Você está na página 1de 213

Melody e seus romances

Sinopse:

Há dois anos, Nina se casou com um homem que nunca conheceu. Ela não
sabia seu nome ou sua idade; ela não sabia nada sobre essa pessoa com
quem estava casada. O casamento deles nada mais era do que um contrato
com condições, e uma das cláusulas era que ela não deveria dormir com
outro homem.

No entanto, Nina perdeu a virgindade com um estranho quando bateu na


porta errada uma noite.

Com a indenização que teve de pagar pesando sobre ela, ela decidiu redigir
um acordo de divórcio por conta própria.

Quando ela finalmente encontrou seu marido para entregar os papéis, ela
ficou chocada ao descobrir que seu marido não era outro senão o homem
com quem ela o havia "traído"!

Nota: Os livros são traduzidos por máquina.

Melody e seus romances


Conteúdo
Capítulo 351 Um Terremoto
Capítulo 352 A True Color
Capítulo 353 Vá para encontrá-la desesperadamente
Capítulo 354 James, sinto sua falta
Capítulo 355 Blush
Capítulo 356 Não posso ofender Nina
Capítulo 357 Um cachorro na manjedoura
Capítulo 358 Sênior
Capítulo 359 Roubo
Capítulo 360 Bom efeito de isolamento acústico
Capítulo 361 Meu Amor
Capítulo 362 Siga-a
Capítulo 363 A festa de noivado de James e Emma
Capítulo 364 Layout preciso
Capítulo 365 Layout preciso (parte dois)
Capítulo 366 Dormir com outra mulher
Capítulo 367 Algo está errado
Capítulo 368 Esteja Ocupado Fazendo Sexo
Capítulo 369 Evidências apontando para Jessica
Capítulo 370 O ladrão é o Sr. John
Capítulo 371 Ele não machucará sua irmã
Capítulo 372 Vire a varanda para encontrar sua esposa
Capítulo 373 John aceitará o castigo de se ajoelhar
Capítulo 374 John Comeu Todos os Noodles
Capítulo 375 No Mesmo Barco de Glória e Perda
Capítulo 376 Leve Nina de volta à Ilha C
Capítulo 377 Luta antes de desistir
Capítulo 378 Beijo você Muitas vezes
Capítulo 379 Está Quente
Capítulo 380 desenhou uma história deles
Capítulo 381 Quero fazer uma aposta com você
Capítulo 382 Ele não a salvou. Ele mentiu para ela.
Capítulo 383 Nina está grávida
Capítulo 384 Sam está em condição crítica
Capítulo 385 Concordar em se casar com Vivian
Capítulo 386 Plano para o divórcio
Capítulo 387 Sendo muito envergonhado de enfrentar Nina
Capítulo 388 Dia após dia
Capítulo 389 A certidão de óbito
Capítulo 390 As coisas não são tão simples
Capítulo 391 Esperar que John tome a iniciativa
Capítulo 392 O Castelo na Montanha

Melody e seus romances


Capítulo 393 Supervisão
Capítulo 394 Eu Prefiro Desistir de Minha Identidade de Princesa
Capítulo 395 Obtenha o Apoio do Pai
Capítulo 396 Uma disputa entre marido e mulher
Capítulo 397 Eu Quero Nini
Capítulo 398 Torne-se mais magro
Capítulo 399 Aparece no sonho de John
Capítulo 400 Mãe, eu imploro

Melody e seus romances


Capítulo 351 Um Terremoto
Nina se virou e disse cara a cara com John: "Querido, não vamos fazer
exercícios matinais hoje."
Com um sorriso, ele a segurou com força nos braços e disse: "Então
durma um pouco mais."
"Ok, querida." Nina respondeu em um tom sério. John riu e a beijou na
testa.
Eles não fizeram nada ontem à noite e adormeceram cedo. Ainda era
cedo quando eles acordaram. Os dois tiraram uma soneca um pouco antes
de se levantar e descer para o café da manhã.
"Os exames finais estão chegando. Vai ser um problema para mim ir
entre a faculdade e casa. Vou morar na faculdade por alguns dias
temporariamente. Voltarei depois dos exames, ok?" Nina rasgou um
pequeno pedaço de pão e o colocou na boca, olhando para John.
"Quantos dias?" John perguntou.
"Seis dias. Os exames serão realizados em três dias e durarão três
dias." disse Nina.
Seis dias era muito tempo para John.
Ele não aguentou.
"Eu vou morar com você." Este foi o melhor caminho para John.
Nina quase cuspiu o leite que bebeu. "Apenas seis dias, nem mesmo
uma semana. Você realmente tem que morar na faculdade comigo?"
"Algum problema?" John estendeu a mão e limpou o leite do canto da
boca dela.
"Sim." Nina assentiu pesadamente. "Há um grande problema. Se você
estiver ao meu lado, não vou me concentrar nos estudos. Se eu não
conseguir dormir bem à noite, posso não conseguir ir bem nos exames."
O que Nina disse era verdade.
Ela podia se concentrar rapidamente em um assunto sem ser afetada
por nenhum fator externo, exceto John.
Seu rosto bonito realmente a distraiu.
Enquanto ela se sentasse ao lado dele, ela nunca seria capaz de se
concentrar em nada. Ela só pensaria nele e só queria olhar para ele.

Melody e seus romances


"Eu não vou tocar em você." Disse John.
Parecia que ela não acreditava nele.
Os homens frequentemente mentiam.
Ninguém acreditaria nas palavras de um homem.
"Acho que não consigo me controlar." Nina piscou os olhos e disse:
"Você não sabe como seu rosto e seu corpo são fascinantes. Estou
realmente com medo de não conseguir me controlar."
Sem olhar nos olhos dela, ele baixou os olhos e sorriu.
Ele sabia que era bonito.
Suas palavras o agradaram. Ele sabia que ela o estava bajulando, mas
ainda estava comprometida. "Faça o seu melhor nos exames. Vou buscá-lo
depois disso."
"Sim senhor." Nina disse séria e então sorriu.
John disse lentamente: "Diga de novo."
"Sim querida." Disse Nina.
John descascou um ovo cozido para ela e o colocou em sua
boca. "Tome café da manhã, minha querida."
Os dois tomavam o café da manhã alegremente. Por volta das sete e
meia, Chester apareceu.
"Bom dia, tio John e tia Nina." Chester, bem vestido, sentou-se ao lado
de Nina.
Helen trouxe o café da manhã exclusivo para Chester.
"Chester, vou morar na faculdade por seis dias. Arrume suas coisas
depois do café da manhã e more comigo." Nina estendeu a mão e tocou sua
cabeça.
John ficou pasmo.
Ficou surpreso ao ver que sua esposa pediu a Chester que morasse
com ela na faculdade, mas ele não.
"Entendi. Vou arrumar minhas coisas mais tarde." Quando Chester
terminou suas palavras, ele pareceu sentir uma corrente de ar frio.
Nina continuou: "Mas eu tenho que me preparar para os exames
durante o dia e não tenho muito tempo para acompanhá-lo, então você pode
brincar com o Nove."

Melody e seus romances


John ficou atordoado novamente.
Surpreendeu-o mais uma vez que sua esposa não só levaria Chester,
mas também Nove.
John foi a exceção.
Agachado na frente do sofá, Nove também sentiu um olhar frio com
profunda malícia.
Nove se virou para olhar o olhar e ficou tão assustado que ele virou a
cabeça novamente. Ele acidentalmente pressionou o controle remoto com a
pata e ligou a TV. Houve o noticiário da manhã.
A notícia dizia: "Às oito e quarenta e cinco da noite passada, um
terremoto de magnitude cinco ocorreu na cidade C ..."
Ao ouvir a palavra "terremoto", as três pessoas à mesa olharam de
lado para as ruínas na tela da TV e imediatamente franziram a testa.
"Houve um terremoto na cidade C." De repente, Chester perdeu o
apetite para o café da manhã. Ele caminhou até o sofá e sentou-se,
assistindo silenciosamente ao noticiário.
Ele estava preocupado com o país e as pessoas desde tão jovem.
Nina também estava preocupada.
Nesse momento, Nina recebeu uma vídeo chamada de James.
"Tia Nina." James parecia cansado e não parecia ter um bom
descanso.
"Você não foi ver Emma?" Nina perguntou: "Por que você está assim?
Você foi roubado?"
"Não. Eu não a conheço." James tocou sua barba. Ele se esqueceu de
fazer a barba esta manhã.
Com uma expressão de nojo no rosto, Nina disse: "Você não
perguntou a ela onde ela estava?"
"Sim." James suspirou, "Anteontem, quando saí do avião, perguntei se
ela ainda estava lá. Ela disse que eles tinham ido para outro lugar. Eu só
queria descansar um pouco aqui e aparecer na frente dela com aparência
bonita, mas quando eu queria perguntar onde ela estava ontem à noite, de
repente perdi o contato com ela. "
"Você disse que perdeu contato com ela." Nina se sentiu um pouco
inquieta. "Por que você não pode entrar em contato com ela?"

Melody e seus romances


"Não sei. Na noite passada não consegui falar com ela no WeChat ou
fazendo ligações. Me perguntei se não havia energia ou sinal. Depois de
acordar esta manhã, tenho ligado para ela, mas ainda assim não consigo
entrar em contato com ela. Estou tão preocupada. " James disse
ansiosamente, "Você pode me ajudar a localizá-la?"
"Ok, espere um minuto." Assim que ela terminou de falar, John já
havia se levantado para trazer um computador para ela.
Em um minuto, Nina encontrou a localização do telefone de Emma.
"A Estrada S perto do Edifício Internacional no Distrito T da cidade C
..." Os alunos de Nina encolheram de repente. "C City!"
Nina pensou: 'Ontem à noite, houve um terremoto na cidade C.
Então Emma pode ... '
Erguendo a cabeça para olhar para John, Nina mordeu os lábios com
força. Ela estava assustada.
Ele a segurou em seus braços e a confortou silenciosamente.
"Cidade C? Cidade C!" James ouviu as palavras de Nina. Ele também
sabia das notícias sobre o terremoto na cidade C.
James estava preocupado e nervoso. "Vou procurá-la. Tenho que
desligar agora. Vou para a cidade C para procurá-la. Ela está na estrada S,
perto do edifício internacional da cidade C?"
Na verdade, ele tinha uma boa memória. Ele podia se lembrar de tudo,
desde que os outros lhe contassem uma vez.
No entanto, ele iria memorizar apenas aqueles que ele queria lembrar.
Nina o interrompeu inconscientemente, "James, não vá sozinho."
"Eu tenho que ir. Minha namorada ainda está aí!" James disse em um
tom firme, "Estou desligando. Tchau."
Ele desligou imediatamente.
"Eu estou indo para a cidade C. Não deixe Mimi saber que Emma está
na cidade C." Nina se levantou com um olhar firme.
John pressionou seu ombro e a deixou se sentar. "Eu vou lá. Vou com
o Richard."
"Você pode trazer alguns suprimentos médicos e outros suprimentos
para a cidade C?" Nina foi educada para se preocupar com o povo da Ilha C
desde que era criança. Ela ficou triste ao ver as ruínas no noticiário, as
pessoas ocupadas com o resgate e as pessoas que choravam e lutavam.

Melody e seus romances


John não fazia nada por caridade ou se importava com a vida de
outras pessoas. Ele só se importava com as pessoas ao seu redor.
Ele planejava ir para a cidade C pessoalmente só porque James estava
lá.
No entanto, sua esposa era de bom coração.
Sua esposa queria que ele ajudasse outras pessoas.
"OK." John concordou com a cabeça.
Ao mesmo tempo, James estava correndo de uma cidade B para outra
em uma velocidade incrivelmente alta.
A tripulação de Emma encontrou um terremoto, mas eles não estavam
longe da praça naquele momento e fugiram a tempo, então ninguém ficou
ferido ou morto.
Eles estavam um caos e ninguém percebeu que havia uma pessoa
desaparecida.
Foi só quando todos se acomodaram pela manhã que o Diretor Xin
descobriu que Emma estava desaparecida.
"Onde está Emma? Alguém viu Emma?" O Diretor Xin perguntou.
Todos balançaram a cabeça. "Não."
Houve apenas uma pessoa que não disse nada. Ela era uma atriz sem
nome.
Com um copo de água quente na mão, ela baixou os olhos e não se
atreveu a olhar para o Diretor Xin. Seu corpo ainda tremia ligeiramente.
Ontem à noite, ela ordenou que Emma comprasse seu chá com
leite. Então houve um terremoto e Emma não voltou.

Capítulo 352 A True Color


Alguém percebeu que havia algo errado com o papel coadjuvante
feminino e perguntou a ela com preocupação, "Alice Yi, o que há de errado
com você? Por que você está tremendo tanto? Você está doente?"
"Não não." Alice Yi segurou a xícara com mais força e forçou um
sorriso.
"Mas acho que você realmente não está se sentindo bem. Seu rosto
está pálido. É melhor você ir ao médico. Receio que você não possa
continuar a agir agora ..."

Melody e seus romances


"Você pode me deixar sozinho?" Alice Yi olhou para a pessoa com
impaciência. Ao pensar que algo poderia ter acontecido com Emma, ela
entrou em pânico e gritou: "Eu já disse que não estou doente".
Todos aqui pareciam muito sérios. Eles salvaram suas vidas, mas este
desastre natural ainda tirou algumas vidas.
Eles viram muitas pessoas desmoronando e sofrendo quando eles
estavam separados um do outro para sempre.
Todos estavam orando em silêncio.
A voz de Alice Yi quebrou o silêncio.
O diretor Xin se virou e perguntou: "O que há de errado?"
"Nada nada." Alice Yi sorriu obsequiosamente, "Obrigada por sua
preocupação. Estou bem."
"Isso é bom." O Diretor Xin disse com os olhos cheios de
preocupação. "Quem foi o último a ver Emma na noite passada?"
Ele deve encontrar Emma.
Emma agora era a namorada de James, e a única namorada que se
tornou pública em seus momentos no WeChat e micro-blog de James. Talvez
Emma ainda fosse a Sra. Emma Shi no futuro.
Agora, a maior parte do investimento neste filme veio de James. Se
algo acontecesse com Emma, todos morreriam.
Além disso, depois de conviver com Emma por um período de tempo,
ele descobriu que Emma era uma criança modesta e trabalhadora, que
suportava especialmente as adversidades. Ela tinha um conhecimento
profissional muito sólido e suas próprias opiniões únicas.
Ele havia trazido muitos estagiários, mas nunca tinha visto uma
pessoa tão talentosa como Emma.
E ela era até uma menina.
Se alguma coisa acontecesse com Emma, ele se sentiria mal.
Alice Yi não se atreveu a fazer barulho.
Depois de um longo tempo, alguém disse: "Eu vi Alice Yi pedir a Emma
para comprar algo na noite passada, indo para a S Road."
A voz do locutor era muito baixa, mas todos podiam ouvi-lo.

Melody e seus romances


"Não fale bobagem." Alice Yi retrucou e disse em pânico: "Como eu
poderia pedir a ela para comprar alguma coisa? Ela, ela não é minha
assistente."
Alice Yi era apenas uma pequena atriz. Ela não era famosa de forma
alguma. Como ela poderia ter uma assistente?
Ela não tinha assistente, então pediu a Emma para comprar chá com
leite para ela.
Alice Yi pensou que se seu filme fosse um sucesso desta vez, ela não
só pediu a Emma para comprar seu chá com leite, mas também pediu a
Emma para servi-la.
Não importava que Emma fosse bonita e elogiada pelos outros. E daí
se Emma fosse talentosa e valorizada pelo Diretor Xin? No final, Emma teve
que servi-la.
O diretor Xin trabalhou no set por tantos anos, e ele poderia dizer que
tipo de pessoa ela era por suas palavras e atos.
Ele sabia que Alice Yi estava mentindo.
"O que você pediu a ela para comprar ontem à noite?" O diretor Xin
costumava ter uma expressão séria e não gostava de brincar. Todos tinham
medo dele, mas o respeitavam muito.
Obviamente, o Diretor Xin acreditou no que os outros disseram.
Os olhos de todos caíram em Alice Yi, esperando por sua resposta.
Alguns informantes sabiam que Emma era a namorada de James,
James era um recém-chegado no círculo de entretenimento sem fãs ou
fama, mas ele tinha uma sólida formação familiar.
Ninguém se atreveu a provocar James, então eles tentaram se dar
bem com Emma.
Enfrentando os olhos perscrutadores da multidão, Alice Yi finalmente
não aguentou a pressão e disse a verdade: "Eu queria beber chá com leite
ontem à noite, então pedi a ela que me comprasse uma xícara na S Road."
"Você pediu a ela para comprar chá com leite para você?" O diretor Xin
parecia ter ouvido uma grande piada. Uma atriz que não era uma atriz de
verdade ousou se gabar de sua estagiária.
Nesse momento, alguém saiu e disse: "Alice Yi não bebe chá com leite,
bebe? Ela disse que beber chá com leite a faria engordar."

Melody e seus romances


"Além disso, há muitas lojas de chá com leite nas proximidades. Por
que ela pediu a Emma para ir para a S Road? Esse lugar fica bem escuro à
noite."
"Ai de mim ..."
Alguns suspiraram, alguns ficaram sem fala e alguns zombaram.
O rosto de Alice Yi ficou pálido e ela abaixou a cabeça, incapaz de
falar.
"Você pediu a ela para comprar chá com leite à noite? E você pediu a
ela para comprá-lo em outro lugar?" O rosto do Diretor Xin ficou lívido de
raiva.
Ele apenas participou da seleção dos atores principais e da heroína, e
não participou do restante da seleção.
Ele pensava que eles também escolheriam boas atrizes e atores, mas
por que escolheram um tão ruim?
Nesse filme, o papel coadjuvante feminino que Alice Yi representava
era uma pessoa vaidosa, que gostava de mandar nos outros fazer coisas e
se considerava superior.
Ele tinha elogiado Alice Yi por suas boas habilidades de atuação, mas
ele não esperava que essa fosse sua verdadeira cor.
"Diretor Xin, eu ... eu apenas disse casualmente e ela foi
embora." Alice Yi ainda estava discutindo com as mãos se mexendo.
O diretor Xin tirou o chapéu e disse com uma expressão feroz em seu
rosto castigado pela tempestade: "Se algo acontecer com Emma, você vai
para a cadeia".
"Na cadeia?" Alice Yi olhou para cima surpresa e sorriu, "Não é tão
sério, é? Eu apenas pedi a ela para comprar uma xícara de chá com leite. Ela
encontrou um terremoto. Não teve nada a ver comigo. Eu não pedi o
terremoto. "
Assim como o nome de Alice Yi, ela tinha uma aparência delicada. Ela
falou em voz baixa, que não soou tão alta. Mas era natural que ela tivesse
uma aura forte. E ela simplesmente podia deixar as pessoas com raiva.
O diretor Xin bufou: "Ofender o povo da família Shi não terá um fim
bom. Espere para ver."
"Família Shi?" Alice Yi não era completamente ignorante do mundo. A
única família que o Diretor Xin mencionou foi provavelmente a família Shi,
que era o chefe dos três gigantes em Lexingport City.

Melody e seus romances


Mas...
"O que isso tem a ver com a família Shi na cidade de Lexingport?
Emma não é de uma família de trabalhadores?"
"Você fez uma investigação completa." O Diretor Xin olhou para ela
sarcasticamente, como se tivesse visto seu futuro arruinado.
Alice Yi sorriu sem jeito.
Claro, Alice Yi teve que fazer uma investigação completa. Durante esse
período, sempre havia pessoas sussurrando em seus ouvidos que Emma era
mais bonita do que uma estrela, e que o Diretor Xin tinha Emma em alta
consideração. Mais importante, muitos homens no set de filmagem sempre
olharam para Emma e alguém a ajudaria antes que ela abrisse a boca.
Também havia um homem de quem ela gostava.
Alice Yi não gostava de Emma há muito tempo.
Ela apenas pediu a Emma para comprar o chá com leite para ela, mas
Emma não teve sorte de encontrar um terremoto.
"Vamos, rapazes. Vá para S Road e procure Emma. Deve estar tudo
bem agora." O Diretor Xin sentiu que seu cabelo ficou cinza de repente. Ele
suspirou, "Só não sei se houve algum tremor posterior. Temos que encontrar
Emma o mais rápido possível. Espero que ela esteja bem."
Embora o terremoto tenha ocorrido muito rápido, o foco não estava na
cidade, então ela foi apenas afetada. Vários edifícios desabaram e algumas
pessoas ficaram feridas. No geral, houve poucas vítimas.
Não importa o que acontecesse, ainda havia vítimas.
O Diretor Xin olhou na direção da Estrada S, onde uma grande
rachadura havia aparecido no chão e os prédios ao longo da estrada
estavam parados de forma torta.
Ele só podia rezar para encontrar Emma o mais rápido possível. Se
James viesse para Emma agora, as coisas iriam piorar.
"Emma, Emma!" Quando James chegou, ele ficou muito animado ao
ver sua equipe no centro da praça. Ele agarrou um deles e perguntou:
"Onde está Emma? Você viu Emma? Onde ela está?"
Infelizmente, James pegou a pessoa que estava recuando. Nesse
momento, Alice Yi queria reduzir seu senso de existência.
"Emma?" Alice Yi ficou assustada. Seu rosto ficou pálido de nervosismo
quando ouviu o nome. "Quem ... Quem é você?"

Melody e seus romances


Capítulo 353 Vá para encontrá-la
desesperadamente
Quando James olhou em volta, ele ainda não conseguia encontrar
Emma. Seus olhos estavam vermelhos como o lobo. "Não importa quem eu
sou. Eu apenas perguntei se você viu Emma?"
Alice nunca conheceu um homem bonito e feroz. Embora ele parecesse
um pouco bagunçado e um pouco brincalhão, o hormônio masculino que ele
exalava não podia ser resistido.
"Não não." Alice era anthomaniac. Seu rosto pálido ficou
vermelho. "Você é ... você é amigo de Emma?"
James não ouviu a última frase. Ele apenas a empurrou e xingou:
"Vocês não estão juntos? Por que não a vê? Você é cego?"
James fez Alice cambalear. Ela torceu o tornozelo e quase
caiu. Felizmente, alguém a ajudou.
Quem a ajudou foi quem perguntou se ela estava doente antes.
Alice queria cair, tomar isso como uma desculpa para abordar James,
mas ela se firmou novamente. Ela se virou e viu o bastão. Ela disse com
raiva: "Por que você está aqui de novo? Você pode parar de estragar meu
plano?"
A equipe a soltou e não disse nada.
Alice não gostou nada de sua bondade.
Alice olhou para ele e olhou para as costas de James e caiu na
gargalhada. As roupas de James eram tão caras que ela não poderia
comprar uma ponta das roupas dele, mesmo que trabalhasse por vários
anos.
Ele não era apenas bonito, mas também rico.
"Quem é ele? Qual é o relacionamento dele com Emma?" Alice pensou
em voz baixa.
A equipe que tinha acabado de ajudá-la jogou água fria sobre ela,
"Não pense em James. A namorada dele é Emma. Emma viu os pais dele e
eles ainda estão juntos."
Emma era de uma família trabalhadora e James, de uma família
rica. Era surpreendente que duas pessoas que não tinham nada a ver uma
com a outra estivessem juntas.

Melody e seus romances


O que foi mais surpreendente e ciumento é que os dois conheceram
seus pais, mas ainda estavam juntos?
Como uma família rica como a família Shi poderia querer uma nora
como Emma?
Como esperado, o rosto de Alice ficou cada vez mais sombrio. Ela
bateu os pés com força e, dessa vez, caiu de verdade.
O pessoal não a ajudou novamente.
Se alguém foi empurrado para baixo por Deus, as pessoas poderiam
ajudá-lo. Se alguém caísse sozinho, as pessoas não podiam deixar de ajudá-
lo, não importa o quanto as outras pessoas tentassem, porque essa pessoa
era apenas um perdedor.
"Diretor Xin, onde está minha namorada?" James passou pela multidão
e encontrou o Diretor Xin, ele ainda tinha respeito pelo Diretor Xin.
O Diretor Xin não esperava que James recebesse a notícia tão
cedo. Ele se sentiu culpado e disse: "Sr. James, é nossa culpa não
cuidarmos bem de Emma".
"Você não cuidou bem dela?" Ouvir sua própria voz seguiu seu
batimento cardíaco tremeu duas vezes. "O que você quer dizer com não
cuidar bem dela? Não minta para mim. Se você mentir para mim, eu
definitivamente irei ..."
James não terminou suas palavras, e sua voz estava presa lá. O
pânico em seu coração era como formigas, mordendo-o fortemente.
"Não se preocupe. Nenhuma notícia é a melhor notícia. Mandei alguém
à S Road procurá-la. Você pode sentar aqui e esperar pelas notícias." O
Diretor Xin foi um homem que passou por muitos altos e baixos. Ele sempre
ficava calmo quando as coisas aconteciam. Ele acenou com a mão e pediu a
alguém para mover uma cadeira para ele.
James ergueu os olhos na direção da S Road. Mesmo que o sol
estivesse brilhando, a rua inteira estava escura e ele não conseguia ver com
clareza o que estava acontecendo lá dentro.
"Onde ela está?" James olhou na direção da Estrada S, como se
pudesse ver por um buraco ali.
Sua namorada ficaria bem.
James acreditava firmemente.
"Alice." Com uma cara fria, o Diretor Xin se virou e perguntou: "Diga a
James, onde está Emma?"

Melody e seus romances


Alice, que de repente foi chamada, sentiu um arrepio nas costas e
gaguejou: "Eu, eu não sei. De qualquer forma, ela está apenas na estrada
S."
"Mais específico." A voz de James escureceu e ficou um pouco
impaciente. "Eu disse para ser mais específico. Você é surdo?"
O coração de Alice estremeceu. Este homem era tão horrível.
"Ela, ela foi comprar chá com leite ontem à noite. Há uma loja de chá
com leite ali. Não, não é longe. Há apenas uma loja de chá com leite na S
Road, que fica no meio daquela rua." Alice torceu o tornozelo, mas ninguém
trouxe uma cadeira para ela. Ela se sentiu extremamente magoada.
"Comprar chá com leite?" James zombou, "Minha namorada nunca
bebe chá com leite. Quem diabos pediu a ela para comprar?"
Ninguém falou novamente.
Alice não se atreveu a respirar fundo. Que cachorro sortudo era Emma
por ter encontrado um namorado tão bonito e rico?
"Diretor Xin, que pediu à minha namorada para comprar chá com
leite? Espere. Vou acertar as contas com ela depois que minha namorada
voltar." Com um olhar malicioso para a multidão, James correu para a S
Road.
"Sr. James!" O Diretor Xin tentou impedi-lo, mas ele perseguiu James
sem nem mesmo tocar na ponta das roupas de James.
O Diretor Xin estava tão ansioso que seus olhos ficaram vermelhos.
Eles eram tão parecidos.
James parecia exatamente com o papel coadjuvante masculino no
filme.
Não, James era o papel secundário masculino.
O Diretor Xin levou muito tempo e energia para terminar o roteiro do
filme. Comparado com o herói, o Diretor Xin preferiu o papel coadjuvante
masculino. Ele gostou da coragem e exaustão do papel coadjuvante
masculino.
No passado, o Diretor Xin não era corajoso o suficiente para arriscar
sua vida como o herói. O diretor Xin perdeu a mulher que mais amava.
Agora, sua amada mulher tinha uma família feliz, mas ele nunca tinha
ficado noivo.

Melody e seus romances


Algumas pessoas disseram que o Diretor Xin estava apaixonado por
sua amada, e ele nunca a largou. Nunca ficar noivo pelo resto de sua vida
era sua punição para si mesmo.
Se ele estivesse tão desesperado quanto James antes, ele seria o
único que estaria feliz agora.
Os velhos olhos do Diretor Xin se encheram de lágrimas e sua mão
erguida caiu gradualmente. Ele acreditava que James encontraria Emma e
voltaria são e salvo.
"Alice, onde você está indo?" O Diretor Xin teve um vislumbre de Alice
que estava tentando sair e então pediu aos funcionários que a cercassem.
Alice finalmente sentiu medo. Seu corpo tremia ligeiramente com o
vento, e ela não conseguia se sentir quente, mesmo sob a luz do sol. Ela
acabou de comer a poeira causada pela brisa.
A única loja de chá de leite na S Road estava parcialmente
destruída. A tabuleta da porta caiu no chão e se partiu em dois pedaços,
cercada por grandes pedaços de cimento e um pouco de poeira.
Emma e um menino na loja de chá de leite agacharam-se sob a mesa
e escaparam com sucesso.
O objeto em queda os bloqueou e um pedaço de cimento pressionou a
mesa, tornando-a afundada.
Os dois conseguiram esconder o pescoço e respirar o ar pela
abertura. O menino pegou uma xícara de chá de feijão vermelho com leite e
dois copos de limão em pânico.
"São oito horas. Oito horas da manhã. Ficamos aqui doze horas. Por
que o resgate ainda não chegou?" O rosto do menino estava manchado de
poeira. Ele tirou o avental e entregou a Emma, "Limpe seu rosto."
"Obrigado." Emma assumiu e disse: "Acho que temos que esperar.
Eles têm que verificar todas as lojas. Estamos no meio da rua e isso vai
levar algum tempo."
"Isso mesmo. Acho que a maioria das pessoas saiu correndo. Só nós
não corremos, e a distância é a mesma correndo para frente ou para
trás." O menino olhou para Emma e perguntou: "Você é atriz? Nunca vi
nenhuma atriz vir aqui para comprar chá com leite.
O local das filmagens fica um pouco longe daqui. Por que você veio
aqui para comprar? Se você não tivesse vindo, não teria se agachado aqui
como agora e não poderia fazer nada. "O menino era bom em lidar com as

Melody e seus romances


pessoas. Ele sorria com dentes brancos e duas covinhas." Meu nome é
Roman Chen, um estudante da Universidade C. "
Emma de repente entendeu por que essa loja abriu na 3 S Road e
havia muitos clientes aqui.
Quando Emma veio até aqui, por acaso ela encontrou um grupo de
meninas que estava segurando o chá com leite desta loja, rindo
obsessivamente e timidamente.
Emma sorriu de repente.
Seu namorado também era tão adorável.
Onde quer que James fosse, haveria um grupo de seguidores, mas
todas as vezes, ele tomava a iniciativa de colocar o braço em volta do ombro
dela e avisar às outras garotas.
Ele tinha uma namorada.

Capítulo 354 James, sinto sua falta


"Não sou atriz. Sou Emma Lin, estagiária de um diretor de
teatro." Emma respondeu com um sorriso, desviando o olhar, esperando o
resgate.
Seu telefone estava sem energia e ela não conseguia entrar em
contato com ninguém.
Ela se perguntou se o namorado ficaria bravo se não pudesse entrar
em contato com ela.
James deveria estar com tanta raiva que teve vontade de se
esbofetear.
Enquanto ele não pudesse contatá-la, James ficaria tão bravo que
queria se esbofetear.
"Por que você se bateu quando estava com raiva? Você pode me
repreender." Perguntou Emma.
James olhou para ela e disse: "Qual é a diferença entre bater em você
e em mim? Não, há uma diferença. Só vai doer por alguns dias se eu me
bater, mas por toda a vida se eu repreender você."
Cada vez que ele dizia isso, Emma apenas sorria.
Ela nunca tinha visto ninguém que pudesse colocar essas palavras
doces em palavras simples, mas essas palavras claras estavam rolando para
frente e para trás em sua mente.

Melody e seus romances


- James, estou com saudades.
"Emma, Emma, onde você está?" Quando Emma estava pensando em
James, ela ouviu um chamado de fora e a dissuasão da equipe de resgate.
No entanto, James não deu ouvidos à dissuasão dos outros. Ele gritou:
"Emma, você pode me ouvir? Não tenha medo. Vou salvá-la imediatamente.
Espere por mim!"
A voz que estava ficando cada vez mais perto dos ouvidos de Emma,
mesmo um pouco rouca e trêmula, bateu no coração de Emma como fogo.
Aos olhos dos outros, Emma era quieta e gentil como água.
Apenas James sabia que ela era gentil como a água, que era gelo e
neve que ainda não tinham derretido, com um pouco de frio.
Na verdade, o que James não sabia é que a ternura gelada de Emma
foi lentamente derretida por ele.
Agora ouvindo seu grito, os olhos de Emma derreteram o gelo e a
neve por toda a temporada, e as lágrimas rolaram.
Emma ergueu a mão para cobrir a boca, as lágrimas escorrendo. Seus
dedos estavam quentes e os cantos de seus lábios eram doces.
Foi James quem veio até ela.
James estava procurando por ela lá fora.
Emma não sabia como James sabia que ela estava na cidade C e como
ele sabia que ela estava nesta estrada. De qualquer forma, ele sabia e
estava prestes a encontrá-la.
Em seus olhos, exceto pelas lágrimas, Roman viu emoção e alegria em
seus olhos.
"Você ... Seu namorado?" Olhando para o rosto de Emma, Roman
descobriu que ela era realmente linda.
Ela tinha cabelos castanhos e cacheados, sobrancelhas finas e pretas,
olhos escuros e amendoados brilhantes, lábios finos e vermelhos e uma leve
fragrância no corpo. Ela vestia roupas e calças profissionais, como uma
estrela nascida nos anos 70 e 80, cheia de charme feminino.
Roman estava fascinado por ela.
"Sim, meu namorado." Emma sorriu como um arco-íris após a chuva,
esquecendo sua situação em um instante.
Roman sorriu e disse: "Então ele deve ser um homem maduro, estável
e excelente."

Melody e seus romances


"Não." Sentada no chão, Emma apoiou a cabeça e disse: "Ele é mais
jovem do que eu, infantil, mau, impulsivo, irritável e pegajoso. Ele foi
intimidado em casa e depois veio para me intimidar."
Infantil, pegajoso, jovem, impulsivo e irritável ...
"Intimidar você?" Roman olhou para ela com o cenho franzido.
Emma acenou com a cabeça, "Talvez eu seja fácil de ser intimidada."
"Sério? Agora é tudo namorado valentão da namorada, não é?" Roman
olhou para ela confuso.
"Talvez sejamos diferentes." Emma se virou e olhou em seus olhos,
"Você tem alguém de quem você gosta?"
"Não ... Sim." Depois de uma pausa, Roman desviou o olhar dela e
disse: "Sim, eu tenho."
"Então você deve saber que se gosta de alguém, você gosta de ser
intimidado por essa pessoa." Emma continuou sorrindo gentilmente.
'Eu gosto de ser intimidado por ele.
Não sou masoquista, mas gosto de ser intimidado por ele. '
Mas parecia que, na maioria das vezes, James não conseguia intimidá-
la.
Uma vez, quando James bebeu um pouco de vinho, ele segurou Emma
em seus braços e quis fazer algo. Ela fez beicinho e pareceu um pouco
ofendida. Então James rapidamente se levantou dela e disse com raiva,
"Merda, eu estava errado."
Então ele a persuadiu com a boca cheia do cheiro de vinho, que quase
a fez sufocar.
"Emma, namorada, você pode me ouvir? Se você me ouvir, apenas me
responda." Quando James viu a poeira voando ao redor e as pessoas indo e
vindo, não havia nenhuma figura familiar entre as pessoas que foram tiradas
das ruínas.
Ele viu que as pernas e as mãos de algumas pessoas estavam
quebradas e suas roupas esfarrapadas estavam manchadas de sangue.
James estava ainda mais perturbado. Ele continuou acelerando o passo
e procurando pessoas ao redor. Sua voz e pés tremiam.
Se as mãos e os pés de Emma estivessem realmente machucados, sua
voz não estaria machucada, estaria?

Melody e seus romances


Passaram-se doze horas desde o terremoto da noite anterior. Ela não
tinha comido nada e não tinha água. Ela ainda deve ter força.
De repente, uma ideia ocorreu a James. Ele gritou para a multidão:
"Emma, você pode cantar uma música para mim e me dizer onde você
está?"
Ele se virou e disse as mesmas palavras em direções diferentes,
esperando que Emma pudesse ouvir e dar uma resposta.
"Eu olho pela janela, imaginando como expressar meu amor por você.
Minha mente está escrita em meu rosto, e não há necessidade de adivinhar
..."
A voz clara de Emma veio das ruínas. Depois de passar pelas camadas
de barreiras, sua voz ficou muito baixa.
Soou tão claro e lindo aos ouvidos de James.
Ele ouviu.
Ele ouviu a voz familiar.
Das ruínas atrás dele.
"Namorada ..." De repente, James se virou e ouviu a música com um
pequeno grito. Seu coração doía tanto que seus olhos ficaram vermelhos.
"Amiga, não tenha medo. Vou salvá-la agora mesmo. Não tenha
medo." James estava tão animado que sua voz tremia. Ele pegou as coisas
pesadas uma a uma com as próprias mãos.
Não importava se sua mão foi arranhada por acidente.
Ele não sabia de nada. Ele só sabia que a mulher que amava ainda
estava viva, podia cantar e estava esperando por ele.
A equipe de resgate também correu e um grupo de pessoas estava
fazendo o possível para remover os obstáculos.
Emma cantou a música novamente e novamente. Ouvindo o som de
escavações do lado de fora, Emma se sentiu à vontade.
Bang ...
A pedra na frente de Emma e Roman foi removida, e um raio de sol
brilhou diretamente no rosto dos dois.
Os dois estavam na escuridão. A luz repentina fez com que
levantassem as mãos para bloquear a luz do sol e fechassem os olhos.

Melody e seus romances


"Amiga, saia. Eu carrego você." James contra a luz, Emma não
conseguia vê-lo claramente.
Emma só viu uma figura alta com luz fraca. Ele estendeu um par de
mãos fortes e a abraçou.
"Namorado." Emma murmurou, com lágrimas escorrendo pelo
rosto. Ela colocou a mão em seu braço.
Apanhado.
Emma teve o maior apoio em sua vida.
A coisa mais feliz da vida foi apreendida por James.

Capítulo 355 Blush


Emma e Roman foram salvos. Eles não estavam feridos e havia apenas
um pouco de poeira em seus rostos e corpos.
A equipe de resgate ainda pediu a Roman para ir ao hospital para um
check-up geral.
Roman se abaixou para agradecer à equipe de resgate e olhou para as
duas pessoas que estavam se abraçando com força.
Roman e Emma se conheceram por acaso e passaram por um
momento de vida ou morte, mas logo eles tiveram que se separar. Eles
eram apenas transeuntes na vida um do outro.
Eles nem mesmo deram informações de contato um para o outro,
como um barco passando sem deixar rastros.
Roman foi para o hospital.
James se abaixou e levou Emma embora.
"Por quê você está aqui?" Com os braços em volta do pescoço dele,
Emma se sentiu quente e confortável em seus braços.
"Você sentiu minha falta, então eu vim." James diminuiu o passo e
tentou caminhar o mais firmemente possível para fazer Emma se sentir
confortável.
Emma pensou: 'Como ele soube que eu sentia falta dele?
Ele pode ler minha mente?
Ele pode ler minha mente à distância? '
"Você me enviou duas fotos, certo? Uma era a vista da estrada e a
outra era o brilho do pôr do sol." James ergueu o queixo

Melody e seus romances


complacentemente. "Eu sabia que você estava me dizendo que sentia minha
falta. Você sentia minha falta, então eu definitivamente viria conhecê-lo.
Inesperadamente, houve um terremoto.
Esquecer o passado. Não pense mais nisso. Eu te encontrei e você está
bem. Não iremos mais para a C City. "
James estava confortando Emma. Ele inconscientemente apertou seu
controle sobre ela. Até agora, ele ainda tinha um medo persistente.
Sentindo sua preocupação e medo, ela encostou a cabeça em seu peito
e ouviu seu batimento cardíaco rítmico.
Parecia que seu batimento cardíaco gradualmente não estava tão
estável como antes.
"Eu só te enviei duas fotos. Como você sabia que eu sentia sua
falta?" Na verdade, naquela época, ela realmente sentia falta dele.
Portanto, ela tirou uma foto da paisagem à beira da estrada e quis
apreciá-la com ele.
Quando ela estava livre à noite, ela tirou uma foto do pôr do sol e quis
assistir com ele.
Ela sentia falta dele o tempo todo.
"Estou com você há muito tempo e fui influenciado por você. Por
exemplo, conheço o poema intitulado 'Um galho de flores de ameixa'.
Observe o céu pela manhã e as nuvens ao anoitecer, sentindo falta do
amante o dia todo longo. Aquele que estava faltando era eu. "
Emma ficou surpresa.
Emma tirou as fotos de acordo com o poema, o que não foi difícil. No
entanto, James teve que encontrar o poema correspondente no vasto mar
de poemas de acordo com apenas duas fotos.
Emma sabia que era muito difícil.
"Você é excelente." Emma elogiou James, que estava muito
feliz. "Claro. Você não sabe de quem sou namorado?"
Emma riu.
Ela pensou: 'Você é meu namorado'.
"Você pode ser menos problemático no futuro?" A risada dispersou a
tensão e o medo de James, e seu tom ficou muito mais relaxado. "Se você
sentir minha falta, diga-me onde você estiver e irei ao seu encontro."

Melody e seus romances


Emma de repente se levantou, se inclinou, beijou-o nos lábios e saiu
rapidamente.
"Meu querido namorado." Emma corou e sorriu. "Eu sinto sua falta. Eu
sinto muito sua falta agora."
James parou de andar e ficou imóvel.
Foi a primeira vez que sua namorada tomou a iniciativa de beijá-lo.
A voz de Emma era suave e gentil, como as nuvens pairando no céu. A
brisa soprava. Ele gostou muito do beijo.
Ele apenas sentiu uma onda de ar quente.
Droga!
Ele corou!
O beijo de sua namorada o fez corar.
"Bem, tire meu telefone do bolso para fazer uma chamada de vídeo
para o tio John e a tia Nina. Diga a eles que estamos seguros." James
avançou com Emma em seus braços.
"OK." Emma se divertiu com seu rosto vermelho. Ela estendeu a mão
para pegar o telefone dele. Ela queria pedir a senha, mas desbloqueou o
telefone com sua impressão digital.
"Você ... Minha impressão digital?" Emma ficou chocada.
James respondeu honestamente, "Você adormeceu quando estava
tendo aula comigo. Eu secretamente gravei suas impressões digitais."
Naquela época, Emma não teve um bom descanso por causa de
Harrison e Adela.
Ela estava perturbada.
Ela não queria contar a James porque não queria irritá-lo.
Estranhamente, enquanto ela se aproximasse dele, ela dormiria bem,
mesmo se ela estivesse curvada sobre a mesa na sala de aula.
"Então você tirou uma foto minha dormindo na mesa, certo?" Emma
clicou em seu WeChat e descobriu que a imagem de fundo era a foto de seu
rosto quando ela estava dormindo em uma bagunça.
Parecia que o rosto na foto não combinava com sua imagem.
No entanto, a pessoa na foto era realmente ela.

Melody e seus romances


"Oh, não! Você encontrou!" James parecia estar surpreso, mas na
verdade, ele estava sorrindo. "Não mude. Eu gosto desta foto."
"Não, eu não vou mudar isso." Emma fez uma chamada de vídeo para
Nina e Nina atendeu imediatamente.
"James, como você está ... Emma?" Nina estava esperando por suas
mensagens e seu telefone nunca saiu de sua mão.
Vendo Emma, Nina ficou surpresa e perguntou: "James encontrou
você? Você está bem?"
"Nina, estou bem. Não se preocupe." Olhando para a cena atrás de
Nina, Emma pensou que Nina parecia estar em uma cabana. "Nina, onde
você está?"
"No avião." Nina colocou o telefone um pouco longe e disse: "Estamos
indo buscá-la".
James ficou surpreso. "O avião? Droga! O tio John enviou um
helicóptero particular?"
Ouvindo a voz animada de James, a carranca no rosto de John
finalmente diminuiu um pouco. "Eu vou te levar de volta."
"Tio John, tia Nina, estou comovido até as lágrimas." Havia lágrimas
nos olhos de James. "Tio John, tia Nina, eu te amo."
"Espere por nós na praça." Então John desligou o telefone.
Quando James e Emma chegaram à praça, eles viram toda a equipe
lá. Quando o Diretor Xin viu os dois, havia lágrimas em seus olhos
novamente.
"Emma, você está bem?" O Diretor Xin se aproximou dela com
preocupação.
"Diretor Xin, estou bem. Lamento deixá-lo preocupado." James colocou
Emma no chão, mas ele ainda segurou sua cintura para o caso de ela cair.
"Isso é bom. Isso é bom." O diretor Xin finalmente ficou aliviado.
Alice estava sentada na cadeira atrás e sua visão foi bloqueada por
outros que subiram para cumprimentar Emma. Ela disse com raiva: "Ele é
realmente o jovem mestre da família Shi? Por que ele se apaixona por
Emma?"
"Emma é uma excelente aluna da Universidade de Comunicação. Ela
filmou um curta-metragem sobre o bem-estar público quando estava no
segundo ano. O filme foi bastante popular. É por isso que ela pode trabalhar
para o Diretor Xin como estagiária." O homem que falou estava trabalhando

Melody e seus romances


para o diretor Xin há muitos anos e sabia muitas coisas no círculo do
entretenimento.
Ele olhou para Alice com um sorriso de escárnio. "Talvez você não
saiba que a boa amiga dela é Nina. Você pode não saber quem ela é."
"Quem é ela?" Alice não sabia nada sobre Nina.
De repente, uma nuvem escura cobriu a praça e soprava um vento
forte.
Um helicóptero circulou no ar, atraindo a atenção de todos.
Não havia lugar para estacionar um helicóptero aqui. John precisava
levar James e Emma para cima o mais rápido possível, então ele desceu a
escada de corda.
Quando John estava prestes a descer, Nina já havia amarrado uma
corda de segurança e pulado ao longo da escada de corda.
"Nina!" John gritou alto.
'Ela é sempre desobediente!' John pensou.

Capítulo 356 Não posso ofender Nina


A raiva estava estampada no rosto de John. Dentro do plano havia
uma camada de gelo espalhada pela escada de corda.
Nina estremeceu e sorriu, "Querida, espere eu trazê-los de volta aqui."
As pessoas abaixo viram apenas uma figura ágil descendo, como uma
mulher galante descendo do céu. Seu cabelo amarrado balançava com o
vento e, ocasionalmente, alguns fios de cabelo solto varriam seu rosto.
Quando estava a menos de meio metro do chão, Nina saltou
suavemente e seus pés caíram no chão.
Ela olhou para a multidão com um olhar orgulhoso, parou em James e
nos outros e se aproximou.
Quando Nina passou por Alice, Nina ouviu um homem sussurrar: "Ela é
Nina, esposa de John, a princesa da Ilha C, a belle do campus na
Universidade L e uma pintora famosa. Qualquer uma de suas pinturas pode
ser vendida a um alto preço de milhões. "
"E ela é uma boa amiga de Emma." O homem suspirou, "apenas reze
para que Lin Emma não tenha mencionado você, caso contrário ..."
O homem estalou a língua. Ele não se atreveu a pensar nas
consequências.

Melody e seus romances


Nina diminuiu o passo e olhou bruscamente para Alice, que estava
sentada na cadeira.
Quando Alice ouviu a apresentação de Nina, suas têmporas estavam
latejando. Quando ela levantou a cabeça, por acaso ela encontrou os olhos
de Nina. Os olhos frios fizeram o coração de Alice pular uma batida e ela não
conseguia respirar.
Ela ... Tão horrível.
'Alice.
Eu lembro de você.'
Pensando nisso, Nina se virou e caminhou em direção às duas.
"Você está machucado?" Em pé na frente das duas pessoas, a
arrogância e frieza de Nina em seus olhos desapareceram, e sua voz estava
muito mais suave. "Se você está ferido ou não, você tem que ir para o
hospital."
"Tia Nina tem razão. Vamos ao hospital fazer um check-up." James
estava ansioso e ele se abaixou e pegou Emma novamente.
"Na verdade, estou bem." Emma ficou surpresa com seu movimento
repentino e segurou seu pescoço com força.
James sorriu.
Olha, a namorada dele estava tão agarrada a ele agora.
"Os outros estão bem. Por que você está assim agora?" Nina
perguntou friamente, "Quem é Alice?"
Emma estava prestes a explicar, mas ela parou quando ouviu o nome
de Alice.
"E quanto a Alice?" "O que há de errado?" perguntou James em
confusão.
"Nada nada." Emma balançou a cabeça.
Quanto mais Emma agia assim, mais James sentia que algo estava
errado.
"Esperar!" De repente, ocorreu a James, "A pessoa que lhe pediu para
comprar chá com leite é Alice!"
O rosto de James estava cheio de raiva, "Quem é Alice? Onde ela está?
Saia!"
Alice estremeceu na multidão e não teve coragem de se destacar.

Melody e seus romances


Então James continuou, "Tia Nina, você não sabe o quão poderosa
Alice é. Ela não bebe chá com leite e até pediu para minha namorada
comprá-lo. Além disso, há muitas lojas de chá com leite nas proximidades,
mas ela insistiu em deixar minha namorada comprou na S Road. "
"Oh?" Nina ergueu ligeiramente as sobrancelhas. "Parece que ela fez
de propósito."
Nina se virou e olhou para Alice friamente no meio da multidão. Ela
torceu o pescoço e fez um som de "clique", assustando a todos.
Um por um, eles se afastaram para deixar Alice ser exposta a Nina e
os outros.
Alice agarrou a alça da cadeira com força com as duas mãos. Ela
estava tão nervosa que engoliu saliva. Seu rosto pálido estava cheio de
terror e seu corpo estava constantemente encolhendo para trás.
Esse tipo de medo denso ocupou seu coração.
"Eu ... eu ... eu não sei ..."
"Você não sabe?" Nina estava caminhando em sua direção, e Alice
ficava mais assustada a cada passo que Nina dava.
Nina veio até ela e parou.
"Você não sabe por que pediu a ela para comprar chá com leite. Ou
não sabe que haveria um terremoto?" Sem esperar que ela falasse, Nina
continuou: "O terremoto é um desastre natural. Vamos deixá-lo de lado
primeiro. Diga-me por que você pediu a ela para comprar chá com leite para
você?"
"Eu ... eu ..." Alice estava tão assustada que gaguejou, "Eu ... eu
quero beber. Não, eu não bebi antes, mas de repente quero beber ..."
"Você precisa de um assistente?" Nina mudou de assunto, "Que tal eu
mandar uma assistente para você?"
A mudança repentina de Nina chocou a todos.
Até Emma ficou surpresa.
Apenas James se sentiu um pouco feliz por se vingar de Alice. "Tio
John enganou tia Nina. No passado, tia Nina só podia bater nas pessoas,
mas agora tia Nina pode ... Uau ..."
"O que Nina quer fazer?" Ouvindo isso, Emma ficou ainda mais
confusa.

Melody e seus romances


"Não tenha pressa." Os dois estavam realmente assistindo ao bom
show.
Nina pegou o telefone e ligou para John: "Quero mandar uma
assistente para uma atriz. Ela parece lamentável. Sem uma assistente, ela
pediu a Emma para fazer coisas por ela. Vamos mandar uma assistente para
ela."
"Nome." John disse em uma voz profunda. Embora tenha reprimido
sua raiva pela desobediência de Nina, ele ainda cooperou ativamente com
ela.
Nina deu um suspiro de alívio. Parecia que ele não estava mais com
raiva dela.
"Alice." Nina enfatizou especialmente: "Ela gosta muito de beber chá
com leite. De agora em diante, vamos fornecer a ela três xícaras de chá com
leite pela manhã, ao meio-dia e à noite, respectivamente. O que você acha?"
John disse: "Tudo bem".
"OK." Nina assentiu com um sorriso. Quando ela desligou o telefone, o
sorriso em seu rosto gradualmente desapareceu e tornou-se extremamente
frio.
"Sua assistente estará aqui em breve. Espero que você tenha uma boa
vida." Nina deu um tapinha no ombro de Nina.
"Ah ..." Depois de ser acariciada por Nina, Alice estava tão dolorida
que gritou. Ela escorregou da cadeira e caiu no chão. Uma explosão de dor
veio do ombro esquerdo de Alice.
"Você é tão fraco." Nina se levantou e disse levemente.
Alice, cujo rosto ficou pálido, ficou imóvel como uma bola murcha.
Três xícaras de chá com leite pela manhã, ao meio-dia e à noite, eram
nove xícaras por dia. Alice deve ser tão gorda que ninguém gostaria de
procurá-la para atuar novamente.
Esse assistente deve ser usado para monitorá-la.
'O que devo fazer?
O que devo fazer?'
A mente de Alice estava uma bagunça.
Emma conteve o riso nos braços de James e disse, "Nina é uma garota
com grande força. Quem aguenta seu tapinha assim? Ela até quebrou as
asas de frango cru da última vez."

