Você está na página 1de 36

Introdução à Botânica

Ciclo Celular

Docente: Xiomara Franchesca García Díaz


AULA 4
Engenharia de Pesca
UFRA
2017-2

Fonte: Raven, 2014


Os seres humanos possuímos 46
cromossomos. Quando nos machucamos
e o tecido se recupera, essas células
novas tem a mesma quantidade de
cromossomos? Alguma célula humana
tem menos cromossomos? Se nós somos
formados pela união do óvulo da mãe
com o espermatozoide do pai, ao se
somar os cromossomos dessas duas
células nós não teríamos que ter 92
cromossomos?
Tópicos

 Ciclo celular
 Organelas envolvidas no processo
 Fases da divisão celular
 Interfase
 Profase
 Metafase
 Anafase
 Telofase
 Citocinese
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

CICLO CELULAR

 DIVISÃO CELULAR: Processo pelo qual as células se reproduzem passando toda sua
informação e dividindo todo seu conteúdo para duas células-filhas.
 OBJETIVO: Unicelulares: Aumentar a quantidade de indivíduos na população;
Pluricelulares: Crescimento e, recuperação de tecidos.

 NOVA CELULA recebe a metade do citoplasma e uma copia exata da


informação genética.
 Estágios sequenciais da divisão celular: Mitose e Citocinese.
 MITOSE (divisão nuclear): Processo no qual um lote completo de
cromossomos duplicados previamente é alocado para cada um dos
dois núcleos-filhos.
 CITOCINESE: Processo que divide a célula inteira em duas novas
células.
Copia fiel  CICLO CELULAR: Sequencia regular e repetida de eventos associados
à reprodução das células eucariotas: +Interfase.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

CICLO CELULAR
 INTERFASE: Fase do ciclo celular que precede e sucede a Mitose
 A interfase pode ser dividida em três fases: G1, S e G2.
A mitose + Citocinese: fase M do ciclo celular.
 Por quantos ciclos pode passar uma célula? Dependendo da célula, podem ser sucessivos
ciclos celulares, como em organismos unicelulares e algumas células vegetais e animais.
Ex: Células iniciais dos meristemas apicais da raiz ou do caule das plantas (tecidos
embrionários).
 Fase G-zero: Estado de repouso especializado ou dormência, durante o qual as iniciais
ficam detidas na fase G1
 ENDORREDUPLICAÇÃO OU ENDORREPLICAÇÃO: Processo de replicação do DNA
antes da diferenciação celular (Núcleos Gigantes com múltiplas cópias de cada
gene). Ex: Células dos embriões em desenvolvimento do feijão comum
(Phaseolus vulgaris) podem ter até 8.192 cópias de cada gene.
 São produzindas tantas células quantas forem necessárias para promover o
crescimento e o desenvolvimento normais…e no tempo certo (Sistema de Controle)!
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

Fonte: Raven, 2014


Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

Núcleo
(1) controla as atividades que estão ocorrendo na célula,
determinando quais moléculas proteicas são por ela produzidas e
quando devem ser produzidas e (2) armazena a informação
genética da célula (DNA), passando-a para as células-filhas no
curso da divisão celular.

 ENVOLTÓRIO NUCLEAR (EN): dupla membrana


 POROS CIRCULARES: Estruturas complexas que juntam as duas
membranas (30-100 nm de diámetro). Função: Intercâmbio de
materiais entre o núcleo e o citoplasma
 O RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO (RE) em determinados locais é
continuo com a membrana externa do EN.
Fonte: Raven, 2014
 EN porção especializada do RE
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

Micrografia eletrônica dos


núcleos de células
parenquimáticas de Selaginella
kraussiana, planta vascular sem
semente, mostrando os poros:
(A) em vista frontal e
(B) em seção (ver setas).
Observe em A os polissomos
(agrupamentos de ribossomos)
na superfície do envoltório
nuclear; e em B, o retículo
endoplasmático rugoso disposto
paralelamente ao envoltório
nuclear. O núcleo está à
esquerda.

