pesca industrial por produto ............................................................ 60
Q 8.6.10 Variação percentual da produção da pesca industrial por produto ........................................................... 60
Q 8.6.11 Produção da aquacultura por produto .......................................................................................................... 61
Q 8.6.12 Estrutura percentual da produção de aqualcultura por produto ................................................................ 61
Q 8.6.13 Variação percentual da produção da aquacultura por produto .................................................................. 61
9.PREÇOS ............................................................................................................................................................................. 62

Q 9.1 PREÇO MÉDIO AO PRODUTOR DE PRODUTOS ALIMENTARES ......................................................................................................... 62


IV Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019
Q 9.2 VARIAÇÃO PERCENTUAL DO PREÇO MÉDIO AO PRODUTOR DE PRODUTOS ALIMENTARES ..................................................................... 62
Q 9.3 PREÇO MÉDIO NO CONSUMIDOR DE HORTÍCOLAS ....................................................................................................................... 63
Q 9.4 VARIAÇÃO PERCENTUAL DO PREÇO NO CONSUMIDOR DE HORTÍCOLAS ............................................................................................ 63
Q 9.5 PREÇO MÉDIO NO CONSUMIDOR DE PRODUTOS ALIMENTARES ...................................................................................................... 64
Q 9.6 VARIAÇÃO PERCENTUAL DO PREÇO NO CONSUMIDOR DE PRODUTOS ALIMENTARES ........................................................................... 64
Q 9.7 PREÇO MÉDIO NO CONSUMIDOR DE PRODUTOS PECUÁRIOS .......................................................................................................... 65
Q 9.8 VARIAÇÃO PERCENTUAL DE PREÇO NO CONSUMIDOR DE PRODUTOS PECUÁRIOS ............................................................................... 65

10. INDICADORES DE COMÉRCIO ......................................................................................................................................... 66

10.1 COMÉRCIO INTERNO .............................................................................................................................................................. 66


Q 10.1.1 Capacidade de armazenamento segundo a Província em 2019 ................................................................. 66
Q 10.1.2 Produção armazenada nos complexos ........................................................................................................ 66
Q 10.1.2 Estrutura percentual da produção armazenada nos Complexos ................................................................ 67
Q 10.1.4 Produção comercializada por produto ........................................................................................................ 67
Q 10.1.5 Estrutura percentual da produção comercializada por produto ................................................................. 68
Q 10.1.6 Distribuição da produção de castanha de cajú comercializada segundo a Província ............................ 68
Q 10.1.7 Variação percentual da castanha de cajú comercializada segundo a Província ...................................... 69

10.2 COMÉRCIO EXTERNO .............................................................................................................................................................. 70


Q 10.2.1 Comércio externo dos produtos agrários e alimentares segundo o regime ............................................. 70
Q 10.2.3 Variação percentual de comércio externo dos produtos agrários e alimentares segundo o regime .... 70
Q 10.2.4 Produtos agrários e alimentares exportados .............................................................................................. 70
Q 10.2.5 Variação percentual dos produtos agrários e alimentares exportados ..................................................... 71
G 10.2.1 Castanha de cajú exportada ............................................................................................................................ 71
Q 10.2.6 Produtos agrários e alimentares importados ............................................................................................... 72
Q 10.2.7 Variação percentual dos produtos agrários e alimentares importados ..................................................... 72
Q 10.2.7 Contribuição das exportações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira ...................... 73
Q 10.2.8 Variação da contribuição das exportações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira
(%) ...................................................................................................................................................................................... 73
Q 10.2.9 Contribuição das importações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira ...................... 74
Q 10.2.10 Variação percentual das importações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira ....... 74
Q 10.2.11 Fertilizantes importados segundo o tipo de produto ................................................................................ 75
11.ANEXOS .......................................................................................................................................................................... 76

11.1.NOTA METODOLÓGICA ........................................................................................................................................................... 76


11.2. CONCEITOS E DEFINIÇÕES....................................................................................................................................................... 77

V Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


INTRODUÇÃO

O INE procede, pela primeira vez, a disseminação de indicadores básicos de agricultura e alimentação
em forma de publicação estatística. Trata-se de informação que era publicada em forma de base de
dados numa plataforma de internet designada “ CountryStat” incorporada nos produtos estatísticos do
Fundo da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Esta plataforma
descontinuada a partir de 2019 recolhia um manancial de dados da agricultura e alimentação para vários
países do mundo.

Na presente publicação, o INE disponibiliza dez grupos de indicadores possíveis, relacionados com
actividade agrária e alimentação, designadamente, sócio-demográficos; segurança alimentar;
económicos; unidades estatísticas agrárias; terra e área agrícola; mecanização agrícola; crédito
concedido ao sector agrário; produção agrícola, pecuária e de pescas; preços e comércio (interno e
externo) de produtos agrários e alimentares. A maior parte da informação estatística disponível cobre
fundamentalmente a área cultivada, produção e comercialização agrária, com saliência para as culturas
básicas alimentares, culturas de rendimento, castanha de cajú, florestas, efectivo e produtos pecuários e
produtos do pescado (artesanal, industrial e aquacultura).

As estatísticas disponibilizadas resultam da compilação de Inquérito agrícola integrado e de fontes


administrativas, incluindo do próprio INE, instituições públicas como o Ministério da Agricultura e
Desenvolvimento Rural; Ministério da Terra e Ambiente; Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas;
Ministério da Indústria e Comércio; Ministério de Economia e Finanças; Banco de Moçambique e
Autoridade Tributária bem como as instituições sob sua tutela. Das instituições tuteladas, que
forneceram os dados, destacam-se o Instituto de Amêndoas de Moçambique, a Bolsa de Mercadorias de
Moçambique e o Instituto Nacional de Irrigação.

Num horizonte temporal de 5 anos é possivel apreciar o panorama estatístico nacional e provincial ligado
ao sector agrário e alimentação e sua evolução neste período.

O INE agradece às entidades informadoras e a todos colaboradores que tornaram possível esta edição
e pelas críticas e sugestões que possam contribuir para a melhoria da qualidade da informação
apresentada.

Maputo, Janeiro de 2021

1 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


1.INDICADORES SÓCIO-DEMOGRÁFRICOS

Q 1.1 População total por sexo

Indicador Unidade medida 2015 2016 2017 2018 2019

População Total 10 6 25,7 26,4 26,9 28,6 29,3


Homens 10 6 12,4 12,7 12,9 13,8 14,1
Mulheres 10 6 13,3 13,7 14,0 14,8 15,2

População Total % 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0


Homens % 48,3 48,3 48,0 48,1 48,2
Mulheres % 51,7 51,7 52,0 51,9 51,8

Índice de maculinidade % 93,3 93,4 92,3 92,8 93,0

Fonte: INE (Direcção de Estatísticas Demográficas, Vitais e Sociais)

Q 1.2 População total por área de residência

Indicador Unidade medida 2015 2016 2017 2018 2019


População Total 10 6 25,7 26,4 26,9 28,6 29,3
Urbano 10 6 8,2 8,4 9,0 9,6 9,9
Rural 10 6 17,5 18,0 17,9 19,0 19,4

População Total % 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0


Urbano % 31,8 32,1 33,4 33,6 33,8
Rural % 68,2 67,9 66,6 66,4 66,2

Densidade populacional hab/km² 32,2 33,1 33,6 35,8 36,7

Fonte: INE (Direcção de Estatísticas Demográficas, Vitais e Sociais)

2 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 1.3 População total por área de residência e Província

2017 2018 2019


Província
Total Urbano Rural Total Urbano Rural Total Urbano Rural

10 3

Niassa 1 808 465 1 343 1 870 484 1 386 1 934 503 1 430
Homens 873 225 649 905 234 671 937 244 693
Mulheres 935 240 694 965 250 716 997 260 737
Cabo Delgado 2 317 540 1 777 2 386 559 1 826 2 455 579 1 876
Homens 1 122 263 860 1 157 273 884 1 192 282 909
Mulheres 1 194 277 917 1 229 287 942 1 263 297 967

Nampula 5 750 1 853 3 897 5 892 1 916 3 976 6 036 1 980 4 056
Homens 2 805 907 1 898 2 873 939 1 934 2 943 971 1 972
Mulheres 2 945 946 2 000 3 019 977 2 042 3 093 1 009 2 084
Zambézia 5 157 928 4 229 5 292 954 4 337 5 428 982 4 447
Homens 2 472 449 2 023 2 540 462 2 078 2 608 475 2 133

Mulheres 2 684 479 2 206 2 752 492 2 259 2 820 506 2 314
Tete 2 645 565 2 080 2 728 598 2 130 2 813 632 2 181
Homens 1 293 278 1 015 1 336 295 1 041 1 379 312 1 067
Mulheres 1 352 287 1 065 1 393 303 1 089 1 434 320 1 114
Manica 1 943 647 1 296 1 999 678 1 321 2 056 709 1 347
Homens 930 317 613 959 332 626 988 348 640

Mulheres 1 013 330 683 1 040 345 695 1 068 361 707

Fonte: INE (Direcção de Estatísticas Demográficas, Vitais e Sociais)

Q 1.3 População total por área de residência e Província (cont.)

2017 2018 2019


Província
Total Urbano Rural Total Urbano Rural Total Urbano Rural

10 3

Sofala 2 255 937 1 319 2 322 970 1 351 2 389 1 004 1 385
Homens 1 092 465 627 1 125 482 644 1 159 499 661
Mulheres 1 164 472 692 1 196 489 708 1 230 505 724
Inhambane 1 486 409 1 077 1 501 421 1 080 1 516 433 1 084
Homens 680 189 491 689 195 494 698 201 497
Mulheres 806 220 586 812 226 586 818 232 586
Gaza 1 420 429 992 1 428 437 991 1 437 446 991
Homens 644 195 449 648 199 449 653 203 449
Mulheres 776 233 543 780 238 542 784 243 542
Maputo Província 1 965 1 401 564 2 048 1 460 588 2 131 1 520 612
Homens 941 671 270 982 701 282 1 024 730 294
Mulheres 1 024 729 294 1 065 759 306 1 107 789 318
Cidade Maputo 1 118 1 118 - 1 120 1 120 - 1 123 1 123 -
Homens 542 542 - 543 543 - 545 545 -
Mulheres 576 576 - 577 577 - 578 578 -
Total 27 864 9 290 18 574 28 586 9 598 18 988 29 318 9 911 19 407
Homens 13 395 4 501 8 894 13 758 4 654 9 103 14 125 4 810 9 315
Mulheres 14 469 4 789 9 680 14 828 4 943 9 885 15 193 5 101 10 092

Fonte: INE (Direcção de Estatísticas Demográficas, Vitais e Sociais)

3 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 1.4 Taxa de alfabetismo e analfabetismo por área de residência e por sexo

Indicador 2015 2017

Taxa de Alfabetismo 55,1 61,0


Homens 69,9 72,8
Mulheres 42,2 50,6

Urbano 76,9 81,2


Rural 43,4 49,3

Taxa de Analfabetismo 44,9 39


Homens 30,1 27,2
Mulheres 57,8 49,4

Urbano 23,1 18,8


Rural 56,6 50,7

Fonte: INE (Direcção de Estatísticas Demográficas, Vitais e Sociais)

4 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


2. INDICADORES DE SEGURANÇA ALIMENTAR, BEM-ESTAR E VULNERABILIDADE

Q 2.1 Proporção de agregados familiares em insegurança alimentar aguda segundo a Província

Província 2016 2017 2019

Niassa 2,0 4,0 …


Cabo Delgado 4,0 7,0 24,7
Nampula 3,0 6,0 …
Zambézia 20,0 34,0 28,5
Tete 24,0 45,5 27,0

Manica 20,0 37,0 34,8


Sofala 24,0 38,0 29,7
Inhambane 20,0 30,0 37,8
Gaza 39,0 55,0 47,6
Maputo 16,0 22,0 8,9

Cidade Maputo 2,2 … …

Total 15,8 27,9 29,9

Fonte: MADER:SETSAN, Estudo de Base 2013, Relatório Segurança Alimentar 2018 e 2019

Q 2.2 Variação de agregados familiares em insegurança alimentar aguda segundo a Província (p.p)

Província 2016 2017 2019


Niassa 11,1 100,0 …
Cabo Delgado -55,6 75,0 253,1
Nampula -6,3 100,0 …
Zambézia 700,0 70,0 -16,0
Tete 1042,9 89,6 -40,7
Manica 1328,6 85,0 -6,0
Sofala 203,8 58,3 -21,9
Inhambane 376,2 50,0 26,0
Gaza 1014,3 41,0 -13,5
Maputo 1042,9 37,5 -59,5
Cidade Maputo 0,0 … …
Total 344,4 75,9 7,3

Fonte: MADER:SETSAN, Estudo de Base 2013, Relatório Segurança Alimentar 2018 e 2019

5 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 2.3 Taxa de desnutrição aguda em crianças dos 6 - 59 meses de idade segundo a Província

Província 2018 2019

Niassa 2,6 …

Cabo Delgado 5,4 23,7

Nampula 3,0 …

Zambézia 2,8 5,8

Tete 4,6 13,9

Manica 5,5 9,0

Sofala 4,5 18,5

Inhambane 1,3 …

Gaza 2,1 6,5

Maputo 3,1 8,9

Cidade Maputo 2,8 …

Total 3,4 12,3

Fonte: MADER:SETSAN, Relatório Segurança Alimentar 2018 e 2019

Q 2.4 Variação da desnutrição aguda em crianças dos 6 - 59 meses de idade segundo a Província (p.p)

Província 2018 2019


Niassa 23,8 …
Cabo Delgado 157,1 338,9
Nampula -18,9 …
Zambézia -22,2 107,1
Tete 109,1 202,2
Manica 103,7 63,6
Sofala 181,3 311,1
Inhambane 550,0 …
Gaza 110,0 209,5
Maputo 158,3 187,1
Cidade Maputo 300,0 …
Total 78,7 259,7

Fonte: MADER:SETSAN, Relatório Segurança Alimentar 2018 e 2019

6 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


3. INDICADORES ECONÓMICOS

Q 3.1 Produto interno bruto global e do sector agrário

Unidade
Indicador 2015 2016 2017 2018 2019
Medida
PIB preços correntes 10 MT
6
637 760 752 702 840 526 895 567 956 786
Agricultura, Produção Animal, Caça, Silvicultura e Pesca 106 MT 146 150 172 027 210 499 220 020 249 020
Agricultura, Produção Animal, Caça e Silvicultura 106 MT 137 059 162 423 199 312 208 911 237 613
Agricultura 10 MT
6
116 541 141 333 173 412 181 260 209 402
Produção Animal 106 MT 10 503 10 837 14 902 16 378 17 074
Silvicultura e exploração florestal 106 MT 10 014 10 252 10 999 11 273 11 137
Pesca, Aquacultura e Actividades dos serviços relacionados 106 MT 9 091 9 604 11 186 11 109 11 407

PIB preços constantes 106 MT 592 792 615 461 638 488 660 476 675 558
Agricultura, Produção Animal, Caça, Silvicultura e Pesca 10 MT
6
136 974 142 766 148 419 153 459 155 283
Agricultura, Produção Animal, Caça e Silvicultura 106 MT 128 492 133 803 139 111 143 895 145 495
Agricultura 106 MT 109 820 114 769 119 292 123 767 125 166
Produção Animal 106 MT 8 971 9 113 9 689 9 789 9 780
Silvicultura e exploração florestal 106 MT 9 701 9 921 10 131 10 339 10 550
Pesca, Aquacultura e Actividades dos serviços relacionados 106 MT 8 482 8 962 9 308 9 564 9 788

