Você está na página 1de 150

Todos os direitos reservados à

Secretaria da Educação do estado do Ceará - Centro Administrativo Governador Virgílio Távora


Coordenadoria da Educação Profissional - 2º andar - Bloco C
Av. General Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba - Fortaleza/Ceará
CEP 60839-900
Ano de Publicação: 2020

Camilo Sobreira de Santana


Governador

Maria Izolda Cela de Arruda Coelho


Vice-Governadora

Eliana Nunes Estrela


Secretária da Educação

Rogers Vasconcelos Mendes


Secretário Executivo de Ensino Médio e da Educação Profissional

Ideigiane Terceiro Nobre


Coordenadora de Gestão Pedagógica do Ensino Médio

Francisca Aparecida Prado Pinto


Orientadora da Célula da Educação de Jovens e Adultos e Ensino Médio Noturno

Rodolfo Sena da Pena


Coordenador de Educação Profissional

__________________________________________________________________
Expediente:

Editor(a) de Conteúdo e Revisão Didática


Valdenia Costa Pereira Bastos

Revisão Ortográfica
Marisângela Maria Ribeiro Guimarães
Maria Thereza Machado Fiuza

Capa
Robson Parreira

Ilustrações e Formatação Final


Valdenia Costa Pereira Bastos
Apresentação

Olá turma! Sejam bem-vindos e bem-vindas! Nesta disciplina estudaremos um


pouco sobre o hardware do computador e como manuseá-lo de forma segura. Aprenderemos
sobre o que é software livre e conheceremos o sistema operacional Linux Educacional 5.0.
Você ainda terá a oportunidade de aprender a realizar pesquisas na web de forma
objetiva além de criar um e-mail, aprender como utilizá-lo e evitar spams.
E o conteúdo não para por aí! Conheceremos sobre netiqueta nas redes sociais,
aprenderemos a manusear as ferramentas de escritório realizando criações e edições de
textos, planilhas eletrônicas e apresentações de slides. Você receberá também, valiosas
dicas sobre fotografia e realizará edições no editor de imagens Gimp, e criações no editor de
desenho vetorial Inkscape.
A apostila contém exercício dinâmicos, que o auxiliarão na memorização e
aprendizado dos conteúdos estudados.
E então? Podemos começar? Aproveite ao máximo e bons estudos!
Sumário

Apresentação....................................................................................................................10

Capítulo 1 - Introdução a hardware e software....................................................................10


Diferença entre hardware e software......................................................................................10
Tipos de computadores............................................................................................................10
Partes que compõem um computador.....................................................................................12
Ligando o computador.............................................................................................................16
Periféricos de entrada, saída e mistos.....................................................................................17
Exercícios..................................................................................................................................18

Capítulo 2 - Sistema Operacional........................................................................................20


Software livre, proprietário e gratuito.....................................................................................20
Distribuições linux....................................................................................................................20
Linux educacional 5.0...............................................................................................................20
Área de trabalho......................................................................................................................21
Aplicativos................................................................................................................................22
Pasta pessoal............................................................................................................................23
Criando uma pasta...................................................................................................................24
Compactando arquivos............................................................................................................26
Ações preventivas sobre o hardware e software.....................................................................26
Exercícios..................................................................................................................................28

Capítulo 3 - Pesquisa, E-mail e Segurança............................................................................30


Realizando uma pesquisa.........................................................................................................30
Orientações gerais...................................................................................................................31
Pesquisa avançada...................................................................................................................33
Gmail........................................................................................................................................34
Criando uma conta de e-mail...................................................................................................34
Tela principal do gmail.............................................................................................................36
Enviando um e-mail.................................................................................................................37
Respondendo um e-mail..........................................................................................................37
Anexando arquivos...................................................................................................................38
Orientações básicas ao enviar um e-mail.................................................................................38
Segurança na Internet..............................................................................................................39
Como evitar os spams..............................................................................................................40
Contas e senhas.......................................................................................................................41
Exercícios..................................................................................................................................43

Capítulo 4 - Mídias Sociais e Netiqueta...............................................................................45


Introdução ao twitter...............................................................................................................45
Criando uma conta...................................................................................................................45
Página inicial do twitter............................................................................................................47
Enviando um twitter.................................................................................................................48
Configurações..........................................................................................................................49
Introdução ao facebook...........................................................................................................50
Criando uma conta...................................................................................................................50
Página inicial do facebook........................................................................................................51
Criando um grupo....................................................................................................................51
Criando uma página.................................................................................................................52
Configurações..........................................................................................................................54
Netiqueta.................................................................................................................................54
Cyberbulling.............................................................................................................................54
É vítima ou está sofrendo cyberbulling?..................................................................................55
Como não ser um cyberchato?................................................................................................55
Cuide de sua privacidade.........................................................................................................56
Vem cá, te conheço?................................................................................................................56
Exercícios..................................................................................................................................57

Capítulo 5 - LibreOffice Writer...........................................................................................59


Acessando o writer...................................................................................................................59
Conhecendo a interface...........................................................................................................59
Barra de menu.........................................................................................................................60
Barra de formatação................................................................................................................60
Exercícios..................................................................................................................................62

Capítulo 6 - LibreOffice Writer............................................................................................65


Barra de ferramentas...............................................................................................................65
Salvando um arquivo................................................................................................................65
Exportando para PDF................................................................................................................66
Inserindo figura........................................................................................................................68
Inserindo gráfico......................................................................................................................68
Barra de ferramentas desenho................................................................................................69
Barra lateral..............................................................................................................................69
Exercícios..................................................................................................................................70

Capítulo 7 - LibreOffice Writer............................................................................................75


Tabelas no writer......................................................................................................................75
Barra de ferramentas tabela....................................................................................................75
Propriedades da tabela............................................................................................................76
Recursos dos menus.................................................................................................................77
Exercícios..................................................................................................................................79

Capítulo 8 - LibreOffice Impress..........................................................................................83


Acessando o impress................................................................................................................83
Conhecendo a interface...........................................................................................................83
Barra de ferramentas...............................................................................................................84
Iniciando uma apresentação....................................................................................................84
Páginas mestre.........................................................................................................................84
Plano de fundo.........................................................................................................................85
Layout......................................................................................................................................85
Inserindo imagem....................................................................................................................86
Inserindo marcadores..............................................................................................................86
Inserindo texto.........................................................................................................................86
Inserindo tabela.......................................................................................................................87
Inserindo hiperlinks.................................................................................................................87
Exercícios.................................................................................................................................88

Capítulo 9 - LibreOffice Impress..........................................................................................90


Transições.................................................................................................................................90
Animação personalizada..........................................................................................................91
Inserindo áudio e vídeo...........................................................................................................91
Modos de exibição...................................................................................................................92
Guia rápido...............................................................................................................................93
Exercícios..................................................................................................................................95

Capítulo 10 - LibreOffice Calc..............................................................................................97


Acessando o Calc......................................................................................................................97
Conhecendo a interface...........................................................................................................97
Endereço da célula e seleção...................................................................................................98
Ajustar colunas.........................................................................................................................99
Mesclando colunas..................................................................................................................99
Inserir, excluir e renomear planilhas........................................................................................99
Inserindo e apagando conteúdo na planilha...........................................................................99
Inserindo e excluindo linhas e colunas...................................................................................100
Operadores no Calc................................................................................................................101
Formatar células....................................................................................................................101
Formatando linha e coluna....................................................................................................102
Barra de ferramentas.............................................................................................................102
Barra de formatação..............................................................................................................103
Barra de fórmulas...................................................................................................................103
Exercícios................................................................................................................................104

Capítulo 11 - LibreOffice Calc ............................................................................................107


Operadores de intervalo........................................................................................................107
Funções..................................................................................................................................108
Soma......................................................................................................................................108
Média.....................................................................................................................................109
Mínimo...................................................................................................................................109
Máximo..................................................................................................................................110
Concatenar.............................................................................................................................110
Somase...................................................................................................................................110
Exercícios................................................................................................................................111

Capítulo 12 - LibreOffice Calc............................................................................................114


Função SE...............................................................................................................................114
Exercícios................................................................................................................................115
Somase...................................................................................................................................110
Exercícios................................................................................................................................111

Capítulo 13 - LibreOffice Calc............................................................................................116


Formatação condicional.........................................................................................................116
Função Cont.se.......................................................................................................................117
Expandindo funções...............................................................................................................117
Exercícios................................................................................................................................118

Capítulo 14 - LibreOffice Calc...........................................................................................120


Introdução a educação financeira nas escolas.......................................................................120
Anote na agenda para não esquecer......................................................................................120
Orçamento.............................................................................................................................120
Fazendo um orçamento.........................................................................................................122
Ponha na balança...................................................................................................................123
Quanto custa o seu sonho?....................................................................................................123
Peso relativo...........................................................................................................................124
Como reduzir as despesas?....................................................................................................125
Exercícios................................................................................................................................126

Capítulo 15 - Gimp...........................................................................................................127
Dicas de fotografia.................................................................................................................127
Melhor ângulo para fotografar...............................................................................................128
Acessando o gimp..................................................................................................................128
Conhecendo a interface.........................................................................................................128
Caixa de ferramentas.............................................................................................................129
Barra de menu.......................................................................................................................130
Abrindo uma imagem............................................................................................................130
Ferramenta seleção por cor....................................................................................................131
Ferramenta tons de cinza.......................................................................................................132
Ferramenta espelhar horizontalmente..................................................................................132
Ferramenta redimensionar.....................................................................................................133
Ferramenta de cortar para seleção........................................................................................133
Ferramenta de texto..............................................................................................................134
Ferramenta de degradê.........................................................................................................135
Ferramenta de textura...........................................................................................................135
Ferramenta de perspectiva....................................................................................................135
Exercícios................................................................................................................................137

Capítulo 16 - Gimp..........................................................................................................139
Ferramenta brilho e contraste...............................................................................................139
Ferramenta de restauração....................................................................................................140
Filtro contorno 3D..................................................................................................................140
Filtro adicionar bordas...........................................................................................................141
Filtro clarão em degradê........................................................................................................141
Filtro brilhante........................................................................................................................142
Filtro cromar...........................................................................................................................142
Filtro mosaico.........................................................................................................................143
Filtro Qbist..............................................................................................................................143
Trabalhando com camadas....................................................................................................143
Filtro esculpir estêncil............................................................................................................144
Trabalhando com animação...................................................................................................144
Trabalhando com vetor..........................................................................................................145
Exercícios...............................................................................................................................146

Capítulo 17 - Inkscape.....................................................................................................148
Representação das cores........................................................................................................148
Modelo RGB...........................................................................................................................148
Modelo CMYK........................................................................................................................149
A importância de criar desenhos vetoriais.............................................................................149
Conhecendo a interface do Inkscape......................................................................................149
Contorno e preenchimento....................................................................................................150
Exercícios........................................................................................................................151

Bibliografia.....................................................................................................................152
CAPÍTULO 01
Introdução a Hardware e Software
Olá, vamos iniciar nossos estudos conversando um pouco sobre HARDWARE e
SOFTWARE. Você já ouviu falar? Já pesquisou sobre eles? Muitas pessoas têm dúvidas ao
diferenciá-los, isso é bem comum, pois os nomes são parecidos e de origem estrangeira. Apesar
da semelhança nos nomes, eles são bem diferentes um do outro, porém uma vez juntos eles
garantem o bom funcionamento do computador. Vamos conhecê-los.

Diferença entre Hardware e Software

Hardware
Acesse
São os componentes físicos do computador, ou seja, tudo
o que podemos tocar. Exemplo: Monitor, teclado, mouse,
entre outros. Assista a um pequeno
vídeo sobre a evolução
dos computadores.
Software https://bit.ly/2FQBzAA
São os programas, aplicativos que permitem realizar
atividades em um computador. Exemplo: Navegadores,
jogos, editores de texto, entre outros.

Tipos de Computadores

Existem muitos tipos de computadores com diferentes formas e tamanhos e, cada um


oferece características que se encaixam no que precisamos. Vejamos alguns exemplos.

Desktop
Os Desktops ou computadores de mesa são os mais
comuns nas casas e nos ambientes de trabalho. Esse tipo
de computador é composto por muitas partes. Você ainda
pode adicionar mais peças como por exemplo: webcam,
impressora, caixas de som.

Notebook ou Laptop Saiba Mais


São computadores que você
pode transportar com facilidade PC é a abreviação de
porque todas as suas partes estão "Personal computer"
integradas em uma única peça, de e significa Computador
tamanho e peso menor. Pessoal.

10
Netbook
Como seu nome sugere, é um computador para uso
mais constante e facilitado com a internet. As telas são
menores e não há o drive de cd/dvd. Mas é possível
adicionar um drive externo.

Tablet Saiba Mais


Os tablets são All-in-One significa ‘’tudo em
dispositivos, desenvolvidos um’’. É um computador que
com a principal finalidade de funciona apenas com o
facilitar a realização de monitor. Pois o sistema
atividades como: navegar operacional e as demais
na internet, jogar, assistir partes já vem incorporadas a
vídeos, ler livros eletrônicos ele.
(e-books), etc.
Wearable Computing, significa
"computação vestível". São
computadores que usamos
como parte do nosso vestuário.
Smartphone Os melhores exemplos deste
Alguns aparelhos tipo de computador são os
celulares fazem quase que óculos inventados pela Google
as mesmas coisas que um chamados de Google Glass
computador. Neles você (dispositivo de visualização de
pode editar documentos, informação), os sapatos
navegar na internet, esportivos (tem um chip para
compartilhar informações armazenar a nossa posição e
com seus amigos nas redes rendimento) e os relógios
sociais, jogar, entre outros. inteligentes (pequenos
computadores que se usam no
pulso como um relógio).

Outros tipos de Computadores

Existem outros dispositivos de uso diário, são basicamente computadores com funções
mais específicas. Veja alguns exemplos.

Videogame
Muitos videogames novos apesar de não terem todas
as funções de um computador, permitem que você navegue
na internet, além de jogar online com outras pessoas de
todas as partes do mundo.

11
Phablet
É conhecido como uma combinação ideal entre um
smartphone e um tablet. São um pouco maior que um smartphone
convencional, porém com as mesmas características de hardware
e software que eles. Estes dispositivos são caracterizados por
serem mais potentes que os smartphones, sendo bem parecidos
com os tablets, porém mais portáteis e cabem no bolso.

Televisões
Muitas televisões incluem aplicativos que permitem o
acesso a diferentes conteúdos online. Você pode assistir vídeos
no YouTube, compartilhar informações com seus amigos no
Facebook, falar por Skype, assistir filmes na Netflix ou qualquer
outro serviço de filmes por internet. Essas televisões são
conhecidas como Smart TV.

Quais são as partes que compôem um Computador?


Um Desktop está composto por várias partes, mas há algumas que são indispensáveis
para o seu funcionamento: gabinete, monitor, mouse e teclado. Vamos conhecer um pouco mais
sobre elas.
O Gabinete
É um compartimento feito de metal que possui em seu interior a maioria dos
componentes de um computador.
Nas partes frontal e posterior estão localizados portas (entradas), conectores e botões
com os quais você pode manusear algumas funções do computador. É importante que você
conheça esses botões, já que a posição e estilo muda de acordo com o modelo.

Frontal

Unidade de CD/DVD Rom


Botão ejetar CD/DVD

Leitores de Cartões
Entrada e Saída de Áudio
Botão Ligar/Desligar
Botão Reset
Portas USB

12
Unidade de CD/DVD-ROM: Também conhecida como CD-ROM, permite que o computador leia
CD e DVD. A maioria das unidades de discos ópticos também podem escrever (ou “queimar”)
dados. As unidades mais recentes podem ler discos Blu-Ray (vídeos em alta definição) e gravar
neles também. Um típico Blu-Ray armazena maior quantidade de dados que um DVD ou CD.
Leitores de Cartões: São dispositivos de armazenamento de dados com memória flash, os
leitores de cartões estão presentes nos Desktops, Notebooks, algumas Impressoras, entre outros
dispositivos.
Portas ou entradas USB: A maioria dos Desktops (computadores de mesa) tem várias entradas
ou portas USB. Elas podem ser usadas para conectar quase que qualquer tipo de dispositivo,
incluindo mouses, teclados, impressoras, pendrivers, câmeras digitais, entre outros. Elas
aparecem frequentemente na parte frontal e traseira do computador.
Botão ejetar: Este botão é utilizado para ejetar ou seja abrir a unidade de CD/DVD.
Entrada e saída de áudio: Muitos computadores incluem entradas de áudio na frente do
gabinete o que permite conectar facilmente alto-falantes, microfones e fones de ouvido, sem ter
que acessar a parte traseira do computador.
Botão ligar/desligar: Como o nome sugere é utilizado para ligar e desligar o computador.
Botão reset: A função deste botão é de reiniciar o computador.
Ainda sobre o gabinete, vamos conhecer um pouco sobre a parte posterior ou seja, o
que temos atrás dessa caixa metálica. Lembre-se que as posições e funções mudam de acordo
com o modelo do computador adiquirido.

Parte posterior do Gabinete

Tomada de energia

Entrada/Saída de áudio
Portas USB
Porta Ethernet
Porta VGA Porta Serial
PS/2
Slots de Expansão
Porta Paralela

Tomada de energia: Nesta entrada você deve conectar o cabo de energia do computador,
também conhecido como cabo de força.
Entrada/saída de áudio: Quase todos os computadores possuem duas ou mais entradas de
áudio onde é possível conectar vários dispositivos, incluindo alto-falantes, microfone, fones de
ouvido, entre outros, como já explicado anteriormente.
Porta Ethernet: Esta entrada é muito parecida com a do modem, porém é um pouco maior. Você
pode utilizar esta porta para conectar à uma rede e navegar pela internet.

13
Entrada USB: Na maioria dos computadores de mesa, quase todas as entradas USB estão na
parte posterior da estrutura do computador. É indicado que você conecte o mouse e o teclado
nessas entradas para que as entradas frontais permaneçam disponíveis para conectar por
exemplo, câmeras digitais, entre outros.
Entrada para monitor: Aqui você conecta o cabo do monitor. Na figura anterior o sistema tem
um tipo de entrada Display e uma VGA. Em outros computadores podem existir outros tipos de
entradas para monitor, tais como DVI (Digital Visual Interface) ou HDMI (High-Definition
Multimedia Interface).

Acesse
Assista ao vídeo https://goo.gl/BwFLoC que fala sobre as partes
principais de um desktop. Assista também https://goo.gl/vlXmli que mostra a parte interna
do gabinete. Está curioso(a) para saber o que tem dentro dessa caixa metálica? Acesse e
descubra agora mesmo!

O Monitor
Existem vários tipos de monitores e eles são peças indispensáveis para o
funcionamento dos computadores. Uns são grandes como uma caixa e chamados de CRT.
Outros mais planos como um quadro na parede e chamados de LCD. LED é uma tecnologia mais
recente, de espessura ainda mais reduzida que os LCDs. Mas a tecnologia mais moderna é a
OLED. Considerada como um avanço da tecnologia LED, não precisa usar iluminação traseira, já
que ela emite luz própria.

Monitor ou tela
Aqui é onde você verá a informação do seu computador
e funciona graças a uma placa de vídeo que é encontrada no
interior do gabinete.

