Nome: Suely Lenore Caputo Aymone Disciplina: Design Didático Atividade final: Planejamento de atividade Turma: RS07 Mediadora

: Fernanda Serpa Cardoso

E as fadas invadem o século XXI! Em 2010, assumi a disciplina Didática da Linguagem, no segundo ano do Curso Normal em Nível Médio. Entendo que a formação de professores de língua dos anos iniciais do ensino fundamental passa pela superação dos limites apresentados pelos alunos (futuros professores) em relação ao uso da variante culta da língua; ou seja, “Formar professores que ensinem a língua implica propiciar condições para o desenvolvimento da sua própria proficiência linguística” (Pereira). Uma das estratégias para alcançar essa proficiência é desenvolver os comportamentos leitor e escritor nesses futuros professores. Já que não podemos deixar de considerar que (...) o ensino da leitura e da escrita precisa apoiar-se, ao mesmo tempo, em valores didáticos e pedagógicos. Pedagógicos na medida em que é necessário que o professor pratique, ele próprio, os escritos que propõe aos alunos, explicite as normas e exigências, dê o exemplo de leitor. Didáticos na medida em que é necessário que o professor socialize os escritos produzidos, articule a avaliação formativa com aperfeiçoamento dos textos em colaborativa” (Pereira). O design didático da aula a seguir é uma tentativa de formar professores leitores e produtores de textos e, principalmente, professores inovadores, capazes de reinventar a escola, realizando trabalhos colaborativos: “a aprendizagem baseada na Internet deve aproveitar o que há de melhor nas redes de computadores – a possibilidade de comunicação e cooperação entre pares” (Campos e Roque). a somativa e trabalhe a reescrita e o uma perspectiva de aprendizagem

1. contexto. 2. Desenvolver o comportamento leitor e o comportamento escritor. de escrita e de reflexão sobre a língua. respeito entre os pares. 5. em especial de textos literários. objetivos. Desenvolvimento das habilidades de uso da língua escrita em situações . Lançar desafios aos alunos. a partir do uso de ferramentas da web para construção de textos colaborativos e para publicação dos mesmos. com propostas de atividades presenciais e online. É importante salientar que o enfoque é para a produção colaborativa. natureza do assunto. • Objetivos: 1. 3. a fim de que se empenhem na resolução de problemas e busquem respostas superando o senso comum. serão desenvolvidas as habilidades de leitura. no segundo ano do Curso Normal em Nível Médio • Conteúdos: discursivas diversificadas. • Público-alvo: alun@s da disciplina Didática da Linguagem. Construção de textos de diferentes gêneros e com diferentes funções. 7. participação. Construir estratégias de produção coletiva de textos e de análise lingüística. Estabelecer uma relação dialógica em que alunos e professor exerçam a prática de refletir com o objetivo de construir coletivamente o conhecimento. autonomia. 9. 8. Formar professores para o século XXI. Propiciar condições para o desenvolvimento da proficiência lingüística dos alunos. Desenvolver e fortalecer os comportamentos que advêm das relações no trabalho colaborativo: troca de idéias. análise e produção de texto • Ementa do curso: nas aulas. Proporcionar o letramento digital. resolução de problemas. conforme as condições de produção do texto escrito: interlocutores. 2. 4. 6. Reconhecer e usar de forma criativa a estrutura básica do gênero textual em estudo.• Tema da aula: letramento e concepção de língua: leitura.

. . de transformações. os homens se educam entre si. Distribuição de uma cópia do texto para os alunos 7. Releitura da história através de imagens: desenhos. devem buscar o professor “criativo. Registro fotográfico da exposição para publicar no blog da turma 6. cola. restauração. Reflexão sobre os textos lidos e escritos pelos alunos. da própria história. Devem buscar o aluno autor – de textos.. lápis. na Internet) 11. Pesquisa de outros contos de fada (em livros. Exposição dos trabalhos de releitura 5. a fim de problematizar essa realidade e transformá-la. • Estratégias pedagógicas: Atividades presenciais na sala de aula: 1. pintura 4. ruptura. Partilha dessas leituras 12. • • Mapa conceitual: Letramento e concepção de língua Teoria da aprendizagem subjacente: começo citando Paulo Freire: “Ninguém educa ninguém. experimentador. Questionamentos orais sobre o texto 3. Análise do texto buscando os “acertos” 8. Leitura de “Cinderela” (Irmãos Grimm) e “A bela e a fera” (Irmãos Grimm) 9.Reescrita colaborativa de um dos contos.3. canetinhas. de forma contextualizada.. fita crepe. para poder fazer as melhores escolhas em cada momento” (Moran).. ninguém educa a si mesmo. intuindo. Devem buscar práticas educacionais voltadas ao conhecimento da realidade. preservando a estrutura básica: início. desfecho e acrescentando um personagem: um aluno inicia a história que será continuada pelos demais colegas. As redes de relações que se estabelecem nas escolas devem buscar o diálogo. colagem. Análise dos contos de fada a partir do seguinte referencial teórico: “A importância do maravilhoso na literatura infantil” (Oliveira) e “Estudo das diversas modalidades de textos infantis: contos de fadas” (Oliveira) 10. orientador de processos de aprendizagem” (Moran). clipes. Contação de história feita pela professora: “A Branca de Neve e os sete anões” (Irmãos Grimm) 2. confronto. usando diferentes recursos: papéis. “Educar é ajudar a construir caminhos para que nos tornemos mais livres. mediatizados pelo mundo”. a gramática da língua e as características de cada gênero.

