Você está na página 1de 51

1.

Conhecendo a Pastoral da Comunicação


2. Implantando a Pastoral daComunicação
3. Orientações Técnica para a Pastoral da Comunicação
4. Celebrando a Comunicação
5. Transversalidade da Pascom
1.
Conhecendo a Pastoral da
Comunicação
O que é Pastoral da Comunicação?
A Pastoral da Comunicação (Pascom) pode ser entendida em
diversos sentidos, caracterizando-se como uma pastoral
com um campo de ação ilimitado, pois são muitas as
possibilidades de atuação da Pascom.

De modo que podemos entendê-la como um conjunto de


ações de comunicação realizadas dentro de uma comunidade
eclesial.

Não é apenas mais uma pastoral dentro da paróquia ou


diocese, mas uma pastoral com vocação para a integração
entre as demais pastorais, movimentos e comunidades.

É a pastoral do ser e do estar em comunhão com toda a


comunidade.
Documentos da Igreja (CNBB)
- Estudo da CNBB 72 – Comunicação e Igreja no Brasil (1994)
- Estudo da CNBB 75 – A Igreja e a comunicação rumo ao novo milênio (1996)
-Documento da CNBB 59 - Igreja e Comunicação rumo ao terceiro milênio:
conclusões e compromissos (1997)
- Estudo da CNBB 101 – A comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil
(2011)
-Documento da CNBB 99 - Diretório de Comunicação da Igreja no
Brasil (2014)
- Estudo da CNBB 111 – Orientações Pastorais para as Mídias Católicas
(2018)
A ORGANIZAÇÃO
DA PASTORAL DA COMUNICAÇÃO
No Diretório de Comunicação da Igreja no
Brasil vamos encontrar a orientação para
quatro níveis de organização da Pastoral
da Comunicação:

1) Nacional;
2) Regional;
3) Diocesano;
4) Forânica;
5) Paroquial/Comunitário
EIXOS DA PASTORALDA
COMUNICAÇÃO
A Pascom não se limita a ações isoladas como produção de
murais, boletins e jornais impressos, programas de TV e rádio,
construção de sites, blogs e outros meios.

Tudo isso deve fazer parte de uma política global que gere
comunhão e interatividade, alicerçada em quatro eixos:
EIXOS DA PASTORAL DA COMUNICAÇÃO

PRODUÇÃO
FORMAÇÃO

ARTICULAÇÃO
ESPIRITUALIDADE
2.
Implantando a Pastoral da
Comunicação
Por que implantar uma Pastoral da Comunicação?
A Pastoral da Comunicação (Pascom)
é um elemento articulador da
vida e das relações comunitárias.

Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, n. 247


A Pastoral da Comunicação é considerada a
pastoral do serviço, da acolhida, pois sua
finalidade não se encerra nas suas próprias
atividades, mas ganha sentido quando contribui
com as demais pastorais ...

Pascom – a ação evangelizadora da Igreja à luz do Diretório de


Comunicação, p. 96
PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Processo de Implantação daPascom
•os agentes da
•a realidade da SENSIBILIZAR Pascom, segundo MANTER
paróquia/diocese suas
/ regional em peculiaridades
âmbito macro, para
mas •as pastorais, potencializar a •os trabalhos de
particularmente movimentos e comunicação formação,
no que tange a comunidades da articulação,
comunicação necessidade da produção e
Pastoral da espiritualidade
Comunicação da Pastoral da
para a ação Comunicação a
evangelizadora partir da
da Igreja constituição de
uma
coordenação e da
elaboração de
um Projeto de
CONHECER FORMAR Comunicação
1 – CONHECER
▹ D i á l o g o com o pároco;
▹ Organizar uma equipe composta por pessoas comprometidas com a
comunicação;
▹ Levantamento das necessidades e dos recursos já existentes;
2 – SENSIBILIZAR
▹ D i á l o g o com o Conselho Pastoral Paroquial sobre a importância e missão
da Pascom;
▹ Levantamento das necessidades das pastorais, movimentos e
comunidades;
3 – FORMAR
▹ M o m e n t o de formação especifica para o grupo;
▹ C o n t a t o com os profissionais, professores e pesquisadores da
comunicação;
4 - MANTER
▹ Propostas de ação
▹ Elaboração do Plano Pastoral da Comunicação;
PERFIL