O Mouse
Peça do computador que permite que você interaja com os objetos que aparecem na
sua tela, clicando sobre eles. Possui dois botões (principais) e dependendo do modelo, pode ter
diversos outros botões auxiliares.
O botão esquerdo é utilizado para abrir e executar funções.
O botão direito permite acessar as funções adicionais dos comandos.
A maioria dos mouses contam com uma "rodinha" central, também conhecida como
scroll. Com ela, você poderá mover o cursor pelos documentos desde a parte superior até a
parte inferior e vice versa.

Saiba Mais
Botão scroll
Botão esquerdo Botão direito Existem mouses e
teclados sem fio, eles
tem alcance de cerca
de 2 metros.

14
O Teclado
O teclado é uma das principais ferramentas que usamos para interagir e enviar dados no
computador. A maioria dos teclados contam com 5 grupos de teclas, vejamos:

Teclas de Função Teclas de Controle Luzes de LED


Prt Sc Scroll Pause
Esc F1 F2 F3 F4 F5 F6 F7 F8 F9 F10 F11 F12 Sys Rq Lock Break

_
’’
`
!
1 ¹
@
2 ²
#
3 ³
$
4 £
%
5 ¢ ¨¬
6
&
7
*
8
)
9
)
0 -
+
= §
Backspace
Page
Insert Home Up
Num
Lock
/ * -
Tab Q W E R T Y U I O P ` {
[ ª Delete End
Page 7 8 9
+
´ Down Home PgUp

ç
Caps Lock
A S D F G H J K L
~^
}
] º
4 5 6
.
Z X C V B N M < > : ? 1 2 3
| , . ; / 0 Shift
\ End PgDn Enter

0 ,
Ctrl Alt AltGr Ctrl Ins Del

Teclas de Digitação Teclado Numérico


ou Alfanuméricas Teclas de Navegação

Teclas de Função: Estão representadas por F1, F2, F3... F12 e servem para realizar uma função
específica ou para acessar os atalhos dos programas.
Exemplo: Para fechar qualquer janela no seu monitor pressione as teclas Alt +F4.
Teclas de Controle: Estas teclas são utilizadas sozinhas ou em combinação para poder ativar
certas funções ou realizar determinadas ações. Entre as mais usadas estão: Ctrl, Alt, e Esc.
Exemplo: Para encontrar uma palavra em um texto grande ou em uma página na internet, basta
pressionar as teclas Ctrl + F, digitar a palavra e ele destacará todos os locais na página que a
palavra aparece.
Exemplo: Prt Scn (Print Screen) É usado para capturar uma imagem da tela inteira do seu
monitor. Sendo possível editá-la se necessário.
Teclas de digitação ou alfanuméricas: Estão incluídos neste grupo as teclas de letras,
números, símbolo e pontuação.
Exemplo: Para digitar apenas uma letra maiúscula pressione a tecla Shift em combinação com a
letra escolhida. Faça uso da tecla Shift também para digitar o símbolo presente na tecla. E para
um terceiro símbolo presente em algumas teclas, basta pressionar a tecla Alt Gr.
Exemplo: Ao pressionar a tecla Caps Lock uma vez e digitar seu
texto, você perceberá que todas as letras digitadas apareceram Saiba Mais
como maiúsculas. Ao pressionar novamente a função é
desativada. Pressione Alt +
Teclas de navegação: Estas teclas servem para que você PrtScn para capturar
navegue por documentos ou páginas na internet. uma imagem apenas
da janela ativa, em
Teclado numérico: O objetivo desse grupo é digitar dados vez da tela inteira.
numéricos de forma rápida. As teclas estão agrupadas da mesma
forma como aparecem na calculadora.

15
Luzes de LED: Alguns teclados possuem luzes de LED que indicam quando uma função está
ativa. Por exemplo, o primeiro LED faz referência ao teclado numérico. Quando essa função está
desativada você não consegue digitar os números através desse grupo. O segundo LED faz
referência ao Caps Look. Se estiver ativo ao digitar seu texto, somente aparecerão letras em
caixa alta, ou seja, maiúsculas.

Saiba Mais
Use a tecla Backspace para apagar seu texto no sentido esquerdo e a
Delete para apagar no sentido direito. Para saber mais sobre as funções das teclas faça
uma pesquisa na internet e veja como é divertido aprender algo novo.

Ligando o computador a energia

Para ligar o computador à energia, você precisará


de um módulo isolador. Este Módulo, é um equipamento
que, por meio de um circuito eletrônico, consegue simular
aterramento a partir de uma ligação elétrica. Ele é muito
utilizado em computadores residenciais, nos quais, a
instalação de aterramento pode não ser um processo
simples.
Você deve estar se
perguntando, mas o que é um
aterramento?
O aterramento é muito
importante para proteção, ele consiste
em ter sua descarga elétrica
direcionada para um lugar seguro, por Tomada de parede Fase
meio de uma barra de ferro presa à Neutro
terra. Observe as imagens.

Tomada de parede Plugue


TERRA

Barra de cobre com no mínimo


Plugue 1,60m enterrada no solo.

Logo, para ligar o computador de mesa ou desktop, o primeiro passo é pressionar o


botão ligar/desligar do Módulo Isolador, em seguida o botão ligar/desligar do Gabinete,
normalmente é o maior e fica na parte da frente, por fim o botão ligar/desligar do Monitor, e
aguardar o Sistema Operacional iniciar.

16
Partes Adicionais

Geralmente os computadores básicos são compostos por: gabinete, monitor, o teclado


e mouse. No entanto, você pode conectar diferentes tipos de dispositivos, também conhecidos
como periféricos.

Scanner
O scanner permite copiar (digitalizar) e enviar (guardar)
imagens, fotos e textos de uma folha para o formato digital no
computador.

Impressora
As impressoras possuem apenas a função de imprimir e
as mais comuns encontradas atualmente são a Jato de Tinta e a
Laser. Elas realizam impressões monocromáticas (preto e
branco) ou coloridas.

Multifuncionais
As multifuncionais além de imprimir, xerocam, scaneiam,
possuem entrada para cartão de memória, entre outras
funções.

Caixas de Som ou Alto-Falantes


São dispositivos de saída de áudio, ou seja, transmitem a
informação do computador para o usuário. Graças a estes
dispositivos podemos escutar o som da música ou vídeo que
está sendo reproduzido.

Podemos citar outros exemplos como a WebCam e o Joystick. Com a WebCam, você
pode gravar vídeos e tirar fotos, além de transmitir e realizar chamadas com vídeo através da
internet em tempo real para qualquer pessoa, em toda a parte do mundo.

Embora existam vários tipos de controladores, você pode usar também o mouse e o
teclado para controlar a maioria dos jogos.

Dispositivos periféricos de Entrada/Saída

Estudamos várias peças que compõem um computador e várias outras que podem ser
adicionadas a ele. Agora é importante sabermos que todos esses componentes podem ser
classificados de três maneiras: Dispositivos Periféricos de Entrada, Dispositivos Periféricos
de Saída ou Dispositivos Periféricos Mistos. Estudamos várias peças que compõem um
computador e que podem ser relacionadas a ele.

17
Esses dispositivos, são também conhecidos por periféricos e possuem a função de
facilitar a comunicação entre o homem e o computador. Esses periféricos podem ser
classificados de três maneiras: Periféricos de entrada, saída ou mistos.
Quando um dispositivo envia dados para o computador, dizemos que ele é um
dispositivo de entrada. Agora quando esses dados são exibidos do computador para nós,
dizemos que estes são dispositivos de saída. Porém, o dispositivo realiza as duas funções
dizemos que ele é um dispositivo misto. Veja o exemplo:

Dispositivos de Entrada: Teclado, Scanner, Mouse entre outros.

Dispositivos de Saída: Monitor, Caixas de Som, Impressora, entre outros.

Dispositivos Mistos: Drive de CD/DVD, Cartões de Memória, Pendrivers, multifuncional,


monitor touch screen, entre outros.

Acesse
Assista um vídeo https://goo.gl/1GAIUN sobre como e onde encaixar
os dispositivos periféricos do computador.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).

01
Um computador é composto pelo Hardware, também conhecido como a parte física
do PC e pelo Software. Mas o que seria o Software? Marque o item que o descreve
corretamente.
I. Software é a parte física do computador.
II. Software são os programas, aplicativos que permitem realizar atividades em um
computador. Exemplo: Navegadores, jogos, editores de texto, entre outros.
III. Software e Hardware possuem a mesma função.
IV. Hardware são os programas, aplicativos que permitem realizar atividades em um
computador. Exemplo: Navegadores, jogos, editores de texto, entre outros.

A. II apenas.
B. I e II.
C. III apenas.
D. II e III.

18
02 Os dispositivos também chamados de periféricos possibilitam a comunicação entre
o usuário e o computador. São classificados de três maneiras: Dispositivos de entrada,
saída e mistos. Marque a opção que contém apenas de saída.

A. Caixas de som, pendrive e monitor.


B. Monitor, pendrive e mouse.
C. Teclado, mouse e impressora.
D. Impressora, monitor e caixas de som.

03 As impressoras são muito úteis principalmente para quem precisa usá-las com
frequência. Existe uma diferença entre a impressora comum e a multifuncional. Marque
a opção que descreve corretamente a diferença entre elas.

A. As multifuncionais possuem apenas a função de imprimir e as mais comuns


encontradas atualmente são a Jato de Tinta e a Laser. Já as impressoras além de
imprimir, xerocam, scaneiam, possuem entrada para cartão de memória, entre outras
funções.
B. As multifuncionais não são mais fabricadas.
C. As impressoras desempenham as mesmas funções que as multifuncionais.
D. As impressoras possuem apenas a função de imprimir e as mais comuns
encontradas atualmente são a Jato de Tinta e a Laser. Já as multifuncionais além de
imprimir, xerocam, scaneiam, possuem entrada para cartão de memória, entre outras
funções.

04 O Teclado é uma das principais peças que utilizamos para enviar dados/comandos
para o computador. Marque a opção que contém apenas informações verdadeiras
sobre este periférico.

A. Para fechar uma ou mais janelas no computador basta pressionar a combinação das
teclas Alt+F6.
B. A tecla Caps Look ativa o modo caixa alta, ou seja, quando ativada, os caracteres
(letras) do teclado terão a forma minúscula.
C. A tecla Prt Scn tem a função de capturar uma imagem da tela inteira do seu monitor,
e a junção das teclas Alt+PrtScn captura uma imagem apenas da janela que está ativa
no momento.
D. A maioria dos teclados possuem 5 grupos de teclas, a saber: teclas de função,
teclas de controle, teclas de digitação, teclas de navegação, teclado numérico e
teclado chinês.

19
CAPÍTULO 02
Sistema Operacional

Agora que já estudamos sobre hardware vamos conhecer mais sobre


software. Como explicado, os softwares são os programas do computador, e
um deles, conhecido como S.O (Sistema operacional), é o software principal
do computador. É nele que os outros softwares são instalados.
Os Softwares de modo geral podem ser classificados em 3 tipos: Softwares Livres,
Softwares Proprietários e Softwares Gratuitos.
O Software Livre, permite que ele seja utilizado, copiado, estudado,
Pesquisamodificado e
redistribuído sem nenhuma restrição. Esse tipo de software possue seu código fonte aberto. O
Código fonte é a linguagem de códigos original pela qual o software foi criado.
Software Proprietário é aquele no qual cuja cópia, redistribuição ou modificação não
são permitidos.
Software Gratuito também conhecido como freeware, é qualquer programa de
computador cuja a utilização não implica no pagamento de licenças de uso. É importante não
confundir software gratuito com software livre. Apesar de ambos serem gratuitos, a diferença está
que no Livre, o código fonte é disponibilizado para modificações enquanto que no gratuito, não.
O Sistema Operacional que iremos estudar é conhecido como GNU/Linux e é do tipo
Livre. Ele foi criado e desenvolvido inicialmentes por um estudante finlandês chamado Linus
Torvalds em 1991, baseado no sistema operacional Unix e hoje é mantido por comunidades
internacionais de programadores e outros profissionais na área de informática.

Distribuições Linux

O Linux possue várias distribuições, veja algumas delas:

Linux Educacional 5.0

A distribuição Linux que iremos utilizar chama-se Linux Educacional e já está em sua
versão 5.0. Vamos conhecer:

20
Tela de login

Ao carregar o Linux, a
primeira tela que teremos é a
Tela de Login. Nela digitamos
o nome do usuário e a sua
respectiva senha.
Posteriormente o Linux
carregará o seu ambiente,
através do qual podemos nos
comunicar com o Sistema
Operacional.

Área de Trabalho ou Desktop

A área de trabalho é a
principal área exibida na tela
após você fazer login.
Ela serve de superfície
para o seu trabalho, como se
fosse uma mesa onde você
pode organizar seu material.
Quando você abre
programas ou pastas, eles
são exibidos na área de
trabalho.

Edubar

Domínio Público - Dá acesso ao site do projeto Domínio Público.

TV Escola - Dá acesso ao site do projeto TV Escola.

Portal do Professor - Dá acesso ao site Portal do professor.

Objetos Educacionais - Dá acesso ao site do Banco Internacional de


Objetos Educacionais.

21
Barra de Aplicativos

Navegador Web - Dá acesso ao Navegador Web Mozilla Firefox.

Ferramentas de Produtividade - Dá acesso às ferramentas de


produtividade do LibreOffice.

Minha Pasta - Dá acesso ao navegador de arquivos Nautilus.

Terminal UNIX - Dá acesso ao terminal UNIX gnome-terminal.


Proporciona acesso ao sistema via linguagem de comandos.

Barra Superior

Acesso ao Sistema permite o Volume exibe o grau de volume


acesso a todos os aplicativos e
ações disponíveis no Sistema Rede proporciona informação
sobre as conexões de rede
Relógio exibe a data
e o horário Informações do Usuário permite
acesso às informações da conta
Acessibilidade permite acesso a do usuário logado, configurações
configurações de acessibilidade e como sair do Sistema
do Sistema

Aplicativos

22
Lixeira

O acesso à Lixeira mudou


no LE 5.0. Não existe mais atalho
para ela. Agora é necessário
acessar a "Minha Pasta" e na
lateral esquerda selecionar
Lixeira.

Sair do Sistema

Para desligar seu PC, clique no ícone


“Informações do Usuário”, e selecione a opção
de saída que melhor se adequar à situação:
Bloquear a tela suspende a sessão até o
usuário voltar e digitar novamente a sua senha;
Encerrar sessão encerra a sessão do
usuário ativo sem desligar a máquina;
Desligar abre uma caixa de diálogo com
três opções: “Cancelar”; “Reiniciar” (que
reinicializa o Sistema) e “Desligar” que encerra a
sessão e desliga a máquina.

Pasta Pessoal

Para ter acesso as demais


pastas do sistema, clique com o
botão esquerdo do mouse sobre
o ícone Pasta Pessoal,
localizado na área de trabalho
(Desktop).

23
Criando uma pasta

Para se criar uma pasta é


muito simples, clique com o botão
direito do mouse em uma área
livre e com o esquerdo escolha a
opção Criar nova pasta.

Renomeando uma pasta ou arquivo

Observe a imagem ao lado. Uma


nova pasta foi criada dentro da pasta
documentos, ela ainda não tem nome
algum.
Para dar nome a pasta
precisamos renomeá-la. Basta clicar
com o botão direito em cima do ícone da
pasta criada por você e com o esquerdo
escolha a opção renomear e digite o seu
nome.

Renomeando
Copiar e Colar
uma pasta ou arquivo

Observe a imagem ao lado.


Uma nova pasta foi criada dentro
da pasta documentos,
Para copiar um arquivo ou pasta cliqueelacom
ainda
o
não tem nome algum.
botão direito sobre ele e escolha a opção copiar.
Após localizar o localPara
paradar nome
o qual você adeseja
pasta
vamosclique
levar o arquivo copiado, renomeá-la.
com o botãoPara isso
direito
clique com o botão
do mouse em uma área livre e escolha a opção direito em
colar. cima do icone da pasta criada por
você e com o esquerdo escolha a
opção renomear e digite o
nomseu nome.

24
Renomeando
Recortar uma pasta ou arquivo

Observe a imagem ao lado.


Uma nova pasta foi criada dentro
Cortar arquivos ou pastas é diferente de copiar,
da pasta documentos, ela ainda
pois ao copiar, seu arquivo original permanece no local
não tem nome algum.
de origem e é duplicado para o local de destino.
Para dar nome a pasta
Ao recortar você estará movendo o arquivo de
vamos renomeá-la. Para isso
lugar e, agora ele passará a existir apenas no novo local
clique com o botão direito em
escolhido para ele.
cima do icone da pasta criada por
você e com o esquerdo escolha a
opção renomear e digite o
nomseu nome.

Renomeando
Deletar arquivos
uma pasta
ou pastas
ou arquivo

Observe
Clique com o botão direito a imagem
sobre o arquivo ao lado.
ou
Uma nova pasta
pasta que deseja apagar/excluir foi criada
e escolha dentro
a opção
Mover para a lixeira. da pasta documentos, ela ainda
não tem nome algum.
Apesar de você ter excluído o arquivo, ele ainda
Para lixeira.
permanecerá no seu PC, na pasta dar nome a pasta
vamos renomeá-la. Para isso
Você pode acessar
cliquea com
essa opasta
botãoe excluir
direito emo
arquivo de lá tambémcimaou da próxima vez utilizar
do icone da pasta criada por o
comando Shift+Delete.você Come comele o seu arquivo
esquerdo será a
escolha
excluído sem passar pela lixeira.
opção renomear e digite o
nomseu nome.

Renomeando
Restaurandouma
arquivos
pastadaoulixeira
arquivo

Se por um acaso você tiver


excluído um arquivo errado, ainda
poderá ir até a pasta lixeira e
restaurar o arquivo clicando sobre
ele com o botão direito e
escolhendo a opção restaurar.
Quando sua lixeira estiver
com muitos arquivo excluídos,
você poderá apagar todos de uma
vez só clicando no botão esvaziar
lixeira.

25
Renomeando
Compactar arquivos
uma pasta
ou pastas
ou arquivo

Compactar/Comprimir nos
permite juntar diversos arquivos em
apenas um.
Selecione todos os arquivos que
deseja comprimir, clique com o botão
direito sobre um deles e escolha a opção
comprimir, em seguida escolha a
extensão .tar.gz ou .zip e se necessário,
dê um nome ao arquivo compactado.
A extensão .tar.gz é a padrão
utilizada no S.O linux, já a extensão .zip
ou .rar no S.O Windows.
Descompactar/Extrair significa
que o arquivo irá deixar de ser apenas
um e voltará a ser vários. Clique com o
botão direito sobre o arquivo
compactado e escolha a opção Extrair.

Acesse
Assista ao vídeo https://goo.gl/rLkZAz para saber mais sobre
Software Livre.