Poros nucleares

Fonte: Raven, 2014


Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

...ainda no Núcleo
 CROMATINA é constituída de DNA, que carrega a informação
genética e está associado a grandes quantidades de proteínas
(histonas).
 CROMOSSOMOS estruturas individuais de cromatina condensada que
se forma durante o processo de divisão nuclear

Quantidade de cromossomos presentes nas células somáticas

Planta No. Cromossomos


Machaeranthera gracilis 4
Arabidopsis thaliana 10
Brassica oleraceae 18
Triticum vulgare 42
Ophioglossum 1.250
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

...ainda no Núcleo
 Quantidade de cromossomos das CÉLULAS SOMÁTICAS = característica para cada
organismo.
Quantidade de cromossomos dos GAMETAS ou as CÉLULAS SEXUAIS = metade da
quantidade de cromossomos das células somáticas.
 A quantidade de cromossomos dos gametas é referida como número HAPLOIDE
(“conjunto único”) e chamado n,
 A quantidade de cromossomos das células somáticas, como número DIPLOIDE
(“conjunto duplo”) e chamado 2n.
 Células que têm mais do que dois conjuntos de cromossomos são denominadas
POLIPLOIDES (3n, 4n, 5n, ou mais).

No. No.
Cromossomos Cromossomos
C somática gametas
46 23
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

...ainda no Núcleo

 NUCLEOLO: Estrutura esférica presente no núcleo que não


está em divisão e não possui membrana. Contém grande
quantidade de RNA (ácido ribonucleico) e proteínas, assim
como grandes alças de DNA que saem dos vários
cromossomos. Fonte do material ribosómico.

 Os RIBOSSOMOS são os locais nos quais os aminoácidos são


unidos entre si para formar as proteínas.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

...Voltando ao Ciclo Celular

 Ciclo celular. A MITOSE (divisão do núcleo) e a CITOCINESE (divisão do citoplasma),


que juntas constituem a fase M, acontecem após a conclusão de três fases
preparatórias (G1, S e G2) da interfase.

 CONTROLES QUE REGULAM O CICLO CELULAR (pontos de checagem).


1 - final da fase G1 - suspende ou inicia a fase S.
2 - final da fase G2 - suspende ou dá início à mitose.
3 - formação do fuso, detém a anáfase se alguns cromossomos não estão
adequadamente unidos ao fuso mitótico.

 A passagem pelos pontos de checagem depende do êxito da ativação e


subsequente inativação de proteínas quinases (enzimas que têm a capacidade de
transferir grupos fosfato do ATP para um aminoácido específico) conhecidas como
quinases dependentes de ciclinas.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

INTERFASE
 ANTES DE TUDO
 replicar/duplicar o seu DNA
 Sintetizar as proteínas associadas a este nos cromossomos.
 Produzir uma quantidade suficiente de organelas e outros componentes
citoplasmáticos para as duas células-filhas
 Reunir as estruturas necessárias para desencadear a
mitose e a citocinese.

 G1, S e G2
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

FASE G1 (do inglês Gap = intervalo)

 Após mitose e precede a fase S


 A célula dobra de tamanho e são sintetizadas
mais enzimas, ribossomos, organelas, sistema
de membranas, e outras moléculas e
estruturas citoplasmáticas.
 Os centríolos e centrossomos (material
amorfo ao redor do centríolo) se separam e
duplicam (Maioria das células eucariotas)
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

SÓ ACONTECE NAS CÉLULAS


VEGETAIS
 Formação do FRAGMOSSOMO:
Lâmina transversal do citoplasma ...ainda na FASE G1
formada por cordões
citoplasmáticos fundidos
(microtúbulos e filamentos de
actina), que mantem o núcleo no
centro de células com vacúolos
grandes.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

