1

Colégio Estadual Professor Fábio Araripe Goulart Disciplina: História 2º ano Ano: 2011 A História e seu ensino
1. Justificativa
A disciplina História vem passando por diversas mudanças em seus paradigmas e metodologias, fruto das transformações das variadas políticas educacionais que determinaram os “caminhos” do seu estudo. Hoje, procura-se, através dela, a busca de um conhecimento centrado no aluno como “sujeito” da História, e que se sente inserido como um agente no processo de ensino-aprendizagem. Conforme orientação dos PCNs, a abordagem humanista se apresenta como uma sugestão adequada a este momento histórico; como a Escola dos “Annales”, por exemplo, que contribui para as indagações relativas ao funcionamento das sociedade, de maneira a integrar as multiplicidades temporais, espaciais, sociais econômicas e culturais presentes em uma coletividade, e destacando, ainda, a interpretação da realidade e das práticas sociais do cotidiano.

2. Objetivo
Compreender que o conhecimento histórico é algo que se constrói e se transforma segundo as determinações de cada tempo; perceber a dinâmica das mudanças sociais ao longo dos tempos; situar épocas históricas ao mesmo tempo em que se situe no mundo; e num processo interativo e interdisciplinar vise à transformação positiva de sua realidade.

3. Metodologia

a memória na vida da população. Bibliografia 1. História e memória. as raízes culturais e históricas das sociedades humanas.2 Para o cumprimento do que sugere a justificativa e o objetivo propostos. Jaime (org). A sociedade feudal. áreas preservadas. faz-se necessário. Lisboa. aos PCNs. prova escrita. Avaliação Entendendo a avaliação como um processo contínuo. Ementa: . Atendendo. também. participação em aulas. ação dos alunos na comunidade. o trabalho permanente com pesquisas orientadas a partir da sala de aula constitui uma importante alternativa para a prática pedagógica. monumentos comemorativos. além do debate sobre o significado de festas. Lisboa. O ensino de História e a criação do fato. 2. para tanto utilizaremos alguns elementos. retirar os alunos da sala de aula e proporcionar-lhes o contato ativo e crítico monumentos significativa. praças. Edições 70. para o com as ruas. BLOCH. museus. os vínculos das geração. edifícios de uma públicos e desenvolvimento aprendizagem mais 5. 1979. ela acontecerá no decorrer de todas as atividades. 4. Eduardo Régis Plano de Curso para o 2º Ano do Ensino Médio de 2009 1. PINSKY. 1982. ainda. arquivos. Ana Paula. LE GOFF. Marc. 1996 Colégio Estadual Professor Fábio Araripe Goulart Disciplina: História Professores: Abraão Coutinho. Edições 70. tais como: apresentação de seminários. Jacques. São Paulo: Saraiva. 3.

coletores e agricultores As grandes civilizações agrícolas Objetivo específico: conhecer a existência de sociedades diversas na América. colonização da América espanhola.3. sociais e culturais. 2. A colonização da América Inglesa.2. seus conflitos e contradições. 1.3 A saga da humanidade ao longo do tempo. Bem como a implantação de um sistema de dominação que se tornou um marco na história dos pré-colombianos: o colonialismo. social e cultural). Compreender que as conseqüências . levando em consideração o ponto de vista dos dominados ameríndios. a si mesmo como protagonista e agente social. 1. 2.2. seus objetivos. sua gênese e transformação como um processo aberto. o modo de vida de diferentes grupos. levando em consideração o ponto de vista dos dominados ameríndios. 2.2. política. Objetivo geral Compreender a sociedade. os pilgrim fathers 3. situando acontecimentos históricos individuais e coletivos. seus objetivos. 3. culturas indígenas americanas A violência contra os indígenas Sociedade de caçadores.1. procurando reconhecer suas semelhanças e diferenças. norte: a força puritana 3. Diferenciando-as segundo suas organizações básicas (econômica. América conquistada A institucionalização da conquista A sociedade colonial Objetivo específico: Identificar as causas do domínio espanhol na América. econômico e político) determinaram a condição atual dos povos latino-americanos.4. Programa: 1ª Unidade: 1.1. a colonização francesa nas Américas Objetivo específico: Identificar as causas do domínio europeu inglês e francês na América. A 2. 3. sul: monocultura e escravidão 3. o aprendizado do autogoverno 3. As 1.1.2. desde suas origens em busca de conhecer a si mesmo e ao mundo.3. Compreender que as conseqüências desse domínio violento em todos os aspectos (cultural . políticas. 2. e os processos sociais como orientadores da dinâmica dos conflitos e interesses dos diferentes grupos sociais. 3.3. suas relações econômicas.

