Você está na página 1de 5

CURSO DE MEDICINA

Estudo Dirigido

Professores: Dr. Rogério Grimaldi e Dra. Iura Gonzalez


Componente Curricular: Biomorfofuncional I – Fundamentos microscópicos
Aluno (a): Semestre: 1º
Turma: Monitor: Tutoria:

Monitoria Biomorfofuncional – Fundamentos Microscópicos:


Aspectos Moleculares e Fisiológicos

Módulo Cardiovascular e Respiratório

Semana 01- Estrutura e função da membrana plasmática correlacionada à


eletrofisiologia cardíaca

Monitores: Gabriel Carvalho, Maria Paula Lacerda, Mariana Moreno e Taís


Gardenia Lopes.

1. Avalie as proposições e marque a alternativa correta

I. A membrana plasmática participa da definição da composição do


citoplasma, uma vez que esta funciona como barreira seletiva para a
passagem de moléculas.
II. O fosfatidilinositol é o fosfolipídio mais abundante da membrana
plasmática.
III. Podem ser citadas como funções da membrana plasmática: definir os
limites da célula, transduzir sinais químicos extracelulares em
intracelulares e reconhecer células vizinhas e objetos estranhos.
IV. A fluidez da membrana está relacionada com as fortes interações existentes
entre as moléculas de lipídios e proteínas que a constituem. Ainda sobre a
fluidez da membrana, ela é diretamente proporcional ao comprimento das
caudas dos fosfolipídios e inversamente proporcional ao número de
insaturações.
V. O movimento mais comum realizado pelos fosfolipídios de membrana é o
flip-flop. Esse evento é independente de proteínas, diferentemente da
difusão lateral.

a) Se I, II, III e IV forem verdadeiras


b) Se todas forem verdadeiras
c) Se apenas IV e V forem falsas
d) Se I, II e V forem falsas
e) Se apenas I e III forem verdadeiras
2. Complete a cruzadinha a seguir, ignorando possíveis espaçamentos ou hifens,
exceto no número 5:

VERTICAL
1. Propriedade da membrana que é energeticamente favorável e na qual as
bordas livres tendem a fechar-se formando um compartimento.
2. Principal componente lipídico que desempenha importantes funções nos
mecanismos de sinalização celular.
3. Em altas temperaturas essa molécula reduz a fluidez da membrana de
animais.
4. Áreas mais estáveis da membrana plasmática que servem de acomodação
para várias proteínas.

HORIZONTAL
5. Mudança da bicamada de um estado líquido para um estado cristalino
rígido(gel)
6. Movimento no qual o lipídio gira em torno do seu próprio eixo.
7. Fator ambiental que influencia na fluidez da membrana.
8. Proteínas que podem ser extraídas sem danificar a membrana plasmática.
9. Resíduo de açúcar que reveste a membrana e que tem como função o
reconhecimento celular, além de fornecer proteção e auxiliar a célula
quando está se encontra em situações adversas.

1 2

5
. 3
8

9
.

6
7
3. Complete as lacunas das orações com as palavras presentes no quadro abaixo.

Células autoexcitáveis Batimentos cardíacos Um núcleo por fibra

Discos intercalares Menores Desmossomos

Frequência Fibras musc. Esqueléticas Junções Comunicantes

Uma rede complexa Musculares cardíacas Ramificação e união

a) As células miocárdicas especializadas na geração de potenciais de ação são


conhecidas como ___________________________________________________ .
b) As células marca-passo determinam o (a) ________________________________ das
(dos) ______________________________________________ .
c) As fibras _____________________________________________________ são muito
________________________ do que as
___________________________________________________, porque possuem
___________________________________________________________________.
d) Os ___________________________________, também conhecidos como junções
celulares, formados a partir da ____________________________________________ de
células musculares cardíacas com células vizinhas criando
____________________________________ .
e) Os discos intercalares possuem dois componentes:____________________________
e __________________________ .

4. Julgue as afirmativas em verdadeiras ou falsas, sublinhando o erro das


assertivas falsas:

a) Quanto maior a quantidade de insaturações na cauda de fosfolipídio, maior


a fluidez de membrana. [ ]

b) Cadeias longas e insaturadas tendem a virar gel mais facilmente, enquanto


cadeias curtas e saturadas tendem a virar gel mais dificilmente. [ ]

c) Toda proteína transmembrana é integral, assim como toda proteína integral


é transmembrana. [ ]

d) Todos os lipídeos de membrana são anfipáticos. [ ]

e) A estimulação simpática das células marca-passo diminui a FC. [ ]

f) Existem quatro tipos principais de fosfolipídeos na membrana, que estão


igualmente distribuídos na bicamada. [ ]
g) Os desmossomos são conexões fortes que mantêm as células adjacentes
unidas, permitindo que a força criada em uma célula seja transferida para a
célula vizinha. [ ]

h) Quanto menor o comprimento das caudas, menor é a fluidez da membrana,


uma vez que caudas curtas têm maior interação com as caudas adjacentes.
[ ]

i) Os túbulos T das células miocárdicas são menores que os do músculo liso e


se ramificam dentro dessas células. [ ]

j) Em um coração sadio, o estiramento de fibras individuais depende da


quantidade de sangue existente no interior das câmaras cardíacas. [ ]

k) Em baixas temperaturas, o colesterol impede a transição de fase, uma vez


que se interpõe entre os lipídeos, evitando o agrupamento e a cristalização
dos mesmos. [ ]

l) No músculo cardíaco, o 𝐶𝑎2+ extracelular desempenha um importante


papel para o início da contração. [ ]

m) O que causa a instabilidade do potencial de membrana das células


miocárdicas autoexcitáveis são os canais If, que são permeáveis apenas ao
𝑁𝑎+ . [ ]

5. Escreva no espaço representado em linha azul a respectiva fase do gráfico de


potencial de ação correspondente a cada descrição:

As células miocárdicas contráteis têm um potencial de repouso estável de


aproximadamente 90 mV.

Quando os canais de Na+ se fecham, a célula começa a repolarizar à medida


que o K+ deixa a célula pelos canais K+ abertos.

Os canais para Na+ controlados por voltagem se abrem, permitindo que este
entre na célula e rapidamente a despolarize. O potencial de membrana
alcança aproximadamente +20mv antes de canais para Na+ se fecharem.

Quando os canais para Ca2+se fecham e a permeabilidade ao K+ aumenta


mais uma vez, o platô termina. Quando os canais para K+ abrem, este íon sai
rapidamente e a célula retorna para seu potencial de repouso.

A repolarização inicial é muito rápida. O potencial de ação então se achata e


forma o platô como resultado de dois eventos: diminuição da
permeabilidade ao K+ e aumento da permeabilidade ao Ca2+.

Você também pode gostar