FASE S (Fase de Síntese)

 Duplicação do DNA : Cada


cromossomo é duplicado; e forma
duas cromátides-irmãs.
 Síntese de algumas proteínas,
principalmente as Histonas.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

FASE G2

 Segue a fase S e precede a mitose


 IMPORTANTE: verificar se a duplicação do
cromossomo se completou e se qualquer dano do
DNA foi reparado.
 Duplicação do par de centríolos é completada (Nas
células que possuem centríolos) e os dois pares de
centríolos maduros localizam-se externamente ao
envoltório nuclear.
 Os Cromossomos começam a se condensar.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

... ainda na FASE G2


SÓ ACONTECE NAS CÉLULAS VEGETAIS

 Formação do BANDA DA PRÉ-PRÓFASE:


Estreita faixa anelar constituída por
microtúbulos, que se dispõe sob a
membrana plasmática. Circunda o núcleo
no plano equatorial = Fuso mitótico.
Desaparece antes da formação do fuso e
da placa celular (Partição inicial entre as
células filhas, não se forma até a
telofase).

 “Prevê” a posição da futura placa


celular!!!
Fonte: Raven, 2014
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

MITOSE

 MITOS, em grego, significa “fio” ou “linha” devido a aparência


filamentosa dos cromossomos, quando se tornam visíveis pela
primeira vez.

 MITOSE é um processo contínuo, mas convencionalmente é dividido


em quatro fases: Prófase, Metáfase, Anáfase e Telófase. Na Mitose o
material genético sintetizado durante a fase S é dividido igualmente
entre os dois núcleos-filhos.

 A duração da mitose varia com o tecido e o organismo envolvido.


Entretanto, a prófase é sempre a fase mais longa e a anáfase é a
mais curta.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

PRÓFASE (Mitose)
 Na PRÓFASE a cromatina condensa-se gradualmente formando
cromossomos bem definidos.
 Na Prófase Inicial, os filamentos encurtam-se e tornam-se mais
grossos.
 Na Prófase Mediana, se faz evidente que cada um dos cromossomos é
composto por dois filamentos enrolados um sobre o outro, e não por
apenas um filamento (As duas cromátides-irmãs)
 Na prófase tardia, após o encurtamento, as duas cromátides de cada
cromossomo alinham-se lado a lado, dispondo-se quase
paralelamente ao longo de seu comprimento, e se mantêm unidas,
com uma constrição em uma única região, denominada Centrômero

 CENTRÔMEROS consistem em uma sequência específica de DNA


necessária para unir os cromossomos ao fuso mitótico
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

...ainda na PRÓFASE
 Uma zona clara aparece ao redor do
envoltório nuclear pela presença de
microtubulos. No inicio estão ao
acaso...no final alinham-se
paralelamente à superfície do núcleo ao
longo do eixo = inicio do Fuso mitótico ou
fuso da pré-prófase
 o nucléolo torna-se gradualmente pouco
discernível e desaparece.
 O envoltório nuclear rompe-se.
Fonte: Raven, 2014
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

METÁFASE (Mitose)
 FUSO MITÓTICO, Estrutura tridimensional que se
apresenta mais larga na região mediana e afilada em
direção aos polos, aparece na área ocupada
inicialmente pelo núcleo.
 Fibras do fuso = Feixe de microtúbulos. Apresenta
microtúbulos dos cinetócoros e os microtúbulos polares.
 Cinetócoros : complexo de proteínas especializadas que
se desenvolve aos dois lados do cromossomo na região
do centrómero. Cada cromátide tem seu próprio
cinetócoro.
 Os microtúbulos dos cinetócoros alinham os
cromossomos na região equatorial do fuso
 As cromátides agora estão em posição para se
separarem.
Fonte: Raven, 2014
Cromossomo totalmente condensado