1. A presença holandesa no nordeste açucareiro. econômico e político) determinaram a condição atual dos povos americanos. 2. as bandeiras e as entradas 4. Compreender que as conseqüências desse domínio violento em todos os aspectos (cultural . A mineração no Brasil colonial. 4. que chegaram de outros lugares para trabalhar e que se formaram da mistura das raças. a economia colonial: monocultura e escravidão indígena e negra. o Brasil holandês Objetivo específico: identificar o legado holandês para a sociedade nordestina destacando a administração e a cultura.4 desse domínio violento em todos os aspectos (cultural . Bem como a implantação de um sistema de dominação que se tornou um marco na história dos pré-colombianos: o colonialismo As atividades econômicas na América portuguesa 2. A estrutura administrativa na colônia brasileira Objetivo específico: Identificar as causas do domínio português na América.1.3. O império português e o papel do Brasil 1. 3. econômico e político) determinaram a condição atual dos povos americanos. 4.2. 2ª Unidade: 1.2.1.3. a união ibérica 3. principais produtos. 3. Objetivo específico: Compreender a montagem de um modelo de exploração econômica com propósitos bem definidos de inferioridade e desconsideração em relação aos grupos que já existiam.2.1. Compreender a formação de sociedades na interior do Brasil . A colonização portuguesa: Organização político-administrativa na América 1. rebeliões nas regiões mineradoras Objetivo específico: Identificar as principais regiões produtoras de ouro e diamantes na colônia e a conseqüência dessa atividade na estruturação econômica. seus objetivos. os países baixos no século XVII 3. 2.2. levando em consideração o ponto de vista dos dominados ameríndios. o ouro e os diamantes 4. Bem como a implantação de um sistema de dominação que se tornou um marco na história dos pré-colombianos: o colonialismo.

A revolução industrial 2. A independência do Haiti 3.5 com características bem distintas das regiões litorâneas como resultado das bandeiras. no racismo e na propriedade. Direita ou esquerda 3. além de ter possibilitado as reflexões acerca das condições materiais injustas dos trabalhadores e por isso o surgimento de idéias alternativas ao sistema capitalista e as formas re reação organizada dos trabalhadores.2.6. evangelização e inquisição 5. a brecha camponesa 5. religiosidade popular na colônia Objetivo específico: identificar a formação da sociedade no Brasil colonial e as implicações de uma divisão baseada no pré-conceito.1. 2. O início da revolução 3. 3ª Unidade: 1.2. 2.2.4.1.3. A mentalidade ilustrada 1. Os economistas liberais 1. 3. da nobreza aos desclassificados 5. 3.4.1. 5. O iluminismo 1. O pioneirismo inglês O trabalho na era industrial A moral burguesa e areação do trabalhador A contemporaneidade da revolução industrial Objetivo específico: Compreender a dimensão desse evento na história da humanidade como sendo um determinante para muitas mudanças nas relações sociais quer seja no trabalho quer seja nas família. arraiais vilas e cidades 5. A crise do absolutismo 3. O despotismo esclarecido Objetivo específico: Perceber a capacidade de superação de obstáculos par parte de seres humanos na busca pro condições melhores de vida considerando a liberdade como fator essencial. Compreender a origem do domínio de uma ideologia religiosa imoral e igualmente preconceituosa e violenta.5. até que a vida os separe 5. . assim como as conseqüências políticas e filosóficas para o mundo. Ecos da Marselhesa Objetivo específico: Caracterizar o Antigo Regime e explicar por que a Revolução Francesa significou um golpe fatal nas bases que sustentavam aquele sistema. 2.3.3. Religião e sociedade na América portuguesa: 5.5.2.4. Luzes contra trevas: origem do Iluminismo 1.4. A revolução francesa. 2.3.1.

