Você está na página 1de 9

6 ECO 051 – Análise do Pensamento Econômico

Prof. Sinival Osorio Pitaguari - 2020.

LISTAS DE QUESTÕES PARA ATIVIDADES ASSÍNCRONAS

Economia Marxista – I Parte

1. Cite e explique as leis da dialética. (Apostila do Professor).


2. Qual é a diferença entre o materialismo histórico de Marx e o idealismo de Hegel. (Marx, 1982-B,
O Método da Economia Política)
3. Defina os termos: a) infraestrutura e b) superestrutura. (Apostila do Professor)
4. Explique a relação entre infraestrutura e superestrutura. (Apostila do Professor)
5. Explique a diferença entre os conceitos de infraestrutura e modo de produção. (Apostila do
Professor).
6. Defina o que são: a) forças produtivas; b) força de trabalho; c) meios de produção; d) objetos de
trabalho; e) elementos naturais; f) matérias-primas; g) matérias-auxiliares; h) meios de trabalho; i)
instrumentos de trabalho; j) meios auxiliares de trabalho. (Apostila do Professor)
7. Defina o que são: a) relações sociais de produção; b) relações de propriedade; c) relações de
distribuição. (Apostila do Professor)
8. Explique a relação que existe entre as relações de produção e as forças produtivas. (Apostila do
Professor)
9. Explique como se dá o processo revolucionário que faz uma dada formação social evoluir para
outra de desenvolvimento superior. (Marx1982-B, O Prefácio)
10. Quais as características dos tipos de formação social e econômica (ou dos modos de produção) que
já existiram na história até Marx e os que ele previu para o futuro: a) comunismo primitivo; b)
escravismo; c) modo de produção asiático; d) feudalismo; e) capitalismo; f) socialismo; h)
comunismo. (Apostila do Professor)
11. Explique o que foi o processo que Marx chamou de “acumulação primitiva do capital”. (MARX,
1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo XXIV; Apostila do Professor)
12. Em relação ao processo de trabalho defina: a) cooperação; b) divisão do trabalho; e, c) maquinaria.
(MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo XI e XII; MARX, 1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo
XIII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
13. Defina: a) oficina artesanal; b) manufatura capitalista; e c) indústria capitalista. (MARX, 1982-A,
Livro I, Tomo I, Capítulo XI e XII; MARX, 1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo XIII; Apostila do
Professor; E. K. HUNT)
14. Explique as vantagens da cooperação para as manufaturas capitalistas em comparação com as
oficinas artesanais. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo XI; Apostila do Professor; E. K.
HUNT)
15. Explique as vantagens da divisão do trabalho para as manufaturas capitalistas em comparação com
as oficinas artesanais. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo XII; Apostila do Professor; E.
K. HUNT)
16. Explique as vantagens da divisão do trabalho para as manufaturas capitalistas em comparação com
as oficinas artesanais e as manufaturas que não empregam a divisão do trabalho. (MARX, 1982-A,
Livro I, Tomo I, Capítulos XI e XII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
17. Explique as vantagens do uso da maquinaria para as indústrias capitalistas em comparação com as
oficinas artesanais e as manufaturas capitalistas. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo XIII;
Apostila do Professor; E. K. HUNT)
18. Quais as desvantagens que os trabalhadores têm com o emprego da divisão do trabalho nas
manufaturas e indústrias capitalistas? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo XII; Apostila do
Professor; E. K. HUNT)
19. Quais as desvantagens que os trabalhadores têm com o emprego da maquinaria nas indústrias
capitalistas? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo XIII; Apostila do Professor; E. K.
HUNT)
20. Porque só o capitalismo é um tipo de formação social majoritariamente produtora de mercadorias,
segundo Marx? Quais condições foram necessárias para que isso ocorresse. (MARX, 1982-A,
Livro I, Tomo I, Capítulo I; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
21. O que é uma mercadoria segundo Marx? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo I; Apostila
do Professor; E. K. HUNT)
22. Defina: a) valor de uso e, b) valor de troca, e c) valor. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo
I; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
23. Explique o que se entende por: a) trabalho concreto e, b) trabalho abstrato. (MARX, 1982-A, Livro
I, Tomo I, Capítulo I; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
24. Explique o que se entende por: a) trabalho simples e, b) trabalho complexo. (MARX, 1982-A,
Livro I, Tomo I, Capítulo I; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
25. Cite e explique quais são as formas de valor. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo I;
Apostila do Professor; E. K. HUNT)
26. O que ocorre com o valor relativo de uma mercadoria quando aumenta a produtividade do trabalho
na sua produção e permanece constante a produtividade da mercadoria que assume a sua forma
valor equivalente? Explique: (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo I; Apostila do Professor;
E. K. HUNT)
27. O que ocorre com o valor relativo de uma mercadoria quando permanece constante a produtividade
do trabalho na sua produção e aumenta a produtividade da mercadoria que assume a sua forma
valor equivalente? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo I; Apostila do Professor)
28. Explique o que é o fetichismo da mercadoria. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo I;
Apostila do Professor)
29. Explique o processo de troca segundo Marx. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo II;
Apostila do Professor)
30. Cite e explique as funções do dinheiro? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo III; Apostila
do Professor)
31. Como Marx define “capital”? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo IV; Apostila do
Professor; E. K. HUNT)
32. Como Marx define “capitalismo”? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo IV; E. K. HUNT)
33. Defina circulação (de mercadorias): a) simples e, b) capitalista. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I,
Capítulo IV; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
34. Qual é a contradição da “fórmula geral do capital” segundo Marx. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo
I, Capítulo IV)
35. Por que é impossível a mais-valia ou o lucro surgir na esfera da circulação? (MARX, 1982-A,
Livro I, Tomo I, Capítulo IV; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
36. Como Marx diferencia: a) trabalho e, b) força de trabalho. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I,
Capítulo V; Apostila do Professor)
37. O quê determina o valor da força de trabalho? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo IV;
Apostila do Professor)
38. O que é necessário para que se realize o processo de trabalho? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I,
Capítulo V)
39. Explique o que é o processo de valorização? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo V;
Apostila do Professor)
40. Explique o que é: a) capital constante, b) capital variável. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I,
Capítulo VI; Apostila do Professor)
41. Defina trabalho: a) necessário e, b) excedente. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo VII;
Apostila do Professor; E. K. HUNT)
42. Defina mais valia. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo VII a IX; Apostila do Professor; E.
K. HUNT)
43. Explique como se determinam os limites máximo e mínimo da jornada de trabalho numa sociedade
capitalista. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo VIII; (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I,
Capítulo VII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
44. Defina: a) taxa de mais-valia; b) taxa de lucro; c) taxa de mais valia anual; e d) taxa de lucro anual.
(MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo IX; (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo VII;
Apostila do Professor; E. K. HUNT)
45. Explique o que é: a) mais-valia absoluta; e, b) mais-valia relativa (caso geral e caso
extraordinário). (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo X; (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I,
Capítulo VII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
46. Maria José montou uma fábrica de bonés promocionais, seu capital adiantado foi gasto da seguinte
maneira: R$ 28.800,00 em meios de trabalho que duram em média 10 anos; R$ 71.280,00 de
objetos de trabalho para três meses de produção; R$ 7.200,00 em capital variável para o
pagamento mensal de 12 trabalhadores. A produção média diária é de 600 bonés, o preço de venda
de cada boné é de R$ 3,0 e a jornada de trabalho é de 8 horas por dia. (OBS: considere um ano
como 240 dias e um mês como 20 dias de trabalho). (Apostila do Professor). Pede-se:

1. Calcule:
a) Qual o valor do capital fixo adiantado
b) Qual o valor do capital circulante adiantado
c) Qual o valor do capital constante adiantado
d) Qual o valor do capital variável adiantado
e) Calcule o valor do capital constante por unidade de mercadoria
f) Calcule o valor do capital variável por unidade de mercadoria
g) Calcule o valor da mais valia por unidade de mercadoria
h) Calcule a taxa de mais valia
i) Calcule a taxa de lucro
j) Calcule a taxa de mais valia anual
k) Calcule a taxa de lucro anual
l) Calcule o tempo de trabalho necessário
m) Calcule o tempo de trabalho excedente

2. Com base na questão nº 1, suponha que a capitalista aumente a jornada de trabalho para 10 horas
diárias e que o salário permaneça constante.
a) Calcule o valor do capital constante por unidade de mercadoria
b) Calcule o valor do capital variável por unidade de mercadoria
c) Calcule o valor da mais valia por unidade de mercadoria
d) Calcule a taxa de mais valia
e) Calcule a taxa de lucro
f) Calcule a taxa de mais valia anual
g) Calcule a taxa de lucro anual
h) Calcule o tempo de trabalho necessário
i) Calcule o tempo de trabalho excedente
j) Que nome se dá o nome desse tipo de elevação na taxa de mais valia?

3. Ainda com base na questão nº 1, suponha que uma elevação da produtividade no setor que produz
meios de subsistência dos trabalhadores, reduziu o valor destes produtos e com isso o salário
individual dos trabalhadores caia para R$ 480,00.
a) Calcule o valor do capital constante por unidade de mercadoria
b) Calcule o valor do capital variável por unidade de mercadoria
c) Calcule o valor da mais valia por unidade de mercadoria
d) Calcule a taxa de mais valia
e) Calcule a taxa de lucro
f) Calcule a taxa de mais valia anual
g) Calcule a taxa de lucro anual
h) Calcule o tempo de trabalho necessário
i) Calcule o tempo de trabalho excedente
j) Que nome se dá o nome desse tipo de elevação na taxa de mais valia?

4. De novo com base na questão nº 1, suponha agora que apenas esta capitalista conseguiu melhorar a
organização do trabalho de seus funcionários, de forma que a produção diária aumentou para 1.200
bonés.
a) Calcule o valor do capital constante por unidade de mercadoria
b) Calcule o valor do capital variável por unidade de mercadoria
c) Calcule o valor da mais valia por unidade de mercadoria
d) Calcule a taxa de mais valia
e) Calcule a taxa de lucro
f) Calcule a taxa de mais valia anual
g) Calcule a taxa de lucro anual
h) Calcule o tempo de trabalho necessário
i) Calcule o tempo de trabalho excedente
j) Que nome se dá o nome desse tipo de elevação na taxa de mais valia?

47. O que é reprodução do capital? Quando ocorre a reprodução simples do capital? Caracterize
“reprodução ampliada do capital”. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo XXI e XXII;
Apostila do Professor; E. K. HUNT)
48. Defina: a) composição técnica do capital; b) composição valor do capital; e c) composição
orgânica do capital. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo XXIII; Apostila do Professor; E.
K. HUNT)
49. Explique a relação que existe entre produtividade de trabalho e composição técnica do capital.
(MARX, 1982-A, Livro I, Tomo II, Capítulo XXIII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
50. Explique o processo de: a) acumulação de capital; b) concentração de capital; e c) centralização de
capital. (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo XXIII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
51. Quais as causas do exército industrial de reserva (superpopulação relativa) segundo Marx? E quais
as consequências da existência do exército industrial de reserva? (MARX, 1982-A, Livro I, Tomo
I, Capítulo XXIII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
52. Cite e explique as formas de existência do exército industrial de reserva. (MARX, 1982-A, Livro
I, Tomo I, Capítulo XXI; Apostila do Professor; E. K. HUNT)
53. Explique resumidamente o que a “lei do movimento do capitalismo” (ou “lei geral do capital”).
(MARX, 1982-A, Livro I, Tomo I, Capítulo XXIII; Apostila do Professor; E. K. HUNT)

Economia Marxista – II Parte

Esquema de Reprodução Simples e Ampliada do Capital

54. Considerando o esquema de reprodução simples de Marx, descrito abaixo, responda: (Marx, L.II,
v.III, Cap. XX; HUNT, cap. 9))
DEPARTAMENTOS C. CONSTATE C.VARIÁVEL MAIS-VALIA TOTAL
DEPTO. I 8.000 2.000 4.000 14.000
DEPTO. II 6.000 1.000 3.000 10.000
TOTAL 14.000 3.000 7.000 24.000
a) Como é e para quem é distribuída a demanda da produção total do departamento I?
b) Como é e para quem é distribuída a demanda da produção total do departamento II?