Fonte: Raven, 2014


Fuso mitótico na metáfase

Fonte: Raven, 2014


Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

ANÁFASE (Mitose)

 Separação dos dois lotes idênticos de cromossomos:


Simultaneamente todas as cromátides-irmãs junto aos
centrômeros
 As cromátides-irmãs agora são chamadas cromossomos-filos
 Como os cinetócoros dos cromossomos-filhos se deslocaram
para polos opostos, os braços dos cromossomos parecem
voltados para trás.
 Finaliza com os dois conjuntos idênticos de cromossomos nos
polos opostos.
Fonte: Raven, 2014
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

TELÓFASE (Mitose)
 O envoltório nuclear se forma ao redor de cada lote de
Cromossomos
 As membranas desses envoltorios nucleares são derivadas de
vesículas do retículo endoplasmático
 O fuso desaparece e os cromossomos alongam-se até
tornarem-se novamente filamentos finos.
 Os nucléolos se reorganizam.
 Os dois núcleos-filhos formados durante a mitose são
geneticamente equivalentes entre si e ao núcleo que se
dividiu para produzi-los.

 CALOSE é o principal polissacarídio da Placa Celular depois


substituído pela CELULOSE
Fonte: Raven, 2014
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

CITOCINESE
 A citocinese (divisão do citoplasma) tipicamente segue a mitose.

 Na maioria dos organismos, as células dividem-se pelo crescimento


da parede celular para dentro, se presente, e pela constrição da
membrana plasmática, um processo que “comprime” de lado a lado
as fibras do fuso. Nas briófitas e plantas vasculares e em umas
poucas algas, a divisão celular ocorre pela formação da placa
celular, a qual se inicia no meio da célula e cresce para fora.
 FRAGMOPLASTO é constituído de microtúbulos que se sobrepõem e
que formam dois conjuntos, um em cada lado do plano da divisão. A
placa celular inicia-se como um disco suspenso no fragmoplasto
 A placa celular cresce para fora até atingir as paredes, completando
a separação das células-filhas.
 Nas células que têm vacúolo grande, o fragmoplasto e a placa
celular são formados dentro do fragmossomo
 Formação da placa
celular.
Nas células vegetais, a
separação dos cromossomos-
filhos é seguida pela
formação da placa celular, a
qual completa a separação
das células em divisão.
Numerosas vesículas de Golgi
podem ser vistas fundindo-se
no estágio inicial da
formação da placa celular.
Os dois grupos de
cromossomos, um de cada
lado da placa celular em
desenvolvimento, estão em
telófase. As setas apontam
para as porções do envoltório
nuclear, reorganizando-se ao
redor dos cromossomos.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA

...ainda na CITOCINESE
 A placa celular é formada por um processo que
envolve a fusão de excrescências tubulares das
vesículas de secreção derivadas do aparelho de
Golgi. As vesículas vão para o plano de divisão
graças às proteínas motoras. As vesículas liberam
as hemiceluloses e pectinas e se fundem para
formação da membrana citoplasmática em cada
lado da parede celular.
 Após a placa celular entrar em contato com as
paredes da célula-mãe, a lamela mediana se
forma dentro dela. Cada célula-filha deposita,
então, uma nova camada de parede primária ao
redor de todo o protoplasto. A parede original da
célula-mãe estica-se e se rompe à medida que as
células-filhas crescem.
Ciclo Celular – Botânica Aquática 2017-2. UFRA
Próxima aula...Transporte celular
Alguns vídeos sobre divisão celular

 https://www.youtube.com/watch?v=Xy1iqpxQBDY
 https://www.youtube.com/watch?v=gV4wytyyqKU
 https://www.youtube.com/watch?v=-49ob_duCcM
 https://www.youtube.com/watch?v=Ixd8LgsE5nY
 https://www.youtube.com/watch?v=Hp3U7sXKsso
 https://www.youtube.com/watch?v=rUsVQoyOMBU

Você também pode gostar