Você está na página 1de 4

NOTAÇÃO CIENTÍFICA

1. Introdução
Ao estudarmos Física, e outras ciências também, às vezes nos deparamos com números muito grandes ou
muito pequenos como as constantes físicas que por vezes são citadas em problemas. Nos dois casos, o número de
algarismos a ser escrito é muito grande.
Por exemplo a massa da Terra no SI que é de 59.800.000.000.000.000.000.000.000 kg, e este ainda não é
um dos maiores números.
Existe um modo mais simples e prático de escrever estes números, sem ter que escrever tantos zeros. O
método consiste em desdobra o número em dois fatores, o primeiro é chamado coeficiente e o outro
necessariamente seja uma potência de base dez.
Assim temos:
59.800.000.000.000.000.000.000.000
5,98 x 10.000.000.000.000.000.000.000.000 onde o segundo fator pode ser escrito da seguinte forma 1025
Daí o nosso número representado de uma maneira mais "suave" 5,98 x 1025
5,98 → coeficiente ; 1025 → potência de base 10
Outros exemplos:
200.000 = 5 x 105
4.000.000.000 = 4 x 109
0,004 = 4 x 10-3
Os números a serem representados podem ter o segundo ou os demais algarismos diferentes de zero,
como foi o caso do nosso 1o exemplo, neste caso procedemos da seguinte maneira
• Primeiro passo: Reescrevemos o número colocando uma vírgula imediatamente à direita do
primeiro algarismo;
• Segundo passo: Contamos quantos são os algarismos à direita da vírgula; este será o expoente da
10;
• Terceiro passo: Escrevemos, então, os algarismos iniciais do numero com a vírgula, sem os
“zeros” que estiverem à direita do ultimo número. Acrescentando em seguida a potência de dez
sendo o expoente o número de casas contadas após a vírgula, conforme o segundo passo.

Exemplos: Se quisermos representar a velocidade da luz no vácuo que é de aproximadamente


299.800.000 m/s
Primeiro passo: 2 , 99.800.000
Segundo passo: 8 (oito) algarismos
Terceiro passo: 2,998 x 108
Da mesma maneira o número 253.000 seria escrito da seguinte forma:
2 , 53.000 = 2,53 x 105
Exercício de Aplicação 1: Represente os números usando notação científica:
a) 10.000 b) 500

c) 370.000 d) 856.000.000

e) 1.486.000.000.000.000 f) 51.325.200.000.000.000.000.000.000.000.000
Consideremos agora o número 0,000000000028 ou seja muito pequeno. Para números muito pequenos,
fracionários com vários zeros à direita da vírgula, procederemos da seguinte maneira:
• Primeiro passo: Reescreva o número, colocando uma segunda vírgula à direita do primeiro
algarismo diferente de zero.
• Segundo passo: Contamos quantos são os algarismos entre as vírgulas, este será o expoente da
10 acrescido de um sinal negativo ( – )
• Terceiro passo: Escrevemos, então, o número a partir do primeiro algarismo diferente de zero
com a vírgula, sem os “zeros” que estiverem à esquerda. Acrescentando em seguida a potência
de dez sendo o expoente o número de casas contadas após a vírgula acrescido do sinal negativo
( - ), conforme o segundo passo.

No nosso exemplo o número 0,000000000028 seria assim representado


Primeiro passo: 0,00000000002 , 8
Segundo passo: 0,00000000002 , 8 neste caso 11 algarismos então o expoente será –11
Terceiro passo: 2,8 x 10-11
Da mesma maneira o número 0,000000000000002561 seria escrito da seguinte forma: 2,561 x 10-15

Exercício de Aplicação 2: Represente os números usando notação científica:


a) 0,000.125
b) 0,000000072
c) 0,000000000042
d) 0,000000000000000000000000031
e) 0,000000000000000654
f) 0,1
g) 0,001

2. Operações com notação científica


Para que um número esteja representado em notação científica basta que haja dois fatores que formem o
número sendo que um deles necessariamente tem que ser uma potência de base dez e o outro fator n maior ou igual
a 1 e menor que 10, doravante denominado coeficiente. Assim 300 x 102 é um número em potência de base 10 mas
não é notação científica. Para que representemos o mesmo número em notação científica devemos escrevê-lo da
seguinte forma 3 x 104.
Dica:
Vírgula se deslocando n casas para a esquerda: soma-se no expoente da base 10 o valor n
Vírgula se deslocando n casas para a direita: subtraí-se no expoente da base 10 o valor n

Adição e Subtração
Para adicionar ou subtrair números representados por notação científica vamos proceder da seguinte
maneira:
Primeiro passo: Igualamos os expoentes das potências;
Segundo passo: Coloca-se em evidência a potencia que agora é comum aos fatores;
Terceiro passo: Adiciona-se ou subtrai-se os coeficientes;
Quarto passo: Se necessário move-se a vírgula afim de se confirmar a condição de notação científica.
Exemplo: Seja a = 5,3 x 106 , b = 1,75 x 108 e c = 7 x 105 , determine o valor de a + b – c.