Ações preventivas sobre o hardware e software

É preciso tomar alguns cuidados com seu computador e com algumas medidas simples
você pode garantir um melhor desempenho, conservação e funcionamento do seu PC, veja
como:
Manter a limpeza do seu PC
É importante que a mesa do seu computador esteja
sempre limpa e organizada. A poeira acumulada pode prejudicar a
ventilação da sua máquina e contribuir para um superaquecimento
prejudicando as peças externas e internas do computador.
Ao limpar seu PC use apenas um pano seco ou
produtos apropriados. Não use produtos de limpeza doméstica
nem mesmo álcool pois podem danificar a máquina. Uma boa
opção para a limpeza do teclado é um pincel, uma dica válida seria
manter um lenço em cima do teclado para evitar que a poeira
penetre nas teclas. Geralmente os gabinetes estão na parte de
baixo da mesa do computador, nesses casos o ideal é, quando
varrer usar um pano molhado pois o movimento da vassoura faz a
poeira subir e chegar a parte interna do PC.
26
Evite comer quando estiver usando o PC
É importante não comer nem beber quando estiver
utilizando seu computador, embora você tenha cuidado, um
momento de distração é suficiente para derrubar migalhas e
líquidos sobre o teclado por exemplo, o que poderá ocasionar
falhas e até mesmo travar teclas impedindo o contato delas com a
placa sensível que se localiza abaixo, além de atrair insetos e
roedores.
Localização
Ao determinar o local onde ficará seu PC lembre-se de
deixar um espaço entre o computador e a parede de pelo menos 15
cm para facilitar a saída de ar quente evitando assim o
superaquecimento.
Se seu computador for portátil como um notebook por
exemplo o cuidado com a saída de ar quente é mais importante
ainda, então, não deixe o notebook no colo nem em cima de um
travesseiro pois assim estará bloqueando a saída de ar e
contribuindo para um superaquecimento que poderá danificar as
peças internas. Coloque-o em cima de superfícies lisas e rígidas
como uma mesa por exemplo, ou faça uso de um suporte próprio
para ele.

Proteja seu computador da luz solar


Proteja seu computador do calor do sol e da umidade
também. A Luz solar direta sobre o gabinete resultará em pouca
ventilação pois a superfície do gabinete irá esquentar gerando
assim mais calor e comprometendo as peças internas do gabinete.
Então fique atento se o seu PC está próximo de janelas
que tenham entrada para o sol.
Desligue e ligue o computador corretamente
Ao desligar seu computador aguarde os procedimentos
do sistema, assim você evita perder arquivos, entre outros
problemas. Opte sempre por desligá-lo pelo botão de desligar do
seu sistema operacional.

Remover o USB com segurança


Sempre que terminar de utilizar seu pendrive, remova-o
pela opção remover com segurança do seu S.O ao invés de
apenas puxar, pois removendo da forma correta, você evita
danificar tanto o pendrive quanto a porta USB do computador.
Isso pode acontecer porque quando o dispositivo é
conectado, uma corrente elétrica chega até ele, se você remove o
hardware com segurança, ele encerra as operações de leitura e
gravação e interrompe a corrente elétrica da porta.

27
Se não fizer isso, você pode queimar o pendrive, a porta
USB ou perder arquivos importantes. Lembre-se de checar
pendrives (e outras mídias) antes de conectá-los ao computador
para se certificar da não existência de vírus.

Evitar pancadas no gabinete


Proteja seu gabinete! Os discos rígidos rodam com uma
velocidade muito alta e pancadas contra o gabinete podem causar
travamentos ou até mesmo danificá-los.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01
Possuir um computador exige um custo, e quando esse desejo é alcançado
devemos desfrutá-lo com responsabilidade e cuidados. Um dos cuidados básicos é a
forma como desligamos o computador após o uso. Marque a opção que descreve
corretamente essa ação.
I. Desligue o computador direto no botão do módulo isolador ou puxe o fio da tomada.
II. Não é necessário desligar o computador, uma vez ligado deve permanecer ligado.
III. Sempre opte por desligar o computador pelo botão de desligar do seu sistema
operacional e aguarde os procedimentos do sistema finalizarem, só então desligue o
módulo isolador.

A. II apenas.
B. I e II.
C. III apenas.
D. II e III.

02 O pendrive é utilizado por muitos para guardar documentos, imagens, músicas,


vídeos, entre outros. E para preservar a segurança de todos esses arquivos, devemos
utilizá-lo da maneira correta. Sobre o modo correto de utilizar um pendrive, responda V
para verdadeiro ou F para falso.

( ) Ao terminar de utilizar o pendrive remova-o pela opção formatar com segurança


do seu S.O. Dessa forma você evita danos tanto ao pendrive como a porta USB do
computador.
( ) Ao terminar de utilizar o pendrive puxe-o e em seguida guarde-o para evitar que
perca.

28
( ) Ao terminar de utilizar seu pendrive remova-o pela opção remover com segurança
do seu S.O. Dessa forma você evita danos tanto ao pendrive como a porta USB do
computador.

A. V, V, F.
B. V, F, F.
C. F, V, V.
D. F, F, V.

03
Os Softwares de modo geral podem ser classificados em três tipos, são eles:
Softwares Livres, Proprietários e Gratuitos. Marque a opção correta quanto a definição
de cada um dos softwares.
I. Software Gratuito, permite que ele seja utilizado, copiado, estudado, modificado e
redistribuído sem nenhuma restrição. Esse tipo de software possui seu código fonte
aberto. O Código fonte é a linguagem de códigos original pela qual o software foi
criado.
II. Software Proprietário é aquele cuja cópia, redistribuição ou modificação não são
permitidos.
III. Software Livre também conhecido como freeware, é qualquer programa de
computador cuja a utilização não implica no pagamento de licenças de uso.

A. III apenas.
B. I, II e III.
C. II apenas.
D. I e II.

04 Compactar arquivos nos permite reunir vários arquivos em apenas um, logo, um
novo arquivo é gerado após essa ação. Dentre as opções abaixo, qual descreve
corretamente o passo a passo para compactar e descompactar arquivos?

A. Selecione os arquivos que deseja compactar, recorte e cole na pasta pessoal, em


seguida clique com o botão direito sobre um deles e escolha a opção compactar. Para
descompactar clique com o botão direito sobre o arquivo compactado e escolha a
opção Extrair.
B. Selecione os arquivos que deseja compactar, recorte e cole na pasta pessoal, em
seguida clique com o botão direito sobre um deles e escolha a opção compactar. Para
descompactar clique com o botão direito sobre o arquivo compactado e escolha a
opção Extrair.
C. Selecione os arquivos que deseja compactar, clique com o botão direito sobre um
deles e escolha a opção compactar. Para descompactar clique com o botão direito
sobre o arquivo compactado e escolha a opção Extrair.
D. Nenhuma das opções está correta.

29
CAPÍTULO 03
Pesquisa, E-mail e Segurança
Pesquisa

Olá!
Iremos estudar alguns dos vários recursos que o Google oferece, um
deles por exemplo é a pesquisa. Considerado o site de busca mais utilizado
atualmente, normalmente encontramos nele resposta para todas as nossas
dúvidas.
Podemos fazer diversos tipos de pesquisa desde pesquisas simples as mais complexas.
Existem formas (filtros) que nos ajudam a tornar nossa pesquisa mais objetiva, vejamos agora
por onde começar. Para iniciar uma pesquisa é simples, abra seu navegador e acesse a página
do Google http://www.google.com.br. Veja o resultado:

Agora digite o que procura na barra de busca e pressione a tecla Enter do teclado ou
com o botão esquerdo do mouse clique no ícone que tem forma de lupa. Por exemplo, digite
Projeto e-Jovem e em seguida escolha um dos links disponíveis para ter acesso ao conteúdo.
Veja o resultado:

30
Ao fazer a pesquisa você deve ter observado as várias opções disponíveis para que sua
pesquisa seja mais organizada e objetiva. Clique em cada uma delas e perceba o quanto podem
ser úteis. Seu educador lhe dará orientações durante a pesquisa.

Orientações gerais
Relacionamos aqui, várias orientações que serão úteis para você por em prática todas
as vezes em que precisar fazer uma pesquisa na internet. Ao final de cada dica, faça o teste no
seu navegador.
Ignore ortografia e pontuação
O corretor ortográfico do Google padroniza automaticamente para a escrita mais
comum de uma palavra, mesmo que você não tenha digitado corretamente. Também não
diferencia letras maiúsculas de minúsculas nem mesmo pontuação ou caracteres especiais como
por exemplo: @ # % * ( ) = [ ] \, entre outros. Observe um exemplo:

Use palavras comuns


O mecanismo de pesquisa do Google funciona relacionando as palavras inseridas com
páginas da web. Ou seja, usar as palavras que tem mais probabilidade de aparecer naquelas
páginas oferecerá os melhores resultados. Por exemplo, em vez de dizer minha cabeça dói , diga
dor de cabeça, já que é o termo que um site de medicina usaria. Observe o exemplo:

Quanto menos melhor


Um ou dois termos simples de pesquisa retornarão resultados mais abrangentes.
Comece com termos de pesquisa curtos e, em seguida, refine seus resultados incluindo mais
palavras. Veja um exemplo:

Pesquise uma frase exata


Coloque palavras entre aspas "qualquer palavra" para pesquisar por uma frase exata e
na ordem exata. Mas saiba que as pesquisas com aspas podem excluir resultados relevantes.

31
Por exemplo, uma pesquisa por "Alexander Bell" excluirá páginas que se referem a
Alexander G. Bell. Veja um exemplo do uso das aspas.

Pesquise por tipo de arquivo


Pesquise por tipos específicos de arquivos, como PDF, ODP ou ODS, adicionando
filetype: e a abreviação de três letras. Observe o exemplo:

Inclua ou ignore palavras em sua pesquisa


Você pode usar o sinal de menos "-" para especificar itens que você não deseja ver nos
resultados, como ingredientes em uma receita por exemplo. Observe que sua pesquisa resultará
em vários tipos de molho com exceção dos molhos de tomate.

Pesquisa por imagens


Você pode pesquisar no Google com uma imagem em vez de texto. Arrastando-a para
o campo em branco, colando a URL da imagem, ou ainda enviando a imagem do seu computador
para o site de pesquisa do google.

Faça conversões e cálculos


Insira qualquer equação matemática na caixa de pesquisa e sua resposta será
calculada. Também converta qualquer medida digitando o número e a unidade de medida.
Observe os exemplos:

32
Acesse

Para conhecer mais


formas de pesquisas
acesse:http://goo.gl/
hk6Hfe
Ficou curioso e
gostaria de saber um
pouco sobre a
historia do google?
acesse:http://goo.gl/
6t7OQH

Podemos ainda realizar uma pesquisa mais complexa utilizando a página de pesquisa
avançada do Google, para isso comece digitando sua pesquisa e depois clique em Opções um
ícone em forma de engrenagem localizado no canto superior direito da página. Veja no exemplo:

Após clicar em Opções selecione Pesquisa avançada.


Será aberta uma nova página, onde você poderá usar das várias
opções disponíveis para refinar sua pesquisa.
Você poderá determinar como por exemplo, idioma
utilizado, publicações por região, por data de postagem, como
também o formato que preferir entre outros.

33
E-mail

Gmail - o serviço de e-mail do google


Você sabe o que é um e-mail? Já possui uma conta de e-mail? Sabe da
importância de possuir um? E-mail significa correio eletrônico, isso mesmo
correio, quando falamos de correio lembramos das correspondências
(mensagens) que recebemos em nossa residência ou seja, nosso endereço físico.
Um e-mail é um endereço eletrônico utilizado para enviar e receber mensagens,
também é útil por exemplo, para cadastro em redes sociais.
Ao fazer um e-mail no gmail você terá acesso instantaneamente a diversos serviços
importantes desta grande empresa. Por exemplo, o serviço de vídeo chamada, onde você pode
está no Brasil e conversar com um parente que está na Europa ou até mesmo com seu colega da
escola. Também é bastante comum empresas fazerem reuniões por videoconferência com suas
filiais. Outro exemplo são médicos que assistem e ajudam em cirurgias a distância, onde eles não
se encontram no mesmo país ou cidade do paciente no momento da realização cirúrgica.
Criar uma conta de e-mail é simples e gratuito, acompanhe o passo a passo e conheça
outros serviços google. Você receberá orientação do seu educador durante a criação do seu e-
mail.

Criando uma conta de e-mail

Para criar um e-mail no gmail entre no site do Google, www.google.com.br e clique em


Gmail ou Fazer login. No canto superior direito da tela do monitor. Observe a imagem abaixo:

Em seguida, você será direcionado


para uma nova janela como mostra a imagem
ao lado, e deverá clicar em Criar uma conta.
Será aberto um formulário de
cadastro, onde você deverá preencher todas
as informações.
Na escolha do nome da sua conta de
e-mail não use nomes como por exemplo:
gataselvagem@, davischol@, susycarente@
ou aninhapoderosa@ pois futuramente você
usará seu e-mail em ocasiões mais formais.
Lembre-se que com apenas uma
conta do gmail você terá acesso a vários
serviços disponibilizados pela empresa, por
isso é muito importante que após criar seu e-
mail você anote seu endereço para não
esquecer e memorize sua senha.

34
Formulário de Cadastro
O cadastro é simples, preencha os
campos solicitados. Por exemplo, se seu
nome for "Rebeca Costa Bastos" digite
"Rebeca" no campo "nome" e "Costa
Bastos" no campo "sobrenome".
Já no campo "Escolha seu nome
de usuário" digite seu nome em minúsculo e
sem espaços, por exemplo: "rebecabastos".
Logo seu endereço de e-mail será
"rebecabastos@gmail.com".
Em seguida o gmail irá confirmar se
o nome de usuário escolhido por você está
disponível. Se não estiver, experimente
utilizar algum número, por exemplo:
rebecabastos85@gmail.com.
No campo "senha" digite uma
senha de no mínimo 8 caracteres e de fácil
memorização, porém utilize além de letras,
números e caracteres especiais, pois assim
sua senha ficará mais segura.
Informe sua data de nascimento, e
seu sexo.
Em seguida você fará uma escolha,
validar seu e-mail pelo telefone celular ou
pela imagem proposta.
Se você não estiver com um
telefone celular no momento da criação do
seu e-mail, escolha o método de validação
pela imagem, mas saiba que na próxima vez
que você acessar sua conta de e-mail lhe
será pedido um número de celular por
questões de segurança.
Se escolher pelo telefone você fará
da seguinte forma. Se estiver no Brasil, o
código de nosso país é "+55". Em seguida, o
código de sua cidade. Por exemplo, se for de
Fortaleza/Ce é "85". E junto do prefixo da
cidade, seu número de celular. Exemplo:
+5585988888888.
No campo "Seu endereço de e- Para concluir o cadastro clique em
mail atual" preencha com um e-mail válido, "Concordo com os Termos de Serviço e a
caso não possua deixe em branco. Política de Privacidade do Google". E clique em
Logo abaixo, é possível ver a Próxima etapa.
imagem, digite o que está vendo nela. Em
nosso exemplo o correto é "142".

35
Pronto, seu e-mail foi criado, você receberá uma mensagem de boas e vindas e pode
prosseguir.

Tela principal do Gmail


Personalize a aparência do seu gmail, deixando ele com a sua cara. Escolha um tema e
modifique a imagem do perfil se desejar. Seu educador(a) apresentará a interface do Gmail,
botões e suas funções, fique atento e tire todas as suas dúvidas.

Saiba Mais
Você perceberá que algumas pessoas têm endereços de e-mail um
pouco diferente do seu. Isso acontece pois existem outras empresas que também
fornecem esse serviço. Porém o mais importante é que você saiba que isso não
impede a troca de e-mails entre vocês. Por exemplo: exemplo@yahoo.com.br,
exemplo@hotmail.com entre outros.

36
Enviando um e-mail
É muito simples enviar um e-mail, basta clicar em Escrever e
será aberto uma janela no canto inferior direito da tela. É possível
aumentar o tamanho dessa janela clicando em tela cheia, um ícone em
forma de seta.
No campo "Para" escreva o e-mail de destino (use o e-mail do
seu colega do lado). Quando for enviar um e-mail para mais de uma
pessoa use a barra de espaço para digitar o segundo endereço.

Observe que ao lado de


"Para" existem mais duas
experssões "Cc" e "Cco", que
significam enviar Com cópia
(Cc) e enviar Com cópia oculta
(Cco). Use-os somente quando
for necessário.
No campo "Assunto"
informe o tema da sua
mensagem, procure sempre no
assunto informar algo curto e
direto sobre seu e-mail.
Após preencher sua
mensagem clique em "Enviar"
para enviar seu e-mail.
Após enviar seu e-mail
verifique a mensagem de
confirmação.

Respondendo um e-mail
Ao receber um e-mail clique nele para visualizar o conteúdo.

Após ler o e-mail, observe logo abaixo a opção "Responder". Basta clicar, digitar sua
resposta ao terminar clicar em enviar.

Andrea Soares

37
Você também deve ter observado que ao lado de "Responder" existe a opção de
"Encaminhar" (enviar o mesmo e-mail para uma outra pessoa que você julga importante que
saiba do conteúdo conversado ali).

Anexando um arquivo no e-mail

Anexar um arquivo no e-mail é bem simples, basta clicar, escolher o arquivo no PC,
aguardar carregar e clicar em "Enviar".
Você deve estar se perguntando: e todos esses outros ícones qual a função deles? Seu
educador (a) irá explicar a maioria deles, fique atento.

Orientações básicas ao enviar um e-mail


Um e-mail judicialmente falando, serve como prova, isso implica dizer que você é o
responsável por tudo que escreve nele. Sendo assim, é importante tomar alguns cuidados com o
conteúdo escrito.

Inicie seu e-mail com um Falar palavrões.


cumprimento por exemplo: Bom x
dia, Boa tarde, Olá, entre outros. Ser ignorante ou rude nas
Escreva e-mails curtos, reduza o
x respostas.
conteúdo do seu e-mail somente Escrever em caixa alta (LETRAS
para o que for essencial. x MAIÚSCULAS).
Escreva e-mails claros, fáceis de Usar muitos emotions.
compreender, evite abreviações, x
gírias e fique atento à gramática.
Não diferenciar um e-mail para
Escreva o assunto depois de x seu professor (mais formal) de um
terminar de escrever o e-mail, e-mail para seu colega (informal).
assim você garante que ambos
Responder a um e-mail com
estejam em conformidade. x apenas Ok, ao invés de usar:
Não escreva o conteúdo no Ciente, E-mail recebido, Obrigado
assunto, lembre-se que o assunto por avisar, entre outros.
é como se fosse o tema do seu e-
Ficar muito tempo sem abrir seu e-
mail, ele deve ser curto e objetivo. x mail.
Faça a assinatura digital do seu e-
Deixar o assunto do e-mail em
mail. x branco.
Enviar SPAM.
x

38
Segurança na Internet
Conversar sobre Segurança na Internet é importante e indispensável para usuários que
a utilizam com frequência. O Cert.br (Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes
de Segurança no Brasil) disponibiliza um material muito rico sobre o assunto. Iremos trabalhar
parte dele, mas para ter acesso ao conteúdo completo, acesse: http://cartilha.cert.br/.
A Internet já está presente no cotidiano de grande parte da população e,
provavelmente para estas pessoas, seria muito difícil imaginar como seria a vida
sem poder usufruir das diversas facilidades e oportunidades trazidas por esta
tecnologia. Por meio da Internet você pode:

Fazer compras em supermercados


Acessar sites de notícias e de e em lojas de comércio eletrônico,
esportes, participar de cursos à pesquisar preços e verificar a
distância, pesquisar assuntos de opinião de outras pessoas sobre
interesse e tirar dúvidas em os produtos ou serviços ofertados
listas de discussão. por uma determinada loja.