Melody e seus romances


“Bem ... Com a ajuda do tio John, não posso ofender a tia Nina.”
James balançou a cabeça e suspirou, seguindo Nina com Emma nos braços.
Emma não se machucou. Ela subiu a escada de corda, seguida por
James, que a estava protegendo.
Os dois escalaram a meio caminho antes de Nina subir.
"Sr. James, Srta. Emma." Richard estendeu a mão e puxou os dois
para dentro. Quando ele estava prestes a estender a mão novamente para
puxar Nina, John olhou para ele e Richard retraiu sua mão.
A mão de Nina estava vazia.
Ao mesmo tempo, o helicóptero estava subindo lentamente.
"Você percebe sua culpa?" John se agachou na beirada e olhou para
Nina que ainda estava de pé na escada de corda.
Se ela não se desculpasse, ele não a puxaria para cima.
Nina olhou para John e disse com relutância: "Eu estava errada."
"Sobre o que você está errado?" John disse com uma cara séria.
Nina não sabia o quão assustado John estava quando ela saltou agora.
Mesmo que John soubesse que ela estava amarrada à corda de
segurança e que não tinha medo.
Mas John estava com medo.
Ele temia que ela corresse perigo.
Nina ficou sem palavras ... 'Não abuse da sorte!' Nina pensou.
O helicóptero havia subido a uma certa altura e estava avançando
firmemente. Conforme o vento soprava, o vento soprava em sua boca
quando Nina abrisse a boca.
Assim que ela abriu a boca, ela engasgou.
No próximo segundo, John a puxou e a segurou em seus
braços. "Diga-me o que você vai fazer no futuro antes de fazê-lo."
Demorou alguns segundos para Nina se recuperar. "Sinto muito. Não
vou."
"OK." John deu um tapinha na cintura dela e a deixou ir.
O helicóptero S-76 era um helicóptero de transporte civil para todos os
climas. A cabana era espaçosa e confortável e podia acomodar 12 pessoas.

Melody e seus romances


Emma mudou para o vestido preparado por Nina e lavou o rosto com
uma toalha molhada. Emma parecia muito melhor, mas o cansaço em seus
olhos e sobrancelhas não podia ser escondido.
Emma não dormiu a noite toda e estava realmente com sono.
Quando Emma viu John e Nina se aproximando, ela se curvou e
acenou com a cabeça para expressar sua gratidão. "Tio John ..."
Esta foi a primeira vez que Emma chamou John de tio.
John respondeu calmamente: "Tudo bem."
"Namorada, o que você disse agora?" James estava tão animado que
não sabia o que fazer. Ele até apresentou Nina a Emma sem pensar. "Esta é
a tia Nina ..."
Nina deu um tapa na cabeça de James.
'Você é louco? !
Você até deixou meu bom amigo me chamar de tia Nina? ! '

Capítulo 357 Um cachorro na manjedoura


O olhar de Nina fez James calar a boca, James se virou e sentou-se
para cumprimentar Emma.
O helicóptero voou de volta para Lexingport City e pousou no último
andar de North Yard.
O médico da família estava esperando há muito tempo. Ele examinou
Emma da cabeça aos pés. Não houve nenhum outro ferimento, exceto um
leve hematoma.
Chester segurou a mão de Nina e perguntou: "Tia Nina, como estão as
pessoas na cidade C?"
"Não tenho certeza sobre os detalhes do desastre", Nina curvou-se e
tocou a cabeça da criança, sorrindo. "Mas seu tio fez tudo o que podia."
Nina sempre pensou que Sam queria enviar Chester para a faculdade
na Cidade Imperial em setembro, por causa do desenvolvimento futuro da
família Shi.
Descobriu-se que Nina estava errada.
Foi Chester quem quis seguir esse caminho.
Chester olhou para John e disse: "Obrigado, tio John".

Melody e seus romances


"Tudo bem. Não se esqueça de sua intenção original." Essa era a única
esperança de John para Chester.
Lexingport City era um lugar complexo. John tinha visto muitas
pessoas que ocupavam cargos importantes, mas trabalhavam apenas na
superfície. Ele só esperava que Chester não fosse conivente com eles.
Emma estava bem e deixou North Yard logo.
Depois de arrumar uma mala de roupas, Nina levou Chester e Nine
para morar no apartamento da L University.
Só restava John em North Yard.
Ele parou no portão de North Yard e observou o carro ir cada vez mais
longe. Ele tirou um cigarro do nada e acendeu, parecendo deprimido.
Como um velho solitário.
As pessoas em North Yard estavam ocupadas com seu próprio trabalho
e não puderam deixar de olhar mais algumas vezes para John. Lena foi a
primeira que não pôde deixar de suspirar.
"O Sr. John é tão lamentável."
"Tenha cuidado, não seja ouvido pelo Sr. John." Amy a impediu.
Lena se calou de mau humor.
John sacudiu a cinza do cigarro e disse com uma cara sombria: "Já
ouvi."
"Senhor John!" Amy e Lena ficaram perplexas e eretas.
Depois de lançar um olhar frio para os dois, John passou por eles e
não disse nada para repreendê-los.
Agora sua esposa havia enganado todos em North Yard.
A única coisa que John podia fazer agora era se concentrar em seu
trabalho. Ocasionalmente, ele se disfarçava e ia para a biblioteca da L
University com o cartão do campus que recebera de James.
Para não levantar suspeitas de Nina, John não poderia perguntar a ela
em que andar ela costumava ficar, então ele só poderia procurá-la um
cômodo por um.
John estava usando um boné preto pontudo, terno preto casual, calças
largas e sapatos Converse.
Ele temia que isso causasse uma comoção desnecessária e perturbasse
sua esperta esposa, então John pressionou a borda do penhasco bem baixo.

Melody e seus romances


Sob seus esforços incessantes, na tarde do terceiro dia, ele finalmente
viu a pessoa de quem estava faltando em uma sala de auto-estudo no
último andar da biblioteca.
Nina estava sentada perto da janela, o cabelo amarrado, o longo rabo
de cavalo pendurado no meio das costas, a mãozinha segurando uma caneta
e desenhando os pontos principais do livro, e sua boquinha ia abrindo e
fechando.
Olhando do ponto de vista de John, ele só podia ver as costas de Nina
e metade de seu rosto, mas John podia ver claramente o homem sentado à
sua frente, Chester.
Nina e Chester não falavam nem se olhavam, mas o rosto de John
ficava cada vez mais sombrio.
Isso lembrou John dos dias anteriores, quando James estava na aula
com sua namorada, ele sempre exibia para John a felicidade de estudar com
sua namorada.
Naquela época, John apenas desdenhava.
Agora ... John queria bater em alguém.
"Mano, você quer pegar este livro emprestado ou não? Pode me dar
primeiro se não quiser pegar emprestado?" Um garoto alto e magro parou
ao lado de John e olhou para Nina seguindo o olhar de John.
Afinal, aquela era a biblioteca e todos estavam estudando muito. A voz
do menino estava muito baixa. "Você está parado aqui há mais de dez
minutos só para ver a linda Nina?"
John retirou seus pensamentos e olhou para o menino.
Os olhos de John pareciam dizer como o menino sabia que estava
olhando para Nina?
O menino olhou em volta e riu, "Você não percebeu que há muitos
meninos aqui? Embora nos formemos em ciências e tecnologia, não deveria
haver apenas duas alunas aqui para estudar, certo?"
Ouvindo as palavras do garoto, John encontrou outra garota sentada
no meio. A maioria dos outros lugares eram meninos.
Além disso, havia vários meninos ao lado desta estante. Parecia que
eles estavam segurando o livro desde que John entrou, e suas posturas não
haviam mudado.
"O que você quer dizer?" John franziu a testa e adivinhou o que estava
acontecendo.

Melody e seus romances


Então essas crianças que não sabiam de nada vieram por sua esposa?
"Eles estão todos aqui por Nina." Vendo que a mão de John que
segurava o livro se soltou, o menino o pegou diretamente da mão de John.
John não estava com humor para se preocupar com nada. A sombra
negra na borda de seu boné pontudo caiu sobre seu rosto moreno, tão
sombrio quanto a nuvem negra antes de uma tempestade.
"Ela é casada."
"Sim, todos sabem que Nina é casada, mas isso não os impede de
gostarem dela. Além disso, eles não a incomodam. Eles apenas se sentam
no mesmo auto-estudo e respiram o mesmo ar que ela."
O menino estava prestes a dar um tapinha no ombro de John, mas
ficou assustado com os olhos frios de John. Ele gentilmente lembrou John.
"Basta dar uma olhada. Não tente abordá-la. Ela não vai olhar para
outros meninos. O marido dela é John, do Time Group. Não vamos falar
sobre a fama de John primeiro. Vamos nos concentrar no rosto do Sr. John.
TSK, TSK , como uma beleza como Nina pode se apaixonar por outro
menino? "
"Mesmo?" Quando alguém o elogiava, a tristeza no rosto de John
desaparecia, mas John ainda estava infeliz.
"Claro." O menino balançou o livro relacionado à economia na frente
de John. "Eu o tirei. Tenho que pegá-lo emprestado para as férias de verão."
Talvez fosse porque o menino o elogiava tanto agora, e o menino não
tinha esse tipo de sentimento pela esposa, então John deu uma olhada no
menino e no livro em suas mãos.
"Sua?"
"Não me formei neste importante. Meu amigo está vindo para as férias
de verão. Ele me pediu para emprestar este livro para ele. Ele está prestes a
terminar o último ano e é uma boa chance para ele encontrar um lugar para
estágio e fez seu desenho de formatura. " O menino virou o livro na mão e
disse desconfiado: "Mas também é estranho. Ele já leu este livro várias
vezes, mas ainda quer lê-lo."
John olhou para o livro nas mãos do menino novamente. Ele o tinha
lido muitas vezes desde os quatorze anos.
"Caneta, papel." John pediu uma caneta ao menino e rapidamente
escreveu uma série de números no papel branco. "Peça a ele para entrar em
contato com meu assistente para uma entrevista."

Melody e seus romances


John atribuiu grande importância à seleção de talentos.
O menino estava confuso.
No próximo segundo, John caminhou em direção a Nina. Quando
Chester levantou a cabeça, ele viu John.
"Tio..."
"Shh ..." John fez um gesto de silêncio.
Chester continuou a ler como se nada tivesse acontecido.
Nina estava realmente imersa em seu livro. De repente, havia uma
pessoa ao lado dela, mas ela não levantou a cabeça. Ela apenas estendeu a
mão e pegou o livro em sua mesa para abrir espaço para a pessoa.
John ficou pasmo.
Então, quando outros alunos vinham estudar, Nina também lhes dava
a vaga?
Portanto, no segundo dia, quando Nina veio aqui para estudar, ela de
repente viu uma pilha de livros profissionais de administração sobre a mesa,
que ocupava apenas uma cadeira e a pessoa que pegou o livro não foi vista
o dia todo.
Quando Nina e Chester voltaram, Nina aproveitou a oportunidade para
pregar: "Chester, não seja como aquele homem no futuro que gosta de um
cachorro na manjedoura. Ele será atingido por um raio".
Chester estava sem palavras e pensativo. - Tia Nina, você está falando
sobre o tio John.

Capítulo 358 Sênior


Quando Nina e Chester saíram da biblioteca, Michelle já estava parada
na porta acenando para os dois.
"Nini, aqui."
"Vamos, Chester. O jantar está chegando." Nina levou Chester para
encontrar Michelle e planejou ir ao supermercado próximo para comprar
comida.
Michelle segurava uma sacola quadrada branca na mão. Quando viu
Chester chegando, entregou a sacola para ele e disse: "Aqui está, Chester".
Olhando para a bolsa, Chester não a pegou. Havia um pouco de dúvida
em seus olhos agradecidos.
"Nenhum ganho sem dores."

Melody e seus romances


Michelle sorriu, revelando dois dentes caninos bonitos. "Você é tão
fofo."
"Chester, você pode pegar o presente da tia Michelle." Ao ouvir as
palavras de Nina, Chester estendeu a mão para pegar a sacola e curvou-se
educadamente para agradecer a Michelle: "Obrigado, tia Michelle".
Não havia expressão em seu rosto. Além disso, ele não demonstrou
nenhuma empolgação que uma criança teria quando recebesse um
presente. No entanto, a aparência obediente de Chester deixou Michelle
feliz.
"Pequeno Chester, você é tão fofo. Eu gosto muito de você. Oh, não,
você não deveria me chamar de tia. Meu primo e seu irmão são
amantes." Michelle estendeu a mão para beliscar seu rosto, mas Chester não
gostava que outros tocassem.
No entanto, pensando que Michelle era uma boa amiga de Nina, ele se
esquivou por reflexo e ficou ali, deixando Michelle fazer o que quisesse.
A mão de Michelle tocou a pele macia e leitosa de Chester e a esfregou
com grande afeto. Ela disse: "Ele é tão fofo. Nini, dê à luz seu filho o mais
rápido possível, para que eu possa beliscar o rosto do seu bebê. Seu bebê
deve ser tão fofo quanto o pequeno Chester".
"Mini, não estou grávida." Apesar de Nina ter explicado várias vezes
que não estava grávida, parecia que Michelle não tinha ouvido isso e só
ouviu o que ela queria ouvir.
Para cuidar bem de Nina, Michelle preparava refeições para ela.
Vendo que o rosto de Chester estava distorcido pelo beliscão de
Michelle, Nina imediatamente puxou Chester para o seu lado e disse: "Não
quero que meu filho seja amassado assim. Veja, o rosto de Chester está
dolorido por causa do seu beliscão."
"Não, eu não fiz. Eu apenas belisquei levemente." Michelle estendeu a
mão e beliscou o rosto de Chester novamente.
"Não dói." disse Chester calmamente.
Ele disse isso por causa de Nina.
"Olha, Chester disse que não doeu." Felizmente, Michelle ficou ao lado
de Chester e pegou sua mão para avançar.
Parecia que Michelle estava segurando uma criança que acabava de
começar a andar.
No entanto, Chester já tinha dez anos.

Melody e seus romances


Chester se perguntou por que todos o tratavam como uma criança
quando ele ficou com Nina.
"Mimi, o que tem nele?" Nina mudou de assunto para evitar que
Michelle falasse sobre o conhecimento da gravidez.
Michelle nunca tinha engravidado antes, mas parecia ter muitos
conhecimentos sobre gravidez.
Michelle se atreveu a ensinar o conhecimento a Nina.
"O prêmio que ganhei. É Lego Star Wars." Michelle olhou para Chester
com um sorriso. "Ouvi de Nini que você gostava de assistir Star Wars, então
peguei este prêmio e dei a você."
'Como a tia Nina sabe que eu gosto de Star Wars?' Chester pensou.
Ele olhou surpreso.
"Chester, todo mundo tem seus gostos e desgostos. Este é nosso
direito." Nina estava prestando muita atenção ao desenvolvimento físico e
mental de Chester. Ela descobriu que ele nunca havia mostrado nada de que
gostasse, porque Sam não permitia que ele gastasse tempo e energia em
nada além de estudar.
Isso a fez pensar em John. Quando era jovem, passava todo o tempo
estudando e não gostava das coisas que lhe interessavam ou de ter amigos.
Isso não era para treinar uma criança excelente. Pelo contrário,
destruiria a felicidade de uma criança.
"Você é melhor do que muitos colegas agora. Em setembro, você irá
para a Universidade Imperial e estudará com um grupo de colegas sete ou
oito anos mais velhos que você." Para Chester, Nina sempre foi como uma
mãe gentil.
"Obrigado, tia Nina." Com um sorriso de criança nos lábios, Chester
disse: "Obrigado, Michelle".
Michelle disse alegremente: "O pequeno Chester é tão fofo."
"Estamos realmente com a mesma idade. Por que eu sempre sou
classificado como seu mais velho?" Recentemente, Nina se sentiu cada vez
mais magoada.
Se Emma se casasse com James, ela a chamaria de tia Nina.
Michelle era uma boa amiga de Nina, mas Chester não ligou para a tia
de Michelle. Nina não conseguia aceitar.

Melody e seus romances


"Você se casou com o tio John." Michelle e Chester disseram em
uníssono.
Nina estava sem palavras.
Ela não conseguia encontrar nenhuma razão para refutar.
Os três conversaram e riram todo o caminho até um supermercado
próximo, onde encontraram alguns conhecidos.
"Nina?" Adrian também os viu e os cumprimentou com um sorriso.
Henry empurrou o carrinho de compras e veio na direção deles.
"Nina, Chester, Michelle, por que vocês estão aqui? Que
coincidência!" Adrian cumprimentou com um sorriso.
"Estamos aqui para comprar comida." Nina olhou para o carrinho de
compras, que estava cheio. "Você está aqui para comprar comida também?"
"Sim. Nós dois vamos comer panela quente esta noite." Adrian se
virou e colocou a mão no ombro de Henry.
Aos olhos dos estranhos, eles eram bons amigos.
Pelo menos Michelle e Chester pensaram assim.
Nina ergueu ligeiramente as sobrancelhas. "Que tal jantarmos juntos?
Eu também quero uma panela quente."
"Claro." Adrian deu um tapinha em seu peito.
Henry sorriu e disse: "Senhora, você não precisa comprar comida.
Quase compramos o suficiente."
"Você não deveria chamá-la de senhora." Adrian olhou para
Henry. "Ela é nossa cunhada. Chame-a de Nina."
Henry olhou para Adrian.
Henry pensou: 'Ele é tão travesso'.
Michelle revirou os olhos e disse: "Você está certo. Ele é o jovem
mestre da família Ye agora. Ele tem um bom relacionamento com o tio John
e é mais jovem do que ele. Ele deveria chamá-la de Nina."
Ao ouvir isso, Henry se sentiu um pouco desconfortável e disse:
"Nina".
"Isso mesmo. Nina, estou certo?" Adrian colocou a mão no ombro de
Henry novamente. Ele gostava de fazer isso para se sentir seguro.

Melody e seus romances


Nina olhou para Henry e Adrian, e apenas os três sabiam por que
Henry a chamava de Nina. Não era por causa de John, mas porque Adrian a
chamava assim.
"Sim Sim." Com um sorriso falso no rosto, Nina murmurou
descontente: "Meus colegas me chamam de tia e eu sou a cunhada das
pessoas mais velhas do que eu. Puxa!"
- É tudo culpa de John. Se não fosse por ele, eu não teria sido tão
velha.
Estou apenas na casa dos vinte anos. ' Nina pensou.
Chester olhou em volta, apontou para as prateleiras cheias de
macarrão instantâneo e disse: "Tia Nina, quero experimentar. Nunca
provei."
Nina disse: "Eu vou ..."
"Eu vou pegar." Michelle se virou para pegar o macarrão instantâneo.
Os outros estavam esperando lá. Então Nina viu uma garota, que era
sua colega de classe, vir comprar algo com raiva.
"Com licença, onde está o macarrão instantâneo?" A garota sorriu e
disse: "Eu quero aquele tipo de macarrão instantâneo crocante que vai
quebrar assim que alguém se ajoelhar sobre eles."
"Macarrão instantâneo? Crisp?" A vendedora ficou confusa.
A menina cerrou os dentes e disse: "Sim, eu compro para meu
namorado se ajoelhar sobre eles. Não se preocupe. Não vou desperdiçar
comida. Ele terá que comer todos se fizer o macarrão quebrar. Ele não quer
comer macarrão para não quebrá-lo. "
"Bem, venha comigo. Eu vou te levar lá." A vendedora ficou pasma.
A garota cumprimentou Nina com um sorriso e saiu com um pacote
inteiro de macarrão instantâneo.
Nina de repente soube de algo novo.
"Se ele quebrar o macarrão instantâneo quando estiver ajoelhado, terá
que comer todos. Portanto, ele só poderá manter uma distância entre os
joelhos e o macarrão instantâneo. Ele ficará muito cansado." Os olhos de
Nina brilharam. "Ela é tão inteligente."
Todo mundo estava sem palavras.
Eles pareciam ver o que aconteceria com John no futuro.

Melody e seus romances


Capítulo 359 Roubo
Havia um apartamento de luxo na University City para Henry e Adrian.
Era um lugar tranquilo. Ninguém pensaria que o presidente do Song
Group e o presidente do Ye Group teriam uma residência em tal lugar.
Todo fim de semana, os dois viriam morar aqui. Ao mesmo tempo,
eles desligaram seus telefones celulares para trabalhar para evitar
interrupções externas.
Eles vieram ao apartamento e começaram a preparar uma panela
quente.
Então, Chester foi buscar a bebida. Michelle estava lidando com os
materiais alimentares, enquanto Nina estava lavando as frutas. Henry
encontrou uma panela e despejou nela os ingredientes da panela.
Todos tinham seus próprios deveres, exceto Adrian que não tinha nada
para fazer. Ele tirou uma foto e postou em seus momentos de conversa.
Quando Nina estava lavando uvas ao lado dele, Adrian pegou uma e
colocou na boca.
"Obrigado, Nina." Adrian sentiu que precisava encontrar algo para
fazer, "Vou tocar um pouco de música."
Adrian tocou uma peça musical que muitas vezes era tocada pelo DJ
quando ele estava na discoteca. De repente, o som rítmico de algo pesado
quebrando o chão foi ouvido na silenciosa sala de estar, que era um tanto
ensurdecedora.
Adrian estava sozinho na sala, balançando a cabeça e caminhando com
sua alma.
A multidão foi forçada a parar com a música incompatível. Eles
olharam para Adrian com olhos frios.
Chester disse: "É barulhento".
Michelle ergueu a mão para cobrir as orelhas e fez beicinho para
expressar seu protesto.
Henry estava acostumado a tal situação, mas havia outras pessoas
aqui. Ele olhou para eles se desculpando, levantou-se e agarrou Adrian.
"Pare com isso. Mude para outro. Este não é adequado para nossa
situação atual."
Adrian sorriu e colocou o braço em volta do ombro de Henry, "Qual é o
problema? Eu acho ..."

Melody e seus romances


A voz de Adrian parou de repente.
Nina segurava uma maçã na mão direita e ficava retraindo os
dedos. Sua mão esquerda cobriu o outro lado da maçã e pressionou com
força. A maçã redonda foi quebrada em pedaços na frente de Adrian.
“Mude! Vou mudar imediatamente!” Adrian prendeu a respiração, e a
cena em que Nina esmagou uma maçã com as mãos nuas ainda se refletia
em suas pupilas ligeiramente encolhidas. Ele deu um tapinha no ombro de
Henry com pressa, "Henry, anda logo, meu celular, meu celular ..."
Se Adrian não mudasse isso, ele iria acabar como a maçã.
"Pare com isso," disse Harry, agarrando a mão direita de Adrian, que
estava se atrapalhando com pressa. Henry suspirou, "O telefone está em sua
mão."
"O que?" Adrian deu uma olhada e descobriu que o telefone estava
realmente em sua mão esquerda.
Agora mesmo, Adrian estava sacudindo seu telefone e dando dois
passos espaciais.
"Depressa! Mude a música!" Nesse momento, Henry estava ansioso.
João era um rei tolo e Nina uma tirana.
"Ah, eu mudei." Adrian pausou a música com pressa.
A sala voltou à paz. Nina colocou a outra maçã na mão e continuou a
lavar outras frutas.
"Nina, deixe-me fazer isso! Deixe-me fazer isso!" Antes que Adrian
pudesse enxugar o suor da testa, ele rapidamente correu para agarrar a
obra de Nina, tão diligente quanto um robô ia duas vezes mais rápido.
Depois de lavar as frutas, Adrian foi até a cozinha ajudar Michelle.
Nina deu uma olhada em Henry e suspirou: "Você realmente ainda o
deixa ir à boate?"
"Se ele gostar, deixe-o em paz." Olhando para as costas de Adrian,
Henry sorriu gentilmente. Então ele se virou para olhar para Nina e
perguntou: "Devemos ligar para o Sr. John?"
"Tio John deve estar vindo para cá. Ele gostou dos momentos de
Adrian." Com o telefone na mão, Chester apontou para a foto que estava
cheia de ingredientes com a ponta do sapato e disse: "Este é o sapato da tia
Nina".

Melody e seus romances


"O que?" Confusa, Nina olhou para seus sapatos, que eram sapatos
brancos muito comuns.
Chester respondeu rapidamente: "Tio John comprou todas as coisas
para você. Com sua observação perspicaz, ele saiu da empresa na primeira
vez que viu esta foto. De acordo com a rota, o tio John chegará no máximo
em trinta minutos."
Ding Dong ...
Alguém tocou a campainha.
"Chester, você cometeu um erro desta vez. Ele está aqui." Adrian
lavou as mãos e saiu. Ele ficou um pouco surpreso ao ouvir o julgamento de
Chester. Adrian ergueu as sobrancelhas e sorriu atrás da campainha.
Ele não acreditava que Chester gostasse muito de John.
Se as crianças fossem tão poderosas agora, os mais de 10 anos de
vida de Adrian seriam em vão?
"Não tio John." Disse Chester com firmeza.
"Você não acredita em mim? Vou abrir a porta." Adrian enxugou as
mãos com um lenço de papel e abriu a porta pessoalmente.
Um homem e uma mulher estavam do lado de fora da porta.
Com Emma em uma mão e uma taça de vinho tinto na outra, James a
sacudiu na frente de Adrian e perguntou, "Adrian, que tal vinho tinto com a
panela quente?"
"Por quê você está aqui?" O rosto de Adrian ficou frio, o que significava
que o julgamento de Chester provavelmente estava certo.
"Ou quem mais? Quantas pessoas sabem que você mora aqui?" James
empurrou Adrian para longe, pegou Emma e cumprimentou a todos
calorosamente.
"Você é tão mau. Por que você não nos convidou para comer um
hotpot?"
Adrian fechou a porta e se sentou no sofá. Ele não queria falar com
eles. Ele apenas olhou para o tempo passando e olhou para a porta de vez
em quando.
Ele não acreditava que Chester pudesse ser tão preciso.
Mais de 20 minutos depois, a campainha tocou novamente.
"Eu vou abrir!" Adrian se levantou do sofá e foi abrir a porta.

Melody e seus romances


Quando ele abriu a porta, ele descobriu que era mesmo John.
"Sr. John? Por que está aqui?" Adrian parou na frente da porta e disse,
"Nina não está aqui. O que você está fazendo aqui? Eu quero um jantar à luz
de velas com Henry."
John disse com uma voz fria: "Não deixe minha esposa entrar no
espelho da próxima vez."
Uma voz fria foi misturada com um aviso de violação.
"Droga!" Adrian ficou chocado. Ele se virou e descobriu que era
exatamente igual ao palpite de Chester.
"Não, John. A foto só tem metade do pé de Nina." Adrian se afastou e
pediu a John para entrar.
"Isso também é meu." John lançou um olhar frio para Adrian. Adrian
fechou a boca e não se atreveu a continuar.
Nina estava escondida em outro lugar se aproximou silenciosamente
de John. Nina deliberadamente diminuiu o passo e se curvou.
Os outros fingiram não vê-la e cumprimentaram John.
Chester disse: "Tio John".
Henry disse: "Sr. John".
Michelle disse: "Boa tarde, tio John. Já que você está aqui, podemos
fazer a refeição juntos".
A panela quente de dois sabores sobre a mesa estava fervendo. A
névoa branca subiu e a fragrância chegou aos seus narizes.
John ouviu passos atrás dele. Desnecessário adivinhar, era sua esposa.
Ela era uma garotinha muito infantil às vezes.
Sem se virar, John diminuiu o ritmo.
Nina aproveitou a oportunidade e silenciosamente se aproximou de seu
corpo. Ela segurava uma faca de frutas com uma concha na mão e
pressionou-a contra a cintura de John.
"Não se mova. Levante a mão." A voz de Nina ficou fria e seus olhos
estavam cheios de entusiasmo. "Roubo."
Com um leve sorriso nos cantos da boca de John, ele ergueu as mãos
cooperativamente. "Você quer dinheiro? Ou você quer meu corpo?"
Sem hesitar, Nina deixou escapar: "Eu quero seu corpo."

Melody e seus romances


"Você tem certeza?" John ficou ligeiramente na ponta dos pés, virou-
se, abaixou-se e carregou Nina antes que ela pudesse falar.
"John!" Nina gritou e deu um tapinha nas costas de John. "Não tenho
certeza ainda. Ponha-me no chão. Há tantas pessoas aqui!"
Ela só queria fazer uma piada.
Por que ele levou isso a sério?

Capítulo 360 Bom efeito de isolamento


acústico
Com uma expressão divertida no rosto, Michelle cobriu imediatamente
os olhos de Chester.
A criança era muito jovem para ver ou ouvir esses sons estranhos.
"Como é o efeito de isolamento acústico?" Michelle perguntou.
Todos olharam para a cena em que John carregava Nina para dentro
da sala.
Adrian sorriu maldosamente, "Muito bom, muito bom."
"Está tudo bem." Michelle deu um suspiro de alívio e tirou a mão dos
olhos de Chester.
No momento seguinte, eles não ouviram nada quando comiam panela
quente.
James estava confuso, "Adrian, por que você tem um efeito de
isolamento acústico tão bom?"
"Aham ..." Henry levou a mão aos lábios e tossiu. Ele olhou para
Adrian e pediu-lhe que não falasse bobagem.
Ninguém sabia o que havia acontecido entre Henry e Adrian, exceto
John e Nina.
Adrian entendeu e disse: "Tenho medo de perturbar os outros."
“O quê?” Os olhos de Henry se arregalaram.
"Isso é ainda mais estranho," disse James. "O que você está fazendo
para incomodar os outros?"
"Sr. James, preste mais atenção à sua namorada." Henry tentou
desviar sua atenção.
"Estou bem." Emma sorriu, "Você pode continuar. Nós três podemos
continuar comendo."

Melody e seus romances


"Isso mesmo. Fale mais." Michelle continuou fervendo a carne com os
pauzinhos. Quando acabou, ela colocou na tigela de Chester e disse:
"Chester, coma mais. Você está muito magro. Você deveria estar um pouco
mais gordo."
Olhando para a pilha de carne e vegetais em seu prato, Chester ficou
perplexo.
Desse modo, ele não só ficaria mais gordo, mas também como um
panda.
Chester recusou em seu coração.
John disse a Chester que sua esposa fugiria se ele estivesse com a
saúde debilitada.
Na verdade, ser gordo era uma espécie de doença.
Chester não queria perder sua esposa por causa de sua saúde precária
no futuro.
"Obrigado, Michelle. Você precisa comer mais. Isso é tudo para você.
Vou te dar a comida deliciosa." Sem mover a comida do prato, Chester os
colocou na frente de Michelle.
"Chester é tão fofo." Michelle não recusou e começou a comer.
Emma não pôde deixar de dar mais alguns olhares em Chester, já que
o achava inteligente e fofo.
"Não tente seduzir Chester." James moveu sua cadeira para bloquear a
visão de Emma e disse com ciúme.
"Do que você está falando?" James fez Emma corar. Ela não pôde
evitar pensar nas inúmeras vezes que eles quase fizeram sexo.
Seu rosto ficou mais vermelho.
Emma não se atreveu a olhar nos olhos de James.
Chester era muito inocente.
'Por que James gosta de falar bobagens como o tio John?'
John disse a Chester para não ter nenhuma ideia sobre Nina, e James
disse a Emma para não ter nenhuma ideia sobre Chester.
Com uma das mãos na testa, Chester suspirou ... 'Por que eu tenho
que suportar tanto em tão tenra idade?'
No quarto.

Melody e seus romances


John havia feito Nina se encostar na parede por um longo tempo,
suando muito.
"Eu estava errado." Nina o empurrou no ombro, as palmas das mãos
cheias de suor.
"OK." A voz de John estava rouca. Ele a levou para tomar banho e a
colocou na cama. Ele se deitou e segurou sua cintura.
Nina estava tão cansada que não queria abrir os olhos. Ela esfregou
em seus braços. Embora estivesse com fome, ela queria dormir mais.
Quando ela acordou, já eram onze horas da noite.
Com olhos sonolentos, Nina sentou-se e estendeu a mão para o
interruptor. Quando ela acendeu a luz, ela descobriu que havia mudado de
lugar.
Este era o quarto do apartamento perto da L University.
No entanto, John não estava mais aqui.
Quando Nina abriu a porta, ela viu que Michelle e Chester estavam
jogando Lego. Eles já fizeram um rudimento.
"Tia Nina, olha, estamos quase terminando." Chester ergueu a cabeça
feliz, com a alegria de uma criança no rosto.
"Chester é incrível." Nina elogiou a criança e foi se agachar para
brincar com eles.
"Nini, está com fome? Fiz uma coisa gostosa para você." Michelle se
levantou com um sorriso e já ia para a cozinha.
"Mimi, você é tão gentil." Nina segurou a cintura de Mimi e esfregou a
cabeça nela.
Michelle riu ainda mais feliz. "Não importa. Acabei de desenvolver
novos pratos. Por favor, experimente para mim."
"Novos pratos?" Nina ficou com tanto medo que largou a mão de
Michelle. Ela pensou na cena em que James vomitou no banheiro.
Ela estava um pouco nervosa com o novo prato de Mimi.
"Bem, na verdade, eu não sou muito ..." Nina se virou para procurar
seu salvador. "Onde está o meu marido?"
"Tio John disse que você faria uma prova em breve. Ele estava com
medo de perturbá-la enquanto a visse." Em seguida, Michelle foi até a
cozinha e pegou uma tigela de arroz frito com ovos de tomate.

Melody e seus romances


Nina babou ao vê-lo.
Com certeza, Mimi não a trataria como Mimi tratou James.
Durante o jantar, Michelle levantou-se e disse: "A propósito, Nini,
James pediu meu primo em casamento quando você e o tio John estão
dormindo".
"Propor?" Nina largou a colher e tomou um gole d'água para se
acalmar. "Propor quando comer um hotpot?"
"Sim." Michelle sorriu feliz, "É tão romântico."
"Romântico?" Foi por causa do cheiro de panela quente?
Não importa o quanto ela tentasse, Nina não combinava isso com
romance. Ela até pensou em alguém propondo um anel de lata.
"James propôs com um anel de lata?"
"Não, claro que não." Michelle balançou a cabeça e disse: "É um anel
de diamante. James o escondeu na laranja. Emma viu assim que o abriu.
Mais importante, James usou o dinheiro que ele economizou por muito
tempo para comprá-lo."
Como o jovem mestre da família Shi, James costumava gastar muito
dinheiro. Mesmo que suas despesas pessoais fossem deduzidas por John,
James não morreria de fome.
Como essa pessoa poderia pensar em economizar dinheiro?
De repente, ocorreu a Nina que por um período de tempo, James havia
se tornado contido e econômico. Descobriu-se que James estava se
preparando para o anel de casamento desde o momento em que se
apaixonou por Emma.
"É realmente romântico." Nina sorriu lentamente, "Eles disseram
quando ficar noiva?"
"É no aniversário do meu primo, no dia 6 de julho. Vamos apenas
terminar o exame no dia anterior e podemos nos concentrar em ir à festa de
noivado do meu primo e do meu cunhado." Sentada ao lado de Nina,
Michelle sorriu tão feliz que seus olhos se estreitaram em uma linha.
"Nini, o mais feliz para mim é que você e meu primo sejam felizes.
Você deve ser feliz o tempo todo." Michelle se apoiou no ombro de Nina.
Nina sorriu e disse: "Mimi, você tem alguém de quem você gosta?"
"Não."
"Então que tipo de homem você gosta?"

Melody e seus romances


"Como seu irmão, Leon."
"Que tipo de homem meu irmão é?"
"Não sei. De qualquer forma, igualzinho ao Leon." Michelle não sabia
que tipo de homem Leon era, mas achava que a pessoa de quem gostava
deveria ser como ele.
Nina semicerrou os olhos para ela e disse: "Ele é lindo, não é?"
A notícia do noivado do jovem mestre da família Shi se espalhou por
toda a cidade, e a grande mídia se esforçou para notificá-la, mas não resistiu
ao fato de que algumas pessoas estavam com ciúmes de Emma e queriam
descobrir o lado negro de Emma. No entanto, Emma era uma aluna nota A
desde a infância. Ela não tinha um bom relacionamento com os outros, mas
não ofendia ninguém, então todos só podiam falar sobre sua história
familiar.
James leu o relatório relacionado, ele estava furioso. "Quem se atreve
a dizer algo não bom sobre minha noiva? Vou destruir suas casas."
Até a sogra de Emma, Angela, deu um passo à frente e disse: "Quando
você me arrastar para baixo e se tornar a madrasta do meu filho, pode
conversar sobre se minha nora é qualificada para se casar com meu filho ou
não. Caso contrário, todos de você cale a boca. "
Emma de repente se tornou uma celebridade. Onde quer que ela
fosse, haveria bênçãos, o que a deixava um pouco tonta.
Ela estava tão feliz.
Quando a família de Ye recebeu o convite, Julie foi correndo até a
filha. "Vivi, sua chance está aqui. Você não conseguiu se aproximar de John
durante esse período, mas agora a oportunidade chegou. Você deve se
aproximar de John na festa de noivado de James. Naquela época, nós vai
agir de acordo com o plano, entendeu? "
"Mãe, eu entendo." Vivian disse timidamente: "Recentemente, aprendi
muito sobre sexo de acordo com suas necessidades. Não vou decepcioná-la."
"Garota boba, não é que você não queira me decepcionar, mas você
não quer decepcionar John, entendeu?" Julie deu um tapinha nas costas da
mão da filha e sorriu significativamente.

Capítulo 361 Meu Amor


Na tarde de 5 de julho, quando Nina terminou o último exame e
acabou de sair do prédio de ensino, uma colega de classe entregou-lhe uma

Melody e seus romances


rosa e apontou em uma direção, dizendo: "Sra. Shi, seu marido está
esperando por você lá. "
Havia algumas gotas de água penduradas nas pétalas de rosa,
cintilantes e translúcidas ao sol poente.
“Eu ... Senhor?” Nina estendeu a mão e pegou a rosa. Filetes de
fragrância penetraram em seu nariz, como se ela tivesse sentido um cheiro
familiar.
Nina olhou na direção apontada por sua colega e não viu a figura de
John.
"Obrigado." Nina agradeceu e caminhou naquela direção.
A poucos passos de distância, outro colega entregou a ela uma rosa e
apontou em uma determinada direção, dizendo as mesmas palavras.
"Sra. Shi, seu marido está esperando por você lá."
Nina ficou atordoada e pegou a segunda rosa.
O terceiro, o quarto, o quinto ...
Depois de caminhar menos de dez minutos, Nina não sabia quantas
rosas havia na frente dela. Um buquê de rosas estava em seus braços.
O que John vai fazer?
Para comemorar minha conclusão do exame?
Nina abaixou a cabeça e separou as rosas. Ela não podia quebrá-
los. Esta foi a flor que John lhe enviou.
"Sra. Shi, esta é a sua flor."
Uma rosa vermelha, acompanhada pela voz profunda e familiar do
homem, veio até ela.
Nina parou, seus olhos lentamente seguindo as pétalas de rosa até os
caules da rosa, e então os dedos delgados do homem como histórias em
quadrinhos.
Ela sorriu para as mãos dele e pegou as rosas.
Essas mãos deram a ela uma sensação de segurança.
Quando John a segurou em seus braços e adormeceu, ele também
entrelaçou seus dedos com os dela. Quando ele andou, ele segurou suas
pequenas mãos em suas palmas, como enfaixar um bebê.

Melody e seus romances


"Sr. Shi?" Nina ergueu os olhos, e a sombra das árvores estava no
rosto do homem. Seu contorno tornou-se mais tridimensional, porém mais
onírico.
Esta foi a primeira vez que ela foi chamada de Sra. Shi.
Foi também a primeira vez que John se autodenominou Sr. Shi.
Embora fosse apenas um endereço simples e comum, era tão simples
e comum que parecia particularmente gentil.
Coisas triviais eram a base da vida.
Os dois viveriam uma vida longa se vivessem uma vida simples.
"Sra. Shi, se eu não te contar, você não sabe quantas rosas você
recebeu no total?" John se virou para Nina e levou sua mão ao portão da
escola.
Nina disse surpresa: "Eu realmente não contei."
John olhou para ela sem dizer nada.
Era difícil dizer se ele estava feliz ou não. De qualquer forma, ele
parecia um pouco desamparado.
"Então deixe-me contar." Quando Nina estava prestes a retirar a mão,
John a apertou ainda mais e disse lentamente: "Cinquenta e dois."
"Cinquenta e dois?" Com a fundação do Dia dos Namorados em 20 de
maio, Nina reagiu rapidamente, "520? E os 468 restantes?"
Nina ergueu as sobrancelhas e pediu-lhe as 468 rosas restantes.
"Muitos. Eles vão ficar no caminho." Quando John virou a cabeça para
olhar o rosto de Nina, os cantos de sua boca se curvaram ligeiramente.
'520 é apenas que eu te amo.
52 é meu amor, meu verdadeiro amor em toda a minha vida.
Menina, você é o amor de toda a minha vida.
"Então você é preguiçosa? Só me deu 52 rosas!", Disse Nina com
desgosto, com um sorriso no rosto, que era mais brilhante do que as rosas
que não estavam desabrochando totalmente.
Como John não dirigiu até aqui hoje, ele ouviu de Nina que James e
Emma estavam comprando de mãos dadas.
John sabia que sua filha também queria ir às compras e fazer a
refeição com ele de mãos dadas.

Melody e seus romances


John pegou a mão dela e a conduziu para uma rua de comida perto de
University City. Havia todos lanches autênticos e estavam no noticiário.
Havia pequenas lojas delicadamente decoradas e antigos vendedores
de antiguidades. Cada um deles tinha um sorriso no rosto. As bocas das
crianças estavam manchadas com fragmentos de comida, e elas corriam
para a frente e para trás com pêlos caramelados nas mãos ...
"Há uma rua de comida aqui." Nina parou surpresa. Antes de conhecer
John e Mimi, ela raramente se comunicava com seus colegas de classe ou
vagava pela University City.
Naquela época, ela era uma boa amiga da Isabella, e frequentava
lugares sofisticados. Comparada com sua vida na Ilha C, Nina ainda se
sentia muito chata.
Desde que conheceu John, Mimi e outros, Nina parecia ter descoberto
muitas coisas novas que haviam quebrado suas regras de vida anteriores.
Enquanto ela estava surpresa, o rosto de Nina estava cheio de
entusiasmo.
"Querida, eu quero comer isso!" Nina pegou John pela mão e pediu
que ele comprasse uma torta para ela. Ela deu uma mordida, e o gosto de
areia de feijão encheu sua boca e dentes.
Nina não conseguia comer muito e a torta de feijão era grande. Ela se
sentiu um pouco cheia depois de comer menos de 1/3.
Uma torta tão deliciosa não podia ser desperdiçada, então Nina a
colocou na boca de John.
"Querida, você come."
Sem escolha, John deu uma mordida e disse: "Nada mal".
"Acho que sim." Seus olhos âmbar estavam girando, e uma luz
perspicaz passou pelos olhos de Nina.
Ela provaria cada prato mais tarde. Se ela não pudesse comer todos
eles, ela deixaria John ajudá-la.
Como esperado, Nina concretizou sua ideia. Ela provou muita comida
deliciosa, e a maioria delas foi provada duas vezes por ela. Então ela os
entregou a John e disse: "Querido, você está muito magro."
John levou todos eles.
Se ele fosse magro, ele teria músculos abdominais que faziam as mãos
de sua esposa se demorarem todas as noites?

Melody e seus romances


Ele não queria jogá-los fora apenas porque era dela.
Quando estavam cheios, os dois passaram por uma boutique, onde
estavam expostos dois pequenos bonecos de alce.
"Querida, compre isso para mim." Nina olhou para as duas
bonequinhas e pensou um pouco. "Vou comprá-los como enfeites de
celular."
"OK." John a acolheu e tirou as duas bonecas para pagar a conta.
O caixa não pôde deixar de lançar mais alguns olhares para
John. Então ela viu Nina segurando um buquê de flores. O caixa estava com
mais inveja.
"Você comprou para sua namorada?" O caixa acabou de encontrar
uma desculpa para falar com John. Ela pensou que este homem era tão frio
que não iria responder, então ela examinou as duas bonecas.
"Esposa." A voz do homem foi acompanhada pelo som de um "bipe"
quando as mercadorias foram digitalizadas com sucesso.
A caixa ficou atordoada e ergueu a cabeça em confusão.
"Esposa", ele corrigiu o caixa.
"Nós nos casamos há dois anos." Nina explicou com um sorriso, seus
olhos nunca deixando o rosto frio de John.
A caixa finalmente voltou a si. "Então você é casado? É raro ver um
homem casado mandando flores para sua esposa em dias normais."
"Sim, eu não sei o que há de errado com ele." Nina sorriu de novo,
balançou as flores nas mãos e moveu suas mãos firmemente dadas.
Nina não sabia por que ela só queria que todos vissem.
Nina costumava achar que era infantil os outros mostrarem seu amor,
mas quando ela e John se amavam, ela não conseguia evitar a ideia de
mostrar seu amor.
Nina queria que o mundo inteiro soubesse que John era dela.
O caixa sorriu e disse: "WeChat ou Alipay? Por favor, mostre-me o
código de pagamento e eu o limparei."
"Pague com cartão." John tirou o cartão preto e o entregou ao caixa.
A caixa sentiu que este cartão preto era um pouco quente, e ela
também percebeu que as duas pessoas na frente dela eram as pessoas ricas
que vieram para experimentar a vida, então ela cuidadosamente passou o
cartão.

Melody e seus romances


Depois de passar o cartão duas vezes, a caixa disse com uma
expressão complicada em seus olhos: "Senhor, seu cartão foi congelado."
Nina ficou pasma. "Quem se atreve a congelar o seu cartão?"
"Você ..." John calmamente pegou o cartão e virou a cabeça para
perguntar a Nina, "Quando você congelou?"
"Eu? Acabei de congelar o cartão adicional ..." A voz de Nina parou de
repente, sua boca ligeiramente aberta e seus olhos piscando. Ela parecia
incrédula.
"O cartão principal?"
"Sim."
Nina ficou chocada.
O homem deu a ela o cartão principal, mas ele mesmo pegou o cartão
adicional?

Capítulo 362 Siga-a


John não usou WeChat Pay ou Alipay, nem trouxe dinheiro com
ele. Sabendo disso, Nina pegou seu celular e estava prestes a pagar o
dinheiro com o WeChat.
"Amanhã." John parou Nina.
Ele não permitiu que sua esposa pagasse o dinheiro porque ele
pretendia comprar algo para ela.
Era sobre seu rosto.
"Mantenha-o bem. Não deixe ninguém tocar nele. Eu irei pegá-lo
amanhã." Ouvindo as palavras de John, o caixa acenou com a cabeça e não
se atreveu a dizer nada.
"OK." Nina pegou o telefone de volta e as duas saíram de mãos dadas.
No caminho de volta, Nina perguntou: "Por que você me dá o cartão
principal?"
"Eu quero. Por que está congelado?" John perguntou.
Nina disse sem rodeios: "Quero deixar algum dinheiro para você, caso
você vá à falência um dia."
John ficou sem palavras.
Ela ainda pensava em sua falência todos os dias.

Melody e seus romances


"Sério. Eu nunca vi um chefe como você que costuma se atrasar para
o trabalho e sair mais cedo." Nina suspirou e balançou a cabeça.
Todas as coisas que aconteceram no passado continuaram rolando em
sua mente.
Os homens geralmente apresentam uma reação fisiológica natural pela
manhã. Outros homens se acalmaram sozinhos, mas John era diferente. Ele
precisava de outros para ajudá-lo a se acalmar.
John não segurou a mão de Nina, mas sim sua cintura. Ele a puxou
para mais perto de si. Com um leve sorriso nos lábios, ele perguntou: "É
minha culpa?"
"É minha culpa?" Nina disse e revirou os olhos.
"Quem me pediu para não sair?" John exalou no ouvido de Nina
suavemente e deu um tapinha gentil em sua cintura.
Ela estava sem palavras.
Ela achava que este homem era tão desavergonhado.
Foi ele quem começou. E ele sabia que ela não tinha resistência a ele.
"Que tal sair mais cedo? Eu pedi para você sair mais cedo?" Nina
acertou John na cintura com o cotovelo.
"Não." João disse: “Isso é por sua causa”.
Nina apenas sorriu e não disse nada.
Eles voltaram para o apartamento de Nina. Quando eles chegaram,
Chester e Michelle estavam sentados no chão jogando Lego. Nove estava
deitado ao lado deles, observando-os atentamente. Isso até os ajudou a se
atrapalharem por alguma coisa de vez em quando.
Chester se levantou e foi ao banheiro.
Ao ouvir a porta se abrir, Nove imediatamente se levantou, correu até
a porta e saltou em cima de Nina.
"Nove, você sente minha falta?" Nina se abaixou e tocou a cabeça de
Nove.
Nove alegremente saltou até John. Ele se abaixou e tocou a cabeça de
Nove como Nina. Ele disse calmamente: "Parece que você sente mais minha
falta".
Nina estava sem palavras.
Ela não esperava que ele dissesse tais palavras.

Melody e seus romances


Ela olhou para ele com um olhar ilegível. "Meu marido foi substituído?"
Desta vez, John ficou sem palavras.
Ele não achou que houvesse um problema. Ele apenas a seguiu e disse
isso.
"O original." Quando John viu os olhos desconfiados de Nina, ficou com
tanta raiva que se abaixou e a carregou para dentro da sala.
Sem lutar, Nina disse calmamente: "Oh, ele é realmente meu marido."
Então ele parou e teve vontade de rir.
Ele pensou que não podia sorrir, então ela teve que conter o riso e
bater nela com a mão.
Depois de entrar na sala, ele fechou a porta com o pé.
Michelle ficou parada com a cabeça inclinada para o lado e seus
olhinhos cheios de dúvidas. "Eu sou invisível?"
"Michelle, o que há de errado?" Quando Chester saiu do banheiro,
olhou em volta e disse: "Acabei de ouvir as vozes do tio John e da tia Nina.
Onde estão eles?"
Michelle sorriu e disse: "Não sou invisível".
Chester estava confuso.
Ele pensou: 'Há algo de errado com meu cérebro porque não leio livros
há muito tempo?
Por que estou cada vez mais incapaz de entender o que os adultos
estão pensando? '
Na sala, Nina pressionou John contra a parede, permitindo que ele
sentisse a frieza da parede.
"Você sente frio nas costas?" Nina olhou para ele com raiva.
"Um pouco." Com a parte superior do corpo nua, ele balançou a
cabeça e disse: "Peço desculpas por isso. Sinto muito."
Seus olhos se suavizaram um pouco. "É bom que você possa corrigir
seus erros ..."
"Vou pedir a alguém para pendurar tapetes na parede do nosso
quarto." Ele a interrompeu.
"O que?" Nina suspeitou que ela tinha ouvido mal.
John olhou para ela calmamente.

Melody e seus romances


Nina ficou chocada. Ela perdeu o equilíbrio e caiu em seus braços.
Ele a segurou em seus braços e disse com um sorriso: "Você está tão
feliz que quer se jogar em mim?"
Nina estava sem palavras. Ela não estava nada feliz.
Nina o empurrou e disse com raiva: "Sr. Shi, por favor, acalme-se.
Não pense nisso o dia todo."
"Obrigado por sua preocupação, Sra. Shi." Ele beijou seus dedos.
Nina recuou a mão, abriu a porta e saiu.
John se encostou na parede e riu um pouco. Então ele ligou para Amy,
"Tudo foi organizado em Spring City?"
"Tudo está pronto. Basta esperar por você."
"Ela pegará o vôo depois de amanhã de manhã. Ela chegará à tarde.
Não a deixe descobrir meu plano. Estarei aí à noite. Você deve fazer o que
eu digo."
"Sim senhor."
John estava planejando propor em Spring City.
Ele não tinha pensado em pedir Nina antes. Ele não sabia nada sobre
propostas e compromissos até que James fez essas coisas.
Ele não podia deixar sua esposa perder esses momentos importantes.
No dia em que a proposta de James foi bem-sucedida, John enviou
Amy e Lena para Spring City, que estava se preparando para a proposta de
John.
"Não vou permitir nenhum engano." John atribuiu grande importância
a esta proposta.
De alguma forma, ele se sentiu um pouco inquieto.
Talvez fosse porque seria a primeira vez que ele iria pedir em
casamento. Também era porque a noiva era Nina.
Depois de desligar o telefone, John saiu da sala. Nina, Michelle,
Chester e Nine estavam jogando Lego muito a sério.
Eles estavam conversando.
Nina disse: "Chester, vou para Spring City depois de amanhã. Você vai
comigo nas férias?"

Melody e seus romances


"Não, obrigado, tia Nina." Chester disse sério: "Quero ler alguns
livros".
Ele pensou: 'Porque não consigo nem mesmo entender as palavras de
Michelle agora.
Este é um aviso terrível. '
"Chester, por que você está lendo tantos livros? É melhor sair com
Nini. Haverá coisas mais interessantes, muito mais interessantes do que os
livros." Michelle achava que as crianças deveriam passar mais tempo saindo
com os adultos.
No entanto, Chester ainda balançou a cabeça.
John se aproximou e disse: "Ele já passou por quase todos os lugares
de sua casa. Vou deixá-lo viajar para o exterior quando ficar um pouco mais
velho"
"Ele foi a tantos lugares? Isso é ótimo!" Michelle deu uma risadinha e
disse: "A propósito, tio John, você vai para Spring City com Nini? Vou treinar
nas férias de verão, então não posso ir com ela."
Nina olhou para John. Ela disse que não importava se ele iria para
Spring City com ela, mas ela ainda queria que ele fizesse isso.
"Estou ocupado." Disse John.
Nina acenou com a cabeça. Ela estava bem.
Ela pensou que voltaria logo.
Ela disse: "Não vou voltar para North Yard estes dois dias. É mais
conveniente para mim ir para o aeroporto depois de amanhã. Você quer ficar
aqui comigo ou ..."
"Fique aqui." John já sabia que ela não voltaria para North Yard, então
ele já havia pedido a alguém para trazer algumas coisas necessárias para
cá.
Chester foi mandado de volta para a Stone Road. Michelle também
voltou para sua casa. Seus pais estavam de férias e voltariam para assistir à
festa de noivado de Emma.
No dia seguinte, a festa de noivado foi realizada conforme
programado. Foi uma grande festa com muitas celebridades e nobres. Houve
até mídia designada presente.
Foi uma noite de bebidas e brindes e também uma noite de ondas
negras. Muitas pessoas vieram aqui com intenções diferentes.

