Você está na página 1de 13

Ética – Aula 11/09/20

Atribuição x Competência

Atribuição Profissional: Algo legal, que está previsto em lei. Não garante que o profissional
será competente. É algo nominal.

Competência Profissional: Experiência profissional além da atribuição recebida após a colação


de grau.

Lei nº4.024/61 (Currículos Mínimos): Até 61, existia esta lei que especificava que a
universidade deveria passar todo o conteúdo necessário para o profissional poder exercer a
profissão. A carga horária era altíssima. Não existiam muitos cursos de especialização, então a
universidade possuía a pretensão de formar um profissional “acabado”. Não havia muita
diferenciação entre os cursos de engenharia, esta era “engessada” pelo MEC.

Lei nº9.394/96 (Diretrizes Curriculares): Quase que “obriga” a se fazer algum curso de
especialização, o curso de engenharia se tornou mais “enxuto”. Extinção do currículo mínimo.
Universidades mais flexíveis podendo descarregarem uma carga horária em alguma área
específica do curso que estas considerarem mais importante para a formação do aluno. Cursos
superiores com características diversificadas.

Resolução 1.073/2016: Reconhece os seguintes níveis de formação:

Resolução 1.073/2016: Entrou em vigor a partir de 22 de abril de 2016


Atribuições Profissionais – Engenheiro Civil

O Engenheiro Civil tem direito a 3 normativos

1. Decreto Federal n.23.569/33


Atribuições Profissionais – Engenharia Elétrica

Decreto Federal n. 23.569/33:

Art.33 – São competências do engenheiro eletricista:


Resolução 218/73 – CONFEA

Art. 8 e 9 – Compete ao engenheiro eletricista ou engenheiro eletricista, modalidade


eletrotécnica:

Atribuições Profissionais – Engenharia de Alimentos:

Art. 19 – Compete ao engenheiro de alimentos:


Ética – Aula 15/09

 Todo contrato escrito (formalizado) ou verbal para prestação de serviços técnicos


devem ser objeto de ART.
 A ART é registrada no CREA onde o serviço foi realizado.

“Atividades que são executivas (presencialidade da pessoa no local), necessita do visto no


estado e precisa fazer a ART lá. ”

Caso o projeto seja realizado totalmente sem necessidade de ir ao local, não há


necessidade de fazer uma ART no local.

Principais características das ART’s

 Diligência: É quando uma ART é deixada de forma sobrestada (em atividade de


suspensão) para verificar se ela será aprovada ou não. Ex: O funcionário anota uma
ART sem ter atribuição profissional, ela é suspensa para analisar o que aconteceu.

 Alterações de cláusulas contratuais (aditivo) obrigam o novo registro de ART. O


CREA goiás é mais flexível quanto a isso, só altera caso influenciem nas atividades
profissionais diretamente.

 Todos os profissionais envolvidos na atividade deverão registrar sua ART. Caso um


profissional não anote ART, não terá acervo da obra. O CREA exige apenas um
profissional com ART registrado, caso os outros se “escondam”.

Tipo de ART quanto a forma de preenchimento:

 Normal ou inicial: Anotando aquele contrato pela primeira vez


 Substituição: Correção de uma ART ou anotando um aditivo contratual.

Tipo de participação:

 Individual: Contrato elaborado individualmente;


 Corresponsabilidade: É para atividades executivas. Materialização de alguma
atividade. Execução de algo. Caso sejam 3 autores, os 3 são responsáveis pelo trabalho
inteiro, mesmo se não tiverem executado aquela determinada parte.
 Coautoria: É para atividades de elaboração de algo. Atividades que produz “papel”.
Relatórios, documentos, etc.
 Equipe:
o 1ª possibilidade: Quando só 1 profissional não é capaz de realizar a atividade
sozinho. Atividade que por característica básica necessita de muitos
profissionais trabalhando. Cada profissional executa uma certa parte do
projeto. Contrato que não tem o registro como um todo, é composto por
“fatias”, onde cada profissional anota o que ele irá fazer. Exemplo: Execução
de uma hidrelétrica.
o 2ª possibilidade: O acervo da obra é fracionado por cada autor. Onde cada
profissional só necessita assumir responsabilidade por aquele serviço que
realizou.

