Você está na página 1de 11

Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss.

da Sociologia

Sociologia em 5 Passos!
Vinny Costa
Lista de Exercícios – Aula 02
Clássicos da Sociologia -Parte 2

01. (Unesp–2016) A condição essencial da existência e da supremacia da classe


burguês é a acumulação da riqueza nas mãos dos particulares, a formação e o
crescimento do capital; a condição de existência do capital é o trabalho
assalariado. [...] O desenvolvimento da grande indústria socava o terreno em que
a burguesia assentou o seu regime de produção e de apropriação dos produtos. A
burguesia produz, sobretudo, seus próprios coveiros. Sua queda e a vitória do
proletariado são igualmente inevitáveis.

Marx, Karl; Engels, Friedrich. Manifesto Comunista: obras escolhidas, v. 1, s/d.

Entre as características do pensamento marxista, é correto citar

A) o temor perante a ascensão da burguesia e o apoio à internacionalização do modelo


soviético.

B) o princípio de que a história é movida pela luta de classes e a defesa da revolução


proletária.

C) a caracterização da sociedade capitalista como jurídica e socialmente igualitária.

D) o reconhecimento da importância do trabalho da burguesia na construção de uma


ordem socialmente justa.

E) a celebração do triunfo da revolução proletária europeia e o desconsolo perante o


avanço imperialista.

1
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

02. (UEL-PR–2016) A ópera-balé Os Sete Pecados Capitais da Pequena Burguesia, de


Kurt Weill e Bertold Brecht, composta em 1933, retrata as condições dessa classe social
na derrocada da ordem democrática com a ascensão do nazismo na Alemanha, por meio
da personagem Anna, que em sete anos vê todos os seus sonhos de ascensão social ruírem.
A obra expressa a visão marxista na chamada doutrina das classes.

Em relação à doutrina social marxista, assinale a alternativa correta.

A) A alta burguesia é uma classe considerada revolucionária, pois foi capaz de resistir à
ideologia totalitária através do controle dos meios de comunicação.

B) A classe média, integrante da camada burguesa, foi identificada com os ideais do


nacional-socialismo por defender a socialização dos meios de produção.

C) A pequena burguesia ou camada lúmpen é revolucionária, identificando a alta


burguesia como sua inimiga natural a ser destruída pela revolução.

D) A pequena burguesia ou classe média é uma classe antirrevolucionária, pois, embora


esteja mais próxima das condições materiais do proletariado, apoia a alta burguesia.

E) O proletariado e a classe média formam as classes revolucionárias, cuja missão é a


derrubada da aristocracia e a instauração do comunismo.

2
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

03 (UPE–2018) Na Europa ocidental, a burguesia surge entre os séculos X e XI, sob a


forma mercantil, isto é, composta por comerciantes, cambistas e emprestadores de
dinheiro, sendo aumentada logo em seguida com a participação dos artesãos urbanos.
Durante muito tempo, o poder político esteve nas mãos da nobreza, dos grandes senhores
de terras, o que não impediu o crescimento e enriquecimento da burguesia. Com a
formação das monarquias absolutistas, unificando territórios, mercados, leis, moedas e
tributos, o poder político se concentrou nos reis. Bastante enriquecida, uma parte da
burguesia começou a comprar terras, conquistar títulos de nobreza e, inclusive, a assumir
cargos nos governos.

MIGLIOLI, Jorge. Dominação burguesa nas sociedades modernas. Disponível em:


(Adaptação).

Para conquistar o domínio sobre os demais membros da sociedade, o grupo descrito no


texto se utiliza de diversos instrumentos, tendo-se como principal

A) a divisão de riquezas.

B) a utilização dos militares.

C) a abertura do mercado nacional.

D) o controle dos meios de produção.

E) o fechamento do comércio ao mercado externo.

3
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

04. (Uece–2014) O século XIX foi marcado pelo surgimento de correntes de pensamento
que contestavam o modelo capitalista de produção e propunham novas formas de
organizar os meios de produção e a distribuição de bens e riquezas, buscando uma
sociedade que se caracterizasse pela igualdade de oportunidades.

No que diz respeito a essas correntes, assinale a afirmação verdadeira.