Melody e seus romances


Capítulo 363 A festa de noivado de James e
Emma
Os dois protagonistas ainda não haviam aparecido no salão de
banquetes de noivado. Como futuros sogros, Daniel e Angela deram as
boas-vindas a todos os amigos no salão de banquetes. Eles não se sentaram
e conversaram até os pais de Emma aparecerem. Eles pareciam muito
harmoniosos de longe.
Usando um vestido longo elegante, Vivian caminhou no meio da
multidão com um sorriso. Ela perguntou a um dos garçons onde ficava o
banheiro e cumprimentou as pessoas que conhecia com um sorriso.
No total, havia dois banheiros, um para os hóspedes e outro para o
pessoal.
Vivian foi primeiro ao banheiro dos hóspedes, deu uma volta e depois
saiu para o banheiro dos funcionários.
O banheiro ficava a uma certa distância do salão de banquetes. Ela
precisava andar em um pequeno jardim, onde havia um vaso de lindas
rosas.
Vivian parou em frente à pia, pôs a bolsa de lado, abriu a torneira e
lavou as mãos.
A equipe estava ocupada no momento, e o banheiro estava muito
silencioso.
O som de água fluindo em seus ouvidos por quase dois minutos e um
som de passos veio de trás. Com um leve movimento dos olhos, Vivian
fechou a torneira, tirou um batom da bolsa e o aplicou nos lábios em frente
ao espelho.
"Senhorita Vivian." Um garçom disse, e o som de água fluindo veio da
outra pia.
Vivian acenou com a cabeça ligeiramente, "Bem, como está indo?"
O garçom espremeu o desinfetante para as mãos sem pressa e
esfregou as mãos com cuidado, sem olhar para Vivian.
Os dois não fizeram contato visual do início ao fim e repetiram o que
estavam fazendo.
"O vinho tinto do Sr. John está realmente a cargo de uma pessoa
especial. Usei um pouco de método. Ele pediu licença médica e eu o
substituí." O garçom franziu a testa ligeiramente. "O vinho tinto será testado
com precisão antes de ser enviado ao Sr. John. É impossível drogá-lo aqui."

Melody e seus romances


Vivian fez uma pausa e se olhou no espelho com um sorriso. "Muito
bem. Antes de dar o vinho tinto ao Sr. John mais tarde, você precisa passar
por Jessica primeiro, eu estarei com ela."
Assim que terminou de falar, Vivian colocou o batom na bolsa e saiu
do banheiro como se nada tivesse acontecido.
O garçom só saiu três minutos depois.
Quando Vivian passou pelo jardim, ela tirou um creme para as mãos
da bolsa e aplicou na mão duas vezes.
Ela se inclinou mais perto e cheirou a leve fragrância flutuando
nele. Era a fragrância de jasmim que Jessica mais gostava.
Quando Vivian voltou ao salão do banquete, ela procurou a figura de
Jessica. Ela viu que Jessica estava sentada com sua família, assim como
Nina e John.
Vivian se aproximou silenciosamente, de volta a todos eles, pelo
menos certificando-se de que ela pudesse ouvir algo.
Sam colocou as mãos nas muletas, com um sorriso no rosto, mas
obviamente ainda estava um pouco fraco.
"Querida, papai está bem?" Nina puxou suavemente o dedo de John e
olhou para Sam preocupada.
"É assim quando você está envelhecendo. O médico disse que ele
ficaria bem desde que não fosse estimulado." Embora John parecesse calmo,
seus olhos já estavam cheios de tristeza.
Nina segurou a mão de John com força e o confortou em silêncio.
O pai de Emma e Daniel estavam recebendo convidados em outros
lugares, enquanto a mãe de Emma e Angela conversavam sobre seus filhos.
"Somos mimados por Emma desde que ela era criança. Ela não é boa
em fazer tarefas domésticas ou cuidar das pessoas. Espero que você possa
entendê-la no futuro." A mãe de Emma ainda estava um pouco nervosa. Ela
não tinha aceitado o fato de que sua filha havia se casado com uma família
rica.
Não era fácil ser nora de família rica, sem falar que não pertenciam a
uma família de igual nível social. Afinal, sua família não merecia a família
Shi.
Naquela época, como pais, eles não concordaram com a filha em se
casar com uma família rica. Se não fosse pelo fato de James ter prometido a
eles repetidamente que ficaria na porta de sua casa por alguns dias, e se

Melody e seus romances


sua filha não tivesse ficado olhando para ele e nunca se movendo um pouco,
eles não teria concordado.
A mãe de Emma já havia aceitado, mas vendo as celebridades
reunidas na festa de noivado, ela se sentiu inquieta novamente.
Percebendo a inquietação nos olhos da mãe de Emma, Angela colocou
a mão nas costas da mão da mãe de Emma e disse com um sorriso: "Não
diga isso! Emma é a esposa do meu filho, não uma babá. Ela não precisa
fazer trabalhos domésticos. É função dos homens cuidar das pessoas. Só
estou com medo de que meu filho não possa cuidar bem dela e te deixar
triste. "
A mãe de Emma abriu a boca, mas não sabia o que dizer. Milhares de
palavras ficaram presas em seu coração.
Como pais, eles só queriam que seus filhos fossem felizes, não é?
Angela deu um tapinha em sua mão novamente e disse: "Se meu filho
fizer algo errado, você pode amaldiçoá-lo até a morte."
A mãe de Emma ergueu os olhos, mas não sabia o que dizer.
O espanto estava escrito em seus olhos. Ela ficou pasma.
Nina deu uma risadinha e Dora também. "Agora James deve ter que
ser bom para Emma."
"James sempre foi legal com Emma." Um traço de inveja passou pelos
olhos de Nina.
John beliscou o dedo de Nina e perguntou: "Não sou bom para você?"
"Não, claro que não." Nina franziu os lábios e sorriu. Ao mesmo tempo,
John também sorriu.
Ângela viu que a mãe de Emma queria dizer algo mais educado, então
Ângela mudou rapidamente de assunto e disse: "James está com pressa de
se casar com Emma. Depois de pedir em casamento, ele arranjou o noivado
diretamente. Não nos vimos, então não não preciso ser particular sobre isso.
Deixe-me apresentar minha filha, Dora, a irmã mais nova de James, de dois
anos, a você. "
Dora sorriu e obediente, "Olá, tia."
"Olá." A mãe de Emma respondeu com um sorriso. Dora não era esse
tipo de garota magra. Ela tinha gordura de bebê no rosto e colágeno quando
sorriu. A mãe de Emma sempre achou que sua filha era um pouco magra,
então ela esperava que o rosto de sua filha pudesse adquirir mais carne e
parecer mais adorável.

Melody e seus romances


Quando a mãe de Emma viu Dora, ela teve a ilusão de que estava
olhando para a filha. Ela elogiou Dora com um sorriso, "Você é tão fofa."
"Emma também disse isso para mim. Emma gosta muito de mim. Ela
disse que eu sou amada por todos." O sorriso no rosto de Dora se alargou,
revelando seus dentes brancos. Estava muito quente como um pequeno sol.
Vendo que a família de James realmente gostava de sua filha, a mãe
de Emma se sentiu menos inquieta.
Contanto que os sogros de Emma e a irmã de James não tornassem as
coisas difíceis para Emma, a vida de Emma não seria muito difícil.
Angela apresentou a família de Nelson não muito longe, e depois
Jessica, John e Nina para a mãe de Emma. Por fim, eles trocaram algumas
palavras com Sam.
Sam elogiou: "Emma é uma boa menina. Meu genro, Jason, é
professor na L University. Não muito tempo atrás, contei a ele sobre Emma.
Ele também elogiou a dissertação de Emma. Depois que Emma se casou
com nossa família, ela pode ser o tutor de James no futuro. Vamos ver se
ele está estudando muito ou não. "
Sam disse com um olhar de decepção, o que divertiu a todos.
Só quando Jessica ouviu a notícia de Jason, ela sentiu uma grande
mão invisível estrangulando sua garganta e ela quase sem fôlego.
"Pai, Jason e eu ..." Após uma breve pausa, Jessica estava prestes a
dizer algo sobre seu marido, e agora eles se divorciaram e Jason não era
mais seu marido. Mas Jessica mudou suas palavras com lágrimas nos olhos,
"Você costuma contatar Jason?"
"Claro." Quando Sam mencionou Jason, ele sempre parecia feliz e
orgulhoso. "Ele me liga todas as semanas e me pergunta como estou. Ele
até joga xadrez comigo online."
"Bem, entendo." Os olhos de Jessica estavam um pouco
perturbados. "Desculpe, eu tenho que ir ao banheiro."
Então Jessica se virou e saiu.
Vivian não ouviu mais a conversa deles e seguiu Jessica.

Capítulo 364 Layout preciso


Jessica percorreu todo o caminho até o canto do pequeno jardim, de
costas para a luz e soluçando em voz baixa contra a parede.

Melody e seus romances


Jason contatava seu pai todas as semanas, mas ele não respondeu a
ela nem uma palavra.
Jason não voltaria para ela.
A voz de Jessica soluçando gradualmente engasgou com soluços. Não
foi até que ouviu um som de passos atrás dela que ela rapidamente levantou
a mão para enxugar as lágrimas.
"Jessica?"
Quando Jessica se virou, ela viu Vivian. Ela forçou um sorriso e
perguntou: "Vivi, por que você está aqui?"
"Eu vi você sair sozinho agora. Eu estava preocupado que você
pudesse estar em perigo. Havia todo tipo de pessoa aqui esta noite. É
perigoso para você sair sozinho." Enquanto Vivian falava, ela se levantou e
pegou a mão de Jessica. Vendo os olhos ligeiramente vermelhos de Jessica,
Vivian imediatamente desviou os olhos e mudou de assunto com um
sorriso. "Jessica, vamos entrar."
Jessica ergueu os olhos para olhar para Vivian. Jessica estava grata
por Vivian não ter perguntado por que seus olhos estavam
vermelhos. Jessica estava com medo de não saber como responder à
pergunta de Vivian.
Então ela sempre gostou da garota atenciosa, Vivian.
"OK, vamos lá." Jessica sorriu conscientemente.
Vivian também. Ela entrou no salão de banquetes dois passos depois,
e acenou com a mão na frente de Jessica intencionalmente ou não.
"Cheira tão bem. Você usou algum perfume?" Como esperado, Jessica
sentiu a fragrância de sua mão. "É jasmim."
"Não é perfume. É apenas um creme para as mãos com cheiro de
jasmim." Vivian tirou o creme para as mãos de sua bolsa e perguntou: "Você
gostou? Se gostar, pode experimentar. Se funcionar bem, vou pedir a
alguém que traga um para você".
"Vou tentar primeiro." Jessica estendeu a mão e Vivian colocou o
creme para as mãos para Jessica pessoalmente. Uma leve fragrância de
jasmim flutuou.
A cena em que Jason mandou jasmins passou pela mente de
Jessica. Jessica disse de repente: "Acho que é bom. Dê-me um primeiro."
"OK." Os olhos de Vivian brilharam. Com certeza, Jessica foi fisgada e
tudo estava sob o controle de Vivian.

Melody e seus romances


Ela continuou a aplicar a outra mão na mão de Jessica. "Mas eu usei
este. Mais tarde vou pedir a alguém que mande alguns. Existem vários tipos
de cheiros, que são muito leves e agradáveis."
"Eu só quero jasmim."
"Ok, vou dar todos os jasmins para você." Vivian disse em um tom
alegre, "Bem, Jessica, cheire isso."
Jessica levantou a mão para cheirá-lo e assentiu com satisfação. "A
fragrância é perfeita. Obrigado, Vivi."
"Irmã, não mencione isso. Embora John e eu ..." Quando Vivian
mencionou John, ela se sentiu abatida, mas então ela voltou ao normal na
frente de Jessica. "Eu sempre te tratei como minha irmã."
"Ai de mim ..." Com um olhar deplorável no rosto, Jessica deu um
tapinha na mão do braço de Vivian e disse: "Vivi, você vai conhecer um
homem melhor."
"Melhor?" Com uma expressão amarga, Vivian disse gentilmente:
"Quem pode ser melhor do que John?"
Jessica olhou para as costas do irmão, ao lado dele estava
Nina. Jessica costumava olhar para Nina com olhos diferentes, mas agora
parecia que cada movimento de Nina era nobre, o que mostrava que Nina
era superior.
Afinal, Vivi era melhor no coração de Jessica.
Mas o amor não era algo que as pessoas pudessem forçar. Jessica não
podia dizer mais nada agora. Enquanto Nina fosse uma nora decente da
família Shi, ela faria vista grossa para aceitar Nina.
"Vivi, como você está na família Ye? Já ouvi falar. Não esperava que
Henry fosse seu irmão." Jessica mudou de assunto.
"Sim, eu também não esperava por isso." Vivian disse superficialmente
e olhou para o garçom.
O garçom entendeu e caminhou até eles.
John tinha uma identidade nobre. Quer ele estivesse no mundo
exterior ou na família Shi, tudo o que ele usava era exclusivo e podia ser
diferenciado dos outros.
Mesmo que fosse apenas uma taça de vinho tinto.
"É estranho. Por que essa taça de vinho é diferente?" Vivian olhou para
a taça de vinho tinto segurada pelo garçom e atraiu a atenção de Jessica.

Melody e seus romances


Outros raramente prestavam atenção a esse assunto, mas Jessica
sempre amou o irmão e se importou com muitas coisas em Johm. Com um
olhar gentil, Jessica sabia para quem era a taça de vinho.
"Esse é o vinho tinto de John. Tudo o que ele usa será diferente dos
outros para garantir que não haverá nenhum problema."
"Então estou aliviado." Vivian deu um suspiro de alívio. "Há muitas
pessoas aqui hoje. John tem expandido a cadeia da indústria recentemente e
é inevitável que ele encontre algumas pessoas que não cooperam com ele.
Receio que alguém que é desvantajoso para ele se esgueire uma festa
assim. Uma vez que todas as coisas são fornecidas por pessoas especiais
para John, não deve ser um problema. "
Esta foi a segunda vez que Vivian mencionou algo semelhante de
propósito para dar dicas psicológicas a Jessica.
Vivian deu uma dica de que as pessoas presentes na festa de noivado
eram todos os tipos de pessoas. Ela não sabia se alguém seria contra John.
Já que Jessica se importava tanto com seu irmão, ela definitivamente
iria aproveitar a oportunidade para verificar o que estava relacionado a John.
Como esperado, Jessica parou o garçom e disse: "Espere um minuto."
"Sra. Jessica." O garçom parou e curvou-se levemente para Jessica.
Olhando para o vinho tinto na taça de John, Jessica perguntou: "O
vinho tinto para John?"
"Sim."
"Deixe-me dar uma olhada." Era bem sabido que Jessica era a irmã
mais velha de John. Os dois tinham um bom relacionamento. O garçom
hesitou apenas por um momento.
Jessica pegou uma taça de vinho de outro garçom, tomou um gole,
pegou a taça de John e serviu um pouco em sua própria taça.
Vivian afastou-se em silêncio e observou a mão de Jessica que estava
passando o creme para as mãos de jasmim tocando a taça de vinho tinto de
John. Com um sorriso de sucesso nos olhos de Vivian, ela olhou para o
garçom intencionalmente ou não.
O garçom deu uma olhada para Vivian.
"Espere um momento." Jessica não percebeu que as duas pessoas ao
lado dela tiveram um contato visual curto. Ela pegou o copo e o mandou
para a própria boca.

Melody e seus romances


"Me deixe fazê-lo." Sem hesitar, Vivian pegou o copo e derramou-o na
boca antes que Jessica pudesse reagir.
Depois de um tempo, Jessica perguntou: "Como vai?"
"Nada." Vivian balançou a cabeça.
"Ok, mande para lá." Jessica acenou com a mão para o garçom para
pedir-lhe para sair. Então, Vivian encontrou uma desculpa e saiu com
Jessica.
O garçom pegou a taça de vinho tinto que Jessica havia tocado antes e
encontrou um lugar de costas para a câmera. Com a ajuda de outras
pessoas, ele rapidamente limpou o vidro com o dedo indicador.
Seu dedo indicador também foi aplicado com creme para as mãos com
sabor de jasmim.
Não era apenas um creme para as mãos.
Depois de lidar com isso, o garçom sem pressa aproximou-se de
John. "Senhor John."
John pegou o vinho tinto e o garçom se retirou para o lado.
"Eu também quero beber vinho tinto." Nina ia pegar o vinho tinto, mas
foi interrompida por John e John pediu aos outros garçons, "Suco de
laranja".
O garçom rapidamente trouxe um copo de suco de laranja para Nina.
Nina e John brindaram com os copos.
O garçom, que não estava muito longe deles, olhou para John e o viu
tomar um gole de vinho. Então o garçom se virou e saiu.
O garçom e Vivian passaram um pelo outro no jardim.
Em apenas dois segundos, os dois concluíram a transação através de
seus olhos.
O garçom recebeu sua recompensa embaixo da pia e lavou a
fragrância de jasmim no dedo indicador.

Capítulo 365 Layout preciso (parte dois)


Quando Vivian voltou ao salão do banquete, ela não focou seus olhos
em John e Nina, mas nas duas figuras semelhantes não muito longe.
Adrian e Henry.

Melody e seus romances


Mas logo, ela desviou o olhar e olhou para Vera, a segunda filha da
família Fu.
"Vera." Vivian se aproximou com uma taça de vinho tinto.
Ao ver Vivian, Vera conversou imediatamente com a mãe e se
aproximou.
"Vivian, eu estava procurando por você agora mesmo. Onde você
esteve?" Vera raramente ia a banquetes. Ela tinha acabado de voltar para
casa, então ela não conhecia muitas mulheres em Lexingport City.
Foi uma coincidência ela conhecer Vivian. Os dois não se conheciam
até que ela ocupou acidentalmente o lugar de estacionamento de Vivian.
No entanto, Vera não sabia que sua suposta coincidência era apenas
um projeto elaborado de Vivian.
"Mandei Jessica subir para descansar agora." Vivian brindou com os
copos de Vera, "Você viu meu irmão?"
"Não." Vera tomou um gole de vinho e balançou a cabeça: "Faz muito
tempo que não o vejo, mas estou muito curiosa sobre meu noivo."
"Ele está ali." Vivian se virou e olhou para as costas de Adrian com os
olhos. Desta posição, Adrian apenas bloqueou Henry.
Não admira que Vera não tenha visto Henry.
Estranhamente, Adrian não gostava de Vera? Adrian sabia que Henry
era noivo de Vera, e Henry e Adrian costumavam ficar juntos.
Além disso, até mesmo John se dava bem com os dois. No passado,
todos achavam que a família Shi teria o único status mais forte e seria difícil
ter uma situação de confronto tripartite.
Desde que Henry se tornou o CEO do Ye Group, eles retornaram à
situação de confronto tripartite.
Foi difícil para Vivian encontrar uma rachadura.
Vivian zombou em seu coração. A única maneira era colocar Henry e
Adrian um contra o outro e destruir sua estabilidade.
"Vera, vou levá-la para ver meu irmão Henry." Vivian sorriu. Seus
brincos de prata brilhavam friamente na luz, assim como seus olhos.
"Obrigado, Vivian." Vera estava muito curiosa sobre seu noivo. "Vamos
lá."
Vera recebeu educação familiar desde criança. Ela tinha que colocar os
interesses da família em primeiro lugar, então ela não rejeitou o casamento

Melody e seus romances


que sua família arranjou para ela. Além disso, ela deve estar comprometida
com o CEO do Ye Group.
A pessoa que poderia sentar naquele assento não deve ser pior.
Além disso, há muito tempo Vera não conhecia um homem de quem
gostava quando estava no exterior. Assim que ela voltou, ela tinha ouvido
muitas boas ações relacionadas a Henry. Poucas mulheres podiam resistir
aos homens excelentes e bonitos.
"Irmão, Sr. Adrian." Vivian puxou Vera para frente.
Adrian se virou e viu a pequena e adorável Vera. Apertando os olhos
encantadores como de costume, ele disse em um tom levemente frívolo: "De
onde vem essa beleza?"
"Prazer em conhecê-lo, Sr. Adrian e meu noivo. Meu nome é
Vera." Vera cumprimentou os dois com um sorriso.
O sorriso de Adrian congelou imediatamente.
Vera?
Noiva de Henry?
'Droga! Ela é tão feia e indelicada. Ela até ligou para Henry noivo antes
do noivado!
Porra!
"Senhorita Vera, é muito cedo para você chamá-lo de noivo?" O rosto
de Adrian escureceu. Ele cerrou os dentes e disse: "Você ainda não está
noivo, está?"
Vera ficou pasma. Ele não estava bem agora? Como ele pôde mudar
de rosto tão facilmente?
"Não importa. Estaremos noivos em breve." Vera olhou para Henry
com um sorriso doce.
Vera ficou muito satisfeita com o noivo. O relacionamento deles iria
sair com o tempo.
Os olhos de Henry estavam fixos em Adrian que estava prestes a
explodir. Henry disse educadamente e com indiferença: "Srta. Vera, pode
chamar meu nome, mas é melhor não me chamar de noiva".
"Ok, eu vou ouvir você." Vera teve uma boa impressão de Henry,
então concordou sem hesitar e chamou "Henry".
Adrian ficou com raiva de uma vez e tomou um gole de vinho, "Vou
sair para respirar um pouco de ar fresco."

Melody e seus romances


Adrian olhou para Henry, se virou e saiu.
Henry queria alcançar Adrian, mas ele parou porque havia muitas
pessoas e mídia aqui. Henry temia que seu relacionamento com Adrian fosse
exposto.
Vendo que Adrian e Henry se separaram, chegou a hora de Vivian
executar seu plano. Ela então levou Vera embora.
"Vivian, por que você está me levando embora? Eu quero ter uma
conversa com Henry e conhecê-lo."
"Henry não gosta de garotas muito ativas." Vivian não sabia de que
tipo de garota Henry gostava. Foi por isso que ela enganou Vera.
"Eu vejo." Vera acenou com a cabeça e foi levada por Vivian e Vera
perguntou confusa, "Para onde estamos indo?"
"Vá e encontre o Sr. Adrian." Vivian disse: "Henry e o Sr. Adrian são
bons amigos, mas o Sr. Adrian gosta de você. Quando você ligou para o
noivo de Henry agora, o Sr. Adrian estava obviamente zangado."
Vera ficou chocada, "O quê? Mas também é a primeira vez que o Sr.
Adrian e eu nos encontramos hoje."
"É a primeira vez que você vê Henry. Você não gosta dele?" Vivian
expôs a intenção de Vera, fazendo-a corar por um tempo.
"Henry se preocupa muito com seus amigos. Você tem que explicar
isso claramente ao Sr. Adrian, ou temo que eles se voltem um contra o
outro por causa disso. Naquela época, Henry será aquele que sofrerá. Você
não posso ver meu irmão sofrer, certo? " Vivian parou e observou Adrian
entrar no elevador.
Todo o hotel de propriedade do Grupo Ye foi reservado pela família Shi
hoje. Havia um banquete no andar de baixo e os convidados estavam
hospedados no andar de cima.
Adrian estava voltando para seu quarto, que ficava ao lado do de John.
Até mesmo Deus estava ajudando Vivian.
Vivian levou Vera para cima. Todos os planos de Vivian foram
executados em ordem.
Quando a música começou, a multidão abriu caminho para eles e ficou
em ambos os lados, observando Emma em um vestido branco e James em
um terno.
O som de aplausos e bênçãos chegou aos ouvidos.

Melody e seus romances


"Emma, você está tão bonita hoje. James é tão bonito e talentoso.
Você é uma combinação perfeita." Michelle ficou ao lado de Nina e aplaudiu.
"Um talento?" Com uma expressão cética no rosto, Nina perguntou:
"Você pode ser mais rigorosa com suas palavras?"
Michelle também descobriu que sua expressão não era séria o
suficiente. "Então que tal uma bela com uma besta?"
Nina ficou sem palavras ...
John ficou sem palavras ...
“James não é ... a besta?” Dora se levantou e falou por James. "Meu
irmão é bonito e gentil com minha cunhada, mas seu conhecimento não é
tão bom quanto o dela."
"Então eu não consigo entender." Michelle inclinou a cabeça e disse:
"Meu conhecimento não é tão bom quanto o de meu primo. Só penso é
comer e brincar".
Se Michelle tivesse algo para fazer, ela faria jogos para praticar suas
habilidades. Do contrário, ela estaria pensando nos novos pratos e
sobremesas. Como ela poderia pensar em outras coisas?
"Ha ha ha ..." Dora riu. Os outros também seguiram sua risada.
De repente, John se sentiu um pouco desconfortável. Deveria ser
porque ele estava muito cansado recentemente, então não pensou muito.
Ele deu um tapinha na cintura de Nina e disse: "Querida ..."
"Shh, é hora de começar. Vamos ver que tipo de palavras James pode
dizer." Nina com curiosidade e entusiasmo olhou para as duas pessoas no
centro das atenções.
John sorriu desamparado. Então ele saiu impotente e voltou para seu
quarto no hotel.

Capítulo 366 Dormir com outra mulher


Quando John estava esperando o elevador, ele encontrou Vivian
descendo as escadas.
"John? Você está subindo?" Vivian perguntou surpresa.
"Sim." Então ele entrou no elevador e apertou o botão. Ele nem
mesmo olhou diretamente para ela.
Ela não se importou. Em vez disso, ela deu um sorriso estranho
quando a porta do elevador foi completamente fechada.

Melody e seus romances


As coisas aconteceram como ela planejou.
De acordo com seu plano, quando John voltasse para seu quarto, ele
teria uma boa noite de sono. Ele não saberia o que aconteceria a seguir.
Parada na porta do elevador, Vivian tirou o telefone da bolsa, deslizou
e colocou ao lado da orelha.
Na verdade, a tela de seu telefone estava preta.
Ninguém ligou para ela.
Ela estava fazendo tudo isso de propósito. O vídeo de vigilância
gravaria o que ela fez e as pessoas poderiam assistir através do vídeo de
vigilância.
"Ok, estou esperando o elevador." Vivian disse para si mesma, colocou
o telefone na bolsa e apertou o botão do elevador.
Ela foi para o quarto de Jessica novamente.
Vivian bateu na porta.
Ouvindo o som, Jessica abriu a porta.
"Vivi?" Vendo Vivian, Jessica ficou confusa. "Por que você voltou?"
"Acabei de ver John. Ele não parecia bem. Parecia estar doente.
Podemos subir e dar uma olhada?" Vivian perguntou preocupada.
Ouvindo que seu irmão poderia estar doente, Jessica imediatamente
ficou nervosa. Ela pegou a mão de Vivian e estava prestes a ir ver como
John estava.
Vivian seguiu Jessica e parecia nervosa. No elevador, Vivian pegou o
telefone e enviou uma mensagem para um número estranho.
Ela apenas enviou várias palavras, "A segunda etapa."
"Vivi, tem certeza? John está realmente doente?" Jessica segurou a
mão de Vivian ansiosamente.
Vivian já havia travado a tela de seu telefone e confortado Jessica:
"Não se preocupe. Vamos dar uma olhada primeiro. Talvez eu seja muito
exigente."
"Eu sei que John tem estado muito ocupado recentemente." Jessica
suspirou, "Deve ser por causa de Nina. Ela é uma princesa. Ele está
preocupado que nossa família não seja compatível com ela. Ele não deveria
ter se casado com ela. Tivemos muitos problemas por causa dela."

Melody e seus romances


Jessica repreendeu Nina, mas ela não quis dizer isso. Ela estava
apenas com a língua rápida.
Vivian não disse nada.
Eles saíram do elevador. Quando eles estavam quase chegando perto
da suíte onde John morava, o telefone de Jessica tocou.
Vendo que era um número estranho, Jessica desligou sem hesitar.
O estranho fez uma ligação novamente.
"Jessica, é melhor você atender. Talvez haja algo urgente. Não vai
demorar muito." Vivian aconselhou.
Jéssica atendeu o telefone, "Quem é?"
"Sra. Shi, desculpe interrompê-la tão tarde. Tenho um documento
sobre você. Não sei se você quer pegá-lo." A voz ao telefone era uma voz de
máquina simulada. Era difícil ouvir a voz real e até mesmo o sexo da pessoa
que falava.
Sabendo que essa pessoa queria chantageá-la, Jessica disse
decididamente: "Não".
"Divórcio." As palavras da pessoa deixaram Jessica nervosa. Ela tinha
feito tudo perfeitamente e nem mesmo seu pai sabia que ela e Jason se
divorciaram. Ela se perguntou como essa pessoa sabia de seu divórcio.
A pessoa continuou: "Sra. Shi, não fique nervosa. Só eu sei que você
se divorciou. Enquanto você vier conversar comigo, não vou deixar que os
outros saibam disso."
A respiração de Jessica tornou-se rápida e a ponta dos dedos que
seguravam o telefone empalideceu. "Imediatamente."
Depois de desligar o telefone, ela se virou e disse para Vivian: "Vivi,
tenho algo urgente para resolver. Por favor, vá falar com John para mim. Se
for realmente inconveniente, peça a Nina que venha aqui".
"OK." "Simplesmente vai em frente." respondeu Vivian.
"Obrigado." Então Jessica saiu com pressa.
Quando Jessica estava saindo, triunfo passou pelos olhos de Vivian.
Essa foi a segunda etapa do plano de Vivian.
Ela deliberadamente fez Jessica enviá-la para a porta do quarto de
John e então a fez sair repentinamente. Esta cena foi gravada pelo
monitor. Quando John ou Nina assistissem ao monitor mais tarde, eles
apenas suspeitariam de Jessica.

Melody e seus romances


Vivian se virou, deu dois passos para frente e parou na frente da porta
do quarto de John. Ela abriu a porta com o cartão do quarto que já havia
preparado.
As cortinas da sala estavam fechadas. John estava deitado na cama,
dormindo profundamente.
Sentada na beira da cama, Vivian olhou para ele em silêncio e seu
rosto ficou vermelho.
"John, você não vai me afastar desta vez." Vivian tocou as
sobrancelhas e os olhos de John, seus olhos cheios de afeto.
Em seguida, ela começou a tirar o vestido, incluindo a calcinha, e
casualmente jogou-a no chão.
Antes de se deitar na cama, ela pegou o telefone e enviou uma
mensagem para outro número estranho.
"A terceira etapa."
O primeiro passo do plano de Vivian era preparar vinho tinto. O
segundo passo foi fazer Jessica ir embora. O terceiro passo era permitir que
as pessoas descobrissem que ela e John estavam deitados na mesma cama.
Claro, o que aconteceu na próxima suíte também fazia parte de seu
plano.
As portas das duas suítes estavam entreabertas e havia apenas o
sopro de diferentes homens e mulheres nelas, sem qualquer outro som.
O salão de banquetes do andar de baixo estava silencioso, mas as
pessoas esperavam que os protagonistas falassem, o que era animado e
diferente do silêncio das suítes do andar de cima.
Emma ficou no centro das atenções, com seu noivo ao lado dela, e sua
família e amigos estavam olhando para ela com bênçãos.
Ela estava tão nervosa que suas palmas estavam suando. Enquanto
isso, ela estava tão feliz que não sabia o que fazer.
Mordendo os lábios, Emma olhou para a multidão e viu Harrison e
Adela.
Segurando o braço de Harrison com força, Adela ainda estava olhando
para Emma com arrogância, como se estivesse desafiando Emma.
No passado, Emma se sentia com o coração partido, mas agora ela só
sentia que Adela era infantil.
Harrison nunca se importou com Adela.

Melody e seus romances


Ele só se importava consigo mesmo.
Emma se sentiu muito sortuda por ter conhecido James. Algumas
pessoas não precisavam de muito tempo para pensar em
casamento. Apenas alguns contatos oculares e interações poderiam fazer
com que determinassem seu futuro.
"James," Emma respirou fundo e disse sem hesitar, "Eu gostaria de
passar o resto da minha vida com você."
"Meu grande prazer." James deu um passo à frente, curvou-se e
beijou-a na bochecha.
"Uau!" Haley gritou, seguido por risos e aplausos.
Com um sorriso no rosto e uma expressão maliciosa nos olhos, Sheila
se virou e saiu.
Harrison também. Ele puxou a mão de Adela, se virou e saiu.
No momento em que ele se virou, seus olhos ficaram vermelhos.
No final, ele perdeu Emma.
Nina perguntou alegremente: "Querida, eles são tão fofos."
Sem perceber que John havia saído, Nina estava prestes a se encostar
nele e acidentalmente caiu.
Nesse momento, todos estavam imersos em alegria e ninguém
percebeu Nina. Até Michelle estava aplaudindo e não percebeu Nina.
Apenas Noah prestava muita atenção em Nina o tempo todo. Quando
ele viu que ela estava caindo, ele correu para pegá-la.
"Nini, você está bem?"
"Noah," Com metade de seu corpo apoiado no peito de Noah, Nina se
levantou e olhou em volta, mas não viu John. "Quando John foi embora?"
Noah pegou seu braço e disse: "Eu não o vi."
"Eu vou ligar pra ele." Nina ligou várias vezes, mas John não
atendeu. Ela pegou o elevador e estava prestes a voltar para seu quarto
para procurar John.
Assim que ela saiu do elevador, um garçom do hotel caiu no chão em
frente à porta de seu quarto com um grito.
"Ah!"

Melody e seus romances


Essa exclamação assustou Nina. Ela imediatamente correu para o
quarto, apenas para descobrir que havia roupas bagunçadas no chão e que
John e uma mulher estavam deitados na cama.
O telefone de Nina caiu no chão.
No entanto, o som não acordou as pessoas na cama.

Capítulo 367 Algo está errado


Nina parou na porta em transe. A cena de um homem e uma mulher
dormindo juntos na cama machucou seus olhos e sua garganta estava tão
apertada que ela não conseguia respirar.
Em seu quarto, seu marido estava deitado com outra mulher.
Nina queria correr e vencê-los, mas sua razão durante todo o ano dizia
que ela não deveria fazer isso e não deveria agir como uma megera.
Às vezes, o que ela viu pode não ser verdade.
Nina se consolou em seu coração. Seus dedos lentamente se fecharam
em punhos. Ela ficou olhando a cena por um longo tempo sem dizer nada
"Sra. Nina, você está bem?" Quem gritou agora mesmo era uma
jovem garçonete. Ela tirou os saltos altos e se levantou do chão.
"Nada." Nina deu um suspiro de alívio. Ela não conseguia nem ouvir o
que ela disse claramente.
Nina cerrou os dentes, virou-se e saiu.
Cada passo que ela deu foi como uma faca cortando seus pés.
Enquanto Nina caminhava, ela parou de repente, com os punhos
cerrados com força. Ela se virou e olhou para a porta. Seus olhos eram
profundos como um redemoinho, e sua raiva era constantemente sugada
para dentro de seu estômago.
Por que ela foi embora?
Por que ela deveria sair?
Nina se virou e voltou agressivamente. Seus punhos estavam cerrados
com tanta força que a garçonete teve medo de ficar contra a parede, com
medo de se machucar.
"Nini?" Noah era profissionalmente sensível. Ele saiu correndo da
passagem de saída assim que ouviu um grito.
Ele estava preocupado que algo pudesse ter acontecido com Nina.

Melody e seus romances


Quando ele viu Nina parada no corredor, ele deu um suspiro de
alívio. Antes que ele pudesse terminar de respirar, ele descobriu que havia
algo errado com Nina. Ela estava tão sombria e assustadora.
Ouvindo alguém chamá-la, Nina parou.
"O que há de errado? O que aconteceu?" Noah correu para ela e parou
ao lado dela. Ele colocou as mãos nos ombros dela e viu a raiva em seus
olhos e em seus olhos ligeiramente vermelhos.
Nina cerrou os dentes com força. Ela temia que, se abrisse a boca, não
seria uma palavra, mas um movimento.
Noah perguntou ansiosamente: "O que aconteceu?"
A garçonete apontou para a porta aberta e disse: "Sr. John, ele está
com uma mulher ..."
Noah entendeu o que ela quis dizer antes de terminar suas palavras.
"De jeito nenhum." Noah respondeu. Ele confortou Nina, "John é um
homem calmo e contido. Ele não pode fazer uma coisa dessas. É muito
provável que ele tenha sido incriminado."
"Calma? Controle?", A voz de Nina estava tremendo. Ela não pôde
deixar de pensar na primeira vez que se encontrou com John. Se John
estivesse calmo e contido o suficiente, eles não teriam feito sexo.
Esperar...
"Quadro, Armação?" Quando eles fizeram sexo pela primeira vez que
eles haviam sido armados.
Nina hesitou por um momento e seu humor não estava tão animado
quanto antes.
"Nini," Noah parou por um momento e disse sinceramente: "Todos nós
sabemos que John te ama muito. Exceto você, ele não olhou para nenhuma
outra mulher, e as outras mulheres nem mesmo tiveram a chance de chegue
perto dele, então ...
Vamos manter a calma primeiro. Vamos ao local para ver o que está
acontecendo por dentro e fazer o julgamento correto. Não seja controlado
pelas emoções. "Noah sempre foi calmo e composto. Ele esperava que Nina
fosse o mesmo. Ele não queria que Nina fosse facilmente enganada pelas
aparências.
A expressão de Nina suavizou muito. Ela mordeu os lábios e acenou
com a cabeça, "Ok."

Melody e seus romances


"Vamos para a cena primeiro." Noah soltou seu ombro e os dois
caminharam juntos.
Nina parou na porta e respirou fundo sob os olhos encorajadores de
Noah. Ela não se intrometeu até que seu único sentido prevalecesse.
Os dois não andaram levemente de propósito. Noah e a outra mulher
deveriam ter acordado quando ouviram o som de alguém empurrando a
porta e passos, mas não o fizeram.
John ainda estava dormindo profundamente. Quando Vivian ouviu
alguém entrar, seus cílios se contraíram e ela continuou a fingir não ouvir
nada.
Vivian sentiu que alguém estava olhando para ela, o que a fez
estremecer e quase querer abrir os olhos.
Se ela abrisse os olhos agora, isso causaria suspeitas.
Portanto, se John não acordasse, ela também não poderia acordar.
Este olhar era de Nina. Ela ficou parada na beira da cama, olhando
para os rostos de John e Vivian.
"Noah, é Vivian." Nina não ficou surpresa que a mulher deitada na
cama fosse Vivian.
Vivian não era a única mulher que poderia se aproximar de John?
"Acorde!" Nina deu um tapa no rosto de Vivian com muita força,
enchendo a sala com o som de tapas.
As mãos de Vivian sob a colcha se apertaram. Ela suportou a dor e não
se atreveu a dar sinais de despertar.
"Há algo de suspeito nisso." Noah se aproximou. Ele não queria vê-los,
mesmo os dois cobertos pela colcha.
"Não há vestígios e cheiro de sexo na sala." Noah fechou os olhos e
respirou fundo. "Apenas o leve cheiro de jasmim."
Quando Nina sentiu o cheiro, ela também encontrou algo estranho.
As roupas da Vivian no chão estavam uma bagunça, e estavam bem
arrumadas e sem danos. Esse não era o estilo de John.
Embora Nina soubesse que os dois poderiam ter sido tramados e nem
mesmo ter feito sexo, desde que ela visse outra mulher deitada ao lado de
John, seu rosto só ficaria pálido, e a raiva em seus olhos seria maior e mais
intenso.

Melody e seus romances


Nina se virou e viu o aquário sobre a mesa. Ela se aproximou e o
pegou, ficando ao lado da cama e jogando-o impiedosamente no rosto das
duas pessoas.
"Ah ..." Com um grito, Vivian cobriu o corpo com a colcha e se
sentou. Ela abriu a boca e respirou fundo. A água continuava escorrendo de
sua cabeça. Um peixinho dourado caiu duas vezes sobre sua cabeça e
continuou a cair no chão.
Vivian nunca esperava que Nina a acordasse dessa maneira. Vivian
ficou atordoada e imediatamente gritou de pânico.
"Ah!"
Vivian imediatamente se enrolou na colcha e se encolheu no canto. Ela
abaixou a cabeça e não se atreveu a olhar para eles. Ela só podia olhar para
John.
- Por que ele ainda não acordou?
Em um piscar de olhos, John finalmente acordou de seu sono
profundo. Ele não sabia o que tinha acontecido. Franzindo a testa, ele
enxugou as manchas de água no rosto e se sentou.
"Querida?" John olhou confuso para o aquário nas mãos de Nina. Havia
apenas o tanque em suas mãos, e os peixes e água estavam na cama e no
corpo dele.
Então ele viu Noah de costas para eles, e os olhos confusos de John
ficaram mais sombrios.
Nina bufou, "Você deveria ver quem está na cama primeiro."
John franziu a testa e viu Vivian tremendo na cabeceira da cama.
John rolou da cama e perguntou com uma voz inquieta: "Por que ela
está aqui?"
"Como eu sei?" Nina ficou meio passo de lado e manteve distância de
John.
Nina odiava o cheiro de outras mulheres em John.
Muito ódio.
"Eu ... eu não sei o que aconteceu. Eu ... eu não sei ..." Vivian
enterrou a cabeça nos joelhos e começou a chorar, como uma boa mulher
contaminada.
"Foda-se!" John rugiu para Vivian em voz baixa.

Melody e seus romances


John acabou de subir para descansar um pouco. Como Vivian pôde
subir na cama dele?

Capítulo 368 Esteja Ocupado Fazendo Sexo


"Ela não pode ir se foder agora." Nina repreendeu friamente: "Você
tem medo que os outros não saibam? Vocês dois saem assim. Quem
acredita que nada aconteceu entre vocês dois?"
Mesmo a própria Nina pode não acreditar.
Nina acreditava que John não agiria de forma imprudente, mas não
acreditava que Vivian não enganaria John.
Se Noah não tivesse dito a Nina para se acalmar, se Vivian e John não
tivessem feito sexo, se ambos, Vivian e John tivessem a chance de se
envolver, Nina teria dado um tapa na vida de Vivian.
John não se atreveu a fazer barulho ao enfrentar a repreensão de
Nina. Ele inconscientemente estendeu a mão para puxar Nina, mas ela deu
um passo para trás e se desvencilhou.
Quem sabia se a mão dele tocou o corpo de Vivian ou não.
Depois de um momento de silêncio, John abriu ligeiramente a boca e
disse: "Vou descobrir".
"Não, obrigado." Nina descobriria sozinha.
Noah e Nina saíram da sala um após o outro. A camisa de John estava
meio molhada e havia uma grama pendurada em seu cabelo curto. Ele
parecia tão envergonhado que não conseguiu alcançar Nina dessa forma.
Enquanto ele descesse as escadas dessa maneira, a mídia notaria
facilmente algo, e então seria ainda mais problemático.
Na sala, houve apenas um soluço baixo de Vivian. Ao ouvir isso, John
se sentiu um pouco irritado. "Cale a boca. Vista-se e saia daqui."
Vivian apertou os lábios e não se atreveu a olhar para ele. Ela disse
timidamente: "John, eu ..."
"Eu disse para você não me chamar assim." De costas para Vivian,
Vivian podia sentir a intenção de matar em seus olhos.
Os olhos de Vivian ficaram vermelhos de mágoa. "Sr. John, eu ... eu
não sei o que está acontecendo."
Ignorando suas palavras, John se virou e olhou para seu rosto
lamentável. Ele não mostrou nenhuma pena dela, mas havia apenas nojo
sob seus cílios.

Melody e seus romances


A razão pela qual sua garotinha não o deixou tocá-la deve ser porque
ela pensava que ele era sujo e não gostava dele.
Ele também não gostava de si mesmo.
Se ele descobrisse quem o armou, ele deixaria a pessoa por trás pagar
dez vezes o preço.
"Vivian, é melhor você rezar para que esse assunto não tenha nada a
ver com você." A voz fria de John congelou Vivian passo a passo.
Vivian engoliu em seco, com um traço de medo em seus olhos
inocentes.
Era impossível para John descobrir.
Seu projeto estava interligado e era impossível descobrir.
Este assunto seria apenas sobre Jessica.
Vivian apostou que John não faria nada com sua irmã. Por mais
zangado que estivesse, não machucaria nem um pouco a irmã.
"Eu realmente não sei o que aconteceu." Vivian fez beicinho e gritou.
"Vista-se e saia daqui." John lançou um olhar frio para ela, foi direto
para o banheiro, jogou fora suas roupas e calças e se lavou com água
quente.
Água quente era melhor do que água fria para lavar as manchas nas
roupas, então tomar banho.
John derramou mais da metade de uma garrafa de sabonete líquido
em seu corpo. A água quente tornou-se gradualmente quente e suas costas
ficaram molhadas com uma grande quantidade de vermelho.
O grande banheiro estava cheio de névoa crescente.
Ao ouvir o som da água, Vivian enxugou as lágrimas e sorriu com
orgulho.
Ela saiu da cama como se nada tivesse acontecido, pegou o telefone e
enviou outra mensagem. Ela apagou todos os registros de mensagens,
colocou o vestido e vestiu o paletó de John.
Qualquer pessoa que desse uma olhada saberia que este terno foi
personalizado por John.
Assim que Vivian saiu de seu quarto, duas mulheres bem vestidas
sussurraram uma para a outra.
"As notícias que você acabou de receber são precisas?"

Melody e seus romances


"Sim, alguém me enviou uma foto, dizendo que os dois entraram na
sala em sucessão e nunca saíram."
"Esta é realmente uma notícia de última hora. Eu até pensei sobre a
manchete. Definitivamente estará na busca quente naquela época, o que é
muito melhor do que o jovem mestre da família Shi está noivo de Cinderela
..."
"Shh! Não diga isso. Alguém, seja esperto depois." A mulher olhou
para Vivian e então desviou o olhar.
Vivian tirou um cartão do banco da bolsa e escondeu-o na
manga. Quando os dois passaram, seus ombros bateram.
"Ai ..." Vivian reclamou de dor, "Cuidado da próxima vez que andar."
"Senhorita Vivian, me desculpe." A mulher curvou a cabeça se
desculpando.
"Nada." Vivian se virou e saiu.
A mulher também se virou e avançou. Os dois sorriram ao mesmo
tempo.
Este foi um jornalista contratado pela Vivian. Quando os ombros das
duas pessoas colidiram, a repórter tirou rapidamente o cartão do banco da
mão de Vivian.
Tudo parecia perfeito.
O repórter ao lado dela murmurou: "Tem certeza que é a Srta.
Vivian?"
"O que há de errado?"
"O casaco que ela está usando é feito sob medida pelo Sr. John."
"Mesmo?" A repórter fingiu estar surpresa e rapidamente acenou para
que ela pegasse a câmera. "Se apresse."
"Sim Sim." A repórter pegou sua câmera e tirou uma foto das costas
de Vivian. Ela também pegou o logotipo do paletó de propósito.
Depois disso, os dois entraram sorrateiramente na suíte de Adrian e
abriram a porta na ponta dos pés.
"Temos tanta sorte hoje. Eles não fecharam a porta. É tão bom."
"Eles estão ocupados fazendo sexo. Quem tem tempo para fechar a
porta?"

Melody e seus romances


Os dois tiraram fotos da pessoa dormindo na cama e saíram em
silêncio. A repórter fez um som deliberadamente antes de sair, acordando a
pessoa na cama.
O jovem repórter puxou-a em pânico e os gritos de um homem e uma
mulher vieram da suíte.
"Ah!"
"Ah ..." Adrian estava tão assustado que pulou da cama nu, apontou
para Vera e perguntou: "Por que você está aqui? Por que está no meu
quarto?"
"Ah ..." Vera gritava, vestiu o vestido e saiu correndo.
Assim que ela saiu correndo, ela esbarrou em Henry. Ela se jogou nos
braços de Henry e chorou ... "Henry, eu fui intimidada. Alguém me
intimidou."
Henry enrijeceu e ficou ali com olhos profundos.
Vera saiu correndo do quarto de Adrian.
"Intimidador?" Que tipo de valentão?
Henry franziu a testa.
"É o Sr. Adrian. Ele quer me menosprezar." Vera segurou a cintura de
Henry e chorou.
"Adrian?" A voz de Henry ficou fria. "Ele menosprezou você?"
"OK." Vera acenou com a cabeça fortemente, "Eu só vim falar com ele
sobre uma coisa, mas ele ..."
Vera ficou tão humilhada que começou a chorar.
Mesmo que Vera fizesse sexo com alguém, ela não poderia estar com
Adrian. Ela não sabia se aquele playboy estava doente ou não.
Henry empurrou a mulher em seus braços e caminhou em direção à
grande suíte. Ele estava com tanta raiva que queria acertar contas com
Adrian.
Vera ficou parada, comovida.
"O que diabos está acontecendo? Por que você fez sexo enquanto
conversava? Por que ela dormiu na mesma cama com você quando acordou?
Você ainda está nu?" Adrian andava de um lado para outro em uma toalha
de banho.

Melody e seus romances


Ele tinha certeza de que nada havia acontecido entre ele e Vera. Era
impossível.
'É possível que Vera descobriu a relação entre mim e Henry, então ela
deliberadamente me incriminou e queria que eu terminasse com Henry para
que ela pudesse se casar com Henry?' Adrian parou de andar para frente e
para trás, essa ideia o assustou.
Ele tinha certeza de que devia ser o caso.
"Droga! Ela deve ter ido ver Henry." Adrian vestiu suas roupas, se
virou e saiu correndo.
Adrian apenas deu dois passos e trombou com Henry.
"Quem é esse?" Adrian ergueu os olhos e viu o rosto moreno de
Henry. Adrian gaguejou, "Henry? O que ... O que você está fazendo aqui?"

Capítulo 369 Evidências apontando para


Jessica
Henry agarrou o colarinho de Adrian e cerrou os dentes, "O que você
fez com Vera?"
Adrian sabia que Vera tinha ido reclamar dele, embora ela fosse a
pessoa má.
Adrian explicou apressadamente: "Não dê ouvidos às bobagens dela.
Este assunto ..."
Bang ...
Quando Henry fechou a porta, ele deu um soco no rosto de Adrian,
agarrou seu colarinho e o forçou contra a parede passo a passo. "Eu não me
importo com o seu passado dissoluto, mas de agora em diante, não seja
incapaz de controlar seu corpo o dia todo. Você só quer fazer sexo com
qualquer pessoa."
Foi a primeira vez que Adrian viu Henry tão zangado. O rosto de Henry
estava escuro como uma frigideira e suas palavras foram duras. Henry não
era uma pessoa refinada que geralmente usava óculos.
Adrian ficou irritado com suas palavras. Ele socou Henry de volta e o
forçou a recuar.
"Sim, eu simplesmente não consigo controlar meu corpo." Adrian
deliberadamente disse algo para irritar Henry. Adrian levantou a mão e
tocou seu rosto, que estava vermelho e inchado.
O quão pesado Henry deu um soco nele?

Melody e seus romances


Ele ficou desfigurado?
Adrian deu um soco em Henry, e a raiva de ser injustiçado quase
desapareceu. Ele olhou no espelho para verificar o ferimento em seu rosto.
No espelho, os cantos vermelhos e inchados da boca de Henry e a
raiva em seus olhos foram refletidos.
Adrian olhou para ele e reclamou em voz baixa, "Você não sabe se eu
posso controlar meu corpo ou não?"
Como Henry poderia ter feito injustiça com ele sem um motivo?
Sentindo-se ofendido, Adrian se virou e estava prestes a sair. Assim
que ele colocou a mão na maçaneta, a outra mão foi segurada por Henry, e
Adrian foi segurado contra a parede com o backhand.
Adrian virou o rosto para a parede fria e lutou, "Henry, o que você está
fazendo?"
A resposta para Adrian foi o silêncio, e seu peito foi subitamente
pressionado. A respiração familiar em seus ouvidos já era caótica.
Preocupado com Nina, Noah a acompanhou de volta ao apartamento
dela na L University.
Assim que Nina entrou na casa, Nina ligou seu computador e invadiu o
sistema de segurança do hotel na frente de Noah para obter todos os vídeos
de vigilância.
Noah apertou os olhos e deu uma olhada significativa no rosto sério de
Nina. Depois de um tempo, ele olhou para a tela do computador. A tela de
um laptop não poderia conter diferentes ângulos de visão, então a tela
inteira parecia muito lotada.
"Você tem outro computador?" Noah puxou uma cadeira e se sentou
ao lado dela.
Nina piscou os olhos. Ela tinha esquecido que Carlos ainda estava
lá. Ele viu tudo o que ela fez agora?
"Carlos ..." Nina se virou para olhar para ele, sem falar.
Noah parecia ser capaz de ler sua mente de relance. Ele sorriu e disse:
"Não pense muito. Há algum computador sobrando? Grave alguns vídeos
para mim."
Vendo que ele não se importava, Nina sorriu agradecida para ele e
disse: "Sim, você pode usar isso."