PIB per capita MT 24 789 28 486 30 165 31 329 32 634


PIB per capita USD 648,0 455,0 474,0 520,0 522,0
Taxa de Câmbio USD/MT 38,3 62,6 63,6 60,3 62,6

Fonte: INE (Direcção de Contas Nacionais e Indicadores Globais)

Q 3.2 Peso do VAB agrário no produto interno bruto

Indicador 2015 2016 2017 2018 2019

PIB preços correntes 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0


Agricultura, Produção Animal, Caça, Silvicultura e Pesca 22,9 22,9 25,0 24,6 26,0
Agricultura, Produção Animal, Caça e Silvicultura 21,5 21,6 23,7 23,3 24,8
Agricultura 18,3 18,8 20,6 20,2 21,9
Produção Animal 1,6 1,4 1,8 1,8 1,8
SilviCultura 1,6 1,4 1,3 1,3 1,2
Pesca, Aquacultura e Actividades dos serviços 1,4 1,3 1,3 1,2 1,2
relacionados
PIB preços constantes 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0
Agricultura, Produção Animal, Caça, Silvicultura e Pesca 23,1 23,2 23,2 23,2 23,0
Agricultura, Produção Animal, Caça e Silvicultura 21,7 21,7 21,8 21,8 21,5
Agricultura 18,5 18,6 18,7 18,7 18,5
Produção Animal 1,5 1,5 1,5 1,5 1,4
SilviCultura 1,6 1,6 1,6 1,6 1,6
Pesca, Aquacultura e Actividades dos serviços 1,4 1,5 1,5 1,4 1,4
relacionados

Fonte: INE (Direcção de Contas Nacionais e Indicadores Globais)

7 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


G 3.1 Taxa de crescimento do VAB do sector agrário (%)

Fonte: INE (Direcção de Contas Nacionais e Indicadores Globais)

G 3.2 Orçamento alocado à agricultura em Moçambique

Valores em 1.000.000 MT
1 -Refere-se a Despesa total por sectores excluindo juros e operações financeiras
2 - Inclui Fundo de Desenvolvimento Distrital, infra-estruturas sócio-económicas, actividade económica e projectos de desenvolvimento rural

Fonte: Conta Geral Estado (2015-2018), MEF (Relatório de Execução Orçamental 2019)

8 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


G 3.3 Evolução do peso de orçamento alocado à agricultura (%)

Fonte: Conta Geral Estado (2015-2018), MEF (Relatório de Execução Orçamental 2019)

3.3 Indice de preços no consumidor

Indicador Unidade medida 2015 2016 2017 2018 2019

Indice de Preços no Consumidor (2016=100) Número Índice 83,5 100,0 115,1 119,6 122,9
Variação média anual % 3,6 19,9 15,1 3,9 2,8

Preços de produtos alimentares (2016=100) Número Índice 75,7 100,0 116,4 116,3 120,2
Variação média anual % 5,2 32,1 16,4 -0,1 2,8

Fonte: INE (Direcção de Contas Nacionais e Indicadores Globais)

9 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


4. UNIDADES ESTATÍSTICAS DO SECTOR AGRÁRIO

G 4.1 Unidades estatísticas que praticam actividades agrárias em Moçambique

Valor em número

Fonte: INE (Direcção de Estatísticas Sectoriais e de empresas)


Unidades estatísticas Inclui-se empresas e instituições sem fins lucrativos registados (associações e fundações) no Ficheiro de Unidades Estatísticas do INE

Q 4.1 Unidades estatísticas que praticam actividades agrárias segundo a Província em 2019 (número)

Agricultura, produção animal, Silvicultura e


Província Pescas e Aquacultura Total
caça e serviços relacionados Exploração Florestal
Niassa 48 8 3 59
Cabo Delgado 105 21 7 133
Nampula 75 8 4 87
Zambézia 172 44 3 219
Tete 56 39 58 153
Manica 182 31 … 213
Sofala 98 13 21 132
Inhambane 108 31 15 154
Gaza 327 5 3 335
Maputo 172 2 2 176
Cidade Maputo 112 5 20 137
Total 1455 207 136 1 798

Fonte:INE (Direcção de Estatisticas Sectoriais e de Empresas)

10 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 4.2 Unidades estatísticas que praticam actividades agrárias segundo a Província em 2019 (%)

Agricultura, produção animal, Silvicultura e


Província Pescas e Aquacultura Total
caça e serviços relacionados Exploração Florestal
Niassa 81,4 13,6 5,1 100,0
Cabo Delgado 78,9 15,8 5,3 100,0
Nampula 86,2 9,2 4,6 100,0
Zambézia 78,5 20,1 1,4 100,0
Tete 36,6 25,5 37,9 100,0
Manica 85,4 14,6 … 100,0
Sofala 74,2 9,8 15,9 100,0
Inhambane 70,1 20,1 9,7 100,0
Gaza 97,6 1,5 0,9 100,0
Maputo 97,7 1,1 1,1 100,0
Cidade Maputo 81,8 3,6 14,6 100,0
Total 80,9 11,5 7,6 100,0

Fonte:INE (Direcção de Estatisticas Sectoriais e de Empresas)

Q 4.3 Unidades estatísticas que praticam agricultura, produção animal, caça e serviços relacionados segundo a
Província em 2019 (%)

Fonte:INE (Direcção de Estatisticas Sectoriais e de Empresas)

11 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


5. TERRA E ÁREA AGRÍCOLA

5.1 Direito e uso de aproveitamento da terra

G 5.1.1 Área concedida para uso e aproveitamento da terra para fins agrícolas

Hectares

Fonte: Ministério da Terra e Ambiente - Direcção Nacional do Desenvolvimento Territorial

5.2.Área cultivada

Q 5.2.1 Distribuição da área cultivada por culturas alimentares básicas (hectar)

Culturas 2015 2016 2017 2018 2019


Milho 1 570 526 1 655 287 1 429 086 1 613 535 1 643 827
Mapira 197 422 250 276 236 503 220 217 229 194
Mexoeira 29 687 50 300 49 556 51 215 53 277
Amendoim Grande 99 274 121 189 123 779 127 145 136 834
Amendoim Pequeno 283 028 342 225 363 669 378 205 394 434
Mandioca 620 606 776 231 759 939 758 992 771 726
Batata-doce polpa alaranjada 9 076 14 992 20 729 28 468 35 288
Batata-doce polpa não alaranjada 35 694 51 056 54 610 59 165 62 239
Feijão Manteiga 86 257 99 515 102 049 106 133 112 393
Feijão Nhemba 305 541 359 842 362 323 376 979 393 794
Feijão jugo 58 557 71 945 71 967 77 254 85 868
Feijão boer 183 073 287 351 301 332 316 526 347 941

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

12 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.2 Distribuição da área cultivada de cereais segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 129 921 152 116 148 362 137 909 133 417
Cabo Delgado 203 991 193 657 171 375 186 728 193 621
Nampula 213 710 221 677 187 053 209 089 214 715
Zambézia 319 746 346 959 304 823 332 205 339 770
Tete 312 971 299 293 235 223 269 891 271 554
Manica 225 894 278 018 216 723 247 918 252 431
Sofala 143 481 244 732 195 086 233 355 244 504
Inhambane 62 151 55 144 73 538 76 370 79 451
Gaza 106 593 84 057 96 627 99 042 98 222
Maputo 79 177 80 210 86 335 92 460 98 613
Total 1 797 635 1 955 863 1 715 145 1 884 967 1 926 298

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.3 Distribuição da área cultivada de milho segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 117 081 134 285 130 522 124 110 118 606
Cabo Delgado 163 984 152 773 133 329 151 518 156 815
Nampula 175 690 173 186 141 179 165 832 171 074
Zambézia 295 854 312 392 273 006 303 139 309 454
Tete 269 769 254 020 191 735 225 788 226 836
Manica 198 072 236 234 178 415 213 087 216 075
Sofala 113 634 187 439 139 653 179 781 189 790
Inhambane 56 331 48 098 65 924 67 549 69 428
Gaza 100 950 76 730 89 061 90 337 87 223
Maputo 79 161 80 130 86 262 92 394 98 526
Total 1 570 526 1 655 287 1 429 086 1 613 535 1 643 827

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

13 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.4 Distribuição da área cultivada de mapira segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 12 013 13 795 13 723 9 600 11 085


Cabo Delgado 36 999 36 742 33 621 30 501 32 381
Nampula 37 001 46 135 43 749 41 362 41 977
Zambézia 22 891 32 448 30 085 27 721 29 358
Tete 29 546 34 665 33 951 33 237 33 523
Manica 23 779 30 252 26 105 21 957 22 811
Sofala 28 188 51 107 49 666 48 226 48 785
Inhambane 4 189 3 516 3 846 4 816 4 780
Gaza 2 812 1 559 1 703 2 747 4 463
Maputo 4 57 54 50 31
Total 197 422 250 276 236 503 220 217 229 194

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.5 Distribuição da área cultivada de meixoeira segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 827 4 036 4 117 4 199 3 726


Cabo Delgado 3 008 4 142 4 425 4 709 4 425
Nampula 1 019 2 356 2 125 1 895 1 664
Zambézia 1 001 2 119 1 732 1 345 958
Tete 13 656 10 608 9 537 10 866 11 195
Manica 4 043 11 532 12 203 12 874 13 545
Sofala 1 659 6 186 5 767 5 348 5 929
Inhambane 1 631 3 530 3 768 4 005 5 243
Gaza 2 831 5 768 5 863 5 958 6 536
Maputo 12 23 19 16 56
Total 29 687 50 300 49 556 51 215 53 277

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

14 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.6 Distribuição da área cultivada de amendoim segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 7 413 7 180 10 648 10 517 12 357
Cabo Delgado 39 657 41 268 42 240 42 493 44 709
Nampula 139 278 165 403 170 690 176 177 182 464
Zambézia 41 764 61 057 62 952 64 846 68 740
Tete 44 708 44 811 45 540 47 269 48 682
Manica 13 361 22 456 23 374 24 291 24 611
Sofala 5 591 15 121 15 711 17 301 18 403
Inhambane 41 542 41 876 47 822 49 755 51 322
Gaza 16 971 30 167 30 818 31 471 34 172
Maputo 32 017 34 075 37 653 41 230 45 808
Total 382 302 463 414 487 448 505 350 531 268

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.7 Distribuição da área cultivada de amendoim grande segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 4 361 5 844 8 401 8 534 9 564
Cabo Delgado 27 776 32 037 32 349 32 661 33 973
Nampula 28 552 32 068 32 186 32 504 33 622
Zambézia 8 817 12 877 11 828 10 779 11 729
Tete 19 769 19 051 19 078 20 105 20 817
Manica 5 259 3 699 3 729 3 758 4 787
Sofala 836 5 524 5 691 6 858 7 944
Inhambane 2 349 5 804 6 028 7 253 7 520
Gaza 1 121 3 494 3 643 3 793 4 923
Maputo 434 791 846 900 1 955
Total 99 274 121 189 123 779 127 145 136 834

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

15 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.8 Distribuição da área cultivada de amendoim pequeno segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 3 052 1 336 2 247 1 983 2 793
Cabo Delgado 11 881 9 231 9 891 9 832 10 736
Nampula 110 726 133 335 138 504 143 673 148 842
Zambézia 32 947 48 180 51 124 54 067 57 011
Tete 24 939 25 760 26 462 27 164 27 865
Manica 8 102 18 757 19 645 20 533 19 824
Sofala 4 755 9 597 10 020 10 443 10 459
Inhambane 39 193 36 072 41 794 42 502 43 802
Gaza 15 850 26 673 27 175 27 678 29 249
Maputo 31 583 33 284 36 807 40 330 43 853
Total 283 028 342 225 363 669 378 205 394 434

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.9 Distribuição da área cultivada de raizes e tubérculos segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 15 591 31 729 33 486 35 589 38 718
Cabo Delgado 100 772 97 255 93 652 96 049 98 111
Nampula 233 923 305 453 309 577 313 702 318 243
Zambézia 174 854 243 014 236 239 239 463 242 475
Tete 10 636 6 131 5 998 5 865 6 357
Manica 16 997 20 788 21 123 21 460 22 796
Sofala 11 877 30 284 32 039 33 791 36 065
Inhambane 57 955 46 714 40 312 34 911 37 966
Gaza 25 464 32 730 32 390 32 051 33 498
Maputo 17 307 28 181 30 462 33 744 35 024
Total 665 376 842 279 835 278 846 625 869 253

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

16 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.10 Distribuição da área cultivada de mandioca segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 12 236 26 787 27 052 27 664 28 696


Cabo Delgado 97 725 94 391 90 651 91 911 92 836
Nampula 232 145 301 938 306 052 310 166 314 279
Zambézia 163 705 224 756 215 978 217 199 218 754
Tete 2 374 1 639 1 061 483 924
Manica 11 198 14 589 13 640 12 692 12 743
Sofala 9 000 21 006 21 611 22 215 22 820
Inhambane 57 353 44 336 37 612 30 887 33 620
Gaza 19 935 27 536 26 016 24 496 24 763
Maputo 14 935 19 253 20 266 21 279 22 291
Total 620 606 776 231 759 939 758 992 771 726

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.11 Distribuição da área cultivada de batata-doce de polpa alaranjada segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 981 461 1 164 1 867 3 175


Cabo Delgado 628 1 509 1 608 2 707 3 806
Nampula 1 094 1 217 1 244 1 272 1 717
Zambézia 397 1 474 2 446 3 418 3 845
Tete 3 797 1 401 2 690 3 979 4 874
Manica 597 896 1 601 2 306 3 011
Sofala 229 1 284 2 042 2 799 3 557
Inhambane 111 414 662 911 2 159
Gaza 964 856 1 538 2 221 2 903
Maputo 278 5 480 5 734 6 988 6 241
Total 9 076 14 992 20 729 28 468 35 288

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

17 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.12 Distribuição da área cultivada de batata-doce de polpa não alaranjada segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 2 374 4 481 5 270 6 058 6 847


Cabo Delgado 2 419 1 355 1 393 1 431 1 469
Nampula 684 2 298 2 281 2 264 2 247
Zambézia 10 752 16 784 17 815 18 846 19 876
Tete 4 465 3 091 2 247 1 403 559
Manica 5 202 5 303 5 882 6 462 7 042
Sofala 2 648 7 994 8 386 8 777 9 688
Inhambane 491 1 964 2 038 3 113 2 187
Gaza 4 565 4 338 4 836 5 334 5 832
Maputo 2 094 3 448 4 462 5 477 6 492
Total 35 694 51 056 54 610 59 165 62 239

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2012 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.13 Distribuição da área cultivada de feijões segundo a Província (hectar)

Província
2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 40 504 60 621 63 056 66 259 71 174


Cabo Delgado 72 990 59 222 59 164 62 106 66 255
Nampula 122 946 177 875 183 591 189 308 199 383
Zambézia 152 212 242 076 251 352 262 230 281 528
Tete 87 810 95 120 97 984 101 624 106 427
Manica 42 323 48 813 49 159 52 101 56 228
Sofala 23 194 31 471 32 378 34 407 37 762
Inhambane 37 797 36 253 33 078 35 743 38 686
Gaza 36 032 39 435 37 784 40 431 44 294
Maputo 17 620 27 767 30 125 32 683 38 259
Total 633 428 818 653 837 671 876 892 939 996

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

18 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.14 Distribuição da área cultivada de feijão manteiga segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 18 849 26 047 27 331 27 576 28 619
Cabo Delgado 579 426 442 458 851
Nampula 595 1 542 1 548 1 554 2 560
Zambézia 13 311 16 029 16 161 16 796 17 682
Tete 30 957 35 355 35 680 36 620 37 536
Manica 13 568 10 829 11 006 11 824 12 573
Sofala 4 854 2 926 3 104 3 812 4 635
Inhambane 64 717 755 893 572
Gaza 3 318 4 115 4 449 4 783 5 704
Maputo 162 1 529 1 573 1 817 1 661
Total 86 257 99 515 102 049 106 133 112 393