Teremos que igualar os expoentes:


a = 5,3 x 106
b = 1,75 x 108 = 175 x 106
c = 7 x 105 = 0,7 x 106
Colocamos então 106 em evidência
( 5,3 + 175 + 0,7 ) 106 daí temos 181 x 106
Movendo-se a vírgula para reescrevê-lo em notação científica, o resultado será: 1,81 x 108

Exercício de aplicação 3 : Sejam x = 2,73 x 105 , y = 5 x 104 , z = 3,8 x 106 e w = 9,125 x 107 determine o
valor de s quando:
a) s=x-y+z
b) s=w–x+z
c) s=z+y–x
d) s=y+x+w–z

Multiplição e Divisão

Para multiplicar ou dividir números representados por notação científica vamos proceder da seguinte
maneira:
Primeiro passo: Separamos os coeficientes das potências de base 10
Segundo passo: Multiplica-se ou divide-se os coeficientes
Terceiro passo: Aplica-se as propriedades de potências às potencias de base 10, ou seja adicionar os
expoentes se a operação for de multiplicação ou subtrai-se os expoentes se for divisão, mantendo-se lógico, a base.
Quarto passo: Se necessário move-se a vírgula afim de se confirmar a condição de notação científica.
Lista de Exercícios – Notação Científica

01. Escreva os números abaixo como potências de base 10:

a) 1 b) 10 c) 100 d) 1000
e) 10000 f) 1000000 g) 1000000000 h) 1000000000000000

02. Escreva os números abaixo na forma decimal:

a) 3 ⋅ 10 7 b) 9 ⋅ 10 5 c) 1,2 ⋅ 10 6 d) 3,4 ⋅ 10 8
e) 2,22 ⋅ 1010 f) 5,142 ⋅ 1012 g) 32,5379 ⋅ 10 3 h) 0,00234 ⋅ 10 5

03. Escreva em notação científica: a ⋅10 n , onde n ∈ Z e 1 ≤ a < 10 .

a) 20000000 b) 700000 c) 160000000 d) 1800000000


e) 743,5 f) 295000000000 g) 32450,57 h) 674538,19

04. Escreva os números abaixo como potências de base 10:

a) 0,1 b) 0,01 c) 0,001 d) 0,0001


e) 0,00001 f) 0,000000001 g) 0,00000000001 h) 0,0000000000000001

05. Escreva os números abaixo na forma decimal:

a) 5 ⋅ 10 −7 b) 9 ⋅ 10 −2 c) 1,3 ⋅ 10 −3 d) 4,25 ⋅ 10 −5

e) 21,11 ⋅ 10 −4 f) 768,9 ⋅ 10 −8 g) 234567,89 ⋅ 10 −5 h) 1000000,85 ⋅ 10 −3

06. Escreva em notação científica:

a) 0,000012 b) 0,000007 c) 0,01111 d) 0,00222


e) 0,23456 f) 0,780094 g) 0,00000435 h) 0,000000000123

07. Calcule, expressando o resultado em notação científica.

a) (1,25 ⋅ 104 )⋅ (6 ⋅ 108 ) b) (4,5 ⋅ 107 ) ⋅ (2,5 ⋅ 104 ) c) (3,2 ⋅ 10−2 )⋅ (1,5 ⋅ 10−6 ) d) (6 ⋅ 104 ) ⋅ (5,5 ⋅ 106 )

e) (1,25 ⋅ 107 ) ÷ (5 ⋅ 104 ) f) (8,14 ⋅ 107 ) ÷ (2 ⋅ 109 ) g) (3,2 ⋅ 10−2 ) ÷ (8 ⋅ 10−6 ) h) (12,1 ⋅ 104 ) ÷ (1,1 ⋅ 10−5 )

i)
(3 ⋅ 10 )⋅ (6 ⋅ 10 )
4 2
j)
(2,5 ⋅10 ) ÷ (5 ⋅10 )
4 2
k)
(6 ⋅ 10 ) ÷ (1,5 ⋅ 10 )
4 2
l)
(3,5 ⋅ 10 )⋅ (5 ⋅10 )
4 2

9 ⋅ 103 2 ⋅ 10 − 7 (2 ⋅ 10 )⋅ (4 ⋅10 )
−7 3
(7 ⋅ 10 )⋅ (10 )
−7 3

08. No vácuo, a luz percorre 300000 km a cada segundo. Um ano-luz é a distância que a luz percorre em um ano.
a) Expresse um ano-luz em quilômetros, na notação científica. Aproxime o coeficiente usando uma casa decimal.
b) A quantos quilômetros da Terra está uma estrela que dela dista 6 anos-luz?

Você também pode gostar