Você está na página 1de 58

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE

PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)


Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA


Nome do produto: PRODUTO ACABADO
Viscosidade: 20W50
Nível de desempenho: API SL
Uso do produto: Óleo lubrificante para motor.
Código ANP do produto: -
Identificação da empresa:
REGELUB LUBRIFICANTES – EIRELI
RODOVIA PRESIDENTE DUTRA, S/N – KM 51, PARQUE MONDESIR
LORENA – SP
CEP: 12605-530
BRASIL
E-mail: industrial@gtoil.com.br
Telefone da empresa: (12) 3152-2623
Telefone para emergências: (12) 3152-2623

2. IDENTIFICAÇÃO DOS PERIGOS


CLASSIFICAÇÃO DO PRODUTO: Corrosão/ Irritação à pele – Categoria 3
Lesões oculares graves/ irritação ocular – Categoria 2

SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO UTILIZADO: Norma ABNT 14725-2:2009 – versão corrigida 2:2010.


Sistema Globalmente Harmonizado para Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos, ONU.

OUTROS PERIGOS QUE NÃO RESULTAM EM CLASSIFICAÇÃO: O produto não possui outros perigos.

PICTOGRAMA:

PALAVRAS DE ADVERTÊNCIA: ATENÇÃO

FRASES DE PERIGO: H316 Provoca irritação moderada à pele.


H319 Provoca irritação ocular grave.
H303 Pode ser nocivo se ingerido.
R36 Irritante aos olhos.
R52 Nocivo para organismos aquáticos.
S25 Evitar contato com os olhos.
P261 Evite inalar vapores.
P501 Descarte o conteúdo ou recipiente em conformidade com as regulamentações locais.

EFEITOS IMEDIATOS À SAÚDE

OLHOS: Pode causar irritação ocular grave.


PELE: O contato breve não é irritante. O contato prolongado, por exemplo, com a roupa molhada com o material, pode produzir
um desengorduramento da pele ou uma irritação que se caracteriza por rubor e mal-estar ligeiro. O material proveniente de
equipamento à alta pressão ou vazamentos à alta pressão podem penetrar na pele e se não se tratar devidamente, pode causar lesões
graves. Para evitar tais lesões graves, deve procurar-se atenção médica imediata mesmo se a lesão parecer pouco grave.

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

INGESTÃO: Não se esperam efeitos desfavoráveis. Em caso de ingestão de quantidade considerável, podem ocorrer dores
abdominais, náuseas e diarreia.
INALAÇÃO: Produto não volátil a temperatura ambiente. Os vapores ou a névoa proveniente do aquecimento do produto podem
causar mal-estar no nariz e na garganta. Coriza e tosse podem ocorrer em consequência de condições de trabalho especiais.

3. COMPOSIÇÃO/INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES

TIPO DE PRODUTO

Este produto é uma mistura:

SEÇÃO 2 COMPOSIÇÃO/INFORMAÇÃO SOBRE INGREDIENTES


COMPONENTES NÚMERO CAS QUANTIDADE
Hidrocarbonetos parafínicos 64742-65-0 95,442 %/m
Copolímero etileno-propileno Segredo comercial 0,48 %/m
Poliolefina poliamina
succimida, poliol Segredo comercial 1,64 %/m
Zinco alquila ditiofosfato 68649-42-3 1,37 %/m
Sulfonato de alquil-arila de
cálcio de cadeia longa Segredo comercial 0,684 %/m
Sulfeto de alquila—fenato de
cadeia derivada de calcio Segredo comercial 0,21 %/m
Poliolefina poliamina
succinimida, complexo
molibdênio Segredo comercial 0,14 %/m
Alquifenol ramificado e
alquifenol de cálcio ramificado 74499-35-7 & 132752-19-3 0,034 %/m

*Ingrediente não classificado como perigoso


**Não se aplica

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS


OLHOS: Lavar os olhos com água abundante durante vários minutos. No caso de uso de lentes de contato, remova-as, se for fácil.
Caso ocorra irritação ocular: consulte um médico. Leve esta FISPQ.
PELE: Lavar a pele com sabão e água abundantes durante vários minutos. A injeção à alta pressão do material na pele, não se
tratando devidamente, pode causar danos graves. Chamar um médico em caso de se desenvolver ou persistir a irritação da pele.
Lavar o vestuário contaminado antes de reutilizar.
INGESTÃO: Não induzir vômito; lavar a boca da pessoa exposta com água em abundância. Em caso de indisposição entrar em
contato com um médico assim que possível e levar esta FISPQ.
INALAÇÃO: Remover a vítima para o ar livre. Administrar respiração artificial em caso de parada respiratória e encaminhar ao
médico.
NOTAS PARA O MÉDICO: O produto atua como lubrificante. Não friccionar a área atingida .

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

5. MEDIDA DE COMBATE À INCÊNCIOS

PROPRIEDADES DE INFLAMAÇÃO
Ponto de Fulgor: (ASTM D92) Típico 234 °C
Autoignição: Dados Não disponíveis
Limites de Inflamabilidade (% por volume no ar): Considera-se não aplicável devido não ser inflamável.
Meios de Extinção: Usar água em forma de neblina, espuma, pó químico ou dióxido de carbono (CO2) para extinguir as
chamas. Não utilizar jatos de água.

PROTEÇÃO DOS BOMBEIROS:


Instruções de Combate a Incêndios: Este material se queima, embora não entre facilmente em combustão. Para incêndios
que envolvam este material, não entrar em nenhum espaço ou recinto fechado ou confinado sem o equipamento de proteção
correto, inclusive equipamento respiratório autônomo. Contêineres e tanques envolvidos no incêndio podem ser resfriados
preferencialmente com espuma mecânica ou neblina d’água.
Produtos de Combustão: Uma mistura complexa de gases, líquidos e sólidos existentes no ar, incluindo monóxido de carbono,
dióxido de carbono e compostos orgânicos não-identificados serão formados quando este material entrar em combustão .

6. MEDIDAS DE CONTROLE DE VAZAMENTO ACIDENTAL

MEDIDAS DE PROTEÇÃO:
Eliminar todas as fontes de ignição próximas a derramamento do material. Não fumar e evitar contato com o produto.
Para o pessoal do serviço de emergência: Utilizar EPI adequados, como luvas de PVC, calçado de segurança e óculos de segurança
ou protetor fácil contra respingos.

GERENCIAMENTO DE DERRAMAMENTO:
Estancar a fonte de liberação, se isso puder ser feito sem risco. Conter a liberação para impedir mais contaminação do solo, da água
de superfície ou subterrânea. Limpar o derramamento o quanto antes, observando as precauções de proteção individual/controles de
exposição. Absorva com vermiculita, areia, serragem ou outro material absorvente, confine a área, use os diques e bombeie para
tanque de coleta. Sempre que for viável e adequado, remover o solo contaminado. Colocar os materiais contaminados em recipientes
descartáveis e descartar de acordo com as regulamentações em vigor.

COMUNICAÇÃO:
Comunicar derramamentos às autoridades locais conforme adequado ou exigido .

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO
MEDIDAS DE PRECAUÇÃO
Evitar o contato com os olhos, a pele ou as roupas. Evitar contato com materiais incompatíveis. Após o manuseio, lavar-se muito
bem. Manter fora do alcance de crianças.

INFORMAÇÕES GERAIS DE MANUSEIO


Evitar a contaminação do solo ou descarga do material em esgotos, sistemas de drenagem e extensões de água. Manusear em área

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

ventilada ou com sistema de ventilação.

RISCO DE ESTÁTICA
A carga eletrostática pode se acumular e criar uma condição perigosa durante o manuseio deste material. Para minimizar este
risco, pode ser necessário usar amarração e aterramento, mas estes, por si só, podem não ser suficientes. Examine todas as
operações que têm potencial de gerar e acumular de carga eletrostática ou atmosfera inflamável (inclusive enchimento de tanque
ou cisterna, enchimento agitado, limpeza de tanque, retirada de amostra, aferição, carregamento de troca, filtragem, mistura,
agitação e operações de caminhão a vácuo) e use os procedimentos adequados de mitigação. Para obter mais informações, leia o
padrão 29 CFR 1910.106 da OSHA "Flammable and Combustible Liquids", o padrão NFPA 77, "Recommended Practice on
Static Electricity", da National Fire Protection Association, ou "Protection Against Ignitions Arising Out of Static, Lightning,
and Stray Currents" nas Recommended Practice 2003 (Práticas Recomendadas) do API (American Petroleum Institute).

MEDIDAS DE HIGIENE
Lavar as mãos após o manuseio, antes de comer, beber, fumar ou ir ao banheiro.

CONDIÇÕES ADEQUDAS
O produto não apresenta risco de incêndio ou explosão. Manter em local seco e fresco, bem ventilado e longe de fontes de ignição
e calor. Manter os recipientes

ADVERTÊNCIAS DE RECIPIENTES
O recipiente não foi fabricado para suportar pressão. Não usar pressão para esvaziar o recipiente, pois este poderá se romper com
força explosiva. Os recipientes ou containers vazios contêm resíduos dos produtos (sólidos, líquidos ou vapores) e podem ser
perigosos. Esses recipientes não devem ser pressurizados, cortados, soldados, soldados com solda forte, perfurados ou triturados,
nem devem ser expostos ao calor, chamas, centelhas ou eletricidade estática, ou outras fontes de ignição. Esses recipientes podem
explodir e causar lesões físicas ou morte. Os recipientes vazios devem ser totalmente drenados, corretamente amarrados e levados
sem demora a uma recondicionadora de tambores, ou então devem ser descartados da forma adequada.

8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

CONSIDERAÇÕES GERAIS
Levar em consideração os perigos potenciais deste material (veja Seção 3), limites de exposição aplicáveis, atividades do cargo, e
outras substâncias no local de trabalho ao projetar os controles mecânicos e escolher o equipamento de proteção individual. Se os
controles de mecânicos ou as práticas de trabalho não forem adequadas para impedir a exposição a níveis nocivos deste material, é
recomendado o equipamento de proteção individual listado a seguir. O usuário deve ler e entender todas as instruções e limitações
fornecidas com o equipamento, já que normalmente a proteção é fornecida por um tempo limitado ou sob circunstâncias específicas.

CONTROLES DE ENGENHARIA
Manuseie em uma área ventilada ou com sistema geral de ventilação/exaustão local. Evite formação de vapores ou névoas. Manter
as concentrações atmosféricas dos constituintes do produto abaixo dos limites de exposição ocupacional indicados.

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


Proteção dos olhos e rosto: Recomenda-se o uso de óculos protetores do tipo químico ou protetor facial para evitar o contato com
os olhos.
Proteção da pele: Recomenda-se o uso de luvas de PVC, calçados de segurança e avental impermeável.
Proteção respiratória: Normalmente, não é necessária nenhuma proteção respiratória especial. Se as operações do usuário gerarem
névoa de óleo, deve-se determinar se as concentrações existentes no ar estão abaixo dos limites de exposição ocupacional para névoa
de óleo mineral; caso as concentrações estejam acima dos limites de exposição deve-se utilizar respirador com filtro para névoas
orgânicas

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

LIMITES DE EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL


2012 Guide to Occupational Exposure Values
Componente País/ Agência TWA STEL Teto Notação
Hidrocarbonetos ACGIH 5 mg/m3 10 mg/m3 -- --
Consultar os órgãos competentes locais para obter valores apropriados.

9. PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS


Atenção: Os dados a seguir correspondem aos valores mais comuns, e não constituem especificação.

Atenção: Os dados a seguir correspondem aos valores mais comuns, e não constituem especificação.

Cor: Castanho
Estado físico: Líquido castanho
Odor: Dados Não disponíveis
pH: Dados Não disponíveis
Pressão do vapor: <0.01 mm Hg @ 37.8 °C (100 °F)
Densidade do vapor (Ar = 1): >1
Ponto de ebulição: 315°C (599°F)
Ponto de congelamento, ºC: -21
Solubilidade: Solúvel em hidrocarbonetos; insolúvel em água.
Densidade: 0.88 kg/l @ 20°C (68°F) (típico) Viscosidade:
160 mm2/s @ 40°C (típico)
Viscosidade: 18 mm2/s @ 100°C (212°F) (típico)
Índice de evaporação: Dados Não disponíveis
Ponto de fulgor (COC), °C: Típico 234

10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE

ESTABILIDADE QUÍMICA
Este material é considerado estável em ambiente normal e em condições previstas de temperatura e pressão durante a armazenagem
e o manuseio.

REATIVIDADE
Caso entre em contato com agentes oxidantes fortes pode ocorrer reação exotérmica.

INCOMPATIBILIDADE COM OUTROS MATERIAIS


Pode reagir exotermicamente com agentes oxidantes fortes, tais como cloratos, nitratos, peróxidos, etc.

PRODUTOS DE DECOMPOSIÇÃO PERIGOSA


Pode liberar gases irritantes como vapores d’água, dióxido e monóxido de carbono.

POLIMERIZAÇÃO PERIGOSA
Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03
Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

Não deverá ocorrer polimerização perigosa.

11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

VIAS DE EXPOSIÇÃO
Pele, olhos, ingestão e inalação.

EFEITOS IMEDIATOS À SAÚDE


Toxicidade aguda: Não é esperado que o produto apresente toxicidade aguda.
Corrosão/irritação à pele: Não é esperado que o produto provoque irritação à pele.
Lesões oculares graves/irritação ocular: Provoca lesões oculares graves com vermelhidão e ressecamento.
Sensibilização respiratória ou à pele: Não é esperado que o produto provoque sensibilização respiratória ou à pele.
Mutagenecidade em células germinativas: Não é esperado que o produto apresente mutagenecidade em células germinativas. Não
é classificado como carcinogênico para humanos.

INFORMAÇÕES REFERENTES AO ÓLEO MINERAL


Carcinogenicidade: Segundo a IPIECA, os resultados de teste IP 346 possuem uma forte correlação com os resultados de
bioensaios de carcinogenicidade epidérmica. Substâncias de petróleo que apresentem como resultado para IP 346 < 3% (p/p) não
são carcinogênicas para a pele.
Toxicidade à reprodução: Não é esperado que o produto apresente toxicidade à reprodução.
Toxicidade para órgãos-específicos – exposição única: Não é previsto nenhum efeito adverso.
Toxicidade para órgãos-específicos – exposição repetida: Pode causar irritações no trato respiratório em caso de inalação
constante dos gases de combustão deste produto.
Perigo por aspiração: Não é esperado que o produto apresente perigo por aspiração.

12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS


ECOTOXICIDADE
Não é esperado que o produto apresente ecotoxicidade.

RESULTADO AMBIENTAL
Biodegradabilidade imediata: Produto persiste no ambiente. Não é biodegradável.
Potencial bioacumulativo: Este produto apresenta potencial bioacumulativo em organismos aquáticos; log kow>4,0.
Mobilidade no solo: O produto pode se infiltrar no solo.
Outros efeitos adversos: A liberação de grandes quantidades de produto pode causar efeitos ambientais indesejáveis, como a
diminuição da disponibilidade de oxigênio em ambientes aquáticos devido à formação de camada oleosa na superfície, revestimento
e consequente sufocamento de animais.

13. CONSIDERAÇÕES DE DESCARTE

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

PRODUTO
O tratamento e a disposição devem ser avaliados especificamente para cada produto. Devem ser consultadas legislações federais,
estaduais e municipais, dentre estas: Lei n°12.305, de 02 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).

RESTOS DE PRODUTOS
Manter restos do produto em suas embalagens originais e devidamente fechadas. O descarte deve ser realizado conforme o
estabelecido para o produto.

EMBALAGEM USADA
Não reutilize embalagens vazias. Estas podem conter restos do produto e devem ser mantidas fechadas e encaminhadas para descarte
apropriado conforme estabelecido para o produto.

14. INFORMAÇÕES DE TRANSPORTE

REGULAMENTAÇÕES NACIONAIS E INTERNACIONAIS

TERRESTRE: Resolução n° 420 de 12 de Fevereiro de 2004 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Aprova as
Instruções Complementares ao Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos e suas modificações .

HIDROVIÁRIO: DPC - Diretoria de Portos e Costas (Transporte em águas brasileiras)


Normas de Autoridade Marítima (NORMAM) NORMAM 01/DPC: Embarcações Empregadas na Navegação em Mar Aberto
NORMAM 02/DPC: Embarcações Empregadas na Navegação Interior
IMO – “International Maritime Organization” (Organização Marítima
Internacional), International Maritime Dangerous Goods Code (IMDG Code).