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017


Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.15 Distribuição da área cultivada de feijão nhemba segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 10 424 15 389 15 698 16 815 17 882
Cabo Delgado 44 552 28 735 27 157 27 579 28 879
Nampula 71 908 97 909 101 442 104 976 108 509
Zambézia 30 690 39 807 40 109 40 511 41 713
Tete 46 237 49 406 51 140 52 874 54 608
Manica 13 616 23 533 23 682 24 831 26 313
Sofala 12 742 18 754 19 244 19 735 20 715
Inhambane 32 966 33 347 30 355 32 628 33 676
Gaza 25 931 27 512 25 743 26 975 29 141
Maputo 16 475 25 450 27 753 30 055 32 358
Total 305 541 359 842 362 323 376 979 393 794

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

19 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.2.16 Distribuição da área cultivada de feijão jugo segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 1 712 3 868 3 728 4 588 5 704
Cabo Delgado 7 280 8 469 8 516 9 563 10 563
Nampula 20 065 33 490 34 010 34 530 35 502
Zambézia 6 181 7 377 7 379 8 381 8 704
Tete 4 172 3 151 3 307 3 623 4 715
Manica 6 135 5 442 5 462 5 814 6 708
Sofala 1 306 2 333 2 283 2 234 2 889
Inhambane 4 718 1 618 1 380 1 617 2 932
Gaza 6 268 5 722 5 426 6 426 6 672
Maputo 720 475 476 478 1 479
Total 58 557 71 945 71 967 77 254 85 868

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.2.17 Distribuição da área cultivada de feijão boer segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 9 519 15 317 16 299 17 280 18 969


Cabo Delgado 20 579 21 592 23 049 24 506 25 962
Nampula 30 378 44 934 46 591 48 248 52 812
Zambézia 102 030 178 863 187 703 196 542 213 429
Tete 6 444 7 208 7 857 8 507 9 568
Manica 9 004 9 009 9 009 9 632 10 634
Sofala 4 292 7 458 7 747 8 626 9 523
Inhambane 49 571 588 605 1 506
Gaza 515 2 086 2 166 2 247 2 777
Maputo 263 313 323 333 2 761
Total 183 073 287 351 301 332 316 526 347 941

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

20 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


5.3 Área irrigada e beneficiários

Q 5.3.1 Área de regadios construidos e reabilitados segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa … … … … …
Cabo Delgado … … … … …
Nampula … … … … …
Zambézia 60 288 180 446 …
Tete … … … … …
Manica 217 46 947 … …
Sofala … 90 620 … …
Inhambane … 1000 … … …
Gaza 733 877 583 … 374
Maputo … 32 212 226 …
Total 1010 2 333 2542 672 374

Fonte: Ministério de Agricultrua e Desenvolvimento Rural - Instituto Nacional de Irrigação

Q 5.3.2 Beneficiários de regadios construidos e reabilitados segundo a Província (Número)

Província 2015 2016 2017


Niassa … … …
Cabo Delgado … … …
Nampula … … …
Zambézia 36 41 248
Tete … … …
Manica 180 0 740
Sofala … 145 692
Inhambane … 0 …
Gaza 0 0 0
Maputo … 0 0
Total 216 186 1 680

Fonte: Ministério de Agricultrua e Desenvolvimento Rural - Instituto Nacional de Irrigação


… sem nenhum investimento público

21 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 5.3.3 Área agrícola irrigada de pequenas e médias explorações segundo a Província (hectar)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 9 227 11 379 10 745 13 153 14 378


Cabo Delgado 5 051 6 079 8 789 10 073 11 134
Nampula 8 341 5 378 6 855 5 022 6 477
Zambézia 4 901 4 463 3 093 3 793 4 419
Tete 32 544 19 247 13 646 15 604 17 105
Manica 10 718 15 074 15 584 16 352 17 019
Sofala 2 380 3 405 5 303 7 821 8 521
Inhambane 4 299 6 299 7 230 8 218 9 511
Gaza 11 206 12 865 15 702 16 066 17 392
Maputo 7 508 8 845 7 981 8 658 9 140
Total 96 175 93 034 94 928 104 760 115 096

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 5.3.4 Variação percentual da área irrigada e beneficiários segundo a Província

Província 2016 2017 2018 2019


Niassa 23,3 -5,6 22,4 9,3
Cabo Delgado 20,3 44,6 14,6 10,5
Nampula -35,5 27,5 -26,7 29,0
Zambézia -8,9 -30,7 22,6 16,5
Tete -40,9 -29,1 14,3 9,6
Manica 40,6 3,4 4,9 4,1
Sofala 43,1 55,7 47,5 9,0
Inhambane 46,5 14,8 13,7 15,7
Gaza 14,8 22,1 2,3 8,3
Maputo 17,8 -9,8 8,5 5,6
Total -3,3 2,0 10,4 9,9

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI)/INE

22 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


6.MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA E PROVEDORES DE SERVIÇOS

Q 6.1 Distribuição de equipamento alocado aos provedores de serviços entre 2015 e 2019 segundo a Província
(Número)

Grade Distribuidor de sementes


Província Tractor Charrua Grade aradora Subsolador
Niveladora e adubo inorganico

Niassa 42 34 17 22 8 7
Cabo Delgado 46 40 23 19 6 8
Nampula 57 57 49 41 17 22
Zambézia 55 44 35 35 9 14
Tete 26 24 16 13 3 4
Manica 49 39 34 31 14 16
Sofala 53 45 40 41 9 14
Inhambane 18 14 13 10 0 3
Gaza 97 88 63 73 16 26
Maputo 52 39 25 20 4 9
Total 495 424 315 305 86 123

Fonte: Fundo do Desenvolvimento Agrário

Q 6.2 Distribuição de equipamento agrário alocado aos provedores do serviços entre 2015-2020 segundo a
Província (cont.)

Espalhador
Pulverizador
de Calcário Atomizador Semeador adubadeira
Província mecanico Capinadeira Atrelado
e adubos de dorso de grãos
rebocado
Organicos

Niassa 8 4 8 24 9 30
Cabo Delgado 3 3 2 18 6 15
Nampula 18 5 8 43 18 43
Zambézia 9 1 7 34 13 48
Tete 2 0 2 12 3 20
Manica 12 10 13 26 17 30
Sofala 9 6 8 30 15 42
Inhambane 4 0 1 5 5 10
Gaza 25 8 13 38 21 63
Maputo 7 9 4 12 13 31
Total 97 46 66 242 120 332

Fonte: Fundo do Desenvolvimento Agrário

23 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 6.3 Distribuição de provedores de serviços de mecanização agrícola segundo a Província (Número)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 9 0 5 1 1
Cabo Delgado 17 0 5 0 1
Nampula 15 0 9 1 1
Zambézia 4 0 13 1 1
Tete 11 0 4 0 0
Manica 5 5 3 1 4
Sofala 9 0 5 1 -1
Inhambane 4 0 4 0 1
Gaza 24 0 6 1 3
Maputo 16 2 15 0 3
Total 114 7 69 6 14

Fonte: Fundo do Desenvolvimento Agrário

Q 6.4 Distribuição de tractores alocados aos provedores de serviços privados segundo a Província (Número)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 34 0 7 1 6
Cabo Delgado 39 0 9 10 13
Nampula 43 0 2 11 1
Zambézia 14 0 38 3 0
Tete 21 4 0 0
Manica 12 24 6 3 3
Sofala 49 0 4 0 0
Inhambane 13 0 4 0 1
Gaza 91 0 5 2 1
Maputo 45 0 6 0 1
Total 361 24 85 28 26

Fonte: Fundo do Desenvolvimento Agrário

24 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 6.5 Distribuição da área lavrada e gradada pelos provedores de serviços segundo a Província (Número)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 2 419 2 947 3 610 4 091 2 680


4 295 5 293 3 225
Cabo Delgado 839 3 747
5 259 7 815 5 139
Nampula 2 383 5 705
Zambézia 190 602 2 528 4 169 3 171

Tete 346 1 221 2 307 1 871 1 503

Manica 604 3 375 3 772 7 497 4 724

Sofala 1 856 3 528 3 983 3 558 2 458

Inhambane 240 975 504 427 241

Gaza 5 506 6 919 10 194 3 270 4 603

Maputo 1 067 3 253 4 478 3 660 2 621

Total 15 450 32 374 40 828 41 651 30 365

Fonte: Fundo do Desenvolvimento Agrário

Q 6.6 Produtores agrícolas beneficiados pelos serviços de mecanização agrícola segundo a Província (Número)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 843 879 237 1 066 398


2 344 1 727 997
Cabo Delgado 11 1 691
2 087 4 935 4 190
Nampula 396 3 179
Zambézia 12 362 845 1 730 1 947

Tete 9 166 99 490 546

Manica 27 1 073 3 033 4 628 3 586

Sofala 46 855 1 134 1 646 1 134

Inhambane 5 23 79 114 21

Gaza 359 471 6 302 1 430 1 803

Maputo 79 2 135 3 615 1 916 1 114

Total 1 787 10 395 20 214 19 682 15 736

Fonte: Fundo do Desenvolvimento Agrário

25 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


7. CRÉDITO AO SECTOR AGRÁRIO

Q 7.1 Distribuição do crédito para meio circulantes por actividade agrária e por finalidade

Actividade/Cultura/finalidade 2015 2016 2017 2018 2019

10 MT
6

Agricultura 3 641 4 280 4 311 3 569 4 156


Chá 1 034 1 334 644 644 1 393
Açúcar 2 3 0 321 220
Cajú 458 1 421 1 217 1 359 759
Sisal 0 0 0 41 0
Copra 69 69 98 102 73
Algodão 398 460 309 207 346
Outros 1 679 994 2 042 895 1 365
Pecuária 200 251 221 293 646
Silvicultura e Exploração Florestal 0 0 2 65 24
Pescas 1 013 498 1 153 1 138 1 060
Total Sector agrário 4 854 5 030 5 687 5 065 5 886
Total do Crédito à economia 125 849 122 806 116 356 118 912 131 101
Fonte: Banco de Moçambique

Q 7.2 Distribuição do crédito para investimento por actividade agrária e finalidade

Actividade/Cultura/finalidade 2015 2016 2017 2018 2019


106 MT
Agricultura 2 692 3 849 1 784 1 860 1 613
Chá 0 0 0 0 0
Açúcar 170 279 278 273 446
Cajú 44 171 138 113 69
Sisal 0 0 0 0 0
Copra 0 0 1 0 0
Algodão 450 568 541 486 423
Outros 2 027 2 830 826 988 675
Pecuária 135 293 302 217 218
Silvicultura e Exploração Florestal 136 81 69 92 139
Pescas 433 1 315 391 376 256
Total Sector agrário 3 396 5 539 2 546 2 545 2 226
Total do crédito à economia 100 277 143 275 104 938 94 949 87 639

Fonte: Banco de Moçambique

26 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 7.3 Distribuição do crédito e investimento ao sector agrário por finalidade

Actividade/Cultura/finalidade 2015 2016 2017 2018 2019

106 MT
Agricultura 6 333 8 129 6 094 5 428 5 769
Chá 1 034 1 334 644 644 1 394
Açúcar 173 282 278 594 665
Cajú 502 1 592 1 355 1 472 828
Sisal 0 0 0 41 0
Copra 69 69 98 102 73
Algodão 848 1 028 850 692 769
Outros 3 706 3 824 2 869 1 883 2 040
Pecuária 335 544 524 510 864
Silvicultura e Exploração Florestal 136 81 71 157 163
Pescas 1 445 1 814 1 544 1 515 1 316
Total Sector agrário 8 250 10 568 8 233 7 610 8 111
Total do crédito à economia 226 126 266 081 225 768 213 861 218 740

Fonte: Banco de Moçambique

27 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


8. PRODUÇÃO AGRÍCOLA, PECUÁRIA E DE PESCA

8.1 Produção de culturas básicas alimentares

Q 8.1.1 Distribuição da produção agrícola de culturas alimentares básicas (Tonelada)

Cultura 2015 2016 2017 2018 2019

Arroz 126 884 147 048 159 488 170 128 179 836

Milho 1 041 799 1 231 468 1 317 372 1 406 793 1 451 686

Mapira 82 512 126 879 139 470 148 130 158 192

Mexoeira 10 916 24 869 18 744 33 464 40 545

Amendoim Grande 20 551 21 372 20 579 19 787 35 466

Amendoim Pequeno 72 246 95 382 91 323 103 651 115 754

Mandioca 4 353 170 4 560 638 6 091 081 6 346 024 6 019 200

Batata doce de polpa alaranjada 125 692 96 998 84 331 96 641 105 200

Batata doce de polpa nao alaranjada 264 715 354 123 425 723 390 605 399 615

Feijão Manteiga 47 465 65 792 67 983 74 261 82 437

Feijão Nhemba 63 245 87 514 98 442 108 189 119 573

Feijão Jugo 15 306 21 701 17 494 22 474 28 787

Feijão Boer 69 210 118 397 148 447 156 284 168 714

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.2 Variação percentual da produção de culturas alimentares básicas

Cultura 2016 2017 2018 2019


Amendoim Grande 3,99 -3,71 -3,85 79,23
Amendoim Pequeno 32,02 -4,25 13,50 11,68
Arroz 15,89 8,46 6,67 5,71
Batata doce de polpa alaranjada -22,83 -13,06 14,60 8,86
Batata doce de polpa nao alaranjada 33,78 20,22 -8,25 2,31
Feijão Boer 71,07 25,38 5,28 7,95
Feijão Jugo 41,78 -19,38 28,46 28,09
Feijão Manteiga 38,61 3,33 9,23 11,01
Feijão Nhemba 38,37 12,49 9,90 10,52
Mandioca 4,77 33,56 4,19 -5,15
Mapira 53,77 9,92 6,21 6,79
Mexoeira 127,82 -24,63 78,53 21,16
Milho 18,21 6,98 6,79 3,19

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI).