Corresponsabilidade e Coautoria: elaboração por 2 ou mais profissionais que possuem a


mesma atribuição realizando um determinado contrato. Os 3 autores possuem acervo
integral do trabalho.

 ART múltipla: Anotação da responsabilidade técnica que relaciona e especifica


várias obras ou serviços realizados em determinado período.

Baixa da ART

Quando um profissional comunica que não é mais responsável ou está impedido de realizar
aquela atividade. Geralmente quando o serviço é concluído

Interrupção: Baixa por rescisão contratual

 O prazo de responsabilidade técnica é iniciado após a entrega de um projeto.


Porém, caso não seja evidenciada a data da efetiva finalização do serviço, deverá
ser solicitada essa baixa do projeto.

Cancelamento da ART

Quando devido a condições adversas, o contrato não foi executado. Se o contrato for
cancelado, você tem direito de solicitar a devolução da taxa paga por ele.

Nulidade da ART

Quando alguma ilegalidade acontece durante o preenchimento da ART, esta se torna nula sem
devolução da taxa.

Livro de Ordem

Documento que evidencia todas as etapas feitas naquele contrato. Deverá ser preenchido
aproximadamente 2 vezes por semana (relato simplificado que deverá ser enviado ao
conselho).

Exercido prático no site do CREA

RNP: 1234567890

Usuário: fulano
Senha: 5194

Caso o profissional tenha uma carteira provisória que venceu antes de pedir a definitiva, e tiver
anotado ART ou trabalhado nesse período, poderá ser autuado por infração ao artigo 55.

Se estiver como “selecione” o profissional está exercendo um serviço particular e é autônomo.

Se estes campos estiverem preenchidos como duas empresas diferentes, então existiu uma
subcontratação. Provavelmente uma terceirização da obra. Caso os campos sejam iguais,
então não tiveram intermediários naquele processo, quem te contratou é aquela que está
realizando a obra.

Neste caso, a empresa terceirizada será a “Teste do Fulano de tal”. Almeida Engenharia será a
contratante maior e o Furnas SA o dono da obra.

Para elaboração do projeto estrutural, execução do serviço, execução do projeto... = Atuação


As modalidades são organizadas da seguinte forma: Ambiental dentro do campo da Civil;
Mecatrônica dentro de elétrica; Produção dentro da Mecânica e metalurgia; Alimentos dentro
de Química

Atividade (estilo da prova)

Fazer a ART do profissional em negrito.

Exemplo:

1º Passo, fazer ART do Monteiro Lobato

Crea  Portal de serviços ART acessar  acesse a ART

RNP: 1235467890

Usuário fulano

Senha 5194

ART de cargo e inclusão é só para entrar no quadro técnico da empresa

ART múltipla geralmente para engenheiros de segurança do trabalho

ART online  Registros de ART  Obra e serviço

Forma de Registro: Inicial

*Se tiver aditivo contratual ou retificação no texto aí a forma de registro é substituição

Participação do profissional: Equipe, pois este serviço o Monteiro Lobato não faz sozinho, cada
um tem uma parte no serviço. É quando o profissional não assume a responsabilidade total do
contrato.
*Considerar o nome da empresa como “Teste engenharia”

Contratante: Procuradoria geral da republica

Número do Contrato 563653/2017

Finalidade: Infraestrutura

Proprietário: CELG

*Tudo que está em amarelo é obrigatório, CEP, CPF e CNPJ precisam ser verdadeiros.

Atividade Técnica

Nível: Atuação, entra tanto para atividades executivas quanto de elaboração. Poderia ser
Direção também, caso fosse exclusivamente o Monteiro Lobato

*Todas as outras opções necessitam de ser citadas no texto.