AÉREO: ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil – Resolução n°129 de 8 de dezembro de 2009.
RBAC N°175 – (REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL) - TRANSPORTE DE ARTIGOS PERIGOSOS EM
AERONAVES CIVIS.
IS N° 175-001 – INSTRUÇÃO SUPLEMENTAR – IS.
ICAO – “International Civil Aviation Organization” (Organização da Aviação Civil Internacional) – Doc. 9284-NA/905
IATA - “International Air Transport Association” (Associação Internacional de Transporte Aéreo).
Dangerous Goods Regulation (DGR).

Número ONU: Não classificado como perigoso para o transporte nos diferentes modais.

15. INFORMAÇÕES SOBRE REGULAMENTAÇÕES

REGULAMENTAÇÕES ESPECÍFICAS PARA O PRODUTO QUÍMICO


Decreto Federal nº 2.657, de 3 de julho de 1998.
Norma ABNT-NBR 14725:2012.
Lei n°12.305, de 02 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).
Decreto n° 7.404, de 23 de dezembro de 2010.
Portaria nº 229, de 24 de maio de 2011 – Altera a Norma Regulamentadora nº 26.
Lei nº 9.478/97.
Lei nº 9.847/99.
Resolução ANP nº10/07.
Resolução ANP nº18/09.
Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03
Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

Portaria ANP nº129/99.


Portaria ANP nº130/99.

16. OUTRAS INFORMAÇÕES

GRADUAÇÕES NFPA Saúde: 0 Inflamabilidade: 1 Reatividade: 0


CLASSIFICAÇÕES HMIS Saúde: 1 Inflamabilidade: 1 Reatividade: 0
(0-Mínima, 1-Leve, 2-Moderada, 3-Elevada, 4-Máxima, Índice de Recomendações para Equipamento de Proteção Individual (PPE - Personal
Protection Equipment, *- Indicador de Efeitos Crônicos).
E5401 Estes valores são obtidos com o uso de diretrizes ou avaliações publicadas pela Associação Nacional de Prevenção de Incêndio (NFPA)
ou pela Associação Nacional de Tintas e Coberturas (para classificações HMIS).

PADRÕES DA OSHA PARA COMUNICAÇÃO DE PERIGO


Quando usado para os propósitos para ele intencionados, este material não é considerado perigoso, de acordo com as diretrizes
regulamentares. Este material não é classificado como perigoso, de acordo com OSHA 29.

ABREVIAÇÕES QUE PODEM TER SIDO UTILIZADAS NESTE DOCUMENTO :


STEL Limite de exposição de curto prazo
ACGIH American Conference of Governmental Industrial Hygienists
FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos
TWA Média de Tempo Pesado
TSCA Toxic Substance Control Act
IMO/IMDG International Maritime Dangerous Goods Code
API American Petroleum Institute
NFPA National Fire Protection Association (USA)
CFR Code of Federal Regulations
NTP National Toxicology Program
IARC International for Research on Cancer
DOT Department of Transportation
EINECS European Inventory of Existing Chemical Substances
ABNT/NBR Associação Brasileira de Normas Técnicas / Normas Brasileiras

Preparado de acordo com o padrão internacional (ISO 11014-1) & (NBR 14725)

ABNT NBR 14725-4:2014


Produtos químicos — Informações sobre segurança, saúde e meio ambiente. Parte 4: Ficha de informações de segurança de produtos
químicos (FISPQ).

BRASIL MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (MTE). (Jun.de 1978). Norma Regulamentadora n° 15: Programa de
controle médico de saúde ocupacional. Brasília, DF.

ACGIH – INDUSTRIAL HYGIENE, ENVIRONMENTAL, OCCUPATIONAL. Disponível em: www.acgih.org.


Acesso em: mar.2016.

INTERNATIONAL AGENCY FOR RESEARCH ON CANCER - IARC. (s.d.). Acesso em Jan de 2016, disponível em
http://monographs.iarc.fr/ENG/classification/index.php

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

INTERNATIONAL PROGRAMME ON CHEMICAL SAFETY. (s.d.). INCHEM. Fonte: INCHEM: http://www.inchem.org/

Ministério dos Transportes. (20 de maio de 1997). Portaria N° 204. Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos.

SIRETOX/INTERTOX – SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE RISCOS DE EXPOSIÇÃO. (s.d.). Acesso em janeiro de 2016,
disponível em INTERTOX: http://www.intertox.com.br

OSHA – OCCUPATIONAL SFETY AND HEALTH ADMINISTRATION. Disponível em: WWW.osha.gov. Acesso em:
mar.2016

U.S ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY. (s.d.).


Acesso em janeiro de 2016, disponível em ECOSAR – Ecological Structure-Activity Relationships:
http://www.epa.gov/oppt/newchems/tools/21ecosar.htm.

As informações e recomendações contidas neste documento expressam o que a GT-OIL possui de melhor conhecimento sobre
este assunto nesta data. Você pode nos contatar para se assegurar que este documento é o mais recente e disponível pela GT-OIL.
As informações e recomendações são oferecidas para a análise e consideração do usuário, sendo de sua responsabilidade verificar
se as mesmas satisfazem as necessidades requeridas para o seu uso particular. Se o comprador reenvasar este produto, será de
responsabilidade do usuário se assegurar que o produto se mantenha dentro de suas propriedades de segurança e saúde e outras
informações necessárias incluindo as da embalagem. Os procedimentos apropriados para o manuseio seguro deste produto devem
ser informados a todas as pessoas que tenham contato operacional com ele até o usuário final. A alteração nos dizeres deste
documento é expressamente proibida. Excetuando o que é estabelecido por lei, a republicação ou retransmissão deste documento
de forma total ou parcial não é permitida.

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA


ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO NEUTRO MÉDIO RERREFINADO, ÓLEO BÁSICO
Nome do produto:
PARAFÍNICO GRUPO III – 4 (ETRO/GOAL 4), ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO GRUPO III – 6
(ETRO/GOAL 6), ÓLEO VEGETAL DE MAMONA, ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO NEUTRO MÉDIO
(HBP 40I/FLEXPAR 850 GII GRN), ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO NEUTRO PESADO, ÓLEO BÁSICO
NAFTÊNICO 20 (HBN 20), ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO NEUTRO LEVE, ÓLEO BÁSICO
PARAFÍNICO BRIGHT STOCK (HBP-460), ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO NEUTRO MÉDIO 220,
ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO NEUTRO LEVE LW 150, ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO NEUTRO LEVE
HBP-45, ÓLEO BÁSICO POLIALFA OLEOFINA GIV-4, ÓLEO BÁSICO PARAFÍNICO SPINDLE,
ALQUILADO PESADO (SUPER VL 100).
Uso do produto: Óleo básico para produção de produto acabado.
Identificação da empresa:
REGELUB LUBRIFICANTES – EIRELI
RODOVIA PRESIDENTE DUTRA, S/N – KM 51, PARQUE MONDESIR
LORENA – SP
CEP: 12605-530
BRASIL
E-mail: industrial@gtoil.com.br
Telefone da empresa: (12) 3152-2623
Telefone para emergências: (12) 3152-2623

2. IDENTIFICAÇÃO DOS PERIGOS


CLASSIFICAÇÃO DO PRODUTO: Produto não classificado como perigoso pelo Sistema Normal de Transportes.

SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO UTILIZADO: Norma ABNT NBR 14725-2014; versão corrigida 2:2012.

Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de

Produtos Químicos, ONU.

OUTROS PERIGOS QUE NÃO RESULTAM EM CLASSIFICAÇÃO: O produto não possui outros perigos.

PICTOGRAMA:

PALAVRAS DE ADVERTÊNCIA: ATENÇÃO

FRASES DE PERIGO: H303- Pode ser nocivo se ingerido.

R36- Irritante para os olhos.

R52- Nocivo para os organismos aquáticos

S25- Evitar contato com os olhos.

P261- Evite inalar vapores


Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03
Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

P501- Descarte o conteúdo ou recipiente em conformidade com as regulamentações locais.

EFEITOS IMEDIATOS À SAÚDE

OLHOS: Pode causar irritação ocular grave.


PELE: O contato breve não é irritante. O contato prolongado, por exemplo, com a roupa molhada com o material, pode produzir
um desengorduramento da pele ou uma irritação que se caracteriza por rubor e mal-estar ligeiro. O material proveniente de
equipamento à alta pressão ou vazamentos à alta pressão podem penetrar na pele e se não se tratar devidamente, pode causar lesões
graves. Para evitar tais lesões graves, deve procurar-se atenção médica imediata mesmo se a lesão parecer pouco grave.

INGESTÃO: Não se esperam efeitos desfavoráveis. Em caso de ingestão de quantidade considerável, podem ocorrer dores
abdominais, náuseas e diarreia.
INALAÇÃO: Produto não volátil a temperatura ambiente. Os vapores ou a névoa proveniente do aquecimento do produto podem
causar mal-estar no nariz e na garganta. Coriza e tosse podem ocorrer em consequência de condições de trabalho especiais.

3. COMPOSIÇÃO/INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES

TIPO DE PRODUTO

Este produto é uma mistura:

COMPOSIÇÃO/INFORMAÇÃO SOBRE INGREDIENTES


CLASSIFICAÇÃO DE
COMPONENTES NÚMERO CAS QUANTIDADE
PERIGO

Hidrocarbonetos 68476-77-7 99,5 %m/m *


parafínicos

Impurezas que ** ≤ 0,3 % m/m *


contribuam para o perigo

*Ingrediente não classificado como perigoso


**Não se aplica

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS


OLHOS: Lavar os olhos com água abundante durante vários minutos. No caso de uso de lentes de contato, remova-as, se for fácil.
Caso ocorra irritação ocular: consulte um médico. Leve esta FISPQ.
PELE: Lavar a pele com sabão e água abundantes durante vários minutos. A injeção à alta pressão do material na pele, não se
tratando devidamente, pode causar danos graves. Chamar um médico em caso de se desenvolver ou persistir a irritação da pele.
Lavar o vestuário contaminado antes de reutilizar.
INGESTÃO: Não induzir vômito; lavar a boca da pessoa exposta com água em abundância. Em caso de indisposição entrar em
contato com um médico assim que possível e levar esta FISPQ.

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

INALAÇÃO: Remover a vítima para o ar livre. Administrar respiração artificial em caso de parada respiratória e encaminhar ao
médico.
NOTAS PARA O MÉDICO: O produto atua como lubrificante. Não friccionar a área atingida .

5. MEDIDA DE COMBATE À INCÊNCIOS

PROPRIEDADES DE INFLAMAÇÃO
Ponto de Fulgor: (ASTM D92) Típico °C
Autoignição: Dados Não disponíveis
Limites de Inflamabilidade (% por volume no ar): Considera-se não aplicável devido não ser inflamável.
Meios de Extinção: Usar água em forma de neblina, espuma, pó químico ou dióxido de carbono (CO2) para extinguir as
chamas. Não utilizar jatos de água.

PROTEÇÃO DOS BOMBEIROS:


Instruções de Combate a Incêndios: Este material se queima, embora não entre facilmente em combustão. Para incêndios
que envolvam este material, não entrar em nenhum espaço ou recinto fechado ou confinado sem o equipamento de proteção
correto, inclusive equipamento respiratório autônomo. Contêineres e tanques envolvidos no incêndio podem ser resfriados
preferencialmente com espuma mecânica ou neblina d’água.
Produtos de Combustão: Uma mistura complexa de gases, líquidos e sólidos existentes no ar, incluindo monóxido de carbono,
dióxido de carbono e compostos orgânicos não-identificados serão formados quando este material entrar em combustão.

6. MEDIDAS DE CONTROLE DE VAZAMENTO ACIDENTAL

MEDIDAS DE PROTEÇÃO:
Eliminar todas as fontes de ignição próximas a derramamento do material. Não fumar e evitar contato com o produto.
Para o pessoal do serviço de emergência: Utilizar EPI adequados, como luvas de PVC, calçado de segurança e óculos de segurança
ou protetor fácil contra respingos.

GERENCIAMENTO DE DERRAMAMENTO:
Estancar a fonte de liberação, se isso puder ser feito sem risco. Conter a liberação para impedir mais contaminação do solo, da água
de superfície ou subterrânea. Limpar o derramamento o quanto antes, observando as precauções de proteção individual/controles de
exposição. Absorva com vermiculita, areia, serragem ou outro material absorvente, confine a área, use os diques e bombeie para
tanque de coleta. Sempre que for viável e adequado, remover o solo contaminado. Colocar os materiais contaminados em recipientes
descartáveis e descartar de acordo com as regulamentações em vigor.

COMUNICAÇÃO:
Comunicar derramamentos às autoridades locais conforme adequado ou exigido.

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO
MEDIDAS DE PRECAUÇÃO
Evitar o contato com os olhos, a pele ou as roupas. Evitar contato com materiais incompatíveis. Após o manuseio, lavar-se muito
bem. Manter fora do alcance de crianças.

INFORMAÇÕES GERAIS DE MANUSEIO


Evitar a contaminação do solo ou descarga do material em esgotos, sistemas de drenagem e extensões de água. Manusear em área
ventilada ou com sistema de ventilação.

RISCO DE ESTÁTICA
A carga eletrostática pode se acumular e criar uma condição perigosa durante o manuseio deste material. Para minimizar este
risco, pode ser necessário usar amarração e aterramento, mas estes, por si só, podem não ser suficientes. Examine todas as
operações que têm potencial de gerar e acumular de carga eletrostática ou atmosfera inflamável (inclusive enchimento de tanque
ou cisterna, enchimento agitado, limpeza de tanque, retirada de amostra, aferição, carregamento de troca, filtragem, mistura,
agitação e operações de caminhão a vácuo) e use os procedimentos adequados de mitigação. Para obter mais informações, leia o
padrão 29 CFR 1910.106 da OSHA "Flammable and Combustible Liquids", o padrão NFPA 77, "Recommended Practice on
Static Electricity", da National Fire Protection Association, ou "Protection Against Ignitions Arising Out of Static, Lightning,
and Stray Currents" nas Recommended Practice 2003 (Práticas Recomendadas) do API (American Petroleum Institute).

MEDIDAS DE HIGIENE
Lavar as mãos após o manuseio, antes de comer, beber, fumar ou ir ao banheiro.

CONDIÇÕES ADEQUDAS
O produto não apresenta risco de incêndio ou explosão. Manter em local seco e fresco, bem ventilado e longe de fontes de ignição
e calor. Manter os recipientes

ADVERTÊNCIAS DE RECIPIENTES
O recipiente não foi fabricado para suportar pressão. Não usar pressão para esvaziar o recipiente, pois este poderá se romper com
força explosiva. Os recipientes ou containers vazios contêm resíduos dos produtos (sólidos, líquidos ou vapores) e podem ser
perigosos. Esses recipientes não devem ser pressurizados, cortados, soldados, soldados com solda forte, perfurados ou triturados,
nem devem ser expostos ao calor, chamas, centelhas ou eletricidade estática, ou outras fontes de ignição. Esses recipientes podem
explodir e causar lesões físicas ou morte. Os recipientes vazios devem ser totalmente drenados, corretamente amarrados e levados
sem demora a uma recondicionadora de tambores, ou então devem ser descartados da forma adequada.

8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

CONSIDERAÇÕES GERAIS
Levar em consideração os perigos potenciais deste material (veja Seção 3), limites de exposição aplicáveis, atividades do cargo, e
outras substâncias no local de trabalho ao projetar os controles mecânicos e escolher o equipamento de proteção individual. Se os
controles de mecânicos ou as práticas de trabalho não forem adequadas para impedir a exposição a níveis nocivos deste material, é
recomendado o equipamento de proteção individual listado a seguir. O usuário deve ler e entender todas as instruções e limitações
fornecidas com o equipamento, já que normalmente a proteção é fornecida por um tempo limitado ou sob circunstâncias específicas.

CONTROLES DE ENGENHARIA
Manuseie em uma área ventilada ou com sistema geral de ventilação/exaustão local. Evite formação de vapores ou névoas. Manter
as concentrações atmosféricas dos constituintes do produto abaixo dos limites de exposição ocupacional indicados.