28 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.3 Distribuição de produção de milho segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 92 417 102 360 143 697 116 725 118 994
Cabo Delgado 93 937 102 487 126 940 126 480 132 787
Nampula 96 201 100 021 134 983 117 256 119 799
Zambézia 168 703 191 074 271 240 246 210 257 088
Tete 213 031 249 185 221 724 259 372 259 700
Manica 150 064 209 646 137 439 216 141 222 070
Sofala 87 224 126 931 161 871 146 494 151 088
Inhambane 37 013 39 083 29 141 43 222 44 764
Gaza 38 104 51 306 50 756 64 675 69 052
Maputo 65 104 59 375 39 580 70 219 76 344
Total 1 041 798 1 231 468 1 317 371 1 406 794 1 451 686

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.4 Distribuição de produção de arroz segundo a Província (Tonelada)

Provincia 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 1 774 4 564 5 721 7 179 7 576
Cabo Delgado 7 637 21 820 23 151 24 482 24 813
Nampula 9 350 15 139 16 401 16 663 17 925
Zambézia 33 380 53 500 54 591 55 681 56 772
Tete 164 920 948 976 1 004
Manica 186 1 648 2 689 3 729 4 770
Sofala 14 919 21 880 23 424 24 969 25 513
Inhambane 601 2 626 3 716 4 806 5 896
Gaza 57 191 24 199 26 823 29 447 32 070
Maputo 1 682 752 2 024 2 197 3 497
Total 126 884 147 048 159 488 170 129 179 836

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

29 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.5 Distribuição de produção de mapira segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 5 905 8 929 8 707 10 517 12 110
Cabo Delgado 14 336 10 439 19 550 20 519 21 519
Nampula 13 232 15 555 16 632 17 794 18 794
Zambézia 8 289 17 309 19 870 20 525 22 409
Tete 12 841 22 297 23 252 24 207 25 162
Manica 11 570 21 895 20 968 22 040 23 112
Sofala 15 532 26 265 25 961 26 656 28 351
Inhambane 692 2 485 2 754 4 023 4 817
Gaza 78 1 641 1 709 1 777 1 845
Maputo 36 63 68 72 72
Total 82 512 126 879 139 470 148 130 158 192

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.6 Distribuição de produção de mexoeira segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 348 694 2 037 3 100 4 106
Cabo Delgado 1 381 2 370 2 807 3 794 5 006
Nampula 236 2 350 592 2 542 3 734
Zambézia 188 1 108 195 2 408 3 408
Tete 4 712 6 265 2 648 5 952 6 795
Manica 2 331 7 229 5 094 8 446 9 055
Sofala 1 160 2 251 2 960 4 180 5 180
Inhambane 428 860 985 1 037 1 126
Gaza 133 1 685 1 427 1 941 2 069
Maputo 0 56 0 63 66
Total 10 916 24 869 18 744 33 464 40 545

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

30 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.7 Distribuição da produção de cereais segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 100 445 116 548 160 163 137 521 142 786
Cabo Delgado 117 291 137 116 172 447 175 274 184 124
Nampula 119 019 133 065 168 609 154 256 160 253
Zambézia 210 559 262 991 345 896 324 825 339 678
Tete 230 749 278 668 248 572 290 507 292 662
Manica 164 150 240 419 166 189 250 357 259 007
Sofala 118 835 177 327 214 216 202 299 210 132
Inhambane 38 734 45 054 36 596 53 088 56 602
Gaza 95 505 78 832 80 715 97 839 105 037
Maputo 66 822 60 246 41 672 72 551 79 979
Total 1 262 110 1 530 264 1 635 074 1 758 515 1 830 259

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.8 Distribuição do rendimento agrícola de cereais segundo a Província (Kg/ha)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 773 766 1 080 997 1 070
Cabo Delgado 575 708 1 006 939 951
Nampula 557 600 901 738 746
Zambézia 659 758 1 135 978 1 000
Tete 737 931 1 057 1 076 1 078
Manica 727 865 767 1 010 1 026
Sofala 828 725 1 098 867 859
Inhambane 623 817 498 695 712
Gaza 896 938 835 988 1 069
Maputo 844 751 483 785 811
Total 702 782 953 933 950

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI).

31 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.9 Distribuição da produção percapita de cereais segundo a Província (Kg/hab)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 79 88 119,2 99,2 99,8
Cabo Delgado 82 95 97,1 96,0 98,2
Nampula 35 39 43,3 38,8 39,5
Zambézia 55 68 81,8 74,9 76,4
Tete 102 123 119,5 136,4 134,2
Manica 107 157 128,2 189,5 192,3
Sofala 88 131 162,5 149,7 151,7
Inhambane 34 39 34,0 49,1 52,2
Gaza 91 74 81,4 98,7 106,0
Maputo 131 115 73,9 123,4 130,8
Total 71 85 88,0 92,6 94,3

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI)/INE

Q 8.1.10 Distribuição de produção de amendoim grande segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 1 051 2 102 2 153 2 203 2 515
Cabo Delgado 5 319 7 461 6 835 6 210 9 178
Nampula 7 241 2 659 2 659 2 659 10 118
Zambézia 1 092 1 677 1 093 509 1 968
Tete 4 042 3 623 3 547 3 472 3 913
Manica 1 114 1 030 1 045 1 060 1 416
Sofala 439 1 504 1 547 1 590 3 436
Inhambane 146 551 772 993 1 583
Gaza 59 500 649 799 1 031
Maputo 49 266 280 294 308
Total 20 551 21 372 20 579 19 787 35 466

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

32 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.11 Distribuição de produção de amendoim pequeno segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 779 2 530 2 563 2 712 4 018
Cabo Delgado 3 190 3 101 7 202 3 365 4 565
Nampula 28 551 40 867 45 300 41 836 43 321
Zambézia 7 483 10 089 12 332 11 135 12 658
Tete 5 608 8 148 3 483 9 036 10 480
Manica 2 144 3 822 3 230 4 272 5 498
Sofala 1 480 1 789 2 121 2 010 3 120
Inhambane 6 252 7 153 8 613 7 780 8 780
Gaza 2 203 6 123 1 593 7 123 7 623
Maputo 14 556 11 759 4 886 14 382 15 693
Total 72 246 95 382 91 323 103 651 115 754

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.12 Distribuição da produção de cultura de amendoim segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 1 829 4 632 4 716 4 916 6 533
Cabo Delgado 8 509 10 562 14 037 9 574 13 743
Nampula 35 792 43 526 47 958 44 495 53 439
Zambézia 8 575 11 766 13 425 11 643 14 626
Tete 9 650 11 770 7 030 12 508 14 393
Manica 3 257 4 852 4 275 5 332 6 914
Sofala 1 919 3 293 3 668 3 600 6 556
Inhambane 6 398 7 704 9 385 8 773 10 363
Gaza 2 262 6 623 2 243 7 922 8 654
Maputo 14 606 12 026 5 166 14 676 16 001
Total 92 798 116 753 111 903 123 438 151 220

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

33 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.13 Distribuição do rendimento agrícola de amendoim segundo a Província (Kg/ha)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 247 645 443 467 529
Cabo Delgado 215 256 332 225 307
Nampula 257 263 281 253 293
Zambézia 205 193 213 180 213
Tete 216 263 154 265 296
Manica 244 216 183 219 281
Sofala 343 218 233 208 356
Inhambane 154 184 196 176 202
Gaza 133 220 73 252 253
Maputo 456 353 137 356 349
Total 243 252 230 244 285

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI)/INE

Q 8.1.14 Distribuição da produção per capita de amendoim segundo a Província (Kg/hab)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 1,4 3,5 3,5 3,5 4,6
Cabo Delgado 6,0 7,3 7,9 5,2 7,3
Nampula 10,5 12,6 12,3 11,2 13,2
Zambézia 2,3 3,0 3,2 2,7 3,3
Tete 4,3 5,2 3,4 5,9 6,6
Manica 2,1 3,2 3,3 4,0 5,1
Sofala 1,4 2,4 2,8 2,7 4,7
Inhambane 5,5 6,7 8,7 8,1 9,6
Gaza 2,2 6,2 2,3 8,0 8,7
Maputo 28,7 23,0 9,2 25,0 26,2
Total 5,2 6,5 6,0 6,5 7,8

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI)/INE

34 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.15 Distribuição de produção agrícola de mandioca segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 118 589 197 251 206 216 215 181 224 146
Cabo Delgado 730 055 657 344 735 292 752 239 799 686
Nampula 1 211 119 1 241 776 1 706 117 1 624 226 1 821 429
Zambézia 1 183 959 1 021 574 1 875 617 1 984 762 1 349 298
Tete 25 613 35 474 33 996 32 517 39 377
Manica 210 000 225 184 238 690 252 195 265 701
Sofala 120 294 121 544 118 675 115 807 118 938
Inhambane 425 180 738 000 828 615 985 859 987 181
Gaza 115 900 156 187 162 711 179 235 190 593
Maputo 212 462 166 303 185 153 204 002 222 852
Total 4 353 171 4 560 637 6 091 082 6 346 023 6 019 201

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.16 Distribuição de produção de batata-doce de polpa alaranjada segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 8 016 10 898 11 978 12 983 14 155
Cabo Delgado 2 387 2 014 2 197 2 568 4 271
Nampula 5 709 7 852 6 158 7 222 8 389
Zambézia 2 473 16 607 14 970 19 334 20 910
Tete 81 239 31 892 15 176 19 579 22 888
Manica 2 379 1 667 4 631 7 453 8 121
Sofala 8 366 6 524 2 815 1 836 -6
Inhambane 1 402 3 822 2 159 1 964 2 696
Gaza 4 979 5 737 13 591 11 912 10 233
Maputo 8 741 9 986 10 656 11 790 13 542
Total 125 692 96 998 84 331 96 641 105 200

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

35 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.17 Distribuição de produção de batata-doce de polpa não alaranjada segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 10 293 33 134 31 326 34 598 36 063
Cabo Delgado 2 240 2 150 3 616 4 908 6 656
Nampula 7 207 12 585 3 609 13 136 13 686
Zambézia 86 380 134 893 173 754 129 051 132 209
Tete 23 256 23 624 42 909 41 883 51 495
Manica 35 422 47 586 25 721 43 014 38 442
Sofala 40 994 35 256 86 606 46 317 38 386
Inhambane 1 474 2 459 2 857 5 386 8 367
Gaza 27 073 35 767 25 412 36 721 37 675
Maputo 30 376 26 669 29 912 35 591 36 636
Total 264 715 354 123 425 723 390 605 399 615

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.18 Distribuição da produção de raizes e tubérculos segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 136 898 241 282 249 519 262 762 274 364
Cabo Delgado 734 682 661 509 741 104 759 715 810 613
Nampula 1 224 035 1 262 213 1 715 885 1 644 584 1 843 503
Zambézia 1 272 812 1 173 074 2 064 342 2 133 147 1 502 417
Tete 130 109 90 990 92 080 93 979 113 759
Manica 247 802 274 437 269 041 302 662 312 264
Sofala 169 654 163 324 208 097 163 960 157 319
Inhambane 428 056 744 281 833 630 993 209 998 243
Gaza 147 952 197 691 201 715 227 869 238 501
Maputo 251 578 202 958 225 721 251 384 273 030
Total 4 743 578 5 011 759 6 601 135 6 833 270 6 524 014

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

36 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.19 Distribuição do rendimento agrícola de raizes e tubérculos segundo a Província (Kg/ha)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 8 781 7 604 7 451 7 383 7 086
Cabo Delgado 7 291 6 802 7 913 7 910 8 262
Nampula 5 233 4 132 5 543 5 243 5 793
Zambézia 7 279 4 827 8 738 8 908 6 196
Tete 12 233 14 841 15 352 16 024 17 895
Manica 14 579 13 202 12 737 14 104 13 698
Sofala 14 284 5 393 6 495 4 852 4 362
Inhambane 7 386 15 933 20 679 28 450 26 293
Gaza 5 810 6 040 6 228 7 110 7 120
Maputo 14 536 7 202 7 410 7 450 7 796
Total 7 129 5 950 7 903 8 071 7 505

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI)/INE

Q 8.1.20 Distribuição da produção per capita de raizes e tubérculos segundo a Província (Kg/hab)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 108 183 185,8 189,5 191,9
Cabo Delgado 514 459 417,1 416,0 432,1
Nampula 361 366 440,3 413,6 454,5
Zambézia 335 304 488,2 491,8 337,9
Tete 57 40 44,3 44,1 52,2
Manica 162 180 207,6 229,1 231,9
Sofala 126 121 157,8 121,3 113,6
Inhambane 371 645 773,9 919,3 921,3
Gaza 141 185 203,4 229,9 240,6
Maputo 495 388 400,0 427,6 446,4
Total 267 279 355,4 359,9 336,2

Fonte:MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI)/INE

37 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.21 Distribuição de produção de feijão manteiga segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 9 000 22 422 22 893 26 759 27 573
Cabo delgado 30 100 102 105 107
Nampula 1 786 1 835 1 949 2 063 3 177
Zambézia 7 103 10 113 10 225 11 029 11 713
Tete 20 135 17 606 18 439 19 271 21 105
Manica 5 815 5 441 5 732 6 022 7 313
Sofala 1 904 1 684 1 823 1 962 3 101
Inhambane 8 64 64 64 53
Gaza 1 490 6 210 6 438 6 667 7 961
Maputo 192 318 318 318 334
Total 47 465 65 792 67 983 74 261 82 437

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.22 Distribuição de produção de feijão nhemba segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 3 685 4 995 3 588 5 446 6 232
Cabo delgado 11 950 13 629 17 997 20 694 22 106
Nampula 14 703 25 687 25 125 27 822 29 452
Zambézia 7 126 9 701 12 144 12 904 13 559
Tete 9 527 9 531 7 481 10 465 11 254
Manica 2 870 4 050 2 809 4 197 4 917
Sofala 3 462 3 189 5 297 3 415 5 066
Inhambane 5 420 8 945 16 098 14 716 15 843
Gaza 2 567 4 564 4 498 4 737 5 782
Maputo 1 935 3 224 3 405 3 791 5 362
Total 63 245 87 514 98 442 108 189 119 573

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

38 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.23 Distribuição de produção feijão jugo segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 370 1 280 905 1 323 2 161
Cabo delgado 2 146 3 110 2 356 3 408 3 556
Nampula 4 742 8 888 7 019 8 479 8 530
Zambézia 1 827 2 627 2 966 2 674 3 691
Tete 1 631 991 595 992 2 053
Manica 1 259 1 255 728 1 151 2 172
Sofala 290 556 822 531 1 547
Inhambane 989 1 125 1 379 1 001 2 009
Gaza 1 978 1 454 701 2 426 2 778
Maputo 75 416 24 490 291
Total 15 306 21 701 17 494 22 474 28 787

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.24 Distribuição de produção de feijão boer segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 3 115 7 230 8 536 9 649 11 059
Cabo delgado 6 439 6 139 14 575 16 366 17 084
Nampula 8 683 15 129 22 545 23 546 25 184
Zambézia 42 387 78 300 89 362 90 801 96 311
Tete 2 513 4 736 4 245 5 267 5 649
Manica 3 985 3 813 2 910 4 059 5 443
Sofala 1 935 2 340 6 065 5 831 7 156
Inhambane … 79 72 84 62
Gaza 149 600 131 648 748
Maputo 2 32 7 34 18
Total 69 210 118 397 148 447 156 284 168 714

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

39 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.25 Distribuição de produção de feijões segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 16 170 35 927 35 922 43 177 47 025
Cabo Delgado 20 566 22 979 35 030 40 573 42 854
Nampula 29 915 51 539 56 638 61 910 66 343
Zambézia 58 443 100 740 114 697 117 409 125 274
Tete 33 806 32 864 30 758 35 995 40 060
Manica 13 928 14 559 12 178 15 430 19 846
Sofala 7 591 7 768 14 007 11 739 16 870
Inhambane 6 418 10 212 17 614 15 865 17 967
Gaza 6 185 12 827 11 769 14 477 17 269
Maputo 2 205 3 990 3 754 4 634 6 004
Total 195 226 293 404 332 366 361 207 399 511

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.1.26 Distribuição do rendimento agrícola de feijões segundo a Província (Kg/ha)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 399 593 570 652 661
Cabo Delgado 282 388 592 653 647
Nampula 243 290 308 327 333
Zambézia 384 416 456 448 445
Tete 385 345 314 354 376
Manica 329 298 248 296 353
Sofala 327 247 433 341 447
Inhambane 170 282 533 444 464
Gaza 172 325 311 358 390
Maputo 125 144 125 142 157
Total 308 358 397 412 425

Fonte: Fonte:MADER-Inquérito Agrário Integrado/INE

40 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.1.27 Produção per capita de feijões segundo a Província (Kg/hab)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 12,7 27,3 26,7 31,1 32,9
Cabo Delgado 14,4 15,9 19,7 22,2 22,8
Nampula 8,8 15,0 14,5 15,6 16,4
Zambézia 15,4 26,1 27,1 27,1 28,2
Tete 14,9 14,5 14,8 16,9 18,4
Manica 9,1 9,5 9,4 11,7 14,7
Sofala 5,6 5,8 10,6 8,7 12,2
Inhambane 5,6 8,8 16,4 14,7 16,6
Gaza 5,9 12,0 11,9 14,6 17,4
Maputo 4,3 7,6 6,7 7,9 9,8
Total 11,0 16,3 17,9 19,0 20,6