Acessar sites dedicados a


brincadeiras, passatempos e Consultar a programação das
histórias em quadrinhos, além de salas de cinema, verificar a
grande variedade de jogos, para agenda de espetáculos teatrais,
as mais diversas faixas etárias. exposições e shows e adquirir
seus ingressos antecipadamente.

Estes são apenas alguns exemplos de como você pode utilizar a Internet para facilitar e
melhorar a sua vida. Aproveitar esses benefícios de forma segura, entretanto, requer que alguns
cuidados sejam tomados e, para isto, é importante que você esteja informado dos riscos aos
quais está exposto para que possa tomar as medidas preventivas necessárias. Alguns destes
riscos são:
Contato com pessoas mal-
intencionadas: existem pessoas que Furto e perda de dados: os dados
se aproveitam da falsa sensação de presentes em seus equipamentos
anonimato da Internet para tentar se conectados à Internet podem ser furtados
passar por outras pessoas e cometer e apagados, pela ação de ladrões,
crimes como por exemplo: estelionato, atacantes e códigos maliciosos.
pornografia infantil e sequestro.

Plágio e violação de direitos autorais:


Uso excessivo: o uso desmedido da
a cópia, alteração ou distribuição não
Internet, assim como de outras
autorizada de conteúdos e materiais
tecnologias, pode colocar em risco a
protegidos pode contrariar a lei de
sua saúde física, diminuir a sua
direitos autorais e resultar em
produtividade e afetar a sua vida
problemas jurídicos e em perdas
social ou profissional.
financeiras.

39
Outro grande risco relacionado
ao uso da Internet é o de você achar
que não corre riscos, pois supõe
que ninguém tem interesse em utilizar
o seu computador ou que, entre os
diversos computadores conectados à
Internet , o seu dificilmente será
localizado.
É justamente este tipo de
pensamento que é explorado pelos
atacantes, pois, ao se sentir seguro,
você pode achar que não precisa se
prevenir.
Esta ilusão, infelizmente, costuma terminar quando os primeiros problemas começam a
acontecer. Muitas vezes os atacantes estão interessados em conseguir acesso a grandes
quantidades de computadores, independente de quais são, e para isto, podem efetuar
varreduras na rede e localizar grande parte dos computadores conectados à Internet, inclusive o
seu.
É preciso, portanto, que você leve para a Internet os mesmos cuidados e as mesmas
preocupações que você tem no seu dia a dia, como por exemplo: visitar apenas lojas confiáveis,
não deixar públicos dados importantes, ficar atento quando "for ao banco" ou "fizer compras",
não passar informações a estranhos, não deixar a porta da sua casa aberta, entre outros.

Spam
Spam é o termo usado para se referir
aos e-mails não solicitados, que geralmente
são enviados para um grande número de
pessoas. Quando este tipo de mensagem
possui conteúdo exclusivamente comercial
também é referenciado como UCE (Unsolicited
Commercial E-mail).
Atualmente, o envio de spam é uma
prática que causa preocupação, tanto pelo
aumento desenfreado do volume de
mensagens na rede, como pela natureza e
pelos objetivos destas mensagens.
Spams estão diretamente associados a ataques à segurança da Internet e do usuário,
sendo um dos grandes responsáveis pela propagação de códigos maliciosos, disseminação de
golpes e venda ilegal de produtos.
Alguns cuidados que você deve tomar para tentar reduzir a quantidade de "spams"
recebidos são:

Seja cuidadoso ao fornecer seu endereço de e-mail. Existem situações onde não
há motivo para que o seu e-mail seja fornecido. Ao preencher um cadastro, por
exemplo, pense se é realmente necessário fornecer o seu e-mail e se você
deseja receber mensagens deste local.

40
Fique atento as opções pré-selecionadas. Em alguns formulários ou cadastros
preenchidos pela Internet, existe a pergunta se você quer receber e-mails, por
exemplo, sobre promoções e lançamentos de produtos, cuja resposta já vem
marcada como afirmativa. Fique atento a esta questão e desmarque-a, caso
não deseje receber este tipo de mensagem.

Não siga links recebidos em spams e não responda mensagens deste tipo (estas
ações podem servir para confirmar que seu e-mail é válido);

Respeite o endereço de e-mail de outras pessoas. Ao encaminhar mensagens,


apague a lista de antigos destinatários, pois estas podem servir como fonte de
coleta para spammers.

Contas e Senhas
Uma conta de usuário, também chamada de "nome de
usuário", "nome de login" e username, corresponde à
identificação única de um usuário em um computador ou
serviço. Por meio das contas de usuário é possível que um
mesmo computador ou serviço seja compartilhado por diversas
pessoas, pois permite, por exemplo, identificar unicamente cada
usuário, separar as configurações específicas de cada um e
controlar as permissões de acesso.
Uma senha ou password, serve para autenticar uma
conta, ou seja, é usada no processo de verificação da sua identidade, assegurando que você é
realmente quem diz ser e que possui o direito de acessar o recurso em questão. É um dos
principais mecanismos de autenticação usados na Internet devido, principalmente, a simplicidade
que possui.
Se uma outra pessoa souber a sua conta de usuário e tiver acesso à sua senha ela
poderá usá-las para se passar por você na Internet e realizar ações em seu nome, como:

Acessar o seu computador Acessar sites e alterar as


e obter informações importantes configurações feitas por você, de
nele armazenadas, como senhas e forma a tornar públicas
números de cartões de crédito. informações que deveriam ser
Utilizar o seu computador privadas.
para esconder a real identidade Acessar a sua rede social
desta pessoa (o invasor) e, então, e usar a confiança que as pessoas
emitir ataques contra computadores da sua rede de relacionamento
de terceiros. depositam em você para obter
informações sensíveis ou para o
envio de boatos, mensagens de
spam e/ou códigos maliciosos.

41
Algumas das formas como a sua senha pode ser descoberta são:

Ao ser usada em Sites falsos. Ao digitar a


computadores infectados. Muitos sua senha em um site falso,
códigos maliciosos, ao infectar um achando que está no site
computador, armazenam as teclas verdadeiro, um atacante pode
digitadas (inclusive senhas), armazená-la e, posteriormente,
espionam o teclado pela webcam usá-la para acessar o site
(caso você possua uma e ela esteja verdadeiro e realizar operações em
apontada para o teclado) e gravam seu nome.
a posição da tela onde o mouse foi
clicado.

Cuidados a serem tomados ao usar suas contas e senhas:

Certifique-se de não estar Procure manter sua


sendo observado ao digitar as suas privacidade, reduzindo a
senhas; Não as forneça para outra quantidade de informações que
pessoa, em hipótese alguma. possam ser coletadas sobre você,
Certifique-se de fechar a pois elas podem ser usadas para
sua sessão ao acessar sites que adivinhar a sua senha, caso você
requeiram o uso de senhas. Use a não tenha sido cuidadoso ao
opção de sair (logout), pois isto elaborá-la.
evita que suas informações sejam Por meio de tentativas de
mantidas no navegador. adivinhação. Pela observação da
Não use a mesma senha movimentação dos seus dedos no
para todos os serviços que acessa; teclado ou dos cliques do mouse
Ao usar perguntas de segurança em teclados virtuais.
para facilitar a recuperação de Elabore boas senhas.
senhas, evite escolher questões Altere as suas senhas sempre que
cujas respostas possam ser julgar necessário.
facilmente adivinhadas.

Uma senha boa, bem elaborada, é aquela que é difícil de ser descoberta (forte) e fácil
de ser lembrada. Não convém que você crie uma senha forte se, quando for usá-la, não
conseguir recordá-la. Também não convém que você crie uma senha fácil de ser lembrada se
ela puder ser facilmente descoberta por um atacante.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).

42
01
O e-mail se tornou uma das formas mais rápidas e seguras para trocar informações
entre as pessoas. Sobre o envio de e-mails marque V para verdadeiro ou F para falso.

( ) É possível anexar ao e-mail apenas arquivos de texto.


( ) No campo "Para" é possível inserir mais de um endereço de e-mail.
( ) É possível anexar ao e-mail qualquer tipo de arquivo, seja ele imagem, texto, pdf, entre
outros.
02
Os campos "Cc" e "Cco" do e-mail são muito úteis, pois permitem que outras
pessoas tenham acesso ao conteúdo dos e-mails trocados. Marque a opção correta
quanto a definição de ambos.

A. "Cc" significa com cópia e "Cco" com cópia obrigatória.


B. "Cc" significa com cópia e "Cco" com cópia oculta.
C. "Cc" significa com cópia oculta e "Cco" com cópia.
D. "Cc" e "Cco" possuem o mesmo significado.
03 A opção "Encaminhar" presente no e-mail possui uma função específica. Marque a
opção que descreve corretamente sua função.

A. "Encaminhar" possui a mesma função que "Responder".


B. Encaminhar é enviar o mesmo e-mail para uma outra pessoa que você julga importante
que saiba do conteúdo conversado.
C. Encaminhar é enviar o mesmo e-mail para uma outra pessoa que você julga importante
que saiba do conteúdo conversado. Porém é necessário digitar o e-mail novamente.
D. "Encaminhar" também possui a função de "Anexar".

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos na
aula. Siga o passo a passo da atividade, se surgirem dúvidas peça a orientação do seu
educador(a).
Passo 1. Envie um e-mail para seu colega, o lembrando que deverá estar presente na
próxima aula. No corpo do e-mail deverá constar: o objetivo do envio, data, hora de início e
endereço. O assunto deverá ser: Aula de Informática.
Passo 2. Logo, você também receberá um e-mail, ao receber responda-o confirmando sua
presença.
Passo 3. Abra o navegador e faça uma pesquisa sobre "Segurança na Internet" a pesquisa
deverá retornar um arquivo em "pdf". Faça o download do arquivo.
Passo 4. Em seguida envie o "pdf" como anexo por e-mail, dessa vez para outro colega.
Não esqueça de preencher o Assunto e adicionar uma descrição no corpo do e-mail.

43
CAPÍTULO 04
Redes Sociais e Netiqueta
Twitter

Olá!
Vamos falar sobre o Twitter, uma rede social muito utilizada hoje em
dia. O Twitter surgiu em março de 2006 e os responsáveis pela criação foram
Evan Williams, Noah Glass, Jack Dorsey e Biz Stone. Ele é gratuito e não
possui anúncios. Uma das suas principais características é o limite de 140
caracteres por mensagem.
O Twitter é uma boa opção para ficar por dentro do que acontece no brasil e no mundo.
Nele você pode acompanhar as mais diversas notícias e acontecimentos em várias áreas, como
por exemplo, política, economia, saúde, educação, cultura, esporte, moda, música, fotografia
entre outros. Você pode seguir e acompanhar os twitters dos seus amigos, professores e de
quem mais desejar.

Criando uma conta


Convido você a experimentar essa tecnologia, para isso basta criar uma conta no
Twitter, veja por onde começar. Abra seu navegador e digite http://www.twitter.com, em
seguida escolha a opção Inscreva-se, ela vai estar no lado direito da sua tela.

45
Ao clicar em Inscreva-se, você será
direcionado para uma página de cadastro,
conforme a imagem ao lado, preencha as
informações solicitadas. Lembre-se de anotar
login e senha de todos os cadastros que você
fizer, assim evita que os esqueça. Ao digitar seu
e-mail e clicar em Inscreva-se a equipe do
twitter lhe enviará um e-mail para confirmar seu
cadastro. Abra o e-mail e clique em Confirmar

Adriano Almeida

Após a confirmação do e-mail


será solicitado um número de celular para
manter sua conta mais segura, você pode
pular essa solicitação e cadastrar
posteriormente, mas se estiver como o
celular ao seu alcance, digite o número,
aguarde o código ser enviado, digite no
campo indicado e pronto! Receba as boas
vindas da equipe do twitter!

Adriano Almeida

É só clicar em Vamos lá e o Twitter irá lhe dar sugestões para começar a usar as
ferramentas contidas nele. Inicia-se com um filtro onde você poderá escolher os assuntos do seu
interesse e quais twitters deseja seguir ou seja, as postagens de quem você tem interesse em
acompanhar. Confira os últimos passos nas imagens a seguir.

46
Como sugestão você
poderá colocar uma imagem
no perfil, você pode adicionar
agora ou depois, basta clicar
em, pular esta etapa por
enquanto.
Por fim clique em
Continuar e acesse a sua
conta no Twitter!

Conhecendo minha página no twitter


As alterações nas imagens do perfil e capa podem ser feitas clicando sobre a imagem do
perfil e em seguida em Editar perfil. Observe que o Twitter possui vários ícones, seu educador(a)
irá lhe dar orientações quanto a função deles. Fique atento!
Para encontrar pessoas no Twitter basta digitar o nome no campo Buscar no Twitter,
clicar na página e segui-la para acompanhar suas postagens.
Vamos fazer nossa primeira busca, digite projetoejovem e clique na página do projeto,
para ter acesso a todas as postagens feitas por ele, clique em seguir, observe a imagem:

Adriano Almeida

47
Procurando e seguindo um usuário
Vamos fazer nossa primeira busca, digite projetoejovem e clique na página do projeto,
para ter acesso a todas as postagens feitas por ele, clique em seguir, observe a imagem abaixo.

Após clicar em seguir, o ícone mudará para seguindo, isso significa que você ficará por
dentro de tudo que o Projeto e-Jovem publicar.

Enviando um twitter
Para enviar um Tweet é simples basta clicar no ícone Tweetar que fica no topo da
página do lado direito da sua tela.

Será aberto uma janela onde você


deverá escrever sua mensagem
respeitando o limite de 140 caracteres
permitidos, observe a imagem ao lado.

No Twitter usamos dois caracteres especiais o arroba (@) e o cerquilha ou jogo da


velha (#), veja quando usar:

48
@ é usado para enviar um Tweet para uma pessoa. Escreva a mensagem seguido de
@nome_do_usuário, assim o usuário irá receber essa mensagem, mas saiba que todos os seus
seguidores também irão ver a mensagem.
# é usado para gerar uma palavra que poderá ser usado por muitos, por exemplo
escreva a mensagem seguido de #ejovemceara, assim a palavra ejovemceara terá um link e
todos os usuários que postarem com essa hastag visualizarão em uma página específica, todas
as postagens relacionadas a ele.
Para ter acesso as Configurações da sua conta ou para sair da sua conta clique na foto
do seu perfil que está do lado direito da tela do seu monitor.

Configurações do Twitter
Para ter acesso as configurações da sua conta clique na
imagem do seu perfil que está do lado direito da tela do seu monitor e em
seguida em Configurações. Observe a imagem ao lado.
Adriano Almeida
Será aberto uma janela onde você poderá fazer todas as
alterações necessárias como por exemplo, alterar nome de usuário, e-
mail, senha, privacidade de conteúdo, alterar a cor do tema da sua
conta, entre outros.
Ainda na imagem ao lado observe que tem a opção Sair da sua
conta, faça isso sempre que não estiver mais utilizando-a, essa é a
forma segura de deslogar, é a garantia de que outra pessoa não terá
acesso as suas informações.
Na imagem abaixo podemos ver a janela de configurações.
Sempre que fizer alguma alteração clique em Salvar alterações.

Adriano Almeida

.......

49
Facebook

Olá!
Vamos falar sobre o Facebook, como ele é a rede social mais usada
hoje é bem provável que você já possua uma conta. Mas a pergunta é: Você usa
o facebook apenas para falar com seu amigos (as)? Já parou para pensar que
outras ferramentas ele pode lhe oferecer? Ou até mesmo que tipo de impressão
as pessoas estão tendo de você ao ver seu comportamento e o conteúdo de
suas publicações?
Para você que já possui uma conta no Facebook o convite é para redescobri-lo. Já para
você que ainda não possui, se desejar fazer parte dessa grande rede de contatos, o convite é
para criar uma conta. Para isso iremos começar do básico, assim você ficará por dentro de tudo.
Então vamos lá, criado em fevereiro de 2014 por Mark Zuckerberg e amigos, era
limitado apenas aos estudantes universitários da Universidade de Harvard. Com a expansão, a
rede foi liberada para outras universidades e assim por diante até que bilhões de pessoas tiveram
acesso. O facebook é a rede social mais utilizada hoje e não para de crescer.

Criando uma conta

É simples criar uma conta no Facebook. Abra seu navegador e digite


http://www.facebook.com, em seguida preencha os campos e ao concluir clique em Abrir uma
conta, observe a imagem abaixo.

Você será direcionado para uma página onde poderá convidar amigos através do e-mail
para fazerem parte da sua rede de amigos do Facebook. Mas é possível adiar essa ação e
adicioná-los em outro momento e de outras formas. Para isso clique em Próximo.

50
Em seguida, você receberá as boas vindas. Porém uma ação ainda é necessária,
acessar seu e-mail para confirmar o cadastro ou digitar o código recebido no seu celular. Você
perceberá que é possível definir configurações de privacidade, foto de perfil entre outros.
A imagem abaixo representa sua Página inicial, através dela é possível realizar várias
ações. Como por exemplo: Encontrar amigos (as); Acessar sua página de perfil; Publicar textos,
anexar fotos ou vídeos classificando prioridades; Acesso rápido a solicitações de amizade, a
mensagens recebidas através do bate-papo e a publicações de seus amigos, entre outras.
Adiante comentaremos algumas dessas ações.

Adicionando amigos no Facebook


Uma forma simples de encontrar amigos no Facebook é através do campo de pesquisa,
e das sugestões de amizade feitas por ele, baseadas na lista de amigos dos nossos amigos.
Digite o nome do seu amigo (a), e
clique sobre ele para ter acesso ao perfil, em
seguida em Adicionar aos amigos e aguarde a Andrea Soares

solicitação de amizade ser aceita.

Aceitando uma solicitação Adriano

Para aceitar uma solicitação de


amizade é necessário clicar em Confirmar, Ana Dantas

observe que é possível classificar uma amizade


em categorias como: Melhores amigos,
Conhecidos ou adicionar uma lista de amigos.
Esse processo é muito útil para filtrar nossas
postagens.

Criando um grupo
Podemos criar grupos no Facebook para reunir nossos amigos
em diferentes situações, por exemplo: Podemos criar o grupo da turma
de sala de aula, do curso, da família, de um projeto social, entre
outros.É possível classificar a privacidade dos grupos em: público,
fechado e secreto.
Para criar um grupo é necessário clicar em Criar grupo,
escolher um nome, adicionar no mínimo 3 amigos, escolher a
classificação de privacidade e clicar em Criar.
Ao postarem fotos, vídeos, eventos, anexos no grupo, todos que foram adicionados a
ele serão notificados.

51
Criando uma página
As páginas no Facebook são utilizadas para divulgar empreendimentos, causas
específicas, entre outros.
Criar uma página é simples e intuitivo. Caso seja um artista, possua talentos em sua
família, ou tenha algum negócio (loja, confecção, prestação de serviços), e queira divulgar, criar
uma página no Facebook, será uma boa opção.

Ao Curtir uma página você ficará por dentro de todas as postagens feitas através dela.
Abaixo alguns exemplos de páginas como opção de estudo.

Dicas diárias de Português Matemática? Absolutamente

Dicas diárias de Inglês Quadrinhos de História

52
Pesquisando páginas
Para encontrar uma página no
Facebook é simples, digite o nome ou parte dele
no campo de pesquisa, em nosso exemplo
digitamos e-Jovem Ceará, clique para ter
acesso a página e para concluir clique em
Curtir.