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL


Proteção dos olhos e rosto: Recomenda-se o uso de óculos protetores do tipo químico ou protetor facial para evitar o contato com
os olhos.
Proteção da pele: Recomenda-se o uso de luvas de PVC, calçados de segurança e avental impermeável.
Proteção respiratória: Normalmente, não é necessária nenhuma proteção respiratória especial. Se as operações do usuário gerarem
névoa de óleo, deve-se determinar se as concentrações existentes no ar estão abaixo dos limites de exposição ocupacional para névoa
de óleo mineral; caso as concentrações estejam acima dos limites de exposição deve-se utilizar respirador com filtro para névoas
orgânicas

LIMITES DE EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL


2012 Guide to Occupational Exposure Values
Componente País/ Agência TWA STEL Teto Notação
Hidrocarbonetos ACGIH 5 mg/m3 10 mg/m3 -- --
Consultar os órgãos competentes locais para obter valores apropriados.

9. PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS


Atenção: Os dados a seguir correspondem aos valores mais comuns, e não constituem especificação.

Cor: Amarelo
Estado físico: Líquido castanho
Odor: Inodoro
pH: Dados Não disponíveis
Pressão do vapor: Não disponível
Densidade do vapor (Ar = 1): não disponível
Ponto de ebulição: Não disponível
Ponto de congelamento, ºC: Não disponível
Solubilidade: Solventes alifáticos e álcoois pesados
Densidade: 0,868 kg/l @ 20°C
Viscosidade: ≥ 59 mm2/s @ 40°C (104°F) (típico)
Índice de evaporação: Dados Não disponíveis
Ponto de fulgor (COC), °C: Típico ≥ 180
Limite de Inflamabilidade: Não aplicado

10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE

ESTABILIDADE QUÍMICA
Este material é considerado estável em ambiente normal e em condições previstas de temperatura e pressão durante a armazenagem
e o manuseio.

REATIVIDADE
Caso entre em contato com agentes oxidantes fortes pode ocorrer reação exotérmica.

INCOMPATIBILIDADE COM OUTROS MATERIAIS


Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03
Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

Pode reagir exotermicamente com agentes oxidantes fortes, tais como cloratos, nitratos, peróxidos, etc.

PRODUTOS DE DECOMPOSIÇÃO PERIGOSA


Pode liberar gases irritantes como vapores d’água, dióxido e monóxido de carbono.

POLIMERIZAÇÃO PERIGOSA
Não deverá ocorrer polimerização perigosa.

11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

VIAS DE EXPOSIÇÃO
Pele, olhos, ingestão e inalação.

EFEITOS IMEDIATOS À SAÚDE


Toxicidade aguda: Não é esperado que o produto apresente toxicidade aguda.
Corrosão/irritação à pele: Não é esperado que o produto provoque irritação à pele.
Lesões oculares graves/irritação ocular: Provoca lesões oculares graves com vermelhidão e ressecamento.
Sensibilização respiratória ou à pele: Não é esperado que o produto provoque sensibilização respiratória ou à pele.
Mutagenecidade em células germinativas: Não é esperado que o produto apresente mutagenecidade em células germinativas. Não
é classificado como carcinogênico para humanos.

INFORMAÇÕES REFERENTES AO ÓLEO MINERAL


Carcinogenicidade: Segundo a IPIECA, os resultados de teste IP 346 possuem uma forte correlação com os resultados de
bioensaios de carcinogenicidade epidérmica. Substâncias de petróleo que apresentem como resultado para IP 346 < 3% (p/p) não
são carcinogênicas para a pele.
Toxicidade à reprodução: Não é esperado que o produto apresente toxicidade à reprodução.
Toxicidade para órgãos-específicos – exposição única: Não é previsto nenhum efeito adverso.
Toxicidade para órgãos-específicos – exposição repetida: Pode causar irritações no trato respiratório em caso de inalação
constante dos gases de combustão deste produto.
Perigo por aspiração: Não é esperado que o produto apresente perigo por aspiração.

12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS


ECOTOXICIDADE
Não é esperado que o produto apresente ecotoxicidade.

RESULTADO AMBIENTAL
Biodegradabilidade imediata: Produto persiste no ambiente. Não é biodegradável.
Potencial bioacumulativo: Este produto apresenta potencial bioacumulativo em organismos aquáticos; log kow>4,0.
Mobilidade no solo: O produto pode se infiltrar no solo.
Outros efeitos adversos: A liberação de grandes quantidades de produto pode causar efeitos ambientais indesejáveis, como a
diminuição da disponibilidade de oxigênio em ambientes aquáticos devido à formação de camada oleosa na superfície, revestimento
e consequente sufocamento de animais.
Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03
Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

13. CONSIDERAÇÕES DE DESCARTE

PRODUTO
O tratamento e a disposição devem ser avaliados especificamente para cada produto. Devem ser consultadas legislações federais,
estaduais e municipais, dentre estas: Lei n°12.305, de 02 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).

RESTOS DE PRODUTOS
Manter restos do produto em suas embalagens originais e devidamente fechadas. O descarte deve ser realizado conforme o
estabelecido para o produto.

EMBALAGEM USADA
Não reutilize embalagens vazias. Estas podem conter restos do produto e devem ser mantidas fechadas e encaminhadas para descarte
apropriado conforme estabelecido para o produto.

14. INFORMAÇÕES DE TRANSPORTE

REGULAMENTAÇÕES NACIONAIS E INTERNACIONAIS

TERRESTRE: Resolução n° 420 de 12 de Fevereiro de 2004 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Aprova as
Instruções Complementares ao Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos e suas modificações .

HIDROVIÁRIO: DPC - Diretoria de Portos e Costas (Transporte em águas brasileiras)


Normas de Autoridade Marítima (NORMAM) NORMAM 01/DPC: Embarcações Empregadas na Navegação em Mar Aberto
NORMAM 02/DPC: Embarcações Empregadas na Navegação Interior
IMO – “International Maritime Organization” (Organização Marítima
Internacional), International Maritime Dangerous Goods Code (IMDG Code).

AÉREO: ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil – Resolução n°129 de 8 de dezembro de 2009.
RBAC N°175 – (REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL) - TRANSPORTE DE ARTIGOS PERIGOSOS EM
AERONAVES CIVIS.
IS N° 175-001 – INSTRUÇÃO SUPLEMENTAR – IS.
ICAO – “International Civil Aviation Organization” (Organização da Aviação Civil Internacional) – Doc. 9284-NA/905
IATA - “International Air Transport Association” (Associação Internacional de Transporte Aéreo).
Dangerous Goods Regulation (DGR).

Número ONU: Não classificado como perigoso para o transporte nos diferentes modais.

15. INFORMAÇÕES SOBRE REGULAMENTAÇÕES

REGULAMENTAÇÕES ESPECÍFICAS PARA O PRODUTO QUÍMICO


Decreto Federal nº 2.657, de 3 de julho de 1998.
Norma ABNT-NBR 14725:2012.
Lei n°12.305, de 02 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).
Decreto n° 7.404, de 23 de dezembro de 2010.
Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03
Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

Portaria nº 229, de 24 de maio de 2011 – Altera a Norma Regulamentadora nº 26.


Lei nº 9.478/97.
Lei nº 9.847/99.
Resolução ANP nº10/07.
Resolução ANP nº18/09.
Portaria ANP nº129/99.
Portaria ANP nº130/99.

16. OUTRAS INFORMAÇÕES

GRADUAÇÕES NFPA Saúde: 0 Inflamabilidade: 1 Reatividade: 0


CLASSIFICAÇÕES HMIS Saúde: 1 Inflamabilidade: 1 Reatividade: 0
(0-Mínima, 1-Leve, 2-Moderada, 3-Elevada, 4-Máxima, Índice de Recomendações para Equipamento de Proteção Individual (PPE - Personal
Protection Equipment, *- Indicador de Efeitos Crônicos).
E5401 Estes valores são obtidos com o uso de diretrizes ou avaliações publicadas pela Associação Nacional de Prevenção de Incêndio (NFPA)
ou pela Associação Nacional de Tintas e Coberturas (para classificações HMIS).

PADRÕES DA OSHA PARA COMUNICAÇÃO DE PERIGO


Quando usado para os propósitos para ele intencionados, este material não é considerado perigoso, de acordo com as diretrizes
regulamentares. Este material não é classificado como perigoso, de acordo com OSHA 29.

ABREVIAÇÕES QUE PODEM TER SIDO UTILIZADAS NESTE DOCUMENTO :


STEL Limite de exposição de curto prazo
ACGIH American Conference of Governmental Industrial Hygienists
FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos
TWA Média de Tempo Pesado
TSCA Toxic Substance Control Act
IMO/IMDG International Maritime Dangerous Goods Code
API American Petroleum Institute
NFPA National Fire Protection Association (USA)
CFR Code of Federal Regulations
NTP National Toxicology Program
IARC International for Research on Cancer
DOT Department of Transportation
EINECS European Inventory of Existing Chemical Substances
ABNT/NBR Associação Brasileira de Normas Técnicas / Normas Brasileiras

Preparado de acordo com o padrão internacional (ISO 11014-1) & (NBR 14725)

ABNT NBR 14725-4:2014


Produtos químicos — Informações sobre segurança, saúde e meio ambiente. Parte 4: Ficha de informações de segurança de produtos
químicos (FISPQ).

BRASIL MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (MTE). (Jun.de 1978). Norma Regulamentadora n° 15: Programa de
controle médico de saúde ocupacional. Brasília, DF.

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE
PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)
Revisão das informações: 03 SGI – 06-04-0008-03

ACGIH – INDUSTRIAL HYGIENE, ENVIRONMENTAL, OCCUPATIONAL. Disponível em: www.acgih.org.


Acesso em: mar.2016.

INTERNATIONAL AGENCY FOR RESEARCH ON CANCER - IARC. (s.d.). Acesso em Jan de 2016, disponível em
http://monographs.iarc.fr/ENG/classification/index.php

INTERNATIONAL PROGRAMME ON CHEMICAL SAFETY. (s.d.). INCHEM. Fonte: INCHEM: http://www.inchem.org/

Ministério dos Transportes. (20 de maio de 1997). Portaria N° 204. Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos.

SIRETOX/INTERTOX – SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE RISCOS DE EXPOSIÇÃO. (s.d.). Acesso em janeiro de 2016,
disponível em INTERTOX: http://www.intertox.com.br

OSHA – OCCUPATIONAL SFETY AND HEALTH ADMINISTRATION. Disponível em: WWW.osha.gov. Acesso em:
mar.2016

U.S ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY. (s.d.).


Acesso em janeiro de 2016, disponível em ECOSAR – Ecological Structure-Activity Relationships:
http://www.epa.gov/oppt/newchems/tools/21ecosar.htm.

As informações e recomendações contidas neste documento expressam o que a GT-OIL possui de melhor conhecimento sobre
este assunto nesta data. Você pode nos contatar para se assegurar que este documento é o mais recente e disponível pela GT-OIL.
As informações e recomendações são oferecidas para a análise e consideração do usuário, sendo de sua responsabilidade verificar
se as mesmas satisfazem as necessidades requeridas para o seu uso particular. Se o comprador reenvasar este produto, será de
responsabilidade do usuário se assegurar que o produto se mantenha dentro de suas propriedades de segurança e saúde e outras
informações necessárias incluindo as da embalagem. Os procedimentos apropriados para o manuseio seguro deste produto devem
ser informados a todas as pessoas que tenham contato operacional com ele até o usuário final. A alteração nos dizeres deste
documento é expressamente proibida. Excetuando o que é estabelecido por lei, a republicação ou retransmissão deste documento
de forma total ou parcial não é permitida.

Criação do modelo doc.: 24/02/2016 SGI Revisão das informações: 03


Atualização do modelo doc.: 03/01/2019 06-04-0008-03 Vigência à partir de: 04/01/2019
Vigência à partir de: 04/01/2019
Página 1 de 6

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico


FISPQ
_____________________________________________________
PRODUTO: Óleo básico lubrificante rerrefinado – Neutro Médio
Data: 31/08/2016 N° FISPQ: 02 Norma ABNT NBR-14725 – 2014 ; Anula e substitui versões anteriores

1 – IDENTIFICAÇÃO
Nome da substância ou mistura (nome comercial): Óleo básico rerrefinado Neutro Médio
CAS: 68476-77-7
Código interno de identificação do Produto: 001.003.0001
Principais usos recomendados Fabricação de óleos ou graxas lubrificantes
Nome da Empresa: PETROLUB INDUSTRIAL DE LUBRIFICANTES LTDA.
Endereço. Rod. BR 040, Km 461, S/Nº, Zona Rural, Caixa Postal 06 - CEP
35.701-970
Sete Lagoas - MG - Brasil
Telefone: (31) 2106-2800
Fax (31) 2106-2806
Telefones de Emergência: (31) 3775-1144 (31) 9986-3505; (11) 99981-1740 ou ABIQUIM
0800 118270

2 – IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS
Classificação de perigo do produto: Produto não classificado como perigoso pelo Sistema Normal de Transportes.

Sistema de classificação adotado Norma ABNT NBR 14725-2014; versão corrigida 2:2012.
Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de
Produtos Químicos, ONU.

ELEMENTOS APROPRIADOS DA
ROTULAGEM
Pictogramas

Símbolo GHS

Palavras de advertência Atenção


H303- Pode ser nocivo se ingerido.
R36- Irritante para os olhos.
R52- Nocivo para os organismos aquáticos
S25- Evitar contato com os olhos.
P261- Evite inalar vapores
P501- Descarte o conteúdo ou recipiente em conformidade com as
regulamentações locais.

3 – COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE INGREDIENTES


Produto Químico: Hidrocarbonetos predominantemente alifáticos

Grupo de substância Esta categoria engloba óleos básicos rerrefinados e de 1ª destilação

Sinônimo Óleo básico rerrefinado.

Número de Registro CAS Ingredientes: Hidrocarbonetos: > 99,5% em peso; CAS: 68476-77-7

Impurezas que contribuam para o Compostos sulfurados < 0,3 % - CAS : N.A.
perigo

4 – MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS


Inalação: Remover a pessoa para local onde tenha ar ventilado.

Contato com os olhos: Lavar com água corrente e sabão neutro no mínimo 5 minutos, mantendo as
pálpebras abertas. Remover lentes de contato se tiver. Chamar ou encaminhar
ao médico se necessário.
Contato com a pele: Remover roupas contaminadas.
Página 1 de 6
Página 2 de 6

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico


FISPQ
_____________________________________________________
PRODUTO: Óleo básico lubrificante rerrefinado – Neutro Médio
Data: 31/08/2016 N° FISPQ: 02 Norma ABNT NBR-14725 – 2014 ; Anula e substitui versões anteriores
Lavar com água corrente abundante e sabão. Chamar ou encaminhar ao
médico se necessário.
Ingestão: Não induza ao vômito, Lave a boca da pessoa exposta com água. Caso
sinta indisposição, contate assistência médica imediatamente, levando esta
FISPQ sempre que possível.

Sintomas e efeitos mais importantes, O contato intenso do produto puro com a pele pode provocar leve irritação.
agudo a ou tardios: O contato intenso, repetido e prolongado pode provocar dermatite. A
inalação de fumos pode provocar irritação ao trato respiratório com tosse ou
garganta irritada e falta de ar, por exposição aguda e crônica de fumos.

Notas para o médico: O produto atua como lubrificante, forneça tratamento sintomático.

5 – MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIOS


Meios de extinção apropriados: Água em neblina, extintores de espuma para solventes apolares, CO2 ou pó
químico seco, aplicados de acordo com as técnicas recomendadas pelo
fabricante

Meios de extinção contra indicados: Jatos de água.

Perigos específicos da mistura ou A combustão do produto químico ou de sua embalagem pode formar
Substância gases irritantes e tóxicos como gás monóxido de carbono e dióxido de
carbono.

Medidas de proteção da equipe de Equipamento de proteção respiratória do tipo autônomo (SCBA) com
combate de a incêndio: pressão positiva e vestuário protetor completo.
Contêineres e tanques envolvidos no incêndio podem ser resfriados
preferencialmente com espuma mecânica ou neblina d’água.

6 – MEDIDAS DE CONTRÕLE DE VAZAMENTO / DERRAMAMENTO


Precauções Pessoais: Coloque equipamentos de proteção individual adequados.

Para pessoal que não faz parte da Remova preventivamente todas as fontes de ignição. Não fume.
brigada socorrista: Evitar contato com o produto. Caso necessário, utilize equipamento com
proteção individual conforme descrito na seção 8.

Para o pessoal do serviço de Utilizar EPI adequados, com luvas de PVC, calçado de segurança, óculos de
emergência: proteção ou protetor facial contra respingos.

Precauções ao meio ambiente: Evitar que o produto derramado atinja cursos d´água e rede de esgotos.