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado/INE

41 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


8.2 Produção de culturas de rendimento

Q 8.2.1 Distribuição da produção de culturas de rendimento (Tonelada)

Cultura 2015 2016 2017 2018 2019


Gergelim 53 250 65 066 69 374 74 283 80 421
Girassol 7 301 4 680 5 264 5 849 7 332
Algodão 70 715 95 119 96 309 97 498 100 843
Tabaco 97 148 98 369 106 758 115 148 142 041

Total 228 414 263 234 277 705 292 778 330 637

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.2.2 Variação percentual da produção de culturas de rendimento

Cultura 2016 2017 2018 2019


Gergelim 22,2 6,6 7,1 8,3
Girassol -35,9 12,5 11,1 25,4
Algodão 34,5 1,3 1,2 3,4
Tabaco 1,3 8,5 7,9 23,4
Total 15,2 5,5 5,4 12,9

Fonte: Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado IAI

Q 8.2.3 Distribuição de produção agrícola de gergelim segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 2 100 1 452 1 619 1 786 1 953
Cabo Delgado 10 113 8 476 9 128 9 780 10 432
Nampula 7 343 11 440 11 677 11 868 12 287
Zambézia 10 399 13 608 14 608 15 264 16 920
Tete 8 328 7 078 6 845 7 606 8 366
Manica 5 276 8 394 9 354 10 313 11 273
Sofala 9 691 14 619 16 143 17 667 19 191
Inhambane ... ... ... ... ...
Gaza ... ... ... ... ...
Maputo ... ... ... ... ...
Total 53 250 65 066 69 374 74 283 80 421

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

42 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.2.4 Distribuição de produção agrícola de girassol segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 175 134 299 465 401
Cabo Delgado … ... ... ... ...
Nampula ... ... ... ... ...
Zambézia 980 799 865 930 1 050
Tete 2 769 1 732 1 950 2 169 2 906
Manica 3 377 2015 2 150 2 285 2 976
Sofala ... ... ... ... ...
Inhambane ... ... ... ... ...
Gaza ... ... ... ... ...
Maputo ... ... ... ... ...
Total 7 301 4 680 5 264 5 849 7 332

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.2.6 Distribuição de produção de tabaco segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 26 471 28 294 33 775 39 256 44 737
Cabo Delgado 51 1 407 1 600 1 793 1 572
Nampula 2 785 6 189 6 479 6 769 8 433
Zambézia 5 522 5 631 5 482 5 333 6 762
Tete 61 556 54 457 56 534 58 611 77 046
Manica 130 1 332 1 735 2 138 2 187
Sofala 36 140 151 162 140
Inhambane 5 159 165 172 182
Gaza 7 10 11 12 13
Maputo 584 750 826 902 970
Total 97 148 98 369 106 758 115 148 142 041

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

43 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.2.7 Distribuição de produção de algodão segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 11 390 25 818 27 924 30 029 32 135

Cabo Delgado 15 927 23 702 23 902 24 102 24 302

Nampula 27 041 22 149 21 265 20 381 21 115

Zambézia 1 991 2 960 2 724 2 488 2 813

Tete 5 160 7 816 8 080 8 344 7 116

Manica 4 332 5 595 4 802 4 010 4 725

Sofala 4 708 6 773 7 278 7 782 8 253

Inhambane 61 59 61 64 65

Gaza 105 247 272 298 318

Maputo ... ... ... ... ...

Total 70 715 95 119 96 309 97 498 100 843

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

44 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


8.3 Produção de castanha de Caju

Q 8.3.1 Distribuição da produção de mudas de cajueiros segundo a Província (número)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa ... ... ... 56 050 165 000

Cabo Delgado 458 750 546 972 570 795 546 624 528 198

Nampula 1 460 492 1 426 650 1 690 473 1 735 348 1 824 597

Zambézia 545 343 569 571 493 069 600 867 649 493

Tete ... ... ... ... ...

Manica 243 012 169 816 189 262 183 305 158 193

Sofala 192 423 213 436 260 800 214 342 214 926

Inhambane 267 767 357 416 359 409 488 573 517 532

Gaza 245 548 218 197 257 950 284 374 305 125

Maputo 96 652 106 216 96 831 108 634 109 897

Total 3 509 987 3 608 274 3 918 589 4 218 117 4 472 961

Fonte: MADER-Instituto Nacioanal de Améndoas de Moçambique

Q 8.3.2 Distribuição de cajueiros tratados contra pragas e doenças segundo a Província (Número)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa … … … 16 721 38 025

Cabo Delgado 1 688 611 1 558 135 1 741 453 1 738 574 1 549 200

Nampula 2 406 279 2 598 698 2 628 190 2 874 844 3 126 730

Zambézia 263 163 279 657 438 280 481 782 467 781

Tete … … … … …

Manica 46 977 47 126 57 797 67 227 69 764

Sofala 61 054 66 229 83 800 83 762 85 943

Inhambane 308 253 373 767 373 906 404 264 382 810

Gaza 191 578 190 041 227 523 230 023 238 535

Maputo 40 121 41 049 51 702 56 813 57 325

Total 5 006 036 5 154 702 5 602 651 5 954 010 6 016 113

Fonte: MADER-Instituto Nacioanal de Améndoas de Moçambique

45 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


8.4 Produção Florestal

Q 8.4.1 Produção florestal por espécie

Produto Unidade medida 2015 2016 2017 2018 2019


Bambú Esteres 10 703 3 837 4 367 5 628 4 812
Estacas Esteres 4 880 2 614 4 181 8 541 4 465
Folheados m2 97 14 26 22 10
Lenha Esteres 30 403 394 611 37 605 52 228 52 691
Madeira em toros m 3
148 093 90 636 141 820 a) a)
Postes m 3
720 127 675 a) a)
Parquet m2 1 891 11 279 16 880 69 442 52 058
Travessas m3 806 1 548 939 326 1 541
Madeira Serrada m 3
272 858 379 679 648 560 269 641 175 840

Fonte: Ministério da Terra e Ambiente


a) descontinuado o licenciamento da madeira em Tores/ Postes

Q 8.4.2 Variação percentual da produção florestal por espécie

Produto 2016 2017 2018 2019


Bambú
-64,1 13,8 28,9 -14,5
Carvão
-95,6 1880,4 -22,7 -18,5
Estacas -46,4 59,9 104,3 -47,7
Folheados -85,6 85,7 -15,4 -54,5
Lenha 1198,0 -90,5 38,9 0,9
Madeira em toros -38,8 56,5 a) a)
Postes -82,4 431,2 a) a)
Parquet 496,5 49,7 411286,3 -25,0
Travessas 92,0 -39,3 -65,3 372,7
Madeira Serrada 39,1 70,8 -58,4 -34,8

Fonte: Fonte: Ministério da Terra e Ambiente

46 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


8.5.Produção Pecuária

Q 8.5.1 Número de efectivos pecuários

Efectivos 2015 2016 2017 2018 2019


Galinha Cafrial/Tradicional 15 198 059 16 940 188 17 527 699 15 885 248 18 351 389
Caprinos 3 256 487 3 899 133 2 886 784 3 407 248 3 211 395
Bovinos 2 066 768 2 247 771 2 192 128 2 381 894 2 483 475
Suinos 1 588 325 1 779 649 1 158 476 1 676 415 1 734 373
Ovinos 136 872 168 456 233 222 228 490 235 774

Fonte: MADER- Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

Q 8.5.2 Variação percentual de efectivos pecuários

Efectivos 2016 2017 2018 2019


Galinha Cafrial/Tradicional 11,5 3,5 -9,4 15,5
Caprinos 19,7 -26,0 18,0 -5,7
Bovinos 8,8 -2,5 8,7 4,3
Suinos 12,0 -34,9 44,7 3,5
Ovinos 23,1 38,4 -2,0 3,2

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

Q 8.5.3 Distribuição da produção de carne bovina segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 78 92 123 163 156
Cabo Delgado 412 482 494 474 513
Nampula 1 665 2 212 2 290 1 474 1 593
Zambézia 798 662 734 496 684
Tete 476 398 334 294 406
Manica 1 872 2 394 2 227 1 903 1 957
Sofala 601 758 712 819 838
Inhambane 561 679 808 724 764
Gaza 1 254 1 690 1 205 885 690
Maputo 4 586 6 109 6 517 6 652 7 266
Total 12 303 15 477 15 444 13 884 14 866

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

47 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.4 Estrutura percentual da produção de carne bovina segundo a Província

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 0,6 0,6 0,8 1,2 1,1
Cabo Delgado 3,4 3,1 3,2 3,4 3,4
Nampula 13,5 14,3 14,8 10,6 10,7
Zambézia 6,5 4,3 4,8 3,6 4,6
Tete 3,9 2,6 2,2 2,1 2,7
Manica 15,2 15,5 14,4 13,7 13,2
Sofala 4,9 4,9 4,6 5,9 5,6
Inhambane 4,6 4,4 5,2 5,2 5,1
Gaza 10,2 10,9 7,8 6,4 4,6
Maputo 37,3 39,5 42,2 47,9 48,9
TOTAL 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

Q 8.5.5 Variação percentual da produção de carne bovina segundo a Província

Província 2016 2017 2018 2019


Niassa 19,0 33,1 32,3 -3,9
Cabo Delgado 16,9 2,5 -4,1 8,1
Nampula 32,8 3,5 -35,7 8,1
Zambézia -16,9 10,8 -32,4 37,8
Tete -16,4 -16,1 -12,1 38,1
Manica 27,9 -7,0 -14,5 2,8
Sofala 26,1 -6,0 15,0 2,2
Inhambane 21,1 19,0 -10,4 5,5
Gaza 34,7 -28,7 -26,6 -22,0
Maputo 33,2 6,7 2,1 9,2
Total 25,8 -0,2 -10,1 7,1

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

48 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.6 Produção per capita de carne bovina segundo a Província (Kg/hab)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 0,06 0,07 0,09 0,12 0,11
Cabo Delgado 0,29 0,33 0,28 0,26 0,27
Nampula 0,49 0,64 0,59 0,37 0,39
Zambézia 0,21 0,17 0,17 0,11 0,15
Tete 0,21 0,18 0,16 0,14 0,19
Manica 1,23 1,57 1,72 1,44 1,45
Sofala 0,45 0,56 0,54 0,61 0,60
Inhambane 0,49 0,59 0,75 0,67 0,71
Gaza 1,19 1,58 1,21 0,89 0,70
Maputo 9,02 11,67 11,55 11,32 11,88
Total 0,69 0,86 0,83 0,73 0,77

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017/INE

Q 8.5.7 Distribuição da produção de carne suina segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 110 118 143 146 168
Cabo Delgado 95 134 146 146 152
Nampula 350 576 611 508 516
Zambézia 308 262 271 272 403
Tete 162 202 289 267 272
Manica 105 102 104 102 108
Sofala 174 194 202 273 300
Inhambane 218 272 340 328 542
Gaza 80 143 129 88 91
Maputo 149 164 176 178 214
Total 1 751 2 166 2 412 2 307 2 766

Fonte: MADER-Inquérito Agrário Integrado (IAI): 2015 e 2017. Dados de 2016, 2018 e 2019 estimados.

Q 8.5.8 Estrutura percentual da produção de carne suina segundo a Província

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 6,3 5,4 5,9 6,3 6,1
Cabo Delgado 5,4 6,2 6,0 6,3 5,5
Nampula 20,0 26,6 25,3 22,0 18,7
Zambézia 17,6 12,1 11,3 11,8 14,6
Tete 9,3 9,3 12,0 11,6 9,8
Manica 6,0 4,7 4,3 4,4 3,9
Sofala 9,9 9,0 8,4 11,8 10,9
Inhambane 12,4 12,6 14,1 14,2 19,6
Gaza 4,6 6,6 5,4 3,8 3,3
Maputo 8,5 7,6 7,3 7,7 7,7
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0
Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

49 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.9 Variação percentual da produção de carne suina segundo a Província

Província 2016 2017 2018 2019


Niassa 6,8 21,3 2,2 15,0
Cabo Delgado 40,4 9,0 -0,2 4,4
Nampula 64,7 6,1 -16,9 1,7
Zambézia -15,2 3,7 0,4 47,9
Tete 24,6 43,3 -7,5 1,7
Manica -2,8 2,2 -2,4 6,3
Sofala 11,6 4,2 34,9 10,1
Inhambane 25,2 24,7 -3,5 65,3
Gaza 79,1 -9,5 -32,2 4,0
Maputo 9,8 7,3 1,2 20,3
Total 23,7 11,3 -4,3 19,9
Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

Q 8.5.10 Distribuição da produção de leite de vaca segundo a Província (1000 litros)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 21 200 32 700 52 147 72 304 72 288
Cabo Delgado 900 700 1 170 405 0
Nampula 60 600 77 500 62 456 45 567 38 890
Zambézia 43 000 29 230 82 658 58 526 78 070
Tete 200 … 23 1 180 9 216
Manica 738 400 777 100 972 276 1 017 575 1 134 605
Sofala 833 400 644 300 672 762 686 510 690 017
Inhambane 36 100 37 900 14 832 15 212 20 428
Gaza 337 600 449 000 569 764 625 354 529 500
Maputo 156 400 99 200 136 360 184 238 176 074
Total 2 227 800 2 147 630 2 564 447 2 706 871 2 749 088

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

Q 8.5.11 Estrutura percentual da produção de leite de vaca segundo a Província

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 1,0 1,5 2,0 2,7 2,6
Cabo Delgado 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
Nampula 2,7 3,6 2,4 1,7 1,4
Zambézia 1,9 1,4 3,2 2,2 2,8
Tete 0,0 0,0 0,0 0,0 0,3
Manica 33,1 36,2 37,9 37,6 41,3
Sofala 37,4 30,0 26,2 25,4 25,1
Inhambane 1,6 1,8 0,6 0,6 0,7
Gaza 15,2 20,9 22,2 23,1 19,3
Maputo 7,0 4,6 5,3 6,8 6,4
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

50 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.12 Variação percentual da produção de leite de vaca segundo a Província

Província 2016 2017 2018 2019


Niassa 54,2 59,5 38,7 7,1
Cabo Delgado -22,2 67,1 -65,4 4,4
Nampula 27,9 -19,4 -27,0 1,0
Zambézia -32,0 182,8 -29,2 67,0
Tete -100,0 … 5030,4 29,4
Manica 5,2 25,1 4,7 8,1
Sofala -22,7 4,4 2,0 -4,1
Inhambane 5,0 -60,9 2,6 4,0
Gaza 33,0 26,9 9,8 49,9
Maputo -36,6 37,5 35,1 11,1
Total -3,6 19,4 5,6 10,3

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017

Q 8.5.13 Produção per capita mensal de leite de vaca segundo a Província

Província Unidade medida 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa litro/hab/mês 1 392 2 069 3 235 4 346 4 212
Cabo Delgado litro/hab/mês 52 40 55 18 0
Nampula litro/hab/mês 1 488 1 874 1 335 955 799
Zambézia litro/hab/mês 944 631 1 629 1 125 1 463
Tete litro/hab/mês 7 … 1 46 352
Manica litro/hab/mês 40 274 42 384 62 510 64 175 70 204
Sofala litro/hab/mês 51 465 39 788 42 519 42 336 41 522
Inhambane litro/hab/mês 2 606 2 736 1 147 1 173 1 571
Gaza litro/hab/mês 26 756 34 975 47 884 52 569 44 518
Maputo litro/hab/mês 25 646 15 788 20 139 26 116 23 988
Total litro/hab/mês 10 464 9 968 11 506 11 880 11 804