Bate papo
Podemos conversar com nossos amigos
individualmente ou em grupo através do bate-papo.
Também é possível restringir se estaremos
online para todos ou para um grupo menor de amigos,
para isso é necessário clicar sobre o ícone de
configuração e determinar as restrições conforme sua
preferência.

53
Configurações
Através das Configurações é possível alterar
sua senha, restringir quem poderá ver suas publicações,
ou publicar na sua linha do tempo, também é possível
bloquear pessoas indesejadas, entre outros.
Quando não estiver utilizando sua conta no
Facebook ou estiver em um computador que não seja o
seu, é necessário clicar em Sair, caso contrário sua
conta permanecerá aberta e qualquer pessoa poderá
fazer uso das suas informações.

Netiqueta

Olá!
Você já ouviu falar sobre Netiqueta?
Saberia definir o que ela representa? Porque é
importante conversarmos sobre ela? No
decorrer desta aula você descobrirá que
devemos não só conhecê-la mas guardar
muitas de suas instruções.
Para isso utilizaremos a cartilha
Internet Sem Vacilo, o guia para usar a
internet sem se dar mal produzido pela
UNICEF em parceria com a SaferNet. É
possível fazer o download do guia completo
através do link: http://goo.gl/fSX017.

Todo mundo vai curtir

Para ser aquela pessoa que todo mundo quer ter como amiga ou amigo nas redes
sociais, é preciso saber usar a internet sem vacilo. Confira as dicas deste guia e ganhe curtidas
de toda a galera. Você pode ajudar a transformar a internet em um lugar ainda mais bacana.

Cyberbulling

Todo mundo adora dizer que a zueira não tem limites. Mas tem, sim! A partir do
momento em que começa a ofender e humilhar a outra pessoa, a brincadeira pode ser duramente
punida pela lei! Afinal, piada é bom, mas bullyng não tem graça nenhuma.
E como na web não há fronteiras, uma brincadeira de mal gosto pode se espalhar pela
internet em pouco tempo. Depois, não adianta se esconder, as autoridades conseguem rastrear a
origem da conexão e do conteúdo para chegar aos responsáveis.

54
Lembre-se que ninguém é igual
Saiba Mais
ao outro e o legal é sabermos conviver
com nossas diferenças e
particularidades. Então, não entre nessa Cuidado, o cyberbulling (ofensas e
roubada de zoar sem limites. humilhações nas redes) pode ser associado
a crime de injúria, calúnia, difamação,
E mais: Se ver alguém sofrendo ameaça e falsidade. Mesmo quem tem
cyberbulling, não ponha mais lenha na menos de 18 anos pode responder na justiça
fogueira! Você pode ajudar a quebrar pelos atos infracionais equivalentes.
essa corrente de humilhação.

É vítima ou viu alguém sofrendo cyberbulling?

ü Nunca responda.
ü Mostre o ataque aos pais e/ou responsáveis.
Não tenha vergonha, eles são as pessoas que
mais podem lhe ajudar a sentir-se seguro.

ü Grave todas as mensagens, fotos e vídeos,


inclusive o endereço completo da página e/ou
número de telefone, e-mail ou perfil de onde
vieram as ofensas.
ü Denuncie nas redes sociais e nos sites, todos têm
essa opção. E se precisar de ajuda em tempo
real, entre no www.canaldeajuda.org.br.

Como não ser um cyberchato:

ü Não edite imagens de amigos para ridicuralizá-


los.
ü Não ameace nem invente mentiras sobre alguém.
ü Não repasse vídeos e fotos que ofendam outras
pessoas.

ü Pense bem antes de publicar na web. Se estiver


chateado com alguém, a melhor saída é conversar
com a pessoa.
ü Lembre-se: a internet não esquece! Tudo o que
você publicou pode voltar a circular na escola, na
família e chegar onde você nem imagina.

55
Cuide de sua privacidade

É bacana contarmos um pouco de nossas vidas nas redes, falarmos como ela é
interessante, mostrarmos fotos daquela viagem irada, né? Mas, já parou para pensar se publicar
tantos detalhes do seu cotidiano não pode ser prejudicial para você? Como assim prejudicial?

ü Ora, compartilhar com os amigos é ótimo. O


problema é quando as informações chegam a
quem não tem nada a ver com sua turma. E o
pior, quando são usadas contra você!

ü É, isso pode acontecer. Já ouviu falar de bandidos


que ligam para as famílias simulando sequestro e
dão detalhes da rotina da suposta vítima? Sabe
onde eles conseguem todas as informações? Nas
redes sociais! Esse é só um dos problemas. Suas
fotos também podem ser roubadas e usadas para
algo não tão agradável.

ü Outro assunto importante é o sexting, o


comportamento de imagens e vídeos de nudez.
Ninguém tem controle absoluto das imagens que
compartilha nas redes, imagine se sua intimidade
vai parar em um site não bem intensionado ou é
visto por quem você não quer? Você tem certeza
de que deseja isso?

Vem cá, te conheço?

Posso te add? Quem não gosta de ver aumentar o número de seguidores nas redes
sociais? Melhor ainda se você os conhecer de verdade, concorda? Mas e aquelas pessoas que
querem ser nossas amigas sem nunca terem nos visto no mundo real? O que fazer? Será que
vale a pena aumentar o número de amigos a qualquer preço?

ü Antes de clicar no botão «Aceito», faça o


seguinte: Veja se a pessoa tem amigos em
comum com você e se alguém a conhece
presencialmente.
ü Analise as publicações da pessoa (perfis falsos
não costumam ter posts autorais e boa parte é
composta por vírus).

ü Ok, vamos dizer que você aceitou e essa pessoa


agora quer te conhecer pessoalmente. Ela parece
ser maneira, mas será que é mesmo?

56
Nós precisamos dizer: aceitar pode ser um risco e é
melhor evitar o encontro. O meio digital é utilizado
por muitos criminosos que tentam se aproveitar de
crianças e adolescentes.

Agora que você já aprendeu coisas novas, que tal passar essas informações para seus
amigos e sugerir ações nas redes e na sua escola para conectar mais gente nesta campanha?
Juntos, vocês podem ajudar a melhorar a qualidade dos feeds de notícias e do que encontramos
na internet.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer .
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01
As cruzadas são um ótimo exercício para o cérebro, trabalham a concentração,
desenvolvem raciocínio rápido e habilidade nas respostas, além de enriquecerem o
vocabulário. Responda todos os campos seguindo as dicas disponíveis.

Rede social
criada por Mark Comportamento
Zuckerberg nas redes
sociais
N
E
Bullyng através
das redes sociais T
Permite até
I 140 caracteres
por postagem
Q
U
Símbolo E
para hastag
T
A

02
O twitter é uma rede social muito conhecida e utilizada nos dias de hoje. Utilizada por
pessoas comuns e famosos. Sobre o Twitter responda V para verdadeiro ou F para falso.

( ) É preciso pagar para possuir uma conta no Twitter.


( ) O Twitter permite publicações sem limite de caracteres.
( ) @ e # são símbolos utilizados no Twitter.

57
03
O cyberbulling é uma prática mal vista, porém existem algumas divergências quanto
ao assunto. Marque o item que contenha apenas informações corretas sobre o
cyberbulling.
I. Cyberbulling (ofensas e humilhações nas redes pode ser associado a crime de injúria,
calúnia, difamação, e ameaça). Mesmo quem tem menos de 18 anos pode responder na
justiça pelos atos infracionais equivalentes.
II. O cyberbulling é apenas uma brincadeira e não possui consequências graves.
III. Existe punição. Não adianta se esconder: as autoridades conseguem rastrear a origem
da conexão e do conteúdo para chegar aos responsáveis.

A. I apenas
B. I, II e III
C. III apenas
D. I e III
04
Casos de cyberbulling são frequentes, e muitas vezes as vítimas não sabem como
proceder ou tem uma reação não muito aconselhável. Marque o item que descreve o
correto a se fazer quando se estiver vivenciando esse tipo de situação.

A. Nunca responda. Mostre o ataque a pais e/ou responsávei, reúna todas as provas
como: mensagens, fotos, vídeos, inclusive o endereço completo da página e/ou número
de telefone, e-mail ou perfil de onde vieram as ofensas. Denuncie!
B. Não faça nada, e não fale para ninguém, pois podem fazer algum mal a você.
C. Discuta com o agressor e o ameace.
D. Conte o que está se passando apenas para seus melhores amigos (as).

Pratique

Realize uma pesquisa na internet sobre o Cyberbulling. Enquanto isso seu educador (a)
nomeará alguém da turma para criar um grupo no Facebook, e adicioná-los.
A utilidade deste grupo é para tirar dúvidas, compartilhar conhecimento e manter uma
comunicação mais próxima da turma.
Após adicionados ao grupo, todos deverão interagir uns com os outros. Postem os
principais pontos da pesquisa realizada sobre o cyberbulling, fotos e vídeos que retratem
o assunto.
Se você optou por não criar uma conta no Facebook, não deixe de realizar a pesquisa na
internet, pois ao final da aula seu educador(a) levantará questionamentos e todos deverão
falar um pouco sobre o que mais descobriram durante a pesquisa.

58
CAPÍTULO 05
LibreOffice Writer

Olá, neste capítulo você conhecerá o LibreOffice Writer, que significa


Escritor. O Writer é um editor de texto e possui todas as características necessárias
para formatar um documento de texto, é simples e rápido, com ele você será capaz
de produzir desde uma redação até mesmo apostilas, livros completos, tabelas,
sumários e muito mais.
O LibreOffice Writer é compatível com vários outros softwares de edição de texto como
por exemplo, o Word da Microsoft Windows. Cada software também chamado de programa,
possui uma extensão e elas representam o tipo de programa que estamos utilizando. Por
exemplo: a extensão .odt referencia o Writer, já a extensão .doc o Word e ambos são editores de
texto. Achou confuso? Não se preocupe, com o tempo você irá se acostumar com todas elas.

Acessando o Writer

Você terá acesso ao Writer pela barra de aplicativos na sua área de trabalho, clicando
sobre o ícone Ferramentas de Produtividade e por fim clicando sobre o ícone do Writer. Seu
educador(a) irá lhe orientar nesse e em todos os outros passos contidos nessa apostila.

Conhecendo a Interface

Observe com atenção todas as divisões contidas na interface do editor de texto Writer.
Perceba que há semelhanças com os próximos programas que serão estudados.
barra de título barra de menu barra de ferramentas

barra de formatação
régua
barra de rolagem
cursor do
mouse
área de edição barra lateral

controle do zoom

barra de status barra de desenho

59
Iremos conhecer alguns dos principais ícones da interface do Writer, seu educador(a) irá
lhe orientar durante mais essa descoberta, fique atento.

Barra de Título

A barra de título nos traz informações importantes como por exemplo o nome do
documento e o nome do programa que estamos utilizando. Se você ainda não escolheu um nome
para o documento, o Writer por padrão o batizará de "Sem título 1". Observe na imagem abaixo
que outras informações podemos encontrar na barra de título.
1 2 3
Sem título 1 - LibreOffice Writer

1 Ícone do software utilizado 2 Nome do arquivo e Nome do software utilizado


3 Botões Minimizar, Restaurar/Maximixar
e Fechar

Barra de Menu

Boa parte das ações do Writer estão na barra de menu, nela você encontrará tudo que
for necessário para a boa construção do seu documento.
Por exemplo, para inserir um parágrafo, pressione o Menu Formatar, opção
Parágrafo, Aba Recuos e Espaçamentos, aumente o recuo da Primeira Linha e pressione
OK. Outro exemplo, para Salvar o documento, pressione o Menu Arquivo, opção Salvar,
escolha um local, um nome e pressione o botão Salvar.
Clique sobre os Menus e descubra quanta informação importante eles guardam.
Abordaremos mais sobre Menus em outro momento.
Arquivo Editar Exibir Inserir Formatar Tabela Ferramentas Janela Ajuda

Barra de Formatação

Através da barra de formatação é possível melhorar a aparência do nosso texto, com


cores, formas, marcadores, alinhamentos entre outros.
1 2 3

1 Nome da fonte - Existem vários tipos de fonte, quando for escolher tenha atenção, pois o
tipo de fonte deve estar em harmonia com o assunto do seu documento, se ele for para um
trabalho da escola por exemplo, use fontes mais formais. Veja abaixo alguns exemplos
variados de fonte. Respectivamente, Times New Roman, Arial, TypoUpright BT, Script MT
Bold, Showcard Gothic e Algerian.
e-Jovem e-Jovem e-Jovem e-Jovem e-Jovem E-JOVEM

60
2 Tamanho da fonte - Permite escolher o tamanho da fonte, por padrão o Writer mantém o
tamanho 12.
3 Botões - Negrito, Itálico e Sublinhado.

4 5 6 7 8 9

4 Sombra - Aplica uma sombra


sombra no texto, lembrando que para receber qualquer formatação o
texto deve estar selecionado.
5 Contorno - Aplica contorno no texto selecionado.
6 Cor da fonte - Escolha entre todos os tons de cores.
7 Realçar - Use esse recurso para realçar uma parte do texto.
8 Ativar/Desativar marcadores - Ative e desative os marcadores pelo ícone ou acesse o
Menu Formatar. Veja um exemplo do uso de marcadores.
Ÿ Projeto e-Jovem
Ÿ Secretaria da Educação
9 Ativar/Desativar numeração - Ative e desative a numeração pelo ícone ou acesse o Menu
Formatar. Veja um exemplo do uso da numeração.
1. Hardware com Segurança e Software Livre
2. Manutenção Preventiva e Vírus
3. Pesquisa, E-mail, e Segurança na Internet
4. Mídias Sociais e Netiqueta
10 11 12 13 14

10 Alinhar a esquerda - Alinhe todo o seu texto a esquerda ou parte dele.


11 Alinhar a direita - Alinhe todo o seu texto a direita ou parte dele.
12 Centralizar - Alinhe todo o seu texto no centro ou parte dele.
13 Justificado - Alinha o texto de forma que as margens tenham a mesma proporção. Observe
o exemplo.
Texto justificado, texto justificado, texto Texto sem alinhamento justificado, texto
justificado, texto justificado, texto justificado, alinhamento justificado, texto sem
texto justificado, texto justificado, texto alinhamento justificado, texto sem
justificado, texto justificado, texto justificado, alinhamento justificado, texto sem
texto justificado, texto justificado, texto alinhamento justificado, texto sem
justificado, texto justificado, texto justificado, alinhamento justificado, texto sem
texto justificado, texto justificado. alinhamento justificado.

61
14 Aumentar/Diminuir Recuo - O recuo determina a distância do parágrafo em relação às
margens do texto. Veja um exemplo.
Texto com recuo, texto com recuo, Texto sem recuo, texto sem recuo, texto sem
texto com recuo, texto com recuo, recuo, texto sem recuo, texto sem recuo, texto
texto com recuo, texto com recuo, sem recuo, texto sem recuo, texto sem recuo,
texto com recuo, texto com recuo, texto sem recuo, texto sem recuo.
Texto com recuo, texto com recuo, texto com Texto sem recuo, texto sem recuo, texto sem
recuo, texto com recuo, texto com recuo, recuo, texto sem recuo, texto sem recuo, texto
texto com recuo. sem recuo, texto sem recuo.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que realizar
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01 O editor de texto é uma ferramenta muito útil seja no trabalho, na escola ou até
mesmo em casa, pois com ele podemos formatar os mais diversos tipos de texto. Os
editores mais conhecidos pertencem ao GNU/Linux e a Microsoft. Qual o nome deles
respectivamente?

A. Word e Writer.
B. Linux e Microsoft.
C. Editor de texto e Writer.
D. Writer e Word.

02 Após digitar um texto é importante configurar seu alinhamento, para garantir uma
melhor organização e clareza. Sabendo dessa importância responda quais os
principais tipos de alinhamento?
I. Alinhar a esquerda, centralizado, alinhar a direita e justificado.
II. Alinhamento vertical e horizontal.
III. Alinhar a esquerda, centralizado e alinhar a direita.

A. III apenas.
B. II e III.
C. I apenas.
D. I, II e III.

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.

62
01
Digite o texto abaixo no Libreoffice Writer, salve-o no computador com o nome
“Formatando Texto - Seu Nome“. (Obs.: A formatação deve ser aplicada sempre após
a conclusão da digitação).

Empreendedorismo

“O Empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século 21 mais


do que a revolução industrial foi para o século 20” Timmons, Jefrey A., New Venture
Creation, Irwin, Boston, USA.

De acordo com o dicionário eletrônico Wikipédia, empreendedorismo, cuja origem da


palavra vem do verbo francês “entrepreneur”, que significa aquele que assume riscos
e começa algo de novo, é o movimento de mudança causado pelo empreendedor.
Um empreendedor pode ser definido como uma pessoa que inicia e/ou administra
um negócio organizado para concretizar uma ideia ou um projeto pessoal.

O Perfil do Empreendedor

O Empreendedor pensa não somente em ganhar dinheiro, ser independente ou


realizar um sonho. Assim, se observarmos as pessoas que conseguiram transformar
seus sonhos em realidade encontraremos algumas, senão todas, as características
abaixo:

Busca sempre novas oportunidades


Aprende com seus erros
Sabe fixar metas e alcançá-las
Aprende com os outros
Transforma pensamentos em ações

Os diferentes tipos de Empreendedor

Segundo Dornelas (2007, p. 11), não existe um único tipo de empreendedor ou um


modelo padrão a ser identificado. Várias pesquisas foram desenvolvidas com o
objetivo de encontrar um estereótipo universal, mas é difícil rotular e este fato
demonstra que se tornar empreendedor é um acontecimento que pode acontecer
com qualquer pessoa. Os principais tipos de Empreendedores são:

O Empreendedor Nato
O Empreendedor que Aprende
O Empreendedor Coorporativo
O Empreendedor Social

63
02 Formate o texto conforme o exemplo abaixo. Recursos necessários: alinhamento
justificado, tamanho, cor e tipo de fonte, negrito, itálico, realçar, recuo, marcadores e
parágrafo (salve as alterações).

Empreendedorismo

“O Empreendedorismo é uma revolução silenciosa,


que será para o século 21 mais do que a revolução
industrial foi para o século 20” Timmons, Jefrey A.,
New Venture Creation, Irwin, Boston, USA.

De acordo com o dicionário eletrônico Wikipédia, empreendedorismo, cuja


origem da palavra vem do verbo francês “entrepreneur”, que significa aquele que assume
riscos e começa algo de novo, é o movimento de mudança causado pelo empreendedor.
Um empreendedor pode ser definido como uma pessoa que inicia e/ou administra um
negócio organizado para concretizar uma ideia ou um projeto pessoal.