Métodos e materiais para contenção Utilizar barreiras naturais ou de contenção de derrame. Absorva o produto
e Limpeza derramado com areia ou outro material inerte e coloque em recipiente para
posterior destinação apropriada. Para destinação final, proceder conforme a
Seção 13 desta FISPQ.

Diferenças na ação de grandes e Não há distinção entre as ações de grandes e pequenos vazamentos para
pequenos vazamentos: este produto.

7 – MANUSEIO E ARMAZENAGEM
Medidas técnicas apropriadas para o Manuseie em uma área ventilada ou com sistema geral de ventilação /
manuseio; exaustão local. Evite formação de vapores ou névoas.

Precauções para o manuseio seguro: Evitar contato com materiais incompatíveis. Caso necessário utilize
equipamento individual como indicado na Seção 8.

Medidas de higiene: Lavar as mãos adequadamente após o manuseio, antes de comer, beber,
fumar ou ir ao banheiro.

Condições adequadas: O produto não apresenta perigo de incêndio ou explosão.


Mantenha o produto em local fresco, seco e bem ventilado, distante de
fontes de calor e ignição. Mantenha os recipientes bem fechados e
Página 2 de 6
Página 3 de 6

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico


FISPQ
_____________________________________________________
PRODUTO: Óleo básico lubrificante rerrefinado – Neutro Médio
Data: 31/08/2016 N° FISPQ: 02 Norma ABNT NBR-14725 – 2014 ; Anula e substitui versões anteriores
devidamente identificados. O local de armazenamento deve ter piso
impermeável, isento de materiais oxidantes e com dique de contenção para
reter em caso de vazamento. Armazene em tanques á temperatura ambiente
e pressão atmosférica.
Temperaturas elevadas podem degradar o produto.
Não é necessária adição de estabilizantes e antioxidantes para garantir a
durabilidade do produto. Mantenha afastado de materiais incompatíveis.

Materiais para embalagens: Semelhante à embalagem original.

8 – CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL


Parâmetros de controle específicos: Componente: óleo mineral
3
Limite de exposição ocupacional TLV – TWA ( ACGIH, 2014 ): 5 mg/m (Fração inalável)

Indicadores biológicos Não estabelecidos.

Medidas de controle de engenharia: Proporcionar ventilação mecânica e sistema de exaustão direta para meio
exterior. Estas medidas auxiliam na redução da exposição ao produto.
Manter as concentrações atmosféricas, dos constituintes do produto, abaixo
dos limites de exposição ocupacional indicados.
Medidas de proteção pessoal:
Proteção dos olhos: Óculos de proteção ou protetor facial contra respingos.

Proteção da pele e corpo: Luvas de proteção de PVC, calçado de segurança e avental impermeável.

Proteção respiratória: Recomenda-se a utilização de respirador com filtro para névoas orgânicas
para exposições médias acima da metade do TLV-TWA.
Nos casos em que a exposição exceda 3 vezes o valor TLV – TWA, utilize
respirador do tipo autônomo (SCBA) com suprimento de ar, de peça facial
inteira, operado em modo de pressão positiva.

Perigos térmicos: Não apresenta perigos térmicos.

9 – PROPRIEDADES FÍSICO - QUIMICAS


Aspecto (estado físico, forma e cor) Líquido , viscoso, límpido, coloração amarela
Ponto de Ebulição/faixa de Ebulição, ºC: 371 - 538
Pressão de Vapor:, mm Hg @ 20 ºC: Não disponível
Densidade de Vapor (ar = 1): Não disponível
Solubilidade em Água: Insolúvel
Densidade relativa 20/4ºC: 0,868
Odor e limite de odor: inodoro
p.H. solução a 2%: Não aplicado
Solubilidade em Outros Solventes: solventes alifáticos e alcoóis pesados
Taxa de Evaporação (Acetato de Butila): Não aplicado
Viscosidade cSt a 40ºC. (102ºF.): > 59
Ponto de fulgor, ºC: > 215
Limite de Inflamabilidade, ºC: Não aplicado

10 – ESTABILIDADE E REATIVIDADE
Estabilidade química: Produto estável em condições normais de temperatura e pressão.

Possibilidade de reações perigosas: Não existe reações perigosas com relação ao produto.

Condições a serem evitadas: Temperaturas muito elevadas. Fontes de ignição e contato com materiais
Incompatíveis.
Materiais incompatíveis: Agentes oxidantes fortes como peróxidos, cloratos e ácido crômico.

Produtos perigosos da decomposição: Em combustão pode liberar gases irritantes e tóxicos como monóxido de
carbono, dióxido de carbono e vapores d’água.

Página 3 de 6
Página 4 de 6

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico


FISPQ
_____________________________________________________
PRODUTO: Óleo básico lubrificante rerrefinado – Neutro Médio
Data: 31/08/2016 N° FISPQ: 02 Norma ABNT NBR-14725 – 2014 ; Anula e substitui versões anteriores
11 – INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS
Toxicidade aguda Produto não classificado como tóxico agudo. Pode causar irritação do trato
gastrointestinal com náusea.
DL50 (oral, rato) mg/kg: N.D.
DL50 (dérmica, coelho) mg/kg: N;D.

Corrosão/irritação da pele Não é esperado irritação à pele com vermelhidão e ressecamento.

Lesões oculares graves/ irritação Pode causar irritação aos olhos com vermelhidão e pode causar
ocular lacrimejamento.

Sensibilização respiratória ou à pele: Não é esperado que o produto provoque sensibilização respiratória ou à
pele.

Mutagenicidade em células Índice de mutagenicidade – Teste Ames: (ASTM E 1687-10), dados não
germinativas: disponíveis.

Carcinogenicidade: Não classificado como carcinogênico para humanos.

Toxicidade à reprodução Não é esperado que o produto apresente toxicidade à reprodução.

Toxicidade para órgãos-alvo específico Nenhum efeito adverso previsto.


– exposição única:

Toxicidade para órgãos-alvo exposição


repetida: Pode provocar irritação do trato respiratório após inalações constantes e
repetidas de fumos de combustão do produto.
Perigo por aspiração: Não é esperado que o produto apresente perigo por aspiração.

12 – INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS
Efeitos ambientais, comportamentos e Pode provocar efeitos nocivos duradouros nos organismos
impactos do produto: aquáticos.

Ecotoxidade: Não é esperado que o produto apresente ecotoxidade.

Persistência / degradabilidade É esperado que o produto apresente persistência e, de acordo com os


resultados dos testes de biodegradabilidade de produtos similares, este
produto não é rapidamente biodegradável.

Potencial Bioacumulativo: Este produto apresenta alto potencial bioacumulativo em organismos


aquáticos.
Log kow: > 4,0 (equivalente a produtos similares )
Mobilidade no solo: Não determinada.

Outros efeitos adversos: A liberação de grandes quantidades de produto pode causar efeitos
ambientais indesejáveis, como a diminuição da disponibilidade de oxigênio
em ambientes aquáticos devido à formação de concentração do produto no
solo.

13 – CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO FINAL


Métodos recomendados para destinação Reciclagem.
final:
Este produto não deve ser descarregado nos esgotos, cursos de água ou
no solo. Não contaminar lagos, cursos de água ou valas.
Descarte o conteúdo/ recipiente em uma estação aprovada de tratamento
de resíduos.

Restos de produtos: Manter restos do produto em suas embalagens originais, devidamente


fechados, de acordo com a legislação aplicável. O descarte deve ser
realizado conforme o estabelecido para o produto, recomendando-se as
rotas de processamento por reciclagens.

Página 4 de 6
Página 5 de 6

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico


FISPQ
_____________________________________________________
PRODUTO: Óleo básico lubrificante rerrefinado – Neutro Médio
Data: 31/08/2016 N° FISPQ: 02 Norma ABNT NBR-14725 – 2014 ; Anula e substitui versões anteriores
Embalagem usada: Nunca reutilize embalagens vazias, elas podem conter restos do produto e
devem ser mantidas fechadas e encaminhadas para serem recicladas em
local apropriado.

14 – INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE


Regulamentações nacionais e interna – Resolução nº. 420 de 12 de Fevereiro de 2004, da Agência Nacional de
cionais Terrestre: Transportes Terrestres (ANTT), Aprova as Instruções Complementares ao
Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos e suas
modificações.

Hidroviário: DPC - Diretoria de Portos e Costas (Transporte em águas brasileiras)


Normas de Autoridade Marítima (NORMAM)
NORMAM 01/DPC: Embarcações Empregadas na Navegação em Mar
Aberto
NORMAM 02/DPC: Embarcações Empregadas na Navegação Interior IMO –
“International Maritime Organization” (Organização Marítima Internacional)
International Maritime Dangerous Goods Code (IMDG Code).

ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – Resolução n°129 de 8 de


Aéreo: dezembro de 2009.
RBAC N°175 – (REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIV IL)
– TRANSPORTE DE ARTIGOS PERIGOSOS EM AERONAVES CIVIS.
IATA – “International Air Transport Association” (Associação Nacional de
Transporte Aéreo)
ICAO – “International Civil Aviation Organization” (Orgânização da Aviação
Civil Internacional) – Doc 9284-NA/905
Dangerous Goods Regulation (DGR).

Número ONU: Não classificado como perigoso para transporte.

15 – INFORMAÇÕES SOBRE REGULAMENTAÇÕES


Palavra de Advertência: Atenção

Informação de rotulagem: R36- Irritante para os olhos.


S20- Não comer nem beber durante a utilização
S25- Evitar contato com os olhos.

Regulamentações: Decreto Federal n° 2.657, de 3 de julho de 1998.


Norma ABNT-NBR 14725:2014.
Lei n°12.305, de 02 de agosto de 2010 (Política Nac ional de Resíduos
Sólidos). Decreto n° 7.404, de 23 de dezembro de 20 10.
Portaria n° 229, de 24 de maio de 2011 - Altera a N orma Regulamentadora
n° 26.

16 – OUTRAS INFORMAÇÕES
Referências bibliográficas: I - Seção 14 Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos
do Ministério de Transporte (Resolução 420 de 12 de fevereiro de 2004).

II - NBR 14725-2014, ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas

III - ANSI-MSDS Standard 2004 - American National Standard Institute –


Material Safety Data Sheets

Siglas:

ACGIH American Conference of Governmental Industrial Hygienists


CAS Chemical Abstracts Service
CONAMA Conselho Nacional do Meio Ambiente.
DL50 Dose Letal 50%
IARC International Agency for Research on Cancer.
LEI Limite de explosividade inferior
LES Limite de explosividade superior

Página 5 de 6
Página 6 de 6

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico


FISPQ
_____________________________________________________
PRODUTO: Óleo básico lubrificante rerrefinado – Neutro Médio
Data: 31/08/2016 N° FISPQ: 02 Norma ABNT NBR-14725 – 2014 ; Anula e substitui versões anteriores
TLV Threshold Limit Value
TWA Time Weighted Average

Abreviações:

NA: Não Aplicável

ND: Não Determinada

OSHA: Administração de Segurança e Saúde Ocupacional

LD50: dose letal para 50% da população infectada

LC50: concentração letal para 50% da população infectada

CAS: chemical abstracts service

TLV-TWA: é a concentração média ponderada permitida para uma jornada de 8 horas de trabalho

TLV-STEL: é o limite de exposição de curta duração-máxima concentração permitida para um exposição contínua
de 15 minutos

ACGIH: é uma organização de pessoal de agências governamentais ou instituições educacionais engajadas em


programas de saúde e segurança ocupacional.

ACGIH desenvolve e publica limites de exposição para centenas de substâncias químicas e agentes físicos.

PEL: concentração máxima permitida de contaminantes no ar, aos quais a maioria dos trabalhadores pode ser
repetidamente exposta 8 horas dia, 40 horas por semana, durante o período de trabalho (30 anos), sem efeitos
adversos à saúde.

OSHA: agência federal dos EUA com autoridade para regulamentação e cumprimento de disposições na área de
segurança e saúde para indústrias e negócios nos USA.

IMDG: Internacional Maritine Code for Dangerous Goods – código internacional para o transporte de materiais
perigosos via marítima.

As informações contidas nesta FISPQ foram elaboradas de acordo com as orientações da NBR 14725-2014, refletem os dados
atuais, bem como nosso melhor conhecimento sobre manuseio apropriado deste produto, em condições normais e de acordo com as
informações no boletim técnico. Não nos responsabilizamos pelo uso indevido de nossos produtos, devendo o usuário ficar
responsável pela observância das disposições legais. Não eximem os usuários do conhecimento prévio e ajuda-os a cumprir suas
obrigações relativas a substâncias químicas. No local de trabalho cabe à empresa usuária do produto promover o treinamento de
seus colaboradores para assegurar-se, que cumpre todas as normas relativas à proteção humana e ambiental, durante o uso,
manuseio e armazenagem.

Página 6 de 6
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 1 / 8

1. IDENTIFICAÇÃO:

Nome comercial: Etro 4


Principais usos recomendados para a mistura: fabricação de lubrificantes (industrial e automotivo), utilizado em
perfuração em alto mar, utilizado como um componente no fabrico de explosivos, formulação de misturas, utilizado
como um intermédio, utilizado como aglutinante e agentesdesmoldante.
Nome do Fabricante: PLI (Netherlands) B.V.

Nome do Distribuidor: Promax Produtos Máximos S/A Indústria e Comércio


Endereço: Rua Promax, n° 01 - Jordanésia - CEP - 07776-225 / Cajamar - SP
Telefone para contato: (011) 4898-8600 / ramal 8626
Telefone para emergências: (011) 4898-8666
Fax: (011) 4447-4125
Home Page: www.promax.com.br

2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS:

Classificação da mistura: Toxicidade por aspiração Categoria 1

Sistema de classificação utilizado: Norma ABNT-NBR 14725 - Parte 2:2009. Versão Corrigida 2:2010.
Adoção do Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos, ONU.

Outros perigos que não resultam em uma classificação: Não existem outros perigos determinados.
Elementos apropriados da rotulagem:
Pictogramas:

Palavra de advertência: Perigo

Frases de perigo: H304 - Pode ser fatal se ingerido e penetrar nas vias respiratórias.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 2 / 8

Frases de precaução:
Não exigidas
prevenção

P301+P310 – EM CASO DE INGESTÃO: Contate imediatamente um CENTRO DE


Frases de precaução:
resposta à emergência INFORMAÇÃO TOXICOLÓGICA ou um médico.
P331 – NÃO provoque vômito

Frases de precaução:
P405 - Armazene em recipiente fechado.
armazenamento

Frases de precaução: P501 - Descarte o conteúdo/recipiente em uma instalação apropriada, de acordo


disposição regulamentações locais aplicáveis.

3. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES:

Este produto químico é uma: Mistura

Ingredientes ou impurezas que contribuam para o perigo:

Número de registro Faixa de concentração


Nome químico ou comum N° Reach
CAS %
Destilados (petróleo), parafínicos
64742-54-7 100 01-2119484627-25
pesados tratados com hidrogênio

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS-SOCORROS:

Informações gerais:
Após inalação: Consultar um médico em caso de inalação da névoa de óleo. Remover a vitima para um local bem
ventilado.
Contato com a pele: Retirar a roupa e o equipamento contaminados e eliminar de forma segura. Lava a pele com
água abundante e sabão.
Contato com os olhos: Lavar imediatamente com água abundante. Se ocorrer e persistir irritação ocular, visão
turva ou inchaço, obter assistência médica.
Ingestão: Nunca dar nada de beber a uma pessoa inconsciente ou com convulsões. NÃO induzir o vômito. Poucos
ou nenhuns sintomas esperados. Podem ocorrer náuseas e diarréia leves. Obter assistência médica profissional ou
direcionar a vítima para o hospital.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 3 / 8

Indicações sobre cuidados médicos urgentes: A aspiração para os pulmões poderá provocar pneumonite fatal.
Sintomas e efeitos mais importantes, agudos ou tardios: Uma concentração elevada de névoa de óleo poderá
dar origem a sintomas de irritação pulmonar e ocular. Monitorizar a respiração e o pulso.

5. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO:

Meios de extinção apropriados: Espuma, pó químico seco, dióxido de carbono, gases inertes e areia para
incêndios de menores proporções e uma manta antifogo. Meios de extinção que não se devem utilizar por motivos
de segurança: Água, jatos de água diretos.
Perigos específicos da mistura: A combustão incompleta poderá resultar na produção de monóxido de carbono e,
possivelmente, hidrocarbonetos complexos.
Medidas de proteção da equipe de combate a incêndio: Usar aparelhos respiratórios autônomos e vestuário de
proteção totalmente ignífugo. Não utilizar jatos de água diretos.