Atividade Profissional: Laudo Técnico (quando é uma empresa ou condomínio) ou Perícia


(quando a justiça contrata)

Modalidade: Civil

Áreas de Atuação: Obras em terra  Fundações profundas

Unidade de Medida: Quilômetros

“Lançar Atividade”

*Existe uma unidade de medida chamada de “Unidade”, para atividades em que não é possível
quantificar, aí no caso em quantidade só colocaria “1”.

Quantidade: 456

*Agora para a atividade de torre metálica:

Área de Atuação: Estruturas e Concretos

Serviço técnico: Estrutura Metálica

Unidade de Medida: Quilômetros

“Lançar Atividade”

Observações: Copiar e colar o texto do objeto do contrato, corrigir “atividades que serão
verificadas” para “Atividades que serão realizadas” e colocar as atividades adicionadas no site

*Em caso se deixar como estava, pode receber uma multa por exorbitância

Acessibilidade: Não se aplica.

*Gravar
Ir em impressão em PDF, salvar o arquivo e postar dentro da equipe do teams.

Segundo exemplo:

Forma de Registro: Inicial, por ser um contrato de fiscalização.

Participação: Individual

Empresa contratada: Teste

Contratante: SANEAGO

Proprietário: SANEAGO

*Quando não especificado de maneira clara o contratante e o proprietário são iguais

Nível: Fiscalização

Atividade Profissional: Execução

Modalidade: Civil

Área de Atuação: Saneamento

Serviço técnico: Rede de água

Unidade: km

Quantidade: 259

*Lançar

Serviço técnico: Rede de esgoto

Unidade: km

Quantidade: 675

*Lançar
O Silvio e o Eduardo (os dois são engenheiros de controle e automação) tem uma empresa
chamada CREA, contratados pelo Biscoito Alpha Ltda. Para elaborarem o projeto para uma
indústria de 10.000m².

Forma de Registro: Inicial

Participação: Coautor, pois os dois tem as mesmas atribuições e participação no projeto

Contratante: Biscoito Alpha Ltda.

Nível: Atuação

Atividade: Projeto

Modalidade: Elétrica

Áreas de atuação: Controle elétrico

Serviço técnico: Automação

Complemento do serviço: Comercial

Unidade de Medida: m²

Qtde: 10000

*Lançar
Forma de Registro

Substituição: Aditivo ou Correção de uma ART

Inicial: Elaborando a ART pela primeira vez.

Participação Técnica

Coautor: Quando se trata de mais de um profissional elaborando a atividade com as mesmas


atribuições (Se produzir um papel)

Corresponsabilidade: Quando se trata de mais de um profissional elaborando a atividade com


as mesmas atribuições (Serviço materializado)

Equipe: Mais de um profissional com atribuições diferentes.

Empresa Contratada

Selecione: Em caso de pessoa autônoma

Conselho Regional: Caso a empresa seja o CREA

Empresa fulano de tal


Exemplo 3:

Dois engenheiros eletricistas da empresa teste, a contratada e o proprietário são os mesmos,


da FGR Engenharia. Com aditivo contratual, onde a empresa teste tinha sido contratada para
fazer 500m de rede de distribuição, com aditivo contratual de 250m. Subentende-se que a
quantidade total será de 500+250 = 750m.

Forma de Registro: Substituição

Participação: Corresponsável

ART anterior: Citar número

Empresa: teste

Contratante: FGR Eng.

Proprietário: FGR Eng.

Nível: Atuação

Atividade: Execução

Modalidade: Elétrica

Áreas de atuação: Distribuição de Energia elétrica

Serviço técnico: Rede de distribuição de energia elétrica

Complemento: Nenhum

Unidade de Medida: m

Quantidade: 750

Observações: Aditivo contratual com acréscimo de 250 metros na rede de distribuição, sendo
que o contrato anterior estipulava 500 metros. Totalizando 750 metros.

Você também pode gostar