O Perfil do Empreendedor

O Empreendedor pensa não somente em ganhar dinheiro, ser independente ou


realizar um sonho. Assim, se observarmos as pessoas que conseguiram transformar
seus sonhos em realidade encontraremos algumas, senão todas, as características
abaixo:

Ø Busca sempre novas oportunidades


Ø Aprende com seus erros
Ø Sabe fixar metas e alcançá-las
Ø Aprende com os outros
Ø Transforma pensamentos em ações

Os diferentes tipos de Empreendedor

Segundo Dornelas (2007, p. 11), não existe um único tipo de empreendedor ou


um modelo padrão a ser identificado. Várias pesquisas foram desenvolvidas com o
objetivo de encontrar um estereótipo universal, mas é difícil rotular e este fato demonstra
que se tornar empreendedor é um acontecimento que pode acontecer com qualquer
pessoa. Os principais tipos de Empreendedores são:

1. O Empreendedor Nato
2. O Empreendedor que Aprende
3. O Empreendedor Coorporativo
4. O Empreendedor Social

64
CAPÍTULO 06
LibreOffice Writer

Olá, chegamos ao segundo capítulo de Writer, já aprendemos bastante, mas ainda


temos muito para descobrir. Antes de iniciar um novo capítulo é importante relembrar o que já foi
estudado, faça isso sempre, nas aulas do curso e também nas aulas da sua escola.
Então vamos lá.
No capítulo anterior estudamos a interface do Writer, barra de título, barra de menu,
barra de formatação e exercícios. Agora iremos continuar nossa jornada de estudos, fique atento
a todas as orientações do seu educador(a). Sempre que não compreender peça para explicar
novamente, não guarde dúvidas.

Barra de Ferramentas

A barra de ferramentas é composta por vários ícones. Os ícones podem ser


considerados como atalhos, pois ao fazer uso deles temos acesso imediato as funções que
usamos com mais frequência.
1 2 3 4 5 6 7

1 Novo - Ao clicar sobre o ícone será aberto um novo documento do Writer, mas também é
possível abrir qualquer outro aplicativo que faça parte da família do LibreOffice, clicando
sobre que está ao lado do ícone.
Também é possível abrir um novo documento acessando o Menu Arquivo e escolhendo a
opção Novo ou até mesmo usando o atalho Ctrl + N. Abra um novo documento apenas
quando precisar pois você já está com um novo documento aberto, ao abrir o Writer.
2 Abrir - Permite abrir um documento já existente. Podemos realizar a mesma ação acessando
o Menu Arquivo ou usando o atalho Ctrl + O.
3 Salvar e Salvar Como - Sempre que criamos ou editamos um documento de texto ou outro
qualquer, precisamos salvar esse documento em nosso PC. A dica é não deixar para salvar
no final pois imprevistos acontecem como por exemplo, uma queda de energia e você pode
perder tudo o que fez.
Lembra quando comentamos sobre extensões? Nesse momento o documento ao ser
salvo receberá o nome que você escolher e a sua extensão padrão .odt, mas saiba que é possível
salvá-lo em outros tipos de extensões quando for necessário, como por exemplo .doc, .pdf, entre
outros.
Para salvar um documento é simples, acesse o Menu Arquivo ou faça uso dos atalhos
Ctrl + S para salvar e Ctrl + Shift + S para salvar como. A opção Salvar é utilizada para salvar o
documento pela primeira vez. Já a opção Salvar Como é utilizada quando precisamos fazer
modificações em um documento, salvando-o com outro nome. Assim teremos dois arquivos, o
original (sem modificações) e o modificado (que foi editado).
65
Veja como é simples alterar a extensão de um arquivo, após concluir a edição do seu
documento e escolher a opção salvar, será aberta uma janela onde é possível escolher o local
onde será salvo o documento, o nome do documento e se for necessário a nova extensão. Para
isso basta clicar em Tipo de arquivo, escolher a nova extensão e em seguida clicar no botão
Salvar.

4 PDF - Exportar um arquivo para PDF pode ser muito útil nos casos em que o documento
precisa ser aberto em outro computador que não tenha o mesmo programa no qual o
documento foi criado, ocasionando assim uma quebra na formatação original.
Nesses casos o pdf é indispensável pois ele
mantém intacta a formatação original do
documento.
Para salvar um documento em .pdf é necessário
clicar no ícone ou acessar o Menu Arquivo e
escolher a opção Exportar como PDF.
Após o documento ser exportado ele poderá ser
lido por programas como Adobe Reader por
exemplo. Esse softwares são gratuitos.
Ao escolher a opção Exportar para PDF, será
aberto uma janela, clique no botão exportar e em
seguida escolha onde salvar seu arquivo. Observe
a imagem.

Saiba Mais
Existem variadas formas de seleção, veja algumas delas:
Ÿ Para selecionar todo o texto use o atalho Ctrl + A.
Ÿ Para selecionar uma parte do texto clique com o botão esquerdo do mouse no início e
arraste até o ponto desejado e solte o botão do mouse.
Ÿ Para selecionar um parágrafo inteiro clique 3 vezes de forma rápida sobre qualquer
palavra que esteja no parágrafo.

66
5 Imprimir e Visualizar Impressão - Para imprimir um documento é necessário clicar no ícone
de impressão ou acessar o Menu Arquivo e escolher a opção Imprimir ou ainda usar o
atalho Ctrl + P.
Quando a janela de impressão abrir, você poderá especificar o nome da impressora que irá
utilizar, quantas páginas serão impressas, se a impressão será em cores ou preto e branco,
entre outros.
Mas antes de imprimir é importante visualizar a impressão e reparar possíveis erros, evitando
assim gastos desnecessários de papel e tinta. Para visualizar clique no ícone de Visualização
ou acesse o Menu Arquivo e escolha a opção Visualizar impressão.
6 Recortar - Ao recortar uma palavra, texto, imagem, entre outros, você estará movendo-os
de lugar. Para recortar clique sobre o ícone ou acesse o Menu Editar e escolha a opção
Recortar. Ou ainda use o atalho Ctrl + X. Antes de recortar é necessário selecionar o que
deseja mover de lugar.
7 Copiar e Colar - Copiar é duplicar, ao copiar você garante que o arquivo permanecerá tanto
no lugar de origem quanto no novo lugar escolhido por você. Para copiar clique sobre o ícone
ou acesse o Menu Editar e escolha a opção Copiar. Ou ainda use o atalho Ctrl + C. Para
copiar também é necessário selecionar o que deseja duplicar.
A função colar é usada tanto para o arquivo que você recortou, quanto para o que você
copiou. Para colar clique sobre o ícone ou acesse o Menu Editar e escolha a opção Colar.
Ou ainda use o atalho Ctrl + V.
Sempre que for realizar alguma alteração ou executar uma ação sobre textos, imagens,
gráficos, tabelas entre outros, é necessário selecioná-los. Assim a alteração terá efeito
apenas no item selecionado e não do documento inteiro. Acompanhe abaixo algumas dicas
de seleção.

8 9 10 11 12 13 14 15

67
8 Clonar formatação - Essa função evita que tenhamos que repetir a mesma formatação
repetidas vezes. É simples, selecione o texto já formatado, clique sobre o ícone de "Clonar
formatação" e em seguida selecione o texto que receberá a mesma formatação.
9 Desfazer e Refazer - Os recursos Desfazer e Refazer permitem remover ou repetir uma ou
várias ações durante a digitação e formatação do documento. Também é possível acessá-los
através do Menu Editar. Ou pelos atalhos Ctrl + Z para desfazer e Ctrl + Y para refazer.
10 Localizar e substituir - Essa função permite substituir uma palavra, frase ou texto por outro.
Ela é muito útil quando temos que procurar essas supostas palavras em um texto grande.
Esse recurso também pode ser acessado pelo Menu Editar.
11 Ortografia e Gramática - Após escrever o texto é importante usar o recurso ortografia e
gramática, pois ele lista os possíveis erros contidos no texto que tenham passado
desapercebidos.
12 Tabela - Nos permite inserir uma tabela no documento. Para inserir clique no ícone ou
acesse o Menu Tabela. Ou ainda pelo atalho Ctrl + F12.
13 Figura - Permite inserir imagens salvas no computador para o documento que estamos
criando. Para isso é necessário clicar sobre o ícone ou acessar o Menu Inserir, opção
Figura. Será aberto uma janela onde você deverá localizar a imagem e em seguida clicar em
Abrir. Experimente também clicar com o botão direito do mouse sobre a figura, opção
Formatar Figura e encontrará mais opções de formatação.
Por exemplo, na Aba
Quebra Automática é
possível definir a posição e
o espaçamento da imagem
em relação ao texto.
Outro exemplo, na Aba
Bordas é possível definir
Estilo, Largura e Cor da
Linha. Disposição, Estilo
de Sombra entre outros.
Lembre de posicionar o
mouse sobre os ícones
quando tiver dúvida de sua
função, isso também é
possível para ícones
dentro de janelas.

14 Gráfico - Inseri gráficos ao documento. Esses gráficos podem ser de vários tipos como por
exemplo: barra, coluna, pizza, linha, bolhas, entre outros. Esse recurso também pode ser
acessado pelo Menu Inserir, aba Objeto, opção Gráfico.
15 Quebra de página - Inseri quebra de página da forma correta. Acesse pelo Menu Inserir,
opção Quebra manual ou pelo atalho Ctrl + Enter.
19 20 21 22 23

68
19 Caracteres especiais - Usamos esse recurso quando precisamos de algum formato de letra
que não contém no teclado. Também podemos acessá-lo pelo Menu Inserir.
20 Anotações - Permite inserir anotações no texto de forma que não comprometa sua
formatação, pois a anotação ficará fora da área de edição.
25 Linha - Permite inserir linhas ao documento e formatá-las com cores, estilos, entre outros.

26 Formas simples - Permite inserir ao documento formas simples como: retângulos, círculos,
elipses, cubos entre outros.
27 Mostrar funções de desenho - Esse ícone ativa a barra de ferramentas desenho do editor
de texto Writer.

Barra de Ferramentas Desenho


Podemos acessar a barra de ferramentas desenho também pelo Menu Exibir, Barra de
Ferramentas opção Desenho.
A barra de ferramentas desenho possui várias autoformas que podem auxiliar na
construção do seu texto, deixando-o mais harmônico e explicativo. Para desativar a barra de
desenho é necessário clicar no ícone novamente ou pelo Menu Exibir.
1 3 5 7

2 4 6

1 Selecionar 2 Linha, Linha a mão livre, Curva e Polígono


3 Retângulo, Retângulo arredondado, 4 Formas simples, Formas de símbolos, Setas
Quadrado, Elipse, Círculo, Triângulo cheias, Estrelas, Textos explicativos, e
isósceles e Triângulo retângulo Fluxogramas
5 Textos explicativos e Caixa de texto 6 Galeria do fontwork
7 Pontos e Ativar/Desativar extrusão

Ao utilizar uma autoforma clique sobre a mesma para selecioná-la, e observe que outros
ícones estarão disponíveis para formatação do objeto, logo acima na barra de Formatação. Ao
localizar posicione o mouse sobre os ícones para conhecer a função de cada um.

Barra Lateral

A barra lateral está presente em todos os aplicativos do LibreOffice, sua função


é auxiliar durante as atividades, pois funciona como um atalho porém com mais recursos
disponibilizados ao mesmo tempo. Você pode ativar ou desativar a barra lateral pelo
Menu Exibir, opção Barra lateral.
Ao clicar em algum dos ícones da barra lateral serão abertas as
propriedades do ícone escolhido. Para restaurar a barra é necessário clicar no ícone
novamente.

69
Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01 As cruzadas são um ótimo exercício para o cérebro, trabalham a concentração,
desenvolvem raciocínio rápido e habilidade nas respostas, além de enriquecerem o
vocabulário. Responda todos os campos seguindo as dicas disponíveis.

Função
Atalho para do atalho
Salvar Como Ctrl+X

Função
do atalho
Ctrl+V Extensão
Microsoft
word
Função
do atalho
Ctrl+C
C T R L+ S
Atalho para
Salvar

Extensão Função
LibreOffice do atalho
writer Ctrl+Y
Função
do atalho
Ctrl+Z
Programa Exemplo de um
gratuito que lê tipo de gráfico
arquivos em PDF Função do
atalho Ctrl+P

Função
do atalho
Ctrl+F12

02 Todo documento de texto após concluído precisa ser salvo no computador, ou em


uma mídia removível, ou enviado por e-mail por exemplo, caso contrário se o
computador for desligado podemos perder o texto que criamos. As opções para salvar
um documento são, "Salvar" e "Salvar Como", qual a diferença entre elas,
respectivamente?
I. A opção "Salvar Como" é usada para salvar o documento pela primeira vez. Já a
opção "Salvar" é usada quando precisamos fazer modificação nesse mesmo
documento, após fazermos a modificação escolhemos a opção "Salvar Como" e
batizamos o arquivo com outro nome.

70
II. Usamos a opção "Salvar" para o Writer e "Salvar Como" para o Word.
III. "Salvar" e "Salvar como" tem a mesma função.
IV. A opção "Salvar" é usada para salvar o documento pela primeira vez. Já a opção
"Salvar como" é usada quando precisamos fazer modificação nesse mesmo
documento, criando uma cópia dele e mantendo o original.

A. IV apenas.
B. II e III.
C. I apenas.
D. I, II e III.

03
É muito comum encontrarmos documentos no formato PDF, as pessoas utilizam
esse recurso com bastante frequência. Quais as vantagens de converter arquivos para
esse formato e onde podemos encontrar essa opção?

A. Arquivos em PDF garantem a preservação da formatação, possui softwares leitores


gratuitos, e para exportar basta acessar o "Menu Arquivo" e escolher a opção "Exportar
como PDF".
B. Arquivos em PDF não garantem a preservação da formatação, os softwares leitores
são pagos, e para exportar é necessário fazer um cadastro.
C. Arquivos em PDF garantem a preservação da formatação, possui softwares leitores
gratuitos, e para exportar basta acessar o "Menu Exibir" e escolher a opção "Exportar
como PDF".
D. Arquivos em PDF garantem a preservação da formatação, possui softwares leitores
gratuitos, e para exportar basta acessar o "Menu Inserir" e escolher a opção "Exportar
como PDF".
04 A quebra de página é a forma correta de iniciar um conteúdo na página seguinte. E
por desconhecer esse recurso muitos usam a tecla "Enter" repetidas vezes o que
posteriormente pode comprometer a visualização do documento. Como fazer a quebra
de página da forma correta?

A. Através do atalho Ctrl + Enter ou acessando o Menu Arquivo opção Quebra Manual.
B. Através do atalho Ctrl + A ou acessando o Menu Inserir opção Quebra Manual.
C. Somente através do Menu Arquivo opção Quebra Manual.
D. Através do atalho Ctrl + Enter ou acessando o Menu Inserir opção Quebra Manual.

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.

71
01 Formate o texto conforme o exemplo abaixo. Recursos necessários: alinhamento
justificado, centralizado, tamanho, cor e tipo de fonte, sublinhado, parágrafo, imagem,
estilo e cor da borda. Salve o documento com o nome “Imagens - Seu Nome“.

Ética ambiental

Ética ambiental é um conceito que amplia o conceito de ética, enquanto


forma de agir do homem em seu meio social, pois se refere também à sua maneira de
agir em relação com a natureza como espaço de desenvolvimento da vida. É
considerada necessária, pois a conservação da vida humana faz parte da conservação
da vida de todos os seres. O conceito de ética ambiental relaciona-se, assim, como o
conceito de ética ecocêntrica (de OIKOS, que quer dizer casa em grego). Por esse
conceito, o comportamento do homem deve ser considerado em relação a si mesmo e
em relação a todos os seres vivos.

Por esse conceito, todos os seres são iguais. O homem, apesar de imbuído de
razão, não pode continuar a ver outros seres como inferiores e, portanto, não pode
agir de forma predatória em relação aos mesmos. O homem deixa de ser "dono" da
natureza para voltar a ser parte da natureza. A importância deste conceito está
baseada principalmente na capacidade de notarmos que há um universo bem maior, no
qual os humanos estão inseridos. Temos de entender que somos parte de um todo, do
qual dependemos para que haja continuidade de nossa espécie. Busca-se, com a ética
ambiental, criar-se uma nova concepção, onde o Homem não mais satisfaz apenas
seus desejos imediatos, mas, ao agir, busca atender seus desejos, limitados pelas
necessidades de outros seres vivos, bem como os desejos de gerações futuras.

72
02 Formate o documento conforme o exemplo abaixo. Recursos necessários:
alinhamento justificado, tamanho, cor e tipo de fonte, parágrafo, autoforma retângulo
arredondado, caixa de texto e imagem. Salve o documento com o nome “Autoformas -
Seu Nome.

LINHA DA VIDA
A Linha da Vida é o resgate histórico de cada ser humano, suas raízes, os
acontecimentos mais importantes que marcam a sua trajetória.

Tive
catapora Ganho um
Vou à final do campeonato
praia pela ano de skate na
primeira minha
vez comunidade
Ingresso
Nasci dia Viajo no
03/10/92, para o Ensino
Fortaleza interior, Médio
Sobral

1992 1998 2001 2004 2007

Começo a
Ganho
estudar, 1ª
um
série
cachorro,
o Bell Quebro Faço um
o braço curso de
jogando informática
bola na escola

73
03
Formate o documento conforme o exemplo abaixo. Identifique quais recursos serão
necessários para a formatação. Salve o documento com o nome “Formatação - Seu
Nome.

Proatividade X Reatividade

Ser proativo significa que, ao invés de reagir aos


acontecimentos à medida que eles acontecem você
conscientemente administra seus próprios acontecimentos. A
maioria das pessoas pensa de maneira reativa. E não tem
problema em reagir a certos acontecimentos. Mas isso se
torna um problema quando isso é tudo que há na vida de uma
pessoa nada mais do que reações instintivas a estímulos.

Stephen Covey aponta um lapso entre estímulos e


respostas e é nesse lapso que está o potencial que permite
que escolhamos nossas respostas. Quatro dotes humanos
especiais nos dão esse poder:

AUTOCONSCIÊNCIA AUTOCONHECIMENTO

LIVRE ARBÍTRIO IMAGINAÇÃO CRIATIVA

Passos para desenvolver a Proatividade

ü Valorize o que precisa ser feito, enfatizando a sua importância. Busque o sentido
das coisas que você faz, pois é o significado que motiva as atitudes.

ü Procure se aproximar e conviver com pessoas proativas, pois elas podem motivá-
lo pelo exemplo e ajudá-lo a vencer seus comportamentos ainda reativos.

ü Procure integrar equipes que comemoram e reforçam positivamente cada vitória,


por menores que pareçam.

ü Exercite o autoquestionamento, perguntando-se sempre se a sua resposta a uma


determinada situação foi a mais adequada, ou se seria possível um maior nível de
proatividade diante da questão.

ü Se você errou, nada de remoer culpas e justificativas. Procure verificar o que é


possível fazer para reverter ou minimizar os efeitos do erro.

74
CAPÍTULO 07
LibreOffice Writer

Olá, no capítulo anterior estudamos a barra de ferramentas, barra de desenho, barra


lateral e realizamos exercícios. Neste capítulo estudaremos tabelas e recursos de menus.

Tabelas no Writer

Como informado no capítulo anterior, agora iremos estudar um pouco sobre tabelas. As
tabelas são capazes de passar muita informação usando pouco espaço de forma organizada,
objetiva e clara.
Para adicionar uma tabela ao seu documento, é necessário clicar sobre o ícone ou
acessar o Menu Tabela, opção Inserir Tabela ou usar o atalho Ctrl + F12 como já orientado na
aula anterior.
Ao adicionar uma tabela através do Menu Tabela, será aberta uma janela onde
podemos dizer quantas linhas e quantas colunas iremos precisar.
Linhas e Colunas
Uma tabela é formada por linhas e colunas que formam esses pequenos retângulos que
preenchem a tabela e são chamados de células.
Logo, as linhas são Célula Coluna
formadas por um conjunto de
células na horizontal da tabela e
as colunas por um conjunto de
células na vertical da tabela. Linha
No menu Tabela, opção
Autoformatar existem alguns
modelos de tabelas prontos, você
pode escolher algum, ou criar seu
próprio modelo.