6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO:

Precauções pessoais, equipamento de proteção e procedimentos de emergência: Usar equipamento de


proteção adequado (incluindo equipamento de proteção individual indicado para evitar qualquer tipo de
contaminação da pele, olhos e vestuário pessoal).
Precauções ao meio ambiente: No caso de um derrame acidental manter o produto o mais confinado possível e
evitar o derrame para sistemas de drenagem, evitar a contaminação de águas superficiais e a infiltração no solo.
Procedimentos e materiais para contenção e limpeza: Recolher o produto utilizando os meios adequados. Os
derrames controlados de maiores dimensões podem ser bombeados para recipientes adequados. Os derrames
de menores dimensões podem ser limpos com material absorvente. Remover mecanicamente qualquer parte do
solo eventualmente contaminada. Transferir o produto e outro material contaminado utilizado na recolha para
recipientes adequados para reciclagem, recuperação ou eliminação.

Referência a outras sessões:


Ver sessão 8 para informação sobre equipamento de proteção pessoal.
Ver sessão 13 para informação sobre descarte

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO:

Precauções para um manuseio seguro: Permitir uma ventilação suficiente durante o manuseamento do produto.
Evitar o contacto com a pele e a inalação da névoa de óleo. Utilizar equipamento de proteção sempre que necessário.
Não ingerir.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 4 / 8

Condições de armazenamento seguro, incluindo qualquer incompatibilidade: Proteger o produto contra a luz
direta do sol e armazenar numa área seca e bem ventilada. Evitar o acumulo de eletricidade estática e manter afastado
de chamas a descoberto ou descargas elétricas. Não armazenar o produto durante períodos de tempo mais longos ou
a temperaturas inferiores ao ponto de fluidez. Evitar a libertação da substância para o ambiente armazenando-a
afastada de sistemas de drenagem.
Especifico uso final: Não comer, beber nem fumar nas áreas de trabalho. Lavar as mãos após a utilização e remover
vestuário e equipamento de proteção contaminados antes de entrar em áreas de alimentação.

8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL:

Parâmetros de controle:
TLV-TWA Duração
Névoa de óleo 5mg/m3 8 horas OSHA ACGIH
Limites de exposição profissional: não indicados na diretiva 2009/161/ UE

Controle da Exposição:
Controles técnicos adequados: Assegurar uma ventilação adequada.
Medidas gerais de proteção Individual:
Equipamentos respiratórios: Névoa de óleo: máscara (filtro combinado contra partículas e vapor orgânico) (EN
529).
Proteção das mãos: Luvas de proteção resistentes a químicos (EN 374)
Proteção ocular: Óculos de proteção perfeitamente ajustados (EN166).
Proteção da pele: Vestuário de proteção (anti-estático), vestuário de proteção à prova de salpicos sempre que
necessário.
Controle da exposição ambiental: Deverão ser utilizados locais reservados a carga/descarga sempre que qualquer
tipo de derrame deva ser drenado para contentores específicos que não estejam diretamente ligados a um sistema de
esgotos. O recolhimento de qualquer derrame deve ser efetuado o mais rapidamente possível.

9. PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS:

Aspecto: Liquido brilhante e transparente


Temperatura de auto-ignição °C: Ausência de dados
Intervalo de ebulição °C (ASTM D2887): 330-500
Temperatura de decomposição °C: Ausência de dados
Densidade 15°C (ASTM D4052): 0,835 g/ml
Inflamabilidade (sólido ou gás): não aplicável
Limites de explosividade: não determinado
Ponto de fulgor (ASTM D92): 235°C
Ponto de ebulição (ASTM D2887) : 330°C

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 5 / 8

Noack (ASTM D 5800B) – 1h, 250°C: 13,5 % massa


Propriedades comburentes: não oxidante
Coeficiente de partição -n-octanol/água: Log Kow >4
PCA (IP346): <0,5
Ponto de fluidez (ASTM D 97): -21°C
Solubilidade (com água): Insolúvel
Pressão de vapor 20°C: 0,1 hPa
Viscosidade (ASTM D445) 40ºC: 19,2 mm2/s

10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE:

Reatividade: O produto é inerte em condições normais.


Estabilidade química: O tempo de vida útil do produto é reduzido quando exposto a calor excessivo e luz direta do
sol. Manter num local seco e bem ventilado. Não é necessária uma manta de nitrogênio para armazenagem em
tanque.
Possibilidade de reações perigosas: Sem reações conhecidas.
Condições a serem evitadas: Evitar o calor excessivo e a luz direta do sol. Evitar o armazenamento abaixo do
ponto de fluidez.
Materiais ou substâncias incompatíveis: Deve-se evitar o contacto com agentes oxidantes fortes e ácidos fortes.
Produtos perigosos da decomposição: A combustão incompleta poderá resultar na produção de monóxido de
carbono e, possivelmente, hidrocarbonetos complexos.

11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS:

Informação efeitos toxicológicos


Toxicidade aguda:

Corrosão/Irritação cutânea:

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 6 / 8

Lesões oculares graves/ irritação ocular:

Sensibilização respiratória ou cutânea:

Mutagenicidade em células germinativas:

Carcinogenicidade:

Toxicidade reprodutiva:

Toxicidade para órgãos específicos (STOT) – exposição única:

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 7 / 8

Toxicidade para órgãos específicos (STOT) – exposição repetida:

Perigo de aspiração:

12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS:

13. CONSIDERAÇÕES SOBRE DESTINAÇÃO FINAL:

Métodos de tratamento de resíduos: Os resíduos devem ser considerados e tratados como resíduos perigosos em
conformidade com a diretiva 91/689/CEE. Eliminar o conteúdo/recipiente junto de entidades de tratamento de lixo
qualificadas, de acordo com os regulamentos locais e nacionais.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 4

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 8 / 8

14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE:

Número ONU: IMDG, IATA Não classificado


Nome apropriado para embarque Não classificado
UN: IMDG, IATA
Pictograma para transporte:
Classe: Não classificado
Código de risco:
Grupo de embalagem Não classificado
ONU Não regulado

15. INFORMAÇÕES SOBRE REGULAMENTAÇÕES:

 Regulamentações especificas de segurança, saúde e meio ambiente para o produto químico:

Decreto Federal nº 2.657, de 3 de julho de 1998.


Norma ABNT-NBR 14725-4:2012.
Lei n°12.305, de 02 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).
Decreto n° 7.404, de 23 de dezembro de 2010.

16. OUTRAS INFORMAÇÕES:

Dossier do produto CONCAWE n.º 97/108 “lubricating basestocks”


Exoneração de responsabilidade: As informações incluídas neste documento são facultadas de boa fé como
sendo precisas, contudo, não é fornecida qualquer garantia. As condições de utilização e adequação do produto para
fins específicos estão fora do nosso controlo. Todos os riscos de utilização do produto são, portanto assumidos pelo
utilizador, sendo que rejeitamos todo e qualquer tipo de garantias, assim como garantias de comercialização e
adequação para um fim específico no que diz respeito à utilização adequada do produto. Não é fornecida qualquer
recomendação quanto à utilização que infrinja as patentes válidas ou FISPQ dos fornecedores das respectivas
matérias-primas licença prerrogativas ao abrigo de patentes válidas. Deverão ser entregues advertências assim
como os procedimentos de manuseamento seguro a todos os responsáveis pela utilização do produto.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 1 / 8

1. IDENTIFICAÇÃO:

Nome comercial: Etro 6


Principais usos recomendados para a mistura: fabricação de lubrificantes (industrial e automotivo), utilizado em
perfuração em alto mar, utilizado como um componente no fabrico de explosivos, formulação de misturas, utilizado
como um intermédio, utilizado como aglutinante e agentesdesmoldante.
Nome do Fabricante: PLI (Netherlands) B.V.

Nome do Distribuidor: Promax Produtos Máximos S/A Indústria e Comércio


Endereço: Rua Promax, n° 01 - Jordanésia - CEP - 07776-225 / Cajamar - SP
Telefone para contato: (011) 4898-8600 / ramal 8626
Telefone para emergências: (011) 4898-8666
Fax: (011) 4447-4125
Home Page: www.promax.com.br

2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS:

Classificação da mistura de
Não perigoso
acordo com o GHS:

Sistema de classificação utilizado: Norma ABNT-NBR 14725 - Parte 2:2009. Versão Corrigida 2:2010.
Adoção do Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos, ONU.
Outros perigos que não resultam em uma classificação: A substância não satisfaz os critérios para produtos PBT
(persistente bioacumulável e tóxico) ou mPmB (muito persistente e muito bioacumulável) em conformidade com o
Anexo XIII.

3. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES:

Este produto químico é uma: Mistura

Ingredientes ou impurezas que contribuam para o perigo:

Número de registro Faixa de concentração


Nome químico ou comum N° Reach
CAS %
Destilados (petróleo), parafínicos
64742-54-7 100 01-2119484627-25
pesados tratados com hidrogênio

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 2 / 8

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS-SOCORROS:

Informações gerais:
Após inalação: Consultar um médico em caso de inalação da névoa de óleo. Remover a vitima para um local bem
ventilado.
Contato com a pele: Retirar a roupa e o equipamento contaminados e eliminar de forma segura. Lava a pele com
água abundante e sabão.
Contato com os olhos: Lavar imediatamente com água abundante. Se ocorrer e persistir irritação ocular, visão
turva ou inchaço, obter assistência médica.
Ingestão: Nunca dar nada de beber a uma pessoa inconsciente ou com convulsões. NÃO induzir o vômito. Poucos
ou nenhuns sintomas esperados. Podem ocorrer náuseas e diarréia leves. Obter assistência médica profissional ou
direcionar a vítima para o hospital.
Indicações sobre cuidados médicos urgentes: A aspiração para os pulmões poderá provocar pneumonite fatal.
Sintomas e efeitos mais importantes, agudos ou tardios: Uma concentração elevada de névoa de óleo poderá
dar origem a sintomas de irritação pulmonar e ocular. Monitorizar a respiração e o pulso.

5. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO:

Meios de extinção apropriados: Espuma, pó químico seco, dióxido de carbono, gases inertes e areia para
incêndios de menores proporções e uma manta antifogo. Meios de extinção que não se devem utilizar por motivos
de segurança: Água, jatos de água diretos.
Perigos específicos da mistura: A combustão incompleta poderá resultar na produção de monóxido de carbono e,
possivelmente, hidrocarbonetos complexos.
Medidas de proteção da equipe de combate a incêndio: Usar aparelhos respiratórios autônomos e vestuário de
proteção totalmente ignífugo. Não utilizar jatos de água diretos.

6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO:

Precauções pessoais, equipamento de proteção e procedimentos de emergência: Usar equipamento de


proteção adequado (incluindo equipamento de proteção individual indicado para evitar qualquer tipo de
contaminação da pele, olhos e vestuário pessoal).
Precauções ao meio ambiente: No caso de um derrame acidental manter o produto o mais confinado possível e
evitar o derrame para sistemas de drenagem, evitar a contaminação de águas superficiais e a infiltração no solo.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 3 / 8

Procedimentos e materiais para contenção e limpeza: Recolher o produto utilizando os meios adequados. Os
derrames controlados de maiores dimensões podem ser bombeados para recipientes adequados. Os derrames
de menores dimensões podem ser limpos com material absorvente. Remover mecanicamente qualquer parte do
solo eventualmente contaminada. Transferir o produto e outro material contaminado utilizado na recolha para
recipientes adequados para reciclagem, recuperação ou eliminação.

Referência a outras sessões:


Ver sessão 8 para informação sobre equipamento de proteção pessoal.
Ver sessão 13 para informação sobre descarte

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO:

Precauções para um manuseio seguro: Permitir uma ventilação suficiente durante o manuseamento do produto.
Evitar o contacto com a pele e a inalação da névoa de óleo. Utilizar equipamento de proteção sempre que necessário.
Não ingerir.
Condições de armazenamento seguro, incluindo qualquer incompatibilidade: Proteger o produto contra a luz
direta do sol e armazenar numa área seca e bem ventilada. Evitar o acumulo de eletricidade estática e manter afastado
de chamas a descoberto ou descargas elétricas. Não armazenar o produto durante períodos de tempo mais longos ou
a temperaturas inferiores ao ponto de fluidez. Evitar a libertação da substância para o ambiente armazenando-a
afastada de sistemas de drenagem.
Especifico uso final: Não comer, beber nem fumar nas áreas de trabalho. Lavar as mãos após a utilização e remover
vestuário e equipamento de proteção contaminados antes de entrar em áreas de alimentação.

8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL:

Parâmetros de controle:
TLV-TWA Duração
Névoa de óleo 5mg/m3 8 horas OSHA ACGIH
Limites de exposição profissional: não indicados na diretiva 2009/161/ UE

Controle da Exposição:
Controles técnicos adequados: Assegurar uma ventilação adequada.
Medidas gerais de proteção Individual:
Equipamentos respiratórios: Névoa de óleo: máscara (filtro combinado contra partículas e vapor orgânico) (EN
529).
Proteção das mãos: Luvas de proteção resistentes a químicos (EN 374)
Proteção ocular: Óculos de proteção perfeitamente ajustados (EN166).
Proteção da pele: Vestuário de proteção (anti-estático), vestuário de proteção à prova de salpicos sempre que
necessário.
Controle da exposição ambiental: Deverão ser utilizados locais reservados a carga/descarga sempre que qualquer
tipo de derrame deva ser drenado para contentores específicos que não estejam diretamente ligados a um sistema de
esgotos. O recolhimento de qualquer derrame deve ser efetuado o mais rapidamente possível.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 4 / 8

9. PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS:

Aspecto: Liquido brilhante e transparente


Temperatura de auto-ignição °C: Ausência de dados
Intervalo de ebulição °C (ASTM D2887): 370-550
Temperatura de decomposição °C: Ausência de dados
Densidade 15°C (ASTM D4052): 0,845 g/ml
Limites de explosividade: não determinado
Ponto de fulgor (ASTM D92): 245°C
Ponto de ebulição (ASTM D2887): 370°C
Noack (ASTM D 5800B) – 1h, 250°C: 7 % massa
Propriedades comburentes: não oxidante
Coeficiente de partição -n-octanol/água: Log Kow >4
PCA (IP346): <0,5
Ponto de fluidez (ASTM D 97): -18°C
Solubilidade (com água): Insolúvel
Pressão de vapor 20°C: 0,1 hPa
Viscosidade (ASTM D445) 40ºC: 34 mm2/s

10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE:

Reatividade: O produto é inerte em condições normais.


Estabilidade química: O tempo de vida útil do produto é reduzido quando exposto a calor excessivo e luz direta do
sol. Manter num local seco e bem ventilado. Não é necessária uma manta de nitrogênio para armazenagem em
tanque.
Possibilidade de reações perigosas: Sem reações conhecidas.
Condições a serem evitadas: Evitar o calor excessivo e a luz direta do sol. Evitar o armazenamento abaixo do
ponto de fluidez.
Materiais ou substâncias incompatíveis: Deve-se evitar o contacto com agentes oxidantes fortes e ácidos fortes.
Produtos perigosos da decomposição: A combustão incompleta poderá resultar na produção de monóxido de
carbono e, possivelmente, hidrocarbonetos complexos.

11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS:

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 5 / 8

Informação efeitos toxicológicos


Toxicidade aguda:

Corrosão/Irritação cutânea:

Lesões oculares graves/ irritação ocular:

Sensibilização respiratória ou cutânea:

Mutagenicidade em células germinativas:

Carcinogenicidade:

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 6 / 8

Toxicidade reprodutiva:

Toxicidade para órgãos específicos (STOT) – exposição única:

Toxicidade para órgãos específicos (STOT) – exposição repetida:

Perigo de aspiração:

12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS:

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 7 / 8

13. CONSIDERAÇÕES SOBRE DESTINAÇÃO FINAL:

Métodos de tratamento de resíduos: Os resíduos devem ser considerados e tratados como resíduos perigosos em
conformidade com a diretiva 91/689/CEE. Eliminar o conteúdo/recipiente junto de entidades de tratamento de lixo
qualificadas, de acordo com os regulamentos locais e nacionais.

14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE:

Número ONU: IMDG, IATA Não classificado


Nome apropriado para embarque Não classificado
UN: IMDG, IATA
Pictograma para transporte:
Classe: Não classificado
Código de risco:
Grupo de embalagem Não classificado
ONU Não regulado

15. INFORMAÇÕES SOBRE REGULAMENTAÇÕES:

 Regulamentações especificas de segurança, saúde e meio ambiente para o produto químico:

Decreto Federal nº 2.657, de 3 de julho de 1998.