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2016-2019, Inquérito Agrário Integrado 2015 e 2017/ INE

51 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.14 Distribuição da produção de carne de frango segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 361 348 430 552 591
Cabo Delgado 516 630 704 773 807
Nampula 13 690 13 799 14 661 16 288 16 457
Zambézia 532 267 377 405 676
Tete 547 512 637 982 1 270
Manica 13 071 9 415 7 189 7 200 7 782
Sofala 479 460 344 479 459
Inhambane 1 229 1 484 4 128 2 057 2 139
Gaza 1 006 2 221 1 600 2 477 3 714
Maputo 43 731 46 633 58 886 66 770 74 193
Total 75 162 75 769 88 956 97 983 108 088

Fonte: MADER- Dados Administrativos 2019

Q 8.5.15 Estrutura percentual da produção de carne de frango segundo a Província

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa 0,5 0,5 0,5 0,6 0,5

Cabo Delgado 0,7 0,8 0,8 0,8 0,7

Nampula 18,2 18,2 16,5 16,6 15,2

Zambézia 0,7 0,4 0,4 0,4 0,6

Tete 0,7 0,7 0,7 1,0 1,2

Manica 17,4 12,4 8,1 7,3 7,2

Sofala 0,6 0,6 0,4 0,5 0,4

Inhambane 1,6 2,0 4,6 2,1 2,0

Gaza 1,3 2,9 1,8 2,5 3,4

Maputo 58,2 61,5 66,2 68,1 68,6

Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: MADER-Dados Administrativos de 2019

52 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.16 Variação percentual da produção de carne de frango segundo a Província

Província 2016 2017 2018 2019


Niassa -3,5 23,4 28,3 7,1
Cabo Delgado 22,2 11,8 9,8 4,4
Nampula 0,8 6,2 11,1 1,0
Zambézia -49,9 41,4 7,4 67,0
Tete -6,5 24,5 54,0 29,4
Manica -28,0 -23,6 0,2 8,1
Sofala -3,9 -25,2 39,1 -4,1
Inhambane 20,8 178,1 -50,2 4,0
Gaza 120,9 -28,0 54,8 49,9
Maputo 6,6 26,3 13,4 11,1
Total 0,8 17,4 10,1 10,3

Fonte: MADER-Dados Administrativos 2019

Q 8.5.17 Produção per capita de carne de frango segundo a Província (Kg/hab)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 1,6 1,5 1,5 1,5 1,4
Cabo Delgado 0,3 0,2 0,2 0,3 0,3
Nampula 0,2 0,2 0,2 0,2 0,2
Zambézia 3,6 3,6 3,5 3,8 3,7
Tete 0,2 0,1 0,2 0,2 0,3
Manica 0,4 0,3 0,5 0,7 0,9
Sofala 9,7 7,0 5,5 5,3 5,6
Inhambane 0,4 0,4 0,3 0,4 0,4
Gaza 1,2 1,4 4,2 2,1 2,2
Maputo 2,0 4,2 2,8 4,2 6,1
Total 2,5 2,6 3,2 3,5 3,8

Fonte: MADER-Dados Administrativos 2019/ INE

53 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.18 Distribuição da produção de ovos segundo a Província (número)

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 22 677 936 37 862 … 23 071
Cabo Delgado 38 499 9 439 12 185 12 713 13 540
Nampula 3 759 248 2 861 251 2 955 296 3 116 956 3 999 201
Zambézia 30 313 … 839 9 806 29 521
Tete 392 488 12 590 4 810 … 182 587
Manica 4 978 441 3 480 375 3 590 884 2 930 514 3 795 770
Sofala 133 319 … 256 205 86 825 182 105
Inhambane 488 457 566 346 251 979 159 209 213 282
Gaza 441 121 26 338 38 256 401 015 759 733
Maputo 7 966 351 6 149 641 6 123 313 6 307 516 6 501 283
Total 18 250 914 13 106 916 13 271 629 13 024 554 15 700 093

Fonte: MADER - Dados administrativos 2019

Q 8.5.19 Estrutura percentual da produção de ovos segundo a Província

Província 2015 2016 2017 2018 2019


Niassa 0,1 0,0 0,3 … 0,1
Cabo Delgado 0,2 0,1 0,1 0,1 0,1
Nampula 20,6 21,8 22,3 23,9 25,5
Zambézia 0,2 … 0,0 0,1 0,2
Tete 2,2 0,1 0,0 … 1,2
Manica 27,3 26,6 27,1 22,5 24,2
Sofala 0,7 … 1,9 0,7 1,2
Inhambane 2,7 4,3 1,9 1,2 1,4
Gaza 2,4 0,2 0,3 3,1 4,8
Maputo 43,6 46,9 46,1 48,4 41,4
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: MADER - Dados administrativos 2019

54 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.5.20 Variação percentual da produção de ovos segundo a Província

Província 2016 2017 2018 2019


Niassa -95,9 3 945,1 .. ..
Cabo Delgado -75,5 29,1 4,3 6,5
Nampula -23,9 3,3 5,5 28,3
Zambézia .. .. 1 068,8 201,1
Tete -96,8 -61,8 .. ..
Manica -30,1 3,2 -18,4 29,5
Sofala .. .. -66,1 109,7
Inhambane 15,9 -55,5 -36,8 34,0
Gaza -94,0 45,3 948,2 89,5
Maputo -22,8 -0,4 3,0 3,1
Total -28,2 1,3 -1,9 20,5

Fonte: MADER - Dados administrativos 2019

55 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


8.6.Produção das pescas

Q 8.6.1 Produção das pescas artesanal e industrial (Tonelada)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


Acetes 2 463 7 771 3 533 2 805 3 401
Atum e espécies relacionadas (Frota Estrangeira) 3 193 2 613 3 478 2 132 135
Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) 273 448 7 398 8 282 7 360
Camarão 8 676 8 032 10 572 10 001 6 958
Caranguejo 3 080 1 775 3 782 9 301 7 137
Cefalópodes 2 102 2 512 4 482 5 469 2 971
Fauna acompanhante 6 408 4 475 4 696 8 519 6 977
Gamba 1 526 2 043 1 934 1 697 1 048
Kapenta 16 615 11 922 6 969 13 368 11 311
Lagosta 406 327 1 295 1 974 1 031
Lagostim 201 184 143 105 87
Peixe de água doce 76 405 84 211 90 052 93 478 66 036
Peixe marinho 164 497 170 374 193 693 229 380 177 071
Tubarão 1 298 1 786 1 969 4 313 6 022
Total 287 143 298 473 333 996 390 824 297 545

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

Q 8.6.3 Estrutura percentual da produção das pescas artesanal e industrial

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


Acetes 0,9 2,6 1,1 0,7 1,1
Atum e espécies relacionadas (Frota Estrangeira) 1,1 0,9 1,0 0,5 0,0
Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) 0,1 0,2 2,2 2,1 2,5
Camarão 3,0 2,7 3,2 2,6 2,3
Caranguejo 1,1 0,6 1,1 2,4 2,4
Cefalópodes 0,7 0,8 1,3 1,4 1,0
Fauna acompanhante 2,2 1,5 1,4 2,2 2,3
Gamba 0,5 0,7 0,6 0,4 0,4
Kapenta 5,8 4,0 2,1 3,4 3,8
Lagosta 0,1 0,1 0,4 0,5 0,3
Lagostim 0,1 0,1 0,0 0,0 0,0
Peixe de água doce 26,6 28,2 27,0 23,9 22,2
Peixe marinho 57,3 57,1 58,0 58,7 59,5
Tubarão 0,5 0,6 0,6 1,1 2,0
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte:Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

56 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.6.4 Variação percentual da produção das pescas artesnal e industrial

Produto 2016 2017 2018 2019

Acetes 215,5 -54,5 -20,6 21,2


Atum e espécies relacionadas (Frota Estrangeira) -18,2 33,1 -38,7 -93,7
Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) 64,1 1 551,3 11,9 -11,1
Camarão -7,4 31,6 -5,4 -30,4
Caranguejo -42,4 113,1 145,9 -23,3
Cefalópodes 19,5 78,4 22,0 -45,7
Fauna acompanhante -30,2 4,9 81,4 -18,1
Gamba 33,9 -5,3 -12,3 -38,2
Kapenta -28,2 -41,5 91,8 -15,4
Lagosta -19,5 296,0 52,4 -47,8
Lagostim -8,5 -22,3 -26,6 -17,1
Peixe de água doce 10,2 6,9 3,8 -29,4
Peixe marinho 3,6 13,7 18,4 -22,8
Tubarão 37,6 10,2 119,0 39,6
Total 3,9 11,9 17,0 -23,9

Fonte:Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

G.8.6.1 Produção per capita de pescado

Valor em kg/hab
Fonte:Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas e do INE
NB: Inclui só pesca artesnal e industrial

57 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.6.5 Distribuição produção da pesca artesanal por produto (Tonelada)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Acetes 2 463 7 771 3 533 2 805 3 401


Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) … … 6 299 5 937 6 203
Camarão 5 240 5 203 6 295 5 659 3 976
Caranguejo 2 894 1 554 3 587 9 155 7 019
Cefalópodes 1 772 2 283 4 125 4 955 2 849
Fauna acompanhante 4 276 1 543 1 703 6 370 5 356
Lagosta 116 155 1 058 1 771 901
Peixe de água doce 76 405 84 211 90 052 93 478 66 036
Peixe marinho 162 272 168 127 191 469 217 550 170 908
Tubarão 1 298 1 786 1 969 4 313 6 022
Total 256 736 272 633 310 090 351 993 272 671

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

Q 8.6.6 Estrutura percentual da produção da pesca artesanal por produto

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Acetes 1,0 2,9 1,1 0,8 1,2


Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) … … 2,0 1,7 2,3
Camarão 2,0 1,9 2,0 1,6 1,5
Caranguejo 1,1 0,6 1,2 2,6 2,6
Cefalópodes 0,7 0,8 1,3 1,4 1,0
Fauna acompanhante 1,7 0,6 0,5 1,8 2,0
Lagosta 0,0 0,1 0,3 0,5 0,3
Peixe de água doce 29,8 30,9 29,0 26,6 24,2
Peixe marinho 63,2 61,7 61,7 61,8 62,7
Tubarão 0,5 0,7 0,6 1,2 2,2
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

58 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.6.7 Variação percentual da produção da pesca artesanal por produto

Produto 2016 2017 2018 2019

Acetes 197,1 -60,0 -30,1 56,5


Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) … … -17,0 34,9
Camarão -6,5 6,4 -20,8 -9,3
Caranguejo -49,4 102,9 124,8 -1,0
Cefalópodes 21,3 58,9 5,8 -25,8
Fauna acompanhante -66,0 -3,0 229,5 8,5
Lagosta 25,8 500,1 47,5 -34,3
Peixe de água doce 3,8 -6,0 -8,6 -8,8
Peixe marinho -2,4 0,1 0,1 1,4
Tubarão 29,6 -3,1 93,0 80,2
Total 6,2 13,7 13,5 -22,5

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

Q 8.6.8 Produção da pesca industrial por produto

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Atum e espécies relacionadas (Frota Estrangeira) 3 193 2 613 3 478 2 132 135
Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) 273 448 1 099 2 345 1 157
Camarão 3 436 2 829 4 277 4 342 2 982
Caranguejo 186 221 195 146 118
Cefalópodes 330 229 357 514 122
Fauna acompanhante 2 132 2 932 2 993 2 149 1 621
Gamba 1 526 2 043 1 934 1 697 1 048
Kapenta 16 615 11 922 6 969 13 368 11 311
Lagosta 290 172 237 203 130
Lagostim 201 184 143 105 87
Peixe marinho 2 225 2 247 2 224 11 830 6 163
Total 30 407 25 840 23 906 38 831 24 874

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

59 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.6.9 Estrutura percentual da produção da pesca industrial por produto

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Atum e espécies relacionadas (Frota Estrangeira) 10,5 10,1 14,5 5,5 0,5
Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) 0,9 1,7 4,6 6,0 4,7
Camarão 11,3 10,9 17,9 11,2 12,0
Caranguejo 0,6 0,9 0,8 0,4 0,5
Cefalópodes 1,1 0,9 1,5 1,3 0,5
Fauna acompanhante 7,0 11,3 12,5 5,5 6,5
Gamba 5,0 7,9 8,1 4,4 4,2
Kapenta 54,6 46,1 29,2 34,4 45,5
Lagosta 1,0 0,7 1,0 0,5 0,5
Lagostim 0,7 0,7 0,6 0,3 0,3
Peixe marinho 7,3 8,7 9,3 30,5 24,8
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

Q 8.6.10 Variação percentual da produção da pesca industrial por produto

Produto 2016 2017 2018 2019

Atum e espécies relacionadas (Frota Estrangeira) -18,2 33,1 -38,7 -93,7


Atum e espécies relacionadas (Frota Nacional) 64,1 145,3 113,4 -50,7
Camarão -17,7 51,2 1,5 -31,3
Caranguejo 18,8 -11,8 -25,1 -19,2
Cefalópodes -30,6 55,9 44,0 -76,3
Fauna acompanhante 37,5 2,1 -28,2 -24,6
Gamba 33,9 -5,3 -12,3 -38,2
Kapenta -28,2 -41,5 91,8 -15,4
Lagosta -40,7 37,8 -14,3 -36,0
Lagostim -8,5 -22,3 -26,6 -17,1
Peixe marinho 1,0 -1,0 431,9 -47,9
Total -15,0 -7,5 62,4 -35,9

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

60 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 8.6.11 Produção da aquacultura por produto (Tonelada)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Aquacultura de Pequena Escala - Peixe Água Doce 276 241 408 569 1 678
Aquacultura Industrial - Camarão … … … 21 25
Aquacultura Industrial -Peixe de Água Doce 276 241 408 569 869
Total 552 482 816 1 159 2 572

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

Q 8.6.12 Estrutura percentual da produção de aqualcultura por produto

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Aquacultura de Pequena Escala - Peixe Água Doce 50,0 50,0 50,0 49,1 65,3
Aquacultura Industrial - Camarão ... … …- 1,8 1,0
Aquacultura Industrial -Peixe de Água Doce 50,0 50,0 50,0 49,1 33,8
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

Q 8.6.13 Variação percentual da produção da aquacultura por produto

Produto 2016 2017 2018 2019

Aquacultura de Pequena Escala - Peixe Água Doce -12,7 69,3 39,5 195,0
Aquacultura Industrial - Camarão … … … 19,5
Aquacultura Industrial -Peixe de Água Doce -12,7 69,3 39,5 52,6
Total -12,7 69,3 42,0 121,9

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas - MIMAP

61 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


9.PREÇOS

Q 9.1 Preço médio ao produtor de produtos alimentares (MT/KG)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


Amendoim grande com casca 22,7 30,1 27,2 29,0 29,8
Amendoim Grande sem casca 39,1 59,5 49,5 39,8 54,8
Amendoim pequeno com casca 17,9 28,7 29,3 35,6 30,6
Amendoim Pequeno sem casca 39,1 60,9 57,9 47,8 58,5
Arroz Nacional … … … 60,0 45,0
Feijão Boer … … … … 16,9
Feijão Manteiga 37,4 55,5 49,1 46,8 57,8
Feijão Nhemba 19,1 37,8 19,8 18,6 27,0
Gergelim … … … … 67,2
Grão de Milho Branco Nacional 9,0 18,4 9,4 8,3 14,4
Mandioca Seca 7,9 12,4 9,0 5,0 9,0
Soja … … … … 21.7