Melody e seus romances


Ela colocou o computador na frente de Noah, tirou o colar e a pulseira
do pescoço e os montou em um relógio. Ela apertou o botão, e uma grande
tela virtual apareceu na frente dela.
Noah ficou surpreso, mas logo sorriu.
"Acontece que Nini é tão poderosa."
"Obrigado, Noah." Nina sorriu e mudou 2/3 das imagens para a tela
virtual.
Nina era responsável por todas as imagens de monitoramento no salão
de banquetes, e Noah era responsável por monitorar imagens de outros
locais.
Os dois olharam para a tela com cuidado. Desde o início do banquete,
eles não perderam nenhum comportamento estranho na tela.
Na tela, ela viu que Jéssica havia parado um garçom e Nina teve uma
impressão dele. O garçom segurava uma taça de vinho tinto e, finalmente,
John bebeu.
"Parece que encontrei." Nina franziu a testa.
E Noah também o encontrou. Ele clicou no vídeo que era Vivian em pé
na frente do elevador e deu um zoom na cena na frente de Nina.
Os dois viram que Vivian pegou o elevador para encontrar
Jessica. Então, Jessica a puxou para a porta da suíte de John, Jessica se
virou e saiu.
"Jessica." Noah falou primeiro, revelando uma expressão obscura.
Nina olhou para a cena em silêncio, incapaz de dizer se estava com
raiva ou não. "O vinho que John bebeu é especialmente cuidado por alguém,
e não haverá nenhum problema com a origem do vinho, e eles não se
atrevem a fazer nenhum problema com ele. No meio do processo, apenas
Jessica tocou a taça de vinho de John. "
Nina repetiu o vídeo de vigilância algumas vezes e, finalmente, todas
as evidências apontaram para Jessica
"Jessica gosta muito da sua irmã e sempre quer que ela se case com
meu marido." Nina se sentiu como um espinho no coração.
Nina não se importava se os outros gostavam dela ou não e a
aceitavam ou não. O problema era que essa pessoa era Jessica.
Jessica era irmã de John e, de certa forma, irmã de Nina. Eles
deveriam ser uma família.

Melody e seus romances


Como Jéssica era simpática com seu irmão e como era boa a relação
entre os dois. Nina tinha ouvido muito de James.
Nina até pensou se deveria agradar a Jessica e deixar que Jessica a
aceitasse.
Mas agora, Nina não estava disposta.
Como poderia Jessica enviar outra mulher pessoalmente para a cama
do marido?
"Nini ..." Noah tentou confortá-la.
"Ok, Noah." Nina o interrompeu, desligou o computador e desligou a
tela virtual. Ela forçou um sorriso para Noah e disse: "Noah, estou cansada."
"Então tenha um bom descanso." Noah entendeu o que ela quis dizer e
saiu.
Mas ele não foi embora. Em vez disso, ele ficou na porta de Nina por
um longo tempo, mesmo que não pudesse ouvir nenhum movimento lá
dentro.
Noah sabia o que se passava na mente de Nina. Ela não podia lidar
com Jessica por causa de seus rancores pessoais. Nina precisava considerar
o sentimento de John.
Meia hora depois, Noah não desceu até não ouvir nada.
Quando ele desceu, ele parou e olhou para cima. Ele viu que o
apartamento de Nina estava escuro.
Nina apagou a luz e adormeceu.
Ela cobriu o rosto com a colcha e não conseguia dormir com os olhos
fechados. A cena em que John e Vivian dormiam na mesma cama estava em
sua mente.
Nina sabia que não era culpa de John. Ela sabia que alguém estava por
trás de tudo isso, mas ela simplesmente não conseguia superar isso.
Nina se virou e seu telefone tocou.
Era de John.
Uma luz fraca brilhou na sala escura. O telefone tocou duas
vezes. Nina olhou para o telefone por um momento, depois virou a cabeça e,
depois de um tempo, olhou para ele novamente.
Ela pensou que deveria dar a John uma chance de fazer as pazes.
Ele também foi a vítima.

Melody e seus romances


Nina pegou o telefone e estava prestes a atender, mas a outra pessoa
já havia desligado. Havia apenas um número na tela.
"Desligar?" Ela ergueu a colcha e se sentou, esperando a próxima
ligação, mas a terceira não veio.
Nina apertou o telefone.
Por que ele não parou de ligar para ela depois de apenas duas
ligações?
Ele não poderia ligar para ela pela terceira vez?
Ela responderia ao terceiro.
Depois de esperar um pouco, Nina ainda não recebeu uma terceira
ligação de John.
Ela jogou o telefone fora, cobriu o rosto com a colcha e ficou imóvel.
Uma mágoa inexplicável acendeu em seu coração, como se a coisa em
sua mão de repente se tornasse invisível.
Toda mulher ficava zangada ao ver seu marido deitado ao lado de
outra mulher, e a mulher ia embora quando ela estava com raiva. Não era
uma cena que todos conheciam?
E o marido da mulher saía para explicar.
John não só não apareceu, ele só ligou para ela duas vezes, mas não
ligou mais uma vez.
Nina franziu os lábios e se sentiu injustiçada. Seus olhos estavam
umedecidos inconscientemente e ela simplesmente adormeceu.
Ela não sabia que John estava vindo para cá.

Capítulo 370 O ladrão é o Sr. John


Na delegacia de polícia de Lexingport City.
"Chefe, já são 11 horas. Não se esqueça de voltar para a cama
cedo." Tom se levantou da cadeira.
"Voltarei depois de terminar isso. Tenha cuidado ao voltar." Noah
respondeu, ainda concentrado em seu trabalho.
Tom sorriu: "Chefe, só quero ir para casa e descansar. Não vou pegar
a pessoa má. É seguro. Estou indo embora."

Melody e seus romances


Tom tinha acabado de dar dois passos quando ouviu a voz de um
jovem do lado de fora. Ele ficou um pouco excitado e contou à polícia o que
aconteceu.
Coincidentemente, Black entrou com o pescoço torcido. Tom puxou
Black e perguntou: "O que aconteceu lá fora?"
Black parou e disse: "Não é grande coisa. O homem pegou um ladrão
no apartamento da Universidade L e estava contando a história de ter
prendido um ladrão."
"Apartamento da Universidade L? Ladrão?" Tom duvidou: "Aquele
lugar sempre esteve em boas condições. De onde veio o ladrão?"
Black balançou a cabeça: "Não sei. Talvez o homem seja um recém-
chegado. Ele não encontrou o lugar e a hora certos, então aquele homem o
pegou e arrastou o ladrão diretamente para cá."
Tom e Black sorriram.
Noah de repente se virou e perguntou: "O apartamento perto da rua
da frente?"
"Sim." Black assentiu, "O que há com o apartamento?"
Noah franziu a testa.
Nini morava naquele apartamento.
"Eu vou dar uma olhada." Noah se levantou e saiu. Tom e Black o
seguiram com curiosidade.
Quando Noé se importou com o ladrão?
Quando os três se aproximaram, ouviram o homem valente e corajoso
jorrar.
"Você deve punir severamente esse ladrão. Um homem com mãos e
pés não procura trabalho para sustentar sua família, mas tem que roubar.
Se eu não tivesse passado, ele teria subido até a varanda."
"Não se preocupe. Nós definitivamente seguiremos a lei. Muito
obrigado." Uma policial conversou um pouco com o homem e o mandou
embora.
A policial viu Noah e cumprimentou-o respeitosamente: "Noah, você
ainda não voltou."
"É um ladrão do apartamento da L University?" Noah perguntou
diretamente.

Melody e seus romances


A policial franziu a testa e disse: "Aquele homem disse que era um
ladrão quando foi preso, mas acho que não."
"O que você quer dizer?" Noah olhou para a policial.
"Capitão Noah, venha aqui e dê uma olhada." A policial achou que era
difícil explicar.
O suposto ladrão fazia anotações na sala de interrogatório.
Tom e Black foram um passo mais rápido que Noah. Os dois já tinham
visto o ladrão. Ele tinha cabelo curto, terno preto, olhos frios e nascera
nobre e dominador. Parecia que ele estava interrogando outros.
O ladrão não disse uma palavra, o que deixou a polícia sentada à sua
frente desamparada. Eles só podiam sentar lá e esperar com ele.
"O que, que tipo de ladrão é esse?" Black ficou pasmo e olhou para o
homem sem acreditar. "Ladrão, por que você usava essas roupas para
roubar? Acho que ele estava prestes a roubar alguém."
"Não fale bobagem aqui. Do contrário, você vai sofrer muito." Tom
estendeu a mão e afagou a cabeça de Black. O homem bem vestido lá
dentro fez Tom sentir o perigo.
Tom reconheceu o ladrão.
"Chefe, é o Sr. John." Tom sentiu que sua língua estava quase com um
nó.
O ladrão sentado na sala de interrogatório era o famoso Sr. John.
Quem acreditaria?
John era rico e poderoso. Ele precisava roubar algo?
"John?" Noah não acreditou nisso. Ele olhou para Tom com
desconfiança.
Tom assentiu afirmativamente.
"Sr. John? Quem é o Sr. John?" Black ficou intrigado por um tempo,
mas de repente entendeu. Ele ficou tão chocado que seus olhos se
arregalaram como sinos. "É ... o presidente do Time Group, certo?"
Tom acenou com a cabeça. Black engoliu em seco e abriu a boca por
um longo tempo.
'Não é o Sr. John o marido de Nina?
Não, o Sr. John era o ladrão?

Melody e seus romances


Black quase teve um ataque cardíaco. Quando recobrou o juízo e quis
falar com Noah, ele se virou e descobriu que Noah e Tom estavam
desaparecidos.
Noah abriu a porta da sala de interrogatório quando Black estava em
transe.
"Capitão Noah?" O policial encarregado do interrogatório se levantou
assim que viu Noah entrar.
Quando John ouviu o nome, a expressão indiferente em seu rosto
finalmente mudou. Ele congelou no lugar.
John foi arrastado para a delegacia como um ladrão, ele havia perdido
toda a dignidade que havia guardado por trinta anos.
Agora Noah apareceu de repente novamente. John apenas gosta de
ficar nu e deixar que os estranhos o vejam.
As costas de John estavam rígidas. Ele colocou a mão esquerda sobre
a mesa e apoiou ligeiramente a testa. Ele cerrou os dentes com força.
Richard estava morto?
Por que ele ainda não tinha vindo? !
Noah se aproximou. John abaixou a cabeça e não se atreveu a olhar
nos olhos de Noah. Noah de repente teve vontade de rir, mas não ousou.
"Capitão Noah, este homem está em silêncio o tempo todo. Ele nem
quer me dizer o nome dele. Ele é muito teimoso."
"Está tudo bem. Deixe comigo. Você sai primeiro." Noah deu um
tapinha no ombro dele, esperando que ele parasse de falar.
Se não fosse pela boa reputação do Sr. John e pela relutância de John
em deixar que outros soubessem, como John poderia sentar-se aqui?
Mesmo que John se sentasse aqui, ele estava esperando por alguém
para lidar com isso.
Depois que a polícia encarregada do interrogatório saiu, Noah deu uma
olhada em Tom e Tom desligou o vídeo de vigilância na sala de
interrogatório.
Noah também guardou as notas. "Não se preocupe. Ninguém mais
pode nos ver ou ouvir o que dizemos agora."
John fechou lentamente os olhos, os lábios finos firmemente franzidos
em uma linha reta, e duas correntes de ressentimento saíram de seu nariz.
Que azar ele teve hoje?

Melody e seus romances


Que azar! John não conseguiu entrar em contato com Nina e só
conseguiu escalar a parede. No final, ele foi até mesmo confundido por
outros como um ladrão.
A chave era que John estava mesmo na frente de Noah.
Se Noah soubesse, sua filha provavelmente saberia. O que aconteceria
com sua dignidade então?
A foto da certidão de casamento deles foi aproveitada por sua filha. Se
ela soubesse de novo, John nunca seria capaz de mudar em sua vida.
"Não deixe ela saber sobre isso." John abriu os olhos e olhou para
Noah.
Claro, Noah sabia a quem John estava se referindo. Ele balançou a
cabeça e não pôde deixar de perguntar: "Nini está faltando ou não atende
seu telefone?"
John ficou sem palavras ... Como Noah poderia adivinhar?
A expressão no rosto de John mudou. Ele esticou o pescoço e mudou
de assunto. "Posso sair agora?"
"Deixe-me levar você." Quando Noah se levantou, ele não pôde deixar
de rir. "Você sobe até a varanda porque ela não quer ver você? É perigoso."
John parou e olhou para Noah, com raiva e vergonha nos olhos.
Noah lidou com criminosos por muitos anos, seus olhos eram muito
mais horríveis do que os de John.
Os olhos dos criminosos eram escuros e sombrios, assustadores, com
o crime e o mal escondidos neles.
E os olhos de John estavam cheios de raiva.
Noah não o conhecia antes, mas ele tinha ouvido muitos rumores
chocantes sobre John. Mais tarde, ele teve contato com John por causa de
Nini e, gradualmente, Noah não estava mais com tanto medo quanto antes.
Noah enviou John pessoalmente. Naquela época, Richard acabou de
chegar. Antes que o carro parasse, Richard sentiu o olhar assassino de John.
As mãos de Richard tremeram.
John se sentou no banco do passageiro e se virou para olhar para
Noah e avisou-o silenciosamente para não contar a Nina o que acontecera
esta noite.
Noah assentiu com um sorriso e acenou um adeus. "John, tenha
cuidado no caminho. Além disso, da próxima vez que subir na varanda,

Melody e seus romances


preste atenção ao ambiente ao redor e à escolha do horário. Dez horas ainda
é cedo para os jovens modernos. Tem gente por aí."
John ficou sem palavras ...
Isso poderia ter acabado?

Capítulo 371 Ele não machucará sua irmã


John só queria sair daqui o mais rápido possível.
Por outro lado, Richard erroneamente pensou que eles ainda
precisavam conversar, então ele não dirigiu até que John se virasse para
olhar para ele. O vento que entrou se transformou em uma faca invisível.
Depois de perceber o que havia acontecido, Richard pisou no
acelerador e o carro saiu em disparada.
Noah parou na estrada e os observou partir. Então ele pegou o
telefone e ligou para Nina.
"Nini, John está procurando por você."
"Ele não fez isso."
Uma voz abafada veio do outro lado da linha. Noah sabia que NIna
estava escondida na colcha, então ele persuadiu: "Não fique muito
deprimido. John está a caminho para encontrar você. Você ..."
"Você vai me persuadir por ele? Noah." Nina descobriu a colcha e se
sentou. Ela disse, descontente: "Ele só ligou duas vezes. Eu não atendi,
então ele não ligou mais."
Noé disse: "Ele ligou para você duas vezes, mas você não atendeu,
então foi direto para você".
"Por que ele ainda não me encontrou?" Nina se levantou e foi até a
varanda. Ela olhou para baixo e disse: "Não há ninguém lá embaixo agora."
"Aham ..." Noah queria dizer a ela que John subiu até a varanda e
deixou que outros o mandassem para a delegacia como um ladrão, mas ele
prometeu a John não contar a ela.
John teve que falar sobre isso sozinho.
"Talvez ele tenha se atrasado por alguma coisa."
Com o rosto sombrio, Nina disse: "Noah, você nem sabe mentir. De
qualquer forma, não dê desculpas para ele. Eu quero dormir."

Melody e seus romances


Depois de desligar o telefone, Nina enterrou a cabeça na colcha
novamente. Ela se forçou a fechar os olhos para dormir porque tinha que
voar para Spring City amanhã de manhã.
John não disse nada. O carro estreito estava cheio de baixa pressão,
tornando as pessoas incapazes de respirar.
"Sr. John, por que está na delegacia?" Segurando o volante, Richard
estava tão nervoso que suas mãos suavam. Ele não podia simplesmente
sentar lá e não fazer nada quando encarasse o rosto frio de John, então
Richard perguntou.
Quando Richard não mencionou esse assunto, tudo correu bem. Agora
que ele mencionou isso, John perguntou com uma cara sombria: "Onde você
esteve? Você é meu assistente e meu guarda-costas. Você não sabe que não
pode ficar muito longe de mim?"
Essas palavras foram espremidas para fora dos dentes de John.
Se Richard estivesse de guarda por John, John não teria deixado um
homem arrastá-lo para a delegacia.
John queria encontrar Nina na sacada para persuadi-la, sem se
importar se ele era considerado um ladrão ou não.
Além disso, havia um ladrão tão bonito e rico como ele?
Hoje em dia, as pessoas geralmente eram cegas.
Ainda era difícil para John se acalmar.
"Sr. John, você não me pediu para ir o mais longe possível?" Richard
mordeu a bala e disse: "Primeira vez eu recuei cem metros. E você disse que
estava muito perto, eu recuei pelo menos quatrocentos metros. Você me
ligou e disse que ainda podia me ver. Deixe-me ir um pouco mais adiante, e
eu andei mais quatrocentos metros. "
John ficou sem palavras ...
Ele parecia ... Ele disse isso.
"Quando você falou tanto?" Envergonhado, John endireitou as costas e
retrucou: "Eu pedi que você recuasse, e você realmente recuou."
"Sim." Os olhos de Richard estavam confusos.
De outra forma?
John era seu chefe. Ele deve fazer o que John quiser. Se ele não deu
ouvidos a John, como poderia sentar aqui e dirigir?
Por um momento, John não soube o que dizer ...

Melody e seus romances


John parou de falar e disse com raiva: "Dirija mais rápido."
Depois de uma pausa, John acrescentou: "Não deixe minha esposa
saber que saí da delegacia."
"Sim senhor." Falando em Nina, Richard de repente se lembrou de algo
importante. Ele pegou o computador com uma das mãos e o entregou a
John. "Sr. John, o vídeo de vigilância que você me pediu para verificar está
no computador."
John assumiu o controle do computador e ligou a tela de
monitoramento, procurando atentamente por pistas.
Sua primeira reação foi que o que ele comeu ou bebeu foi adulterado.
Quando se sentiu um pouco tonto, pensou que era porque estava
muito ocupado com os negócios do grupo recentemente e prestou atenção à
cerimônia de proposta em Spring City, que o incomodou. Mas agora ele
pensava que não era o caso.
Para seduzir Nina, ele costumava exercitar e manter seus músculos
abdominais. Para se igualar a Nina, ele praticou luta.
Ele não poderia estar desconfortável por causa do aumento da carga
de trabalho recentemente.
John prestou muita atenção a tudo relacionado a ele no monitor e
finalmente fixou os olhos na taça de vinho que havia bebido.
Ele clicou no botão de pausa e seguiu o copo de vinho tinto até o
fim. Só quando o vinho tinto alcançou a mão de Jessica é que ele clicou no
segundo botão de pausa.
O vídeo de vigilância congelou na cena em que Jessica pegou o vinho
tinto por um minuto inteiro antes de John continuar a reproduzi-lo.
Não havia nada de errado com todo o processo. A única coisa suspeita
foi que Jessica tocou na taça de vinho. Exceto pelo garçom que serviu o
vinho, só ela tocou.
John perguntou a Richard: "Você investigou o vinho tinto que bebi?"
"Sim, eu fiz. O vinho está bom."
"Nenhum problema com o vinho." John ergueu seus olhos longos e
estreitos, e a luz neles tremeluziu.
Hoje à noite, além de beber o vinho tinto, ele só deu uma mordida no
bolo que Nina lhe deu, e a outra metade foi comida pela própria Nina.

Melody e seus romances


Nada aconteceu com Nina, o que significava que não havia nada de
errado com o bolo.
Não houve problema com o vinho.
Então ... Havia algo errado com o vidro.
Com o passar do tempo, os olhos de John se tornaram cada vez mais
profundos. Ele seguiu a imagem da figura de Jessica aparecendo e a viu até
o fim, confirmando o que ele estava pensando.
Era verdade que alguém estava por trás de tudo isso.
E essa pessoa era sua irmã, aquela que sempre foi contra Nina e
esperava que ele se casasse com Vivian.
Agora, havia três pessoas no mundo que ele não poderia
machucar. Um era o pai que o deu à luz e o criou, o outro era sua amada
esposa, e a outra era sua irmã que fazia o papel de mãe ao lado de John.
Uma sensação de impotência se acendeu em seu coração.
John fechou o computador e se encostou no assento. Ele esfregou o
nariz e seus olhos estavam sonolentos.
"Sr. John, você encontrou a pessoa que planejou isso?" Richard
quebrou o silêncio.
"Sim." John parecia um pouco cansado.
Richard disse: "Não se preocupe, Sr. John. Enquanto você punir
severamente o intrigante, a Sra. Nina não ficará zangada."
John não disse nada.
Ele não poderia punir Jessica severamente, então ... Sua esposa pode
estar deprimida o tempo todo.
Pelo que entendeu da esposa, ele temia que Nina já tivesse descoberto
sozinha.
Isso causou uma expressão de constrangimento no rosto de John e ele
ficou em silêncio. Foi só então que Richard o lembrou: "Sr. John, estamos
aqui."
"OK." John voltou a si e levantou-se.
Desta vez, ele não queria mais escalar a varanda. Em vez disso, ele foi
direto para a porta e tocou a campainha.
Ding Dong ... Ding Dong ... Ding Dong, Ding Dong ...
John tocou a campainha várias vezes, mas não houve resposta.

Melody e seus romances


Dois ou três minutos depois, John ligou para Michelle. Assim que o
telefone foi conectado, ele foi denunciado pela raiva de Michelle.
"Tio John, você foi longe demais. Humph, tchau."
Assim que John abriu a boca, houve apenas o som de um "bip". Então,
Michelle desligou o telefone.
Como Michelle estava com tanta raiva, sua esposa ficaria ainda mais
brava.
John estava tão ansioso que teve que perturbar o recém-noivo Tiago.
No entanto, assim que o telefone foi conectado, houve uma explosão
de reclamações.
"Tio John, por que você não foi persuadir a tia Nina? Por que você me
ligou? Vocês vão rir de mim juntos depois de persuadir a tia Nina? É minha
festa de noivado esta noite, mas você e Adrian estiveram sob os holofotes.
O topo pesquisa é tudo sobre você, em todos os lugares. Emma e eu não
temos nenhuma exposição. Quero que todos saibam que estou noivo de
Emma. Você não consegue encontrar outro tempo para criar problemas? Por
quê? Não pode? Quanto mais James falava, mais animado ficava.
John desligou o telefone diretamente, para o caso de James chorar
como um porco ao telefone.
Os dois reclamaram, mas John sentiu algo diferente.
"A principal pesquisa?" John perguntou confuso.
Richard abriu a busca principal e ficou surpreso ao ver o título.
"Senhor John." A mão de Richard que entregou o telefone a John
tremia incontrolavelmente.

Capítulo 372 Vire a varanda para encontrar


sua esposa
Adrian dormiu com a noiva do CEO do Ye Group, e os ex-amigos
tornaram-se rivais no amor.
Parecia que o relacionamento entre John e Vivian havia sido reatado, e
o status da Sra. Nina estava em perigo.
Os dois eventos de busca quente instantaneamente chamaram a
atenção de John. Nesse momento, ele estava muito ocupado para se
preocupar consigo mesmo. Ele não estava disposto a prestar atenção nos
assuntos de Adrian e outros, mas clicou na busca quente relacionada a si
mesmo.

Melody e seus romances


John deu uma olhada áspera na foto e viu que Vivian estava vestindo
seu casaco. Ele imediatamente franziu a testa.
“Retire a busca quente que não está de acordo com o fato e peça ao
departamento jurídico que envie uma carta do advogado à mídia que
espalhou o boato”. John passou o telefone para Richard e John sempre foi
eficiente ao lidar com as coisas.
Após uma pausa, John acrescentou: "Além disso, peça a Vivian para
comprar toda a marca dessas roupas, já que ela usou as minhas."
Embora Richard soubesse as duas primeiras coisas claramente, ele
ficou realmente chocado com a terceira.
As marcas que John usava foram todas customizadas para ele,
somente para ele. Se alguém quisesse comprar a marca inteira, seriam
necessários pelo menos centenas de milhões de dólares.
'Senhor. John, você está tentando prender Vivian?
O departamento de relações públicas do Time Group era duro. Assim
que John deu o pedido, o microblog oficial anunciou: "Parabéns, Srta. Vivian.
Você comprou a marca personalizada do Sr. John pelo preço de cento e
trinta milhões ontem à tarde. As mercadorias foram entregues esta noite.
Por favor, pague o dinheiro o mais rápido possível. "
As palavras causaram grande alvoroço na Internet.
Antes de a pesquisa principal ser removida, esta postagem do
microblog estava na pesquisa principal.
Os espectadores ficaram todos pasmos.
Não era uma boa notícia. Estava pedindo a dívida na Internet.
Os internautas sentados em frente à tela ficaram felizes em expressar
suas opiniões. Quando discutiam acaloradamente, um advogado do Time
Group processou a fonte da notícia.
Como um alerta aos meios de comunicação que repassaram a notícia,
os meios de comunicação que se sentaram em frente à tela para assistir ao
bom programa receberam ligações de seus dirigentes um após o outro. Eles
trabalharam durante a noite, excluíram o conteúdo relevante e pediram
desculpas ao Sr. John.
John deixou as coisas fermentarem online, ele acreditava que seus
homens lidariam com o assunto de maneira adequada.
O mais importante agora era ver Nina.

Melody e seus romances


Nina não abriu a porta. Se ele chutasse, definitivamente deixaria Nina
com raiva. Então John olhou para a varanda novamente.
John parou sob a varanda do apartamento de Nina e olhou para a rota
que havia escalado.
Desta vez, ele não estava tão ansioso. Em vez disso, ele pensou no
lembrete de Noah e perguntou a Richard: "Que horas são?"
"Onze e cinquenta e quatro." Richard deu uma olhada na hora e
relatou a hora exata.
De acordo com o padrão regular da vida de John, neste momento, ele
deveria dormir com Nina em seus braços, ou criar um ser humano.
Já era tarde para John.
Mas para aqueles jovens que tinham uma vida noturna rica, aquele era
um bom momento.
"Quando ninguém vai passar por aqui?" O tom de John soou um pouco
impaciente.
Depois de pensar por um momento, Richard disse: "São duas ou três
da tarde."
"Duas horas." John disse em uma voz profunda.
Richard olhou para John confuso. "John, o que é?"
"Esperar." Com apenas uma palavra restante, os dois ficaram no andar
de baixo, esperando por duas horas no vento noturno.
Ocasionalmente, alguém passava e olhava para as duas pessoas com
um olhar estranho. Algumas pessoas até se prepararam para chamar a
polícia em segredo.
Tal coisa nunca aconteceria uma segunda vez para John.
Com apenas um olhar, John assustou a pessoa que pegou seu telefone
e fugiu. Também havia pessoas que os observavam de longe e fizeram um
desvio.
"Quando saímos, vimos essas duas pessoas paradas aqui. Por que
ainda estão aqui?" As duas garotas seguraram seus braços e discutiram com
medo.
"Sim Sim." A outra garota olhou para as duas costas pretas e não
conseguiu ver seus rostos com clareza, então ela tinha ainda mais medo à
noite. Ela adivinhou com a voz trêmula: "Eles estão loucos?"

Melody e seus romances


"Louco? Vamos!" As duas garotas estavam tão assustadas que
continuaram correndo. Depois de beber um pouco de vinho, eles tropeçaram
e se apoiaram para que pudessem caminhar com firmeza.
John ficou sem palavras, "Louco? Nós?"
"Não há mais ninguém aqui. Eles estão falando sobre nós." Richard
sempre foi direto.
Com o rosto sombrio, John se virou e perguntou sério: "Nós?"
John pareceria um lunático?
Outros eram lunáticos.
Se Henry ainda estivesse vivo, ele teria entendido o que John queria
dizer. Mas Richard era um homem de mente fechada.
"Sr. John, eu os ouvi claramente. Eles estavam falando sobre nós dois
agora mesmo."
John disse,
"Reduzir o salário de um mês." O rosto de John estava tão escuro
quanto a noite. Ele se virou e deixou Richard com um resfriado.
Percebendo a raiva de John, os olhos de Richard se moveram
enquanto ele olhava para suas costas. Sem qualquer reclamação, ele disse:
"Sim".
John colocou a mão na testa e não disse nada.
Conforme a noite ficava cada vez mais escura, havia um silêncio
mortal ao redor. Não havia carros ou pedestres passando. Então, John
desabotoou o botão de punho, tirou a gravata do pescoço e jogou para
Richard.
"Vire-se e guarde. Não olhe para trás quando ouvir qualquer barulho.
Não deixe ninguém se aproximar."
"Sim senhor." Richard obedeceu às ordens de John e nunca perguntou
nada que não deveria perguntar.
De costas para John, ele olhou para os três lados, frente, esquerda e
direita, tentando se proteger para John.
John já havia passado por uma experiência antes. Agora ele estava
familiarizado com a escalada da varanda. Ele escalou pelo objeto saliente na
parede e seus movimentos eram ágeis como um macaco.
Dez minutos depois, havia suor na testa de John. Ele se virou e foi até
a varanda. O som de passos caindo no chão era incontrolável.

Melody e seus romances


Nina não dormiu bem. Ela teve um sonho estranho novamente, e sua
testa estava coberta de suor.
Depois de ouvir o som da varanda, ela de repente acordou de seu
sonho.
"Eu tenho esse sonho de novo." Nina sentou-se ao lado da cama e
enxugou o suor da testa. O vento da varanda dissipou a névoa de seu
sonho.
E o vento trouxe os passos do homem.
"Quem?" Nina sentiu intensamente que havia alguém. Ela olhou
vigilantemente para a varanda e saiu da cama.
Com medo de perturbar a outra parte com a luz acesa, Nina se
atrapalhou com um par de chinelos como arma em sua mão. Ela caminhou
em silêncio até a varanda e se escondeu atrás da porta.
Ela viu uma figura alta na noite escura.
Quando John ouviu o som cauteloso de Nina, ele parou.
Já que ele foi notado, por que não entrar generosamente.
John não se escondeu mais e avançou como de costume. Quando ele
estava prestes a fazer um barulho, Nina, que estava escondida atrás da
porta, acenou com os chinelos na cabeça do homem.
Tapa...
O som de chinelos batendo em algo podia ser ouvido no ar.
John ergueu o braço para bloquear o ataque. Seu braço forte o deixou
ileso.
"Querida, sou eu." Ao mesmo tempo, John segurou o pulso de Nina e
puxou-a para seus braços. Ele circulou sua cintura para dentro do quarto e
bateu a porta.
A respiração familiar do homem veio ao rosto de Nina.

Capítulo 373 John aceitará o castigo de se


ajoelhar
John pressionou Nina contra a porta e baixou a cabeça, com a intenção
de beijá-la. No entanto, ela escorregou agilmente pela parede e evitou seu
beijo.
Por fim, John foi até ela. Embora Nina estivesse feliz, ela não
conseguia esquecer que ele e Vivian estavam deitados na mesma cama.

Melody e seus romances


Nina estava infeliz.
"Por quê você está aqui?" Nina se virou e acendeu a luz. A sala escura
instantaneamente ficou clara.
Nina estava na luz em um pijama de combinação. A camisa de John
ficou um pouco enrugada por causa das voltas e reviravoltas. Ele franziu a
testa ligeiramente e pareceu abatido ao ver a expressão calma de Nina.
John sabia por que ela teve tal reação.
Ele não a culpou. Seu rosto sombrio se iluminou gradualmente.
Sua garotinha estava com ciúme, muito ciúme.
"Do que você está rindo?" Nina realmente não entendia sua mudança
emocional, o que era muito confuso.
Sem responder, John desabotoou a camisa. O primeiro, o segundo ...
Seu peito sólido foi gradualmente exposto ao ar. Com um brilho nos
olhos de Nina, ela virou a cabeça e bufou.
'Não pense que você pode me seduzir e eu vou deixá-lo ir só porque
você tem uma boa figura.
Eu não posso deixar isso ir. '
John havia tirado a camisa inteira e seu corpo estava coberto com as
marcas vermelhas deixadas por sua fricção forte.
Ele caminhou até Nina e beliscou seu queixo para forçá-la a olhar para
ele.
"Eu limpei meu corpo."
Nina não entendeu o que ele quis dizer. Ela não viu as marcas
vermelhas salientes em seu corpo até que ela virou a cabeça. Somente
quando ele coçou com força essas marcas puderam ser deixadas.
"O que aconteceu?" No final, Nina ficou preocupada com ele. Ela
colocou as mãos nos braços dele e o olhou de cima a baixo. Ela também
descobriu que a nuca dele estava vermelha, não por causa do arranhão, mas
por causa da água quente.
Os olhos de Nina pararam e olharam nos olhos de John.
John a segurou nos braços, colocou a nuca de Nina com uma das mãos
e sussurrou em seu ouvido: "Se você acha que ainda estou suja, posso
continuar a lavá-la."
"Não." Nina disse sem hesitação.

Melody e seus romances


Ela não achava que ele estava sujo. Ela apenas se sentiu infeliz
quando o viu deitado ao lado de outra mulher.
A voz de Nina se suavizou. "Não, eu não quis dizer isso. Você não
precisa se lavar."
John a segurou com mais força. Seu corpo forte se agarrou ao corpo
de Nina. A saia fina aquecia um ao outro com a temperatura corporal dos
dois.
"Isso doi?" Nina olhou para ele, e o ressentimento em seu coração
desapareceu inexplicavelmente.
"Não dói." John segurou o rosto dela com as mãos e o beijou,
sussurrando: "Sinto muito."
"Você não tem que pedir desculpas. Não é sua culpa." Nina não
suportou ouvir seu pedido de desculpas.
Nina se virou e serviu-lhe um copo de água morna. Ela perguntou
preocupada: "Você se machucou ao escalar a varanda?"
"Não." John pegou a água morna e manteve os olhos em Nina. Ele
sabia que ela sempre se sentiu desconfortável em seu coração.
Nina sorriu, "você é bom em escalar."
"Querida, você é uma boa professora." John tentou agradar a Nina,
mas só conseguiu um leve sorriso de Nina. Obviamente, ela tinha algo em
mente.
No entanto, John sabia o que ela pensava. Ele tomou um gole de água
morna e disse: "Já investiguei o que aconteceu esta noite."
Nina ergueu ligeiramente as sobrancelhas, mas não disse nada.
A atmosfera entre os dois era um pouco estranha, e a temperatura na
sala aumentava e diminuía de vez em quando.
John continuou: "Foi minha irmã que pôs algo em meu vinho tinto e
mandou Vivian para minha cama."
"Sim. E então?" Nina estava esperando que ele tratasse desse assunto.
Nina não se importou com Jessica fazendo um casamento entre seu
marido e Vivian por duas vezes, porque Jessica era irmã de seu marido, irmã
mais velha como mãe.
Mas três vezes, quatro vezes, Nina realmente se importou.
"Jessica pode não gostar de mim, mas eu não suporto ela tentando
deixar Vivian se aproximar de você. Eu não sou tão generoso. Me sinto

Melody e seus romances


péssimo quando vejo você deitado ao lado de Vivian." O sorriso nos lábios
de Nina desapareceu e ela expressou seus sentimentos e necessidades.
"Naquela época, eu queria dar um tapa na Vivian até a morte. Se o
Noah não tivesse me parado e me acalmado, eu ..." Nina não sabia o que
faria. Pode não ser tão simples quanto esbofetear Vivian até a morte.
"Querida..."
"Ouça-me primeiro." Nina interrompeu John. "Mais tarde, eu também
investiguei e descobri que apenas Jéssica tocou em sua taça de vinho tinto
uma vez. Jéssica mandou Vivian até você pessoalmente. Eu até queria matar
alguém. Mas você sabe, eu não farei isso. Essa pessoa é sua irmã, que
desempenhou o papel de mãe em sua vida. "
Nina baixou os olhos fracamente.
De repente, o coração de John doeu. Ele deu um passo à frente,
segurou-a nos braços e sussurrou em seu ouvido: "O que você quer que eu
faça?"
Nina suspirou impotente novamente.
Não era o que ela queria que ele fizesse, mas ela queria saber o que
ele faria.
Até mesmo Nina não sabia o que fazer. Como irmão da própria Jessica,
John era mais difícil do que Nina.
Essa mulher era irmã de John, e ela o amava desde que ele era
criança. No passado, Jessica tentava fazer um casamento entre ele e Vivian
porque ela pensava que apenas Vivian era boa o suficiente para ele. Agora,
Jessica estava tentando fazer um casamento entre ele e Vivian porque
Jessica temia que ele não fosse bom o suficiente para a família real da Ilha
C. Isso seria muito difícil.
De qualquer forma, sua irmã estava pensando por ele.
Muitas pessoas no mundo poderiam culpar Jessica, mas John não.
Havia muitas maneiras de John lidar com o trabalho, mas ele
realmente não sabia nada sobre a relação entre a sogra e a nora.
"Eu sinto Muito." O desamparo de John finalmente se transformou
nessas duas palavras.
"Você está se desculpando comigo em nome de Jessica?" Nina
percebeu a seriedade de seu pedido de desculpas.
John acenou com a cabeça, "Sim. Puna-me."

Melody e seus romances


Nina se sentiu muito desconfortável, então ela acenou com a cabeça
depois de pensar um pouco. "Você vai ao supermercado comprar macarrão
instantâneo amanhã de manhã."
"O que?" John franziu a testa e conhecia aquela comida, mas não
achava que fosse nutritiva.
Nina suspirou, "Não vou ficar com raiva quando você voltar amanhã de
manhã para comprar macarrão instantâneo. Mas lembre-se de dizer à
vendedora que você quer o tipo de macarrão instantâneo que será quebrado
assim que você se ajoelhar sobre ele."
"Quebre assim que se ajoelhar sobre ele?" Só então John percebeu
algo e perguntou: "Ajoelhe-se?"
"Sim, é apenas o macarrão instantâneo que será quebrado assim que
você se ajoelhar sobre ele." Vendo que ele estava um pouco atordoado, Nina
finalmente deu um sorriso sincero.
Quando John viu seu sorriso, ele finalmente deu um suspiro de alívio e
respondeu rapidamente, "Sem problemas."
Enquanto ele pudesse fazer sua esposa rir, ele aceitaria a punição de
se ajoelhar.
John pediu a Richard que voltasse para descansar. John voltou a
descansar, segurou a Nina e dormiu pacificamente.
Na manhã seguinte, John se levantou cedo, simplesmente se refrescou
e foi ao supermercado.
Então, a vendedora levou John à seção de macarrão instantâneo. Ele
olhou em volta e não encontrou ninguém por perto. Então ele perguntou:
"Que tipo de macarrão instantâneo é fácil de quebrar?"
"Bem, qual dos seus macarrões instantâneos é mais fácil de quebrar?"
Duas vozes soaram ao mesmo tempo. Ao mesmo tempo, John e
Adrian ergueram os olhos surpresos. Os dois olhos se encontraram ...

Capítulo 374 John Comeu Todos os Noodles


"O macarrão instantâneo é fácil de quebrar quando não está
mergulhado na água. O principal motivo é que os sabores são diferentes.
Provavelmente estão todos nesta seção. Você pode escolher de acordo com
suas preferências." A vendedora disse algumas palavras com entusiasmo e
foi chamada por outras pessoas.
John olhou para Adrian, e Adrian também. Os olhos dos dois estavam
cheios de indagação.

Melody e seus romances


"John, que coincidência! Você está aqui para comprar macarrão
também?" Adrian sorriu para esconder sua culpa e explicou a si mesmo:
"Henry de repente quis comer macarrão, então comprei para ele fazer o café
da manhã."
"Sim, minha esposa também quer comer macarrão." John também se
sentiu um pouco culpado. Se outros soubessem que ele comprou macarrão
instantâneo para que Nina pudesse puni-lo se ajoelhar, as coisas ficariam
fora de controle.
"Ha ha, que coincidência!" Adrian jogou um grande saco de macarrão
instantâneo no carrinho de compras.
John continuou olhando para sua mão. Agora mesmo, ele ouviu Adrian
dizer que queria que o macarrão instantâneo fosse quebrado facilmente. Foi
tão frágil?
"Por que você escolheu este?" Perguntou John.
O coração de Adrian deu um pulo. Ele o escolheu aleatoriamente e ele
só queria deixar este lugar o mais rápido possível.
John era tão inteligente que se Adrian dissesse mais algumas palavras,
sua situação ficaria exposta. Adrian era aquele que se ajoelhava como
punição.
"Este é fácil de quebrar e fácil de morder. Henry gosta deste." Adrian
estava jogando uma charada.
Quando John ouviu "fácil de quebrar", seus olhos brilharam
obviamente. Parecia que ele não precisava perguntar mais. Ele só precisava
tomar o mesmo que Adrian.
John também pegou uma sacola grande.
Adrian apontou desconfiado para o mesmo macarrão que os dois
pegaram, "John, você também compra isso?"
"Sim." John acrescentou: "Nina não tem dentes bons recentemente."
Adrian acenou com a cabeça em dúvida, "Oh, entendo."
Nina era tão jovem, mas não tinha dentes bons. Por que ele não
acreditou?
Adrian parecia pensativo.
Esta manhã, John estava um pouco sensível. Percebendo a pergunta
de Adrian, ele tomou a iniciativa de mudar de assunto. "O que há de errado
com Vera?"

Melody e seus romances


"Bem, não mencione o nome dela." Adrian estava cheio de
raiva. Como esperado, o tópico foi alterado. Adrian disse preocupado:
"Suspeito que Vera sabe o que aconteceu entre mim e Henry. Ela fez isso de
propósito para me separar de Henry."
Uma sugestão de preocupação apareceu no rosto de John.
"É impossível para mim terminar com Henry. Não vou terminar com
ele mesmo se for espancado até a morte. O que quer que Vera faça, desde
que Henry me conheça bem." Adrian recuperou sua confiança e olhou para
todo o saco de macarrão instantâneo com um sorriso.
De qualquer forma, desde que ele se ajoelhasse e partisse o macarrão
instantâneo, Henry deixaria passar.
Agora todos sabiam que Adrian tinha um caso com Vera, então Vera
definitivamente não seria capaz de se casar com Henry. Como um playboy
famoso, como Adrian poderia ser responsável pelas mulheres?
Adrian estava radiante. Se ele não se preocupasse com o fato de que
isso afetaria a reputação do Song Group, ele não se importaria com as
buscas na Internet.
Quando uma pessoa estava feliz, ela facilmente contaria algo aos
outros.
"John, você ainda se lembra que comemos hot pot juntos da última
vez? Acontece que conheci minha Nina, Michelle e Chester quando estava
fazendo compras com Henry, então marcamos um encontro para comer hot
pot juntos."
Adrian empurrava um carrinho de compras e John carregava um saco
de macarrão instantâneo. Os dois caminharam lado a lado de forma
constante e lenta. O supermercado de frios parecia ter se tornado um campo
de espetáculos, atraindo as pessoas para parar e assistir.
Era comum John e Adrian encontrarem esse tipo de coisa. Às vezes,
John não estava interessado no assunto que Adrian casualmente encontrava
para falar, e Adrian ainda estava falando sobre isso.
"Mas a questão não é a panela quente. É a colega de classe da Nina.
Ela parecia ter uma briga com o namorado, então foi ao supermercado
comprar macarrão instantâneo. Disse que puniria o namorado se ajoelhar
quando ela fosse de volta. Nina também elogiou sua colega de classe por ser
inteligente. Todos nós ouvimos isso naquela época e estávamos pensando se
Nina iria ... "
Adrian parou de falar do nada. Os dois pararam ao mesmo tempo e
ficaram parados.

Melody e seus romances


- Oh, não, eu derramei.
"Faria o quê?" A voz de John foi abaixada em pelo menos oito
tonalidades, o que não era como a voz de um humano. Foi como se um som
repentinamente viesse do caixão silencioso em uma noite escura e ventosa.
Adrian sentiu que o ambiente era frio e assustador.
Ele não se atreveu a virar a cabeça para olhar para John. Ele apenas
olhou para o macarrão instantâneo em seu carrinho de compras e engoliu.
Ele parecia saber de algo incrível.
John comprou a mesma coisa que ele para ser punido por Nina ao se
ajoelhar?
O majestoso Sr. John voltaria a se ajoelhar diante de sua esposa?
Adrian não se atreveu a pensar sobre isso, mas ele já sabia, John iria
matá-lo para manter a boca fechada?
"Sr. John, lembro que ainda tenho algo para comprar. Vou voltar e
comprar. Pode levar algum tempo. Por favor, volte primeiro." Adrian tentou
encontrar uma desculpa para escapar.
Quem foi John? Nenhuma das pessoas que conheciam seu segredo
poderia escapar de sua palma.
"Volte." John ordenou friamente.
As pernas de Adrian estavam pesadas como chumbo. Ele não poderia
levantá-los e ele poderia apenas ficar lá e esperar pelo julgamento.
"Isso é tudo que Henry quer que você compre." Um sorriso de escárnio
apareceu no canto da boca de John. Ele já havia adivinhado que Adrian
estava pagando pelo acidente na noite anterior.
Assim como ele, Adrian teve que voltar e se ajoelhar.
Adrian sorriu timidamente e John bufou. Eles foram pagar a conta,
voltaram para sua casa e vieram para seus amantes.
Quando John voltou para seu apartamento, não havia ninguém na
casa, exceto por um bilhete sobre a mesa.
"Estou saindo às dez horas. Vou ficar em Spring City por um tempo.
Não vou navegar na Internet hoje em dia. Você deve trabalhar duro, ter um
bom descanso e não fumar. Sua garotinha . "
Assim que ele guardou o bilhete, seu telefone vibrou e Nina lhe enviou
uma mensagem do WeChat.

Melody e seus romances


A menina disse: "Você comprou o que eu pedi para você comprar?"
O garotão respondeu: "Sim".
A menina disse: "Ponha em um lugar seco e eu usarei quando voltar."
Garotão respondeu: "Eu comi todos eles."
"Comer todos eles?" Quando Nina ouviu essa mensagem de voz, ela
ficou chocada. Ela não pediu que ele comprasse para comer, mas para
ajoelhar!
O garotão enviou outra mensagem para explicar: "Estou com fome".
Olhando para a mensagem, a boca de Nina se contraiu duas vezes e
respondeu: "Tudo bem.
Não coma quando comprar da próxima vez. "
John olhou para o telefone por um tempo e fixou os olhos no macarrão
instantâneo sobre a mesa. Como esperado, ele abriu e fez macarrão para si
mesmo.
Depois de molhar o macarrão, ele não comeu. Em vez disso, ele tirou
uma foto e a enviou para Adrian. Apenas a foto sem uma explicação em
texto, e ele acreditava que Adrian poderia entender.
John estava se vingando.
Como esperado, Adrian sentiu uma profunda malícia. Adrian precisou
de muito esforço para manter a postura de ajoelhar-se e não quebrar o
macarrão instantâneo. Em menos de três segundos, ele estava com tanta
raiva por causa da foto de John que fez um som nítido.
O macarrão instantâneo foi quebrado em pedaços.
Os olhos de Adrian se arregalaram, "!!!"
Depois que Nina fez o check-in e entrou no avião, uma equipe do
aeroporto silenciosamente fez uma ligação.
"Senhorita Vivian, Nina está no avião."

Capítulo 375 No Mesmo Barco de Glória e


Perda
Assim que Vivian desligou o telefone, Julie entrou correndo com o
telefone na mão. Ela tinha acabado de ler a notícia quente intitulada "Vivian
And One Hundred And Thirty Million".

Melody e seus romances


"Vivi, o que está acontecendo?" Apontando para a notícia ao telefone,
Julie disse, descontente: "Eu pedi para você seduzir John, não gastar cem
milhões".
Cem milhões não era uma quantia pequena para Vivian. Embora ela
tivesse planejado com a família Ye por tantos anos, era impossível para ela
economizar cem milhões. No final, ela teve que vender muitas joias para
pagar o dinheiro.
Vivian não esperava que John fosse tão cruel e a fizesse perder tanto
dinheiro, mas ela também teve sorte por causa do infortúnio. Pelo menos
aos olhos dos outros, ela era uma mulher apaixonada.
Contanto que o plano de Vivian em Spring City corresse bem e Nina
fosse enviada de volta para a Ilha C, seria fácil para Vivian conseguir o que
queria.
"Mãe, eu tenho meu próprio plano. Não se preocupe." Vivian deu uma
olhada no telefone de sua mãe e não se importou com as novidades.
"Estou preocupado." Julie sentou-se ao lado de Vivian com raiva e a
repreendeu: "Planejamos fazer a mídia pegar você e John fazendo sexo, mas
no final a mídia apenas noticiou que você pareceu reacender seu
relacionamento com ele. Houve também a notícia de cem e trinta milhões de
dólares. O que diabos você está fazendo? Contanto que todos saibam que
você faz sexo com John, você pode se tornar a mulher dele facilmente. Por
que está fazendo essas coisas? "
"Mamãe!" Com uma cara fria, Vivian se virou para a mãe e disse: "Eu
tenho meu próprio plano. Não quero que outros me repreendam por ter
seduzido John pelas minhas costas. Quero me casar com ele abertamente".
"Aboveboard?" Julie riu de raiva. "Você está fazendo isso para ser
honesto? É a hora certa agora? Se você me ouvir e ficar grávida de seu filho,
você vai se tornar sua mulher definitivamente."
"Que tipo de mulher? Uma amante?" Vivian se levantou com raiva e
disse: "Mãe, não se esqueça de que você só poderia se esconder comigo
quando a esposa do pai ainda estava viva. Nós nos mudamos para viver com
a família Ye depois que ela morreu. Mas e daí? Quantas pessoas têm alta
consideração de nós? Não quero que meu filho nasça de maneira indecente e
seja menosprezado pelos outros. "
Vivian sempre foi obediente na frente de sua mãe e nunca teve um
conflito direto com ela. Julie, que sempre gostou de controlar os outros,
ficou muito zangada com as palavras de Vivian, especialmente quando a
filha criticava seu passado cara a cara.

Melody e seus romances


Julie deu um tapa no rosto de Vivian.
Vivian cambaleou alguns passos.
"Uma amante? Você diz que eu sou uma amante. Como você poderia
dizer isso para sua mãe? Se não fosse por mim, você não teria sido tão rico
e poderoso como é agora. Lembre-se de que estamos em o mesmo barco de
glória e perda. " As mãos de Julie ainda tremiam após o tapa e ela olhou
para a filha com raiva.
Vivian ficou chocada com o tapa. Levou muito tempo para perceber o
que havia acontecido.
E as palavras de sua mãe também a alertaram.
Eles estavam no mesmo barco de glória e perda.
Vivian achou que o que sua mãe disse estava certo. Eles estavam
agora no mesmo barco de glória e perda. Eles não podiam entrar em conflito
interno neste momento.
Vivian ainda precisava que sua mãe concluísse uma tarefa para
ela. Ela só confiava em sua mãe porque somente sua mãe não a trairia.
A raiva nos olhos de Vivian diminuiu gradualmente. Ela suportou o
inchaço no rosto e se desculpou: "Mãe, sinto muito."
Embora Julie estivesse com tanta raiva que deu um tapa na filha, seu
coração se suavizou ao ouvir o pedido de desculpas da filha.
Toda mãe se preocupava com seus filhos.
Julie olhou para o rosto levemente vermelho e inchado da filha e
percebeu que a havia batido com muita força.
Ela deu um passo à frente e segurou o rosto da filha, as mãos ainda
tremendo ligeiramente. Julie suspirou, "Está doendo? Eu não queria bater
em você, mas ... Que pena ..."
"Não dói." Com lágrimas nos olhos, Vivian disse suavemente: "Eu sei
que você está fazendo isso para o meu próprio bem. Não te culpo. Poderia
me ouvir? Quero contar-lhe meu plano."
"Seu plano?" Julie olhou para o rosto magoado da filha e sentiu mais
pena dela.
Vivian acenou com a cabeça e sussurrou todo o seu plano no ouvido da
mãe. Quando Vivian terminou de falar sobre seu plano, os olhos de Julie
brilharam com astúcia.