Norma ABNT-NBR 14725-4:2012.
Lei n°12.305, de 02 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).
Decreto n° 7.404, de 23 de dezembro de 2010.

16. OUTRAS INFORMAÇÕES:

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
PROM AX PR ODUTOS MÁXIMO S S/A IND. E C OMÉRC IO
FIC H A DE INFOR MAÇ ÕES D E SEGUR ANÇ A
DE PRODUTO S QUÍMIC OS - FISPQ
Em conformi dade com NBR 14725:2012

Nome do Produto: Etro 6

Revisão: 2 Data da última revisão: 24/02/2015 Página: 8 / 8

Dossier do produto CONCAWE n.º 97/108 “lubricating basestocks”


Exoneração de responsabilidade: As informações incluídas neste documento são facultadas de boa fé como
sendo precisas, contudo, não é fornecida qualquer garantia. As condições de utilização e adequação do produto para
fins específicos estão fora do nosso controlo. Todos os riscos de utilização do produto são, portanto assumidos pelo
utilizador, sendo que rejeitamos todo e qualquer tipo de garantias, assim como garantias de comercialização e
adequação para um fim específico no que diz respeito à utilização adequada do produto. Não é fornecida qualquer
recomendação quanto à utilização que infrinja as patentes válidas ou FISPQ dos fornecedores das respectivas
matérias-primas licença prerrogativas ao abrigo de patentes válidas. Deverão ser entregues advertências assim
como os procedimentos de manuseamento seguro a todos os responsáveis pela utilização do produto.

PROMAX PRODUTOS MÁXIMOS S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Promax, 01 - Cajamar - CEP 07776-225 - Tel. (11) 4898-8600 - Fax. (11) 4447-4125
Ficha de Informações de
Segurança de Produtos
Químicos
SEÇÃO 1 IDENTIFICAÇÃO

Chevron Neutral Oil 600R

Uso do Produto: Óleo básico


Número(s) do produto: 246747, 581583, 807249
Identificação da companhia
Chevron Brasil Lubrificantes Ltda.
Rua Visconde de Inhaúma, 83/3ºandar
CEP 20091-007 -- Centro
Rio de Janeiro
Brasil
www.texaco.com.br

Resposta à emergência do transporte


Brasil: 0800 704 2230, 2 (24h)
Emergência Médica
Brasil: 0800 704 2230, 2 (24h)
Informação do Produto
e-mail : sactexaco@chevron.com
Informação do Produto: 0800 704 2230, 4 (08:00-17:00h)
Solicitações de FDS: 0800 704 2230, 4 (08:00-17:00h)

SEÇÃO 2 IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

2.1 CLASSIFICAÇÃO CONFORME ABNT NBR 14725-2 VIGENTE:


Não está classificado como perigoso em conformidade com Norma Brasileira ABNT NBR 14725-2.

2.2 ELEMENTOS DE ROTULAGEM: Sem classificação

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 1 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
2.3 OUTROS PERIGOS: Não se aplica.

SEÇÃO 3 COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES

3.1 Substâncias
Este material é uma substância.

COMPONENTES NÚMERO CAS QUANTIDADE


Destilados parafínicos hidrotratados pesados 64742-54-7 100 % peso

Este produto não é aprovado para uso alimentício direto ou para uso como componente de artigos não
alimentícios destinados ao uso em contato com alimentos.

SEÇÃO 4 MEDIDAS DE PRIMEIROS-SOCORROS

Olhos: Não é necessária nenhuma medida específica de primeiros socorros. Como precaução, remover
lentes de contato, se for o caso, e lavar os olhos com água.
Pele: Não é necessária nenhuma medida específica de primeiros socorros. Como precaução, remover as
roupas e sapatos se tiverem sido contaminados. Para remover o material da pele, usar água e sabão.
Jogar fora as roupas e sapatos contaminados, ou lavá-los muito bem antes de usá-los novamente.
Ingestão: Não é necessária nenhuma medida específica de primeiros socorros. Não provocar o vômito.
Como precaução, consultar um médico.
Inalação: Não é necessária nenhuma medida específica de primeiros socorros. Em caso de exposição a
níveis excessivos do material no ar, remover a pessoa para o ar fresco. Obter assistência médica se
houver tosse ou dificuldade respiratória.

4.1 Sintomas e efeitos mais importantes, agudos ou tardios:


EFEITOS IMEDIATOS À SAÚDE
Olhos: Não é prevista irritação prolongada ou significativa dos olhos.
Pele: O contato com a pele não é considerado causador de irritação prolongada ou significativa. Não se
prevê que o contato com a pele cause reações alérgicas na mesma. Não é considerado nocivo aos
órgãos internos se absorvido pela pele.
Ingestão: Não é considerado nocivo se ingerido.
Inalação: Não é considerado nocivo se inalado. Contém óleo mineral a base de petróleo. Pode causar
irritação das vias respiratórias ou outros efeitos nos pulmões, após inalação prolongada ou repetida da
névoa do óleo no ar em níveis acima do limite de exposição recomendado para névoa de óleo mineral. Os
sintomas de irritação das vias respiratórias podem incluir tosse e dificuldade de respiração.

EFEITOS TARDIOS À SAÚDE E OUTROS:


Sem classificação

4.2 Nota para os médicos: Não se aplica

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 2 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
SEÇÃO 5 MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO

5.1 MEIOS DE EXTINÇÃO:


Usar água em forma de neblina, espuma, pó químico ou dióxido de carbono (CO2) para extinguir as
chamas.

5.2 PERIGOS ESPECÍFICOS DA SUBSTÂNCIA OU MISTURA


Produtos de Combustão: Alto grau de variação conforme as condições de combustão. Uma mistura
complexa de gases, líquidos e sólidos existentes no ar, incluindo monóxido de carbono, dióxido de
carbono e compostos orgânicos não identificados serão formados quando este material entrar em
combustão.

5.3 MEDIDAS DE PROTEÇÃO DA EQUIPE DE COMBATE A INCÊNDIO:


Medidas de Combate a Incêndio Este material se queima, embora não entre facilmente em combustão.
Ver instruções sobre a forma correta de manuseio e armazenagem na Seção 7. Para incêndios que
envolvam este material, não entrar em nenhum espaço ou recinto fechado ou confinado sem o
equipamento de proteção correto, inclusive equipamento respiratório autônomo.

SEÇÃO 6 MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO

6.1 Precauções pessoais, equipamento de proteção e procedimentos de emergência:


Eliminar todas as fontes de ignição próximas a derramamento de material.

6.2 Precauções ao meio ambiente:


Contenha a fonte da liberação se puder fazê-lo sem risco. Contenha a liberação para impedir a
contaminação adicional do solo, água superficial ou do lençol freático.

6.3 Métodos e materiais para a contenção e limpeza:


Execute a limpeza do derramamento o quanto antes, observando as precauções relacionadas em
Controles de Exposição/Proteção Pessoal. Use técnicas apropriadas como a utilização de materiais
absorventes não combustíveis ou o bombeamento. Remova o solo contaminado, nas circunstâncias em
que isso for possível e apropriado. Coloque outros materiais contaminados em recipientes descartáveis e
descarte-os de forma consistente com os requisitos aplicáveis.Comunicar derramamentos às autoridades
locais conforme adequado ou exigido.

SEÇÃO 7 MANUSEIO E ARMAZENAMENTO

7.1 Precauções para manuseio seguro:


Informações Gerais de Manuseio: Evitar a contaminação do solo ou descarga do material em esgotos,
sistemas de drenagem e extensões de água.
Risco de Estática: Cargas eletrostáticas podem acumular e criar uma condição perigosa, quando se
estiver manuseando este material. Para minimizar este perigo, talvez seja necessário fazer uma conexão
ou aterramento. Porém, apenas a utilização destes dois métodos não seja suficiente para neutralizar todas

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 3 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
as cargas. Execute uma revisão de todas as operações que tenham o potencial para gerar e acumular
cargas eletrostáticas e / ou outras fontes de incêndio (inclusive o abastecimento de recipientes e de
tanques, borrifos, limpezas de tanques, amostragens, medições, trocas de cargas, filtração, processos de
mistura, agitação, e operações em caminhões a vácuo) e proceda de modo necessário para mitigar tais
fontes de perigo.
Advertências de Recipientes: O recipiente não foi fabricado para suportar pressão. Não usar pressão para
esvaziar o recipiente, pois este poderá se romper com força explosiva. Os recipientes ou containers
vazios contêm resíduos dos produtos (sólidos, líquidos ou vapores) e podem ser perigosos. Esses
recipientes não devem ser pressurizados, cortados, soldados, soldados com solda forte, perfurados ou
triturados, nem devem ser expostos ao calor, chamas, centelhas ou eletricidade estática, ou outras fontes
de ignição. Esses recipientes podem explodir e causar lesões físicas ou morte. Os recipientes vazios
devem ser totalmente drenados, corretamente amarrados e levados sem demora a uma recondicionadora
de tambores, ou então devem ser descartados da forma adequada.

7.2 Condições de armazenamentos seguro, incluindo qualquer incompatibilidade: Não se aplica

SEÇÃO 8 CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

CONSIDERAÇÕES GERAIS:
Levar em consideração os perigos potenciais deste material (veja Seção 2), limites de exposição
aplicáveis, atividades do cargo, e outras substâncias no local de trabalho ao projetar os controles
mecânicos e escolher o equipamento de proteção individual. Se os controles mecânicos ou as práticas de
trabalho não forem adequadas para impedir a exposição a níveis nocivos deste material, é recomendado o
equipamento de proteção individual listado a seguir. O usuário deve ler e entender todas as instruções e
limitações fornecidas com o equipamento, já que normalmente a proteção é fornecida por um tempo
limitado ou sob circunstâncias específicas.

8.1 PARÂMETROS DE CONTROLE:


Limites de Exposição Ocupacional:
Componente País/ TWA STEL Teto Notação
Agência
Destilados parafínicos hidrotratados ACGIH 5 mg/m3 10 mg/m3 -- --
pesados
Consultar os órgãos competentes locais para obter os valores apropriados.

8.2 MEDIDAS DE CONTROLE DE ENGENHARIA:


Usar em área bem ventilada.

8.3 MEDIDAS DE PROTEÇÃO PESSOAL:


Proteção dos Olhos e Rosto: Normalmente, não é necessária nenhuma proteção especial para os olhos.
Quando houver risco de respingo, deve-se usar óculos de proteção com laterais, como medida de
segurança.
Proteção da Pele: Normalmente, não é necessária nenhuma roupa de proteção. Quando houver
possibilidade de respingo, escolher roupas de proteção de acordo com as operações a serem efetuadas,

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 4 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
os requisitos físicos e outras substâncias presentes no local de trabalho. Os materiais recomendados para
luvas de proteção são: Borracha Nitrílica, Silver Shield, Viton.
Proteção Respiratória: Normalmente, não é necessária nenhuma proteção respiratória especial. Se as
operações do usuário gerarem névoa de óleo, deve-se determinar se as concentrações existentes no ar
estão abaixo dos limites de exposição ocupacional para névoa de óleo mineral. Caso contrário, usar
respirador aprovado, que forneça proteção adequada contra as concentrações medidas deste material.
Para respiradores purificadores de ar, usar filtro de partícula.
Usar um respirador autônomo de pressão positiva em circunstâncias nas quais os respiradores
purificadores de ar não forneçam proteção adequada.

SEÇÃO 9 PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS

Atenção: os dados a seguir correspondem aos valores mais comuns, e não constituem especificação.

Aparência
Cor: Incolor
Estado físico: Líquido
Odor: Odor do petróleo
Limite de odor: Dados Não disponíveis
pH: Não se aplica
Ponto de fusão: Dados Não disponíveis
Ponto de congelamento: Não se aplica
Ponto de Ebulição Inicial: 315°C (599°F)
Ponto de Fulgor:246 °C (475 °F) Mínimo
Taxa de evaporação: Dados Não disponíveis
Limites de inflamabilidade (explosivo) (% por volume no ar):
Inferior: Não se aplica Superior: Não se aplica
Pressão de vapor: <0.01 mm Hg @ 37.8 °C (100 °F)
Densidade de vapor (Ar = 1): >1
Densidade Relativa: Dados Não disponíveis
Densidade: 0.8660 kg/l @ 15°C (59°F) (típico)
Solubilidade: Solúvel em hidrocarbonetos; insolúvel em água.
Coeficiente de partição n-Octanol/Água: Dados Não disponíveis
Temperatura de Auto-Ignição: Dados Não disponíveis
Temperatura de Decomposicao: Dados Não disponíveis
Viscosidade: 100 mm2/s @ 40°C (104°F) Mínimo

SEÇÃO 10 ESTABILIDADE E REATIVIDADE

10.1 Reatividade: Pode reagir com agentes oxidantes fortes, tais como cloratos, nitratos, peróxidos, etc.
10.2 Estabilidade Química: Este material é considerado estável em ambiente normal e em condições
previstas de temperatura e pressão durante a armazenagem e o manuseio.
10.3 Polimerização Perigosa: Não deverá ocorrer uma polimerização perigosa.
10.4 Condições a Evitar: Não se aplica

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 5 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
10.5 Incompatibilidade com Outros Materiais: Não se aplica
10.6 Produtos perigosos da decomposição: Nenhum que se saiba (nenhum esperado)

SEÇÃO 11 INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

Lesões oculares graves/irritação ocular: O risco de irritação nos olhos se baseia na avaliação de dados
referentes aos componentes do produto.

Corrosão/irritação da pele: O risco de irritação da pele se baseia na avaliação de dados referentes aos
componentes do produto.

Sensibilização da Pele: O risco de sensibilidade da pele se baseia na avaliação de dados referentes aos
componentes do produto.

Toxicidade Dermatológica Severa: O risco de toxicidade epitelial aguda se baseia na avaliação de dados
referentes aos componentes do produto.

Toxicidade Oral Severa: O risco de toxicidade oral aguda s baseia na avaliação de dados referentes aos
componentes do produto.

Toxicidade Respiratória Severa: O risco de toxicidade aguda devido à inalação se baseia na avaliação de
dados referentes aos componentes do produto.

Estimativa de toxicidade aguda: Não foi determinado

Mutagenicidade em células germinativas: A avaliação dos riscos baseia-se na avaliação de dados


referentes a componentes de material semelhante.

Carcinogenicidade: A avaliação dos riscos baseia-se na avaliação de dados referentes a componentes de


material semelhante.

Toxicidade à reprodução: A avaliação dos riscos baseia-se na avaliação de dados referentes a


componentes de material semelhante.

Toxicidade para órgãos-alvo específicos - exposição única: A avaliação dos riscos baseia-se na
avaliação de dados referentes a componentes de material semelhante.

Toxicidade para órgãos-alvo específicos - exposição repetida: A avaliação dos riscos baseia-se na
avaliação de dados referentes a componentes de material semelhante.

INFORMAÇÃO ADICIONAL TOXICOLÓGICA:


Este produto contém óleos básicos de petróleo que podem ser refinados por vários processos, inclusive
extração severa por solvente, hidrocraqueamento severo ou hidrotratamento severo. Nenhum desses
óleos exige advertência sobre câncer, de acordo com o padrão de comunicação de risco da OSHA

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 6 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
(Hazard Communication Standard; 29 CFR 1910.1200). Esses óleos não constam na relação do relatório
anual do NTP (National Toxicology Program), nem foram classificados pela IARC (International Agency for
Research on Cancer) como cancerígenos a seres humanos (Grupo 1), provavelmente cancerígenos a
seres humanos (Grupo 2A), ou possivelmente cancerígenos a seres humanos (Grupo 2B). Estes óleos
não foram classificados pela ACGIH (American Conference of Governmental Industrial Hygienists) como:
cancerígenos confirmados para seres humanos (A1), cancerígenos suspeitos para seres humanos (A2),
ou cancerígenos confirmados para animais com relevância desconhecida para seres humanos (A3).

SEÇÃO 12 INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS

12.1 ECOTOXICIDADE
Este material não é considerado nocivo para organismos aquáticos.
O produto não foi testado. A declaração é derivada das propriedades dos componentes individuais.

12.2 PERSISTÊNCIA E DEGRADABILIDADE


Este material não é considerado material de biodegradação imediata. O produto não foi testado. A
declaração é derivada das propriedades dos componentes individuais.