A) O socialismo cristão buscava aplicar os ensinamentos de Cristo sobre amor e respeito


ao próximo aos problemas sociais gerados pela industrialização, mas, apesar de vários
teóricos importantes o defenderem, a Igreja o rejeitou através da Encíclica Rerum
Novarum, lançada pelo Papa Leão XIII.

B) No socialismo utópico, a doutrina defendida por Robert Owen e Charles Fourier,


prevaleciam as ideias de transformar a realidade por meio da luta de classes, da superação
da mais-valia e da revolução socialista.

C) O socialismo científico proposto por Karl Marx e Friedrich Engels, através do


manifesto Comunista de 1848, defendia uma interpretação socioeconômica da história
dos povos, denominada materialismo histórico.

D) O anarquismo do russo Mikhail Bakunin defendia a formação de cooperativas, mas


não negava a importância e a necessidade do Estado para a eliminação das desigualdades.

4
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

05. (UFU-MG) Para Marx, o materialismo histórico é a aplicação do materialismo


dialético ao campo da História. Conforme Aranha e Arruda (2000), “Marx inverte o
processo do senso comum que pretende explicar a história pela ação dos ‘grandes
homens’ ou, às vezes, até pela intervenção divina. Para o marxismo, no lugar das ideias,
estão os fatos materiais; no lugar dos heróis, a luta de classes”

Assim, para compreender o homem, é necessário analisar as formas pelas quais ele
reproduz suas condições de existência, pois são estas que determinam a linguagem, a
religião e a consciência.

ARANHA, M. L. de A.; MARTINS, M. H. P. Filosofando: introdução à Filosofia. São


Paulo: Moderna, 2000. p. 241.

A partir da explicação anterior e dos seus conhecimentos sobre o pensamento de Karl


Marx, assinale a alternativa que indica, corretamente, os dois níveis de “condições de
existência” para Marx.

A) Infraestrutura (ou estrutura), caracterizada pelas relações dos homens entre si e com a
natureza; e superestrutura, caracterizada pelas estruturas jurídico-políticas e ideológicas.

B) Infraestrutura (ou estrutura), caracterizada pelas relações dos homens entre si e com a
natureza; e materialismo dialético, que é na verdade a forma pela qual o homem produz
os meios de sobrevivência.

C) Modos de produção, caracterizados pelo pensamento filosófico dos socialistas


utópicos; e o imperialismo, característica máxima do capitalismo industrial.

D) Imperialismo, característica do capitalismo industrial; e infraestrutura (ou estrutura),


caracterizada pelas relações dos homens entre si e com a natureza.

5
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

06. (Ueg-GO–2015) Para Marx, diante da tentativa humana de explicar a realidade e dar
regras de ação, é preciso considerar as formas de conhecimento ilusório que mascaram os
conflitos sociais. Nesse sentido, a ideologia adquire um caráter negativo, torna-se um
instrumento de dominação na medida em que naturaliza o que deveria ser explicado como
resultado da ação histórico-social dos homens e universaliza os interesses de uma classe
como interesse de todos.

A partir de tal concepção de ideologia, constata-se que

A) a sociedade capitalista transforma todas as formas de consciência em representações


ilusórias da realidade conforme os interesses da classe dominante.

B) ao mesmo tempo que Marx critica a ideologia ele a considera um elemento


fundamental no processo de emancipação da classe trabalhadora.

C) a superação da cegueira coletiva imposta pela ideologia é um produto do esforço


individual principalmente dos indivíduos da classe dominante.

D) a frase “o trabalho dignifica o homem” parte de uma noção genérica e abstrata de


trabalho, mascarando as reais condições do trabalho alienado no modo de produção
capitalista.

6
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

07. (Unimontes-MG–2016) A Sociologia Clássica tem, entre os seus principais pilares


teóricos, as formulações de Karl Marx (1818-1883), Émile Durkheim (1858-1917)
e Max Weber (1864-1920). Esses três grandes pensadores europeus estudaram o avanço
do capitalismo, com perspectivas distintas.

Em relação às concepções de sociedade de cada um deles, é correto afirmar, exceto

A) A sociedade, na visão de Durkheim, deve ser compreendida a partir das instituições


sociais que a compõem, por exemplo, o Estado, a Igreja, a Família, etc.; bem como os
diversos grupos sociais.
B) Para Weber, a ação – ou a atividade social – deve ser compreendida pelo sentido que
lhe atribuem os indivíduos, o que torna a Sociologia uma disciplina interpretativa.
C) Na ótica de análise de Marx, não há como compreender a sociedade se não se
compreender as relações das classes sociais que a compõem e seus modos de produção.
D) Os três autores clássicos da Sociologia perderam importância na atualidade das
ciências sociais, pois deixaram de ser referência de estudo com a reestruturação do
sistema capitalista mundial.

7
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

08. (UNISC-RS) Karl Marx se notabilizou como o cientista social que fundou as bases
epistemológicas do materialismo histórico a partir das categorias capital e trabalho e do
método dialético. Segundo o pensador, a história da humanidade se desenvolve a partir
da tensão entre essas duas categorias, e todas as formas históricas de sociedade, a partir
do comunismo primitivo, expressam em si mesmas uma organização específica do
trabalho com vistas à produção de bens e acúmulo de riquezas. Nesse sentido, o
capitalismo seria uma das formas sociais que se caracteriza pela organização da produção
a partir da relação entre capital e trabalho, de tal modo que os donos dos meios de
produção (a burguesia) exploram o trabalho objetivando a obtenção do lucro.

A categoria econômica que denota o lucro obtido a partir desse processo de exploração
do trabalho é denominada por Karl Marx de
A) expropriação.
B) exploração.
C) capitalismo.
D) mais-valia.
E) comunismo

8
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

09. (UFU-MG–2017) Conforme Marx e Engels: O modo pelo qual os homens produzem
seus meios de vida depende, antes de tudo, da própria constituição dos meios de vida já
encontrados e que eles têm de reproduzir. Esse modo de produção não deve ser
considerado meramente sob o aspecto de ser a reprodução da existência física dos
indivíduos. Ele é, muito mais, uma forma determinada de sua atividade, uma forma
determinada de exteriorizar sua vida, um determinado modo de vida desses indivíduos.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Huitec, 1999. p. 27.

Da leitura do trecho, conclui-se que:

A) As ideologias políticas possuem autonomia em relação ao desenvolvimento das forças


produtivas.

B) A base da estrutura social reside no seu modo de produção material.

C) O modo de produção é determinado pela ideologia dominante.

D) Toda atividade produtiva é uma forma de desumanização.

9
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

10. (UEL-PR–2018) Leia o texto a seguir: Assim como Darwin descobriu a lei do
desenvolvimento da natureza orgânica, Marx descobriu a lei do desenvolvimento da
história humana. A produção dos meios imediatos de vida, materiais e, por conseguinte,
a correspondente fase de desenvolvimento econômico de um povo ou de uma época é a
base a partir da qual tem se desenvolvido as instituições políticas, as concepções jurídicas,
as ideias artísticas. A descoberta da mais-valia clareou estes problemas.
ENGELS, F. Discurso diante do túmulo de Marx. 1883. Disponível em: . Acesso em: 11
set. 2017.

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a concepção materialista da história,


assinale a alternativa correta.
A) Existem leis gerais e invariáveis na história, que fazem a vida social retornar
continuamente ao ponto de partida, isto é, a uma forma idêntica de exploração do homem
sobre o homem.
B) A mais-valia, ou seja, uma maneira mais eficaz de os proprietários lucrarem por meio
da venda dos produtos acima de seus preços, é uma manifestação típica da sociedade
capitalista e do mundo moderno.
C) O darwinismo social é a base da concepção materialista da história na medida em que
esta teoria demonstra cientificamente que somente os mais aptos podem sobreviver e
dominar, sendo os capitalistas um exemplo.
D) A partir de intercâmbios na infraestrutura da vida social, desenvolve-se um conjunto
de relações que passam a integrar o campo da superestrutura, com uma interdependência
necessária entre elas.
E) A sociedade burguesa, por intensificar a exploração dos homens através do trabalho
assalariado, constitui-se em forma de organização social menos desenvolvida que as
anteriores.

10
Sociologia em 5 Passos! Vinny Costa – Lista de Exercícios – Cláss. da Sociologia

Gabarito

01. B

02. D

03. D

04. C

05. A

06. D

07. D

08. D

09. B

10. D

11