Fonte: MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

Q 9.2 Variação percentual do preço médio ao produtor de produtos alimentares

Produto 2016 2017 2018 2019

AAmendoim grande com casca 32,5 -9,5 6,6 2,9

Amendoim Grande sem casca 51,9 -16,8 -19,5 37,5

Amendoim pequeno com casca 60,2 1,8 21,8 -14,1

Amendoim Pequeno sem casca 55,7 -5,0 -17,4 22,4


… … …
-25,0
Arroz Nacional
… … … …
Feijão Boer
Feijão Manteiga 48,3 -11,5 -4,7 23,4

Feijão Nhemba 97,4 -47,5 -6,0 45,0

Gergelim … … … …

Grão de Milho Branco Nacional 104,0 -48,8 -11,5 72,6

57,7 -27,5 -44,4 80,8


Mandioca Seca
Soja … … … …

Fonte:MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

62 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 9.3 Preço médio no consumidor de hortícolas (MT/KG)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


Batata doce 15,6 21,2 23,1 26,2 23,4
Batata reno 27,5 39,4 41,3 45,1 45,4
Cebola seca 35,0 56,6 48,1 62,6 55,7
Cenoura 54,9 75,3 91,5 74,4 65,7
Coco 13,1 15,2 21,4 20,8 17,6
Feijao verde 46,4 63,6 83,9 74,6 99,1
Repolho 25,3 32,7 41,1 43,0 44,7
Tomate 39,9 55,9 64,2 63,6 64,0

Fonte: MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

Q 9.4 Variação percentual do preço no consumidor de hortícolas

Produto 2016 2017 2018 2019

Batata doce 35,8 8,9 13,5 -10,7


Batata reno 43,1 4,7 9,2 0,8
Cebola seca 61,8 -15,1 30,3 -11,0
Cenoura 37,2 21,5 -18,7 -11,7
Coco 15,9 40,7 -2,7 -15,6
Feijao verde 37,1 32,0 -11,2 32,9
Repolho 29,1 25,7 4,6 4,1
Tomate 40,0 14,9 -0,9 0,7
Fonte:MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

63 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 9.5 Preço médio no consumidor de produtos alimentares (MT/KG)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


Açúcar castanho Nacional 38,4 55,46 67,08 66,65 64,61
Amendoim Grande 45,5 75,1 82,5 62,5 70,7
Amendoim Pequeno 51,5 90,5 100,9 70,8 79,0
Arroz Corrente 29,2 44,1 47,9 46,3 46,6
Arroz Nacional 32,5 47,75 49,8 51,1 52,2
Farinha de Milho Branca de 1ª Qualidade 35,5 56,7 58,5 49,4 52,1
Farinha de Trigo Nacional 30,6 42,2 45,4 43,4 43,9
Feijao Manteiga 50,9 79,1 77,4 67,0 79,8
Feijão Nhemba 29,7 52,7 43,3 37,3 45,3
Gergelim … … … 69,0 128,8
Grão de Milho Branco Nacional 11,9 24,2 16,6 13,2 19,2
Mandioca Seca … 6,1 … 8,1 5,0
Oleo Avulso Nacional 59,8 92,6 99,1 86,2 81,8
Soja … … … 34,9 27,1

Fonte:MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

Q 9.6 Variação percentual do preço no consumidor de produtos alimentares

Produto 2016 2017 2018 2019


Açúcar castanho Nacional 44,3 20,9 -0,6 -3,1
Amendoim Grande 64,9 9,8 -24,3 13,2
Amendoim Pequeno 75,6 11,4 -29,8 11,6
Arroz Corrente 51,2 8,69 -3,4 0,6
Arroz Nacional 45,1 5,75 2,5 2,0
Farinha de Milho Branca de 1ª Qualidade 59,7 3,29 -15,6 5,3
Farinha de Trigo Nacional 37,6 7,62 -4,3 1,2
Feijao Manteiga 55,3 -2,15 -13,3 19,1
Feijão Nhemba 77,1 -17,83 -13,8 21,3
Gergelim - - - 86,6
Grão de Milho Branco Nacional 101,7 -31,2 -20,8 45,6
Mandioca Seca - -100,0 - -38,2
Oleo Avulso Nacional 54,8 7,00 -13,0 -5,08
Soja - - - -22,3

MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

64 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 9.7 Preço médio no consumidor de produtos pecuários (MT/KG)

Produto Unidade medida 2015 2016 2017 2018 2019

Carne de Cabrito MT/kg 532,6 171,0 200,2 220,4 209,4

Carne de Porco MT/kg 136,1 149,2 175,5 193,1 210,7

Carne de Vaca de 1ª MT/kg 196,5 197,9 233,6 388,2 242,2

Frango congelado Nacional MT/kg 149,0 176,3 232,1 236,9 241,1

Frango vivo MT/nº 163,1 187,4 242,7 241,5 254,3

Ovo MT/nº 11,6 14,5 12,0 10,6 11,5

Fonte:MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

Q 9.8 Variação percentual de preço no consumidor de produtos pecuários

Produto 2016 2017 2018 2019

Carne de Cabrito -67,9 17,1 10,1 -5,0


Carne de Porco 9,6 17,6 10,0 9,1
Carne de Vaca de 1ª 0,7 18,1 66,1 -37,6
Frango congelado Nacional 18,3 31,6 2,1 1,8
Frango vivo (Unidade) 14,9 29,5 -0,5 5,3

Ovo (unidade) 25,5 -17,2 -12,0 8,9

Fonte:MADER/SIMA-Sistema de Mercados Agrícolas

65 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


10. INDICADORES DE COMÉRCIO

10.1 Comércio Interno

Q 10.1.1 Capacidade de armazenamento segundo a Província em 2019

Capacidade Armazens Capacidade Silos


Província Distrito
Toneladas % Toneladas %

Niassa Lichinga … … 5 000 19,0

Cabo Delgado Ancuabe 3 000 13,0 3 000 11,0

Nampula Malema 5 000 22,0 3 000 11,0


Alto
Zambézia Molocue 5 000 22,0 5 000 19,0

Tete Angonia 5 000 22,0 5 000 19,0

Manica … … … … …

Sofala Nhamatanda 1 500 7,0 3 000 11,0

Sofala Gorongosa 3 000 13,0 3 000 11,0

Gaza … … … … …

Inhambane … … … … …

Maputo … … … … …

Total 22 500 100,0 27000 100,0


Fonte: Ministério de Indústria e Comércio - Bolsa de Mercadorias de Moçambique

Q 10.1.2 Produção armazenada nos complexos (Tonelada)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Feijão Boer … 228 2 507 1 398 740


Feijão Manteiga … … 1 508 … 93
Feijão Nhemba … 24 531 106 6
Gergelim 22 28 21 2 1 212
Mandioca seca … 40 7 81 155
Mapira … … 510 … 3
Milho 574 6 841 … 2 474 5 437
Soja 536 400 1 307 230 64
Total 1 132 7 560 6 390 4 292 7 710

Fonte: Ministério de Indústria e Comércio - Bolsa de Mercadorias de Moçambique

66 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.1.2 Estrutura percentual da produção armazenada nos Complexos

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


Feijão Boer … 3.0 39.2 32.6 9.6
Feijão Manteiga … … 23.6 … 1.2
Feijão Nhemba … 0.3 8.3 2.5 0.1
Gergelim 1.9 0.4 0.3 0.0 15.7
Mandioca seca … 0.5 0.1 1.9 2.0
Mapira … … 8.0 … 0.0
Milho 50.7 90.5 … 57.6 70.5
Soja 47.3 5.3 20.5 5.4 0.8
Total 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0

Fonte: Ministério de Indústria e Comércio - Bolsa de Mercadorias de Moçambique

Q 10.1.4 Produção comercializada por produto (Tonelada)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Amendoim 116 805 64 000 377 806 449 501 566 167
Arroz 110 305 30 777 184 023 257 760 320 951
C.Caju 75 716 104 152 139 089 131 000 140 000
Copra 37 353 38 540 40 957 32 426 32 426
Feijao 236 092 240 775 1 044 583 1 111 914 1 130 163
Girassol 7 237 7 224 26 672 38 172 34 220
Hortículas … … 3 171 782 2 898 609 2 668 418
Mandioca 670 838 819 510 3 645 275 5 116 914 5 304 782
Mapira … … 188 650 116 360 257 592
Milho 999 582 686 057 3 147 559 3 139 874 2 980 153
Soja 18 331 61 021 110 095 84 755 108 597
Trigo 61 246 786 … … …
Total 2 333 505 2 052 842 12 076 491 13 377 285 13 543 469

Fonte: Ministério de Indústria e Comércio - Bolsa de Mercadorias de Moçambique

67 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.1.5 Estrutura percentual da produção comercializada por produto

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


Amendoim 5,0 3,1 3,1 3,4 4,2
Arroz 4,7 1,5 1,5 1,9 2,4
C.Caju 3,2 5,1 1,2 1,0 1,0
Copra 1,6 1,9 0,3 0,2 0,2
Feijao 10,1 11,7 8,6 8,3 8,3
Girassol 0,3 0,4 0,2 0,3 0,3
Hortículas … … 26,3 21,7 19,7
Mandioca 28,7 39,9 30,2 38,3 39,2
Mapira … …. 1,6 0,9 1,9
Milho 42,8 33,4 26,1 23,5 22,0
Soja 0,8 3,0 0,9 0,6 0,8
Trigo 2,6 0,0 … … …
Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Fonte: Ministério de Indústria e Comércio - Bolsa de Mercadorias de Moçambique

Q 10.1.6 Distribuição da produção de castanha de cajú comercializada segundo a Província (Tonelada)

Província 2015 2016 2017 2018 2019

Niassa … ... ... ... 11


Cabo Delgado 15 771 12 711 21 163 30 661 26 000
Nampula 38 177 44 917 60 172 64 967 70 070
Zambézia 9 940 10 412 17 680 17 401 15 768
Tete ... ... ... ... ...
Manica 2 674 5 632 8 853 1 403 3 136
Sofala 1 271 4 462 5 368 1 623 4 257
Inhambane 6 004 13 451 13 597 8 326 12 045
Gaza 7 403 12 386 12 138 5 094 10 568
Maputo ... 209 118 163 250
Total 81 240 104 179 139 089 129 638 142 104

Fonte: MADER-Instituto Nacioanal de Améndoas de Moçambique

68 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.1.7 Variação percentual da castanha de cajú comercializada segundo a Província

Província 2016 2017 2018 2019

Niassa - - - -
Cabo Delgado -19.4 66.5 44.9 -15.2
Nampula 112.7 34.0 8.0 12.9
Tete - - - -
Zambézia 4.7 69.8 -1.6 -9.4
Manica 110.6 512.2 -84.2 123.5
Sofala 251.1 20.3 -69.8 162.3
Inhambane 124.0 1.1 -38.8 44.7
Gaza 612.3 -2.0 -58.0 1012.5
Maputo - -43.5 38.1 53.5
Total 28.2 33.5 -6.8 9.6

Fonte: MADER - Instituto Nacioanal de Améndoas de Moçambique

69 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


10.2 Comércio externo

Q 10.2.1 Comércio externo dos produtos agrários e alimentares segundo o regime

Regime 2015 2016 2017 2018 2019

1000 USD

Exportação 3 413 252 3 328 218 4 725 051 5 004 171 4 659 616

Importação 8 334 165 5 206 186 5 716 748 6 836 047 7 234 217

Reexportação 285 082 47 579 42 808 41 888 75 608

Reimportação 499 2 122 … 24 699 31 581

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

Q 10.2.3 Variação percentual de comércio externo dos produtos agrários e alimentares segundo o regime

Regime 2016 2017 2018 2019

Exportação -2,5 42,0 5,9 -6,9

Importação -37,5 9,8 19,6 5,8

Reexportação -83,3 -10,0 -2,1 80,5

Reimportação 325,6 - - 27,9

Fonte:Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

Q 10.2.4 Produtos agrários e alimentares exportados (Tonelada)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Açúcar e produtos de confeitaria 359 247 7 254 400 136 487 257 423 275 432

Cacau e suas preparações … 2 2 1 …

Preparações à base de cereais, de farinha, amidos 9 608 7 744 9 445 5 571 5 724

Preparações de carnes, de peixe ou de crustáceos … 3 112 52 15


Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de
1 216 307 4 601 517 63
outras plantas
Total 370 071 7 262 456 150 648 263 564 281 234

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

70 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.2.5 Variação percentual dos produtos agrários e alimentares exportados

Produto 2016 2017 2018 2019

Açúcar e produtos de confeitaria 1 919,3 -98,1 88,6 7,0

Cacau e suas preparações … 32,0 -42,4 -94,3

Preparações à base de cereais, de farinha, amidos -19,4 22,0 -41,0 2,7

Preparações de carnes, de peixe ou de crustáceos 2 451,0 3 523,9 -53,6 -71,8


Preparações de produtos hortícolas, de frutas ou
-74,7 1 398,9 -88,8 -87,7
de outras plantas
Total 1 862,5 -97,9 75,0 6,7

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

G 10.2.1 Castanha de cajú exportada

Fonte: MADER-Instituto Nacional de Amêndoas de Moçambique

71 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.2.6 Produtos agrários e alimentares importados (Tonelada)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

Leite e lacticínios; ovos de aves; mel


… … … 12 489 …
natural; prod comestiveis

Animais vivos 1 202 453 388 538 902

Carnes e miudezas, comestiveis 14 530 15 572 10 296 16 743 28 565

Leite e lacticinios; ovos de aves; mel


10 996 11 541 10 201 0 17 400
natural; produtos comestiveis
Outros produtos de origem animal não
37 40 4 30 7
especificados
Peixes e crustáceos, moluscos e outros
65 693 56 448 54 439 139 770 135 761
invertebrados aquáticos

Total 92 458 84 054 75 328 169 570 182 635

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

Q 10.2.7 Variação percentual dos produtos agrários e alimentares importados

Produto 2016 2017 2018 2019

Leite e lacticínios; ovos de aves; mel natural;


… … - …
produtos comestiveis

Animais vivos -62,3 -14,4 38,9 67,7

Carnes e miudezas, comestiveis 7,2 -33,9 62,6 70,6

Leite e lacticinios; ovos de aves; mel natural; prod


5,0 -11,6 -100,0 -
comestiveis
Outros produtos de origem animal não
7,9 -89,9 647,4 -75,8
especificados
Peixes e crustáceos, moluscos e outros
-14,1 -3,6 156,7 -2,9
invertebrados aquáticos

Total -9,1 -10,4 125,1 7,7

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

72 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.2.7 Contribuição das exportações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

1000 MT
Açúcar e produtos de
5 484 816 6 337 961 3 923 939 4 696 246 5 772 296
confeitaria

Cacau e suas preparações 0 917 1 139 1 426 203

Preparações à base de cereais,


359 658 432 866 464 470 248 126 256 711
de farinha, amidos
Preparações de carnes, de
74 974 3 002 96 296 62 617
peixe ou de crustáceos

Preparações de produtos
103 030 140 444 115 520 65 440 10 692
hortícolas, de frutas ou de
outras plantas

Total 5 947 578 6 913 163 4 508 071 5 107 534 6 102 519

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

Q 10.2.8 Variação da contribuição das exportações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira (%)