Melody e seus romances


"Vivi, você é tão esperta." Julie olhou para a filha com alívio. "O que
você quer que eu faça?"
Vivian tirou um disco U da gaveta e entregou-o à mãe. Ela disse séria:
"Mãe, o disco U é a evidência do divórcio de Jessica. Eu irei para Spring City
mais tarde. Você só precisa esperar pela minha mensagem. Quando eu
disser que você pode agir, você deve encontrar um maneira de fazer Sam
receber essa evidência, mas você não pode expor sua identidade. "
"O quê? Jessica e Jason se divorciaram." Julie ficou chocada com a
notícia. Ninguém sabia sobre o divórcio de Jessica. Todos pensavam que
eram um casal feliz. 'É inacreditável. Quando eles se divorciaram? ' Julie
pensou.
Julie sentiu a importância das evidências e ficou surpresa. Ela apertou
o disco U e disse: "Não se preocupe. Vou fazer isso. Mas por que você vai
contar a Sam sobre isso? Ele está ficando velho. Se ele ficar doente por
causa disso, teremos problemas . "
"Então você deve fazer isso perfeitamente." Um toque de crueldade
passou pelos olhos de Vivian, e ela se tornou um tanto maliciosa. "Se Sam
ficar doente, a família deles deve estar ocupada cuidando dele. Como eles
podem perder tempo para investigar? Quando eles começarem a investigar,
você apagou todos os vestígios que deveriam ser limpos.
Além disso, Jessica e Jason se divorciaram há muito tempo. O que é
feito à noite aparece durante o dia. Acabamos de dizer a Sam a verdade. Eu
acho que ele é o único em sua família que não sabe sobre isso. "
"Então como você soube do divórcio dela?" Julie sabia que Vivian tinha
um bom relacionamento com Jessica, mas não achava que Jessica contaria a
Vivian sobre isso.
Vivian sorriu ligeiramente. Ela sabia disso pelo inseto no colar de
Jessica. Ela claramente sabia tudo sobre Jessica.
Vivian não pretendia contar a sua mãe sobre isso. Quanto menos
pessoas soubessem, melhor. Ela não queria expor isso.
"Ela acidentalmente derramou o feijão e aconteceu de eu registrá-lo.
Achei que um dia seria útil, então guardei o tempo todo."
Julie acreditou nas palavras da filha, mas de repente sentiu que o
disco U em sua mão estava um pouco quente.
"Vivi, não é demais para irritar Sam?" Julie era engenhosa, mas
tímida. Afinal, Sam era um homem respeitado na família Shi. Se fossem
realmente descobertos, um grande desastre seria iminente.

Melody e seus romances


Vivian persuadiu a mãe: "Mãe, se não formos implacáveis, não
conseguiremos o que queremos. John vai propor casamento a Nina em
Spring City esta noite. Se os dois se juntarem, meu cento e trinta milhões
dólares serão em vão, não é? Se alguma coisa acontecer com Sam, John
com certeza vai voltar. Nessa hora, vou tentar fazer Nina desistir de John. "
Pensando no plano perfeito da filha, Julie não pôde deixar de
concordar com a cabeça, mas então pensou em algo e rapidamente lembrou
a Vivian: "Vivi, não se esqueça de que Nina é a princesa da Ilha C. Não
podemos ofendê-la. "
"Não pretendo ofendê-la. Só quero mandá-la de volta para a Ilha C
para viver uma boa vida lá como uma princesa e se casar com um homem
poderoso. Ela não tem nada a ver com esta cidade." Vivian já havia feito um
plano e tudo estava sob seu controle.

Capítulo 376 Leve Nina de volta à Ilha C


Já eram seis horas da tarde quando Nina chegou a Spring City. O sol
escaldante do verão estava inclinado no céu, e a cor dourada estava
espalhada por todo o chão através da janela de vidro.
Carregando uma pequena bolsa nas costas, Nina voltou para sua villa
com vista para o mar com as mãos vazias. A primeira coisa que ela fez foi se
jogar na grande cama e ter um sono confortável.
A brisa do mar soprou suavemente a cortina de gaze, e a tênue luz da
lua entrou e borrifou na cama macia de Nina. Ela estava dormindo
profundamente.
O luar brilhava na superfície do mar. Um navio de cruzeiro com o
logotipo da família real da Ilha C dirigia-se lentamente para Spring City.
No convés do navio de cruzeiro estava uma mulher loira. Ela era alta e
seus olhos âmbar eram ainda mais frios do que o luar. A coisa mais óbvia
em suas feições profundas eram os lábios vermelhos.
Ela costumava ser a rainha do cinema internacional, Anne, que estava
fora do cinema há muitos anos. Agora ela era a rainha da Ilha C, e também
a mãe de Nina.
A rainha Ana, de quarenta e cinco anos, era bem mantida. À primeira
vista, ela era uma garota de pele clara de 20 anos.
Anne foi absorvida pela noite azul com a brisa do mar. Ela não voltou a
si até que ouviu passos atrás dela.
"Sua Majestade, você está sentindo falta da princesinha?" O orador era
a assistente pessoal de Anne, Rebecca. Ela ficou ao lado de Anne e olhou

Melody e seus romances


para os limites do mar e do céu com Anne. "Não se preocupe, Majestade.
Você verá a princesinha em breve."
Nina era tão fria quanto a mãe. A maioria das pessoas respeitava e
amava Nina, mas não se atrevia a chegar muito perto de Nina. Na verdade,
Anne e Nina não falavam muito.
Na verdade, Anne amava muito seus filhos. Mas ela estava ocupada
demais para acompanhar os filhos a crescer, o que tornava a relação mãe-
filha um tanto alienada.
"Minha princesinha está fora há dois anos. Eu sinto muito a falta
dela." Os olhos de Anne estavam cheios de desejo e impotência. "Rebecca, o
Leon disse que a Nina fez amizade lá e se casou."
Anne sabia claramente por que sua filha fugiu de casa naquela
época. Anne queria fechar os olhos e deixar Nina ir ao mundo exterior dar
uma olhada. Depois de algum tempo, Nina voltava sozinha e ouvia os
arranjos do casamento.
No entanto, as coisas não correram como Anne esperava. Sua
princesinha levava uma vida boa lá fora e Nina nem mesmo tinha a intenção
de voltar para a Ilha C.
Como a princesa da Ilha C poderia morar fora?
Uma semana atrás, quando os pais de Nina souberam disso, Anne
ficou furiosa. Ela já havia mandado seu povo amarrar Nina de volta à Ilha C
e, ao mesmo tempo, anunciou que esse casamento não contava.
Só quando Leon se ajoelhou na frente de seus pais e implorou por
meio dia para dizer a eles que Nina tinha uma vida livre e feliz em
Lexingport City é que sua raiva foi pacificada. Retirando a ordem de
sequestro, Anne decidiu pegar sua filha pessoalmente em Lexingport City.
Depois que este assunto foi exposto, Anne finalmente entendeu por
que ela não podia investigar o paradeiro de sua filha. Acontece que era
Leon, irmão de Nina, que estava ajudando secretamente a irmã a esconder o
paradeiro dela.
Em um acesso de raiva, Anne enviou Leon e Wynn para estudar em
outro país. Ela não permitiu que Leon contatasse Nina e até cortou a fonte
econômica de Leon.
Portanto, quando Leon deixou a Ilha C, ele não conseguiu entrar em
contato com sua irmã e contar a ela sobre isso.
Agora que Leon estava fora do país, ele só podia estar ansioso,
esperando que sua irmã estivesse segura sob o controle de sua mãe.

Melody e seus romances


"Ela tem amigos. Estou feliz por ela, mas não quero que ela se case
com alguém casualmente." Anne era um estilo de educação controlado. Ela
tinha requisitos rígidos sobre as palavras e o comportamento de seus filhos.
Ela havia investigado a família de Shi em Lexingport City, assim como
John. John era um homem poderoso e notável, mas ainda era um pouco
inferior a Vicente Nangong, o novo conde da família Nangong na Ilha C.
Mais importante, Lexingport City ficava muito longe da Ilha C. Quem
estava disposto a se casar com sua filha até agora? Se Nina fosse injustiçada
lá, Nina teria sofrido muito quando eles viessem protegê-la.
Independentemente do egoísmo de Anne ou do próprio bem de Nina,
Anne pensava que John não era a pessoa certa para Nina. Nina deveria se
casar com o conhecido Vicente Nangong, e esse casamento era conhecido de
todos na Ilha C.
Nos últimos dois anos, Vicente Nangong mostrou seu respeito à família
real. Ele anunciou que a princesinha ainda era jovem e deveria discutir
casamento quando tivesse vinte anos.
Dois anos se passaram e era hora de Nina cumprir seu dever de
princesa e discutir seu casamento com Vicente Nangong.
Depois de um momento de silêncio, Anne suspirou: "Agora a família
Nangong está esperando uma explicação. Vicente Nangong está esperando
por Nina há dois anos."
"Majestade, não se preocupe. A princesinha entenderá suas
dificuldades e voltará para a Ilha C conosco." Rebecca disse
respeitosamente.
Anne balançou a cabeça ligeiramente. "Ela é teimosa. Agora ela tem
amigos e marido em Lexingport City. É impossível para ela voltar conosco."
“Amizade não tem nada a ver com distância. A princesinha também
pode entrar em contato com suas amigas depois de retornar à Ilha C.
Quanto ao seu atual marido, segundo a investigação, ela se casou com a
identidade de um morador de Spring City, não a identidade da pequena
princesa da Ilha C. Naquela época, podemos anunciar ao público que Nina de
Spring City se afogou e morreu. " Rebecca sugeriu.
Anne de repente se iluminou e esqueceu as palavras do filho. Ela
estava ainda mais determinada a levar Nina de volta à Ilha C para deixá-la
se casar.
"Não podemos entrar em contato com as pessoas que entraram em
contato conosco primeiro?" Anne franziu a testa com a menção dessa
pessoa.

Melody e seus romances


Foi porque alguém vazou a informação que eles sabiam que sua filha
se casou em Lexingport City. Anne pediu a alguém para investigar essa
pessoa, mas eles não descobriram, afinal. Era certo que a pessoa não queria
machucar Nina, mas apenas queria que eles trouxessem Nina de volta.
"Não consigo entrar em contato com essa pessoa." Rebecca especulou:
"Essa pessoa evitou os olhos de Leon e mandou a notícia para você. A
identidade dessa pessoa não é simples, naturalmente. Não podemos obter
com precisão as informações da pessoa em outros países. Acho que a
princesinha está na casa dessa pessoa forma, e essa pessoa conhece a
identidade da princesinha e não ousa ofendê-la, então a pessoa tentou
entrar em contato com você. "
A pessoa que os contatou foi ninguém menos que Vivian, que ocultou
sua identidade. Rebecca acertou em cheio.
Anne e os outros não sabiam onde Vivian estava, mas Vivian conhecia
sua rota. Afinal, esta não era a área marítima da Ilha C.
Vivian pegou o mesmo vôo com John. Ela sabia que haveria o risco de
ser exposta e poderia se tornar uma falha. Mas quando ela viu as costas de
John no aeroporto, ela realmente não pôde deixar de querer segui-lo, então
ela mudou a passagem aérea temporariamente. No entanto, ela ainda se
conteve e escolheu as diferentes notas para evitar um encontro direto com
John.
Às vezes, quando Vivian gostava de alguém, ela se sentia feliz, desde
que pegasse o mesmo avião com ele.
Esse tipo de felicidade era muito superficial e Vivian esperava que
pudesse ser cada vez mais profunda. Ela queria morar com John e ter filhos.
Para atingir esse objetivo, Vivian teve que fazer qualquer coisa.
Parada no local onde a villa com vista para o mar de Nina podia ser
vista, os olhos de Vivian gradualmente se tornaram ferozes. Ela olhou para o
mar aparentemente calmo e sorriu tristemente.
"Nina, você pode voltar esta noite. Eles estão aqui para buscá-la. Essa
é a sua casa."
Vivian escondeu uma adaga em seu sorriso e ela desapareceu na brisa
do mar. Vivian pegou o telefone e discou um número.

Capítulo 377 Luta antes de desistir


O telefone sobre a mesa zumbia.

Melody e seus romances


Com olhos sonolentos, Nina estendeu a mão para tocar no telefone e
atendeu, mas não viu o número da rede virtual no telefone com clareza.
"Olá?"
"Nina, boa noite." A voz gentil de Vivian estava cheia de alegria, como
se ela tivesse visto um amigo que não via há dias.
"Vivian?" Nina de repente se levantou da cama, com surpresa em seus
olhos ligeiramente abertos.
Apenas as pessoas cujos números de telefone ela salvou podiam ligar
para ela. Como Vivian poderia chegar até ela?
Antes de Nina perguntar, Vivian já havia respondido sua pergunta.
"Quer saber por que posso ligar para você?" Com um sorriso amigável
no rosto, Vivian disse: "Nina, você é tão boa em se esconder. O famoso
pintor Elk é você e o hacker de alto nível Elk também é você. Acontece que
você gosta muito de alces. Não admira que haja um alce bonito pendurado
no telefone de John. "
Nina ficou pasma. Ela não esperava que Vivian tivesse descoberto sua
identidade. Nina usou o nome de Elk só porque era preguiçosa. Era difícil
escolher nomes diferentes para identidades diferentes. Além disso, havia
tantas pessoas com os mesmos nomes no mundo, o que dava um pouco de
proteção para Nina.
Ao longo dos anos, ninguém havia pensado que o pintor Elk e o hacker
Elk eram a mesma pessoa, mas desta vez, Vivian descobriu.
Nina pensou que Vivian estava se escondendo.
Com a brisa do mar soprando, Vivian olhou para o mar calmamente e
suspirou: "Eu realmente invejo você. Nina, eu realmente invejo você. Invejo
você por ter o amor de John. Invejo que ele fez um monte de coisas por
você que ele nunca fiz antes. "
Ao ouvir seu suspiro, Nina franziu a testa. Com sua observação e
compreensão de Vivian, ela sabia que era impossível para Vivian fazer tal
ligação sem motivo.
"Qual é o problema?" Nina disse sem rodeios. Ela não queria
rodeios. Foi problemático.
Vivian sorriu novamente. Em vez de responder diretamente à pergunta
de Nina, ela perguntou: "Adivinhe onde estou".
Vivian virou seu telefone para a brisa do mar, deixando que ela
soprasse em seu vestido e cabelo.

Melody e seus romances


"Continue." Ao ouvir o som do vento do mar, Nina franziu a testa e
saiu da cama para abrir a cortina. Ela olhou para a praia desabitada e o mar
sem limites. O tempo estava um pouco sombrio, como se fosse chover.
Nina abriu a janela e o vento do mar soprou, bagunçando o cabelo
dela.
O som do vento era quase igual ao que ouvira ao telefone. Nina franziu
a testa e perguntou: "Você está em Spring City?"
"Sim, você está certo. Parabéns!" Vivian sorriu e disse: "Não só eu,
John também está em Spring City."
"Você quer me dizer que ele está com você?" Com um sorriso de
escárnio, Nina lembrou o que aconteceu na noite anterior, e seu sorriso de
escárnio foi ainda mais óbvio. "Não funciona comigo. Vocês dois estavam
deitados na mesma cama apenas um pouco na noite passada e depois disso
ele quase lavou metade da pele. É impossível para ele aparecer com você ao
mesmo tempo."
O rosto de Vivian de repente ficou pálido. 'John achou que eu estava
sujo? Não fiz nada nem cheguei muito perto dele. Eu estava apenas deitado
na cama. John não gostou de mim? '
Vivian cerrou os dentes e seu rosto ficou pálido. Ela não estava tão
calma quanto antes. Ela realmente queria quebrar seu telefone.
O vento ligeiramente frio do mar a impediu de quebrar seu
telefone. Ela se forçou a se acalmar e disse em um tom leve: "Nina, você
está com raiva. Você pode acreditar nele, mas não precisa dizer isso para
me deixar triste. Você sabe que amo muito John, mas infelizmente ... . Ele
só ama você. "
Vivian disse em uma voz muito mais baixa. Originalmente, ela queria
zombar de Nina, mas não esperava que estivesse zombando de si mesma.
"Nina, John não veio comigo. Ele não sabe que estou aqui, mas tenho
uma coisa para lhe contar. Você veio para Spring City, então eu a segui e
também vim para cá. Aconteceu de pegar o mesmo avião com ele. Tenho
muita sorte. " Na verdade, Vivian não achou que fosse uma bênção de
Deus. Na verdade, foram seus próprios esforços.
Ela queria pegar o mesmo avião com John, para que pudesse fazer
isso acontecer. Outros acreditavam no destino, mas ela só acreditava em si
mesma.
Nina ficou surpresa. 'John veio para Spring City?
Por que ele veio para Spring City?

Melody e seus romances


Por que ele não me contou?
Nina colocou suas dúvidas em seu coração e compreendeu o ponto-
chave das palavras de Vivian. Ela perguntou calmamente: "O que você quer
fazer?"
"John quer te dar uma surpresa." Vivian não queria que Nina ficasse
surpresa, então ela disse de propósito: "Ele vai pedir você em casamento em
Spring City. Ele o preparou por muito tempo. Ele tem que trabalhar todos os
dias, e quando está livre , ele ordena às pessoas em Spring City que
preparem uma surpresa secretamente para você. Você deveria ter sentido
que John tem estado muito duro recentemente, certo? "
"Hmm." Nina bufou relutantemente uma resposta com a ponta do
nariz. Ela sentiu que seu humor subia e descia como uma montanha-russa.
Quando ela soube que havia uma surpresa, ela estava ansiosa por
isso. Quando Vivian lhe contou os detalhes da surpresa, ela quis tempo para
voltar para não saber qual era a surpresa.
Nina pensou em desligar o telefone com decisão, desde que Vivian
mencionasse a surpresa.
Ela sempre sentiu que Vivian estava retaliando deliberadamente.
"Vá direto ao ponto. O que você quer de mim?" Havia um toque de
impaciência na voz fria de Nina.
Ela estava esperando pela surpresa.
Embora ela soubesse que John iria propor a ela, ela não sabia como
ele iria propor. Essa também foi uma surpresa agradável.
Vivian ignorou sua ansiedade. Ela disse isso para levar a cabo seu
plano com mais facilidade.
Ela seguiu o plano em ordem e disse, desapontada: "Quero desistir.
Vejo que ele está disposto a fazer tantas mudanças por você, então
desistirei. Desisto do desejo de ocupar o coração dele. Nada à força feito vai
ser agradável. Eu não deveria forçar algo impossível. "
"Desistir?" Isso realmente chocou Nina.
O que a surpreendeu não foi que Vivian disse que queria desistir, mas
que Vivian disse que ela queria desistir. Se uma pessoa realmente quisesse
desistir de algo, ela o faria em silêncio, sem contar a ninguém.
Nina estreitou os olhos, pensando que Vivian teria outros truques.
"Sim, vou desistir." Vivian ficou deprimida por um momento e disse
séria: "Mas antes de desistir, ainda quero lutar."

Melody e seus romances


"Continue." Obviamente, Nina adivinhou. Ela ergueu as sobrancelhas e
não levou a sério.
Vivian finalmente chegou ao ponto. "Depois que John te propor
casamento, venha para a praia. Vou esperar por você em um enorme recife.
Não vou te machucar. Se você não confiar em mim, pode trazer John aqui."
Nina perguntou desconfiada: "Você me permite levá-lo comigo?"
Ela pensou: 'Não é como ela costuma fazer. Ela realmente planeja
desistir para se atrever a ficar tão calma? '
"Sim. Eu tenho uma pré-condição. Não deixe John saber que estou
aqui por enquanto. Apenas diga a ele que você quer ir à praia por um tempo
e peça a ele para ir com você." Os olhos de Vivian eram astutos, mas sua
voz estava extremamente calma.
"Você só pode pedir a John para ir com você. Se ele se recusar, você
só pode vir sozinho."
Nina queria saber quais truques Vivian iria jogar, então ela disse, "Eu
sei."
"Vejo você então. Espero que ele vá com você mais tarde, mas não
acho que ele vá." Depois de dizer isso, Vivian desligou o telefone.
Nina estava confusa.
- Como ela sabe que John não vai comigo?

Capítulo 378 Beijo você Muitas vezes


Menos de um minuto depois que o telefone foi desligado, John ligou
para Nina.
Nina atendeu o telefone com um sorriso brilhante, "Querida, boa
noite."
Ao ouvir a voz alegre de sua esposa, John sorriu. "Boa tarde, querida."
"Querida, o que foi?" Nina perguntou com um sorriso. Para não
desapontá-lo, ela teve que fingir que não sabia de nada.
De repente, ele sentiu que sua esposa era um pouco estranha. - Ela
brigou comigo ontem à noite, mas por que ela se tornou tão obediente esta
noite?
Ela se sente melhor depois de vir para Spring City?
Assim como Nelson e sua esposa dizem, mudar de lugar ajudará
alguém a mudar seu humor.

Melody e seus romances


Viajar faz as pessoas esquecerem seus problemas, então elas ainda
estão viajando por todo o mundo, deixando seus filhos por nossa conta. '
"Você fica feliz depois de ir para Spring City?" John perguntou.
Todos os anos, Nina tirava férias em Spring City, porque ela podia ver
a direção da Ilha C. Ela estava um pouco feliz, mas estava mais melancólica
porque sentia falta de casa.
A razão pela qual ela estava tão feliz era que ela estava curiosa para
saber como John iria propor.
"Sim, estou de bom humor em outro lugar." Nina contou uma mentira
branca.
Ele manteve as palavras dela em mente.
"Eu sei que você terá uma boa noite de sono depois de sair do avião e
se esquecer de jantar. Pedi um jantar para você. Agora está do lado de fora
da sua porta. Vá lá fora e pegue."
"Mesmo?" Nina ficou surpresa e saiu de chinelos. "Obrigado, querida.
Estou com muita fome."
"Não preciso que você me agradeça verbalmente. Beije-me quando me
vir." Sua voz baixa e agradável era encantadora e o rosto de Nina estava
ligeiramente vermelho.
Nina pensou: 'Ele está ficando cada vez mais sem vergonha de dizer
tais palavras de maneira casual.'
Não houve resposta ao telefone, apenas a voz do vento do mar. Então
John sorriu suavemente. "Estás a corar?"
Ele sabia muito bem que ela não suportava seu flerte direto. Mesmo
que os dois tivessem se encontrado com o corpo um do outro inúmeras
vezes, ainda era fácil para ele deixar a menina tímida com suas poucas
palavras.
"Não." Nina afagou seu rosto e retrucou seriamente: "Eu não vou
apenas beijar você quando te ver, mas também beijar você muitas vezes."
Só de pensar nisso, John estava muito animado.
"Vá buscar o jantar. Estou desligando." John desligou o telefone com
pressa e estendeu a mão para tocar seu coração, que batia rápido.
Especialmente quando ele tocou a caixa do anel em seu bolso, seu
coração bateu mais rápido.
Ele estava um pouco nervoso.

Melody e seus romances


Ele nunca tinha ficado nervoso em nenhuma grande ocasião. Ele não
esperava que, ao pedir sua esposa em casamento, ficasse nervoso como um
menino.
Ele respirou fundo várias vezes, mas não relaxou. Em vez disso, ele se
sentiu ainda mais nervoso.
Os dois estavam enredados desde que se conheceram. Depois de
saber que eram um casal, eles viveram juntos logicamente e fizeram o que
um casal faria, pulando diretamente as etapas de se apaixonar, pedir e
noivado.
A princípio, ele não achou que a proposta fosse grande coisa, mas
percebeu que era muito importante quando viu que Emma estava tão feliz
que começou a chorar por causa da proposta e ouviu que a experiência da
proposta foi inesquecível na nossa vida.
Todos experimentariam coisas diferentes todos os dias, mas muito
poucos poderiam ser inesquecíveis.
John esperava que ele e Nina tivessem muitas lembranças
inesquecíveis, para que nunca se esquecessem, mesmo na próxima
vida. Seria melhor que eles pudessem se encontrar por meio dessas
memórias inesquecíveis na próxima vida.
Portanto, ele preparou a proposta com cuidado.
Ele respirou fundo novamente e andou para frente e para trás, olhando
para a distância de vez em quando.
Richard nunca vira John tão nervoso, o que o deixava um pouco
nervoso, embora não soubesse por quê.
"Senhor, você acabou de desligar. Ainda vai demorar um pouco para a
senhora vir aqui. Não entre em pânico."
Se fosse no passado, John teria lançado um olhar frio para Richard,
mas agora era diferente. John se virou, puxou a gravata e girou na frente de
Richard.
"O que você acha do meu curativo?"
Após uma breve pausa, Richard respondeu imediatamente, "Bonito."
"Eu sei que sou bonito." John não escondeu mais seus verdadeiros
sentimentos e estava disposto a expressá-los.
"O que você quer dizer, senhor?"

Melody e seus romances


"Eu sou formal o suficiente? É adequado para essa ocasião?" John
abaixou a cabeça para olhar suas próprias roupas e Richard o seguiu para
olhar suas roupas da cabeça aos pés.
John estava usando um par de sapatos de couro brilhantes, calças
pretas, um terno bem cortado e uma camisa branca. Sua gravata azul
marinho estava meticulosamente amarrada, revelando um senso de
dignidade.
Seu rosto angular, a linha atraente da mandíbula e o pomo de Adão
ondulante exalavam o charme de um homem. Embora sua expressão fosse
tão indiferente como sempre, não conseguia esconder a ternura em seus
olhos e o leve sorriso nos cantos de sua boca.
Por causa de seu nervosismo, ele lambia os lábios de vez em quando
com a ponta da língua, deixando seus lábios um pouco vermelhos.
John estava em um lugar ligeiramente escuro, mas a luz em seu corpo
não podia ser escondida. Ele sempre fez tudo eclipsado.
"Por que ela ainda não chegou?" John levantou a mão e olhou para a
hora. Dez minutos se passaram.
"Por favor, espere um momento. Vou perguntar." Richard pegou o
telefone e ligou para o ator temporário encarregado de enviar o jantar. "A
senhora veio aqui?"
"Não, ela está seriamente comendo o jantar." O ator temporário se
escondeu no escuro e observou Nina mastigando lentamente. "Pode levar
meia hora para ela terminar o jantar."
"Meia hora?" As sobrancelhas de Richard se contraíram. Ele
secretamente olhou para John, que estava esperando ansiosamente.
Se John tivesse que esperar um pouco mais, provavelmente correria
para Nina. Todos os seus esforços seriam em vão então.
"Encontre uma maneira de fazê-la vir aqui logo." Richard não
conseguia pensar em uma maneira específica, então ele só podia colocar sua
esperança neste ator temporário.
Olhando para o telefone que havia sido desligado, o ator temporário
ficou confuso no escuro. Ele apenas agiu como um entregador.
Quando ele estava prestes a sair correndo, viu que Nina parou de
mastigar, como se tivesse mastigado algo especial.
Vendo isso, o ator ficou feliz que Nina finalmente encontrou o que
havia sido colocado no jantar e então ele não precisou sair correndo.

Melody e seus romances


Era um pedaço de papel. Nina franziu a testa e disse: "Não é um anel?
Não deveria ser um anel?"
Era totalmente diferente do que ela havia imaginado.
"Ele está planejando escrever uma nota para propor?" Nina pensou.
Ela olhou para o pedaço de papel e nem mesmo leu. Ela colocou o
jantar no chão, apontou para o lugar escuro onde o ator temporário estava
agachado e gritou: "Você, onde está John?"
O ator ficou sem palavras. 'Você tem olhos afiados? Você me viu? '
Sabendo da surpresa da proposta de John, Nina ficou de olho. Embora
estivesse comendo, ela olhou para o ator com o canto dos olhos e soube
onde ele estava escondido.
"Saia. Eu vejo você." Nina disse, desamparada: "Tudo bem se você
não sair. Aponte para a rota".
O ator estendeu a mão na penumbra para mostrar a direção. A luz da
villa só iluminava sua mão.
Nina foi direto ao destino, ignorando o sinal do personagem cômico
parado em silêncio na escuridão.

Capítulo 379 Está Quente


Nina caminhou na direção indicada pelo ator e chegou a um lugar que
ficava a certa distância do mar. Em ambos os lados da estrada, havia
pequenas árvores da altura de pessoas. Pequenas luzes coloridas piscaram e
havia brilho na frente dela.
Depois de caminhar por alguns minutos, Nina não conseguia sentir o
forte vento do mar, apenas a brisa. Ela olhou para trás e não conseguiu ver
o mar.
Parte do mar estava bloqueado pelo enorme recife e o resto estava
escuro.
Sentada no recife, Vivian se escondeu na noite escura. Embora Nina
não pudesse vê-la, ela podia ver a pequena figura de Nina com as luzes
coloridas piscando.
Nina apenas olhou ao redor casualmente e continuou a andar alguns
passos à frente. Ela viu John parado a dez metros de distância, segurando
um buquê de rosas nas mãos. Ele estava tão nervoso que suas pernas
estavam fechadas.

Melody e seus romances


Ao mesmo tempo, John também viu sua esposa chegando
lentamente. Ele imediatamente ajeitou o colarinho e se aproximou com o
buquê de flores nas mãos.
"Querida, aqui está você." John entregou as rosas para Nina.
A fragrância das flores e do homem bonito deixou Nina animada. Ela
pegou as rosas com expectativa e ficou olhando para as pétalas. Sem ver o
anel, ela estendeu a mão para encontrá-lo.
Como resultado, havia apenas rosas sem mais nada.
"O que você está procurando?" John sentiu que algo estava errado
com sua esposa.
- As surpresas no caminho não cativaram seu coração? Ou ela não
entendeu as palavras escritas no papel porque havia algo errado com elas? '
"Nada." Nina respondeu. Ela olhou em volta das rosas novamente,
mas ainda não conseguia encontrar o anel.
Seu rosto mudou. Ela tinha certeza de que não encontrou o anel no
jantar ou nas rosas.
"Querida, você sabe como me sinto agora?" Nina parou de procurar o
anel. Ela franziu os lábios e disse tristemente: "Meu coração está tão frio.
Não vi o anel de casamento no jantar e meu coração estava frio. Então não
encontrei o anel nas rosas e meu coração agora está completamente frio .
Estou desapontado. Você não pode aquecer meu coração. "
Com um bufo, Nina enfiou as rosas de volta na mão de John e se
virou.
Ele não sabia o que estava errado.
Ele não mencionou nada sobre a proposta. Ele se perguntou como ela
sabia disso.
"Meu coração está muito frio. Você não consegue nem aquecê-
lo." Com o canto dos olhos, Nina olhou para John. Ela viu que ele franziu a
testa ligeiramente e suas sobrancelhas relaxaram em um piscar de
olhos. Parecia que ele havia pensado em uma maneira de fazê-la feliz.
John colocou as flores a seus pés e ergueu a mão para sinalizar aos
outros para irem embora. Então ele tirou o casaco e casualmente o jogou no
chão, bem ao lado das rosas.
Os olhos de Nina se arregalaram em choque.
"Bem, eu te perdôo." Nina engoliu em seco e disse: "Está quente
agora. Você aqueceu".

Melody e seus romances


"Não está frio agora?" John sorriu maliciosamente.
A meio metro dele, Nina se sentiu muito mais quente com a brisa.
Ela cedeu a John.
Ela realmente cedeu a este homem.
Ele sabia que ela não tinha resistência aos músculos abdominais, então
costumava usar esse truque e funcionava.
"Não está frio. Está quente." Ela piscou o olho esquerdo e estava
prestes a estender a mão, mas sua mão foi pega por ele.
Ele agarrou seu pulso e puxou-a para seus braços. Ele a ergueu
suavemente e eles ficaram cara a cara. Ela podia sentir o calor de sua
respiração.
Ela sentia calor em seu coração agora.
Não apenas seu coração, mas também todo o seu corpo estava
quente.
A temperatura de John foi transmitida ao corpo de Nina através de
suas roupas finas. Não havia mais ninguém por perto. Eles só podiam ouvir
a respiração um do outro e o batimento cardíaco irregular.
O batimento cardíaco constante de Nina acelerava sempre que ela
estava perto dele.
Foi o mesmo com John.
"Querida, você ouviu isso? Cada vez que encontrar você, será muito
feliz." John colocou a palma da mão de Nina em seu coração. Havia um leve
sorriso em seu rosto e ternura e afeto em seus olhos, mostrando seu
profundo amor por ela.
Ele ergueu a mão esquerda para segurar a nuca dela e tirou uma caixa
do bolso com a mão direita. Ele abriu a caixa agilmente com os dedos e tirou
o anel. A caixa caiu suavemente no chão e rolou para o lado, como se para
dar espaço suficiente.
Embora Nina não tenha encontrado nenhuma surpresa no caminho,
isso não afetou a ideia de John de pedir em casamento durante o beijo.
Foi por isso que ele disse a Nina especialmente que queria que ela o
beijasse quando se conhecessem.
Obviamente, Nina não levou suas palavras a sério. Ela nem mesmo
levou suas próprias palavras a sério.
Ela disse que o beijaria muitas vezes. John suspirou em seu coração.

Melody e seus romances


Essa era sua esposa e ele só podia aceitar isso.
Os dedos de John gradualmente se aproximaram da mão esquerda de
Nina. Ele segurou essa mão inúmeras vezes quando eles estavam andando,
em um carro e dormindo. Enquanto sua mão se aproximasse da dela
suavemente, ele encontraria com precisão seu dedo anelar.
Dizia-se que havia um vaso sanguíneo no dedo anular da mão
esquerda que se conectava diretamente ao coração. John esperava que este
anel pudesse conectar os corações deles para sempre.
Sentindo algo frio, Nina pensou que era algo desconhecido e
reflexivamente retraiu o dedo. John rapidamente colocou o anel em seu
dedo anelar, sem lhe dar qualquer chance de recuar.
O anel frio em seu dedo foi gradualmente aquecido por seu dedo e sua
mão grande.
Em um instante, seus cílios tremeram levemente e ela lentamente
abriu os olhos.
Seus lábios deixaram os dela e ele tocou sua cabeça com um sorriso.
"Querida eu amo-te." Com os olhos vermelhos, Nina se jogou nos
braços de John, com os braços em volta da cintura dele.
Ela estava feliz por finalmente ter conseguido o anel. Ele colocou o
anel em seu dedo.
O casamento deles foi como uma piada no começo. Havia apenas
certidões de casamento, sem alianças ou cerimônia de casamento.
Agora havia finalmente um anel.
"Eu disse que era casado antes, mas ninguém acreditou em mim.
Agora, se alguém não acreditar em mim, vou mostrar a eles minha
mão." Nina se esfregou contra o corpo de John com um sorriso.
"Você é tão amável." Ele deu uma risadinha.
Ela ergueu o queixo e bufou, "Claro."
"Minha garotinha", disse John com um sorriso, dando tapinhas nas
costas de Nina. "Eu preparei a proposta há muito tempo, mas ainda está
perturbada por você. Não importa o que eu faça, você sempre faz algo fora
da minha expectativa."
"Então, há outras surpresas?" Nina piscou com curiosidade.
"A caminho daqui." Então ele beliscou seu rosto, deu um tapinha em
seu ombro e disse: "Volte e caminhe novamente."

Melody e seus romances


Olhando para a estrada escura, Nina achou que seria problemático
para ela correr de volta e andar devagar de novo, então ela fez beicinho e
disse: "Quero ver as surpresas daqui."
Com um sorriso afetuoso, John disse: "Então será ao contrário."
"Não importa. Talvez seja outra história." Com entusiasmo e
curiosidade, Nina se aproximou.
Então ele pegou suas roupas e colocou uma das mãos no bolso da
calça, olhando para a figura dela.

Capítulo 380 desenhou uma história deles


Nina caminhou até a luz fraca e olhou para a estrada de madeira à sua
frente. Ela olhou atentamente para os dois lados e descobriu que havia um
sinal de meio metro de altura em ambos os lados.
Ela estendeu a mão e tocou a placa, e a escuridão na frente dela de
repente ficou clara. As placas de ambos os lados da estrada estavam acesas
em ordem, como as luzes se acendem uma após a outra à noite, iluminando
toda a estrada tortuosa.
Esses sinais eram diferentes dos sinais comuns. Todos eram
personagens cômicos e pareciam-se com ela e John.
Dois personagens cômicos na primeira placa estavam se beijando
enquanto seguravam um coala. Ao lado deles, havia uma linha vigorosa e
poderosa: Querida, lembre-se de me beijar quando me ver.
Assim que Nina viu, ela soube que foi John quem o escreveu. Ela caiu
na gargalhada e olhou para os quadrinhos com posturas diferentes de ambos
os lados. Todos eles eram o passado dela e de John.
Nina, que era boa observadora, também viu um pouco do estilo de
John nas falas dos personagens dos quadrinhos. Ela se virou e perguntou ao
homem atrás dela: "Você desenhou?"
"Sim. Nada mal, certo?" John ergueu as sobrancelhas e olhou para sua
obra-prima com satisfação. "Desenhei um livro inteiro com uma caneta."
"Você desenhou um livro inteiro?" Nina ficou surpresa. Ela se virou e
se jogou nos braços do homem. Ela levantou a cabeça e sorriu: "Você pode
me dar o rascunho?"
John abaixou a cabeça e olhou para sua filha em seus braços, que
estava agindo como uma criança mimada. Uma sugestão de astúcia passou
por seus olhos. "Você quer o rascunho?"
"Sim." Nina assentiu pesadamente.

Melody e seus romances


John sorriu fracamente e disse: "Não".
"Por quê?" Nina fez beicinho infeliz. Não que ela parecesse coquete,
mas ela realmente sacudia o corpo e agia coquete. "Querida, apenas me dê
o seu esboço. Eu quero. Você pode dar para mim? Por favor, querido."
Depois de dizer isso, Nina ficou na ponta dos pés e beijou o canto da
boca de John. Seus olhos úmidos brilharam com um desejo lamentável.
"Não." Não importa o quanto ela fingisse ser lamentável, John ainda
balançou a cabeça e recusou.
Naquela época, John havia encadernado o rascunho em um livro,
então o manteve útil.
Vendo que ele não se comoveu, o sorriso insinuante no rosto de Nina
desapareceu em um instante. Ela bufou, descontente, e disse: "Se você não
me der, não vou pedir."
Nina afrouxou o aperto em seu pescoço e olhou para ele.
John não sabia se chorava ou ria. Quando ela queria alguma coisa, ela
implorava como uma criança mimada, e se ele não lhe dava, ela
simplesmente ficava lá e lhe dava uma cara fria.
Sua garotinha era tão fofa.
"Não é grande coisa. Eu não quero isso. Posso desenhar sozinho." De
costas para John, Nina pegou seu celular e tirou fotos de todas as imagens
nítidas.
A duplicidade de sua mente divertiu John em rir em voz baixa. Ele
ergueu a mão para tocar os lábios, mas não disse nada para expô-la. Ele
apenas a observou entrar com seu telefone, tirando fotos dos dois lados,
lado a lado e de cima para baixo. Nenhum deles foi perdido desde a visão de
longo alcance até a visão de perto.
Nina voltou pela estrada. John não a seguiu porque quanto mais longe
ela ia, mais perto estava do mar.
Foi preciso muita coragem para John vir para Spring City, era um lugar
não muito longe do mar.
O dano que ele sofreu deixou uma sombra em seu coração. Por causa
da falta de tratamento oportuno, a semente continuou a brotar em uma
grande árvore. Não foi um dia de trabalho arrancar a árvore profundamente
enraizada em seu coração.

Melody e seus romances


Nina olhou para as placas dos dois lados. Parecia mais uma história em
quadrinhos do que um sinal. Juntos, era uma história dela e John se
apaixonaram.
Ela olhou para frente por trás. Quando ela chegou ao fim da estrada, a
placa mostrava a primeira vez que os dois se encontraram.
O rosto de John estava sombrio e assustador, e o rosto de Nina ficou
vermelho enquanto ela olhava para seus músculos abdominais.
Nina tirou a última foto. Ao longo do caminho, parecia reproduzir. Eles
estavam gradualmente se tornando estranhos de familiares.
Esse pensamento passou por sua mente.
"Ah ..." De repente, Nina sentiu uma dor na cabeça. Ela fechou os
olhos e soltou um leve grito. O estranho sonho apareceu em sua mente
novamente.
Mesmo que desaparecesse em um instante, Nina ainda podia sentir.
Desta vez, ela não sonhou quando estava dormindo, mas sentiu
claramente em um flash.
"É estranho." Nina ergueu a mão e esfregou as têmporas.
Seu telefone tocou.
Era um novo número virtual.
Tocou apenas por três segundos e desligou.
Nina sabia que foi Vivian quem a lembrou de propósito para não
esquecer o acordo.
Nina olhou para o telefone com indiferença e voltou para procurar
John. Em seguida, ela verificou todos os sinais do início ao fim.
Com a cabeça confusa, ela perdeu a primeira chance de ver a
sequência positiva, então ela só podia se virar para dar uma olhada. Eles
estavam gradualmente se tornando estranhos de familiares, e desta vez ela
se aproximou, de estranho a familiar.
O fim familiar era John.
Ele já tinha se arrumado e esperava por Nina com o buquê de rosas
nas mãos. Algumas pétalas foram deixadas no chão.
Nina estava em transe, John estava esperando por ela aqui repetidas
vezes, esperando que ela se tornasse conhecida de estranhos.

Melody e seus romances


"Bem-vinda de volta, querida." John se aproximou de Nina com as
flores nos braços. Parado na frente de Nina, ele se abaixou e a beijou antes
de entregar as flores para ela.
Após pegar a flor, Nina a entregou a John. "Desta vez, fui eu quem
pediu para você segurar para mim. Estou tão cansada de segurar. Quero
segurar sua mão."
Antes de terminar de falar, Nina colocou a mão na palma da mão dele
e os dedos dela passaram por entre os dedos dele e os segurou com força.
"OK." John segurou as flores com a mão esquerda e segurou-a com a
direita, pronto para ir para o carro.
Mas Nina de repente o parou e disse: "Vamos ver o mar e ver como
fica à noite."
"Cuidado com o mar?" Houve um momento de palpitação no coração
de John, que estava bem escondido em seus olhos. Ele não se moveu,
apenas riu. "Não me diga que você não viu o mar à noite."
"Eu vi isso." Percebendo sua recusa, a expressão de Nina mudou. Ela
continuou a apertar sua mão com um sorriso. "Eu não vi isso com você."
John franziu os lábios e não disse nada.
Ele também queria ver o mar com ela.
Mas ele não conseguiu superar o medo em seu coração.
Depois de um momento de silêncio, John prometeu: "Nas próximas
férias de verão, vou assistir com você enquanto puder."
Ainda faltava um ano para as férias de verão do ano seguinte. Ele
procuraria um psicólogo o mais rápido possível e cooperaria ativamente com
o tratamento.
Ele nem queria dar esse passo antes.
Mas olhando nos olhos expectantes de sua filha, ele estava disposto a
dar este passo.
Mesmo que ele enfrentasse o medo profundo em seu coração.
"Próximo ano?" Os olhos de Nina piscaram. Por que Vivian tinha tanta
certeza de que John não queria ir para a praia com ela?
Havia algum segredo que Nina não sabia sobre John?
"Próximo ano." John esfregou a cabeça de Nina, seus olhos piscando
como se ele estivesse pensando em algo importante.

Melody e seus romances


Vendo isso, Nina acenou com a cabeça e disse: "Ok, você tem que
olhar o mar comigo nas próximas férias de verão. Mas espere por mim aqui.
Tenho algo para fazer e voltarei em breve"
"Qual é o problema?" John segurou sua mão e estava preocupado com
ela.
No entanto, John já havia dito a Richard e outros para ficar o mais
longe possível dele e de Nina. Eles não podiam ser vistos em um quilômetro.
Nina disse vagamente: "Só tenho algo com que lidar. Espere por mim".
Então, Nina se virou para procurar Vivian.

Capítulo 381 Quero fazer uma aposta com


você
Sentada no recife, Vivian estava curtindo a brisa do mar. Quando ela
ouviu passos atrás dela, ela sorriu sinistramente.
"Nina, você sente falta de casa?" Vivian perguntou com uma voz
suave, olhando para frente com olhos ardentes. "Se sua família vier buscá-
lo, você vai voltar?"
Nina sentiu que o comportamento de Vivian era muito estranho. Ela
parecia estar conversando com amigos. Ela não foi afetada, como se
realmente se importasse com Nina.
"Não, não vou." Nina disse com firmeza: "Eu estarei onde ele estiver."
"Sim, onde quer que John esteja, você está com ele, mas agora você
está aqui e ele não veio com você." Com um sorriso gentil, Vivian se
levantou e olhou para Nina.
Depois de ficar no escuro por um longo tempo, eles se adaptariam
gradualmente à escuridão. Ambos podiam ver vagamente o contorno e o
rosto um do outro.
Mesmo na noite escura, o temperamento especial de Nina ainda não
podia ser ignorado e o ciúme no coração de Vivian era ainda maior.
Ela apenas se culpava por não ter uma vida tão boa quanto a de
Nina. Ela não nasceu em uma boa família, não tinha um rosto bonito e não
era rica.
Ela não tinha tantas coisas, então pensou que deveria conseguir
aquela de que gostava.

Melody e seus romances


Os olhos de Vivian eram insondáveis. Ela olhou para Nina por um
momento e disse: "Nina, você não está curiosa por que John não veio com
você?"
Para ser honesto, Nina estava curiosa.
No entanto, ela esperava ouvir a resposta a essa pergunta de John,
não de outras pessoas.
"Eu não preciso que ele fique comigo o tempo todo." Nina olhou para
Vivian calmamente e viu seu sorriso de escárnio.
Ignorando o escárnio de Vivian, Nina disse sem rodeios, "Diga-me o
que você quer?"
Vivian balançou a cabeça e disse tristemente: "Acontece que John não
disse nada a você. Achei que ele diria tudo a você e nunca esconderia nada
de você. Parece que superestimei o amor dele por você. Então minha luta
esta noite pode ser o meu renascimento. "
Seu olhar confiante confundiu Nina. "Todo mundo tem segredos. É
estranho?"
O sorriso nos cantos da boca de Vivian congelou e ela ficou sem
palavras.
'Ela não se importa?
Ou ela está apenas fingindo que não se importa?
"Não deveria haver um segredo entre um casal." Vivian zombou em
seu coração. Ela achava que toda mulher se importava com os segredos de
seu marido. Ela imaginou que Nina devia estar fingindo ser generosa na
frente dela de propósito.
"Vivian, você foi casada?"
Intrigada, Vivian olhou para os olhos meio sorridentes de Nina e
perguntou: "O que você quer dizer?"
"Você nunca foi casado. Você não sabe nada sobre um casal." As
palavras de Vivian deixaram Nina impaciente. Nina lamentou ter concordado
com o pedido de Vivian.
"Vivian, é melhor você se casar primeiro e depois falar sobre isso
comigo, caso contrário, não finja saber muito aqui."
"Você ..." O rosto de Vivian ficou pálido e ela ficou sem palavras.
Vivian tinha planejado ter uma boa conversa com Nina e fazê-la partir
com ciúme, mas ela não esperava que Nina não fizesse o que ela planejava.

Melody e seus romances


Vivian pensou: 'Nina, já que você não me faz cara feia, não me culpe
por ser implacável'.
"Eu quero fazer uma aposta com você." Vivian parou Nina, que estava
prestes a sair.
"Uma aposta? Por que eu deveria apostar com você? Estou muito
livre? É chato."
Nina não queria falar com ela.
"Nina, você realmente acha que é importante para Albert?" Vivian
estava um pouco ansiosa e levantou a voz. A brisa do mar estava forte e
logo se dissipou.
O vento à beira-mar estava muito mais forte do que antes e parecia
que uma tempestade estava chegando.
"Vai chover. Não tenho tempo para conversar com você aqui. Estou
indo embora." Cada vez que chovia, John tinha pesadelos. Nina havia
prometido a ele que o acompanharia quando chovesse.
Nina se virou com pressa e estava prestes a sair, mas foi interrompida
por Vivian. O céu azul escureceu gradualmente e nuvens escuras
surgiram. Algumas gotas de chuva caíram nos braços dos dois.
Finas gotas de chuva começaram a cair do céu e o vento forte
soprava, despenteando os cabelos das duas mulheres.
"Vivian, não me empurre. Afrouxe sua mão." Nina olhou feio para
Vivian e olhou ansiosamente na direção de John. Ela ainda podia ver John
parado na luz e esperando por ela.
"Nina, é só uma aposta." Vivian agarrou o pulso de Nina e se recusou
a deixá-la ir. "Se nós dois cairmos no mar ao mesmo tempo, quem você
acha que ele salvará?"
"Vivian, você está louca?" Com uma expressão de descrença no rosto,
Nina disse: "Você não é a mãe de John. Ele não vai te salvar."
"Sim, eu admito que ele não se preocupa com a minha vida, mas você
acha que ele se preocupa com a sua vida?" Vivian apostou que era
impossível para John superar o medo da água em pouco tempo e ir para o
mar para salvar Nina.
Além disso, ela havia organizado outra coisa.
Nesse momento, era provável que Sam já soubesse sobre o divórcio
de Jessica. Vivian adivinhou que ele ficaria com tanta raiva que ficaria
gravemente doente ou até mesmo morreria.

Melody e seus romances


"Ele não vai me deixar em paz." Ela acreditava em John. Ela se
lembrou de que John veio de um lugar distante para salvá-la do
perigo. Naquela época, o relacionamento deles não era tão profundo quanto
agora.
Nina disse palavra por palavra: "Ele me salvou no passado e agora
também."
"Como você disse, foi no passado. Nina, você sabe que os homens vão
mudar? Assim que ele te pegar, ele não vai mais te valorizar. Ele te salvou
no passado, mas isso não significa que ele vai te salvar agora." Vendo o
olhar indagador nos olhos de Nina, Vivian continuou a dizer.
"Eu faço esta aposta não por mim, mas por você, para que você possa
ver claramente se os homens realmente mudarão. Você é a princesa da Ilha
C, então você é boa em nadar. Mesmo se você cair no mar, você pode nadar
de volta para a costa. Do que você tem medo?
Se John vier salvá-lo, realmente desistirei. Se ele não vier para te
salvar, significa apenas que você não é importante para ele, assim como
eu. Nesse momento, vamos competir de forma justa uns com os outros em
nossas próprias habilidades. "
Nina ficou imóvel, seus olhos gradualmente se tornando profundos e
ela foi influenciada.
Os dois se entreolharam com pensamentos diferentes.
À medida que a chuva ficava mais forte, eles podiam sentir claramente
o frio da chuva em suas peles.
O telefone de Nina tocou.
Foi um telefonema de John.
Foi esse telefonema que fez a hesitação de Nina desaparecer. Como
ela poderia duvidar de John?
Nina se livrou da mão de Vivian e atendeu ao telefone.
"Querida, está chovendo." A voz profunda do homem veio através do
telefone. John estava procurando ansiosamente por Nina.
"Encontre um lugar para se esconder da chuva. Não tenha medo. Vou
procurá-lo imediatamente." Nina também estava nervosa. Ela estava com
medo de que John ficasse com medo.
Vendo que seu plano estava prestes a falhar, Vivian não teve outra
escolha. Ela segurou Nina nos braços e caíram no mar juntas.

Melody e seus romances


"Ah!" Nina soltou um grito. Sua voz passou pelo telefone e chegou aos
ouvidos de John.
"O que há de errado?" John ergueu os olhos nervosamente, apenas
para descobrir que estava escuro em todos os lugares.
Então ele ouviu o som de uma queda na água no telefone.
O som era como um túnel espacial, trazendo-o de volta ao seu
aniversário de dez anos. O medo imediatamente se espalhou por seus
membros. Seu corpo endureceu gradualmente e seus lábios ligeiramente
brancos se abriram, mas ele não gritou as palavras que queria dizer.
Com um aperto de mão, o telefone de John caiu no chão.

Capítulo 382 Ele não a salvou. Ele mentiu


para ela.
Vivian e Nina caíram no mar juntas.
Vivian estava mentalmente preparada e sem problemas. No entanto,
Nina foi forçada a beber dois goles de água do mar antes de estourar a
cabeça e tossir várias vezes no mar.
De repente, começou a chover cães e gatos. A chuva caiu em seus
rostos, fazendo com que doessem um pouco, e o vento soprava ainda mais
frio.
A chuva estava ficando cada vez mais forte no mar, causando ondas
uma após a outra. De acordo com isso, haveria grandes ondas depois.
Eles tiveram que nadar de volta para a costa o mais rápido possível.
Sem nem mesmo olhar para Vivian, Nina nadou direto para a
costa. Depois que Nina nadou um pouco, ela foi bloqueada por Vivian.
"Nina, você está aqui agora. Não quer tentar? Prometo que John não
virá para salvá-la."
O som da chuva estava tão alto que Nina não ouviu claramente o que
Vivian estava dizendo. Vivian se virou e gritou por ajuda para a costa.
"Socorro! Socorro! Alguém caiu no mar!"
A voz de Vivian era tão suave que não era tão penetrante a ponto de
resistir ao som da chuva torrencial, e então chegou aos ouvidos de John.
Era verdade que a voz de Vivian sozinha não conseguia chegar aos
ouvidos de John, mas as vozes dos três definitivamente podiam ser ouvidas.