12.3 POTENCIAL BIOACUMULATIVO


Fator de bioconcentração: Dados Não disponíveis.
Coeficiente de partição n-Octanol/Água: Dados Não disponíveis

12.4 MOBILIDADE NO SOLO


Dados Não disponíveis.

12.5 OUTROS EFEITOS ADVERSOS


Não foram identificados outros efeitos adversos.

SEÇÃO 13 CONSIDERAÇÕES SOBRE DESTINAÇÃO FINAL

13.1 Considerações sobre destinação final


Usar o material para a finalidade a que se destina ou reciclar, se possível. Há serviços de coleta de óleo
para disposição ou reciclagem de óleo usado. Colocar os materiais contaminados em containers ou
recipientes e dispor de acordo com as regulamentações em vigor. Contatar o representante de vendas ou
as autoridades competentes locais de saúde e meio ambiente para obter informações sobre os métodos
aprovados de reciclagem ou disposição.

SEÇÃO 14 INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE

A descrição apresentada não se aplica a todas as condições de transporte. Consultar a norma 49CFR ou
as regulamentações referentes a cargas perigosas para ver outros requisitos de descrição (ex.: nome
_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 7 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
técnico) e requisitos de transporte específicos ao meio ou quantidade.

Descrição do DOT para remessas: NÃO REGULAMENTADO COMO MATERIAL PERIGOSO EM


CONFORMIDADE COM 49 CFR

Descrição do IMO / IMDG para remessas: NÃO SÃO CONSIDERADOS MERCADORIAS PERIGOSAS
PARA TRANSPORTE, EM CONFORMIDADE COM O CÓDIGO IMDG

Descrição para Remessas do ICAO / IATA: NÃO REGULAMENTADO COMO PRODUTO PERIGOSO
PARA TRANSPORTE, PELAS ICAO

SEÇÃO 15 INFORMAÇÕES SOBRE REGULAMENTAÇÕES

LISTAS DE REGULAMENTAÇÕES PESQUISADAS:


01-1=IARC Grupo 1
01-2A=IARC Grupo 2
01-2B=IARC Grupo 3

Nenhum componente deste material foi encontrado nas relações regulamentares indicadas acima.

INVENTÁRIOS DE PRODUTOS QUÍMICOS:


Todos os componentes cumprem com os seguintes requerimentos do inventário de produtos químicos:
AICS (Austrália), DSL (Canadá), EINECS (União Européia), ENCS (Japão), IECSC (China), KECI
(Coréia), NZIoC (Nova Zelândia ), PICCS (Filipinas), TCSI (Formosa), TSCA (Estados Unidos).

Preparado em conformidade com Norma Brasileira ABNT NBR 14725-4

SEÇÃO 16 OUTRAS INFORMAÇÕES

GRADUAÇÕES NFPA: Saúde: 0 Inflamabilidade: 1 Reatividade: 0

DECLARAÇÃO DE CORREÇÃO: Esta revisão constitui uma atualização das seguintes seções desta
Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ): 1-16
Data de Revisão: 02 Março 2017

ABREVIAÇÕES QUE PODEM TER SIDO UTILIZADAS NESTE DOCUMENTO:


TLV - Valor Limite de Entrada TWA - Média de Tempo Pesado
STEL - Limite de Exposição de Curto Prazo PEL - Limite de Exposição aceitável
CAS - Número Abstrato Químico Do Serviço
ACGIH - American Conference of Governmental IMO/IMDG - International Maritime Dangerous Goods
Industrial Hygienists Code
API - American Petroleum Institute FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de
Produtos Químicos

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 8 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
CVX - Chevron NFPA - National Fire Protection Association (USA)
DOT - Department of Transportation (USA) NTP - National Toxicology Program (USA)
IARC - International Agency for Research on OSHA - Occupational Safety and Health Administration
Cancer

As informações acima são baseadas nos dados de que dispomos, considerados corretos na presente data.
Como essas informações podem ser aplicadas em condições que estão fora do nosso controle ou
conhecimento, e como existe a possibilidade de surgirem novos dados após a data presente, os quais poderão
tornar necessárias certas modificações das informações, não assumimos nenhuma responsabilidade pelos
resultados do seu uso. Estas informações são fornecidas sob a condição de que a pessoa que as receba tome
suas próprias decisões com respeito à adequação do material para um fim específico.

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 9 of 9 Chevron Neutral Oil 600R


SDS : 40322
Data de Revisão: 02 Março 2017
Ficha de Informações de
Segurança de Produtos
Químicos
1 IDENTIFICAÇÃO

OLOA 54020
Uso do Produto: Aditivo de óleo lubrificante
Identificação da companhia
Chevron Oronite Brasil Ltda.
Av. Ayrton Senna da Silva, 2500 Capuava
09380-440 Mauá
São Paulo
Brasil

Resposta à emergência do transporte


Ásia: Chevron Emergency Information Centre +(1) 510-231-0623
Austrália: 1 800 009 010
China: (+86) 138 113 09746
Europa: Oronite SA - Gonfreville Plant +33 2 35 25 55 00
América do Norte: CHEMTREC (800) 424-9300 or (703) 527-3887
América do Sul: Chevron Oronite Brasil Ltda (24 hours) 55 11 4478-1200
Emergência Médica
EUA: Aceitam-se chamadas internacionais a cobrar. (800) 231-0623 ou (510) 231-0623
Informação do Produto
Informação Técnica: (011) 4478 1200

Os seguintes produtos: Oronite D-Tect®, OLOA®, OGA®, OFA®, ODA®, PARATONE®, e TFA® são
marcas registradas da Companhia Chevron Oronite LLC.

SEÇÃO 2 IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

2.1 CLASSIFICAÇÃO CONFORME ABNT NBR 14725-2 VIGENTE:


Apresenta toxicidade crônica quando em contato com a água: Categoria 3.

2.2 ELEMENTOS DE ROTULAGEM:

FRASES DE PERIGO: Nocivo para os organismos aquáticos, com efeitos prolongados (H412).

FRASES DE PRECAUÇÃO:
Prevenção:Evite a liberação para o meio ambiente (P273).
Descarte:Descarte o conteúdo/o recipiente em conformidade com a regulamentação
local/regional/nacional/internacional (P501).

2.3 OUTROS PERIGOS: Não se aplica.

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 1 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
SEÇÃO 3 COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES
3.1 Misturas
Este material é uma mistura.

COMPONENTES NÚMERO CAS QUANTIDADE


Óleo mineral altamente refinado (C15 - C50) Mistura 40 % peso
Poliolefina poliamina succinimida, poliol Segredo 24 % peso
comercial
Zinco alquila ditiofosfato 68649-42-3 20 % peso
Sulfonato de Alquil-arila de cálcio de cadeia longa Segredo 10 % peso
comercial
Sulfeto de alquila-fenato de cadeia derivada de Segredo 3 % peso
cálcio comercial
Poliolefina poliamina succinimida, complexo Segredo 2 % peso
molibdênio comercial
Alquilfenol ramificado e alquilfenol de cálcio 74499-35-7 & 0.5 % peso
ramificado 132752-19-3

SEÇÃO 4 MEDIDAS DE PRIMEIROS-SOCORROS

Olhos: Não é necessária nenhuma medida específica de primeiros socorros. Como precaução, remover
lentes de contato, se for o caso, e lavar os olhos com água. Se o material aquecido espirrar nos olhos,
lave-os imediatamente com água fresca, durante 15 minutos, mantendo as pálpebras abertas. Remover
lentes de contatos, se for o caso. Obter assistência médica imediatamente.
Pele: Lavar a pele com água imediatamente e remover roupas e sapatos contaminados. Se aparecer
algum sintoma, procurar assistência médica. Para remover o material da pele, aplicar um produto de
limpeza para mãos, do tipo que é usado sem água, ou então, óleo mineral ou vaselina. Em seguida, lavar
com água e sabão. Jogar fora as roupas e sapatos contaminados, ou lavá-los muito bem antes de usá-los
novamente. Se o material quente encostar na pele, esfrie-a rapidamente com água. Consultar um médico
no caso de queimaduras extensas. Não tente retirar da pele o material solidificado, nem usar solventes ou
removedor para dissolvê-lo. Recomenda-se usar óleo vegetal ou mineral para remover este material da
pele.
Ingestão: Não é necessária nenhuma medida específica de primeiros socorros. Não provocar o vômito.
Como precaução, consultar um médico.
Inalação: Não é necessária nenhuma medida específica de primeiros socorros. Em caso de exposição a
níveis excessivos do material no ar, remover a pessoa para o ar fresco. Obter assistência médica se
houver tosse ou dificuldade respiratória. Se houver possibilidade de exposição a gás sulfídrico (H2S)
durante uma emergência, deve-se usar um respirador autônomo com pressão positiva aprovado. Remover
a pessoa para o ar fresco. Se não estiver respirando, fazer respiração artificial. Se a respiração for difícil,
administrar oxigênio. Obter assistência médica imediatamente.

4.1 Sintomas e efeitos mais importantes, agudos ou tardios:


EFEITOS IMEDIATOS À SAÚDE
Olhos: Não é prevista irritação prolongada ou significativa dos olhos. Se este material for aquecido,
poderá causar queimaduras térmicas, caso entre em contato com os olhos.
Pele: O contato repetido com a pele pode causar irritação. Os sintomas podem incluir dor, coceira,
descoloração, inchaço e formação de bolhas. Não se prevê que o contato com a pele cause reações
alérgicas na mesma. Não é considerado nocivo aos órgãos internos se absorvido pela pele. Se este
material for aquecido, poderá causar queimaduras térmicas, caso entre em contato com a pele.
Ingestão: Não é considerado nocivo se ingerido.
Inalação: Não é considerado nocivo se inalado. Contém óleo mineral a base de petróleo. Pode causar
irritação das vias respiratórias ou outros efeitos nos pulmões, após inalação prolongada ou repetida da
névoa do óleo no ar em níveis acima do limite de exposição recomendado para névoa de óleo mineral. Os
_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 2 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
sintomas de irritação das vias respiratórias podem incluir tosse e dificuldade de respiração. Este material
pode se decompor e liberar gás sulfídrico (H2S) ao ser aquecido acima de 100 °C (212 °F) ou armazenado
a temperaturas acima de 80 °C (176 °F) por mais de 5 dias. O gás sulfídrico tem um cheiro forte de ovo
podre. Contudo, com a exposição contínua e em níveis elevados, o H2S pode dessensibilizar o sentido de
olfato da pessoa. Se o cheiro de ovo podre não for mais perceptível, não significa, necessariamente, que
não está havendo exposição. Em níveis inferiores, o gás sulfídrico causa irritação dos olhos, nariz e
garganta. Níveis moderados podem causar dor de cabeça, tontura, náusea e vômito, bem como tosse e
dificuldade de respiração. Níveis superiores podem causar choque, convulsões, coma e morte. Após
exposição severa, os sintomas normalmente aparecem imediatamente. O Instituto Nacional de
Segurança Ocupacional dos EUA (NIOSH - National Institute for Occupational Safety and Health)
considera as concentrações de gás sulfídrico no ar acima de 100 ppm, um perigo imediato à vida e à
saúde (IDLH - Immediately Dangerous to Life and Health).

EFEITOS TARDIOS À SAÚDE E OUTROS: Sem classificação

4.2 Nota para os médicos: A administração de oxigênio a 100% e de cuidados de apoio é o melhor
tratamento para envenenamento por gás sulfídrico. Para obter informações adicionais sobre H2S,
consultar a Folha de Dados de Segurança de Material nº 301 da Chevron.

SEÇÃO 5 MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO

5.1 MEIOS DE EXTINÇÂO:


Usar água em forma de neblina, espuma, pó químico ou dióxido de carbono (CO2) para extinguir as
chamas.

5.2 PERIGOS ESPECÍFICOS DA SUBSTÂNCIA OU MISTURA


Produtos de Combustão: Alto grau de variação conforme as condições de combustão. Uma mistura
complexa de gases, líquidos e sólidos existentes no ar, incluindo monóxido de carbono, dióxido de carbono
e compostos orgânicos não identificados serão formados quando este material entrar em combustão. A
combustão pode produzir óxidos de: Nitrogênio, Fósforo, Enxofre, Zinco, Cálcio, Boro.

5.3 MEDIDAS DE PROTEÇÃO DA EQUIPE DE COMBATE A INCÊNDIO:


Medidas de Combate a Incêndio: Este material se queima, embora não entre facilmente em combustão.
Ver instruções sobre a forma correta de manuseio e armazenagem na Seção 7. Para incêndios que
envolvam este material, não entrar em nenhum espaço ou recinto fechado ou confinado sem o
equipamento de proteção correto, inclusive equipamento respiratório autônomo.

SEÇÃO 6 MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO

6.1 Precauções pessoais, equipamento de proteção e procedimentos de emergência:


Eliminar todas as fontes de ignição próximas a derramamento de material.

6.2 Precauções ao meio ambiente:


Contenha a fonte da liberação se puder fazê-lo sem risco. Contenha a liberação para impedir a
contaminação adicional do solo, água superficial ou do lençol freático.

6.3 Métodos e materiais para a contenção e limpeza:


Se houver derramamento de material aquecido, deixar o material esfriar antes de prosseguir com os
métodos de descarte. Execute a limpeza do derramamento o quanto antes, observando as precauções
relacionadas em Controles de Exposição/Proteção Pessoal. Use técnicas apropriadas como a utilização de
materiais absorventes não combustíveis ou o bombeamento. Remova o solo contaminado, nas
circunstâncias em que isso for possível e apropriado. Coloque outros materiais contaminados em
recipientes descartáveis e descarte-os de forma consistente com os requisitos aplicáveis.Comunicar
derramamentos às autoridades locais conforme adequado ou exigido.

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 3 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
SEÇÃO 7 MANUSEIO E ARMAZENAMENTO

7.1 Precauções para manuseio seguro:


Medidas de Precaução: Evitar o contato com os olhos, a pele ou as roupas. Não respirar os vapores ou
emanações. Não respirar o gás. Com controles mecânicos adequados, atividades de curto prazo, tais
como carga, descarga e mistura em linha podem ocorrer em temperaturas na faixa de 80 a 85 °C (176 a
185 °F). Durante o processo de expedição por trem ou caminhão-cisterna, durante o carregamento
pode-se usar temperaturas máximas, na faixa de 80 a 85 °C (176 a 185 °F); a expectativa é de que
diminuam para 66 °C (150 °F) ou menos dentro de 7 dias. As temperaturas de armazenamento para um
máximo de 2 semanas não devem ultrapassar 66 °C (150 °F). A temperatura recomendada de
armazenamento a longo prazo (2 semanas ou mais) varia desde temperatura ambiente até um máximo de
45 °C (113 °F). As temperaturas de movimentação e armazenamento adequadas para este material
variam conforme o período e temperatura, mas é importante que sejam corretos, para evitar a
decomposição que produz a liberação de emanações perigosas, conforme descrito no artigo 2/11 (efeitos
potenciais na saúde/Informação Toxicológica) e no artigo 10 (estabilidade e reatividade). Evitar o contato
do material aquecido com os olhos, a pele e as roupas. Após o manuseio, lavar-se muito bem.
Informações Gerais de Manuseio: O meio de reaquecimento recomendado é água quente ou vapor com
baixa pressão regulada. Deve-se tomar cuidado para não ultrapassar as temperaturas mencionadas
anteriormente ao reaquecer este material, a fim de evitar a decomposição e conseqüente liberação de
emanações perigosas. Evitar a contaminação do solo ou descarga do material em esgotos, sistemas de
drenagem e extensões de água.
Riscos de Manuseio Incomuns: Os tanques de armazenamento ou cisternas de transporte a granel
usados para este material podem conter quantidades tóxicas de gás sulfídrico (H2S). Antes de qualquer
pessoa abrir ou entrar nesses compartimentos, deve-se verificar se há presença de H2S. Ver a seção 8 ¿
Controles de Exposição/Proteção Individual. Não tentar salvar alguém que foi exposto a H2S sem usar
equipamento de respiração autônomo. É necessário monitorar os níveis de gás sulfídrico sempre que
houver possibilidade de que o nível esteja acima da metade do padrão de exposição ocupacional . Como
nem sempre se pode confiar no sentido do olfato para detectar a presença de H2S, a concentração do
mesmo deve ser medida por meio de dispositivos de detecção portáteis ou fixos.
Risco de Estática: Cargas eletrostáticas podem acumular e criar uma condição perigosa, quando se
estiver manuseando este material. Para minimizar este perigo, talvez seja necessário fazer uma conexão
ou aterramento. Porém, apenas a utilização destes dois métodos não seja suficiente para neutralizar todas
as cargas. Execute uma revisão de todas as operações que tenham o potencial para gerar e acumular
cargas eletrostáticas e / ou outras fontes de incêndio (inclusive o abastecimento de recipientes e de
tanques, borrifos, limpezas de tanques, tiragens de amostras, tiragens de medidas, trocas de cargas,
filtração, processos de mistura, agitação, e operações em caminhões a vácuo) e proceda de modo
necessário para mitigar tais fontes de perigo.
Advertências de Recipientes: O recipiente não foi fabricado para suportar pressão. Não usar pressão
para esvaziar o recipiente, pois este poderá se romper com força explosiva. Os recipientes ou containers
vazios contêm resíduos dos produtos (sólidos, líquidos ou vapores) e podem ser perigosos. Esses
recipientes não devem ser pressurizados, cortados, soldados, soldados com solda forte, perfurados ou
triturados, nem devem ser expostos ao calor, chamas, centelhas ou eletricidade estática, ou outras fontes
de ignição. Esses recipientes podem explodir e causar lesões físicas ou morte. Os recipientes vazios
devem ser totalmente drenados, corretamente amarrados e levados sem demora a uma recondicionadora
de tambores, ou então devem ser descartados da forma adequada.