O agente da Pastoral da Comunicação não precisar ser alguém


necessariamente formado na área de comunicação.
Muito além disso, o pasconeiro precisa ser alguém disposto a assumir
a missão de comunicar, sendo capaz de abraçá-la e seguir firme
diante dos desafios que possam surgir.
Devemos valorizar as habilidades, saberes e expertises de cada
pessoa.
Certamente todos têm como contribuir no trabalho da Pascom, afinal
o ser humano por natureza é um ser comunicacional.
CARACTERÍSTICAS DO
AGENTE DA PASCOM
• Zelo com a imagem
• Espirito de Liderança
• Compreensão
• Aberturapara
• Espiritualidade o diálogo
aguçada
• Desejo de conhecer
sempremais
• Capacidade de acolher
a todos • Ter amor pela
missão
PLANO OU PROJETO
Para elaborar um Projeto de Comunicação é necessário
primeiramente pensar o Plano Pastoral da Comunicação.

A orientação básica para iniciar qualquer tipo de planejamento é


fazer uma boa observação da realidade, nisso reside a essência do
Plano da Pastoral da Comunicação.

Como já sugerimos é necessário mapear todas as necessidades,


recursos já existentes e as possibilidades para o trabalho de
comunicação na paróquia ou diocese.

Essa observação ampla nos leva a entender os OBSTÁCULOS,


OPORTUNIDADES, os pontos FRACOS e FORTES.
ESTRUTURA

Desse modo propomos que o Plano da Pastoral da


Comunicação tenha a seguinte estrutura:

1) Análise da Realidade (obstáculos x oportunidades; pontos


fortes e pontos fracos);
2) Levantamento das Necessidades;
3) Identificação das Prioridades.
ESTRUTURA DO PROJETO

O Projeto de Comunicação dever ser elaborado de maneira


coletiva e dialógica baseando-se na seguinte estrutura:
• Capa (Nome da Paróquia ou Diocese/ Título: Projeto de
Comunicação/ cidade e ano);
• Apresentação (Apresentar a ideia central do projeto. Pode-
se dedicar a esta etapa de 20 a 25 linhas);
• Justificativa (Mostrar os motivos pelo qual o projeto deve
ser realizado. Aqui é possível utilizar elementos que da
Análise da Realidade para justificar. Pode-se dedicar a
essa etapa 25 a 30 linhas);
• Objetivos
-Objetivo Geral (O objetivo geral é o que se
pretende alcançar com o projeto. Incluir aqui
apenas um tópico);
-Objetivos Específicos (Já os objetivos
específicos são etapas que precisam ser
cumpridas para que se consiga chegar ao
objetivo geral. Incluir aqui de 3 a 5 tópicos);
• Público Alvo (Descrever os públicos para o
qual o projeto está destinado. Deve-se
dedicar a esta etapa de 5 a 10 linhas);
• Cronograma (É necessário estabelecer um
cronograma para a realização das ações e
execução dos produtos e serviços, bem
como os recursos necessários para a sua
realização. Criar uma tabela com três
colunas: ação/ prazo/ recurso é uma boa
alternativa para facilitar a visualização do
todo do projeto);
• Orçamento (Esse é um item fundamental, pois
garante a sustentabilidade do projeto. É
preciso prever os investimentos que deveram
ser feitos nas ações de maneira bastante
detalhada. O uso de tabelas também
potencializa esse item).
• Avaliação (Essa é o último item do projeto.
Nele deve constar a periodicidade escolhida
pelo grupo da Pascom para fazer a revisão e a
avaliação de tudo que foi proposto no projeto.
Nesse item também deve constar o período em
que se deve refazer ou atualizar o projeto
como um todo. Pode-se dedicar a esta etapa
de 10 a 15 linhas).
• Metas (As metas são basicamente as prioridades
que foram identificadas no Plano da Pastoral da
Comunicação);
• Eixos eAções (Neste tópico deve-se listar toda a
parte prática, tudo que envolve produtos e serviços
de comunicação que serão realizados/feitos.
Agora é preciso pensar as ações para cada uma
das metas/prioridades dentro da perspectiva dos
quatro eixos da Pascom, que tratamos na primeira
parte do nosso Guia. Uma boa maneira de
organizar isso é criando uma tabela com uma
coluna para cada eixo, e outra para as ações que
serão realizadas para dar conta daquela meta
dentro daquele eixo).
3.
Orientações técnicas para a
Pastoral da Comunicação
Com o que trabalhar na Pastoral da Comunicação?
MODALIDADES OFERECIDAS NO GUIA
• Impresso
• Rádio
• Redes sociais
• Fotografia
4.
Celebrando a Comunicação
Eixo da Espiritualidade
MODALIDADES OFERECIDAS NO GUIA
• Celebração de envio
• Hora Santa pela Comunicação
• Oração do Comunicador
5.
Tranversalidade
Desenvolvimento do n. 248 Diretório de Comunicação
Comunicação paroquial NÃO É SÓ ISSO...

