Você está na página 1de 1

Reflexão sobre os sentimentos

A vida anda complicada demais para que eu tenha tempo de decifrar seus segredos. A toda
hora um jogo novo, cujo quais as regras eu tenho de aprender errando e me ferindo. O tempo
passa e sussurra ao nosso ouvido que mesmo nos ferindo o tempo todo, nós nunca
aprenderemos tudo que devemos saber sobre a vida. Tudo passa a ser complicado, como um
livro imenso ao qual começarei a ler e minha vida se esvairá antes mesmo que eu possa
aprender o básico.

Às vezes, eu queria esquecer que a vida é assim tão curta. Ás vezes eu penso que todo o meu
esforço para aprender as coisas e me fazer mais forte se torna inútil diante do fato da morte
está tão próxima de mim e todos que me rodeiam. Ás vezes nós passamos a ver a morte como
algo que só acontece com o vizinho ou com o parente distante e, de repente, ao sermos pegos
pela perda através da morte nos tornamos frágeis, e tudo que tínhamos como certeza em
nossa razão passa a se confundir e nos causa medo e desconfiança. E os sentimentos, sejam
eles quais foram, mechem com nossa mente e com nossa razão.

O amor é o mais puro dos sentimentos da vida, mas, ás vezes ele nos causa um dor muito
maior do que se estivéssemos sozinhos. Penso em viver pra sempre só, mas isto é impossível!
Não existe uma pessoa sobre a terra que não sinta a necessidade de estar perto de alguém
que lhe faz bem. Logicamente, existem pessoas que gostam de ficar sozinhas, mas mesmo
estas, querem acreditar que quando pararem de se esconder por trás da solidão, sempre
haverá alguém para viver ao seu lado. O homem sempre foi e sempre será imperfeito, mas é
na imagem de alguém que, por forças que desconhecemos, sentimo-nos próximos do conceito
de perfeição. Tudo que nos completa nos é, de alguma maneira, perfeito. Estas coisas são as
navalhas que acreditamos ter o poder de aparar as imperfeições de nossas vidas.

A solidão pode nos ser o sentimento que mais causa dor. A solidão é a consciência de que se
está sozinho, por motivos de variadas origens. Mas a solidão se resume na dor da ausência. É
o sentimento que sinaliza a perda de alguém que nos Fo tão importante e nos completava;
pode ser também o sentimento de sentir-se sozinha mesmo rodeada de pessoas que se dizem
gostar de nós; a solidão pode ser causada por uma perda de caráter infinito e finito. A solidão
pode nos ser o buraco no peito que dói ao olharmos para um casal ou para uma turma de
amigos felizes. A solidão é, e agora de uma maneira direta, o sinônimo da ausência, da
inexistência de algo ou alguém.

A tristeza é o canal final de muitos casos que relacionam o amor e solidão. Amor nos deixa
triste de varias maneiras: ao não sermos reconhecidos ao fazer alguma coisa, quando temos
que acabar um relacionamento por motivos diversos; e a solidão causa a tristeza por trazer-nos
a realidade de estarmos sempre sozinhos; mas existem outras combinações de sentimentos
que nos levam a este ponto, muitas vezes, final de varias vidas.

A vida vai sempre ser uma combinação de sentimentos, e sempre se dará melhor nessa saga
que chamam de viver, aqueles que possuem a mente mais aberta para estas combinações.
Aqueles que aprenderam mais segredos que a vida esconde, podem encontrar a felicidade
mais rápido que os outros. Infelizmente a vida não espera por nós; ela simplesmente passa
diante dos nossos olhos e quando percebemos pode ser tarde demais para fazermos a escolha
que deixamos para amanhã, a duvida que por motivos diversos não é solucionada, as coisas
que a vida tenta ensinar e fechamos os olhos por um tempo na esperança de não lidar com a
realidade. Às vezes quando nos negamos a aprender vagarosamente coma vida, nos
deparamos com situações em que deveremos aprender depressa demais pra saber de tudo
sobre aquilo e nossos novos conceitos vão se gravando em nossas mentes, incompletos.

Você também pode gostar