Você está na página 1de 1

Meu amor é a lua (no acorde de D maior)

A luz da lua banha meu leito

Guardo o segredo de nossos dias

Em poucos gestos de nostalgia

No gosto frio de seu beijo

Deixa tua sombra recair na terra

Faz de mim mais que admirador

Manda embora minha dor

Que minha peste é a espera

Queria possui-te no infinito

Enlaçar-me em tuas tranças

E ver meus olhos de criança

Refletindo esse teu brilho

Sede minha no agora

Que outrora fui somente errante

Sou agora teu grande amante

Até o surgir da aurora

Escrito por: Felipe de o. Ramos

22h09min, 02/07/11