55. Explique como ocorrem as trocas no interior de cada departamento e como ocorrem as trocas entre
os dois departamentos? (Marx, L.II, v.III, Cap. XX)
56. Complete a tabela de reprodução ampliada, considerando que a acumulação no departamento I é de
2/3 da mais-valia, e que as composições orgânicas e taxas de mais-valia nos dois departamentos
permanecem iguais ao 1º período.
DEPARTAMENTOS C. CONSTATE C.VARIÁVEL MAIS-VALIA TOTAL
DEPTO. I 6.400 1.600 4.800 12.800
DEPTO. II 3.200 1.600 3.200 8.000
TOTAL 9.600 3.200 8.000 20.800
57.
DEPARTAMENTOS C. CONSTATE C.VARIÁVEL MAIS-VALIA TOTAL
DEPTO. I
DEPTO. II
TOTAL
58.
DEPARTAMENTOS C. CONSTATE C.VARIÁVEL MAIS-VALIA TOTAL
DEPTO. I
DEPTO. II
TOTAL

59. Como base do esquema da questão 26, explique quais as condições para que ocorra a reprodução
ampliada do capital: (Marx, L.II, v.III, Cap. XX)
Equalização da taxa de lucro, transformação do valor em preço de produção,

60. Defina preço de custo (ou custo de produção): OBS: Teoria e fórmula. (Marx, L.III, v.IV, Cap. I)
61. Defina o que é o valor: OBS: Teoria e fórmula. (Marx, L.III, v.IV, Cap. I)
62. Explique o que é preço de mercado: (Marx, L.III, v.IV, Cap. X)
63. Defina o que é taxa de lucro: OBS: Teoria e fórmula. (Marx, L.III, v.IV, Cap. II)
64. Explique o que é Capital Global? (Marx, L.III, v.IV, Cap. III)
65. Explique o que é e como é formada a taxa média de lucro: Teoria e fórmula. (Marx, L.III, v.IV,
Cap. IX)
66. Explique o que é e como é formado o preço de produção: Teoria e fórmula. (Marx, L.III, v.IV,
Cap. IX)
67. Explique por que a soma dos preços de produção da economia é igual a soma dos valores, já que
individualmente o preço de produção pode divergir do valor? (Marx, L.III, v.IV, Cap. IX)
68. Explique por que a soma dos lucros na economia é igual a soma das mais-valias, já que
individualmente o lucro pode divergir da mais-valia? (Marx, L.III, v.IV, Cap. IX)
69. Explique como ocorre a equalização da Taxa Geral (média) de Lucro pela concorrência de
mercado. (Marx, L.III, v.IV, Cap. X)
70. Qual a relação entre preço de produção e valor, lucro e mais-valia, no caso de um setor onde a
composição orgânica de capital coincida com a composição orgânica média? (Marx, L.III,
v.IV, Cap. XII)
71. Complete a tabela seguindo as instruções abaixo: (2,1)
a. A taxa de mais-valia em cada setor é respectivamente de: 300%, 150%, 50%
b. O Consumo do Capital Fixo é respectivamente de: 20%, 50%, 100%
Capital Adiantado Mais Capital Custo de Lucro Preço de Valor Desvio
Constante Variável Valia constante Produção Produção Preço de
CF CC consumido produção
-Valor
150 230 30