Exposição do texto. • Avaliação: a partir da avaliação diagnóstica.. escrito e ilustrado colaborativamente. respeito entre os parceiros. espero despertar nos alunos o gosto pela leitura e pela escrita. responsabilidade e autonomia. argila. dos avanços e dos limites e. aceitação da contribuição do outro. farei o acompanhamento. . planejei as atividades destas aulas.13. massinha de modelar. Escrita colaborativa dos contos escolhidos. Então. Abertura de conta no Google 2. é importante notar as relações que se estabelecem no fazer colaborativo presencialmente e online: troca de idéias. reorganizando-as. Escolha de três contos de fadas 4. usando o Google Docs. constatei os limites dos alunos em relação a produção textual escrita. no saguão da escola Atividade presenciais no Laboratório de Informática: 1. usando o padrão “culto” da língua. revendo as propostas. 14. preservando a estrutura básica. usarei as concepções de avaliação formativa e de autoavaliação. resolução de problemas. Também. online 1.Ilustração coletiva da história criada pela turma. estabelecerei estratégias para superação desses limites. Registro dos alunos nos Docs correspondentes aos contos escolhidos Atividade não-presencial. Criação de três documentos de texto no Google Docs 5. cartolina. que sejam capazes de refletir sobre a “gramática” do gênero textual estudado e usá-la adequadamente. papel pardo. participação ativa. Apresentação do editor de texto colaborativo – Google Docs: tutorial 3.. Além disso. num processo dialógico. trazendo as histórias para o século XXI: um aluno inicia e os demais seguem a história 2. giz de cera. Publicação dos textos produzidos colaborativamente no blog da turma • Resultados esperados: a partir dessas aulas. Ou seja. Durante o desenvolvimento das aulas. colagem. utilizando materiais diversos: lápis de cor. quando necessário. juntamente com os alunos.

usp.educacional. 7. 10. 6. Disponível em: http://www. Pátio – revista pedagógica. GODOY.com. Disponível em: http://www.br/litinf/marav. 5. Projeto contos de fadas. Aceso em 27/04/10. Acesso em: 27/04/10. Português: uma proposta para o letramento. Estudo das diversas modalidades de textos infantis: contos de fadas. Acesso em: 27/04/10. 2004. PEREIRA. Acesso em 27/04/10.br/pro/moran/positivo.br/escolaconectada/? p=612.htm. . Rosemari. Disponível em: http://graudez.com. A importância do maravilhoso na literatura infantil.SOARES. 2002. Luísa Álvares. pdf.html. Uso pedagógico do Google Docs. letramento e formação de professores. Ambiente colaborativo de aprendizagem. 9.Referências bibliográficas: 1.com. SANTOS. Disponível em: http://graudez. Gianna Oliveira. 4. 1997. Magda. no Curso de Especialização Tecnologias na Educação 3.br/litinf/textos. Disponível em: http://www. Acesso em: 27/04/10. Didática.com/2010/02/08/uso-pedagogico-dogoogledocs/.saberes necessários à prática educativa. São Paulo.eca. Entrevista do professor José Manuel Moran. Unidade 2: Design Didático.htm#Fadas. Paz e Terra. Acesso em: 27/04/10. 2. Cristiane Mandanêlo de. _____________________________. José Carlos. OLIVEIRA. FREIRE. CAMPOS.br/projetos/ef1a4/contosdefadas/ficha.wordpress.educacaoetecnologia. Célia. 8. Paulo. Ano VII. São Paulo: Moderna. Gilda Helena B. e ROQUE. Pedagogia da autonomia . ANTONIO.org. Conteúdo disponibilizado na disciplina Design Didático. Disponível em: http://professordigital.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful