Você está na página 1de 6

Reverência ao destino

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que


expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos
dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.
Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente
algo que já fez muito errado.
Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja
ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando
for preciso.
E com confiança no que diz.
Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra
fazer.
Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te
respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.
Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.
Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.
Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"
Difícil é dizer "adeus", principalmente quando somos culpados pela
partida de alguém de nossas vidas...
Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando
tocamos a pessoa certa.
Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar
e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.
Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência, acenando o tempo todo, mostrando
nossas escolhas erradas. Fácil é ditar regras. Difícil é seguí-las. Ter a
noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas
dos outros.
Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta ou querer entender a
resposta.
Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.
Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro.
Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e
te fazer feliz por inteiro.
Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém, saber que se é realmente amado.
Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.
Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com
tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o
resgata.

RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo


cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra
birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)
Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Depois de algum tempo você aprende

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a
mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, que
companhia nem sempre significa segurança, e começa a aprender que beijos não são
contratos, e que presentes não são promessas.
Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de
um adulto e não com a tristeza de uma criança; aprende a construir todas as suas
estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o
futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo,
e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente
não se importam... Aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de
vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais, e descobre que se levam anos
para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer
coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida; Aprende que
verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa
não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida, e que bons amigos são a
família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreende que eles mudam;
percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem
bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na
vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas
que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos
responsáveis por nós mesmos.

Começa a aprender que não se deve compará-los com os outros, mas com o
melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que
quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa aonde já chegou, mas onde
se está indo, mas se você não sabe para onde está indo qualquer lugar serve. Aprende
que ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser
fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma
situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer,
enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é
uma das poucas que o ajudam a levantar-se; aprende que maturidade tem mais a ver
com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com
quanto aniversário você celebrou; aprende que há mais dos seus pais em você do que
você supunha; aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são
bobagens; poucas coisas são tão humilhantes... E seria uma tragédia se ela acreditasse
nisso.
Aprende que quando se está com raiva se tem o direito de estar com raiva, mas isso
não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que
você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois
existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou
viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém; algumas vezes
você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma
severidade com que julga você será em algum momento condenado. Aprende que não
importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você
o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás, portanto,
plante seu jardim e decore sua alma ao invés de esperar que alguém lhe trouxesse
flores, e você aprende que realmente pode suportar... Que realmente é forte e que
pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.
Descobre que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas
dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não
fosse o medo de tentar.

Se um homem quer você, nada pode mantê-lo longe


Se um homem quer você, nada pode mantê-lo longe;
Se ele não te quer, nada pode fazê-lo ficar.
Pare de dar desculpas (de arranjar justificativas) para um homem e
seu comportamento.
Permita que sua intuição (ou espírito) te proteja das mágoas.
Pare de tentar se modificar para uma relação que não tem que
acontecer.
Mais devagar é melhor.
Nunca dedique sua vida a um homem antes que você encontre um que
realmente te faz feliz.
Se uma relação terminar porque o homem não te tratou como
você merecia,foda-se, mande pro inferno, esquece!, vocês não podem
ser amigos.
Um amigo não destrataria outro amigo.Não conserte.
Se você sente que ele está te enrolando, provavelmente é porque ele
está mesmo.
Não continue (a relação) porque você acha que 'ele vai melhorar'.
Você vai se chatear daqui um ano por continuar a relação quando as
coisas ainda não estiverem melhores.
A única pessoa que você pode controlar em uma relação é você
mesma.
Evite homens que têm um monte de filhos, e de um monte de mulheres
diferentes. Ele não casou com elas quando elas ficaram grávidas,
então, porque ele te trataria diferente?
Sempre tenha seu próprio círculo de amizade, separadamente do
dele.
Coloque limites no modo como um homem te trata. Se algo te
irritar,faça um escândalo.
Nunca deixe um homem saber de tudo. Mais tarde ele usará isso
contra você.
Você não pode mudar o comportamento de um homem. A mudança
vem de dentro.
Nunca o deixe sentir que ele é mais importante que você, mesmo se
ele tiver um maior grau de escolaridade ou um emprego melhor.
Não o torne um semi-deus.
Ele é um homem, nada além ou aquém disso.
Nunca deixe um homem definir quem você é.
Nunca pegue o homem de alguém emprestado.
Se ele traiu alguém com você, ele te trairá.
Um homem vai te tratar do jeito que você permita que ele te trate.
Todos os homens NÃO são cachorros.
Você não deve ser a única a fazer tudo…compromisso é uma via de
mão dupla.
Você precisa de tempo para se cuidar entre as relações. Não há nada
precioso quanto viajar. Veja as suas questões antes de um novo
relacionamento.
Você nunca deve olhar para alguém sentindo que a pessoa irá te
completar.
Uma relação consiste de dois indivíduos completos,procure alguém
que irá te complementar… não suplementar.
Namorar é bacana. mesmo se ele não for o esperado Sr. Correto.
Faça-o sentir falta de você algumas vezes… quando um homem
sempre sabe que você está lá, e que você está sempre disponível para
ele, ele se acha…
Nunca se mude para a casa da mãe dele.
Nunca seja cúmplice (ou co-assine qualquer documento) de um
homem.
Não se comprometa completamente com um homem que não te dá
tudo oque você precisa. Mantenha-o em seu radar, mas conheça
outros…
Compartilhe isso com outras mulheres e homens (de modo que eles
saibam). Você fará alguém sorrir, outros repensarem sobre
as escolhas, e outras mulheres se prepararem.
O medo de ficar sozinha faz que várias mulheres permaneçam em
relações que são abusivas e lesivas: Dr. PhillVocê deve saber que você é a
melhor coisa que pode acontecer para alguém e se um homem te destrata, é ele
que vai perder uma coisa boa.

Se ele ficou atraído por você à primeira vista, saiba que ele não foi o único.
Todos eles estão te olhando, então você tem várias opções.

Faça a escolha certa!!!

---------------------------------------------------------------------------------

Interesses relacionados