2. A missão do homem branco A geografia da dominação Rumo às Índias O império do Sol Nascente A queda do Dragão Lá na Cochinchina Oh Yes.. A consolidação das conquistas burguesas 4. 2.2. 4.3. Descolonização ou revolução burguesa? Objetivo específico: Compreender a Independência dos EUA no contexto das revoluções liberais dos séculos XVI e XVIII.1. uma nação 1. 4. 4. mas que intimamente ligado às transformações mundiais da época. bem como as conseqüências políticas e econômicas em todo o mundo. 4. A insurreição Pernambucana 3. tempos de ruptura Objetivo específico: Compreender o processo de independência da América espanhola no contexto das transformações revolucionárias dos séculos 18 e 19. 1. Os bastidores da Independência 3.6. e reconhecer a importância desse evento como uma reação positiva ainda que movida por interesses que não condiziam com uma verdadeira democracia.2.1.2. 4.2.3.1. 4ª Unidade: 1.5. Independência: limites e contradições 2. Treze colônias. A Independência da América Inglesa. Vai-se a coroa. 3. 4..4. A queda de Napoleão Objetivo específico: Identificar as causas que promoveram a ascensão de Napoleão Bonaparte no poder da frança e seus objetivos para conquistar o mundo.1. já qua a participação popular foi muito decisiva. Objetivo específico: Compreender a Independência do Brasil como um processo movido por interesses aristocráticos e familiares. 4. O senhor da Europa 4. Processo de Independência da América portuguesa 3.6 4. 4. Processo de Independência da América espanhola 2.7. A inversão brasileira 3. pondo em xeque as estruturas do Antigo Regime. O imperialismo na áfrica e na Ásia.4. O império napoleônico.1. ficam as cabeças.3. 4. na temos banana .

6. relacionando-as às grandes mudanças no contexto mundial. 5. Crise no Império 5. Sua majestade. ação dos alunos na comunidade. 4. O reconhecimento internacional 5. Conflitos armados: a guerra contra o Paraguai 6. econômicas e sociais ocorridas durante o segundo reinado. A abolição da escravatura 6.. Crise na monarquia Objetivo específico: descrever. como: teatro. identificar as principais mudanças ocorridas com a independência. A fuga do herói Objetivo específico: compreender os interesses dos principais agentes envolvidos nesse processo. 6. 5. Procedimentos metodológicos Pesquisa na Internet Pesquisas na Biblioteca Aulas expositivo-participativas Leituras individuais e em grupo Debates e discussões Realizações de Seminários Recursos outros. ARRUDA.3. ela acontecerá no decorrer de todas as atividades. o café 6.2. Nelson. identificar e compreender as transformações políticas. São Paulo. Avaliação Entendendo a avaliação como um processo contínuo. O primeiro Reinado 5.2. Toda a História. A insatisfação geral contra o imperador 5.5. O início do governo de Dom Pedro II 6. prova escrita. Bibliografia: 1.2.1. O segundo reinado 6. poesias e etc. A primeira constituição 5.7 Objetivo específico: Definir colonialismo e imperialismo e reconhecer as causas e conseqüências do novo colonialismo para as áreas dominadas e a nova configuração de forças políticas e econômicas mundiais.2.1. Uma sociedade em transformação 6. danças. Ática: 2000. ed. José Jobson de A. 8.3. para tanto utilizaremos alguns elementos. tais como: apresentação de seminários.4. PILETTI.4. participação em aulas. música.6. Lutas contra a independência 5. .

MOTA. 4. VICENTINO Cláudio. História: das cavernas ao terceiro milênio. BRAICK. Patrícia Ramos. . 3. Divalte Garcia. DORIGO. São Paulo: Moderna. São Paulo: Ática. 2005.8 2. História para o ensino médio. Gianpaolo. 2001. História. São Paulo: Scipione.das origens da humanidade à reforma religiosa na Europa. FIGUEIRA. 2002. Myriam Becho. Volume 1 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful