Você está na página 1de 5

IST’s

Victória Sampaio – MEDICINA 2021.1

• ➢ Secundária
- Doenças essencialmente transmitidas por - Surge 4 a 6 semanas após o cancro
contágio sexual: sífilis, gonorreia, cancro duro
mole, linfogranuloma venéreo - Pele: máculas, pápulas e roséolas
- Manchas nas palmas das mãos e nos
- Doenças frequentemente transmitidas por pés (patognomônico)
contágio sexual: donovanose, herpes - Alopecia
simples genital, condiloma acuminado, - Lesões na face / vulva
candidíase genital, uretrite não - Alta treponemia: sinais de neurite
gonocócica, fitiríase, hepatite B, AIDS periférica (parestesia, perda de força)
devido a inflamação nervosa pelo
- Doenças eventualmente transmitidas por treponema
contágio sexual: molusco contagioso,
pediculose, escabiose, shiguelose,
amebíase

1. Sífilis
- Doença pandêmica
- Agente: Treponema pallidum
- Adquirida ou congênita
- Primária, secundária e terciária ➢ Terciária
- Período latente assintomático (variável)
➢ Primária até o aparecimento de sinais em outros
- Incubação: em média 21 dias sistemas
- Cancro duro ou protossifiloma (local de - Forma cutânea: nódulos, gomas,
inoculação do treponema) – indolor, eritemas
bordas endurecidas, fundo limpo - Forma cardiovascular: aortite,
- Reação dos linfáticos adjacentes insuficiência aórtica, aneurismas, estenose
do óstio coronariano
-Forma neurológica: tabes dorsalis

Sífilis congênita
- Contaminação a partir da 8ª semana
- Abortamento tardio, morte intra-útero,
sífilis congênita precoce ou tardia
- HEM, anormalidade ósseas, baixo peso
ao nascer, pneumonia, paralisia de
membros, anormalidades do SNC
» DIAGNÓSTICO - Endocervicite
campo - Disúria, sangramento intermenstrual,
escuro, Giemsa, punção de linfonodos metrorragia, prurido anal e sangramento
VDRL uretral
(mais usado) - Complicações: bartholinite, salpingite, DIP,
: FTA-ABS, prematuridade, abortamento
FTA-ABS IgM
- Exame do LCR
- Sífilis congênita

» TRATAMENTO

-
- Penicilina benzatina, 2..400.000UI – IM em
dose única (uma ampola em cada nádega, » DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
já que cada uma tem metade da dose) - Gram de recreção (diplococos gram -)
- Para alérgicos: - Cultura: ágar de Thayer-Martin ou New
- Doxiciclina 100mg VO 12/12h por 14 dias York City
- Ceftriaxone 250mg/dia IM por 10 dias
» TRATAMENTO
- Ceftriaxone 125mg IM DU, segundo o
- Penicilina benzatina 2.400.000 UI CDC
semanais IM por 3 semanas - Alternativas: ciprofloxacin, ofloxacin,
- Doxaciclina 100mg VO 12/12h por 28 dias cefixima, tianfenicol (cura 86% dos casos)
- Usa esta conduta para grávidas - Faringite gonorreica: ceftriaxone 1g/dia
IM ou EV durante 7 a 10 dias

3. Clamídia
2. Gonorreia - Agente: Chlamydia trachomatis
- Doença pandêmica - Sorotipos L1, L2 e L3 – relacionados ao
- Agente: Neisseria gonorrhoeae linfogranuloma venéreo
- Sinonímia: blenorragia - Sorotipos D a K: transmissão sexual
- Fases agudas e crônica - Semelhante à gonorreia: pode
- Incubação: 2 a 10 dias desencadear uma DIP que causa fibrose,
- Homem: uretrite gonocócica obstrução tubária, levando a infertilidade,
gravidez ectópica
» QUADRO CLÍNICO
- Corrimento amarelo-esverdeado » QUADRO CLÍNICO
- Localização: endocérvice, uretra, ânus, - Cervicite: hiperemia, sangramento,
articulações, faringe, coração, pele e corrimento
fígado - Uretrite, disúria, incontinência, secreção
purulenta uretral
- Endometrite, DIP, proctite e síndrome
oculogenital
- Corrimento mais claro saindo do orifício
cervical, e não da vagina
- Colo vermelho

» DIAGNÓSTICO
- Cultura em células vivas (McCoy)
- Imunoflorescência
» DIAGNÓSTICO
- PCR
- Pode ser clínico
- Métodos caros e tecnicamente difíceis
- Teste de Frei: reação de inoculação
- Clínica é fundamental
intradérmica de antígenos com
- Associação Neisseria-Chlamydia
surgimento de nodulação de mais de 5
mm com halo eritematoso, que surge
» TRATAMENTO após 48 horas da inoculação.
- Doxiciclina 100mg VO 12/12h por 7 dias
- Reação de fixação do complemento:
- Alternativas: azitromicina, ofloxacina,
pesquisa de clamídia na secreção do
tianfenicol, eritromicina
abscesso