60 110 50

30 70 70

Lei da tendência decrescente da taxa de lucro, crises cíclicas de superprodução

72. Explique a relação entre a taxa de mais-valia e a taxa de lucro: (Marx, L.III, v.IV, Cap. III)
73. Explique a relação entre a composição orgânica do capital e a taxa de Lucro: (OBS: suponha taxa
de mais-valia constante). (Marx, L.I, v.II, Cap. XXIII, e Marx, L.III, v.IV, Cap. VIII)
74. Explique o que ocorre com a taxa de lucro se a taxa de mais-valia ficar constante, o capital variável
aumentar/diminuir, alterando na exata quantidade o capital global? (Marx, L.III, v.IV, Cap. III)
75. Explique o que ocorre com a taxa de lucro se a taxa de mais-valia ficar constante, o capital variável
aumentar/diminuir, e o capital global ficar constante? (Marx, L.III, v.IV, Cap. III)
76. Explique o que ocorre com a taxa de lucro, se a taxa de mais-valia aumenta/diminui, o capital
variável varia na proporção inversa, com o capital global sendo alterado na mesma quantidade da
variação do capital variável: (Marx, L.III, v.IV, Cap. III)
77. Explique o que ocorre com a taxa de lucro, se a taxa de mais-valia aumenta/diminui, o capital
variável varia na proporção inversa, com o capital global constante? (Marx, L.III, v.IV, Cap. III)
78. Explique o efeito na taxa de lucro se houver uma economia no emprego do capital constante?
(OBS: suponha taxa de mais-valia constante). (Marx, L.III, v.IV, Cap. V)
79. Explique a lei da tendência decrescente da taxa de lucro.
80. Cite e explique as causas contrárias à lei da tendência decrescente da taxa de lucro.
81. Explique o viés subconsumista da teoria das crises cíclicas
82. Explique o viés desproporcionalista da teoria das crises cíclicas
83. Explique a teoria de Marx sobre as causas da crise cíclica e da recuperação da economia, segundo
a interpretação de Lenin, de Nilson Araújo de Souza e do Professor.

Imperialismo

84. Explique o que é o imperialismo para John Hobson.


85. Explique a política proposta por Hobson para evitar o imperialismo.
86. Explique as causas do imperialismo segundo Rudolf Hilferding.
87. Explique o conceito de “capitalismo financeiro” segundo Rudolf Hilferding
88. Explique as consequências do capitalismo financeiro segundo Rudolf Hilferding
89. Explique as causas do imperialismo segundo Rosa Luxemburgo.
90. Explique as consequências do imperialismo para o desenvolvimento das nações
dependentes/subdesenvolvidas\periféricas segundo Rosa Luxemburgo.
91. Explique as causas do imperialismo segundo Karl Kautsky.
92. Explique as consequências do imperialismo para o desenvolvimento das nações
dependentes/subdesenvolvidas\periféricas segundo Karl Kautsky.
93. Explique o conceito de “ultra-imperialismo” de Karl Kautsky.
94. Explique as causas do imperialismo segundo Nicolai Buckharin.
95. Explique o conceito de “capitalismo de estado” segundo Nicolai Buckharin.
96. Cite e explique as 5 características do imperialismo segundo Vladmir I. Lenin.
97. Explique as consequências do imperialismo para o desenvolvimento das nações
dependentes/subdesenvolvidas\periféricas segundo Vladmir I. Lenin.
98. Explique o conceito de “aristocracia operária” segundo Vladmir I. Lenin.
99. Explique a tese dos “elos fracos da cadeia imperialista” segundo Vladmir I. Lenin.

Economia Socialista - Teoria


100. Com base na matéria do 2º Bimestre explique qual o conceito de Estado na teoria de Marx.
101. Explique a necessidade da revolução socialista lato sensu (transformação do capitalismo para
comunismo) para Marx, Engels e Lenin.
102. Explique a necessidade da revolução socialista stricto sensu (tomada do poder político pelos
trabalhadores) para Marx, Engels e Lenin.
103. Explique o papel do Partido Comunista para a revolução socialista segundo Marx, Engels e
Lenin.
104. Explique o que é a “ditadura do proletariado” segundo Marx, Engels e Lenin.
105. Explique o significado econômico-político do símbolo do Partido Comunista.
106. Como ocorre a transição do capitalismo para o socialismo na opinião de Marx, Engels e Lênin?
107. Cite e explique as principais tarefas que o Estado Socialista deve realizar segundo Marx, Engels e
Lenin.
108. Cite e explique o princípio fundamental que rege a sociedade socialista segundo Marx, Engels e
Lenin.
109. Explique como se dá a transição do socialismo (fase inferior do comunismo) para o comunismo
(fase superior do comunismo) segundo Marx, Engels e Lenin.
110. Quais as características da primeira fase do comunismo (socialismo) segundo Marx, Engels e
Lênin?
111. Quais as características da fase superior do comunismo segundo Marx, Engels e Lênin?
112. Cite e explique as condições necessárias para a humanidade alcançar o comunismo segundo
Marx, Engels e Lenin.