7.2 Condições de armazenamentos seguro, incluindo qualquer incompatibilidade: Não se aplica

SEÇÃO 8 CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

CONSIDERAÇÕES GERAIS:
Levar em consideração os perigos potenciais deste material (veja Seção 2), limites de exposição
aplicáveis, atividades do cargo, e outras substâncias no local de trabalho ao projetar os controles

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 4 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
mecânicos e escolher o equipamento de proteção individual. Se os controles mecânicos ou as práticas de
trabalho não forem adequadas para impedir a exposição a níveis nocivos deste material, é recomendado o
equipamento de proteção individual listado a seguir. O usuário deve ler e entender todas as instruções e
limitações fornecidas com o equipamento, já que normalmente a proteção é fornecida por um tempo
limitado ou sob circunstâncias específicas.

8.1 PARÂMETROS DE CONTROLE:


Limites de Exposição Ocupacional:
Componente País/ TWA STEL Teto Notação
Agência
Óleo mineral altamente refinado ACGIH 5 mg/m3 10 mg/m3 -- --
(C15 - C50)

8.2 MEDIDAS DE CONTROLE DE ENGENHARIA:


Usar em área bem ventilada.

8.3 MEDIDAS DE PROTEÇÃO PESSOAL:


Proteção dos Olhos e Rosto: Normalmente, não é necessária nenhuma proteção especial para os olhos.
Quando houver risco de respingo, deve-se usar óculos de proteção com laterais, como medida de
segurança. Se esse material for aquecido, deve-se usar óculos de proteção química ou máscara facial de
proteção.
Proteção da Pele: Usar roupas de proteção para impedir o contato com a pele. A escolha de roupas de
proteção pode incluir luvas, avental, botinas e máscara facial inteira, dependendo das operações
efetuadas. Os materiais recomendados para luvas de proteção são: Borracha Nitrílica, Silver Shield, Viton.
Se este material for aquecido, usar roupas isolantes para evitar o contato com a pele, se os controles
mecânicos e as práticas de trabalho não forem adequados para impedir o contato com a pele.
Proteção Respiratória: Normalmente, não é necessária nenhuma proteção respiratória especial. Se o
material for aquecido e emitir gás sulfídrico, deve-se determinar se as concentrações existentes no ar
estão abaixo do limites de exposição ocupacional para gás sulfídrico. Caso contrário, usar um respirador
autônomo com pressão positiva aprovado. Para obter mais informações sobre gás sulfídrico, consultar a
Folha de Dados de Segurança de Material (MSDS) nº 301 da Chevron. Se as operações do usuário
gerarem névoa de óleo, deve-se determinar se as concentrações existentes no ar estão abaixo dos limites
de exposição ocupacional para névoa de óleo mineral. Caso contrário, usar respirador aprovado, que
forneça proteção adequada contra as concentrações medidas deste material. Para respiradores
purificadores de ar, usar filtro de partícula.
Usar um respirador autônomo de pressão positiva em circunstâncias nas quais os respiradores
purificadores de ar não forneçam proteção adequada.

SEÇÃO 9 PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS

Atenção: os dados a seguir correspondem aos valores mais comuns, e não constituem
especificação.

Aparência
Cor: Marrom
Estado físico: Líquido
Odor: odor de hidrocarboneto
Limite de odor: Dados Não disponíveis
pH: Não se aplica
Ponto de fusão: Dados Não disponíveis
Ponto de congelamento: Dados Não disponíveis
Ponto de Ebulição Inicial: Dados Não disponíveis
Ponto de Fulgor:(Cleveland Open Cup) 180 °C (356 °F) Mínimo

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 5 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
Taxa de evaporação: Dados Não disponíveis
Limites de inflamabilidade (explosivo) (% por volume no ar):
Inferior: Dados Não disponíveis Superior: Dados Não disponíveis
Pressão de vapor: Dados Não disponíveis
Densidade de vapor (Ar = 1): Dados Não disponíveis
Densidade Relativa: 1.0009 @ 15.6°C (60°F)
Densidade: 1.0045 kg/l @ 15°C (59°F)
Solubilidade: Insolúvel em água.
Coeficiente de partição n-Octanol/Água: Dados Não disponíveis
Temperatura de Auto-Ignição: Dados Não disponíveis
Temperatura de Decomposicao: Dados Não disponíveis
Viscosidade: 2283 cSt @ 40°C (104°F)

SEÇÃO 10 ESTABILIDADE E REATIVIDADE

10.1 Reatividade: Não é esperada ocorrência de reação.


10.2 Estabilidade Química: Este material é considerado estável em ambiente normal e em condições
previstas de temperatura e pressão durante a armazenagem e o manuseio.
10.3 Polimerização Perigosa: Não deverá ocorrer uma polimerização perigosa.
10.4 Condições a Evitar: Não armazenar nem manusear em temperaturas acima das indicadas na seção
7 (Manuseio e Armazenamento) da Folha de Dados de Segurança de Materiais (MSDS).
10.5 Incompatibilidade com Outros Materiais: Pode reagir com agentes oxidantes fortes, tais como
cloratos, nitratos, peróxidos, etc.
10.6 Produtos perigosa da decomposição: Gás sulfídrico (Ver seção 7)

SEÇÃO 11 INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

Lesões oculares graves/irritação ocular: O risco de irritação aos olhos é baseado na avaliação dos
dados referentes a materiais ou componentes de produtos semelhantes.

Corrosão/irritação da pele: O risco de irritação à pele é baseado na avaliação dos dados referentes a
materiais ou componentes de produtos semelhantes.
Sensibilização da Pele: O risco de sensibilização da pele é baseado na avaliação dos dados referentes a
materiais ou componentes de produtos semelhantes.

Toxicidade Dermatológica Severa: O risco de toxicidade dérmica aguda é baseado na avaliação dos
dados referentes a materiais ou componentes de produtos semelhantes.

Toxicidade Oral Severa: O risco de toxicidade oral aguda é baseado na avaliação dos dados referentes a
materiais ou componentes de produtos semelhantes.

Toxicidade Respiratória Severa: O risco de toxicidade aguda por inalação é baseado na avaliação dos
dados referentes a materiais ou componentes de produtos semelhantes.

Estimativa de toxicidade aguda: Não foi determinado

Mutagenicidade em células germinativas: A avaliação dos riscos baseia-se na avaliação de dados


referentes a componentes de material semelhante.

Carcinogenicidade: A avaliação dos riscos baseia-se na avaliação de dados referentes a componentes


de material semelhante.

Toxicidade à reprodução: A avaliação dos riscos baseia-se na avaliação de dados referentes a

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 6 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
componentes de material semelhante.
Toxicidade para órgãos-alvo específicos - exposição única: A avaliação dos riscos baseia-se na
avaliação de dados referentes a componentes de material semelhante.

Toxicidade para órgãos-alvo específicos - exposição repetida: A avaliação dos riscos baseia-se na
avaliação de dados referentes a componentes de material semelhante.

INFORMAÇÃO ADICIONAL TOXICOLÓGICA:


Este produto contém óleos básicos de petróleo que podem ser refinados por vários processos, inclusive
extração severa por solvente, hidrocraqueamento severo ou hidrotratamento severo. Nenhum desses
óleos exige advertência sobre câncer, de acordo com o padrão de comunicação de risco da OSHA
(Hazard Communication Standard; 29 CFR 1910.1200). Esses óleos não constam na relação do relatório
anual do NTP (National Toxicology Program), nem foram classificados pela IARC (International Agency for
Research on Cancer) como cancerígenos a seres humanos (Grupo 1), provavelmente cancerígenos a
seres humanos (Grupo 2A), ou possivelmente cancerígenos a seres humanos (Grupo 2B). Estes óleos
não foram classificados pela ACGIH (American Conference of Governmental Industrial Hygienists) como:
cancerígenos confirmados para seres humanos (A1), cancerígenos suspeitos para seres humanos (A2),
ou cancerígenos confirmados para animais com relevância desconhecida para seres humanos (A3).

Tetrapropenil fenol (TPP), também conhecido como dodecil fenol, foi testado em um estudo de toxicidade
reprodutiva de uma geração com gavagem oral em ratos (doses de 0, 5, 25 ou 125 mg/kg/dia) e em um
estudo de toxicidade reprodutiva de duas gerações com dieta em ratos (doses de 0, 1,5, 15 ou 75
mg/kg/dia). Os resultados do estudo de uma geração demonstraram peso reduzido dos ovários e
alterações nos órgãos reprodutores acessórios masculinos (diminuição no peso dos órgãos, diminuição
das secreções e diminuição da concentração de espermatozoides no epidídimo) com 25 mg/kg/dia; 5
mg/kg/dia foi identificado como nível de não observação de efeitos adversos (NOAEL). Os resultados do
estudo de duas gerações demonstrou ciclo de cio prolongado, peso reduzido dos ovários, maturação
sexual acelerada, tamanho médio da ninhada viva diminuído, taxas de fertilidade diminuídas, hipoespermia
e redução no peso dos órgãos reprodutores acessórios masculinos com 75 mg/kg/dia; 15 mg/kg/dia foi
identificado como NOAEL.

A avaliação desses dois estudos primários de TPP (estudos de toxicidade reprodutiva de uma e duas
gerações), bem como dados de apoio de estudos in vivo e in vitro adicionais de TPP e substâncias que
contêm TPP e sais de TPP/cálcio como impureza resultou em uma classificação do TPP na categoria 1B
de acordo com o Sistema Harmonizado Globalmente e o Regulamento (EC) nº 1907/2006 (suposto perigo
reprodutivo para humanos).

Os estudos também foram avaliados para identificar um limite de concentração específico válido e
confiável (SCL) para efeitos reprodutivos, abaixo do qual não se espera a ocorrência de toxicidade
reprodutiva. Um SCL de 1,5 % em peso para TPP e sais de TPP/cálcio foi calculado com base no NOAEL
identificado a partir do estudo de toxicidade reprodutiva de duas gerações com dieta em ratos, e
confirmado pelos estudos complementares de substâncias que contêm TPP como impureza.

SEÇÃO 12 INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS

12.1 ECOTOXICIDADE
Há uma expectativa de que este material seja prejudicial aos organismos aquáticos, e de que possa
causar efeitos adversos a longo prazo, no ambiente aquático. O risco de toxicidade ecológica baseia-se
na avaliação de dados referentes a componentes de material semelhante. O produto não foi testado. A
declaração é derivada das propriedades dos componentes individuais.
Este material contém um ou mais componentes que possuem uma impureza alquilfenol fracionada
altamente tóxica aos organismos aquáticos (esta informação é apresentada na Seção 3). Os componentes
que contêm a impureza foram testados e não são tóxicos aos organismos aquáticos. Portanto os dados na
Seção 3 referentes à impuireza alquilfenol não devem ser usados para classificar o produto quanto à
toxicidade aquática.
_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 7 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
12.2 PERSISTÊNCIA E DEGRADABILIDADE
Este material não é considerado material de biodegradação imediata. A biodegradabilidade deste material
baseia-se na avaliação de dados referentes a componentes de material semelhante.O produto não foi
testado. A declaração é derivada das propriedades dos componentes individuais.

12.3 POTENCIAL BIOACUMULATIVO


Fator de bioconcentração: Dados Não disponíveis.
Coeficiente de partição n-Octanol/Água: Dados Não disponíveis

12.4 MOBILIDADE NO SOLO


Dados Não disponíveis.

12.5 OUTROS EFEITOS ADVERSOS


Não foram identificados outros efeitos adversos.

SEÇÃO 13 CONSIDERAÇÕES SOBRE DESTINAÇÃO FINAL


13.1 Considerações sobre destinação final
Usar o material para a finalidade a que se destina ou reciclar, se possível. Em caso de necessidade de
descarte deste material, o mesmo pode enquadrar-se nos critérios de produtos perigosos, conforme
definidos por leis e regulamentações internacionais, nacionais ou locais.

SEÇÃO 14 INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE

A descrição apresentada não se aplica a todas as condições de transporte. Consultar a norma 49CFR ou
as regulamentações referentes a cargas perigosas para ver outros requisitos de descrição (ex.: nome
técnico) e requisitos de transporte específicos ao meio ou quantidade.

Descrição do DOT para remessas: NOT REGULATED AS HAZARDOUS MATERIAL FOR


TRANSPORTATION UNDER 49 CFR

Descrição do IMO / IMDG para remessas: NOT REGULATED AS DANGEROUS GOODS FOR
TRANSPORT UNDER THE IMDG CODE

Descrição para Remessas do ICAO / IATA: NOT REGULATED AS DANGEROUS GOODS FOR
TRANSPORT UNDER ICAO

SEÇÃO 15 INFORMAÇÕES SOBRE REGULAMENTAÇÕES

LISTAS DE REGULAMENTAÇÕES PESQUISADAS:


01-1=IARC Grupo 1
01-2A=IARC Grupo 2
01-2B=IARC Grupo 3

Nenhum componente deste material foi encontrado nas relações regulamentares indicadas acima.

INVENTÁRIOS DE PRODUTOS QUÍMICOS:


Todos os componentes cumprem com os seguintes requerimentos do inventário de produtos químicos:
AICS (Austrália), DSL (Canadá), EINECS (União Européia), ENCS (Japão), KECI (Coréia), PICCS
(Filipinas), TSCA (Estados Unidos).

Preparado em conformidade com Norma Brasileira ABNT NBR 14725-4

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 8 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799
SEÇÃO 16 OUTRAS INFORMAÇÕES
GRADUAÇÕES NFPA: Saúde: 0 Inflamabilidade: 1 Reatividade: 0

DECLARAÇÃO DE CORREÇÃO: Esta revisão constitui uma atualização das seguintes seções desta
Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ): 1-16
Data de Revisão: 11 JUNHO 2014

ABREVIAÇÕES QUE PODEM TER SIDO UTILIZADAS NESTE DOCUMENTO:


TLV - Valor Limite de Entrada TWA - Média de Tempo Pesado
STEL - Limite de Exposição de Curto Prazo PEL - Limite de Exposição aceitável
CAS - Número Abstrato Químico Do Serviço
ACGIH - American Conference of Governmental IMO/IMDG - International Maritime Dangerous Goods
Industrial Hygienists Code
API - American Petroleum Institute FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de
Produtos Químicos
CVX - Chevron NFPA - National Fire Protection Association (USA)
DOT - Department of Transportation (USA) NTP - National Toxicology Program (USA)
IARC - International Agency for Research on OSHA - Occupational Safety and Health Administration
Cancer

As informações acima são baseadas nos dados de que dispomos, considerados corretos na presente
data. Como essas informações podem ser aplicadas em condições que estão fora do nosso controle ou
conhecimento, e como existe a possibilidade de surgirem novos dados após a data presente, os quais
poderão tornar necessárias certas modificações das informações, não assumimos nenhuma
responsabilidade pelos resultados do seu uso. Estas informações são fornecidas sob a condição de que a
pessoa que as receba tome suas próprias decisões com respeito à adequação do material para um fim
específico.

_____________________________________________________________________

Número de Revisão: 1 9 of 9 OLOA 54020


Data de Revisão: 11 JUNHO 2014 MSDS : 33799

Você também pode gostar