Você está na página 1de 4

DEBATE MODERADO PELA PROFESSORA

Médico

A adolescência implica um período de mudanças físicas e emocionais, implica um


momento de crise. É sem dúvida um importante período no ciclo de vida que corresponde a
Diferentes tomadas de posição sentidas ao nível social, familiar e também sexual.

Prevenção - uso métodos contraceptivos para evitar situações indesejáveis

Uma gravidez na adolescência provoca alterações, implica um duplo esforço de


adaptação interna fisiológica e uma dupla movimentação de duas realidades que convergem
num único momento: estar grávida e ser adolescente.

O que fazer quando recebe a noticia que está grávida?

• Consulta especialista Ginecologia/ Obstetrícia


• Acompanhamento médico durante toda a gravidez e nos pós parto
• Aconselhamento nos métodos contraceptivos mais eficazes e adequados
• Reencaminhamento serviços Psicologia

Procurem ajuda falando com alguém da vossa confiança: o pai ou a mãe ou outro familiar, um
professor, um amigo. Tens, também, a Sexualidade em Linha, a Linha Opções e a Linha
Saúde 24 onde poderás encontrar o apoio de técnicos especializados em Saúde Sexual e
Reprodutiva.
ADOLESCENTE

Será que estou grávida?

Muitas as raparigas e rapazes que já passaram por este tipo de experiência,


sentindo pânico, medo, tendo as mesmas dúvidas, as e partilhando a mesma esperança: “não
passou de um susto”, ou “só acontece aos outros”.

Deve, fazer um teste de gravidez o mais rapidamente possível, e aí, de acordo com o
resultado, reflectir sobre o assunto e tomar as decisões apropriadas, sempre com o apoio de
alguém em quem se confia.

Porque é que é tão difícil ser adolescente e estar grávida?

Quando se trata de uma adolescente, às mudanças emocionais e físicas são


acrescidas a falta de apoio, as quais podem tornar a gravidez numa experiência traumática,
num problema emocional e de saúde e promotor de exclusão social.

Principais queixas apresentadas pela jovem grávida?

* Dificuldade na relação com os pais pelo surgimento da gravidez; algum


desapontamento,

* Dificuldade na relação consigo própria pela “necessidade” de integrar a


gravidez e a expectativa da maternidade nos seus projectos e interesses de adolescente;

* Receio de possíveis alterações no relacionamento com o seu namorado;

* Dificuldade em conseguir gerir a relação com o seu grupo de amigos;

* Dificuldade em encontrar um espaço onde se sinta confortável para falar


sobre os seus medos e dúvidas face à situação vivida.

PROFESSOR

Qual a forma de tornar toda esta situação mais fácil?

A jovem deverá ser apoiada na tomada de decisões de um modo coerente,


consciente e realista. O bem-estar afectivo é muito importante para a jovem grávida e para
o seu bebé, e uma vez que a gravidez se faz a dois também o jovem pai deve ser ouvido na
tomada de decisão.

Escola deve formar e informar na educação para sexualidade, esclarecendo todas as duvidas
existentes.

É possível continuar a sair com o grupo de amigos e a namorar, mas de


forma diferente.
PAIS

Se a família e as pessoas mais próximas da adolescente que engravida, forem capazes de


acolher o novo facto com compreensão, harmonia e respeito, a gravidez tem maior
possibilidade de ser levada a termo sem grandes transtornos e até de uma forma
gratificante.