Barra de Ferramentas Tabela


Ao inserir uma tabela, você perceberá que a barra de ferramentas tabela foi aberta, ela
aparecerá próximo ou no mesmo local onde fica a barra de ferramentas desenho. Vamos
conhecê-la.
1 2 3 4 5 6

1 Inseri linhas e colunas 2 Exclui linha, coluna e tabela

75
3 Seleciona linha, coluna e tabela 4 Mesclar e dividir células
5 Otimizar tabela, definir altura da linha, 6 Alinhar em cima, centralizar verticalmente
largura da coluna, distribuir linhas e e alinhar embaixo
colunas uniformemente.

Lembrando que para realizar qualquer ação é necessário selecionar as linhas e colunas
ou células que deseja formatar.
Também é possível
acessar alguns desses
recursos clicando com o botão
direito do mouse sobre a linha
ou coluna que deseja formatar.
Observe o exemplo na imagem
ao lado.
Recursos presentes
também no Menu Tabela.

7 8 9 10 11 12

7 Cor do plano de fundo 8 Autoformatar


9 Borda, estilo da borda e cor 10 Moeda, porcentagem, decimal
11 Soma, fórmula 12 Propriedades da tabela

Propriedades da tabela

Para acessar as
propriedades da tabela
clique no ícone presente na
barra de ferramentas da
tabela ou através do Menu
Tabela.
Será aberto uma
janela com várias opções de
formatação mais completas,
como por exemplo, texto,
colunas, bordas, plano de
fundo entre outras.
No exemplo ao
lado a aba Borda está
selecionada.

76
Recursos dos Menus

Como combinado na aula


passada, iremos abordar um pouco
sobre os Menus. Ao clicar nos Menus
você deve ter percebido a quantidade
de informação que existe em cada aba.
Existem alguns recursos que são
usados com mais frequência, vamos
conhecê-los.
Menu Exibir
Através do Menu Exibir,
opção Barra de ferramentas é
possível determinar quais ícones
estarão visíveis. Até mesmo se a barra
lateral ficar ativa ou não. Para isso é
necessário clicar sobre a opção
desejada para exibi-la ou ocultá-la.
Observe o exemplo na imagem ao
lado.

Menu Inserir
Através do Menu Inserir podemos adicionar Cabeçalho e Rodapé ao nosso
documento de texto como mostra a primeira imagem do exemplo. Após inserir é possível
formatá-los acessando o Menu Ferramentas, opção Página e em seguida será aberto uma
janela semelhante ao da segunda imagem do exemplo.
Cabeçalhos aparecem na margem superior e o rodapé na margem inferior das páginas,
nele podemos adicionar textos ou imagens. É muito comum encontrá-los em documentos
profissionais como por exemplo, ofícios, memorandos, declarações entre outros, também muito
presente em apostilas, livros, onde o cabeçalho pode simbolizar o tema ou capítulo do livro e o
rodapé os números das páginas por exemplo.

77
Menu Formatar
Através do Menu Formatar, opção Caractere podemos fazer vários ajustes no nosso
texto como por exemplo, fonte, efeito da fonte, posição, bordas, entre outros.

Ainda no Menu
Formatar, opção Colunas
podemos inserir colunas
ao documento, determinar
quantidade, cor, largura,
espaçamento, entre
outros.
É possível inserir
colunas ao documento
inteiro ou apenas em um
determinado trecho.
Para isso é
necessário selecionar o
trecho escolhido para
receber a formatação de
colunas. Observe o
exemplo ao lado.
Por fim, Menu Formatar, opção Dispor, um recurso usado para determinar que objeto

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que realizar
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).

78
01 Sobre Cabeçalhos e Rodapés, quais afirmações abaixo estão corretas?

I. Usados para documentos profissionais, o cabeçalho compreende a parte superior do


documento e o rodapé a parte inferior.
II. É possível acessá-los também pelo Menu Arquivo.
III. O cabeçalho pode simbolizar o tema ou capítulo de um livro, e o rodapé os números
das páginas por exemplo.

A. I apenas.
B. I e II.
C. I e III.
D. III apenas.

02 Sobre Colunas, quais afirmações abaixo estão incorretas?


I. No Libreoffice Writer não existe o recurso "colunas".
II. Ao formatar colunas é possível determinar a quantidade, o espaçamento entre as
colunas, cor da linha separadora entre outros.
III. É possivel acessar esse recurso através do atalho Ctrl + A.

A. II apenas.
B. I apenas.
C. I e III.
D. II e III.

03 As cruzadas são um ótimo exercício para o cérebro, trabalham a concentração,


desenvolvem raciocínio rápido e habilidade nas respostas, além de enriquecerem o
vocabulário. Responda todos os campos seguindo as dicas disponíveis.

Exemplo de tipo Menu para acessar as


de alinhamento Propriedades da Tabela
F C T
Menu para acessar
Cabeçalho e Rodapé O

R
M

A Exemplo de um
tipo de fonte
Menu para R
acessar Marcadores
e Numeração

79
Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.

01
Formate o documento conforme o exemplo abaixo. Identifique quais recursos serão
necessários para a formatação. Salve o documento com o nome “Tabela - Seu Nome“.

Como me tornar um Empreendedor

Empreendedorismo é uma prática, é a criação, é a inovação e a consequente


transformação da realidade. São atitudes e ideias para desenvolver novas maneiras de
fazer as coisas. É a busca da realização de um sonho, de um projeto de vida. É perceber
uma oportunidade quando os outros enxergam o caos.

O comportamento empreendedor tem sido alvo de pesquisas sistemáticas que,


essencialmente, têm resultado em um conjunto de características que, de maneira
sintética, estão apresentadas na tabela abaixo:

Busca de Ter a capacidade de criar novas oportunidades de negócios,


Oportunidades e desenvolver novos produtos e serviços, propor soluções
Iniciativa inovadoras.
Enfrentar os obstáculos decididamente, buscando
Persistência ininterruptamente o sucesso, mantendo ou mudando as
estratégias, de acordo com as situações.
Fazer sacrifícios pessoais, despender esforços extras para
completar uma tarefa, colaborar com os subordinados e, até
Comprometimento
mesmo, assumir o lugar deles para terminar um trabalho e
esmerar-se para manter os clientes satisfeitos.

Interessar-se, pessoalmente, por obter informações sobre


clientes, fornecedores ou concorrentes; investigar,
Busca de
pessoalmente, como fabricar um produto ou prestar um
Informações
serviço; consultar especialistas para obter assessoria
técnica ou comercial.
Assumir metas e objetivos que representem desafios e
Estabelecimento tenham significado pessoal; definir com clareza, objetividade
de Metas de forma específica e mensurável as metas de curto
prazo e longo prazo.

Buscar autonomia, manter seus pontos de vista, mesmo


Independência e diante da oposição ou de resultados desanimadores;
Autoconfiança expressar confiança na sua própria capacidade de
complementar tarefa difícil ou de enfrentar desafios.

80
02
Formate o documento conforme o exemplo abaixo. Identifique quais recursos
serão necessários para a formatação. Salve o documento com o nome “Cabeçalho e
Rodapé - Seu Nome“.

FTAD - Fort Treinamentos Amaro Dias

CURSOS FTAD (Pré-Inscrição)

DADOS SOBRE O CURSO


Instituição: Fort Treinamentos Amaro Dias
Nome do Curso:
Turno: ( ) Manhã ( ) Tarde ( ) Noite

DADOS PESSOAIS
Nome Completo:
Sexo: ( ) Masculino ( ) Feminino D/N: ___/___/___
RG: Orgão de Expedição: CPF:

DADOS PARA CONTATO


Endereço: Número:
Complemento: Bairro:
CEP: Município: UF:
Telefone 1: Telefone 2: Telefone 3:
E-mail:

Atesto que as informações acima são verídicas e de minha inteira responsabilidade.

_______________________________, _______ de ___________________ de 2018

___________________________________________
Assinatura

FTAD - Fort Treinamentos Amaro Dias


Av. Cloves José Dantas, S/N – Campos Jerei – 61900.345 – Fortaleza/CE
www.efad.com.br

81
03
Formate o documento conforme o exemplo abaixo. Identifique quais recursos serão
necessários para a formatação. Salve o documento com o nome “Colunas - Seu
Nome“.

Empregabilidade

Empregabilidade é a aquisição de um conjunto de habilidades


e competências necessárias para ser desejado pelo mercado de
trabalho. Desenvolver habilidades de EMPREGABILIDADE é ter
ampliado as possibilidades para a inserção e permanência no mundo
do trabalho.

Como manter-se sempre


com um bom nível de Empregabilidade?

Estudar, fazer um curso superior, Precisamos "entender do


pegar o diploma, arrumar um bom negócio", isto é, conhecer todos os
emprego, trabalhar por algumas décadas, aspectos relacionados com o ramo da
se aposentar e curtir a vida. Esqueça tudo empresa onde trabalhamos, senão como
isso, este era o cenário para o trabalhador poderemos aplicar nossos
de antigamente. Muitas coisas mudaram conhecimentos em benefício da empresa,
e continuam em evolução. ou em outras palavras: gerar resultados.

O diploma de um curso superior Estas são algumas das


já foi garantia de emprego, até meados da Competências e Habilidades que fazem
década de 70; hoje não é mais. Pensar parte do acervo de um profissional com
que após o término da faculdade você um alto nível de Empregabilidade.
estará "livre" do estudo é simplesmente
decretar a morte da sua carreira Ø Comunicação;
profissional. Hoje precisamos estar Ø Postura profissional;
sempre estudando, sempre nos Ø Apresentação Pessoal;
atualizando. Ø Liderança;
Ø Criatividade;
Estamos vivendo a "era da Ø Proatividade;
informação, da velocidade e da Ø Tr a b a l h o e m E q u i p e e r e l a ç ã o
orientação para resultados". Muitas interpessoal;
vezes, ficamos atônitos com a rapidez Ø Empreendedorismo e Administração
com que as mudanças acontecem. Já não de empreendimentos;
basta mais sermos especialistas em uma Ø Escrita Profissional;
única área: Engenharia, Administração, Ø Entre outras temáticas transversais.
Economia, Direito, etc.

82
CAPÍTULO 08
LibreOffice Impress

Olá, iremos conhecer o LibreOffice Impress, um editor de apresentação de


slides, no qual é possível criar apresentações profissionais, escolares, entre outros.
Logo, você poderá usá-lo para fazer as apresentações dos trabalhos da escola.
Isso mesmo, quando sua turma tiver que apresentar algum trabalho, fale com seu
professor(a), ele(a) pode aprovar a ideia e lhe ajudar com os materiais necessários
como por exemplo o projetor de multimídia, também conhecido como data show.
Com ele será possível apresentar o trabalho para a turma inteira. Você só saberá se vai dar certo,
se tentar! Mas antes disso vamos aprender a manusear essa ferramenta fantástica, capaz de
transformar uma apresentação convencional em uma apresentação dinâmica e mais atrativa.
O LibreOffice Impress é compatível com vários outros softwares de apresentação como
o Power Point da Microsoft Windows por exemplo. Suas extensões respectivamente são: .odp e
.ppt. Ambos são editores de apresentação.

Acessando o Impress
Você terá acesso ao Impress pela barra de aplicativos na sua área de trabalho, clicando
sobre o ícone Ferramentas de Produtividade e por fim, clicando sobre o ícone do Impress. Seu
educador(a) irá lhe orientar nesse e em todos os outros passos contidos nessa apostila.

Conhecendo a Interface
Observe com atenção todas as divisões contidas na interface do editor de apresentação
Impress e perceba as semelhanças em relação aos outros softwares estudados.
barra de título barra de menu barra de ferramentas

modos de exibição

Slide
barra de rolagem
vertical

barra lateral
barra de barra de rolagem
desenho horizontal barra de status controle do zoom

83
Barra de Ferramentas

Assim como foi visto no Calc, abordaremos no Impress apenas os ícones ainda não
estudados e os que precisam ser detalhados. Mas se a dúvida surgir, volte no conteúdo e faça
uma revisão. Criar o hábito de fazer revisões pois contribui muito para o aprendizado.
1 2 3 4 5 6 7

1 Grade - Sua função é nos auxiliar no 2 Iniciar no primeiro slide - Inicia a


posicionamento das imagens e textos. apresentação do início, atalho F5.
3 Iniciar do slide atual - Inicia a 4 Slide - Inseri um novo slide a apresentação.
apresentação do slide que estiver
selecionado no momento. Atalho Shift + F5. 6 Excluir slide - Exclui o slide selecionado.
5 Duplicar slide - Inseri uma cópia idêntica
do slide selecionado.
7 Layout de slide - Escolha o próximo layout
do seu slide.

Iniciando uma apresentação

Veja como é simples criar uma apresentação de slides. Primeiro devemos escolher o
assunto da nossa apresentação, rabiscar em um papel ou editor de texto os pontos que iremos
abordar e então colocar a mão na massa.

Páginas Mestre

As páginas mestres são opcionais, elas servem


como plano de fundo da apresentação. Se preferir utilizar
algum, é necessário clicar sobre o slide mestre para ele ser
adicionado aos slides da sua apresentação.
Tenha atenção com o contraste das cores do fundo
e as do texto e escolha um slide mestre adequado para o
assunto da apresentação.

84
Plano de fundo

Além das páginas mestres também podemos inserir outros planos de fundo a nossa
apresentação, como por exemplo: cor, gradiente, hachura e bitmap.
Também podemos escolher se eles serão adicionados a todos os slides da nossa
apresentação ou apenas no slide selecionado.
Para acessá-los é necessário acessar o Menu Formatar, opção Página, aba Plano
de fundo. Observe alguns exemplos.

Layout
Os layouts determinam a forma como o conteúdo
será inserido. Existem vários modelos, escolha um ou
adapte a caixa de texto de acordo com a necessidade da sua
apresentação. Deixe sua criatividade lhe guiar.

1 Atalhos para inserir tabela, gráfico, imagem e vídeo.

Você e sua turma já devem estar se preparando para a elaboração do Projeto


Social da disciplina de PTPS (Preparação para o Trabalho e Prática Social) onde será
necessário criar uma apresentação do projeto escolhido.
Essa será uma ótima oportunidade para colocar em prática o conteúdo estudado
sobre Impress, então tenha bastante atenção para assimilar o conteúdo e caprichar na sua
apresentação!

85
Inserindo imagem

Observe que no primeiro slide da


nossa apresentação, utilizamos uma imagem.
Esse recurso pode ser utilizado por você, tendo
cuidado em adaptar para o público alvo da sua
apresentação.
A imagem foi salva de um banco de
imagens gratuítas de um site da internet.
Sempre que for usar alguma imagem da
internet certifique-se se ela não possui direitos
autorais.
Para inserir uma imagem é simples, acesse o Menu Formatar, opção Figura, ou clique
no ícone presente na barra de ferramentas. Será aberta uma janela onde você deverá localizar a
imagem salva no computador e clicar em OK. Em seguida faça o redimensionamento da imagem
se for necessário, clicando e arrastando os pontos que aparecem ao redor da imagem quando
selecionada. Observe também que o texto possui fontes diferentes e uma espécie de faixa
retangular transparente atrás. A faixa foi criada utilizando o retângulo presente na barra de
ferramentas desenho, e em suas propriedades alteramos cor e transparência.

Inserindo Marcadores

Ao realizar apresentações devemos


citar o nome das pessoas envolvidas.
No exemplo, separamos os nomes
usando Marcadores. Para inserir acesse o
Menu Formatar, opção Marcadores e
Numeração, escolha o que mais lhe agradar e
clique em ok.

Inserindo texto

Agradecer as pessoas que


contribuíram para a realização de um trabalho é
muito importante.
Ao citar, além do nome, especifique
também qual formação ou cargo a pessoa
exerce.

86
Quando inserir os textos na sua
apresentação, procure inserí-los de forma
resumida e objetiva, textos muito longos
costumam ser ignorados por quem está
assistindo a apresentação.
O tamanho da fonte também é
importante, elas não devem ser muito
pequenas, nem grandes demais, procure
manter a harmonia. Para inserir é necessário
clicar sobre as caixas de texto disponíveis no
slide, você também poderá inserir caixas de
texto a mais se necessário, pelo atalho F2.

É possível ter no mesmo slide, texto,


imagem, tabela entre outros.
As três imagens foram inseridas da
mesma forma do primeiro slide.
Mas há uma diferença, nelas foi
utilizado o recurso Linha, com Estilo
Contínuo, na Cor azul e Largura 10.

Inserindo tabela

Inserir tabelas é muito simples,


acesse o Menu Inserir, opção Tabela, ou pelo
ícone na barra de ferramentas.
Existem modelos de tabelas prontos,
formatados com cores e espessuras, para
utilizar um desses modelos é necessário clicar
sobre o modelo escolhido.

Inserindo hiperlink

Inserir links na apresentação pode ser útil, assim as pessoas terão como se aprofundar
mais no assunto ou receber dicas através dos links disponibilizados.
Um hiperlink pode ser adicionado a partir de uma imagem, forma, imagem, fontwork,
entre outros. Para inserir é necessário acessar o Menu Inserir, opção Hiperlink, digitar o
endereço Web no campo Destino e pressionar OK.

87
Para inserir selecione a imagem ou
texto que terá o link, acesse o Menu Inserir,
opção Hiperlink ou pelo ícone na barra de
ferramentas ou ainda pelo atalho Ctrl + k.
Será aberta uma janela onde você
deverá colar ou digitar no campo Destino o
endereço da página web que deseja que as
pessoas tenham acesso, em seguida clique em
Aplicar e OK.

Sempre que você realizar qualquer


pesquisa na internet e sentir a necessidade de
usar algo feito por outra pessoa, não esqueça
de citar a fonte da sua pesquisa, ou seja, em
que material você se baseou para produzir seu
trabalho.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que realizar
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01 Ao concluir nossa apresentação, podemos iniciá-la utilizando o auxilio dos atalhos.
Respectivamente quais os atalhos para iniciar a apresentação do início e para iniciar a
partir do slide atual?

A. Shift + F5 e F5.
B. F5 para as duas formas.
C. F5 e Shift + F5.
D. F5 e F6.
02 As páginas mestre servem para ilustrar nossa apresentação, além delas também é
possível adicionar planos de fundo. Quais opções de plano de fundo temos disponíveis
no Impress.

A. Transparência, cor, bitmap e gradiente.


B. Cor, gradiente, preenchimento, e bitmap.
C. Radial, cônico, transparência e gradiente.
D. Cor, gradiente, hachuras, e bitmap.

88
03 As imagens são muito bem vindas nas apresentações, ajudam a compor a
informação e enriquecem o layout. Sobre as imagens marque V (verdadeiro) ou F
(falso).
( ) Para inserir imagens aos slides é necessário acessar o Menu Inserir, opção Figura
ou pelo ícone presente na barra de formatação.
( ) É possível corta uma imagem clicando com o botão direto sobre ela e escolhendo a
opção Aparar.
( ) Para inserir imagens aos slides é necessário acessar o Menu Formatar, opção
Figura ou pelo ícone presente na barra de formatação.