Melody e seus romances


Vivian estava bem preparada. O grito de socorro não era para John,
mas para as pessoas que ela conseguiu ouvir.
Com certeza, houve um grito de pânico vindo da costa. O som não era
ordenado, e o único ordenado era que gritavam na mesma direção.
"Você arranjou alguém?" Nina estreitou seus olhos perigosos.
"Sim, eu só quero que você saiba que você tem o mesmo status que
eu no coração de John. Você é apenas uma pessoa dispensável." Vivian
sentiu muito frio, cerrou os dentes e disse teimosamente: "Se você não
acredita em mim, espere e veja se ele virá salvá-la".
"Eu não vou testá-lo." Esse era o resultado final de Nina. Ela nunca
testaria um relacionamento facilmente.
Porque ela também temia que o relacionamento não resistisse ao
teste.
Nina nadou em direção à costa com todas as forças.
Desta vez, Vivian não a impediu e desceu com ela.
Eles caíram no mar do recife. Se eles quisessem desembarcar, teriam
que contornar este enorme recife.
Contanto que eles contornassem este enorme recife, eles podiam ver
claramente o lugar onde as luzes coloridas estavam brilhando, e o lugar
onde John estava parado na chuva, esperando alguém voltar. Ele já estava
todo molhado.
Nina estava no escuro, então ela podia ver a luz, mas estava escuro ao
redor de Nina.
"Nina, não entre em pânico. Alguém vai dizer a John que você caiu no
mar. Veja se ele vem para salvá-la." Vivian se regozijou com a figura imóvel
à distância.
John ficou imóvel como uma estátua, mas suas mãos tremiam
ligeiramente.
A chuva caiu sobre ele. Ele não conseguia ver o mar escuro, mas
conseguia pensar na cena do mar subindo. Desta vez, isso causou medo em
seu coração repetidamente, mas ele não poderia escapar antes que Nina
voltasse.
Ele prometeu esperar por sua filha aqui.
Uma turista com roupas semi-molhadas na cabeça correu em direção a
John. Ela apontou para o mar em pânico e gesticulou por um longo tempo.

Melody e seus romances


Nina não conseguia ouvir claramente o que ela havia dito a John
àquela distância.
A chuva forte parecia uma cortina, bloqueando a visão de Nina. Ela
não conseguia nem ver o contorno de John.
"Nina, eu prometo que meu pessoal descreverá sua figura e aparência.
John deve saber que você caiu na água. Posso lhe garantir que ele não virá
para salvá-la." A voz de Vivian soou novamente.
Nina disse irritada: "Cale a boca."
Nina estava olhando para a sombra borrada de John, mas ela não o viu
se movendo dessa maneira.
Nina ficou nervosa e não pôde deixar de acreditar na promessa de
Vivian.
"O que você sabe?" Nina questionou.
"Eu sei de uma coisa, mas como John não quer te contar, não posso te
dizer, ou John vai me odiar." Vivian de repente caiu na gargalhada.
Porque ela viu que John já havia partido.
"Nina, você vê, John não virá para salvá-la." Apontando para um lugar
vazio, Vivian zombou: "Você é tão insignificante quanto eu no coração de
John. Ele foi embora".
Vivian não escondeu mais sua alegria. Seu plano deu certo. Ela não
pôde deixar de repetir para Nina: "John se foi. Ele se foi. Ele não virá para
salvá-la".
Nina virou a cabeça e viu que o lugar onde John estivera já estava
vazio. Não havia nem sombra negra por trás da chuva forte.
John foi embora.
Nina entrou em pânico como se algo estivesse faltando em seu
coração.
"John tem medo de chuva. Eu pedi a ele para se abrigar da chuva
primeiro." Nina explicou em voz muito mais baixa, obviamente falta de
confiança.
"John tem medo de chuva?" Vivian riu mais desenfreadamente. "Nina,
John não tem medo de chuva. Você nem sabe disso, ou John mentiu para
você?"
"Ele não tem medo da chuva porque você disse que ele não tem
medo?" Nina teimosamente protegeu sua confiança.

Melody e seus romances


Vivian tinha pensado em todo tipo de coisa, mas ela não esperava que
John contasse uma história sobre ele ter medo de água porque ele
realmente tinha medo de chuva.
Comparado a não dizer nada, o engano deixou as pessoas mais tristes.
Vivian aproveitou este ponto e deu um golpe fatal em Nina. "Nina, se
você acha que estou mentindo para você, pode perguntar a James. Ele não
vai mentir para você."
Então Vivian nadou em direção à costa.
Nina também desembarcou.
Havia uma mulher na praia, segurando um guarda-chuva e esperando
por Vivian. Quando ela viu Vivian, ela imediatamente caminhou até Vivian,
colocou uma toalha de banho limpa em volta de Vivian e sussurrou no
ouvido de Vivian.
"John voltou assim que recebeu a notícia do hospital, mas deixou uma
guarda-costas esperando por Nina."
"Encontre uma maneira de mandá-la embora." Vivian ordenou em voz
baixa, indicando que ela o fizesse o mais rápido possível.
A mulher recuou imediatamente.
Com um guarda-chuva na mão, Vivian alcançou Nina e deu a Nina
metade do guarda-chuva para bloquear a chuva. A chuva caiu sobre o
guarda-chuva, como se caísse no coração de Nina, que estava prestes a
afundar.
Nina caminhou na estrada de madeira. A luz ainda estava acesa na
chuva e os sinais ainda eram neutros com o vento. Apenas a pessoa que
estava ali havia sumido.
As rosas se espalharam pelo chão e a areia respingou no papel que
envolvia as flores. Era como uma parede há muito abandonada com
manchas de mofo. As pétalas murchas se espalharam, deixando a chuva
derrubá-las no chão.
Havia pegadas do homem que deixou nele.
John saiu sem dizer uma palavra.
Nina só sentiu que o vento daquela noite estava frio e a chuva
perfurava os ossos. Ela pegou o celular, mas estava encharcado no mar e
não podia ser ligado.

Melody e seus romances


"Use o meu." Vivian pegou o telefone e até encontrou o número de
telefone de James, "Eu sei que você não acredita em mim. Então você pode
verificar você mesmo. John está mentindo para você?"
Depois de hesitar um pouco, Nina finalmente pegou o telefone.
"Quem é? Por que você me liga à noite? É perturbador!" James rugiu
com raiva.
Nina disse calmamente: "Eu".
"Tia Nina?" James imediatamente se tornou obediente e perguntou:
"Tia Nina, o que posso fazer por você?"
"Eu ..." a voz de Nina fez uma pausa. "John tem medo de chuva?"
"Ele não tem medo. Ele é um homem. Por que ele tem medo da
chuva?" Batendo no peito, James prometeu: "Tio John não tem medo de
chuva. Ah, tia Nina, meu pai me ligou. Se não houver mais nada, vou
desligar primeiro. É a primeira vez que meu pai me ligou. Deve seja algo
urgente. Tchau, tia Nina. "
James estava com pressa de desligar o telefone.
O bip no ouvido de Nina não trouxe seus pensamentos de volta. As
palavras de James continuaram pairando em sua mente.
'John não tem medo de chuva.
Ele mentiu para mim.'

Capítulo 383 Nina está grávida


As roupas encharcadas de chuva e água do mar estavam muito frias, e
uma rajada de vento soprou, fazendo os dentes de Nina tremerem.
"Nina, você está bem?" Vivian perguntou indiferente.
Havia apenas escuridão sem fim na frente de Nina. Estava tão escuro
que ela não conseguia respirar. Seus olhos escureceram e ela desmaiou.
Vivian deu meio passo para trás e Nina errou seu corpo e caiu no
chão. A chuva bateu impiedosamente em seu rosto pálido e corpo molhado.
“Você está desmaiando agora? É realmente inútil.” Vivian lançou um
olhar desdenhoso para Nina e discou um número.
"Olá, você está chegando ao cais de Spring City? Alguém viu Nina
desmaiando por perto. Venha salvá-la o mais rápido possível." Vivian usou
um trocador de voz para que fosse impossível dizer se a voz de Vivian era de
um homem ou de uma mulher .

Melody e seus romances


Assim que terminou de falar, Vivian jogou o telefone no mar, deu
meia-volta e saiu orgulhosa.
Vivian também teve que voltar para Lexingport City naquela
noite. Mandar Nina embora era apenas metade do plano, e ainda havia
metade do tempo que ela esperava para resolver.
"Anne, aquela pessoa nos chamou novamente e disse que a
princesinha desmaiou perto do cais de Spring City." Assim que Rebecca
recebeu o telefonema, ela imediatamente contou a notícia a Anne.
Quando Anne soube que sua filha desmaiou, ficou tão ansiosa que
desembarcou no iate. Ela procurou muito à beira-mar por dez minutos e viu
Nina deitada na chuva, morrendo.
Como diz o ditado, os corações de uma mãe e de uma filha estavam se
unindo. Mesmo que fosse apenas uma volta, Anne podia ter certeza de que
era sua filha que havia desaparecido por dois anos.
"Nina! Nina!" A pupila de Anne encolheu. Independentemente da
dissuasão de Rebecca, ela correu para a chuva e correu para a pessoa no
chão.
Nina foi soprada pelo vento e pela chuva por muito tempo. Seu rosto
estava pálido como um pedaço de papel e seu corpo estava frio como
gelo. Assim que Anne tocou seu corpo, Anne ficou tão triste que as lágrimas
rolaram em seus olhos.
"Acorde, Nina! Mamãe está aqui! Mamãe está aqui!" Anne pegou a
filha nervosamente. Nesse momento, outros também apareceram. Alguém
assumiu o controle de Nina e embarcou no navio de cruzeiro que acabava de
desembarcar.
"Doutor, chame o médico." Rebecca se virou e pediu a alguém que
chamasse o médico que a acompanhou até aqui.
Nina foi cuidadosamente colocada na cama. Anne mudou as roupas da
filha e a cobriu com a colcha. Ela se sentou na beira da cama e segurou a
mão da filha.
"Nina, por favor, não corra perigo. Estou aqui com você." Com os olhos
vermelhos, Anne continuou esfregando as mãos frias da filha, mas o médico
ainda não apareceu. Ela repreendeu impacientemente: "Por que o médico
ainda não apareceu? O médico é uma tartaruga?"
"Lá vem o médico." Rebecca apareceu na porta com o médico.

Melody e seus romances


"Se apresse!" Anne ficou com raiva e olhou para a médica com olhos
frios. A médica imediatamente curvou-se e sentou-se para examinar o corpo
da pequena princesa.
Anne estava esperando ansiosamente. Ela nunca desviou o olhar da
mulher fraca na cama, independentemente de seu corpo molhado e
desconfortável.
"Rainha Ana, a princesinha goza de boa saúde desde criança. Ela vai
ficar bem. Pelo contrário, você precisa tomar um banho quente e trocar de
roupa, caso ela fique bem mas você adoeça. A pequena princesa ficará
preocupada quando acordar. " Rebecca colocou uma toalha limpa em Anne e
a lembrou.
Vendo que sua filha ainda estava em coma, Anne disse preocupada:
"Estou bem."
"Eu sei que você está preocupado com a princesinha, mas se você
pegar um resfriado, temo que se espalhe para a princesinha." Rebecca
seguiu Anne por muitos anos e sabia como ler sua mente.
Como esperado, a expressão de Anne se suavizou. Ela balançou a
cabeça e disse: "Você está certo. Vou trocar de roupa. Fique aqui e
observe."
"Sua Majestade, por favor, fique tranquilo. Estou aqui com ela,"
Anne se virou e foi para outra sala. Rebecca mandou alguém fazer um
remédio para prevenir um resfriado e mandar para o quarto da Rainha Anne.
O navio de cruzeiro deu meia volta e rumou para a Ilha C.
Era um navio de cruzeiro privado, discreto e luxuoso, com todas as
comodidades básicas da vida, incluindo alguns equipamentos médicos.
O médico fez um exame físico completo em Nina e aplicou-lhe uma
injeção de solução salina. Só então ela viu que o rosto pálido de Nina havia
se recuperado um pouco.
Porém, Nina se molhou na chuva e ficou em coma, resmungando
alguma coisa.
Sua voz era tão baixa que Rebecca só podia ver seus lábios se
movendo levemente e balançando a cabeça como se estivesse muito
desconfortável.
Rebecca se inclinou e sussurrou: "Princesinha? Princesinha, o que você
quer dizer?"
"John, John ..."

Melody e seus romances


Rebecca ouviu o nome que a princesinha estava chamando e ficou
levemente atordoada. Ela não desconhecia o nome "John", que era o marido
da pequena princesa em Lexingport City.
"O que há de errado com a princesinha?" O médico voltou com o
relatório do exame.
"Nada. Talvez ela tenha tido um pesadelo." Rebecca balançou a cabeça
e enxugou o suor da testa de Nina com uma toalha.
A rainha havia dito a eles para não deixarem ninguém saber que a
princesinha era casada. Se eles revelassem acidentalmente a notícia, isso
causaria problemas.
E o casamento da princesinha não contava.
Nina em Spring City já havia morrido, e agora esta era a princesinha
da Ilha C, Nina.
"Onde está a rainha? O relatório do exame foi lançado." A médica
olhou para o relatório do exame em sua mão e franziu a testa.
"Qual é o problema?" Rebecca se levantou e deu uma olhada no
relatório de inspeção. Quando ela viu claramente, sua expressão mudou de
repente.
Os dois ficaram em silêncio.
Anne veio sem secar o cabelo. Ela foi direto para a cama da filha e
tocou sua testa. Ainda estava quente.
Ela tocou a mão da filha novamente. Não estava tão frio como
antes. Então ela deu um suspiro de alívio.
Anne beijou a testa da filha e cobriu a colcha para ela. Então ela se
virou e perguntou: "Como está Nina?"
O médico disse respeitosamente: "A princesinha está bem. Ela teve
febre alta depois de se molhar na chuva. Enquanto a febre alta passar, tudo
ficará bem."
"Isso é bom." Anne finalmente mostrou um sorriso que as pessoas não
viam há muito tempo. Mas a febre de sua filha ainda não havia baixado e
seu coração estava batendo rápido.
"Já que você não tem mais nada para fazer, você pode descer e
descansar. Eu mesmo ficarei aqui com Nina."
"Sua Majestade, vá para a cama. Eu cuidarei da princesinha."

Melody e seus romances


"Não, eu posso cuidar dela sozinho." Anne acenou com a mão para
recusar, indicando-lhes que saíssem da sala primeiro.
"Queen Anne", o médico hesitou por um momento antes de entregar o
relatório do exame para ela.
"O que há de errado?" Anne o assumiu confusa e o abriu. Ela ficou
chocada com o conteúdo do relatório.
A médica baixou os olhos e disse: "A princesinha está grávida".
A mão de Anne tremeu e o relatório do exame caiu no chão. Seus
olhos brilharam com espanto e complexidade desconhecida.
"Nina está grávida?"
"Sim, a princesinha está grávida há seis semanas."
"Seis semanas ..." A voz de Anne também tremeu. "Mais de um mês.
Nina está grávida há mais de um mês."
O médico e Rebecca não disseram nada. Eles apenas ficaram em
silêncio, assim como Anne.
Depois de um tempo, Anne se recuperou do choque e ordenou
friamente: "Exceto nós três, ninguém tem permissão para saber sobre isso,
incluindo a pequena princesa. Está me ouvindo?"
"Sim." Os dois disseram em uníssono.

Capítulo 384 Sam está em condição crítica


Em Lexingport City.
A luz de operação no Hospital Kanner ainda estava acesa.
No momento, em Lexingport City, havia apenas Daniel e sua esposa,
Jessica, e Dora e Chester da família Shi.
Daniel estava parado na porta da sala de cirurgia com Ângela nos
braços, olhando para a luz vermelha da sala de cirurgia.
Jessica se sentou em uma cadeira fria e abaixou a cabeça com
remorso. Lágrimas caíram de seus olhos e ela soluçou silenciosamente.
Já fazia mais de uma hora desde a operação, mas Sam não havia
saído da sala de cirurgia com segurança.
"Dora, o vovô vai ficar bem?" Chester sentou-se na cadeira e tocou os
joelhos, inquieto.

Melody e seus romances


Dora sentou-se ao lado de Chester, com sua mão macia nas costas da
mão fria de Chester, e confortou: "Vovô vai sair em breve. Está tudo bem."
Os olhos de Dora estavam vermelhos como os de coelho. ela consolou
o irmão, mas gritou: "Waah ... Waah, não sei se o vovô vai ficar bem. O
médico disse que o vovô não aguentava o estímulo na velhice ... É tudo
culpa da tia. Vovô caiu de um lugar tão alto. "
"Dora ..." Chester ainda era uma criança. Quando ele viu sua irmã
chorando, seus olhos se encheram de lágrimas novamente. Seus olhos
continuaram andando ao redor, sem vontade de cair.
O avô disse que os homens não deveriam chorar.
Devido às palavras de Dora, Jessica enterrou a cabeça nos joelhos.
Vendo sua auto-reprovação, Angela se virou e foi até a filha. Ela
enxugou as lágrimas do rosto de Dora e disse baixinho: "Dora, você não
pode culpar sua tia. Não é culpa dela. Ninguém esperava que tal coisa
acontecesse".
"Mas, mas ..." Dora gaguejou. Antes que ela pudesse terminar suas
palavras, suas palavras foram forçadas a voltar para sua garganta pelo olhar
de sua mãe. Dora não teve escolha a não ser se desculpar com Jessica. "Tia,
me desculpe. Eu não deveria ter culpado você."
Angela sorriu gentilmente.
Jessica não disse nada, mas chorou silenciosamente. Angela se
aproximou e deu um tapinha em seu ombro. "Está tudo bem. Papai vai ficar
bem. Não se preocupe muito."
Seria melhor se ninguém confortasse Jessica. Depois de ser consolada,
Jessica não aguentou mais e gritou de repente. "Angela, estou errado. Estou
realmente errado. É tudo minha culpa. É tudo minha culpa. Fui eu quem
machucou meu pai."
"Ai de mim ..." Ângela suspirou e não sabia como confortar Jessica. Ela
não conseguia nem se consolar.
Nessa família, o marido de Angela a amava, seus filhos a amavam e
Sam também a tratava como uma filha. Não só não havia diferença, mas
também melhor do que seu próprio filho.
Ângela se sentia tão mal quanto qualquer outra pessoa.
Percebendo que seu marido estava carrancudo, Angela franziu a testa
e perguntou: "O que há de errado?"

Melody e seus romances


"Estou preocupado com a transfusão de sangue mais tarde. James e
Emma fizeram uma viagem. Mesmo se enviarmos um helicóptero, eles não
estarão de volta em duas ou três horas." Ansiedade e inquietação
apareceram no rosto de Daniel.
"Transfusão de sangue?" Jessica levantou a cabeça e esticou o braço
com os olhos marejados. "Use o meu, tire meu sangue, não importa quanto
sangue o pai precise."
"Nenhum de nós tem permissão para doar sangue aqui, exceto para
James. Tanto seu tipo de sangue quanto o de seu pai são RH negativos. Este
tipo de sangue não pode ser doado por outros tipos de sangue." Daniel
estava tão ansioso que virou a cabeça para olhar o corredor. Havia apenas
alguns deles.
James ainda estava no helicóptero. Pode levar uma ou duas horas para
chegar lá.
"Por que não posso? Sou filha do pai. Meu sangue deve estar bem."
Jessica entrou em pânico.
Daniel não queria explicar muito para ela.
Ao contrário, Chester disse: "Tia, o sangue RH negativo também é
chamado de sangue de panda, que é uma herança recessiva. Vovô é sangue
de panda, mas nem todos nós seremos sangue de panda."
"Então, o que devemos fazer?" Jessica caiu de volta em sua cadeira,
mordendo os lábios e chorando ainda mais.
Parecia que ela não podia fazer nada além de chorar.
No entanto, seu choro era irritante. Daniel disse em voz aguda: "Pare
de chorar! Não adianta chorar agora. Se o pai realmente precisa de
transfusão de sangue, só podemos ver se há sangue no hospital. Também
mandei alguém para investigar".
Às vezes, quando você falava sobre algo, algo realmente
acontecia. Um médico saiu da sala de cirurgia e perguntou ansiosamente:
"Quem é o familiar do paciente? Precisamos de uma transfusão de sangue
de emergência."
De repente, todos se levantaram, seus rostos pálidos como a morte.
"Não." Lágrimas brotaram dos olhos de Daniel. "Meu filho tem sangue
de panda. Ele está vindo para cá."
"Quanto tempo? Quando ele chegará?"
Daniel engasgou, "Uma hora."

Melody e seus romances


"É tarde demais. Você sabe que há mais alguém com sangue de
panda? Ou você conhece alguém com sangue de panda?"
"Não não." Uma lágrima rolou do rosto de Daniel. Angela virou a
cabeça e as lágrimas também caíram.
Vendo isso, Dora se virou e começou a chorar com Chester nos
braços. Chester só conseguiu conter as lágrimas e deu um tapinha nas
costas da irmã, consolando-a como um pequeno adulto.
A educação rígida de Sam, sua voz séria e seu riso ocasional
apareceram na mente de Chester
Cada cena estava passando em sua mente.
Os lábios apertados de Chester finalmente se afrouxaram e as
lágrimas correram por seu rosto como gotas de orvalho de cristal.
Quando todos pensaram que não havia esperança, Jessica de repente
parou de chorar. Ela agarrou a mão de Ângela e disse: "Sim, sim, há sangue
de panda!"
As palavras de Jessica trouxeram esperança para todos eles.
"Eu me lembro. Vivi me disse há dois dias que a mãe dela é sangue de
panda, Julie é sangue de panda." Jessica enxugou as lágrimas e disse com
entusiasmo: "Papai está salvo. Vou chamá-los imediatamente. Espere um
minuto, doutor. O sangue do panda virá em breve."
Jessica pegou o telefone e ligou para Vivian, apenas para descobrir
que a linha estava ocupada.
Vivian estava falando com Julie ao telefone: "Mãe, já consegui. A
chave é com você agora. Jessica está me ligando. Parece que Sam precisa
de transfusão de sangue. É melhor você se apressar. Lembre-se de
pechinchar com eles. Se eu posso me casar com John depende de você. "
"Não se preocupe. Eu sei o que fazer." Julie estava pronta. Depois de
desligar o telefone, ela correu para o Hospital Kanner.
Vivian ligou de volta e prometeu a Jessica.
Em dez minutos, Julie chegou ao hospital.
Jessica segurou sua mão e disse: "Sra. Julie, você deve salvar meu
pai. Agora só você pode salvar meu pai."
Julie levantou a mão sem pressa para colocar o cabelo atrás da
orelha. Agora que Jessica tinha algo a pedir, basta chamá-la de Sra.
Julie. Jessica nunca tinha sido legal com ela antes.

Melody e seus romances


"Também estou muito triste com o acidente de Sam. Por você ser tão
bom para Vivi, eu definitivamente salvaria Sam, mas ..." Os olhos de Julie
brilharam com astúcia. "Eu tenho uma condição. Se você concordar, irei e
transfundirei sangue para Sam."
"Contanto que você esteja disposto a salvar meu pai, eu prometo a
você qualquer coisa." Nesse momento, Jessica estava queimando de
ansiedade. Ela empurrou Julie para a sala de cirurgia.
Julie disse lentamente: "Você ainda não ouviu minhas condições."
"Continue." Daniel era quem poderia tomar a decisão aqui.
Julie disse sem pressa: "Deixe minha filha se casar com John."

Capítulo 385 Concordar em se casar com


Vivian
Tanto Daniel quanto Angela ficaram pasmos. Aparentemente, eles não
esperavam que Julie propusesse tal condição.
Julie estava aproveitando a situação para roubá-los?
Jessica hesitou. Ela não queria continuar o impasse com seu
irmão. Por algum motivo, seu irmão havia bloqueado seu telefone e o
WeChat.
Antes que Jessica pudesse descobrir o que havia acontecido, esse
assunto aconteceu.
Julie viu sua hesitação e desprezo nos olhos das duas crianças, mas
Julie não se importou.
Para a felicidade de sua filha e para a vida rica no resto de sua vida,
ela não se importava com o que os outros pensavam.
"Quer você ache que sou desprezível ou esteja tirando vantagem de
você, só quero que minha filha se case com John." Julie fingiu que, se eles
não concordassem, ela não salvaria Sam. Ela era um pouco dura. "Minha
filha admira John desde a infância. Como mãe, não suporto ver suas
lágrimas o dia todo. Só posso ajudá-la assim. Contanto que você concorde
em deixar minha filha se casar com John, eu vou transfundir sangue. Do
contrário, por que eu deveria salvar uma pessoa que não tem nada a ver
comigo com minha própria vida? "
Dois ou três minutos se passaram. O médico lembrou ansiosamente:
"É melhor você se apressar. O paciente não aguenta muito tempo."

Melody e seus romances


Foram as palavras do médico que dissiparam a hesitação de
Jessica. Ela concordou sem hesitar. "Ok, eu prometo. Contanto que você
salve meu pai, vou deixar John se casar com Vivi."
"Mesmo?" Julie não conseguia esconder sua alegria. Ela olhou para o
lívido Daniel e sua esposa e perguntou com uma expressão carrancuda:
"Você pode tomar uma decisão?"
"Sim eu posso." Jessica concordou sem hesitação.
Dora disse com raiva: "Você deveria perguntar ao tio John e à tia
Nina".
"Garoto, não interrompa. O que você sabe? É uma questão de vida ou
morte agora." Jessica repreendeu Dora. Dora estava com tanto medo que
encolheu o pescoço e abraçou o irmão com força.
Por um lado, Daniel estava preocupado com a vida de seu pai e, por
outro lado, ele estava preocupado com o casamento de seu irmão. Depois de
hesitar um pouco, ele finalmente suspirou e disse: "Pergunte a John".
"Daniel?" Jessica estava muito triste: "Agora que o pai está morrendo,
por que você ainda se preocupa com isso? John vai concordar. Acredite em
mim, John vai concordar. Nina é tão sensata e meu pai é tão bom para ela.
É impossível para Nina não para salvar o papai. "
Esta foi a primeira vez que ouviram os elogios de Jéssica a Nina.
Mas esse tipo de palavras boas também eram um fardo.
Angela e Daniel se entreolharam.
Julie olhou para o tiquetaque do relógio. Se ela não tivesse
transfundido sangue para salvar Sam, o plano de Vivi de se casar com John
teria sido em vão.
Então, ela gentilmente os lembrou: "Se você continuar lutando, Sam
vai morrer".
"Sra. Julie, você vai primeiro. Você vai com o médico. Com certeza vou
deixar John se casar com Vivi. Confie em mim." Jessica empurrou Julie para
a sala de cirurgia.
Julie era meio repugnante e meio consentindo: "Agora que você
concordou, vou entrar."
"Esperar!" Angela a impediu.
Jessica explodiu em um instante, como se todos estivessem
deliberadamente mirando nela. Todo mundo a culpava vagamente por
causar um derrame e uma queda em seu pai.

Melody e seus romances


Não importa o que ela fez, foi errado.
Não havia lugar para ela nesta família.
Todas as queixas explodiram do coração de Jessica. Jessica rugiu como
um leão, "Cale a boca! Ângela, você é humana ou não? Papai precisa de
transfusão de sangue agora. Você entendeu?"
Os olhos de Angela estavam ligeiramente carrancudos. Considerando
que Jessica estava nervosa por causa do pai na sala de cirurgia, Angela não
queria discutir com ela.
"Eu só queria dizer que John veio aqui. Ele tem a palavra final sobre
este assunto."
Os olhos de todos caíram sobre o homem que estava chegando.
Seu cabelo curto tinha sido seco pelo vento, mas suas roupas e calças
ainda estavam molhadas.
Os olhos de John eram profundos como uma poça d'água e havia um
leve traço de sangue vermelho. Ele caminhou na direção deles.
Dora disse: "Tio, Waah ... Waah ..."
Chester disse: "Tio John".
"OK." John olhou para a luz vermelha da sala de cirurgia e perguntou:
"Como vai?"
Daniel balançou a cabeça e disse: "Precisamos de transfusão de
sangue. Só o sangue de James aqui é sangue de panda, mas é tarde
demais."
Este era realmente um problema sério.
John franziu a testa com força, seus braços tremiam. Ele cerrou os
punhos em seu medo ilimitado.
"Richard está procurando por isso." A garganta de John se apertou.
"Não, você não precisa procurar. Temos sangue de panda." Ao lado de
John, Jessica deu um passo à frente e agarrou seu braço. Jessica apontou
para Julie e disse: "Ela é sangue de panda. Ela é sangue de panda."
"Eu sou apenas sangue de panda. Contanto que você concorde em se
casar com minha filha, irei imediatamente para a sala de operação para
fazer uma transfusão de sangue. Sam pode ter tanto sangue quanto ele
quiser." Julie ergueu o queixo, mas não se atreveu a olhar diretamente nos
olhos de John.
John olhou para Julie com o cenho franzido.

Melody e seus romances


Com medo de que John recusasse, Jessica implorou em lágrimas:
"John, eu sei que é minha culpa. É tudo minha culpa. Mas eu imploro. Por
favor, salve meu pai. Eu imploro. Contanto que você concorde em se casar
com Vivi, meu pai será salvo. "
Quando todos pensaram que John iria desistir de seu pai e escolher
Nina, uma expressão complicada passou pelos olhos de John que ninguém
conseguia ver.
"Um minuto." John olhou para a luz vermelha da sala de cirurgia,
como se tivesse visto um monte de sangue no fim da vida, disse: "Dê-me
um minuto."
Jessica deu um suspiro de alívio. Havia esperança.
Nos olhos de Julie, não havia apenas esperança, mas também a
certeza de que sua filha se casaria com John.
John deve estar procurando por pessoas com sangue de panda em
Lexingport City. Vivi já tinha pensado nisso e tinha combinado tudo com
antecedência.
No momento, Julie era a única pessoa com sangue de panda em
Lexingport City.
Apenas Julie poderia salvar Sam.
Meio minuto depois, o telefone de John tocou. Ele atendeu. "Mesmo?"
"John, há três pessoas em Lexingport City com tipo sanguíneo RH
negativo. Um está em viagem de negócios e o outro acaba de se mudar de
Lexingport City há dois dias. Agora apenas a mãe da Srta. Vivian, Julie,
ainda está em Lexingport City . John, vou levar Julie para o hospital agora. "
Quando John soube que havia três pessoas com sangue de panda em
Lexingport City, um vislumbre de esperança iluminou seus olhos, mas no
final, foi tudo despedaçado.
"Não, obrigado." John desligou o telefone em voz baixa.
Sem falar que Jéssica estava implorando amargamente, a pessoa
deitada na sala de cirurgia era seu pai que o deu à luz e o criou, John não
podia ficar sentado sem fazer nada.
Ele não só não ficaria sentado sem fazer nada, mas também salvaria
seu pai a qualquer preço.
Mas ... Ele hesitou ao pensar em Nina.
Coincidentemente, o médico da sala de cirurgia saiu correndo
novamente. "Oh, não, não. Ele está morrendo. Venha comigo rapidamente."

Melody e seus romances


Julie olhou para John, esperando sua resposta.
Contanto que John assentisse, ela entraria imediatamente.
Os dedos de John ficaram pálidos. Foi apenas um movimento simples,
mas ele não conseguia mexer a cabeça.
Finalmente, John assentiu.

Capítulo 386 Plano para o divórcio


Às doze horas da noite, a luz vermelha da sala de cirurgia apagou-se.
Todos se levantaram. Eles esperaram pelo resultado por várias horas.
Sam foi resgatado com sucesso.
No entanto, uma de suas pernas quebrou e ele só poderia viver em
uma cadeira de rodas no futuro.
Tal resultado já foi uma bênção na desgraça para a família Shi. Foi
melhor do que perder sua vida.
Sam foi enviado para a UTI. Julie saiu da sala de cirurgia fraca, e a cor
em seu rosto obviamente desbotou muito.
"Sra. Julie, você está bem?" Jessica imediatamente foi segurar Julie e
disse: "Muito obrigada esta noite."
Julie balançou a cabeça e disse: "De nada. Contanto que John não se
esqueça de se casar com minha filha, espero que John possa cumprir sua
promessa esta manhã".
Os olhos de todos caíram sobre John. Todos sabiam que não havia
nada que John não pudesse fazer com suas palavras.
Mas as pessoas que o conheciam bem sabiam que ele havia quebrado
muitas de suas algemas originais por Nina. Ninguém sabia se ele voltaria
atrás em sua palavra quando se tratasse de Nina.
Mesmo que John quebrasse sua promessa, ninguém em Lexingport
City se atreveu a dizer mais nada.
"Não deixe o velho saber disso. Não quero que ele tenha nenhum fardo
psicológico", disse John calmamente, mas na verdade sua voz estava muito
baixa.
John não conseguia se ouvir com clareza, não sabia se havia dito a
última frase ou não.
De qualquer forma, ele não podia deixar o velho sofrer pressão
mental. Essa pressão era mais adequada para John.

Melody e seus romances


Julie ficou radiante por John ter concordado.
"Não se preocupe. Não vou contar a ninguém sobre isso." Julie voltou
para a família de Ye assim que terminou de falar.
Olhando para o olhar aborrecido de seu irmão, Daniel soltou um longo
suspiro e deu um tapinha no ombro dele.
Na maioria das vezes, ele não apenas admirava seu irmão, mas
também sentia pena dele. John sofreu uma pressão maior do que eles desde
a infância.
"E quanto a Nina?" Angela perguntou preocupada: "Você vai se
divorciar dela?"
Divórcio?
John não se divorciaria de Nina pelo resto da vida.
Mas o que ele poderia fazer se eles não se divorciassem?
John tinha muito claro em seu coração que esse casamento estava
fadado ao divórcio, e era por isso que ele não tinha espaço para hesitações e
lutas.
"Sim." Com grande dificuldade, John deixou escapar um som
anasalado. O leve som nasal foi tão indisposto que fez seu nariz se contrair.
Os olhos do homem ficaram vermelhos. Ele sabia que iria perder a
mulher que mais amava.
Chester não queria que seu tio ficasse tão triste, então envolveu a
palma trêmula do tio com as mãos com consideração.
Chester não disse nada, mas suas duas mãozinhas envolveram as
mãos frias de John como uma jaqueta de algodão acolchoada.
"Chester, estou bem." John ergueu a mão e tocou a cabeça da
criança. Sua esposa gostava mais de tocar a cabeça de Chester.
"Tio John ..." Dora não sabia o que dizer. Seus olhos estavam inchados
de tanto chorar, mas ainda estavam úmidos.
As meninas são realmente feitas de água.
Se sua filha soubesse que ele iria se divorciar, ela choraria tão
lamentavelmente?
'O que devo fazer?
Menina, o que devo fazer? '

Melody e seus romances


John tinha se feito inúmeras perguntas em seu coração. Ele realmente
não sabia como dizer isso.
Ele preferia se machucar do que sua filha, que era obcecada por seus
músculos abdominais.
Sua garotinha que sempre beijava o canto de sua boca suavemente.
"John." seus pensamentos foram interrompidos por uma voz de
Jessica. Jessica mordeu os lábios e não se atreveu a olhar diretamente nos
olhos do irmão. Ela abaixou sua nobre cabeça em direção ao irmão dele,
curvou seu corpo que preferia morrer a se submeter, e disse em uma voz
levemente chorosa: "Sinto muito."
John finalmente entendeu por que sua garotinha odiava as duas
palavras "sinto muito".
As duas palavras "sinto muito" eram as palavras mais inúteis do
mundo, e também as mais ridículas. Ela queria se livrar da dor causada por
ela mesma à outra parte por meio dessas duas palavras curtas.
Alguma dor pode até torturar a vida inteira de uma pessoa.
"Você está satisfeito agora?" John olhou para a pessoa que se abaixou
para se desculpar na frente dele. Enquanto ela se abaixou para se desculpar,
John perdeu a pessoa que amava.
"Eu realmente sinto muito. Eu realmente sinto muito." Jessica abaixou
a cabeça. Parecia que ela não podia fazer nada além de pedir desculpas.
Com uma cara fria, John disse: "Odeio as duas palavras 'sinto muito'."
Então ele levou Chester para a UTI.
Dora e sua mãe correram atrás deles. Então Daniel caminhou até sua
irmã, ajudou-a a se levantar e sorriu gentilmente para ela.
"Aconteceu. É inútil pedir desculpas agora. Cuide bem do papai
recentemente. Não o deixe com raiva de novo."
"Daniel", essa gentileza oportuna fez Jessica sentir o calor do afeto
familiar. "Sinto muito e obrigado."
"Não sou eu a quem você deveria pedir desculpas e agradecer." Daniel
suspirou e lembrou-a sinceramente: "Espero que, depois desse assunto,
você possa refletir sobre o que fez nos últimos anos. Cresça rapidamente."
As costas de Jessica congelaram e seu rosto ficou pálido.

Melody e seus romances


Descobriu-se que, aos olhos de sua família, ela também era uma
pessoa infantil e irracional. Ela tinha mais de 30 anos e ainda não tinha
crescido.
"Ok, Daniel, eu sei." Foi a primeira vez que Jessica aceitou o discurso
de sua família com sinceridade.
Muitos membros da família não foram autorizados a visitar a UTI,
então eles tiveram que deixar os dois juniores voltarem para Stone Road
para descansar. Daniel e sua esposa não voltaram, mas ficaram no Hospital
Kanner.
Jessica e John ficaram para observar a situação e não disseram uma
palavra do começo ao fim.
No meio da noite, James e Emma voltaram, mas só puderam ver Sam
em coma pelo vidro da UTI.
Os dois ficaram no hospital.
Foi somente ao meio-dia do segundo dia que Sam passou pelo período
perigoso e foi transferido da UTI para uma espaçosa ala VIP que todos
puderam ver Sam de perto.
Nelson e sua esposa voltaram de uma viagem.
Quando Sam acordou, Jessica, animada, caminhou até ele e segurou
sua mão. "Pai, você finalmente acordou? Pai, você me matou de susto."
Ao ouvir a voz de sua filha chorando, o coração de Sam se abrandou
por um momento, mas ele não suportava pensar que ela havia feito seu
amado marido desaparecer.
"Você me assustou até a morte." Sam bufou e não largou a mão da
filha.
Sabendo que ela estava errada, Jessica afrouxou o aperto e não disse
nada.
"Vovô, você está bem. Isso é ótimo." Dora fez beicinho e segurou Sam
nos braços, as lágrimas brotando novamente.
"Dora, o vovô está bem. Não se preocupe." Sam sorriu e olhou para
seus netos, dizendo-lhes para não se preocuparem.
Vendo o sorriso de Sam, os outros soltaram um suspiro de alívio.
Vendo toda a família e sua futura neta aqui, Sam se sentiu muito
melhor.

Melody e seus romances


Quando as pessoas eram velhas, pediam apenas uma casa cheia de
filhos e netos.
Mas não havia Jason.
Ele olhou em volta e descobriu que havia uma pessoa faltando. Sua
nora, Nina, não estava aqui.
Mas John estava aqui. Ele não foi a Spring City para fazer uma
proposta romântica?
Por que John voltou sozinho?
"Pequeno bastardo, como foi sua proposta na noite passada?" Sam
não prestou muita atenção à sua própria saúde. De qualquer forma, ele
sempre adoeceria quando fosse velho.
Acontece que ele deveria prestar mais atenção à vida emocional de
seus filhos enquanto ainda estava vivo.

Capítulo 387 Sendo muito envergonhado de


enfrentar Nina
A expressão das outras pessoas mudou, mas apenas James não sabia
o que aconteceu ontem à noite, ele saltou animado e disse, "Oh, tio John,
você pode brincar de romance agora? Diga-me. Tia Nina foi às lágrimas
ontem à noite?"
James olhou para as pessoas aqui, mas não viu Nina.
"Por que a tia Nina não está aqui?" Assim que James perguntou, ele
sentiu que o ar estava ficando frio. Sua mãe olhou para ele e piscou para
ele.
"Tio John não disse a tia Nina que algo aconteceu com o
vovô?" Perguntou James, confuso.
"Sim." Finalmente, John falou. Com uma expressão incomum no rosto,
ele disse: "Ela não veio ... não quero que ela se preocupe."
John queria dizer que não tinha tempo, mas finalmente mudou de
palavras.
No momento em que alguém disse a John que sua filha havia caído no
mar, a semente em seu coração de que ele queria salvá-la se enraizou e
germinou. A sombra do passado era como uma enorme corrente de ferro,
amarrando-o no local.
Ele tentou o seu melhor para se libertar, mas não conseguiu.

Melody e seus romances


No entanto, más notícias vieram de Lexingport City. Richard o arrastou
para dentro do avião, deixando apenas Amy procurando por Nina.
John estava em pânico e preocupado com o passado, então não
pensou sobre a situação com cuidado.
Agora John achava que sua filha era boa nadar. Mesmo se ela caísse,
ela estaria segura, sem mencionar que Amy estava lá.
Pensando nisso, a outra pedra pendurada no coração de John
finalmente caiu. Isso o atingiu novamente, fazendo-o franzir a testa com
força.
Divórcio...
A única palavra foi como uma maldição, fazendo suas têmporas se
contraírem.
"Felizmente, felizmente." James respirou fundo e disse: "Felizmente,
meu pai ligou depois que minha tia Nina me ligou, ou eu teria derramado o
feijão. Então o tio John me mataria, certo? Esposa".
James chamou Emma de esposa.
Desde que os dois ficaram noivos, esse título frequentemente aparecia
em seus ouvidos, e Emma estava acostumada com ele.
"Sim. Contanto que o vovô esteja bem."
"Eu vou ficar bem. Eu tenho que ter um bisneto." James olhou para a
barriga lisa de Emma com um sorriso astuto.
Emma imediatamente o empurrou e corou.
Antes que pudessem fazer qualquer coisa na noite passada, eles foram
chamados de volta por uma série de ligações.
"O que posso dar à luz? Um pouco de ar?" Emma puxou seu pulso para
impedi-lo de falar bobagens.
Olhando para a expressão das duas pessoas, Sam pensou que não
estava longe dele segurando seu bisneto.
O que importava para John era que sua filha ligou para James e
perguntou: "Quando minha esposa ligou para você?"
"Esqueci a hora específica. De qualquer forma, meu pai me ligou e eu
desliguei o telefone da tia Nina."
Franzindo a testa, John continuou: "Quando seu pai ligou para você?"

Melody e seus romances


"Bem ..." James coçou a cabeça e disse, "Você tem que perguntar ao
meu pai."
James estava ocupado com outra coisa. Quem se importava com o
tempo?
Daniel disse: "Eu não informei James até que informei você."
De acordo com a hora, sua garotinha ligou para James depois que ele
entrou no helicóptero e não conseguiu entrar em contato com ele.
Isso quer dizer que Nina estava bem.
"Ela fez alguma coisa errada quando ligou para você?" John perguntou
preocupado.
James acenou com a mão e disse: "Bem, não há nada de incomum.
Tia Nina me liga só quer saber algo sobre você ou ela quer falar com minha
esposa. De qualquer forma, estou acostumado a isso. Não é incomum de
jeito nenhum."
"O que ela perguntou?" Foi um pouco desconfortável para John.
"Me pergunte se você tem medo de chuva." No entanto, James não
percebeu que os olhos de John ficaram afiados de repente. James continuou:
"Eu disse a ela que você não tem medo da chuva. Tio John, como homem,
você não tem medo da chuva."
Quando Chester viu a decepção nos olhos de John, Chester disse de
repente: "Não, o tio John tem medo da chuva. O tio John tem medo da
chuva na frente da tia Nina, e a tia Nina prometeu estar com ele toda vez
que chovesse."
Chester morou em North Yard por um período de tempo, se dando
bem com seu tio e tia dia e noite, então ele sabia mais ou menos sobre eles.
Após uma breve pausa, James disse, "Eu disse algo errado?"
"O que você acha?" John ouviu o som de seus dentes lutando entre si.
James não se atreveu a dizer nada. James imediatamente se calou e
implorou com os olhos.
"Tio John, sinto muito." Ele realmente não esperava que John pudesse
ser tão desavergonhado ao dizer que tinha medo de chuva na frente de
Nina.
A fim de compensar seu erro, James insistiu: "Tio John, vá para Spring
City e explique para tia Nina. Caso contrário, ela vai pensar que você mentiu
para ela e ficar com raiva? Tio John, é melhor você se apressar para
explicar. Diga a ela que eu inventei e deixe-me levar a culpa. Não se

Melody e seus romances


preocupe. Eu posso suportar a culpa. Eu cuidarei do vovô. Nós cuidaremos
dele. "
Batendo no peito, ele empurrou John para fora.
Uma sugestão de pânico passou pelos olhos de John quando ele saiu
da enfermaria. Quando ele alcançou a porta da enfermaria, ele parou
novamente.
Como ele poderia enfrentar Nina agora?
Ele não se atreveu a procurá-la.
Ele estava com medo de vê-la e não teve coragem de falar do
divórcio. Ele não sabia como explicar a ela.
Contanto que ela estivesse bem.
"Tio John?" James olhou para John confuso. "Por que você parou? Você
não vai encontrar sua esposa?"
John recuou.
Exceto pelas três pessoas, Sam, Emma e James, todos sabiam o
motivo pelo qual John hesitou.
"Não é da sua conta." Angela parou seu filho.
Com os olhos bem abertos, James perguntou: "Mãe, você disse que eu
era adulto quando estava noivo. Por que você caiu tão rápido?"
"Não é da sua conta." Ângela olhou para ele e disse: "Apenas cuide de
você e da minha nora."
"OK." James revirou os olhos para ela.
Olhando para a família harmoniosa, Sam sorriu e lembrou a James:
"Obrigado por seu trabalho árduo na noite passada. Peça na cozinha para
cozinhar alimentos mais nutritivos para você nestes dois dias."
O tipo de sangue de Sam era especial. Ele sabia que se precisasse de
transfusão de sangue na sala de cirurgia, apenas o sangue de James poderia
ser transfundido para ele.
Apenas os dois herdaram o sangue do panda.
"Comida nutritiva?" Havia dois pontos de interrogação nos olhos de
James, "Eu não preciso disso. HMM ..."
Antes de terminar suas palavras, sua mãe cobriu sua boca e nariz por
trás. O que aconteceu?

Melody e seus romances


James queria abrir a boca para pedir ajuda, mas ele só conseguiu fazer
um som. Ele teve que olhar para sua esposa para obter ajuda.
"Bem, tia, ele está sem fôlego", disse Emma com tristeza.
"O que?" Angela se aproximou e deu uma olhada em seu filho. Vendo
que o rosto dele estava vermelho de raiva, ela soltou a mão e disse: "Um
acidente".
James respirou fundo e pensou: 'Que mãe! Ela simplesmente se safou
dizendo que foi um acidente.
"Pai, não se preocupe. O menino é forte e não precisa de muito tônico.
Mas vou pedir na cozinha para preparar um pouco de tônico para ele
comer." Angela explicou imediatamente a Sam. Ela estava com medo de que
Sam tivesse um fardo psicológico se soubesse o que aconteceu na noite
passada, então eles só poderiam esconder isso dele.
Sam estava muito velho para gozar de boa saúde. Se ele tivesse um
nó no coração novamente, ele ficaria deprimido.
"Bem, ele deveria comer alimentos mais nutritivos." Sam sorriu e
parecia muito melhor.
Como esperado, as pessoas estavam animadas em eventos felizes.
"A propósito, vovô, eu contei a Jason sobre a sua cirurgia. Ele está
voltando. Ele vai chegar esta tarde." De repente, ocorreu a James e ele
mencionou isso casualmente.
A expressão no rosto de Jessica mudou de repente.
- Jason está voltando?

Capítulo 388 Dia após dia


Às três horas da tarde, Jason veio ao hospital como esperado.
Ele não estava mais de terno como costumava ser. A camiseta preta
que ele estava vestindo não parecia tão monótona com uma margarida
amarela clara nela. Ele estava vestindo calça casual cinza claro, o que fazia
suas pernas parecerem muito longas.
Foi a primeira vez que Jessica viu Jason com roupas tão casuais. Ele
exalava o charme único de um homem de meia-idade. O sorriso nos cantos
de sua boca era confiante e encantador.
"Pai, acabei de ouvir você e James conversando e rindo. Parece que
você está se recuperando bem." Jason veio com alguns tônicos.

Melody e seus romances


Em pânico, Jessica se levantou da cadeira e usou seu telefone como
espelho para olhar sua maquiagem.
Sabendo que Jason voltaria, ela ajeitou a maquiagem.
Em seu coração, ela esperava que Jason viesse e segurasse sua
cintura como antes e a elogiasse por sua beleza.
No entanto, ela ficou desapontada.
Jason apenas sorriu educadamente para ela.
"Jason, é tudo por causa da imprudência de James que ele disse a
você que algo aconteceu comigo. Você deve ter se cansado no caminho de
volta, certo?" Não importava que Jason fosse genro de Sam ou não, Sam
sempre o tratou como seu próprio filho e gostou muito dele.
Jason sabia como fazer companhia a Sam melhor do que John.
"Não, mas não posso ficar muito tempo. Tenho que voltar hoje à noite
e não posso ficar para cuidar de você." Olhando para o rosto e as pernas
envelhecidas de Sam, o coração de Jason afundou.
Percebendo a preocupação de Jason, Sam sorriu e disse: "Não
importa. Estou velho e não gosto de andar. É bom sentar em uma cadeira de
rodas."
As palavras de Sam deixaram toda a família desconfortável. Quem
gostaria de se sentar em uma cadeira de rodas?
Desde que Sam acordou, ele vinha se esforçando ao máximo para
conter a tristeza em seu coração. Ele tentou ser forte porque não queria
adicionar carga psicológica aos filhos.
Toda a família sabia disso.
"Você jogaria xadrez comigo antes de sair?" Sam sempre quis jogar
xadrez, mas entre todas as pessoas presentes, apenas as habilidades de
xadrez de John e Jason eram comparáveis às de Sam.
John tinha estado distraído o tempo todo e Sam não queria jogar
xadrez com ele. Pelo contrário, ele ficou muito feliz quando viu Jason.
Jason acenou com a cabeça, "Ok."
John ordenou que alguém preparasse as peças de xadrez e o tabuleiro
de xadrez. Então ele empurrou a cadeira de rodas.
Sam achava que jogar xadrez era um assunto sério e que as pessoas
deveriam sentar-se frente a frente à mesa de xadrez e levar isso a sério.

Melody e seus romances


Enquanto conversavam, James segurou a mão de Emma e apresentou:
"Tio, esta é minha noiva, Emma. Você a elogiou antes."
Ele esfregou o braço de Emma e disse: "Querida, chame-o de tio. Ele é
o Professor Fu que você mencionou."
Claro, Emma sabia que o homem na frente dela era o famoso
professor Jason, seu ídolo.
No entanto, quando ela ouviu a apresentação de James, ela não pôde
evitar sorrir, "Professor Fu? Prazer em conhecê-lo, Professor Fu. Eu sou
Emma."
Quando Emma estava prestes a estender a mão, sua mão foi puxada
por James, que reclamou, "Chame-o de tio."
Emma estava sem palavras, mas ainda sorria do fundo de seu
coração. James era tão possessivo que estava em guarda contra os
membros masculinos de sua família. No entanto, ele teve a coragem de
dizer pelas costas de John que John era muito possessivo e gostava de fazer
barulho.
"Tio." Emma fez isso.
Jason ergueu ligeiramente as sobrancelhas. "Estou aliviado por ter
você ao seu lado."
Jason não teve que persuadir James a estudar mais porque Emma
faria isso.
Sentindo-se um pouco envergonhado, James coçou a cabeça e
perguntou: "Tio, você vai embora esta noite? Você não conhece a tia há
muito tempo. Por que você não fica aqui mais um pouco? Uma noite está
bom."
Jason parecia envergonhado.
Ele queria dizer que havia se divorciado.
No entanto, ele estava com medo de deixar Sam triste, então disse
com um sorriso: "Eu também quero ficar para cuidar do seu avô, mas não
posso atrasar meu trabalho."
Jessica originalmente tinha uma fantasia de que Jason ficaria mais
tempo com ela. Quando Jason apenas disse que queria ficar e cuidar de Sam
em vez de acompanhá-la, ela ficou muito decepcionada.
"Apresse-se se você quiser ir embora." Jessica gritou com raiva, seus
olhos ligeiramente vermelhos, e ela mordeu o lábio inferior com os dentes.

Melody e seus romances


Ela sempre disse uma coisa e quis dizer outra. Ela queria que Jason
ficasse, mas suas palavras se tornaram dolorosas.
Depois de uma pausa, Jason respondeu: "Vou embora assim que
terminar de jogar xadrez."
Ao ouvir suas palavras, Jessica se sentiu ofendida. Ela apontou para a
porta e rugiu: "Saia agora. Quanto mais longe, melhor."
Todos os presentes prenderam a respiração.
James murmurou, "O que há de errado com a tia? Ela estava bem
agora, não estava? Por que ela perdeu a paciência de repente? É porque o
tio não quer ficar com ela?"
Olhando para a expressão de todos, Emma especulou: "Talvez as
coisas não sejam tão simples quanto pensamos."
Assim que os dois terminaram de falar, John proferiu, que tinha ficado
em silêncio o tempo todo. "Você se divorciou. Você não tem o direito de
mandar nele."
Havia um pouco de raiva na voz baixa de John. Ninguém se atreveu a
respirar alto. Só ele se atreveu a falar sobre isso na frente de outras
pessoas.
As palavras de John foram como uma bomba de águas profundas,
explodindo em pedaços no coração de James.
'Droga! Tia e tio se divorciaram?
Quando isso aconteceu?
Parece que todo mundo sabe disso, então só eu não sei. '
Emma balançou a cabeça. Ela também não sabia.
"Eu ..." Jessica bateu os pés e saiu.
Assim que ela abriu a porta, ela viu uma jovem do lado de fora, que
parecia bonita.
"Quem é você? O que você está escutando?" Houve uma forte
sensação de pressão em Jessica, o que deixou a garota um pouco assustada.
"Não estou bisbilhotando. Estou apenas esperando o Sr. Fu." A garota
era Maya, uma veterana e também membro da equipe de pesquisa de
Jason.
"Jason?" Jessica olhou para Maya da cabeça aos pés, puxou-a de volta
para a enfermaria e empurrou-a diretamente para o lado de Jason.