Economia Socialista – URSS

113. Por que Lenin considerou que, ao contrário do pensamento de Marx, as revoluções socialistas não
ocorreriam primeiro nos países mais desenvolvimentos, mas sim nos chamados “elos fracos da
revolução socialista”?
114. Por que Lenin defendeu que a revolução socialista na Rússia ocorreria em duas etapas? Quais
eram essas duas etapas? Explique.
115. O que foi a “Revolução de Fevereiro” na Rússia? Explique.
116. O que foi a “Revolução de Outubro” na Rússia? Explique.
117. O que foi a experiência do “comunismo de guerra” na URSS? Explique.
118. O que foi o período da NEP na URSS? Explique.
119. O que foram os “planos quinquenais” na URSS? Explique.
120. Porque no governo de Stalin houve a “coletivização forçada do campo” e qual o significado
econômico e político dessa medida e suas consequências?
121. Que mudanças foram adotadas na URSS por Nikita Kruschov após a morte de Stalin? E quais
foram os resultados econômicos e políticos dessas mudanças. Explique.
122. O que foi a Perestroika e quais suas consequências? Explique.
123. O que foi a Glasnost e quais suas consequências? Explique.
124. Quais as consequências da dissolução da URSS para a Rússia e demais repúblicas?
125. O que a “queda do Muro de Berlim” tem a ver com o a história da URSS?
126. Quais as semelhanças e as diferenças entre o pensamento clássico de Marx, Engels e Lenin sobre
o socialismo e o comunismo, antes da Revolução Russa, e o desenvolvimento real da URSS?
(MIGLIOLI, 1995).

BIBLIOGRAFIA:

1) FERNANDES, Luís. URSS Ascensão e Queda: a economia política das relações da União
soviética com o mundo capitalista. São Paulo: Anita Garibaldi, 1992. (Cap. II O Debate Marxista
sobre a Economia Política do Imperialismo no Início do Século).

2) HUNT, E. K; LAUTZENHEISER, M. História do Pensamento Econômico: Uma perspectiva


crítica. Tradução de: history of economic thought, 3ª ed.Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.
https://gremiojovenspensadores.files.wordpress.com/2017/04/historia-do-pensamento-economic-e-k-
hunt.pdf

3) MARX, Karl. O Capital. Livros I, em 2 Tomos. São Paulo, Abril Cultural, 1982-A. Livro I,
Capítulos 1 a 13 e 23-24.

OBS: Há um PDF reedidata pela Nova Cultural em 1996, com a mesma tradução da Edição da Abril
Cultural citada acima na bibliografia e nas questões para serem respondidas. Não muda nada a não
ser as páginas:
Livro 1, Vol 1 (Edição da Nova Cultural, 1996):
http://www.afoiceeomartelo.com.br/posfsa/Autores/Marx,%20Karl/Marx%20-
%20Os%20economistas.pdf
Livro 1, Volume 2 (Edição da Nova Cultural, 1996):
http://www.gepec.ufscar.br/publicacoes/livros-e-colecoes/marx-e-engels/o-capital-vol-2.pdf/view

4) _____, Para a Crítica da Economia Política. São Paulo, Abril Cultural, 1982-B. (OBS:
"Prefácio" e "Introdução: 3. O Método da Economia Política").

OBS: Há o PDF de uma edição da Expressão Popular que contem a mesma “Introdução” e “Prefácio”
citada acima na bibliografia nas questões para seres respondidas:

https://gpect.files.wordpress.com/2013/11/contribuicao_a_critica_da_economia_politica.pdf

5) MIGLIOLI, Jorge. O Marxismo e o Sistema Econômico Soviético. In: Crítica Marxista. V.1, n
2, São Paulo: Brasiliense, 1995.

6) PITAGUARI, Sinival O. Notas de aula sobre os métodos de Marx. Londrina: UEL, 2019.
Disponível no Classroom.