Você está na página 1de 3

História dos Índios

Para estes deuses e espíritos, faziam rituais, cerimônias e festas. O pajé era o
Em 1500, quando os portugueses chegaram ao Brasil, estima-se que havia por responsável por transmitir estes conhecimentos aos habitantes da tribo. Algumas tribos
aqui cerca de 6 milhões de índios. Passados os tempos de matança, escravismo e chegavam a enterrar o corpo dos índios em grandes vasos de cerâmica, onde além do
catequização forçada. Nos anos 50, segundo o antropólogo Darcy Ribeiro, a população cadáver ficavam os objetos pessoais. Isto mostra que estas tribos acreditavam numa vida
indígena brasileira estava entre 68.000 e 100.000 habitantes. Atualmente há cerca de após a morte.
280.000 índios no Brasil. Contando os que vivem em centros urbanos, ultrapassam os
300.000. No total, quase 12% do território nacional, pertence aos índios. Quando os O LEGADO
portugueses chegaram ao Brasil, havia em torno de 1.300 línguas indígenas. Atualmente
existem apenas 170. O pior é que cerca de 35% dos 210 povos com culturas diferentes A participação dos índios na vida brasileira é muito importante de ser ressaltada.
têm menos de 200 pessoas. São vários os traços e complexos de cultura legada a nós pelos indígenas. Podemos
perceber facilmente a presença de vários traços da cultura indígena difundidos em nossa
A organização social dos índios sociedade. Como exemplo podemos destacar os aspectos culinários incorporados às
nossas mesa como a mandioca, a moqueca, a utilização do milho para preparo de
deliciosos quitutes. Hábitos como banhar em rios, andar descalço, descansar de cócoras,
Os índios brasileiros sobrevivem utilizando os recursos naturais oferecidos pelo
que são facilmente observados principalmente no interior do país. O uso da rede, de
meio ambiente com a ajuda de processos rudimentares. Eles caçam, plantam, pescam,
cestas, o tabaco, instrumentos musicais, o alçapão, processos de caça e pesca, o anzol, a
coletam e produzem os instrumentos necessários a estas atividades. A terra pertence a
música, conhecimento de plantas são todos exemplos do legado nos deixado de
todos os membros do grupo e cada um tira dela, seu próprio sustento. Entre os indígenas
procedência indígena.
não há classes sociais como a do homem branco. Todos têm os mesmo direitos e recebem
o mesmo tratamento. A terra, por exemplo, pertence a todos e quando um índio caça,
costuma dividir com os habitantes de sua tribo. Apenas os instrumentos de trabalho LENDAS A Mandioca
(machado, arcos, flechas, arpões) são de propriedade individual. O trabalho na tribo é
realizado por todos, porém possui uma divisão por sexo e idade. As mulheres são Mani era o nome da indiazinha de pele branca como o luar que nasceu para um
responsáveis pela comida, crianças, colheita e plantio. Já os homens da tribo ficam casal de índios tupis. Era muito mimosa e boazinha, mas nada comia e foi definhando até
encarregados do trabalho mais pesado: caça, pesca, guerra e derrubada das árvores. Duas que morreu, silenciosamente, em sua pequenina rede. Seus pais, compungidos, fizeram
figuras importantes na organização das tribos são o pajé e o cacique. O pajé é o sacerdote seu pequeno túmulo no interior, mesmo, da oca onde moravam. Regada a terra com as
da tribo, pois conhece todos os rituais e recebe as mensagens dos deuses. Ele também é o lágrimas dos pais desolados e com água pura de uma fonte próxima, eis que uma nova
curandeiro, pois conhece todos os chás e ervas para curar doenças. Ele que faz o ritual da planta germina, rachando a terra com suas grossas raízes. Examinando-as, os índios logo
pajelança, onde evoca os deuses da floresta e dos ancestrais para ajudar na cura. O perceberam que, por baixo de uma delgada casca, essas raízes eram brancas como a pele
cacique, também importante na vida tribal, faz o papel de chefe, pois organiza e orienta os da meninazinha desaparecida e forneciam alimento farto e saudável que tornava os
índios.  A educação indígena é bem interessante. Os pequenos índios, conhecidos como curumins que as comiam mais fortes e belos que os das outras tribos!
curumins, aprender desde pequenos e de forma prática. Costumam observar o que os
adultos fazem e vão treinando desde cedo. Quando o pai vai caçar, costuma levar o O Guaraná
indiozinho junto para que este aprender. Portanto a educação indígena é bem pratica e
vinculada à realidade da vida da tribo. Quando atinge os 13 os 14 anos, o jovem passa Um lindo e bondoso menino da tribo dos Maués é atacado, na mata, por Jurupari,
por um teste e uma cerimônia para ingressar na vida adulta. espírito do mal, que, assumido a forma de uma serpente peçonhenta, envenena-o,
causando sua morte. Tupã, o deus supremo, vinga-se do mau espírito regando
abundantemente com suas chuvas o túmulo do indiozinho, de onde germina uma planta
Religião Indígena benéfica cujos frutos se assemelham aos grandes olhos da criança desaparecida: o guaraná
Cada nação indígena possuía crenças e rituais religiosos diferenciados. Porém, todas as que, desde então, traz saúde e felicidade à tribo.
tribos acreditavam nas forças da natureza e nos espíritos dos antepassados.
DIA DO DESCOBRIMENTO DO BRASIL
22 DE ABRIL

NO FINAL DO SÉCULO XV, O REI DE PORTUGAL, D..MANUEL, ORGANIZOU


UMA ESQUADRA DE CARAVELAS E NAVIOS COMANDADA POR PEDRO ÁLVARES
CABRAL.
NO DIA 22 DE ABRIL DE 1.500, A ESQUADRA AVISTOU UM MONTE, QUE
RECEBEU O NOME DE MONTE PASCOAL.
PENSANDO QUE FOSSE UMA ILHA, CABRAL DENOMINOU A TERRA DESCOBERTA
ILHA DE VERA CRUZ. MAIS TARDE, AO VERIFICAR O ENGANO, O NOME FOI
MUDADO PARA TERRA DE SANTA CRUZ.
COMO HAVIA AQUI GRANDE QUANTIDADE DE PAU-BRASIL, UMA VORE DE
MADEIRA COR DE BRASA DA QUAL SE EXTRAÍA UMA TINTA VERMELHA QUE SERVIA
PARA TINGIR TECIDOS, A TERRA PASSOU A SER CHAMADA DE BRASIL.
Nome:______________________________ ___/___/___

1 6
2 7
3 8
4 9
5 10

N:_______
_____