Você está na página 1de 3

CENTRO UNIVERSITÁRIO JORGE AMADO

CASO CLINICO DE NEUROLOGIA


ORIENTAÇÃO: ANNY KAROLINY CHAGAS

ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM, 4° SEMESTRE 2019.1

ANA CAROLINA SOUSA DA SILVA

LAIS NASCIMENTO DOS SANTOS

UBERLÂNDIA BRUNO DOS SANTOS

NATHÁLIA CORREIA ALVES

KAELY SILVA JESUS

SILVIA MICHELE

JÚLIO CESAR
SALVADOR, SETEMBRO DE 2019
PERGUNTAS NORTEADORAS

1. CARACTERIZE OS SINAIS E SINTOMAS DESSE PACIENTE COM FOCO


NOS SIAIS NEUROLOGICOS ?

R: Sinais: Cefaleia, vômito, fraqueza em hemicorpo à direita e Sonolência.

Sintomas: Lesão vascular isquêmica, rebaixamento de nível de consciência,


respiração ruidosa, sem abertura ocular, hiperreflexia e sinal de Babinski à
direita.

2. CITE 3 DIAGNOSTICOS EM ENFERMAGEM COM 5 INTERVENÇÕES ?

R: I- Confusão aguda caracterizada por alteração no nível de consciência;

Intervenções de Enfermagem:

Observar nível de consciência

Observar alterações de comportamento de percepção visual, auditiva e tátil.

II-Troca de gases prejudicados caracterizados por padrão respiratório anormal,


sonolência;

Intervenções de Enfermagem:

Avaliar resultados de gasometria;

Observar frequência, profundidade e sons respiratórios;

Observar coloração da pele;

Fornecer o2;

Monitorar SSVV.

III- Hipertensão caracterizada por PA: 140 mmhg ou +;

Monitorar SSVV;

Avaliação do estilo de vida;


Educação do paciente para o autocuidado;

Monitorização das complicações potenciais;

Monitorização no uso de medicamentos.


3. COMO VOCÊ PROCEDERIA NA ANAMNESE DO PACIENTE ACIMA?

R: Dados biográficos: sexo masculino, 59 anos, casado,


Queixa principal: rebaixamento do nível de consciência.
História da doença atual: colocado sob ventilação mecânica, pois, encontra- se
comatoso e com respiração ruidosa. Segundo relato da esposa há cerca de 1 hora
apresentou episódio forte de cefaleia e vômito, seguido de fraqueza em
hemicorpo à direita e sonolência importante.
História patológica pregressa: hipertenso; em uso irregular de nifedipina.
História familiar: ________.
Avaliação funcional e hábitos de vida: _______.
Revisão dos sistemas: _______.
PA: 240x120 mmhg

4. DESCREVA DETALHADAMENTE O EXAME FISICO QUE O(A)


ENFEMEIRO(A) DEVE EXCUTAR?

R: É realizado o exame físico com paciente em posição decúbito dorsal em região


cefalo podal, depois de analisado os sinais junto a anamnese, visto que paciente
encontra- se em estado de coma sem nenhum sinal de consciência, usando o
método da ausculta em região pulmonar foi identificado roncos em ambos os
hemotórax, especialmente à direita. Seguindo com o enxame físico é visto que
seu pulso era rítmico e não havia alterações, na ausculta cardíaca tem se
PA=240x180mmhg sem nenhum risco de arritmia, a realização do enxame
neurológico consta paciente sem abertura ocular, mesmo aos estímulos dolorosos,
á estimulação dolorosa.