Melody e seus romances


Maya cambaleou e quase caiu. Felizmente, Jason a segurou
rapidamente. "Maya, você está bem?"
"Sim, estou bem. Obrigado, Sr. Fu." Maya imediatamente ficou firme e
se curvou respeitosamente a Jason para expressar seus agradecimentos.
"Isso é bom." Jason deu um suspiro de alívio. Maya não estava com
boa saúde. O remédio para a doença dela só poderia ser comprado em
Lexingport City, então ele a trouxe aqui.
No entanto, ele não esperava que Jessica os entendesse mal.
Jason era apenas o professor de Maya, mas aos olhos de Jessica, havia
outra coisa. Ela zombou: "Jason, você encontrou uma namoradinha tão
cedo. Você já disse a ela que se casou?"
Jason ficou pasmo. Ele sentiu uma dor no coração quando olhou nos
olhos zombeteiros de Jessica. Maya estava prestes a explicar, mas ele a
impediu.
Maya sabia quem era Jéssica à primeira vista, porque Jason sempre
trazia as fotos dela com ele. Todas as noites, ele olhava na direção de
Lexingport City e levaria uma ou duas horas para fazer isso.
Maya pensou: 'Acontece que o Sr. Fu não sente falta de sua família,
mas de sua esposa.
Além de fazer pesquisas, o Sr. Fu passa o tempo com saudades da
esposa dia após dia. Ele nunca se sente entediado. '
"Sim, eu me casei e divorciei." Aparecendo como um cavalheiro, Jason
deu um tapinha no ombro de Maya e disse: "Vá buscar o remédio primeiro e
espere por mim no lugar onde moramos."
"OK." Maya foi embora.
Vendo que Maya estava para sair, Jessica a interrompeu e disse em
voz alta: "Você não pode ir."

Capítulo 389 A certidão de óbito


Como esperado, Maya parou e deu uma olhada tímida em Jessica. Ela
viu claramente ciúme e indignação nos olhos de Jessica.
"Eu ..." Maya se virou para olhar para Jason, como se estivesse
pedindo ajuda, "Sr. Jason ..."
"Maya, está tudo bem. Você pode sair agora." Jason sorriu
gentilmente, dando a Maya coragem suficiente para empurrar a porta.

Melody e seus romances


Quando Maya empurrou a porta, ela encontrou Richard, que trouxera o
tabuleiro. Ela se afastou e abriu caminho para ele.
Nesse momento, Jessica agarrou o pulso de Maya e o pressionou com
força. A dor fez o rosto de Maya ficar pálido. "Eu tenho algo para falar com
você. Venha comigo."
"O que?" Maya olhou para ela com medo.
John disse: "Richard, mande a Sra. Jessica de volta para Stone Road."
O tom de John era profundo e forte, e havia até uma depressão
desconhecida nele, fazendo com que as pessoas não ousassem dizer nada
contra ele.
Jessica abriu a boca, mas no final, ela foi escoltada de volta para
Stone Road por Richard.
Sam estava jogando xadrez com Jason em uma cadeira de rodas,
enquanto Jason estava obviamente distraído, então ele perdeu o jogo sem
motivo.
"O que você pensa sobre?" Sam sabia o que se passava na mente de
Jason, mas mesmo assim perguntou.
Jason respondeu: "Nada. Sam, suas habilidades no xadrez melhoraram
muito."
Agora mesmo, quando John contou a Sam sobre o divórcio, Sam não
ficou surpreso. Parecia que as pessoas da família Shi já sabiam disso, então
Jason não precisava mais ligar para Sam como pai.
Sam não forçou Jason. Ele apenas recolocou as peças de xadrez
brancas na frente de Jason. Parecia que Sam queria dizer algo.
Após a segunda rodada, Jason riu, "Eu perdi de novo."
Pela primeira vez, Jason perdeu a inocência. Jason sabia que o amor
de Jessica por ele se misturava a outras coisas, mas mesmo assim decidiu
se casar com ela. Não importa o quanto seu casamento afetaria seus
valores, ele acabaria por se divorciar dela.
Pela segunda vez, Jason perdeu seu próprio coração. Quando Jason
voltou, ele havia pensado em como cumprimentar Jessica educadamente
depois que se conheceram. Ele não queria parecer tão abatido e triste como
estava no noroeste. Mas quando viu Jessica, todas as suas palavras ficaram
presas na garganta e ele não ousou olhar para ela.
Enquanto eles se entreolharam, ele não pôde deixar de querer voltar
para ela.

Melody e seus romances


Jason gostou de Jessica desde a infância. Em uma idade jovem, ele
sabia que tinha que trabalhar duro para se igualar a ela.
A razão pela qual ele não podia desistir agora não era por causa do
custo do tempo, mas porque ele havia derramado muito amor e tempo
nela. Foi porque, do começo ao fim, ele apenas amou Jessica.
O chamado primeiro amor ficaria gravado no fundo do coração das
pessoas por toda a vida, e a existência que as pessoas jamais esqueceriam
em toda a sua vida.
"Ninguém sempre vai perder." Sam disse significativamente: "Trocar
peças de xadrez? Desta vez, vou usar o branco e você usar o preto."
Sem esperar pela resposta de Jason, Sam substituiu as peças de
xadrez de Jason por peças de xadrez pretas e Sam usaria as pretas.
Na terceira rodada, Jason ganhou.
Sam sorriu, mas Jason franziu a testa para as peças de xadrez pretas
e olhou para Sam confuso.
"Bem, este jogo de xadrez acabou. A peça de xadrez em sua mão é
meu presente para você." Sam ergueu a mão para sinalizar ao mordomo
para empurrá-lo de volta para a cama.
Sam precisava descansar. Apenas os três membros da família de
Nelson ficariam na ala para cuidar dele. Os outros voltariam para suas casas
para descansar e depois mudariam de turno.
Mesmo que John e Jason não pudessem ser uma família, eles
cresceram juntos como bons amigos.
Quando os dois estavam prestes a encontrar um lugar para conversar
sobre os velhos tempos, Cassie de repente se aproximou e disse
ansiosamente: "Sr. John, há algo urgente que Amy quer ver você."
Como Amy estava em Spring City, ela devia ter algo urgente sobre
Nina para contar a ele, então John estendeu a mão para atender o telefone.
"Diz."
"Sr. John, a Sra. Nina está desaparecida. Por favor, venha para Spring
City o mais rápido possível."
"Ausência de?" Com uma expressão nervosa no rosto, John retrucou:
"O que você quer dizer com desaparecido? Quando ela desapareceu?"
Tremendo de medo, Amy respondeu: "Não a encontrei ontem à noite e
esta manhã ..."

Melody e seus romances


"Noite passada?" John levantou a voz e interrompeu as palavras de
Amy. Perguntou com raiva: "Por que você não disse isso até agora?"
Não foi um tom de questionamento, mas uma acusação afirmativa.
"Sr. John, não consegui entrar em contato com todos ontem." Amy
enxugou o suor frio da testa. Não importava quem fosse a pessoa, ela não
conseguia entrar em contato com todos. As mensagens que ela enviou
foram todas em vão. O número que ela discou estava ocupado novamente e
novamente.
Ontem à noite, Sam estava na sala de cirurgia e todos ficaram no
hospital com medo. Ninguém prestou atenção a este assunto.
Foi só quando John tocou seu corpo que percebeu que seu telefone
havia caído na praia de Spring City. Ele adivinhou que poderia ser levado
para algum lugar pela chuva.
"Eu estarei lá." John desligou o telefone e saiu com pressa sem se
despedir de Jason.
John agora estava cheio do que Amy havia dito, "Sra. Nina está
faltando."
O que Amy quis dizer com falta?
Ausência de? Ou algo aconteceu?
Não, isso não aconteceria.
James recebeu uma ligação de sua garotinha. Nina devia saber que ele
mentia para ela, então ela deliberadamente se escondeu de Amy.
John pegou um avião particular para Spring City. Suas pálpebras
direitas continuavam se contraindo ao longo do caminho, como se algo ruim
estivesse para acontecer.
Havia um ditado que dizia que o olho esquerdo de um estremecia por
dinheiro e o outro por desastre.
John estava cético em relação a essas palavras até que não conseguiu
encontrar nenhum vestígio de Nina em Spring City.
Quanto mais seus olhos direitos tremiam, mais perturbado ele ficava.
Só depois de usar seu poder é que uma sacola de documentos
lacrados foi entregue. Amy abriu a sacola de documentos e tirou um
certificado. Quando Amy viu claramente as palavras nele, ela arregalou os
olhos de horror.
Bang ...

Melody e seus romances


A bolsa caiu no chão.
Todos os documentos nele deslizaram para fora, e um deles caiu
diretamente aos pés de John.
Atestado de óbito médico residente.
As palavras "certidão de óbito" eram como uma lâmina afiada
transparente, perfurando os olhos do homem.
John ficou parado com as costas rígidas. O ar de repente parou de fluir
e ficou mortalmente silencioso.
"Sr. ... Sr. John ..." Com a voz trêmula, Amy estava prestes a se
abaixar para pegar os documentos que estavam no chão.
Quando a mão dela estava prestes a tocar o certificado, John de
repente levantou a mão para detê-la e se abaixou para pegá-lo e segurá-lo.
John recolheu todos os documentos no chão, um por um, e os segurou
nas mãos. Seus olhos percorreram a certidão de óbito e a certidão de
cremação ...
Seus dedos tremiam ligeiramente e seus olhos eram profundos e sem
fundo, com uma luz fria.
Sua filhinha era tão ousada agora que até ousou fazer tal piada.
John não disse nada, Nina estava com medo que o Sr. John fosse
atingido com força. Ela suportou a dor em seu coração pela morte de Dona
Nina e o consolou com lágrimas nos olhos.
"Sr. John, sinto muito por sua perda."
"Ela não vai morrer." Com uma expressão calma em seus olhos, John
rasgou todos os documentos e os jogou na lata de lixo.
Como sua garotinha poderia facilmente morrer afogada?
Havia apenas uma possibilidade de que ela tivesse partido. Quanto a
onde ela iria, ele não sabia.
Não importava onde ela fosse, ele iria encontrá-la mesmo se ele
procurasse no mundo inteiro.
Após uma investigação completa, John descobriu que Nina havia
cancelado sua residência e desaparecido sem deixar vestígios.
Ao mesmo tempo, de acordo com a investigação, um navio de cruzeiro
de luxo apareceu no mar de Spring City na noite passada e partiu não muito
depois de desembarcar.

Melody e seus romances


O navio de cruzeiro dirigia-se para a Ilha C, marcada pela família real
da Ilha C.
John deu um suspiro de alívio. Sua filha estava bem, mas sua família a
levou embora.
Mas...
Como ele poderia encontrá-la através do vasto mar?

Capítulo 390 As coisas não são tão simples


Quando John estava se preocupando em como procurar alguém na
costa, um tsunami apareceu na Internet.
A notícia de que Nina estava morta apareceu nas buscas principais.
Deus tinha ciúmes de Nina para que Nina morresse afogada.
A pessoa que postou esta mensagem de microblog era uma blogueira
de beleza desconhecida, cuja localização era Spring City.
Em apenas alguns minutos, alguns meios de comunicação se
aprofundaram neste assunto e logo o expuseram e confirmaram.
Quando John olhou para a pesquisa principal, ele franziu a testa e seu
rosto estava sombrio como tinta. Amy disse rapidamente: "Vou entrar em
contato com Richard imediatamente e remover a pesquisa principal."
Quando ela conectou o telefone, os olhos de John brilharam e ele disse
para detê-la.
"Não há necessidade."
"?" Confusa, Amy desligou o telefone e deixou a notícia se espalhar
pela internet.
John bateu os dedos suavemente na mesa. Uma série de coisas
acontecera muito recentemente, e ele precisava organizar seus
pensamentos.
O incidente do vinho na festa de noivado, a notícia de que seu pai de
repente soube que sua irmã e Jason se divorciaram e a notícia de que sua
filha morreu afogada estavam nas principais pesquisas ...
As coisas aconteceram uma por uma. Parecia que não havia uma
conexão certa, mas tudo estava relacionado a ele. Ele era o centro.
"Não é tão simples assim." John se virou e ordenou: "Você fica em
Spring City e investigue os meandros do assunto."
"Sim, Sr. John." Amy ficou em Spring City.

Melody e seus romances


No entanto, a notícia em Lexingport City foi um alvoroço. Era raro para
a família Shi ficar aliviada. Eles tinham visto a notícia de que Nina havia se
afogado na água e morrido em Spring City. A mídia divulgou a notícia de que
o registro da casa de Nina havia sido cancelado, o que fez a família de Shi
acreditar na veracidade do assunto.
Eles tinham acabado de passar pela cirurgia de Sam, mas agora não
era pacífico, o que deixou toda a família sem vida.
De propósito, Tiago chamou John para confirmar isso com John. John
apenas disse a ele: "Não deixe seu avô saber."
"Então," disse James com o rosto pálido, "Tia Nina, ela realmente ..."
No final, James não disse nada, mas sua voz estava embargada por soluços.
"Sim." Depois de desligar o telefone, John contatou Leon
imediatamente.
Nessa época, Leon e Wynn estudavam em outro país. Era tarde da
noite. De repente, eles receberam uma ligação internacional de John. Leon
olhou para o número e ficou confuso.
"O que é? Estou dormindo."
"Irmão," disse John naturalmente, o que fez Leon pular da cama.
"Para para!" Leon ergueu a voz: "Não me chame assim! Não pense
que você pode me chamar de irmão só porque se casou com minha irmã.
Veja quantos anos você tem. Você não acha que tem vergonha de me
chamar de irmão?"
Se fosse no passado, John teria retrucado com arrogância. Mas agora,
tudo o que importava era ter certeza de que Nina estava segura ou não,
então ele não se importou muito com o ridículo nas palavras de Leon.
"Minha esposa foi levada pelo povo da Ilha C. Quero saber sua
situação atual."
"O quê? Meus pais enviaram alguém para trazer Nini de volta para a
Ilha C? Oh, não! Minha mãe deve ter buscado Nini sozinha. Se Nini for
levada de volta, ela deve ..." Leon sabia que algo ruim iria acontecer.
Leon pensou no caráter teimoso de sua irmã. Se ela voltasse e sua
mãe a obrigasse a se casar com Vicente Nangong, sua irmã definitivamente
os ameaçaria com a vida.
"Tudo estará condenado. Tenho que desligar agora. Entrarei em
contato com você depois de receber a notícia." Depois de desligar o telefone,
Leon foi imediatamente perguntar a respeito.

Melody e seus romances


Enquanto John esperava ansiosamente, ele pediu a Richard e seus
homens que investigassem secretamente o que acontecera
recentemente. Enquanto esses fragmentos fossem remontados, uma
imagem completa poderia ser formada.
Demorou para completar o quebra-cabeça e esperar pelas novidades
de Leon.
John estava esperando há dois dias.
Dois dias depois, ao meio-dia, ele finalmente recebeu um telefonema
de Leon.
"Não se preocupe. Nini chegou à Ilha C com segurança. Ela está presa
em casa e não pode contatar ninguém. Espero que você possa ir para a Ilha
C o mais rápido possível." Leon repetiu a exortação deliberadamente: "Seja
rápido, quanto mais cedo melhor."
Quando John ouviu a notícia de que Nina estava sã e salva, seu
cansaço que não fechava os olhos havia dois dias foi varrido.
No entanto, quando ouviu a urgência de Leon, ele teve um mau
pressentimento novamente. Ele franziu os lábios com força.
"Eu vou, o mais rápido possível." John superaria o medo em seu
coração o mais rápido possível e iria proteger Nina.
Depois de ficar dois dias em seu quarto com Nina, John se sentou em
frente ao espelho onde Nina costumava se sentar. Seus produtos para a pele
e cosméticos comumente usados também foram colocados na mesa.
Às vezes, após aplicar produtos para a pele no rosto, Nina aproximava
o rosto do rosto de John, o que equivalia a duas pessoas usando produtos
para a pele juntas.
Os produtos para a pele eram usados para esfregar e, na maioria das
vezes, os batons eram comidos por John, e John era viciado nisso.
John sorriu para o batom na mesa, levantou-se e tomou um banho
quente. Ele raspou a barba por fazer e adormeceu.
Quando ele acordou, o cansaço em seus olhos e sobrancelhas havia
sumido completamente.
Ele se levantou e desceu. Ele viu duas figuras, uma grande e uma
pequena, dormindo no sofá do corredor.
A cabeça de Chester estava na panturrilha de James, e eles se moviam
quando se sentiam desconfortáveis.

Melody e seus romances


"Senhor John?" Quando Helen saiu da cozinha, ela encontrou John,
que estava parado na escada olhando para baixo. Seus olhos ficaram
vermelhos novamente. "Sr. John, você finalmente está disposto a descer!"
Ela não via John há dois dias inteiros. Fazia dois dias.
Quando a Sra. Nina saiu, John se trancou no quarto do andar de
cima. Ele não comia a comida que ela mandava na hora, três vezes ao dia.
Os pratos eram os mesmos que ela os mandou.
Helen enxugou as lágrimas e disse: "Sr. John, você deve estar com
fome. Vou cozinhar para você na cozinha".
"Eles dois?" John desceu as escadas.
"O Sr. James e o Sr. Chester estão preocupados com você. Depois de
saberem que você se trancou na sala, os dois mestres vieram aqui para
esperar por você. Eles temem que algo ruim aconteça com você." Olhando
para as duas pessoas no sofá, Helen sentiu pena delas e deliberadamente
baixou a voz.
Ela pediu aos dois jovens mestres que descansassem na sala. Os dois
insistiram em ficar aqui, temendo que houvesse algo de errado com John.
"Sr. John, o Sr. Henry e o Sr. Adrian também estiveram aqui. Eles não
têm escolha a não ser ir embora, já que não o viram. Além disso," Helen
hesitou por um momento. "Miss Michelle também esteve aqui. Ela ..."
"Qual é o problema?" John franziu a testa.
"Miss Michelle quebrou a porcelana e ralhou com você. Ela pediu que
você devolvesse a Sra. Nina." Helen abaixou a cabeça.
Miss Michelle geralmente parecia uma menina delicada, mas ela jogava
coisas sem misericórdia e praguejava sem misericórdia.
Além do mais, Michelle chorou e praguejou, o que assustou Nove ao
encontrar um lugar para se esconder. O Sr. James e o Sr. Chester não
ousaram se aproximar dela.
Felizmente, o efeito de isolamento acústico no andar de cima era
bom. Se John ouvisse o que Miss Michelle disse, provavelmente iria querer
envenenar Miss Michelle para que ficasse muda.
O coelho era mais feroz quando o coelho estava ansioso do que um
cachorro que mordia as pessoas.
Helen estava preocupada que John realmente quisesse envenenar a
Srta. Michelle para que ficasse muda, então ela implorou por Michelle de

Melody e seus romances


propósito: "A Srta. Michelle disse algo ultrajante só porque ela não aceitou o
assunto da Sra. Nina. Espero que você não a castigue."
"Não importa." John não faria nada com Michelle.
Ela era a melhor amiga de sua esposa.
Depois do almoço, John deixou North Yard e as duas pessoas no sofá
ainda dormiam profundamente.
Em vez de ir para a empresa, John foi para uma sala de
aconselhamento psicológico.

Capítulo 391 Esperar que John tome a


iniciativa
Julie estava na casa da família Ye.
Julie sentou-se na varanda para tomar o chá da tarde. Ela tinha
acabado de ler as principais notícias de pesquisa.
A notícia do afogamento de Nina ainda chamava a atenção.
Julie não se importou com os comentários abaixo da pesquisa
quente. Ela só se importava quando John cumpriria sua promessa de se
casar com sua filha.
Ela ligou para Vivian e pediu que ela voltasse mais cedo do Grupo Ye
para discutir algo importante.
Vivian estudou muito enquanto trabalhava no Grupo Ye. Ela foi
educada com todos ao seu redor e conquistou uma boa reputação. Até
Henry a elogiou muitas vezes na frente de Adrian.
"Chefe, quero pedir licença e ir para casa." Vivian era agora assistente
de Henry. Ela nunca procurou quaisquer privilégios pessoais. Ela fez tudo
antes de obter a aprovação de Henry.
Henry não tinha um pedido tão alto por ela, então ele assentiu e a
deixou voltar.
Assim que ela saiu do escritório, ela conheceu Adrian.
"Sr. Song, você está esperando pelo chefe de novo?" Não foi a
primeira vez que Vivian viu Adrian esperando que Henry saísse do
trabalho. Adrian fazia isso quase todos os dias.
Vivian não pôde deixar de pensar: 'É difícil descobrir.
Se Adrian é mulher, posso entender por quê.

Melody e seus romances


No entanto, ele é um homem. '
"Você sabe disso. Por que ainda me pergunta?" Adrian não gostava de
Vivian, especialmente depois que ela foi elogiada por Henry na frente dele.
Vivian sorriu educadamente. "Eu sei que você e o chefe têm um bom
relacionamento, mas lembro que você conheceu John primeiro. Você deve
ter o melhor relacionamento com John."
"Hmm." Adrian disse superficialmente e passou por ela.
Olhando para as costas de Adrian, os olhos de Vivian se tornaram cada
vez mais profundos.
Ela sentiu que havia uma relação incomum entre os dois homens.
Ela não sabia dizer exatamente o que era incomum.
A ligação de Julie veio novamente e Vivian voltou correndo. Ela achou
que havia algo sério, mas acabou sendo culpa de sua mãe.
"Vivian, o que há de errado com você? Você não está nem um pouco
preocupada com o seu casamento? Eu troquei meu sangue por ele." Julie
apontou para a primeira pesquisa na tela de seu telefone celular e culpou:
"Nina está morta há três dias, mas John não veio até nós para falar sobre
casar com você. Você não entrou em contato com ele. Você quer me irritar?
"
"Mamãe!" Vivian disse impacientemente: "Você não sabe o que está
acontecendo e não diga bobagens aqui. Eu tenho meu próprio plano."
Ela estava impaciente e Julie estava ainda mais impaciente. "O que
você pode fazer? Veja o que você fez. Fizemos tantas coisas, mas ainda não
temos nada.
Você deveria ter me ouvido no início. Você deve fazer sexo com John
diretamente para que Nina se sinta desconfortável e vá embora. Então você
pode ser sua mulher. É uma coisa simples. Você tem que fazer isso de uma
forma tão complicada. "
Cada vez que Vivian ouvia a má ideia da mãe, sentia um arrepio no
coração. Ela não usaria um truque tão sujo. Ela não queria que os outros
descobrissem suas falhas e falassem mal dela.
No entanto, seu plano não teria sucesso sem a ajuda de sua mãe. Eles
estavam no mesmo barco de glória e perda. Eles não podiam desgostar e
conspirar um contra o outro.
"Mãe, deixe-me explicar primeiro." Vivian ficou atrás de sua mãe e
gentilmente beliscou seu ombro.

Melody e seus romances


Contanto que uma pessoa se sinta confortável, ela estará
naturalmente de bom humor.
Julie suavizou seu tom e disse: "Então me diga."
"Mãe, a notícia do afogamento de Nina ainda está em alta procura. Se
a notícia do meu novo casamento com John se espalhar neste momento,
com certeza seremos acusados de tirar vantagem de Nina e John vai
suspeitar de nós, então não podemos tome a iniciativa. Só podemos esperar
que ele tome a iniciativa. " Depois de apertar os ombros de Julie por um
tempo, os dedos de Vivian ficaram doloridos, então ela mudou para socar os
ombros de Julie com os punhos.
"Esperar que John tome a iniciativa? E se ele não tomar a
iniciativa?" Julie estava preocupada com a filha, mas achou que o que ela
disse era razoável.
Vivian sorriu com firmeza. "Já que John me prometeu, ele não vai
quebrar sua promessa. É só uma questão de tempo. Estou esperando por ele
há tantos anos. Não me importaria de esperar mais tempo."
"Você está certo, mas eu só estou preocupado com uma coisa." Julie
deu um tapinha na mão da filha e puxou-a para se sentar ao lado dela. Ela
disse sinceramente: "Acho que devemos fazer isso mais cedo, ou sempre
ficarei inquieta."
Não apenas Julie, mas também Vivian se sentia inquieta.
"Mãe, algumas pessoas estão investigando por que Sam recebeu a
gravação?" Franzindo a testa, Vivian perguntou preocupada.
Julie balançou a cabeça e disse: "Não. Não sei sobre isso. Suspeito que
algumas pessoas estão investigando por que duas pessoas com o mesmo
tipo de sangue que eu de repente deixaram Lexingport City. Receio que eles
descobrirão algo sobre você. "
Vivian ficou alarmada.
Parecia que John realmente havia agido.
"Mãe, é por isso que não menciono o casamento com John." Por mais
preocupada que Julie estivesse, Vivian continuou: "Eu encontrei algo
estranho. Amy e Lena desapareceram de repente. Apenas Richard ainda está
com John."
"O que você quer dizer?" Julie ficou nervosa e perguntou com
desconfiança: "John os enviou para investigar essas coisas em segredo?"

Melody e seus romances


Eles haviam feito algo ruim. Contanto que a outra parte fizesse algo,
eles entrariam em pânico, com medo de que a outra parte realmente
descobrisse algo.
"É bem possível." Vivian segurou a mão da mãe e disse: "Portanto,
não podemos agir precipitadamente, ou eles vão aproveitar a oportunidade
de seguir as pistas."
"Sim você está certo." Julie assentiu repetidamente. "Não é tão fácil
enganar John. Ele é muito desconfiado. Ele não ficará aliviado até que
investigue completamente."
Vivian sorriu e confortou a mãe: "Mãe, não se preocupe. Ele não vai
descobrir tão facilmente. Se John não mencionar isso em três meses, você
pode agir."
"Concordo." Julie foi convencida por Vivian e suas preocupações
gradualmente se dissiparam.
Na varanda, os dois olharam para o lindo pôr do sol. O brilho do pôr-
do-sol estendeu uma figura que passava pelo pátio.
O dono da figura era outra doença mortal para os dois.
"Por que Noah está de volta?" Julie se afastou e viu Noah caminhando
em direção ao escritório de Howard. Ela deu um tapinha no ombro de Vivian
e disse: "Vá e pergunte sobre o que aconteceu. Ele raramente volta. Algo
deve ter acontecido".
O que Julie pensava era verdade.
Noah se inscreveu para deixar Lexingport City para trabalhar em
Spring City.
Sabendo da notícia, Julie e Vivian ficaram felizes e preocupadas. Eles
estavam preocupados porque Noah ainda era o maior acionista do Ye Group,
embora tivesse ido para Spring City.
No entanto, depois que Noah partiu, eles poderiam fazer o que
quisessem e Noah seria incapaz de fazer nada a respeito.
Desse ponto de vista, a partida de Noah foi uma coisa boa para Julie e
Vivian.
No momento, o que mais se preocupava era se John descobriria o que
eles haviam feito.
Julie e Vivian achavam que Amy e Lena estavam investigando
secretamente, mas não achavam que algumas outras pessoas que eram
boas em investigação também trabalhavam para John secretamente.

Melody e seus romances


Richard ficou com John. Além de ajudar John a lidar com os negócios
da empresa, ele também era responsável por treinar as habilidades de luta
de John.
John também tinha um plano.

Capítulo 392 O Castelo na Montanha


O mar da Ilha C era profundo e ciano. A ilha, que cobria uma área de
apenas cento e sessenta mil quilômetros quadrados, ficava no mar sem
limites. As águas e os céus se fundiram em uma cor.
Nina estava em coma por causa da chuva em Spring City. Ela acordou
muitas vezes atordoada. Ela só viu as figuras tremendo diante de seus olhos
e entrando em coma novamente.
Quando Nina estava completamente acordada, ela já estava no quarto
da montanha Scher. A enorme luz de cristal estava acesa, e a brisa da
varanda trouxe o cheiro único da Ilha C.
Nina olhou ao redor da sala. A decoração do quarto era a mesma de
quando ela saiu há dois anos, e não houve mudança.
"O que aconteceu?" Nina abriu a boca e sussurrou: "Por que estou em
casa?"
Nina suspeitou que ela estava sonhando, então ela se virou e correu
para a varanda. Ela olhou na direção da ilha C, e muitos edifícios distintos se
refletiram em seus olhos.
Ela olhou para baixo e viu uma miragem no mar ciano. Era a
montanha Scher.
Nessa época, Nina estava no castelo da Montanha Scher, onde vivia a
família real da Montanha Scher. Esta era sua casa.
A montanha Scher estava localizada em uma praia ao luar na baía da
Ilha C. O castelo era alto, solene e misterioso.
Todas as noites, quando a maré enchia, a maré do mar passava como
dez mil cavalos, afogando toda a praia, circundando a montanha Scher,
tornando-a uma ilha solitária, silenciosa e independente do mundo.
Quando o sol nasceu e baixou, a névoa não se dissipou, como se o
universo tivesse acabado de se abrir. No sopé da montanha, podia-se ver
um campo de grama verde, conectado com a areia movediça branca sem
limites do luar.
Era essa praia branca como a lua que estava conectada à ilha C.

Melody e seus romances


Havia apenas duas estradas no sopé da Montanha Scher. Uma estrada
de madeira conduzia ao mar azul. Quando a maré subisse, ele estaria
submerso e, quando a maré recuasse, ele apareceria.
Este era o lugar favorito de Nina e Leon. Cada vez que a maré
chegava, eles andavam descalços, sentindo o vento noturno e a água fria do
mar.
A outra estrada de asfalto levava à terra da Ilha C. Foi construído
sobre uma ponte elevada, com muitos guardas de ambos os lados. Os
pedestres e veículos que passam devem ser rigorosamente controlados
antes de serem liberados.
Nina esfregou os olhos e os abriu novamente. Ela ainda via o castelo
refletido no mar, e o toque em suas mãos era tão real.
Ela realmente voltou.
Como ela voltou?
Nina fechou os olhos e se lembrou por um tempo. Todas as suas
memórias permaneceram no momento do coma na chuva forte. Quando ela
abriu os olhos, ela voltou ao lugar de seu nascimento.
"Sua Alteza?" Rebecca abriu a porta, mas não viu ninguém na
cama. Ela começou a procurar nervosamente na grande sala e finalmente
encontrou o movimento na varanda.
Ela entrou e viu a pequena princesa.
"Princesinha, você está bem?" Rebecca deu um suspiro de
alívio. Anoitecia e o vento noturno estava um pouco frio. Ela se virou e
encontrou um xale para colocá-lo em Nina.
Nina se virou e viu o rosto familiar. Ela franziu a testa e recolheu o
xale. "Rebecca, obrigado. Estou bem."
"O vento está forte na varanda. Princesinha, você acabou de se
recuperar. É melhor sentar na sala." Rebecca abriu caminho para Nina
respeitosamente.
Nina se sentou no sofá da sala e Rebecca serviu um copo de água
quente com consideração.
"Rebecca, como eu voltei?" Depois de beber água quente, Nina se
sentiu muito mais aquecida. Ela olhou para Rebecca friamente e perguntou:
"Como você me encontrou? Quem lhe disse minha localização?"
Rebecca fez uma pausa e disse: "Não sei".
"Você não sabe?" Nina não acreditou nela.

Melody e seus romances


Rebecca era a assistente pessoal de sua mãe. Ela fez muitas coisas
pela mãe. Como Rebecca poderia não saber?
"Rebecca, você está mentindo." Nina a expôs sem rodeios. Rebecca
não negou ou confirmou, mas baixou os olhos calmamente.
Sabendo que Rebecca só seguiria as ordens da mãe, Nina não
dificultou as coisas para ela. Nina mudou de assunto e perguntou: "Onde
está minha mãe?"
"A rainha está ocupada agora. Ela virá visitá-lo depois que terminar
seu trabalho." Rebecca respondeu rápido desta vez.
"Ela está ocupada." Um olhar complicado passou pelos olhos de
Nina. Sua mãe estava sempre ocupada.
Sua mãe estava ocupada ou prestes a se ocupar.
Sua mãe estava ocupada demais para perder tempo para acompanhar
os filhos.
"Não importa." Nina estava acostumada com isso. Ela acenou com a
mão e disse: "Você pode sair primeiro. Quero dormir um pouco mais."
Nina havia dormido dois ou três dias. Pouco depois de acordar, ela se
sentiu com sono novamente.
Rebecca acenou com a cabeça, "Sim. Eu cuidarei de sua vida diária no
futuro. Estarei fora da porta. Se você precisar de alguma coisa, é só me
ligar."
"O que?" Nina ficou surpresa. "Você não é a assistente pessoal da
minha mãe? Por que você é responsável pela minha vida diária? Onde estão
as pessoas que vão cuidar de mim no futuro?"
"Eu não sou mais o assistente pessoal da rainha, mas o assistente
vitalício de você." Os olhos de Rebecca brilharam.
A rainha não podia deixar que outros soubessem que a princesinha
estava grávida. Somente quando Rebecca cuidou de Nina pessoalmente, a
rainha pôde ficar tranquila.
Agora a atitude da rainha em relação ao bebê na barriga da
princesinha não parava de mudar. Ela ainda estava hesitando entre lidar
com isso em silêncio ou deixar Nina dar à luz em segredo.
Portanto, Rebecca teve que ter muito cuidado com a princesinha e o
bebê em sua barriga. Ela não podia cometer nenhum erro.
"OK." Nina respondeu e bocejou.

Melody e seus romances


Nina estava com muito sono.
Ela obviamente tinha dormido por muito tempo. Como ela poderia
facilmente sentir sono?
Quando Nina bocejou, cobriu a boca com a mão esquerda e de repente
sentiu que faltava algo em sua mão.
Ela estendeu a mão e descobriu que o anel havia sumido.
O anel que John tinha colocado quando ele a pediu em casamento
estava faltando.
"Onde está meu anel?" A sonolência na mente de Nina havia sumido
completamente e sua expressão ficou nervosa. Ela estendeu a mão para
tocar seu corpo e descobriu que tinha colocado um pijama.
"Onde está o anel? Onde está o meu anel?" Nina olhou em volta
apressada e olhou em volta no sofá. Então ela correu para abrir a colcha e o
lençol, mas não viu o anel.
Vendo a expressão nervosa no rosto da pequena princesa, Rebecca se
sentiu um pouco abatida.
O anel, o telefone, o pingente, o relógio que Nina apertava com força
na mão ... Qualquer coisa relacionada àquele lugar foi confiscada pela
Rainha Anne.
"Rebecca, você viu meu anel?" Nina apontou para o dedo onde deveria
estar seu anel para Rebecca e disse: "É a aliança de casamento que meu
marido me propôs."
Embora Nina estivesse com raiva por John ter mentido para ela, o anel
era um símbolo dos dois. Ela não podia perder de qualquer maneira.
Ela não podia perder nada que John tinha dado a ela.
"Minha princesinha," a voz de Rebecca de repente ficou séria, "Você
ainda não se casou. Como pode ter um anel de casamento e um marido?
Como princesa da Ilha C, você deve saber o que dizer e fazer."
O pânico no rosto de Nina tornou-se gradualmente sério. Ela parou de
procurar e olhou para Rebecca com olhos ardentes.
"O que você quer dizer?" A voz de Nina estava tão fria quanto o gelo
no inverno.
Rebecca olhou para os olhos frios de Nina de uma forma nem humilde
nem agressiva e enfatizou novamente: "Princesinha, você não é casada,
nem tem aliança de casamento ou marido. Por favor, tome cuidado com o
que você diz e faz."

Melody e seus romances


Capítulo 393 Supervisão
No dia em que Nina deixou a Ilha C silenciosamente, ela sabia
claramente que sua mãe a pegaria de volta mais cedo ou mais
tarde. Portanto, quando ela acordou e descobriu que não era um sonho
morar na montanha Scher, Nina se comportou muito calma.
Nina também sabia que no momento em que sua mãe a visse, sua
mãe iria investigar o que havia acontecido nos últimos dois anos dela. Ela
não conseguia esconder o casamento com John de sua mãe.
Portanto, ela admitiu francamente que era casada e, quando se tratou
de John, ela o chamou de "marido", como sempre.
Mas ela não esperava que Rebecca dissesse diretamente que ela não
era casada.
Rebecca deve ter sido instruída por sua mãe a dizer isso, o que
significava que sua mãe não admitia a identidade de John.
"Sou casada. Não só tenho uma aliança de casamento, mas também
um marido." Nina anunciou em voz alta: "John é meu marido, meu único
marido na vida".
Rebecca tinha visto Nina crescer. Ela sabia que Nina era tão fria
quanto a rainha Anne e nunca daria nenhuma explicação desnecessária.
O que Nina disse a surpreendeu. A pequena princesa havia mudado
muito.
Rebecca se sentiu surpresa e preocupada ao mesmo tempo. Visto que
a princesinha podia dizer palavras tão firmes, podia-se perceber que o status
de João no coração da pequena princesa não podia ser subestimado.
Isso não era bom para a família real.
Rebecca manteve o respeito e teve que lembrar Nina: "Sua Alteza,
quando você se casou, você usou o registro doméstico de Spring City. Você
é membro da Ilha C. Você precisa deixar isso claro."
Nina ficou atordoada e Rebecca deu outro golpe nela. "Além disso, a
identidade da pequena princesa em Spring City foi cancelada. Agora, não
existe uma pessoa como Nina em Spring City e Lexingport City. Apenas a
princesa da Ilha C, Nina."
"Cancelado?" Nina estava com tanta raiva que quase não conseguia
respirar. Se eles queriam cancelar sua residência, eles precisavam de uma
certidão de óbito ...

Melody e seus romances


Quer dizer, sua mãe havia enviado alguém para falsificar a certidão de
óbito dela e dar a notícia de sua morte?
Todos pensaram que ela estava morta?
John também achava que ela estava morta?
Pânico e inquietação passaram pelos olhos de Nina. Ela olhou para
Rebecca com frieza.
"Me dê isto."
Agora que Rebecca sabia dessas coisas tão claramente, eles deveriam
ter levado seu anel e seus pertences.
Nina se aproximou dela com olhos penetrantes. "Devolva minhas
coisas."
"O que você quer, minha princesinha? Eu não entendo." Rebecca disse
calmamente, com uma centelha de pânico em seus olhos.
Nina era boa em observar as expressões sutis das pessoas. Mesmo
que houvesse apenas 1/4 de segundo de flash, ela ainda poderia capturá-lo
claramente.
"Pela última vez, me devolva todos os meus pertences." Nina se
aproximou de Rebecca. Rebecca baixou os olhos e deu um passo para trás,
tentando não olhar para a princesinha.
Nos últimos dois anos, a pequena princesa realmente se tornou muito
mais astuta.
Em particular, os olhos de Nina pareciam ser capazes de ver através
do coração das pessoas.
"Eu não me importo com outras coisas, mas o anel, celular e relógio,
essas três coisas devem ser enviadas para mim imediatamente. Não perca
nada." A voz de Nina estava terrivelmente fria, "Agora mesmo."
O anel foi colocado em seu dedo por John pessoalmente. O pingente
em seu telefone foi comprado por John e eles tinham o mesmo. Mesmo que
seu telefone estivesse encharcado de água e não pudesse ser usado, ela
tinha que mantê-lo.
Mais importante, o relógio continha a foto em sua certidão de
casamento com John.
Rebecca quase se intimidou com Nina e acenou com a cabeça. Por fim,
a forte qualidade psicológica de Rebecca permitiu que ela se
acalmasse. "Este assunto precisa do consentimento da Rainha Anne."

Melody e seus romances


"Você é minha assistente pessoal ou assistente pessoal da minha
mãe?"
"Eu sou a assistente pessoal enviada pela Rainha Anne para cuidar da
pequena princesa."
"Humph!" Nina bufou friamente.
Desnecessário dizer que Rebecca foi enviada por sua mãe para
monitorar cada movimento seu.
O chamado assistente de vida era apenas um disfarce.
“Onde está a mamãe? Vou procurá-la.” Nina estava com pressa para
encontrar a mãe para pegar suas coisas de volta. Somente quando ela
pegou o relógio de volta, ela conseguiu entrar em contato com as pessoas
em Lexingport City.
Se a notícia de sua morte fosse realmente divulgada, John
definitivamente iria investigá-la. Com sua habilidade, ele deve saber que ela
foi levada de volta para a Ilha C.
Mesmo assim, John ainda estaria preocupado.
Ela deve dizer a ele que ela está segura.
Não apenas John se preocuparia, mas Michelle também choraria até
seus olhos incharem. Michelle não conseguiu descobrir se Nina estava
realmente morta ou não. Com a habilidade da mãe de Nina de esconder a
verdade, Michelle deve ter pensado que Nina estava morta.
Quanto a Emma e James, os dois devem ligar para ela e enviar muitas
mensagens WeChat todos os dias ...
- Noah, você deve estar morrendo de preocupação.
Deitada na montanha Scher, o coração de Nina já havia voado para as
pessoas em Lexingport City.
"A Rainha Anne está ocupada." Disse Rebecca.
Sem hesitar, Nina passou por Rebecca e saiu da sala. Ela não queria
mais perder seu tempo.
Nina foi procurar a mãe sozinha.
"Vossa Alteza, Vossa Alteza ..." Rebecca imediatamente a seguiu e
tentou impedi-la.
Com um pouco de força, Nina poderia afastar Rebecca que estava
muito fraca. Assim que Nina abriu a porta, ela foi parada por dois guarda-
costas.

Melody e seus romances


"Sua Alteza."
"Saia do meu caminho."
Os dois guarda-costas ficaram parados.
"Princesinha, você não pode sair da sala sem a ordem da
rainha." Rebecca o alcançou e explicou.
Era melhor não explicar do que explicar assim. Quando Nina viu que
alguém estava bloqueando seu caminho, ela sabia que seria difícil seguir em
frente.
Estava ficando cada vez mais escuro e a aura de Nina se tornava cada
vez mais violenta. Ela não sabia como tinha estado em coma por alguns
dias, nem sabia como John tinha vivido nesses dias.
"Eu disse para sair do caminho. Você é surdo?" Nina ergueu a mão
para prender o cabelo fino em volta da orelha e os nós dos dedos da mão
direita cerraram-se com um som agudo.
Todos na montanha Scher sabiam que a pequena princesa Nina sabia
como lutar.
Os dois guarda-costas ficaram pasmos. A rainha Anne havia dito a eles
para não machucar a princesinha e não deixá-la sair. O que eles devem
fazer agora?
Os dois pareciam envergonhados.
Em um piscar de olhos, Nina levantou a perna e chutou cada um dos
dois homens no peito. Os dois homens fortes cambalearam meio passo para
trás.
Mas foi apenas meio passo.
Eles rapidamente estabilizaram seus corpos e se tornaram uma parede
humana para parar Nina, que acabara de dar um passo à
frente. "Princesinha, por favor, não torne as coisas difíceis para nós."
Com o rosto sombrio, Nina não disse nada. Ela olhou para as duas
pessoas e franziu a testa ligeiramente.
Sua mãe havia tentado da melhor maneira selecionar a pessoa mais
capaz ao seu redor para monitorá-la.
Era difícil lidar com Rebecca e os dois guarda-costas não podiam ser
vencidos.
No momento em que Nina estava carrancuda, a Rainha Anne correu
como de costume e viu sua filha parada na porta quando ela acordou.

Melody e seus romances


"Nina", disse Anne com uma expressão alegre. Ela apressou o passo e
abraçou a filha, que era quase da mesma altura que ela. Com os olhos
vermelhos, Anne disse: "Você finalmente acordou. Minha princesinha
finalmente acordou. Você me deixou tão preocupada."
Nina tinha pouca comunicação com seus pais. Quando de repente ela
foi abraçada pela mãe, ela ainda se sentia um pouco desconfortável. Seu
corpo estava um pouco rígido, mas ela se sentia quente.
Essa era a ganância de sua infância, e ela não esperava perceber isso
até agora.
"Mãe," Nina gradualmente relaxou as células tensas por todo o
corpo. "Estou acordado. Não se preocupe, mãe."
"É bom que você esteja acordado." Anne levou a filha para a sala e
sentou-se no sofá para perguntar se ela estava se sentindo bem.
Enfrentando as perguntas da mãe, Nina primeiro respondeu
seriamente, mas depois ela simplesmente respondeu.
Anne percebeu que havia algo errado com a expressão de Nina. "Nina,
você tem algo em mente?"
"Sim." Nina disse com franqueza: "Mãe, quero pegar de volta meu
anel, celular e relógio. Quero entrar em contato com meu marido e minha
amiga".
Anne largou a mão da filha e o rosto de Anne mudou.

Capítulo 394 Eu Prefiro Desistir de Minha


Identidade de Princesa
A mãe e a filha se olharam nos olhos, sem ceder.
A sala estava tão silenciosa que as pessoas podiam ouvir a brisa do
mar. Anne parecia séria e Nina parecia indiferente. Eles ficaram em um
impasse por um momento.
"Nina, eu cuidei de tudo para você. Não se preocupe." Anne sempre foi
rígida como mãe de Nina, e até mesmo uma palavra de conforto dela era
dura.
No entanto, Nina podia ser persuadida pela razão, mas não intimidada
pela força.
"Você quer dizer que estou morto? A maneira como você lida com isso
é falsificar o meu atestado de óbito, cancelar meu registro doméstico e dizer
que estou morto." Pela primeira vez na vida de Nina, ela odiava sua mãe.

Melody e seus romances


Desde criança, Nina não tinha a companhia da mãe, Nina foi
restringida por várias regras e aprendeu diferentes habilidades. Naquela
época, ela só reclamava em seu coração e gradualmente ficou entorpecida.
Ela podia esquecer, mas não podia deixar John ir.
Todos que ela conheceu em Lexingport City trouxeram suas
experiências emocionais diferentes. Ela tinha sua própria casa e amigos. Ela
passou a ter carne e sangue, chorando, rindo e brincando de fofa ...
"Nina, eu fiz tudo isso para o seu próprio bem." Vendo o ódio nos olhos
de sua filha, o coração de Anne se contraiu de repente e sua voz se
suavizou.
Quando sua filha fugiu de casa, ela ficou com raiva. Ela enviou pessoas
para procurar secretamente por sua filha, mas não houve resultado. O
pânico substituiu a raiva.
Um ano depois, virou arrependimento.
Anne sentia muito a falta de sua filha. Enquanto ela tivesse tempo, ela
iria ao quarto de Nina e se sentaria. Cada vez que ela tocava a decoração do
quarto de Nina, ela podia sentir o frio nele.
A sala inteira estava fria.
Mas agora, parecia não haver temperatura.
"Toda mãe está fazendo algo para machucar seu próprio filho em
nome de ser boa para ele. É comum." Nina disse sem rodeios.
Aos olhos dos outros, era até um pouco rebelde.
Porque Nina nunca havia contradito sua mãe antes.
No passado, Anne também ficava furiosa. Nina estava pronta para ser
repreendida, mas o que ela não esperava era um suspiro impotente de sua
mãe.
"Seu irmão está certo. Você vai me odiar pelo que fiz."
Ao ouvir as palavras da mãe, Nina de repente se lembrou de que não
via o irmão desde que acordou. Se seu irmão soubesse que ela havia
voltado, ele definitivamente ficaria com ela o tempo todo.
"Onde está meu irmão?"
"Eu organizei uma viagem de estudos para ele em outro país."
"Você organizou isso?" Uma expressão de preocupação apareceu no
rosto de Nina. Desde o incidente com Valerie, seu irmão gostava de estudar,
mas sempre andava sozinho.

Melody e seus romances


E sua mãe sempre achou que seu irmão era um aquecedor de
cadeiras. Por que sua mãe de repente arranjou para seu irmão estudar no
exterior?
Se algo deu errado, deve haver alguma razão.
"O que o irmão fez de errado?" Nina sentiu que esse estudo no
exterior deve ser muito difícil.
Como ela esperava, Leon e Wynn viveram uma vida difícil em um país
estrangeiro sem nenhum dinheiro.
Anne ficou zangada com a menção de seu filho. "Como irmão, ele não
deveria deixar sua irmã morar fora."
O que sua mãe quis dizer com deixar viver fora? Sua mãe estava
culpando seu irmão por encobri-la. Agora a mãe dela estava punindo ele por
fazê-lo ir estudar no exterior, provavelmente para deixá-lo experimentar o
que era a verdadeira vida fora.
Porém, para Nina, esses dois anos não foram apenas viver fora, mas
um renascimento.
"Não tem nada a ver com meu irmão. Eu implorei a ele para me
ajudar. Mãe, por favor, deixe-o ir e deixe-o voltar." Nina abaixou a cabeça
ligeiramente para a mãe.
Agora Nina finalmente entendia por que sua mãe poderia encontrá-
la. Ela deve ter extorquido confissões ao irmão.
'Pobre irmão ...'
"Não há espaço para negociação sobre esse assunto." Anne não
concordou. Ela estava determinada a dar uma lição ao filho.
Nina teve um flash inspirador: "Mãe, quero entrar em contato com
meu irmão."
Sua mãe não deu a ela nenhuma ferramenta de comunicação porque
ela tinha medo que ela entrasse em contato com John e outras
pessoas. Agora ela queria entrar em contato com seu irmão, não é?
"Você quer entrar em contato com ele ou seus amigos em Lexingport
City?" Anne viu através da mente de sua filha em um segundo.
Nina estava sem palavras.
"Nina, você é a princesinha da Ilha C. Você não pode agir
intencionalmente. Você deve desistir do que deveria." Anne disse com
seriedade: "É apenas um sonho em Lexingport City. Quando você acordar,
terá que voltar à realidade. Eles apenas ..."

Melody e seus romances


"Sim, eu deveria desistir do que deveria desistir." Nina interrompeu a
mãe e ergueu o queixo de maneira nem humilde nem agressiva. "Eu desisto
de minha identidade como a princesa da Ilha C."
O ar de repente tornou-se sufocante.
Anne se levantou abruptamente e olhou para sua filha rebelde,
cerrando os dentes para dar a Nina outra chance.
"Vou fingir que não ouvi o que você acabou de dizer."
Levantando os olhos para ver a expressão séria da mãe, Nina se
levantou lentamente, sem medo. "Meu marido e meus amigos não são um
sonho, mas existências reais. Eles são a riqueza da minha vida, e não posso
desistir deles. Então ..."
Os lábios de Anne tremeram ligeiramente e suas pupilas se contraíram
de repente. As mãos penduradas em ambos os lados do corpo se moveram.
Nina ignorou a raiva de sua mãe que estava prestes a explodir dos
olhos de sua mãe e continuou: "Eu prefiro desistir da princesa da Ilha C ..."
Tapa...
Anne bateu no rosto de Nina sem piedade e olhou para Nina com os
olhos vermelhos.
Anne usou todas as suas forças para bater em Nina.
Nina acabara de se recuperar de uma doença grave e estava
grávida. Nina caiu no chão com um estrondo com o tapa da mãe. As mãos
de Nina varreram todos os vasos de ouro sobre a mesa e eles se espalharam
pelo chão.
"Rainha, princesinha, o que aconteceu?" Rebecca, que estava de
guarda na porta, correu com dois guarda-costas quando ouviu o barulho.
A pequena princesa caiu no chão sem jeito. A rainha Anne apontou
para a pequena princesa no chão com raiva. Anne abriu a boca e quis
xingar, mas não conseguiu dizer uma palavra. Apenas seus dedos pararam
de tremer no ar.
"Rainha, a princesinha tem ..." Rebecca ia mencionar a gravidez de
Nina, mas quando ela pensou que era um segredo, ela imediatamente
mudou suas palavras, "A pequena princesa não está com boa saúde agora
..."
Nina só sentiu uma dor de estômago e a dor no rosto se
espalhou. Sem pensar muito, ela cambaleou com a ajuda de Rebecca.

