Você está na página 1de 14

Os Processos Emotivos

:
SENTIMENTO, EMOÇÃO E RAZÃO PARTE III

     

     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

Emoções, Sentimentos e Afectos (pág. 124)
EMOÇÕES  
Publicamente observáveis;
n  n 

Acontece de forma brusca/repentina.
n 

Não requerem consciência;
n 

A sua duração é limitada.  
n 

Experiências mentais privadas (não observáveis) n  Estão na base das emoções. n  Resultam do trabalho mental de elaboração das experiências emocionais. n  Permanecem e acompanham-nos ao longo do tempo (maior/menor intensidade.
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

SENTIMENTOS  

Emoções, Sentimentos e Afectos (pág. 124)
EMOÇÕES  
n 

Despertam situações n  É algo com que se anda novas, insólitas, (andamos tristes ou inesperadas. alegres) Manifestam-se acompanhadas de reacções fisiológicas. n  Possuem funções comunicativas. n  Estão ligadas a situações presentes ou futuras.
n 

São acessíveis à consciência.
n 

São o resultado da modelagem dos afectos e experiências emocionais.
n 

Não necessitam de um objecto que as recorde.
n 

       

SENTIMENTOS  

     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

Emoções, Sentimentos e Afectos
Afectos (texto – pág. 127)
S ão tendências para responder positiva e negativamente a experiências emocionais relacionadas com pessoas ou objectos.
n 

É algo de que somos dotados (ex: capacidade de dar e receber; amar e ser amado)
n 

É aquilo que nos põe em movimento, é um espaço de acolhimento daquilo que nos afecta.
n 

       

     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

Emoções, Sentimentos e Afectos
Afectos (texto – pág. 127)
Exprimem-se mediante emoções e são organizados pelas experiências emocionais repetidas.
n 

Possuem uma ligação especial com o passado (experiências, vivências, pessoas, ambientes e objectos), embora também se liguem ao presente.
n 

São uma predisposição inata que emerge nas emoções: resultam das primeiras experiências significativas, mais frequentemente com pessoas, mas também com ambientes e ideias.
n 
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

DAMÁSIO: RAZÃO E EMOÇÃO
Visualização da entrevista de António Damásio em AGrande Entrevista (com Judite de Sousa): 1. Em que consiste o actual trabalho de Damásio sobre as emoções? 2. Explique em que consiste a divisão dos dois cérebros. 3. Até que ponto as novas descobertas científicas podem aproximar as pessoas? 4. O que significa dizer que as emoções possuem a sua razão?
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

DAMÁSIO: RAZÃO E EMOÇÃO
“(...) a emoção bem dirigida parece ser o sistema de apoio sem o qual o edifício da razão não pode funcionar eficazmente” As emoções não são um obstáculo ao funcionamento da razão: pelo contrário, estão envolvidas nos processos de decisão e são determinantes para o bom funcionamento intelectual do indivíduo.

       

     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

DAMÁSIO: RAZÃO E EMOÇÃO
§  Damásio alerta para o facto de que se a razão operasse solitária nos processos de decisão, seria muito complicado um indivíduo decidir o que quer que fosse; §  A análise rigorosa de cada uma das hipóteses (cálculos das vantagens /desvantagens) levaria tanto tempo que a opção escolhida deixaria de ser oportuna , ou então, acabaria por nos impedir de “agir”.
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

DAMÁSIO: RACIONALIDADE DAS EMOÇÕES
A tomada de decisão é suportada por duas vias:
1.  Representação das consequências de uma opção disponibilizada pelo raciocínio: avaliação da situação, levantamento das opções possíveis, comparações lógicas, etc.; 2. A percepção da situação provoca a activação de experiências emocionais experimentadas anteriormente em situações semelhantes.
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

MARCADOR SOMÁTICO (MS) – Manual: p.138
§  O MS é mecanismo automático que suporta as nossas decisões a partir de experiências

emocionais anteriores: §  As experiências anteriores ficam gravadas nas áreas pré-frontais (responsáveis por funções como a memória) e perante a necessidade de tomar decisões, o córtex cerebral apoia-se nas emoções: §  São os MS que informam o córtex sobre as decisões a tomar.
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

MARCADOR SOMÁTICO (MS)
§  O MS actua, assim, como um sinal de alarme automático: avisa-nos do perigo decorrente da escolha de determinada acção. §  Este sinal protege-nos de prejuízos futuros, sem hesitações, escolhemos uma alternativa.
Os marcadores somáticos aumentam provavelmente a precisão e a eficiência do processo de decisão.

       

     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

ESCALA EMOCIONAL (texto Damásio)
1) EMOÇÕES DE FUNDO (entusiasmo; desencorajamento): pode decorrer de circunstâncias factuais ou de estados internos (funcionam de forma encoberta). 1) EMOÇÕES SOCIAIS (compaixão; vergonha; culpa, ciúme; inveja): decorrem de situações sociais e desempenham papéis de destaque na vida dos grupos sociais.
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

ESCALA EMOCIONAL (texto Damásio)
Ø  O Mecanismo subjacente às emoções sociais é semelhante às emoções de fundo: programas de acção complexos (zonas de activações específicas)

§  Porém, muitas das emoções sociais são de natureza evolutiva recente (admiração, compaixão) e algumas podem ser mesmo exclusivamente humanas.
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes  

       

Realizado por: Joana Inês Pontes
Realizado com base nas seguintes consultas: Damásio, António, (2003), O Sentimento de Si”. Lisboa: Europa-América. Damásio, António (2010), O Livro Sobre a Consciência. Lisboa: Temas e Debates. Pires, Catarina; Brandão, Sara, Psicologia B – Parte I “Entrada na Vida”, Lisboa: Arial Editores, 122-132p. Rodrigues, Luís, Psicologia B (Unidade 1)Lisboa: Plátano Editora, 182-189p. Vieira, Pedro (s./d.) “As Emoções – O procesoss Emocionais”, in scribd, 2009, http://pt.scribd.com/doc/2581429/As-emocoes.
     PSICOLOGIA  |  Os  Processos  Emo2vos  |  Joana  Inês  Pontes