Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


FACULDADE DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS
CURSO DE PEDAGOGIA

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO


GRUPO N.º
NOME DOS ALUNOS ​(centralizado e em ordem alfabética – Arial 12 ​)
Nome do participante 1
Nome do participante 2
Nome do participante 3
Nome do participante 4
Nome do Participante 5

Nome do Professor(a) Orientador(a):


A Importância do Letramento Linguístico e Matemático nos Anos Iniciais

1. APRESENTAÇÃO

1.1. Situação-problema

O processo da aprendizagem da escrita, para atingir seu objetivo,


é necessário que haja inclusão e que faça parte do desenvolvimento
social e crítico do indivíduo. Então para isso, professoras que atuam em
uma sala do 2º ano do Ensino Fundamental se depararam com alunos
que passaram por um processo de alfabetização precário, o qual não foi
considerado que esses alunos são diagnosticados com o Transtorno de
déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). As educadoras terão o
objetivo de diagnosticar e avaliar a melhor maneira de inserir um
letramento adequado a essas crianças, observando suas dificuldades,
olhando-os de maneira única, tendo em vista que cada aluno tem suas
particularidades.
1.2. Justificativa

A BNCC (Base Nacional Comum Curricular) é uma ferramenta que define as


normas básicas a serem trabalhadas na educação e formação de alunos, na
Educação básica. O seu principal objetivo é que no processo da
aprendizagem é a “formação humana integral e à construção de uma
sociedade justa, democrática e inclusiva, como fundamentado nas Diretrizes
Curriculares Nacionais da Educação Básica (DCN)2” (BNCC, 2017).
A Educação Básica precisa garantir o completo desenvolvimento cognitivo,
social e cultural da criança. É nesse contexto que nota-se a importância do
letramento no ensino básico, que não consiste em apenas aprender a
escrever e ler sim, a entender todo o processo da construção da linguagem
dentro do cenário social e cultural em que a criança está inserida. Ou seja, o
letramento não é só saber e decorar os códigos e sinais, mas também
entender a importância da linguagem para as interações sociais.Nas
diretrizes da BNCC (2017), é citado que “ao componente Língua Portuguesa
cabe, então, proporcionar aos estudantes experiências que contribuam para
a ampliação dos letramentos, de forma a possibilitar a participação
significativa e crítica nas diversas práticas sociais permeadas/constituídas
pela oralidade, pela escrita e por outras linguagens”. Nota-se então que o
letramento e as práticas de linguagem é uma importante ferramenta para o
desenvolvimento social e cognitivo do indivíduo, e nos Anos Iniciais, será
ampliado todo esse processo, “por meio da progressiva incorporação de
estratégias de leitura em textos de nível de complexidade crescente, assim
como no eixo Produção de Textos, pela progressiva incorporação de
estratégias de produção de textos de diferentes gêneros textuais” (BNCC,
2017).

2. OBJETIVOS
2.1 OBJETIVO GERAL

Propiciar o completo desenvolvimento intelectual, cognitivo e social das


crianças, tendo como base as diretrizes da BNCC

2.2 . ​OBJETIVOS ESPECÍFICOS ​(até três)


Avaliar o processo de ensino-aprendizagem do aluno, observando suas
dificuldades e facilidades, após a avaliação, fazer a identificação das
necessidades de cada aluno, para assim projetar as ferramentas e
conteúdos curriculares adequados a serem abordadas em sala de aula,
atendendo suas particularidades e individualidades.

3. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ​(entre duas e três páginas).

O trabalho apresentado consiste em um estudo de caso onde


professoras de uma sala de aula avaliaram e planejaram o conteúdo
curricular com base em alunos diagnosticados com TDAH (Transtorno
de déficit de atenção e hiperatividade), para isso, será usado como base
a BNCC, relacionando às duas diretrizes a cada processo desse estudo.

4. AÇÕES DE APRENDIZAGEM

5. CRONOGRAMA

CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

AÇÃO Fev Mar Abr Mai Jun Ago Set Out Nov Dez
Ação 1 -

Ação 2​ -
Ação 3​ -

Produto
Final
Avaliação

6. RECURSOS

5.1. Recursos humanos

5.2 Recursos materiais

7. AVALIAÇÃO DO PROJETO DIDÁTICO INTERDISCIPLINAR

REFERÊNCIAS

Você também pode gostar