Você está na página 1de 7

Tipos de sapatos

Por Nicole Duarte

Sonho de consumo

As mulheres construíram - e continuam construindo - modas e mitos em torno do


sapato, apaixonando-se por sandálias e botas, saltos altíssimos e sapatilhas. Os sapatos
formam um capítulo à parte na história da moda e do glamour.

Os calçados são tão valorizados que foram divididos em categorias que facilitam a
compreensão da ocasião em que devem ser usados e do valor que eles têm. Com essa
divisão surgiram vários nomes e estilos.

Você conhece todos eles?


• 1 de 13
• Próximo »

Scarpin
Por definição, o Scarpin é o calçado que esconde os dedos do pé e é fechado na parte
de trás. Ele pode ter bico fino, arredondado ou quadrado. Seu salto tem altura mínima
de quatro centímetros e se ultrapassar dez, passa ser chamado de stiletto.

Peep Toe

Os Peep Toe são sapatos abertos na ponta, que mostram pelo menos um dos dedos. A
expressão vem do inglês "peep", que quer dizer começar a aparecer, e "toe", que quer
dizer dedo.

Ankle boot
Ankle boot são botas de cano curto, geralmente na altura dos tornozelos e às vezes um
pouco abaixo.

Clog

Clog significa tamanco em inglês. São altas plataformas de madeira, que podem ser
vazadas ou não, e apresentam diferentes formatos.

Sapatilhas
As sapatilhas, também conhecidas como flats, são sapatos sem salto e que têm ou não a
ponta fechada. O bico pode variar entre fino, redondo, quadrado e até peep toe.
Garantem um look elegante e ao mesmo tempo confortável.

Gladiador

As sandálias também receberam classificações, o modelo gladiador tem tiras que


envolvem as pernas, no geral até a altura do tornozelo, mas existem modelos que vão
até a canela ou o joelho.

Rasteirinha
Outro modelo de sandálias é a famosa rasteirinha, ou sandália rasteira, que tem tiras
que prendem no dorso do pé e não possui salto alto.

Mocassim

O mocassim, conhecido também como drive, foi inicialmente criado para ser um sapato
para dirigir, daí vem o termo drive. É um sapato extremamente confortável e elegante.
O mocassim comum se diferencia do mocassim tradicional por ter pequenas tiras de
borracha nas solas.

Meia-pata
Meia-pata é a plataforma que sustenta a parte da frente do sapato e tem um salto não
tão fino logo atrás. Ele é quase um meio termo entre a plataforma Anabela e o salto
agulha (não tão pesado quanto o primeiro, nem tão leve quanto o segundo). Geralmente
essa plataforma tem de 3 a 5 cm.

Anabela

Lançado na década de 30, a Anabela é um sapato com sola em formato de cunha, ou


seja, são solados estilo plataforma mais estreitos. O modelo tem variações de altura,
mas proporciona conforto à coluna, visto que o peso fica mais distribuído.

Espadrilha
O modelo mais moderno e atual de sapato de verão é o Espadrilha. Com origem
espanhola e portuguesa, sua característica é um solado de corda trançado e costurado a
um tecido resistente. Existem modelos com saltos bem femininos e modelos mais
casuais, sem salto.