Melody e seus romances


"Eu estou bem." Nina acenou com a mão e disse com firmeza: "Eu já
te disse uma vez. Não importa, mesmo que eu não diga uma segunda vez."
Anne queria ajudar Nina a se levantar, mas suas mãos e pés pareciam
congelados no local, incapazes de se mover um pouco. Ela só podia abaixar
a cabeça como se perdesse todas as suas forças.
Vendo que sua filha tinha que insistir no que ela dizia, mesmo que
fosse espancada, Anne se virou e saiu tristemente. Ao mesmo tempo, Anne
enviou mais guardas para vigiar Nina.
Nina ficou alguns dias no quarto em transe. Na maior parte do tempo,
ela ficava na varanda para observar a vazante e o fluxo da maré.
Foi só quando seu pai, Bruce, voltou, que Nina viu uma virada.
A primeira coisa que Bruce voltou depois de não ver sua filha por dois
anos foi visitá-la. Ele correu aqui antes que pudesse mudar de roupa.
Se Anne desempenhava o papel de mãe rígida em casa, então Bruce
era um pai gentil.
Aos 47 anos, Bruce era bonito e forte. Exceto por um pouco de
gordura, ele não tinha deficiências e nem ficava enrugado ao sorrir.
"Nina, minha querida filha, você finalmente voltou. Como tem passado
fora destes dois anos? Você está feliz?" Bruce não sabia que Nina era casada
fora, nem sabia como sua filha voltou. Ele apenas pensou que sua filha
estava cansada da vida lá fora e voltou sozinha.
Quando soube da notícia de que Nina fugiu de casa, foi repreendido
secretamente pela esposa, porque achava que o que Nina fazia não era
errado e gostava dele quando era jovem.
Mas quando viu que a expressão da filha estava muito melhor do que
há dois anos, Bruce se sentiu consolado.
Ela parecia uma garota normal agora.
No entanto, esse sorriso era como um sorriso forçado após comer algo
amargo.
"Sim, estou muito feliz nos últimos dois anos."
"Então por que você parece infeliz?" Em comparação com a
comunicação de sua esposa com sua filha, Bruce tinha mais comunicação
com sua filha. Os dois tinham uma relação próxima entre pais e filhos.
Nina abriu seus olhos inocentes e baixou o rosto. "Não consigo entrar
em contato com meus amigos."

Melody e seus romances


Capítulo 395 Obtenha o Apoio do Pai
"Amigos? Minha filha tem amigos?", Disse Bruce com um sorriso
brilhante.
O sorriso no rosto de seu pai acalmou Nina muito. Ela acenou com a
cabeça e disse: "O nome dela é Michelle, assim como o coelho que meu
irmão me deu quando eu era criança, e Noah, ele é uma pessoa muito justa.
James e Emma acabaram de ficar noivos, e não sei onde eles estão jogando
e ... "
Depois de uma pausa, Nina decidiu confessar ao pai: "Sou casada".
Bruce ficou sem palavras ... Bruce ficou chocado por um tempo. Ele
nunca tinha encontrado grandes ondas em sua vida, mas isso estava além
de sua resistência.
Sua própria filha se casou?
Mas ele não sabia.
"De onde veio esse porco? Por que ele é tão arrogante?" Indignado,
Bruce levantou-se e arregaçou as mangas.
"Pai, acalme-se e preste atenção na sua gestão de imagem." Nina
rapidamente estendeu a mão e agarrou seu pai, que estava prestes a
explodir. Ela estava muito familiarizada com este estado, e seu irmão havia
dito algo semelhante.
Bruce ficou com tanta raiva: "Sua mãe sabia disso? Você acabou de
dizer que não podia entrar em contato com seus amigos. É porque sua mãe
não permitiu que você contatasse aquele homem?"
"Sim." Nina franziu os lábios e assentiu. Essa era exatamente a razão
pela qual ela estava infeliz. "Pai, você pode me ajudar? Minha mãe de
repente me trouxe de volta. Meu marido e meus amigos não sabem onde eu
estive. Eles devem estar muito ansiosos."
"Ansiosos? Se eles estão ansiosos e preocupados com você, eles
deveriam vir até você." Bruce ainda estava imerso na reclamação de que seu
repolho foi monopolizado por um porco.
Embora estivesse com raiva, ele ainda não conseguia suportar ver o
rosto triste de sua filha. Ele nunca a tinha visto feliz desde que ela era uma
criança. Era raro ouvi-la dizer que se divertiu muito nos últimos dois anos.
Só quando Bruce tocou no bolso e no bolso da calça é que percebeu
que havia se esquecido de levar o telefone com ele que consolou
apressadamente a filha: "Não se preocupe. Vou falar com sua mãe amanhã".

Melody e seus romances


Os olhos de Nina brilharam em um instante. "Obrigado pai."
"Mas eu ainda tenho que lembrá-lo de que não tenha muitas
esperanças. Sua mãe tem suas próprias dificuldades em fazer isso." Olhando
para os olhos da filha, que estavam brilhantes como estrelas agora, Bruce
sentiu pena dela, mas ele tinha que lhe contar a realidade cruel. "Você ainda
se lembra de Vicente Nangong?"
Nina balançou a cabeça, "Não me lembro."
"De quem você herda sua capacidade de memória? Você não pode
esquecer o que viu. Mas você se esquece imediatamente de quem
viu." Bruce balançou a cabeça desamparadamente.
"OK." Nina nunca se lembrava de nada que não tivesse nada a ver com
ela. "Talvez seja porque as pessoas não são coisas."
Bruce ficou sem palavras ...
"Vicente Nangong é o filho mais novo da família Nangong. Ele tem um
grande prestígio na Ilha C e é sua mãe ..."
"Seu prestígio é muito alto. O prestígio dele é tão alto quanto o
seu?" Nina interrompeu seu pai. Ela sabia o que ele ia dizer.
"Claro que não." Levantando o queixo, Bruce mudou com sucesso o
assunto de sua filha. "Seu pai é profundamente amado pelo povo. Tenho um
grande prestígio."
"Sim, ele não é tão poderoso quanto você. Por que eu me lembro
dele?" Nina havia passado muito tempo em Lexingport City nos últimos dois
anos. Especialmente nos seis meses desde que conheceu John, ela
aprendera a agir como uma criança mimada.
Ela imediatamente usou esse truque com seu pai.
Nina se inclinou para o pai e segurou seu braço. Como ela costumava
segurar o braço de John, sua ação foi muito natural.
Algumas pessoas escolheram seus parceiros de vida para procurar o
que estavam perdendo desde a infância. Nina carecia do amor do pai, então
ela sempre sentiu que não importava que John fosse dez anos mais velho
que ela. Em vez disso, ela tinha uma sensação de segurança, assim como
seu pai poderia dar a ela.
Portanto, esse tipo de intimidade entre Nina e seu pai também pode
ser originado de que John deu a ela sensação de segurança suficiente, e
aumentou invisivelmente a interação íntima entre ela e seu pai.

Melody e seus romances


"Pai, meu anel, relógio e telefone celular foram escondidos pela mãe.
Você pode encontrar uma maneira de obtê-los da mãe?" Nina balançou
suavemente o braço do pai. “Meu marido comprou o anel para mim e meu
irmão me deu o relógio. Significa muito para mim. Não consigo viver sem
essas duas coisas.
Minha mãe não quer que eu contate pessoas em Lexingport City. Você
não tem que me dar meu telefone, mas você tem que me dar o pingente no
telefone. Pai, você pode me ajudar? Minha mãe só escuta você. Pode me
ajudar? "
Foi a primeira vez em sua vida que sua filha agiu como uma criança
mimada. Bruce teve a ilusão de ter visto um fantasma, mas gostou muito
dessa sensação.
No passado, quando via as filhas de outras pessoas agindo de maneira
fofa, ele as invejava. Sua filha sempre teve um rosto frio como o da mãe,
tornando as pessoas incapazes de se aproximarem dela.
Às vezes, Bruce duvidava se queria ser maltratado ou não. Ele gostava
da atitude fria e indiferente dos outros. Embora invejasse as adoráveis filhas
de outras pessoas, gostava mais da própria garota.
Até agora ele percebeu que não gostava de ser maltratado de jeito
nenhum, só porque mãe e filha estavam sendo elas mesmas.
A coquete de sua filha quase o matou.
A princípio, Bruce não tinha certeza se conseguiria persuadir a esposa
ou não. Mas agora, sua confiança aumentou instantaneamente. Ele deu um
tapinha no braço da filha e prometeu com firmeza: "Minha filha, não se
preocupe. Mesmo que eu arrisque minha vida, darei a você as coisas que
você deseja.
Se eu não conseguir pegar essas coisas de volta, vou mudar para o
seu próximo quarto e morar no quarto do seu irmão. Nós ignoramos sua
mãe juntos e veremos se ela ousa intimidá-lo novamente. "Disse Bruce com
segurança.
Nina reacendeu sua esperança.
Os olhos âmbar do pai e da filha brilhavam, como se tivessem certeza
de vencer.
No passado, Nina não ousava olhar diretamente nos olhos dos pais por
medo de ver neles alguma insatisfação.
Ela era uma princesa. Ela deve ser excelente.

Melody e seus romances


Foi só quando olhou nos olhos do pai que ela viu o amor que ele havia
escondido em seus olhos por tantos anos.
"Pai", disse Nina em voz baixa. Sem qualquer hesitação, ela se inclinou
e abraçou o pai, sussurrando em seu ouvido: "Obrigada".
Quando sua filha o chamou de "pai" com tanta ternura, Bruce ficou
chocado e não reagiu até que sua filha se inclinou.
"Do que você me chamou?" Com a voz trêmula, Bruce ergueu
lentamente a mão para tocar as costas da filha, tão magras que ele sentiu
pena dela.
Foi só quando Nina chamou o pai que seu corpo ficou verdadeiramente
relaxado. Ela abraçou o pai e disse: "Pai, obrigada. Obrigada por não me
repreender como minha mãe fez quando soube da notícia do meu casamento
e por negar o casamento que escolhi".
As lágrimas brotaram dos olhos de Bruce.
Sua filha havia crescido e sabia que seu pai precisava de cuidados.
Já fazia mais de 20 anos. Não foi fácil ouvir sua filha chamá-lo de pai.
"Não se importe com o que sua mãe disse. É sua liberdade de escolher
um casamento. Eu o apoiarei." O coração de Bruce foi completamente
capturado pela coqueteria de sua filha.
Com o apoio do pai, Nina não se sentia mais desamparada.
"Pai, você não vai me deixar casar com Vicente, vai?" Na verdade,
Nina sempre soube disso, mas ela não queria mencionar.
Agora, com o apoio do pai, ela precisava resolver o casamento político
o mais rápido possível.

Capítulo 396 Uma disputa entre marido e


mulher
O próximo dia.
Houve uma guerra em grande escala na montanha Scher.
A guerra foi tão grande que todas as pessoas no castelo baixaram a
cabeça, sem ousar respirar pesadamente. Todos falavam e faziam coisas de
todo o coração.
Bruce e Anne tiveram uma discussão.

Melody e seus romances


"De qualquer forma, não podemos forçar nossa filha a se casar com
alguém da família Nangong. Ela não gosta de Vicente." Disse Bruce com
firmeza, virando as costas para a esposa.
Ele não conseguia falar alto na frente de sua esposa.
Anne sorriu desdenhosamente e sentou-se elegantemente no sofá. Ela
pegou uma xícara de café e deu um gole. - Qual é o sentido de dizer isso
agora? Quem fez o casamento pessoalmente? Quem escolheu Vicente como
nosso genro? Agora você está me culpando.
Bruce se sentiu culpado: "Então, agora me arrependo. Não quero que
minha filha se case com Vicente. Retiro o que disse antes."
"Arrepender?" Anne levantou a cabeça para olhar para o marido, que
ainda estava de costas para ela, e balançou a cabeça. - Outros podem voltar
atrás, mas só você não. Por que não pensou nos sentimentos de sua filha
quando falou sobre o casamento com Vicente?
"Eu ..." Bruce ficou sem palavras. Ele se virou e olhou para a mulher
que estava sentada no sofá tomando café vagarosamente. Ele caminhou até
ela com raiva, pegou a xícara de café e tomou um gole.
Anne não teve escolha a não ser pedir ao criado que trouxesse outra
xícara.
Depois de tomar um gole de café, Bruce se acalmou muito. "Fiz um
acordo com Vicente para estabilizar o poder da família Nangong. Não tive
escolha a não ser apostar no casamento de minha filha."
"Então o que podemos fazer agora? Se você quer que Vicente trabalhe
para você, você deve fazer com que ele tenha uma posição firme na família
Nangong. Não há outra maneira a não ser deixar Nina se casar com ele." O
café feito pelo servo não tinha chegou ainda. Anne agarrou o café da mão do
marido e sentou-se ao lado dele.
Anne continuou: "Se não fosse por você e por toda a Ilha C, eu não
teria incomodado Nina. Ela nem fala comigo agora. Rebecca queria dizer
algo bom para mim, mas Nina não disse leve isso a sério. "
Como mãe, como poderia Anne não amar seus filhos? Mas seu status a
fez desistir de algo.
Sabendo que estava errado, Bruce ficou sentado em silêncio.
Depois de um momento de silêncio, ele perguntou: "Você pode pedir a
Vicente para cancelar o noivado?"
"Não." Anne olhou para ele friamente. "Você sabe que Vicente está
passando por momentos difíceis na família. Se ele não se casar com Nina, a

Melody e seus romances


família Nangong mudará sua propriedade e o poder deles não estará sob
nosso controle. Nesse momento, o que você poderia fazer?"
Esse problema os incomodava e a Vicente havia muitos anos, mas não
fora resolvido com eficácia. Agora, a única solução dependia de Nina.
"Mas Nina não gosta de Vicente." Bruce estava preocupado.
Anne também sabia disso.
No entanto, eles não eram os mestres de tudo. Havia muitas coisas
que eles não podiam ignorar, mesmo que não gostassem.
"Eu já investiguei claramente. Faz apenas meio ano desde que Nina e
John se conheceram. Quão profundo pode ser o relacionamento
deles?" Anne analisou sem pressa para o marido: "Você disse que Nina não
gostava do Vicente, porque eles ainda não se viram. Eu também não
gostava de você antes de nos conhecermos? Desde que se dessem bem,
eles se dariam bem um com o outro.
Você sabe que Vicente é famoso por seu destaque e sua aparência é
de um em um milhão. Quantas pessoas podem se sentar na posição de um
conde em uma idade tão jovem? Não podemos encontrar um jovem talento
melhor do que ele na Ilha C. "
"Nosso filho também é excelente." Bruce sempre ficou satisfeito com
seu filho.
Anne zombou: "Isso é porque ele é como você."
Não era isso que Bruce gostava de ouvir. Ele se virou e confrontou sua
esposa. "Não é bom parecer comigo? Ele é bonito, inteligente, arrogante e
real. Ele é sensato e não nos deixa nos preocupar com ele."
"Eu estava tão preocupado com ele pela questão de Valerie." Anne deu
a Bruce um olhar para deixá-lo sentir.
Na verdade, seu filho era bom em tudo, mas seu filho não sabia muito
sobre o amor. Claro, foi má ideia de Bruce na época. Ele disse a Leon para
manter a pessoa ao seu lado se quisesse, mas Bruce se esqueceu de dizer a
Leon a maneira certa de manter a pessoa, o que causou uma tragédia mais
tarde.
Tocando o nariz desajeitadamente, Bruce deu um sorriso lisonjeiro e
disse: "Não se preocupe. Nosso filho com certeza vai se casar com uma boa
esposa como eu."
Anne bufou e não pôde deixar de rir.

Melody e seus romances


"Bem, não mude de assunto." Os olhos de Anne ficaram frios
novamente. "Eu acho que Vicente é um bom homem. Ele é bom o suficiente
para nossa filha e pode cuidar de Nina. Ele está esperando por Nina há
muito tempo, então o relacionamento deles pode se desenvolver. Apenas
deixe que eles se encontrem com mais frequência para cultivar seu relação."
Bruce achou que o que sua esposa disse era razoável, mas agora ele
era a favor de sua filha. Ele franziu a testa e disse: "Minha filha foi casada.
Se ela se casar com Vicente de novo, será um crime. Não podemos violar a
lei".
"Não se preocupe com isso. Para evitar nossa investigação, Nina fez
um registro de família falso. Ela usou o registro de família falso para se
casar. O casamento dela não tem nada a ver com a princesa da Ilha C? Além
disso, eu tenho já cuidava de todas essas coisas quando peguei a Nina.
”Anne sempre foi meticulosa. Cada vez que ela fazia algo, ela deve ter
superado os obstáculos.
Agora, Bruce não conseguia encontrar nenhuma desculpa para
recusar.
Ele se sentiu culpado por ter machucado sua filha. "Sinto muito por
nossa filha."
"É inútil dizer isso agora." Na verdade, Anne não queria forçar a
filha. Foi tudo por causa de alguém que havia dito isso antes.
"É útil." De repente, ele olhou para cima e disse: "Onde estão as
coisas que você confiscou de sua filha? Vou dar a ela e fazê-la se sentir
melhor."
Ao ouvir suas palavras, o rosto de Anne ficou sombrio novamente e
disse com firmeza: "Não. Agora que planejamos deixá-la desenvolver um
relacionamento com Vicente, ela deveria apagar o passado".
"É possível apagar o passado se você quiser? Se Vicente realmente
ama meus filhos, ele deveria aceitar o passado dela." Bruce não cedeu: "Dê-
me o anel dela e outras coisas."
"Eu não disse que não deixaria Nina contar a Vicente sobre sua
experiência nos últimos dois anos. Só não quero que Nina se preocupe com
sua experiência nos últimos dois anos. Seu casamento com John tornou-se
inválido , e não faz sentido ficar com o anel. " Anne não queria devolver
essas coisas a Nina.
Ocorreu a Bruce que ele havia prometido à filha que traria algo de
volta, não importa o quê. Do contrário, sua filha pensaria que ele não
cumpriu sua promessa de pai.

Melody e seus romances


Ele deu um passo para trás e disse: "Você não precisa dar o anel a ela.
Dê a ela o relógio. É um presente de Leon. Eles dois têm um relacionamento
muito próximo. Você não pode privar a irmandade deles, pode você? E o
telefone ... "
"Ela não pode ficar com o telefone." Anne disse preocupada: "Ela não
pode mais contatar as pessoas em Lexingport City. Temo que John venha a
causar problemas."
Bruce estava desamparado, 'Posso terminar minhas palavras?'
"Nina só quer o pingente do celular, não o celular."
"Sem telefone?" Anne olhou para o marido com desconfiança: "Você
vai ajudá-la a contatar John secretamente?"
Ao ouvir isso, o coração de Bruce deu um pulo?
"Não." Bruce balançou a cabeça e negou.
Anne continuou a encará-lo: "É melhor não. John não merece nossa
filha. Não faça um casamento entre eles, ou viveremos separados."
"Por favor, não faça isso", disse Bruce timidamente, "prometo que não
farei uma correspondência entre eles. Tudo bem?"
"Isso é bom." Anne finalmente sorriu com satisfação. "Para o seu bem,
vou mandar o relógio e o pingente do celular para Nina."
"Muito obrigada querida." Com um sorriso, Bruce foi trazê-los
pessoalmente à filha.
Depois que o homem saiu, Anne ordenou que ninguém cujo
sobrenome fosse Shi fosse autorizado a entrar ou sair da Ilha C.
Esse pedido sem dúvida foi um golpe fatal para o restaurante de frutos
do mar de Lexingport City.

Capítulo 397 Eu Quero Nini


Todos em Lexingport City sabiam que a esposa de John morreu
recentemente.
O pessoal do Time Group tremia ainda mais, com medo de ter azar.
Nenhum deles se atreveu a falar sobre a morte de Nina. Eles fizeram
um desvio quando viram John. Eles sabiam que deveriam trabalhar muito e
que as propostas deveriam ser perfeitas.
Desde que Nina se afogou, John ficou mais silencioso e imprevisível do
que antes.

Melody e seus romances


Ele não sorriu absolutamente, como um cadáver ambulante.
Ele trabalhou loucamente, constantemente ampliando o campo de
negócios da empresa e avançando em diferentes setores. Ele venceu um
projeto após o outro em uma velocidade surpreendente.
Alguns podem pensar que John queria paralisar-se com o trabalho,
mas ninguém conseguiu entrar em contato com ele depois das quatro da
tarde.
Das quatro da tarde às oito da noite, John não estava trabalhando. Ele
tinha duas outras coisas importantes a fazer.
Consultoria psicológica e treinamento de luta.
Parecia que ele havia se tornado uma máquina em sua própria mente,
mas ele não se sentia cansado. Ele apenas sentia que estava muito fraco,
mas a pressa não trazia sucesso.
Ele esperou todos os dias e viveu uma vida de sofrimento.
Ele estava esperando para ser forte o suficiente para trazer Nina de
volta de seus pais na Ilha C.
Portanto, ele deve trabalhar duro e rapidamente.
Havia um relógio na parede do escritório de John. Às cinco para as
quatro todas as tardes, o sino tocava.
Ao ouvir a campainha tocar, ele largou a caneta na mão, levantou-se,
pegou o paletó e estava para sair.
Nesse momento, Richard empurrou a porta e entrou.
"Fim do horário de trabalho." Havia uma frieza e dureza irrefutáveis no
tom indiferente de John.
Claro, Richard conhecia a regra de John, mas ele tinha que informar
John o mais rápido possível quando se tratasse da questão da Ilha C.
“A Ilha C recusa-se a fornecer frutos do mar para o restaurante de
frutos do mar. No momento, o restaurante está em crise. Existem duas
soluções. Escolha um novo fornecedor de frutos do mar ou feche o
restaurante de frutos do mar e transfira-o para outro proprietário”.
Ao ouvir as palavras "Ilha C", John realmente parou e ouviu Richard
com atenção.
John pensou: 'A razão pela qual a Ilha C se recusa a fornecer frutos do
mar deve ter algo a ver com Nina.
Os pais dela não me acham bem.

Melody e seus romances


"Feche o restaurante de frutos do mar", disse John calmamente, "mas
não o transfira."
Richard perguntou em dúvida: "Fechar sem transferir?"
Se John fizesse isso, ele perderia dinheiro. Richard ficou confuso
porque John não tinha um negócio que não desse dinheiro agora.
Com a ajuda da localização do Seafood Restaurant e a influência do
Time Group, o restaurante certamente faria uma fortuna se passasse por
uma transformação e modernização.
Richard sentiu que havia algo errado com John.
Ele não sabia que o Seafood Restaurant tinha um significado especial
para John.
A Ilha C era a casa de Nina. Como os frutos do mar da Ilha C eram a
assinatura do restaurante, John vendia frutos do mar da Ilha C ou o fechava
diretamente, sem nenhuma outra escolha.
Ele não iria transferir porque Nina gostou.
Além disso, ele acreditava firmemente que um dia seria capaz de
reabrir o Seafood Restaurant e fornecer frutos do mar da Ilha C para sua
esposa.
"Sim. Apenas faça." John respondeu decisivamente.
No momento, a eficiência de trabalho do pessoal do Time Group era
muito alta. Assim que John entrou no elevador e desceu as escadas,
espalhou-se a notícia de que o Seafood Restaurant estava fechado, e uma
conta de marketing aproveitou a oportunidade para aproveitá-la ao máximo
para seu próprio fim.
A conta de marketing escreveu: "John fechou o Seafood Restaurant, o
restaurante favorito de sua esposa. Ele faz isso para lamentar a morte de
sua esposa? Ou para um novo começo?"
Assim que a notícia saiu, quem nada sabia sobre ela começou a falar
bobagem na Internet.
Alguém disse na Internet: "O quê? O restaurante de frutos do mar
está fechado? Então não podemos jantar lá. Que pena!
Deve ser porque John sente falta da esposa e fica triste ao ver o
restaurante. Oh meu Deus, que amor de fada. "
Outra pessoa disse na Internet: "Sou o único que se sente estranho?
Ele não deveria trabalhar mais para administrar o Seafood Restaurant e
lamentar a morte da esposa? Isso também é uma espécie de extensão do

Melody e seus romances


amor deles. O Sr. Shi fecha de repente Restaurante de frutos do mar. Ele
pode estar planejando começar um novo casamento e ter filhos. "
Outra pessoa disse: "É errado começar um novo casamento? Todo
mundo tem o direito de começar uma nova vida. Ninguém estipulou que
alguém deva permanecer solteiro para o cônjuge falecido."
Alguém disse: "Também acho que ele deveria começar uma nova vida,
mas não agora. Ele pode começar uma nova vida quando encontrar a pessoa
certa no futuro."
Alguém respondeu: "Um novo começo? Você quer dizer Vivian Ye? Não
faz muito tempo, havia uma notícia dizendo que o Sr. Shi e a Srta. Ye
haviam reacendido o relacionamento deles. Oh!"
Os internautas fizeram comentários à vontade e criaram um drama de
triângulo amoroso.
Houve um comentário que causou muita discussão.
"De acordo com sua conjectura, suspeito que haja algo suspeito na
morte da esposa de John. Não é um acidente, mas sim um acidente causado
pelo homem? Pense bem. Quem se beneficiará com a morte da esposa de
John? É muito assustador!"
Vivian estava sentada em casa, mas surgiram problemas. Quando ela
viu os comentários, ela ficou com tanto medo que seu telefone caiu.
No entanto, o internauta não mencionou o nome dela, então ela não
poderia esclarecer diretamente, ou faria as pessoas suspeitarem mais.
Mais tarde, os comentários sobre o tópico foram subitamente
controlados e surgiram cada vez mais comentários positivos.
No entanto, Michelle quase leu todos esses comentários.
Ela estava com tanta raiva que andava de um lado para o outro na
entrada do Time Group, rangendo os dentes com raiva.
A recepcionista e as pessoas ao redor sussurraram: "Aquela garotinha
está esperando na entrada da nossa empresa há vários dias. O que ela vai
fazer?"
"Quem sabe? Talvez ela seja uma garota que ama o Sr. Shi e vem aqui
para esperar por ele depois que sua esposa faleceu."
"Então por que ela não descobriu antes de vir aqui? O Sr. Shi
desaparece às quatro horas da tarde todos os dias e ninguém consegue
entrar em contato com ele. Não é perda de tempo para ela esperar ? "

Melody e seus romances


"Se ela quiser esperar, deixe-a fazer. Se ela perguntar alguma coisa,
não responderemos."
Assim que pararam de falar, Michelle entrou com raiva e levantou a
cabeça para perguntar à recepcionista: "Com licença, quero encontrar
alguém".
"Quem é que voce esta procurando?"
"John." Michelle cerrou os dentes e gritou o nome. Depois de tantos
dias de bronca no ar, ela conseguiu dizer o nome de John sem tremer.
Os olhos de Michelle estavam um pouco vermelhos e inchados e ainda
havia lágrimas em seu rostinho. "Eu tenho algo para falar com ele."
"Você tem um compromisso?" A recepcionista disse educadamente.
Michelle balançou a cabeça. "Não."
"Sinto muito. Você deve marcar uma reunião. Além disso, o Sr. Shi
não está na empresa agora."
"Ele foi embora?" Michelle olhou em volta e viu que John estava
caminhando em direção a outra entrada. Ela olhou para a recepcionista com
insatisfação e disse: "Você mentiu para mim. Você não é bonita."
Depois que ela terminou de falar, ela correu em direção a John.
"John, pare!" Michelle rugiu com raiva, assustando as pessoas que
passavam. Todos eles olharam para a menina com horror.
Chocou a todos que ela ousou gritar com John.
A recepcionista imediatamente se aproximou para detê-la e arrastou-a
para fora.
Embora Michelle fosse pequena em tamanho, ela tinha uma forte força
explosiva. Ela pisou no pé da recepcionista e correu em direção a John.
John olhou para trás.
Vendo que era Michelle, ele parou. Ele sabia que ela estava procurando
por ele recentemente.
No momento em que Michelle viu John, toda a amargura e dor em seu
coração explodiram, como se ela tivesse encontrado uma maneira de
expressar seus sentimentos.
"John, devolva minha querida Nini para mim. Você não disse que a
protegeria bem?"

Melody e seus romances


John ficou parado, permitindo que Michelle usasse toda a sua força
para chutá-lo, mas John não se machucou nem um pouco.
Comparado com Nina, os chutes e batidas de Michelle eram apenas um
arranhão.
"Você disse que protegeria Nini, mas você não a protegeu bem. Você
não poderia protegê-la e seu restaurante favorito.
Você quer esquecê-la e começar um novo casamento depois de fechar
o Seafood Restaurant? Você quer se casar com Vivian. "

Capítulo 398 Torne-se mais magro


A última frase de Michelle surpreendeu John. 'Por que ela conecta
essas duas coisas?'
"O que você sabe?" Então ele estreitou seus olhos penetrantes de
águia.
O tom frio de John impediu Michelle de chutá-lo. Ela era tímida e então
se tornou corajosa ao olhar em seus olhos e viu um olhar assassino.
Uma vez, Nina disse a Michelle que uma pessoa ficava zangada quando
as palavras da outra sobre seus pensamentos ruins eram verdadeiras.
Michelle estava com tanta raiva que seu rosto empalideceu. Ela
apontou para John e amaldiçoou: "Assim como dizem os internautas, você
realmente se casará com sua namorada de infância. Nini deve ser morta por
vocês dois!
Você é um cara mau, uma escória, um destruidor de corações! Merda!
”Desde que se confirmou a notícia do afogamento de Nina, Michelle ficou
como um cachorro selvagem louco, completamente irracional.
Ao ouvir as palavras de Michelle, John permaneceu calmo e
indiferente, mas havia uma dor profunda em seus olhos.
Exceto Nina, ninguém se atreveu a irritar John.
As pessoas que passavam assustaram-se com a bronca de Michelle e
mantiveram-se afastadas dela.
"É ela! Tire ela daqui!" A recepcionista chamou os seguranças.
Dois seguranças correram para levar Michelle embora, mas foram
parados por John.
Alguém reconheceu que Michelle era uma boa amiga da esposa de
John e também parente de James. John não ficou com raiva ou a afastou, o
que deixou todos perdidos. Essa pessoa imediatamente contatou James.

Melody e seus romances


Coincidentemente, James estava por perto. Assim que recebeu a
mensagem, ele correu e viu John sendo chutado à distância.
James não via John há apenas alguns dias e descobriu que John havia
perdido algum peso.
Seu rosto estava especialmente magro.
Seu corpo também estava mais magro. No passado, ele parecia forte o
suficiente para proteger os outros do vento e da chuva. Agora ele parecia
fraco e parecia cair facilmente.
Ele estava completamente esgotado.
Michelle não mostrou misericórdia e ainda estava xingando. John não
se esquivou.
John ficou mais triste do que qualquer outra pessoa depois que Nina
faleceu. A culpa de Michelle o deixou com o coração partido.
"Mimi!" James disse enquanto corria, agarrou os braços de Michelle por
trás e a puxou para o lado. "Mimi, acalme-se. Não é culpa do tio John.
Ninguém esperava que tal coisa acontecesse."
Michelle recuou e ainda estava chutando. "É tudo culpa dele. É tudo
culpa dele.
Deve ser porque ele teve um caso com Vivian na noite do seu noivado
que Nini ficou triste e caiu na água.
Nini é boa em natação. Como ela poderia se afogar? Ela foi incriminada
ou estava tão triste por não querer viver. "
Michelle argumentou fortemente. Ela não estava com medo enquanto
olhava para John com ódio.
"Me solte! Me solte!" Michelle continuou lutando e correu para John
como um touro. Foi preciso muito esforço para James impedi-la.
"Mimi, não faça isso."
"O quê? Eu disse algo errado? Você pode perguntar a ele se eu disse
algo errado."
John ficou parado como um pedaço de gelo congelado por mil
anos. Seus olhos estavam turvos e sua voz sem vida. "Ela está certa."
“O que Michelle diz está certo.
Não consigo proteger bem a Nina.
É minha culpa.'

Melody e seus romances


"Humph!" Ouvindo o que ele disse, Michelle finalmente parou de lutar
e James a soltou.
O cabelo de Michelle estava bagunçado e suas roupas amassadas. Ela
parecia muito envergonhada.
Ela alisou o cabelo e disse: "John, eu te odeio tanto.
Se você realmente se casar com Vivian, como os outros dizem,
pessoalmente vou explodir seu casamento. Eu vou explodir vocês dois! "
John não pôde deixar de se maravilhar com o sexto sentido de uma
garota.
Ele não disse a ninguém que ia se casar com Vivian, mas Michelle
achava que ele ia se casar.
No entanto, ele sentia que o plano de Michelle de explodir as pessoas
não era ruim.
"Mimi, do que você está falando?" Às vezes, James realmente não
sabia o que as mulheres estavam pensando. Freqüentemente, eles criavam
uma história do nada.
"Tia Nina está morta, mas tio John não vai se casar com mais
ninguém." James sempre acreditou nisso.
"Nini ainda está viva!" Michelle se virou e rugiu. Ela cerrou os dentes e
olhou para ele com olhos maiores. Vendo isso, James se assustou.
Ele costumava pensar que Michelle era como um coelho dócil, mas
agora parecia que ela era um coelho feroz. Os dois dentes da frente afiados
não serviam apenas para morder cenouras, mas também para morder a
garganta das pessoas.
"Se você disser que Nini está morta, vou odiar você também." Michelle
pisou nas costas do pé de James, o que o machucou tanto que ele gritou.
Michelle se virou e saiu com raiva.
John também saiu, deixando James sozinho, que pulava com o pé
dolorido.
James pensou, 'Que mágica! Qualquer pessoa que se dá bem com a tia
Nina por muito tempo gosta de bater e chutar outras pessoas como ela.
Mimi só me chutou uma vez e estou tão dolorida. Tio John foi chutado
tantas vezes e deve estar muito mais dolorido. '
Pensando na morte de Nina, James de repente não sentiu nenhuma
dor nos pés, porque o que mais doía era seu coração.

Melody e seus romances


Ele colocou o pé direito no chão, que ainda doía, e suspirou enquanto
perseguia o carro de John.
"Tio John, você está bem?" James se virou e foi até a parte de trás do
carro para pegar a caixa de remédios. "Arregace as calças primeiro. Deixe-
me ajudá-lo a verificar. Mimi chutou muito forte."
"Nada." John se recostou no encosto do assento com seus olhos
cansados. O carro estava funcionando e John ouvia o som do vento.
Quando James arregaçou as calças de John, ele viu vários hematomas
nas pernas de John.
"Tio Albert, espere." Agachado no carro estreito, James aplicou
remédio no ferimento de John. "Helen disse que você não voltou para North
Yard por alguns dias. Onde você mora?"
"O escritório." John estava descansando com os olhos fechados e não
sentia nenhuma dor, embora James não aplicasse o remédio suavemente.
Quando James estava limpando o último hematoma nas pernas de
John, os olhos de James repentinamente ficaram vermelhos. "Tio John, você
sabe que perdeu peso? Você está tão magro. Tenho certeza que a tia Nina
vai se sentir desconfortável quando você a abraçar. Ela não gosta disso."
Quando James mencionou Nina, os cílios de John tremeram.
Na montanha Scher, Bruce pegou o relógio e o pingente para
encontrar Nina.
Ele se sentiu culpado e disse: "Só posso retirar essas duas coisas. O
anel ainda está com sua mãe."
"Obrigado, pai." Segurando o relógio e o pingente nas mãos, Nina
finalmente revelou um sorriso que não era visto há muito tempo.
Ela ficou feliz por poder receber de volta o relógio e o pingente.
Quanto ao anel, ela pensou que poderia retirá-lo lentamente.
No momento, a coisa mais feliz para Nina era poder receber o
relógio. Quando todos adormecessem à noite, ela poderia contatar John
secretamente.

Capítulo 399 Aparece no sonho de John


À noite.
Nina estava sentada em frente ao espelho de vestir e aplicando
cuidadosamente produtos para a pele. Rebecca ficou ao lado dela e observou
cada movimento seu.

Melody e seus romances


"Rebecca, eu quero dormir." Nina se levantou e foi até a cama,
bocejando. Ela realmente parecia com muito sono.
Rebecca sabia que as mulheres grávidas tendiam a ficar com sono,
então ela não pensou muito sobre por que a princesinha ia para a cama tão
cedo esta noite.
Ela acenou com a mão para deixar os outros saírem. Depois que Nina
mentiu na colcha, Rebecca baixou pessoalmente a cortina de gaze para
ela. "Boa noite, princesinha."
"Boa noite, Rebecca." Nina fechou lentamente os olhos e respirou
uniformemente.
Rebecca apagou a luz e saiu.
Uma lua brilhante pairava no lugar onde o mar e o céu se
encontravam. O céu azul estava cheio de estrelas brilhantes, piscando
constantemente para o mar.
O mar cintilante ondulava suavemente um castelo, e alguns dos
cômodos do castelo ainda tinham luz amarela.
Quando todas as luzes do quarto se apagaram, era tarde da noite.
Uma luz azul clara de repente saiu da sala escura, que era tão etérea
quanto a fumaça e não podia ser capturada.
A luz azul clara saiu da cortina da cama de Nina.
Nina levantou a colcha e sentou-se de pernas cruzadas na cama. Ela
colocou o relógio no meio do lençol da cama, e o mundo virtual apareceu no
ar a meio metro de distância da cama.
Ela acessou seu WeChat e viu a lista de bate-papo ficando
vermelha. Já havia mais de 99 mensagens.
Michelle estava na frente.
"Nini, onde você esteve? Você não me quer?"
"Nini, eles disseram que você estava se afogando. Eu não acredito.
Waah ... Waah ..."
"Nini, onde você está? Diga-me onde você está. Eu irei até você onde
você estiver."
"Você pode me responder? Não consigo mais entrar em contato com
você. Sinto tanto a sua falta. Papai e mamãe estão chorando. Eles também
sentem sua falta."
"Nini, waah ... Waah ... Minha Nini ..."

Melody e seus romances


"Você está fingindo estar morto porque quer irritar o tio John? Então
você pode pregar peças nele. Por que vocês pregam peças em mim juntos?
Não vou contar aos outros."
"Nini, você não pode morrer."
"Nini, se você ver minhas mensagens, por favor, me diga que você
está bem, ok?"
"Eu te imploro, Nini ..."
As palavras "eu imploro" atingiram completamente a glândula lacrimal
de Nina. Seus olhos estavam vermelhos e as lágrimas caíram na cama.
Nina digitou rapidamente o teclado virtual na cama e respondeu:
"Michelle, estou bem. Não chore. Acabei de ser levada para casa pela minha
mãe. Não se preocupe comigo. Vou enviar uma foto para você. Estou bem
agora."
"Minha mãe não permite que eu entre em contato com você por
enquanto. Estou entrando em contato com você secretamente desta vez.
Você só precisa saber que estou bem. E se cuide."
Nina tirou uma foto com um sorriso largo e mandou para Michelle.
Havia uma diferença de fuso horário entre a Ilha C e a cidade de
Lexingport. Era meio-dia da noite na Ilha C e deveria ser quatro da noite em
Lexingport City. Nesse momento, Michelle estava dormindo profundamente e
não viu nenhuma resposta de Nina.
Então Nina clicou na mensagem de Noah, que ocupava o segundo
lugar na lista de mensagens. Ela não teve tempo de olhar todas as
mensagens, apenas para ver os últimos dias.
"Nini, seu súbito desaparecimento nos deixa muito ansiosos."
"Você está bem? Onde você está?"
"Eu sei que você vai ficar bem."
"Quando você puder entrar em contato comigo, lembre-se de me
enviar uma mensagem e me avisar que você está bem."
"A propósito, solicitei ser transferido de volta para Spring City."
"Nini, lembre-se de me contar sua situação atual. Se precisar de
ajuda, farei o meu melhor."
Com um sorriso nos lábios, Nina respondeu: "Você é realmente o Noah
inteligente e incrível! Não é de admirar que você não acredite nas besteiras
de outras pessoas. Não se preocupe. Estou bem. Minha mãe me levou de

Melody e seus romances


volta para a Ilha C e não me permitiu entrar em contato com ninguém de
vocês. "
Ela pensou um pouco e enviou outra mensagem: "Se possível, espero
que você possa ir à Ilha C e entrar em contato comigo."
Depois de enviar a última mensagem, ela clicou na interface de bate-
papo do WeChat de James. Ela quase cuspiu a boca cheia de sangue.
"Tia Nina, você pode receber minha mensagem no submundo? Que tal
eu escrever para você e queimá-la?"
"Emma e eu sentimos tanto a sua falta. Chester e Dora também
sentem sua falta. Vovô e os outros sentem tanto sua falta. Nós sentimos
tanto sua falta."
"Fui queimar algum dinheiro para você secretamente hoje e não avisei
o tio John. Se ele soubesse, ficaria mais desconfortável. Eu também queimei
uma casa particularmente luxuosa. Espero que você possa cuidar bem de si
no submundo."
"Além do mais, o tio John perdeu muito peso. Se você ainda tem
tempo, por favor, diga a ele para comer bem e não trabalhar muito em seus
sonhos. Diga a ele para comer na hora certa. Eu quero chorar quando o vir
agora."
"Tia Nina, nós realmente sentimos sua falta."
"Também sinto sua falta." Nina murmurou, olhando para a frase "Tio
John perdeu peso".
John não comeu bem e teve um bom descanso na hora certa? Ele
trabalhou duro o dia todo?
'Que tolo?
Você realmente acredita que estou morto?
Nina balançou a cabeça e sorriu. John não iria acreditar.
"James, obrigado por seu dinheiro e casa. Eu os recebi. Eu sou a
pessoa mais rica do submundo. Muitos fantasmas me invejam. Eu tenho
muitos discípulos. A seita dos mendigos está ficando cada vez mais
forte." Depois de digitar as palavras, Nina não pôde deixar de rir, mas não
conseguiu rir, no caso de atrair Rebecca.
Nina quase teve um ferimento interno e rapidamente enviou uma
mensagem com o dedo. "Vou contar a seu tio John sobre isso em seu sonho
agora."

Melody e seus romances


Depois de enviar a chave de resposta, Nina ia realmente aparecer no
"sonho" de John.
O telefone ao lado do travesseiro de John tocou.
Assim que o primeiro som soou, John de repente abriu os olhos. Seus
olhos escuros e brilhantes refletiram uma luz fria.
Ele franziu a testa, com suor na testa.
Desde que Nina desapareceu, John sempre tinha pesadelos. Ele
sempre não conseguia dormir bem e acordava se houvesse um pouco de
barulho.
O telefone preto emitiu uma luz ofuscante e John virou a cabeça para
ele.
"A menina convidou você para uma videochamada."
Desta vez, os olhos de John ficaram vermelhos. Ele pegou seu telefone
e atendeu a chamada de vídeo.
"Shh!" O rosto ligeiramente escuro de Nina apareceu na tela. Ela
gentilmente colocou os dedos nos lábios e sugeriu que ele não fizesse
nenhum som assim que John atendesse a chamada de vídeo.
Nina não acendeu a luz, então ele só podia ver seu contorno através
da luz azul clara da tela. Nina inclinou o rosto para frente.
A tela no ar estava tão escura que nem mesmo o contorno de uma
pessoa podia ser visto com clareza.
Nina disse com os lábios: "Olhe para o seu telefone."
Ela mandou uma mensagem para John. "Querida, eu não posso te ver
quando a luz está apagada."
John estava olhando para o rostinho na tela, seus dedos tremendo
incontrolavelmente. Ele abriu os lábios ligeiramente secos, mas mesmo sem
o movimento de Nina para ficar quieto, ele não conseguia falar.
Milhares de palavras ficaram presas em sua garganta. Ele não
conseguia fazer nenhum som e não sabia o que dizer.
Seguindo as instruções de Nina, ele abriu a interface de bate-papo e
percebeu que a sala estava escura e ela não conseguia ver nada.
John acendeu a luz e Nina imediatamente viu sua aparência.
Ele franziu a testa e parecia cansado. Seu rosto bonito era mais magro
e anguloso, e até a clavícula em seu ombro e pescoço era mais óbvia.

Melody e seus romances


Foi apenas uma semana. Como ele pode ser tão magro?
E a camisa que ele estava vestindo e a parede atrás dele ...
“Você não está em North Yard? Onde você está?” Nina enviou-lhe a
mensagem rapidamente, “Por que você não vai para casa e descansa? Por
que você não come e dorme bem? Por que você está tão magro?”.
No vídeo, John ficou imóvel, sem qualquer movimento, e apenas seus
profundos olhos negros ficaram úmidos em um ponto.
"Eu sinto sua falta." John abriu a boca e não fez nenhum som.
- Menina, sinto tanto a sua falta.
Eu realmente sinto muito a sua falta ... '

Capítulo 400 Mãe, eu imploro


Nina podia ler os lábios de John.
Ela abriu a boca, mas não conseguiu dizer nada. Lágrimas quentes
caíram ao longo de seu rosto.
A luz azul clara brilhou no rosto silencioso da garota chorando, o que
partiu o coração do homem.
A preocupação por ele não a ter visto por alguns dias, a ansiedade
com a qual ele não conseguia entrar em contato e o pensamento escondido
no fundo de seu coração estavam rolando nas lágrimas do homem.
Então John disse suavemente: "Não chore."
Nina mordeu os lábios com força. Quando ela afrouxou o aperto, seus
lábios estavam completamente vermelhos e lágrimas de cristal manchadas
neles. Seu olhar lamentável fez John querer voar para o lado dela agora.
John mandou uma mensagem para ela: "Não chore. Fico confuso
quando você chora".
Olhando para as palavras cheias de saudade e tensão, Nina finalmente
não conseguiu conter a mágoa que havia sofrido por vários dias.
"Waah ... Waah ..." A boca de Nina se contraiu e ela gritou
acidentalmente. Ela nervosamente ergueu a mão para cobrir a boca,
soluçando, e suas lágrimas eram como um lago que falhava em um dique,
constantemente jorrando.
John estava agitado, ele estendeu a mão, mas não conseguiu segurá-
la.
Seus dedos apenas tocaram a tela fria.

Melody e seus romances


"Não chore, não chore." A única coisa que John poderia fazer era
repetir esta frase. Sua voz era baixa e fraca. "Espere por mim."
'Espere por mim. Eu vou te buscar.'
"OK." Nina assentiu com os soluços. Quando ela estava prestes a dizer
mais alguma coisa, houve um som repentino de passos fora da sala.
Anne perguntou: "A princesinha está dormindo?"
"Sim." Rebecca vestiu rapidamente o casaco e respondeu com
sinceridade: "A princesinha foi para a cama cedo."
"Ir para a cama cedo é uma desculpa. Abra a porta." Anne acenou com
a mão e Rebecca imediatamente abriu a porta.
O som da porta girando veio como uma campainha de alarme. Nina
baixou apressadamente a voz e disse: "Querida, estou esperando por você.
Você deve vir me buscar."
Assim que terminou de falar, Nina desligou rapidamente a tela virtual,
pegou o relógio, colocou-o debaixo do travesseiro e puxou a colcha para se
cobrir.
No momento em que Rebecca abriu a porta, Nina apenas fechou os
olhos. Com um clique, a sala estava iluminada.
Os olhos de Nina se moveram e os passos atrás dela foram ficando
cada vez mais próximos. Ela tentou ajustar sua respiração.
"A princesinha está dormindo." Rebecca olhou para as costas de Nina e
baixou a voz.
Mas Anne achava que não. Ela foi direto para o lado da cama e disse:
"Levante-se. Eu sei que você está acordado."
Nina fingiu não ouvir e continuou a dormir com as pálpebras fechadas,
mas o coração batia forte.
Como a mãe dela soube?
No próximo segundo, Anne deu a ela a resposta. "Nina, você cresceu
na montanha Scher. É impossível que você não saiba que a rede de nossa
casa é monitorada pela pessoa especial. Somente aqueles que se
registraram com seus nomes verdadeiros e fizeram a investigação podem
usar a rede aqui."
O coração de Nina deu um pulo. Como ela poderia esquecer isso?
Ela deveria ter sido mais cuidadosa agora para roubar a rede de outras
pessoas, em vez de se conectar diretamente sem proteção.

Melody e seus romances


Foi por isso que ela se entregou.
Nina cerrou os dentes, fingiu mover o corpo, abriu os olhos aturdida,
piscou duas vezes e ergueu a mão para esfregá-los.
Nina bocejou ... Nina moveu o corpo preguiçosamente, parecendo
sonolenta. "Mãe, Rebecca, por que você está aqui?"
'Continue fingindo!
Você não nasceu quando eu era um excelente ator. ' Anne pensou.
Anne a expôs infeliz, "Pare de fingir. Retire o dispositivo que você usou
para contatar outras pessoas."
"Mãe, do que você está falando?" Nina se sentou lentamente e abriu
seus olhos inocentes. "Eu não entrei em contato com ninguém."
Anne também era uma pessoa que nunca diria nada se ela pudesse
agir. Ela ordenou a Rebecca: "Procure no quarto da princesinha".
"Sim." Rebecca começou a vasculhar a sala com seus homens.
Nina não se importou. "Bem, você pode pesquisar."
Rebecca procurou ao redor, mas não encontrou nada suspeito. Ela se
aproximou de Anne e balançou a cabeça. "Não."
"Você não acredita no que eu disse?" Nina disse lentamente: "Você
pode ir embora depois de procurar. Estou com tanto sono."
Então ela bocejou novamente.
Anne olhou ao redor da grande sala e descobriu que Rebecca e seus
homens procuraram por toda parte. Como eles não encontraram nada?
Espere, havia um lugar que ainda não tinha sido revistado.
Ela olhou para a cama onde sua filha dormia. "Nina, levante-se."
Nina ficou pasma. "O que?"
"Seja boazinha e saia da cama." Anne a persuadiu pacientemente.
Nina não acreditou mais. Ela ficou tensa e olhou nos olhos astutos de
sua mãe.
Se Nina não saísse da cama, suas suspeitas só aumentariam.
Se ela saísse da cama, seu relógio seria encontrado.
Depois de pesar rapidamente os prós e os contras em seu coração,
Nina finalmente cedeu e saiu da cama.

Melody e seus romances


Mesmo se o relógio for encontrado, o computador virtual pode não ser
encontrado.
Anne olhou para Nina de cima a baixo. Nina vestia um pijama fino e
não conseguia esconder nada.
Então, só poderia ser na cama.
Anne se abaixou e procurou algo na cama. Quando Anne tirou o
travesseiro, ela encontrou o relógio pousado silenciosamente sobre ele.
"Mãe, esse é o relógio que você prometeu devolver para mim. O irmão
me deu." O pânico passou pelos olhos de Nina.
Anne segurou o relógio na mão e o verificou cuidadosamente. Ela não
sabia onde seus dedos tocavam, mas ela sentiu uma sensação de calor
semelhante a um radiador.
Então ela tocou o botão na lateral do relógio e seus dedos pararam
nele por um momento.
A respiração de Nina quase parou.
'Não seja encontrado. Não seja encontrado ... '
Nina ficou lá e orou muitas vezes, esfregando os dois dedos
nervosamente para frente e para trás.
"O que é este botão?" Anne apertou o botão, mas não houve
resposta. De repente, uma luz vermelha piscou.
Era como uma dica de senha incorreta.
Antes que Nina pudesse abrir a boca para explicar, sua mãe já havia
se virado e entregado o relógio a Nina. "Pressione-o."
O botão do relógio tinha a função de identificação de impressão
digital. Nina tinha apenas inserido as impressões digitais dela e de John,
então agora, sua mãe pressionou e não teve qualquer reação.
Agora que sua mãe lhe pediu para pressionar, sua mãe deve ter
encontrado algo estranho.
Nina não apertou o botão por um longo tempo, o que confirmou o
palpite de Anne. "Você acabou de usar isso para contatar John?"
Quando a verdade foi revelada, Nina cerrou os dentes e fechou os
olhos. "Sim. Mãe, você me devolveu. Você não pode voltar atrás."
Anne ignorou Nina e segurou o relógio na mão. Ela disse calmamente:
"Eu o tirei. Eu o perdôo desta vez. Não faça isso de novo."

Melody e seus romances


Vendo que o único dispositivo que poderia alcançar o mundo exterior
estava prestes a ser retirado, a natureza selvagem explodiu dos ossos de
Nina. Ela disse palavra por palavra: "Devolva-me!"
A voz de Nina era dura e inquestionável, e seus olhos eram ainda mais
frios e invioláveis do que os de Anne.
Anne ficou pasma.
Nina pegou o relógio e disse: "Isso é coisa minha. Você não tem o
direito de confiscá-lo".
"Nina, quem te deu coragem para falar assim comigo?" Anne, que
voltou a si, ficou furiosa e estendeu a mão: "Passe aqui."
"Por quê?" Nina escondeu o relógio atrás das costas e deu alguns
passos para trás para ficar longe deles.
Anne ficou tão zangada que ordenou que os guarda-costas do lado de
fora da porta entrassem. "Vá e pegue o relógio da pequena princesa."
Os dois guarda-costas se aproximaram de Nina e disseram
educadamente: "Princesinha, por favor, entregue seu relógio."
"De jeito nenhum." Nina ergueu o queixo, sem medo de seus olhares
ferozes.
"Sinto muito, sua alteza." Depois de dizer isso, os guarda-costas foram
direto para pegá-lo.
Nina era ágil e se esquivou várias vezes seguidas. E por ela ser uma
princesa, os dois guarda-costas não ousavam falar sério, temendo que
machucassem a princesinha e se metessem em problemas.
Vendo que o guarda-costas estava em desvantagem, Anne disse
abruptamente: "Agarre-o. Assumirei a responsabilidade se algo acontecer."
Com as palavras da rainha, um dos guarda-costas rapidamente se
aproximou de Nina, rapidamente agarrou seu braço e pressionou-o para
trás. Nina se curvou e respirou fundo.
Isso machuca...
"Minha princesinha, por favor, me perdoe." Outro guarda-costas
estendeu a mão para pegar o relógio na mão de Nina.
Nina apertou com tanta força que toda a palma da mão suava.
Os guarda-costas só puderam quebrar seus dedos um por um. Vendo
que o relógio estava para ser retirado, Nina decidiu abaixar a cabeça e
implorar.

Melody e seus romances


"Não, mãe, não. Eu imploro. Por favor, não leve embora. Eu imploro."

Melody e seus romances