Você está na página 1de 8

A Parábola da Figueira na Plantação de Uvas

Lucas 13: 1-9


Tema: Havia uma figueira numa plantação de uvas que não produzia frutos por 3 anos. O dono
queria cortá-lo, mas o empregado o convenceu a esperar um ano enquanto ele colocava adubo e
cuidava da figueira.
Alvo: Ensinar às crianças que Deus sempre nos dá mais uma chance a se arrepender e de se
converter e ter uma vida nova em Jesus e que devemos aproveitá-la! Também, Deus deseja
encontrar “fruto” (atitudes que agradam a Deus) em cada um de Seus filhos!
PLANO DE AULA (Estude bem a lição. Aplicação: Faça cópias do figo ou desenho um figo em folhas
separadas para fazer este exercício. Faça cópias do trabalho.)
1. Bem-vindos! Chamada –
2. Oração/Oferta –
3. Louvor –

• Deus é BOM para mim
• Se confessarmos os nossos pecados.
4. Lição Bíblica – Introdução: Quebra-Gelo: Líder, mostre a figura dos figos às crianças.
Peça para cada uma dizer uma característica dessa fruta. Exemplo: falar sobre a cor, tamanho,
espessura, peso, o figo se lembra de que outra fruta? Explique: O figo é importante para a formação
dos ossos e para o bom funcionamento do organismo. O figo também possui vitamina C, além de
combater inflamações no sistema respiratório. Seu período de safra vai de janeiro a abril. No Brasil,
a cidade de Valinhos, no interior de São Paulo, se destaca na produção da fruta. O figo pode ser
consumido direto da árvore, ou usada para fazer deliciosos doces e sobremesas. Os maiores
produtores mundiais da fruta são a Turquia, o Egito e outros países do Mediterrâneo.
Desenvolvimento da História: Algumas pessoas chegaram e começaram a comentar com
Jesus como Pilatos havia mandado matar vários galileus, no momento em que eles ofereciam
sacrifícios a Deus. Então Jesus disse: - “Vocês pensam que, se aqueles galileus foram mortos desse
jeito, isso quer dizer que eles pecaram mais do que os outros galileus? De modo nenhum! Eu afirmo
a vocês que, se não se arrependerem dos seus pecados, todos vocês vão morrer como eles
morreram. E lembrem daqueles dezoito, do bairro de Siloé, que foram mortos quando a torre caiu
em cima deles. Vocês pensam que eles eram piores do que os outros que moravam em Jerusalém?
De modo nenhum! Eu afirmo a vocês que, se não se arrependerem dos seus pecados, todos vocês
vão morrer como eles morreram. Jesus quis lhes ensinar que todos nós somos pecadores
precisando de arrependimento e a salvação em Jesus!
Então, Jesus contou esta parábola: Certo homem tinha uma figueira na sua plantação de
uvas. Quando foi procurar figos, não encontrou nenhum. Aí disse ao homem que tomava conta
da plantação: - “Olhe! Já faz três anos seguidos que venho buscar figos nesta figueira e não
encontro nenhum. Corte essa figueira. Por que deixá-la continuar tirando a força da terra sem
produzir nada?” Mas o empregado respondeu: “Patrão, deixe a figueira ficar mais este ano. Eu vou
afofar a terra em volta dela e pôr bastante adubo. Se no ano que vem ele der figos, muito bem. Se
não der, então mande cortá-la.”
Aplicação: Nessa história o dono da terra representa Deus, a figueira somos nós, os frutos as
nossas atitudes e o empregado representa Jesus.
Podemos entender, nessa parábola, que o Senhor está falando às pessoas que ainda não
aceitaram Jesus em seu coração, e que ainda há uma última chance para o arrependimento. Ainda
há chance de se converter e ter uma nova vida com Cristo! Cristo morrer na cruz e pagou o preço
de seus pecados para que você podia receber o perdão de Deus e ir morar com Ele no céu para
sempre. Você já confessou seus pecados a Deus e creio em Jesus como Senhor e Salvador de sua
vida? (Dê oportunidade as crianças não salvas a entregarem suas vidas a Cristo.)
Antes de conhecer a Palavra de Deus, fazíamos um montão de coisas erradas. Quando
cremos em Jesus, Deus espera que não façamos mais. Devemos nos arrepender dos nossos erros,
pedir perdão a Jesus e não fazer mais nada que O desagrade.
A parábola fala também a nós cristãos, que já aceitamos a Jesus como Senhor e Salvador das
nossas vidas! Deus deseja encontrar fruto em cada um de nós. Que frutos são esses? São as
atitudes de um cristão que Deus quer que nós desenvolvemos em nossa vida. Você pode pensar
em algumas atitudes cristãs que agradam a Deus? (Deixe responder! Exemplo: gratidão) ***(Fixa
os cartazes dos figos na parede com fita crepe. Quando a criança menciona uma atitude cristão,
ela pode vir à frente e escrever esta atitude no figo.) Outros frutos são: Dar um bom testemunho
para a nossa família, parentes e colegas, com ações de amor, generosidade, gentileza, de tratar
bem o nosso próximo! E outras atitudes também que agradam o coração do Pai, como agradecê-
Lo por todas as coisas que temos e que somos, sempre estar em comunhão com Ele, lendo a Bíblia
e orando! Esses são alguns dos frutos que precisamos ter em nossas vidas, ser uma árvore frutífera,
que dê muitos frutos! Dar frutos é uma forma de retribuir toda a bondade do Senhor sobre as
nossas vidas!
5. Versículo a Memorizar – (Repete o versículo várias vezes junto com as crianças.)
"Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?” Salmos 116:12 OU...
“Fui eu que os escolhi para que vão e deem fruto e que esse fruto não se perca.” João 15:16
6. Trabalho Manual – (três opções) Pinte os desenhos. Corte as cartinhas. Faça as atividades.
7. Gincana ou Extra Atividade – Faça a gincana “Salada de Frutas” (figo, banana, maçã, laranja)
8. Oração Final – Senhor Deus, muito obrigada pelo perdão e pela salvação que temos em Jesus.
Nos ajuda a desenvolver atitudes cristãs que Te agradam para darmos muitos frutos!
Atividade da Aplicação: FIGO
A PARÁBOLA DA FIGUEIRA
Como filhos de Deus, devemos produzir “frutos” (ou atitudes que agradam a Deus)
e nos arrepender dos nossos erros.

(Pinte os figos e corte as cartinhas do versículo. Aí, monte o versículo em ordem.)

e deem Fui eu que


fruto os escolhi
João 15:16

não se para que


perca vão

e que esse
fruto
JOGO DA MEMÓRIA
Você tem uma boa memória? Corte os quadradinhos e brinque com os seus amiguinhos.
A
P
A
R
Á
B
O
L
A
D
A
F
I
G
E
I
R
A
Como filhos de Deus, Pinte o caminho que levará o servo ao
devemos produzir frutos e número que corresponde ao tempo que ele
nos arrepender dos nossos erros. pediu para cuidar da figueira...

Você também pode gostar