Produto 2015 2016 2017 2018 2019

- 15,6 -38,1 19,7 22,9


Açúcar e produtos de confeitaria
- - 24,2 25,2 -85,7
Cacau e suas preparações

Preparações à base de cereais, de farinha, - 20,4 7,3 -46,6 3,5


amidos

Preparações de carnes, de peixe ou de - 1 213,8 208,1 3 107,9 -35,0


crustáceos

Preparações de produtos hortícolas, de frutas - 36,3 -17,7 -43,4 -83,7


ou de outras plantas
- 16,2 -34,8 13,3 19,5
Total

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

73 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.2.9 Contribuição das importações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira

Produto 2015 2016 2017 2018 2019


1000 MT
Animais vivos 1 505 1 941 2 037 4 189 7 745

Carnes e miudezas, comestiveis 471 929 494 509 444 019 585 684 701 852
Leite e lacticínios; ovos de aves; mel
269 505 342 555 389 389 0 374 536
natural; prod comestiveis

Outros produtos de origem animal não 1 473 1 375 1 152 2 269 1 439
especificados

Peixes e crustáceos, moluscos e outros 50 703 69 251 88 499 203 277 215 463
invertebrados aquáticos
Total 795 115 909 630 925 096 1 111 865 1 301 035

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

Q 10.2.10 Variação percentual das importações de produtos agrários e alimentares na receita aduaneira
Produto 2016 2017 2018 2019

Animais vivos 29,0 4,9 105,7 84,9

Carnes e miudezas, comestiveis 4,8 -10,2 31,9 19,8


Leite e lacticínios; ovos de aves; mel natural;
27,1 13,7 -100,0 -
produtos comestiveis

Outros produtos de origem animal não -6,7 -16,2 96,9 -36,6


especificados

Peixes e crustáceos, moluscos e outros 36,6 27,8 129,7 6,0


invertebrados aquáticos
Total 14,4 1,7 20,2 17,0

Fonte: Autoridade Tributária de Moçambique – Direcção Geral das Alfândegas

74 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Q 10.2.11 Fertilizantes importados segundo o tipo de produto (Tonelada)
Produto 2016 2017 2018 2019
Carbonato de calcio … 700 000 … …
Cloreto de potássio 802 962 3 625 253 016 1 753 317
Contendo Nitratos e fosfatos … 4 816 593 … 309 576
De Potássio … 125 000 77 …
De triamónio … 8 941 623 2 738 …
Di-hidrogenorto-fosfato de amónio (fosfato de monoamónio) e suas
… 3 780 536 0 1 057 927
misturas com Hidrogenortofosfato de diamónio (fosfato de Diamónio)

Fertilizantes minerais ou químicos contendo os dois elementos


… … … 1 101 046
fertilizantes fósforo e potássio

Fertilizantes minerais ou químicos contendo os tres elementos


… 7 671 370 78 543 1 086 457
fertilizantes Nitrogenio, Fosforo e Potássio

Hidrogenio-fosfato de diamónio (fosfato de diamónio) … … … 1 100 921

Mineral ou fertilizante químico contendo os três elementos de


818 092 … … …
fertilizante Nitrogenio, fosforo e potássio

Misturas de nitrato de amónio com carbonato de calcio ou outras


799 472 313 800 403 1 079 488
substâncias inorganicas nao fertilizantes
Misturas NPK 817 464 … … 10 710 664
Monoamónio fosfato e suas misturas com diamónio fosfato 814 745 … …
Nitrato de amónio em solução aquosa ou não 791 946 1 000 000 … 1 043 325
Outro 1 593 7 845 709 70 547 3 346 394
Rocha fosfática 1 000 … … …
Sulfato de Amónio 780 870 1 541 896 162 1 055 552
Sulfato de potássio 745 921 2 261 512 340 198 1 249 125
Superfosfatos 342 018 2 000 … …
Urea em solução aquosa ou não 818 917 41 508 683 6 035 1 129 134
80 512
Total 7 534 999 751 719 26 022 925
346
Fonte: Ministério de Agricultura e Desenvovimento Rural

75 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


11.ANEXOS

11.1.Nota metodológica
A publicação indicadores básicos de agricultura e alimentação pretende cobrir informação relativa aos últimos 5
anos. É resultado de compilação de fontes administrativas, desde o INE, até instituições públicas, tais como o
Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural; Ministério da Terra e Ambiente; Ministério do Mar, Águas
Interiores e Pescas; Ministério da Indústria e Comércio; Ministério de Economia e Finanças; Banco de Moçambique
e Autoridade Tributária; Instituto de Amêndoas de Moçambique; a Bolsa de Mercadorias de Moçambique e o
Instituto Nacional de Irrigação.

Essas instituições detêm relatórios que são aproveitados para produção estatística, mediante algum tratamento, a
qual segue a limpeza e validação de dados. Desse trabalho, verificou-se que havia muita informação inconsistente,
sem continuidade, com um ano apenas, numa situação que a publicação é de 5 anos. Por exemplo, os dados sobre
segurança alimentar não tem inclusa a informação sobre a disponibilidade de alimentos, insegurança crónica e
desnutrição crónica por existir só a informação dum único ano, 2013. Este problema ocorreu também com a
informação sobre indicadores socio-demográficos, onde não foi possível incluir os dados sobre população
economicamente activa agrícola ou de força de trabalho agrária por ainda não estarem disponíveis para os anos de
2017 e seguintes. Os dados sobre Direito de uso e aproveitamento da terra (DUAT) não tinham a informação sobre
quantidade dos pedidos dessa informação no geral e para área agricola. Acabou-se ficando apenas com área
requerida de DUAT para agricultura. Nas culturas alimentares e de rendimento, destaca-se o facto de nem todas
elas apresentarem a área cultivada, designadamente arroz, castanha de caju, girassol e gergelim.
Os dados das áreas cultivadas e de produção agrária dos anos 2016, 2018 e 2019 foram estimados pelo MADER,
por não ter havido um inquérito especifico no período. Nos dados sobre florestas, não foi possivel incluir o carvão
vegetal produzido por não apresentar um medida padronizada internacionalmente. Os dados sobre as florestas,
créditos e preços não tem desagregação segundo a Província.
A produção per capita foi calculada em relação à população rural.

Assim, a publicação apresenta 10 grupos de indicadores possíveis relacionados com agricultura e alimentação,
designadamente, sócio-demográficos; segurança alimentar; económicos; unidades estatísticas agrárias; terra e
área agrícola; mecanização agrícola; crédito concedido ao sector agrário; produção agrícola, pecuária e de pescas;
preços e de comércio de produtos agrários e alimentares. Porque os produtos agrários e alimentares não se
restringem ao comércio interno, a publicação trás, também, a informação sobre importações e exportações bem
como sobre o seu contributo na receita aduaneira. A maior parte da informação desta publicação cobre a produção
e comercialização agrária, designadamente culturas básicas alimentares, culturas de rendimento, castanha de cajú,
florestas, efectivo e produtos pecuários (carnes, leite e ovos) e produtos do pescado (artesanal, industrial e
aquacultura). Os resultados desta publicação são disponibilizados através do formato electrónico na página da web
do INE.

76 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


11.2. Conceitos e definições

Activo imobilizado corpóreo - compreende os bens tangíveis – móveis ou imóveis que estão registados no
imobilizado de uma empresa, com carácter de permanência superior a um ano e são utilizados por essa sociedade
na sua actividade operacional.

Agregado Familiar - pessoa ou grupo de pessoas ligadas ou não por laços de parentesco, que vivem na mesma
casa e compartilham as refeições (comida da mesma panela) e maior parte das despesas da casa.Amêndoa de
cajú Castanha processada.

Aquacultura - todas as actividades que têm por fim a reprodução, o crescimento, a engorda, a manutenção e o
melhoramento de espécies aquáticas para fins de produção, sendo estas operações efectuadas em instalações
alimentares por águas marítimas (aquacultura marinha), por águas interiores (aquacultura de água doce) ou por
ambas (aquacultura de águas salobras).

Área agrícola - área constituída por terras aráveis, total ou parcialmente explorada, com culturas temporárias,
permanentes e/ou em pousio.

Área cultivada - área lavrada ou que tenha recebido qualquer outro tipo de preparo da terra na campanha em
causa, podendo ou não ter culturas anuais ou permanentes.
Área de residência espaço geográfico administrativamente delimitado que pode ser urbano ou rural.

Campanha agrícola - período da actividade agrícola que decorre em geral de Setembro de um ano a Agosto do
ano seguinte e divide-se em duas épocas, chuvosa e seca.

Culturas básicas alimentares - culturas cuja produção é mais utilizada para alimentação das pessoas (milho,
arroz, mapira, mexoeira, amendoim, mandioca, feijões em geral).

Culturas de rendimento - culturas que em regra, são destinadas a venda como finalidade principal.

Culturas hortículas - culturas de ciclo vegetativo muito curto (inferior a quatro meses) com baixo teor de
matéria seca.

Crédito agrícola ou agrário - empréstimo para fins agro-pecuários, dado à exploração (ao agregado familiar ou
algum membro do agregado familiar) em dinheiro ou espécie, por Bancos, entidade Governamental, Organização
não Governamental ou uma outra organização ou entidade vocacionada para o efeito.

Custos dos meios circulantes materiais consumidos e vendidos - são custos dos consumos ou das
vendas dos meios circulantes materiais (mercadoria, matéria prima, produtos acabados, materiais e materiais
auxiliares, etc).

Comércio Internacional/Exterior/Externo - exportação de mercadorias do país de origem para países


terceiros e/ou importação pelo país de mercadorias com origem em países

Densidade da População -é calculada como número de habitantes de uma unidade territorial sobre a área total
dessa unidade territorial sobre a área total dessa unidade territorial. Seu resultado é interpretado como o número
médio de habitantes que existe por unidade de área (normalmente por quilómetro quadrado)

Desnutrição aguda - é definida como baixo peso para a altura. Resulta de um choque recente, com a falta de
alimentos e fome e/ou doenças graves. Pode ser prevenida e tratada.

Desnutrição crónica - é definida como baixa estatura para a idade. Resulta de um longo prazo de desnutrição
(falta crónica de nutrientes) como resultado de uma ingestão inadequada ou infeções repetidas ou ambas. Pode
ser prevenida, mas não tratada
Despesa pública/governo - é o conjunto de dispêndios realizados pelas entidades públicas para custear os
serviços públicos (despesas correntes) prestados à sociedade ou para a realização de investimentos. As despesas
públicas devem ser autorizadas pelo poder legislativo por meio do acto administrativo chamado orçamento público.

77 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


Direito de Uso e Aproveitamento da Terra - documento oficial emitido pela autoridade competente que
confere o direito de uso e aproveitamento da terra para fins agro-pecuários á(s) pessoa (s) ou entidade(s) que o
solicitar.

Efectivo pecuário - totalidade de animais domésticos da exploração pecuária ou agro-pecuária que são
propriedade ou não da mesma.

Exportação de bens e serviços - transferências de propriedade de bens e/serviços prestados por produtores
residentes de um País para os não residentes.

Exploração agrícola, pecuária ou agro-pecuária - entende-se por exploração agrícola, pecuária ou agro-
pecuária, uma unidade económica independente na sua existência, baseada na produção de culturas ( produção
agrícola), criação de animais domésticos ou ambas formas. As explorações podem ser somente agrícola ( quando
se dedicam somente à produção de culturas, pecuára ( quando se dedicam somente a criação de animais) ou
apresentam-se de forma combinada.

Fertilizantes - matérias inorgânicas, químicas (de produção industrial) destinadas a manutenção ou aumento de
fertilidade dos solos e consequente aumento de rendimento das culturas.

Florestas- superfícies cobertas com árvores ou arbustos florestais e ainda os viveiros florestais localizados no
interior das florestas e que se destinam às necessidades da exploração (com ou sem culturas sob-coberto).

Imobilizado incorpóreo - é o conjunto de bens que a empresa possui, mas que fisicamente não são palpáveis:
despesas de Constituição, Despesas de Instalação, Despesas de Investigação, Marcas, Patentes, et

Importação de bens e serviços - transferências de propriedade de bens e ou serviços dos não residentes de
um País aos residentes.

Índice Preços no consumidor -é um instrumento de avaliação dos preços de um conjunto de bens e serviços,
de qualidqde constante, representativo da estrutura de consumo de uma determinada população num determinado
espaço geográfico.

Insegurança alimentar aguda - refere-se a falta temporária de alimentos para alcançar as quantidades diárias
alimentares requeridas.

Insegurança alimentar crónica - refere-se ao consumo insuficiente e persistente de alimentos, também


conhecida por “fome silenciosa” e associada aos diversos factores de pobreza extrema, podendo causar
“Kwashiorkor e Marasmo” nas crianças.

Investimento - é capital que se aplica com o intuito de obter rendimentos a prazo

Investimentos em activos tangíveis - aumentos do imobilizado corpóreo ocorridos durante o ano resultantes
de aquisições ou trabalhos para a própria empresa.

Investimentos em activos intangíveis - aumentos do imobilizado incorpóreo ocorridos durante o ano


resultantes de aquisições ou trabalhos para a própria empresa

Irrigação - Distribuição de água às plantas cultivadas para suprir a falta ou insuficiência de chuvas.

Mudas -Estrutura vegetal de qualquer espécie ou cultivar, proveniente de reprodução sexuada ou assexuada
convenientemente produzida e que tenha finalidade específica de plantio.

Pesca semi-industrial -a que é praticada com embarcações de pesca de comprimento até 24 metros e com
potência superior a 140 cavalo (cv) ou 105 kw e igual ou inferior a 350 cavalo ( cv) ou 263 kw;
Pesca industrial. A que é praticada com embarcações de pesca de comprimento superior a 24 metros e com
potência superior a 350 cavalo ( cv) ou 254 kw.

Pesca Artesanal - engloba a pesca mais tradicional (pesca efectuada por aparelhos de anzol) e caracteriza-se
por envolver pequenas embarcações e ser exercida por um ou dois pescadores

78 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019


População Economicamente Activa - toda a população em idade de trabalhar (15 à 64 anos de idade),
ocupada (que trabalhou ou tinha emprego no período de referência) e também aquela que no período de
referência esteve desocupada, mas estava disponível para realizar qualquer actividade económica.

Produto Interno Bruto (PIB) - Valor da riqueza gerada no país durante o processo produtivo num período
determinado, é o valor total dos bens e serviços produzidos no País a preços de mercado e livre de duplicações,
excluindo o valor das importações.

Produtos da Pesca - todas as actividades que têm por fim a reprodução, o crescimento, a engorda, a
manutenção e o melhoramento de espécies aquáticas para fins de produção, sendo estas operações efectuadas
em instalações alimentares por águas marítimas (aquacultura marinha), por águas interiores (aquacultura de água
doce) ou por ambas (aquacultura de águas salobras).

Razão de Masculinidade/razão de sexo - é o quociente entre o número de homens e o número de mulheres,


e é interpretado como a quantidade de homens por cada 100 mulheres. É um indicador básico para análise da
distribuição população por sexo

Receita aduaneira - imposições pagas nas transações do comércio externo (impostos, taxa, etc.)

Rega - é o fornecimento consciente e orientado de água ás plantas com o objectivo de aumentar a humidade do
solo.

Taxa de crescimento da população - é a variação populacional observada durante um determinado período


de tempo, normalmente um ano civil, referido á população média desse período (habitualmente expressa por 1000
habitantes).

Tratamento químico -consiste em pulverizar os cajueiros contra pragas e doenças para melhorar a produção e
produtividade.

Terra arável - terra apta para a prática agrícola ou com potencialidades e propriedades agro-químicas para o
desenvolvimento das culturas.

Terras em pousio - terras que no período de referência tenham pelo menos um ano sem terem sido cultivadas e
são consideradas como tal por um período de 5 anos.

79 Instituto Nacional de Estatística _ Indicadores Básicos de Agricultura e Alimentação 2015-2019

Você também pode gostar