▫ Gerenciar grupo de whatsapp


▫ Fazer post de missa nas redessociais
▫ Controlar o som da igreja
▫ Correr atrás de patrocínio
▫ Mandar programa de padroeiro para a gráfica

Vídeo 10 erros
Então... como comunicar bemnas
paróquias?
1.
Comunicação na
Secretaria Paroquial
ALGUNS TÓPICOS
• O atendimento reflete o rosto da paróquia. É o cartão de
visita.
• Mais do que fazer a parte burocrática
(comunicar normase leis), é um lugar deacolhida.
• Bom senso nos trabalhos e nasrelações.
70%
da comunicação está relacionada aomodo
como a pessoa semostra

25%
ao que ouvimos

5%
ao que foi falado
2.
Colocar-se a serviço de todas as
pastorais e movimentos para
dinamizar as ações
AÇÕES CONCRETAS
• Fazer o levantamento das pastorais
existentes
• Fazer diagnóstico das ações comunicativas
• Dinamismo
3.
Promover o diálogo e a comunhão
entre as pastorais
AÇÕES CONCRETAS
• Criar iniciativas simples de encontro e diálogo entre as
pastorais para promover a unidade
• Ajudar no alinhamento de grupos afins
• Apoiar pastorais organizando parceiras com mediação
qualificada
• Cuidado para não sufocar as particularidades das
Pastorais

Vídeo Barbixas
4.
Capacitar os agentes de todas as
pastorais na área dacomunicação,
especialmente a catequese e a
liturgia
AÇÕES CONCRETAS
• Inserir no programa de formação do grupo de Pascom o
estudo do plano de pastoral da diocese
• Convidar líderes das pastorais e movimentos para falar no
grupo de Pascom
• Promover cursos básicos de comunicação e inovação
tecnológica
• Eleger Liturgia e Catequese como prioridades
5.
Favorecer o diálogo entrea
Igreja e os meios de
comunicação
AÇÕES CONCRETAS
• Lembrar que o ambiente da comunicação requer da Igreja
uma interlocução qualificada
• Considerar a singularidade da palavra da Igreja
• Formar comissões de gerenciamento de crise
• Colaborar com as assessorias deimprensa
Pascom X Assessoria
RISCOS DE CONFLITO

PROFISSIONAIS NA AGENTES DE PASTORALNA


PASTORAL ÁREAPROFISSIONAL
- Perder o clima próprio da • Intrometer-se em serviços
ajuda gratuita remunerados
- Preciosismos inúteis • Montar estruturas sem
cuidados com a legislação
- Muita teoria trabalhista
- Tentação de montar • Faltar com os princípios
estruturas caras básicos de uma redação
- Autocracia técnica nas mídias
• Exceder na piedade em
prejuízo da comunicação
6.
Envolver os profissionais e os
pesquisadores da comunicação
nas reflexões da Igreja
AÇÕES CONCRETAS
• Apoiar a pesquisa em comunicação na Igreja
• Incluir profissionais e pesquisadores na elaboração de
síntese dos trabalhos
• Estimular estudos sobre comunicação epastoral
• Trazer profissionais para a experiência defeedback
7.
Desenvolver as áreas da
comunicação, como a imprensa,a
publicidade e as relaçõespúblicas
AÇÕES CONCRETAS
• Falar e ouvir a imprensa local
• Divulgação dos eventos por meio de qualificação em
publicidade e propaganda
• Manter serviço de relações públicas
• Acolher novidades tecnológicas

...
davidson@arquidiocesebh.org.br
romulobergna@hotmail.com

31 988261106 - Davidson
27 99532-7172 –Rômulo
@renspiedade
Facebook/RegiaoPiedade

davidson@arquidiocesebh.org.br

31 988261106

Você também pode gostar