4. Linfogranuloma » TRATAMENTO
Inguinal - Doxicilcina 100mg VO 12/12 h, por 21 dias.
- Agente: Chlamydia trachomatis a quantidade de inflamação é maior que
- Sinonímia: doença de Nicolas-Favre, na cervicite por clamídia
bulbão climático ou linfogranuloma
venéreo
- Incubação: 4 a 21 dias Tetraciclina 500mg VO 6/6h
Sulfixazol 500mg VO 6/6h
» QUADRO CLÍNICO Tiafenicol 500g VO 6/6h
- Pequena erosão, pápula ou úlcera no Eritromicina 500mg VO 6/6h
local da inoculação, principalmente na face
interna dos pequenos lábios 5. Cancro Mole
- Acometimento de linfonodos inguinais - Agente: Haemophilus ducreyi
unilaterais - Sinonímia: cancróide, cancro venéreo
- Formação de abscessos – intenso simples, ‘’cavalo’’
edema - Incubação: 2 a 35 dias, em média de 5
- Fistulização e eliminação de material dias
purulento - Pode ser encontrado em mucosas oral
- Outros: cervicite, proctite, retite, e genital normais
vegetações polipoides - Mais frequente em homens
- Mais intenso que a cervicite por clamídia - Mulheres podem ser portadoras
assintomáticas

» QUADRO CLÍNICO
- Úlceras dolorosas, não endurecidas, 6. Donovanose
secretantes, bordas hiperemiadas e fundo - Agente: Donovania granulomatis
sujo - Sinonímia: granuloma inguinal, venéreo,
- Localização: lábios vaginais, fúrcula, tropical e esclerosante
introito vaginal ou períneo - Incubação mais arrastada: 3 dias a 6
- Infartamento ganglionar (bulbão) em semanas
75% dos casos - Evolução crônica
- Frequente em regiões tropicais
- Mais comum em homens de baixo nível
socioeconômico (promiscuidade)

» QUADRO CLÍNICO
- Lesões cutâneas e mucosas,
inicialmente indolores, que podem
alcançar grandes áreas, causando
deformidades e destruição tecidual
- Localização: genitália, ânus, períneo e
região inguinal
- Sintomas gerais e adenopatia são raros
» DIAGNÓSTICO LABORATORIAL - Localizações extra-genitais são raras
- Geralmente é clínico
- Gram ou Giemsa de material das úlceras
ou aspirado do bulbão (disposição dos
estreptobacilos gram negativos em
‘’cardume de peixe’’)
- Cultura é de difícil execução

» DIAGNÓSTICO
- Essencialmente clínico
- Esfregaços ou biópsia (caso confunda
com leishmaniose tegumentar)
- Reação de fixação do complemento
» TRATAMENTO
» TRATAMENTO
- Azitromicina 1gr VO (1X)

- Tetraciclina 500 mg VO, 6/6h por 14 a


- Tianfenicol 500 mg VO 8/8h por 5 dias 21 dias ou até cura clínica
- Cloranfenicol 500 mg VO 8/8h por 21
dias
- Excisão cirúrgica (pode ser necessária) - Gestantes: cesárea para prevenir
infecção neonatal
7. Herpes Simples
- Agente: DNA-vírus, família Herpes
viridae
- HSV1: lábios, face e áreas expostas ao
sol
- HSV2: região genital
- Incubação: em média 7 dias

» QUADRO CLÍNICO 8. HPV


- Edema, ardor, prurido e dor no local da
- Condiloma acuminado: lesões que
inoculação
devem ser extraídas
- Vesículas agrupadas que se rompem
após 4 a 5 dias, originando úlceras
- Linfoadenopatia em 75% dos casos
- Primoinfecção dura 10 a 20 dias
- Recorrência – imunidade baixa

» DIAGNÓSTICO
- Papanicolau: células gigantes
multinucleadas
- Cultura seguida de tipagem viral de
material da vesículas

» TRATAMENTO
- Imunomoduladores
- Vacinas não se mostram eficazes

- Aciclovir 400mg VO 3X ao dia, 7 a 10


dias
- Fanciclovir 250mg VO 5X ao dia, 7 a 10
dias
- Valaciclovir 1g VO 2X ao dia, 7 a 10 dias
- Recidivas: aciclovir 200mg VO %X ao
dia, por 5 dias. Iniciar o mais precoce
possível.