A. V, V, F
B. F, V, V
C. V, F, V
D. F, V, F

04 As vezes é necessário adicionar hiperlinks a nossa apresentação, ele pode ser


inserido a partir de uma imagem, forma, imagem, fontwork, entre outros. Marque a
opção que contém a forma correta para adicionar um hiperlink a apresentação.

A. Acesse o Menu Inserir, opção Hiperlink ou pelo atalho Ctrl + k.


B. Acesse o Menu Arquivo, opção Hiperlink ou pelo atalho Ctrl + k.
C. Acesse o Menu Inserir, opção Hiperlink ou pelo atalho Ctrl + H.
D. Acesse o Menu Adicionar, opção Hiperlink ou pelo atalho Ctrl + H.

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.
01
Elabore uma Apresentação seguindo as orientações abaixo:
1. Escolha um tema entre:
§ Empreendedorismo;
§ Mercado de Trabalho;
§ Desenvolvendo a Proatividade;
§ Postura Socioprofissional.
2. A apresentação deverá conter no mínimo 5 slides, no máximo 8.
3. Adicione no mínimo 2 imagens e 1 tabela.
4. Salve a Apresentação com o Tema Escolhido - Seu Nome. Se necessário realize
uma pesquisa na internet sobre o tema escolhido.

89
CAPÍTULO 09
LibreOffice Impress

Olá, gostou de conhecer o apresentador de slides Impress do LibreOffice? Está


percebendo como é divertido conhecer algo novo? Mas não é só isso, ainda temos muito para
conhecer. Antes de continuar vamos relembrar o que foi estudado na aula anterior.
Conhecemos a interface do Impress, as páginas mestre, planos de fundo, layout.
Trabalhamos com imagens, marcadores, tabelas, hiperlinks e muito mais. Vale a pena lembrar
que, sempre que surgirem dúvidas, revise o conteúdo da apostila ou peça orientação ao seu
educador(a). Vamos em frente!

Transições

Transição é um recurso opcional do Impress, são efeitos que podem ser adicionados
aos slides da sua apresentação e visualizados quando passamos de um slide para outro. Os
tipos de transição são vários, você escolhe o que mais lhe agrada e insere na apresentação. É
possível medir a velocidade da transição entre: lenta, média e rápida.
Também é possível adicionar sons aos slides,
o Impress possui diversas amostras de sons para você
escolher. Você também pode optar por clicar com o
botão esquerdo do mouse para exibir o próximo slide, e
ainda determinar um intervalo de tempo entre um e
outro, para serem exibidos automaticamente.
Você pode inserir uma transição para cada
slide ou definir uma padrão para todos. Para isso é
necessário, após escolher a transição, clicar sobre o
botão Aplicar transição a todos os slides. Então
aparecerá um pequeno losango do lado esquerdo do
seu slide, indicando que a transição foi aplicada.

90
Animação Personalizada

Animação personalizada também é um recurso opcional do Impress. As animações


como o nome já sugere, inserem movimento ao elemento selecionado. Podemos inserir
animação em textos, imagens, tabelas entre outros. Para cada elemento presente no slide é
possível inserir animação ou seja, o texto e a imagem podem conter cada um uma animação
diferente.
Para inserir é necessário selecionar o
elemento primeiro, em seguida observe que o botão
Adicionar efeito será ativado.
Clique sobre o botão e será aberta uma
janela com diversos efeitos, entre eles: Entrada,
Ênfase, Sair e Caminhos de Movimento. Escolha o
que mais lhe agradar e mais abaixo configure a
animação: Iniciar, Direção e Velocidade.
Ao lado do botão Adicionar efeito, temos o
de Remover efeito, Modificar, Visualizar entre
outros. Você perceberá um pequeno asterisco ao lado
esquerdo do slide, indicando que a animação foi
aplicada.

Você pode ativar a janela de Animação clicando sobre o ícone presente na barra lateral
ou pelo Menu Apresentação de Slides, opção Animação Personalizada.

Inserindo Áudio e Vídeo

Quando houver necessidade você poderá inserir um vídeo ou áudio na sua


apresentação. É muito simples, para adicionar acesse o Menu Inserir, aba Multimídia, opção
Áudio ou Vídeo.
Será aberta uma janela onde você deverá localizar as mídias salvas no computador, em
seguida clicar em Abrir.

91
Áudio Vídeo
Ao clicar sobre o áudio ou vídeo inserido na sua apresentação, será ativada a barra de
áudio e vídeo, localizada acima da barra de desenho. Através dela é possível pressionar os
botões: play, pause, parar,
avançar, mudo, entre outros.

Modos de Exibição

Os modos de exibição são muito


úteis principalmente quando se precisa
imprimir uma apresentação. Imprimir em
Modo Folheto por exemplo, é bem mais
econômico do que imprimir em Modo normal.
Você poderá determinar no momento
em que estiver com a janela de impressão
ativa, as opções de impressão.
Modo normal
O modo normal é a forma padrão, é
onde você digita sua apresentação.
O modo estrutura de tópicos
mostra o conteúdo da sua apresentação de
forma organizada por tópicos, o que permite
que você tenha uma visão detalhada e possa
editar se for necessário.
No modo folheto você visualiza
vários dos slides da sua apresentação em
uma mesma página. Ao imprimir nesse
formato, você poderá determinar a quantidade Modo estrutura de tópicos
de folhetos que deseja por página. Logo, você
estará economizando papel e tinta.
O modo notas permite que você
adicione anotações aos slides individualmente
a fim de que depois você possa consultá-los,
ou até mesmo para esclarecimento de quem
irá ler sua apresentação.

Modo folheto
92
Por fim o modo classificador de slides mostra o conteúdo da sua apresentação em
miniaturas, o que pode facilitar sua visualização pois permite modificar as sequências se
necessário. Também podemos acessar os modos de exibição através do Menu Exibir.

Modo notas Modo classificador de slide

Guia Rápido

Iremos revisar alguns pontos que são comuns entre os três softwares estudados, Writer,
Calc e Impress. Encontramos alguns desses pontos também em outros softwares como por
exemplo: navegadores, sites de pesquisa, mídias sociais, entre outros. São eles:

© Novo - Ao clicar sobre o ícone será aberto um novo documento. Também é possível abrir
um novo documento acessando o Menu Arquivo e escolhendo a opção Novo. Ou até
mesmo usando o atalho Ctrl + N.
© Abrir - Permite abrir um documento já existente. Podemos realizar a mesma ação
acessando o Menu Arquivo ou usando o atalho Ctrl + O.
© Salvar e Salvar Como - Sempre que criamos ou editamos um documento de texto ou
outro qualquer, precisamos salvar esse documento em nosso PC. Para salvar um
documento é simples, acesse o Menu Arquivo ou faça uso dos atalhos Ctrl + S para
salvar e Ctrl + Shift + S para salvar como.
A dica é não deixar para salvar no final pois imprevistos acontecem como por exemplo,
uma queda de energia e você pode perder tudo o que fez.
A opção Salvar é usada para salvar o documento pela primeira vez. Já a opção Salvar
Como é usada quando precisamos fazer modificações em um documento, salvando-o
com outro nome. Assim teremos dois arquivos, o original (sem modificações) e o
modificado (que foi editado).
© PDF - Para salvar um documento em .pdf é necessário clicar no ícone ou acessar o Menu
Arquivo e escolher a opção Exportar para PDF. Após o documento ser exportado ele
poderá ser lido por programas como Adobe Reader por exemplo. Esse softwares são
gratuitos.
Ao escolher a opção Exportar para PDF, será aberto uma janela, clique no botão exportar
e em seguida escolha onde salvar seu arquivo.
© Imprimir e Visualizar Impressão - Para imprimir um documento é necessário clicar no
ícone de impressão ou acessar o Menu Arquivo e escolher a opção Imprimir ou ainda
usar o atalho Ctrl + P.

93
Quando a janela de impressão abrir, você poderá especificar o nome da impressora que
irá utilizar, quantas páginas serão impressas, se a impressão será em cores ou preto e
branco, entre outros.
Mas antes de imprimir é importante visualizar a impressão e reparar possíveis erros,
evitando assim gastos desnecessários de papel e tinta. Para visualizar clique no ícone de
Visualização ou acesse o Menu Arquivo e escolha a opção Visualizar impressão.
© Recortar - Ao recortar uma palavra, texto, imagem, entre outros, você estará movendo-
os de lugar. Para recortar clique sobre o ícone ou acesse o Menu Editar e escolha a
opção Recortar. Ou ainda use o atalho Ctrl + X. Antes de recortar é necessário
selecionar o que deseja mover de lugar.
© Copiar e Colar - Copiar é duplicar, ao copiar você garante que o arquivo permanecerá
tanto no lugar de origem quanto no novo lugar escolhido por você. Para copiar clique
sobre o ícone ou acesse o Menu Editar e escolha a opção Copiar. Ou ainda use o atalho
Ctrl + C. Para copiar também é necessário selecionar o que deseja duplicar.
A função colar é usada tanto para o arquivo que você recortou, quanto para o que você
copiou. Para colar clique sobre o ícone ou acesse o Menu Editar e escolha a opção
Colar. Ou ainda use o atalho Ctrl + V.
© Seleção - Existem variadas formas de seleção, veja algumas delas: Para selecionar todo
o texto use o atalho Ctrl + A. Para selecionar uma parte do texto clique com o botão
esquerdo do mouse no início e arraste até o ponto desejado e solte o botão do mouse. Já
para selecionar um parágrafo inteiro clique 3 vezes de forma rápida sobre qualquer
palavra que esteja no parágrafo.
Sempre que for realizar alguma alteração ou executar uma ação sobre textos, imagens,
gráficos, tabelas entre outros, é necessário selecioná-los. Assim a alteração terá efeito
apenas no item selecionado e não do documento inteiro. Acompanhe abaixo algumas
dicas de seleção.
© Clonar formatação - Essa função evita que tenhamos que repetir a mesma formatação
repetidas vezes. É simples, selecione o texto já formatado, clique sobre o ícone de
"Clonar formatação" e em seguida selecione o texto que receberá a mesma formatação.
© Desfazer e Refazer - Os recursos Desfazer e Refazer permitem remover ou repetir uma
ou várias ações durante a digitação e formatação do documento. Também é possível
acessá-los através do Menu Editar. Ou utilizar ainda os atalhos Ctrl + Z para desfazer e
Ctrl + Y para refazer.
© Localizar e substituir - Essa função permite substituir uma palavra, frase ou texto por
outro. Ela é muito útil quando temos que procurar essas supostas palavras em um texto
grande. Esse recurso também pode ser acessado pelo Menu Editar.
© Ortografia e Gramática - Após escrever o texto é importante usar o recurso ortografia e
gramática, pois ele lista os possíveis erros contidos no texto que tenham passado
desapercebidos.
© Tabela - Nos permite inserir uma tabela no documento. Para inserir clique no ícone ou
acesse o Menu Tabela. Ou ainda pelo atalho Ctrl + F12.
© Figura - Permite inserir imagens salvas no computador para o documento que estamos
criando. Para isso é necessário clicar sobre o ícone ou acessar o Menu Inserir, opção
Figura. Será aberto uma janela onde você deverá localizar a imagem e em seguida clicar
em abrir.
© Gráfico - Inseri gráficos ao documento. Esses gráficos podem ser de vários tipos como
por exemplo: barra, coluna, pizza, linha, bolhas, entre outros.
94
© Quebra de página - Inseri quebra de página da forma correta. Acesse pelo Menu Inserir,
opção Quebra manual ou pelo atalho Ctrl + Enter.
© Caracteres especiais - Usamos esse recurso quando precisamos de algum formato de
letra que não contém no teclado. Também podemos acessá-lo pelo Menu Inserir.
© Anotações - Permite inserir anotações no texto de forma que não comprometa sua
formatação, pois a anotação ficará fora da área de edição.
© Linha - Permite inserir linhas ao documento e formatá-las com cores, estilos, entre
outros.
© Formas simples - Permite inserir ao documento formas simples como: retângulos,
círculos, elipses, cubos entre outros.
© Mostrar funções de desenho - Esse ícone ativa a barra de ferramentas desenho do editor
de texto Writer.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que realizar
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).

01 As transições são efeitos que adicionamos aos slides da nossa apresentação. Ela
possui diversos tipos de efeitos onde podemos medir velocidade, determinar tempo,
entre outros. Onde encontramos esse recurso no Impress?

A. Menu Apresentação de slides, opção Transição ou pelo atalho Ctrl + T.


B. Menu Apresentação de slides, opção Transição ou pelo atalho Ctrl + Shift + T.
C. Menu Apresentação de slides, opção Transição de slides ou pelo ícone na barra de
ferramentas.
D. Menu Inseir, opção Transição ou pelo ícone na barra de ferramentas.

02 Inserir áudio e vídeo a nossa apresentação pode ser muito útil, por exemplo em uma
apresentação sobre desmatamento, mostrar através do vídeo uma reportagem sobre o
assunto. No Impress onde encontramos esses recursos?

A. Menu Inserir, aba Multimídia, opção Áudio ou vídeo.


B. Menu Exibir, aba Multimídia, opção Áudio ou vídeo.
C. Menu Formatar, aba Multimídia, opção Áudio ou vídeo.
D. Menu Arquivo, aba Multimídia, opção Áudio ou vídeo.

03 Os modos de exibição são importantes principalmente na hora de imprimir uma


apresentação, por possuir opções que podem gerar economia dos materiais como,
papel e tinta. Marque a opção abaixo que contém todos os modos de exibição do
Impress.

95
A. Básico, estrutura de tópicos, folheto, notas e classificador de slides.
B. Normal, estrutura de tópicos, folheto, notas e classificador de slides.
C. Normal, estrutura de tópicos, folheto, notas e classificador de apresentações.
D. Normal, estrutura de tópicos, imprimir, notas e classificador de slides.

04 As animações são um bom entretenimento para ser adicionado as apresentações,


porém devem ser utilizadas com moderação. Sobre animações, quais afirmações a
seguir são verdadeiras?
I - Podemos adicionar animações em textos, imagens, tabelas, entre outros.
II - Podemos adicionar animações apenas em textos e imagens.
III - Podemos encontrar esse recurso através do Menu Apresentação de Slides, opção
Animação Personalizada.
A. III apenas.
B. Todas as alternativas estão corretas.
C. I e III.
D. I apenas.

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.
01
Elabore uma Apresentação seguindo as orientações abaixo:
1. Tema: Ética Socioprofissional.
2. A apresentação deverá conter no mínimo 5 slides, no máximo 8.
3. Adicione no mínimo 3 imagens.
4. Adicione no mínimo 1 tabela.
5. Salve a Apresentação com o Tema Escolhido - Seu Nome.

02
Elabore uma Apresentação seguindo as orientações abaixo:
1. Tema: Livre.
2. A apresentação deverá conter no mínimo 8 slides, no máximo 10.
3. Adicione no mínimo 3 imagens.
4. Adicione no mínimo 1 tabela.
5. Salve a Apresentação com o Tema Escolhido - Seu Nome.

96
CAPÍTULO 10
LibreOffice Calc

Olá, você conhecerá o LibreOffice Calc, um editor de planilhas eletrônicas.


Com ele é possível realizar funções, fórmulas, cálculos, organizar informações e
muito mais. Talvez você esteja pensando que pode ser difícil estudar funções, mas
descobrirá que o editor de planilhas existe para facilitar esse processo. Você
também perceberá algumas semelhanças em relação ao editor de texto Writer
estudado nas aulas anteriores. Isso irá facilitar ainda mais sua compreensão.
O LibreOffice Calc é compatível com vários outros softwares de edição de planilha como
o Excel da Microsoft Windows por exemplo. Já sabemos que cada software possui uma
extensão, as extensões representam o tipo de programa que estamos utilizando. Por exemplo a
extensão .ods referencia o Calc e a extensão .xls ao Excel e ambos são editores de planilha.

Acessando o Calc

Você terá acesso ao Calc pela barra de aplicativos na sua área de trabalho, clicando
sobre o ícone Ferramentas de Produtividade. Por fim, clicando sobre o ícone do Calc. Seu
educador(a) irá lhe orientar nesse e em todos os outros passos contidos nessa apostila.

Conhecendo a Interface

Observe com atenção todas as divisões contidas na interface do editor de planilha Calc
e perceba as semelhanças em relação ao editor de texto Writer.
barra de título barra de menu barra de ferramentas

barra de fórmulas barra de formatação


Célula Colunas
selecionada barra de rolagem
vertical
Linhas
área de edição
barra lateral

seletor
de planilha barra de rolagem
horizontal controle do zoom

barra de status

97
Endereço da Célula e Seleção

Célula
As células são formadas pelo encontro de uma linha com uma coluna, logo todos os
retângulos presentes na planilha são células.
Endereço
Cada célula possui um endereço individual, no exemplo
ao lado a palavra e-Jovem está dentro de uma célula, e seu
endereço é B3.
A célula B3 possui esse endereço porque é formada
pelo encontro da coluna B com a linha 3.
Seleção
Para selecionar uma linha inteira é necessário clicar
sobre o número (cabeçalho) da linha escolhida.
Da mesma forma, para selecionar uma coluna inteira é
necessário clicar sobre a letra (cabeçalho) que corresponde a
coluna escolhida. Observe os exemplos abaixo.

Também é possível selecionar um conjunto independente de linhas e colunas, como


também intercalar células, para isso é necessário clicar na célula escolhida e em seguida segurar
a tecla Ctrl para clicar na próxima. Observe no exemplo a sua esquerda.
Para selecionar a planilha inteira você pode acessar o Menu Editar ou usar o atalho
Ctrl + A ou ainda clicar sobre um pequeno quadrado que está acima da linha número 1. Observe o
exemplo a sua direita.

98
Ajustar Colunas

As vezes digitamos um conteúdo


maior dentro de uma célula e o espaço
disponível não é suficiente. Por exemplo,
na planilha ao lado o curso escolhido pela
aluna Bárbara é "Empreendedorismo",
mas não conseguimos identificar porque o
texto está pela metade.
Resolvemos a falta de espaço
clicando duas vezes de forma rápida no
traço que divide a coluna B e C. Ou
arrastando para o lado.

Mesclando Células

Para mesclar as células é


necessário selecioná-las e em seguida
clicar sobre o ícone presente na barra
de ferramentas do Calc ou acessar o
Menu Formatar, opção Mesclar
células.
Podemos ainda clicar com o
botão direito do mouse sobre as células
selecionadas e escolher a opção
"mesclar células".
Observe no exemplo que as
células A1, B1, C1 e D1 foram
mescladas.

Inserir, excluir e renomear Planilhas

Inserir planilhas
Para inserir uma planilha
é necessário clicar sobre o seletor
que tem como símbolo o sinal de
mais. Ou através do Menu
Inserir.
Para renomear e excluir
uma planilha clique com o botão
direito do mouse sobre a "Aba da
Planilha" e escolha a opção
desejada.

Inserindo e apagando conteúdo na Planilha

As formas são simples, acompanhe com atenção.


99
§ Apenas clique na célula escolhida e digite normalmente.
§ Para digitar abaixo dessa mesma célula tecle Enter ou "Seta de navegação" para
baixo.
§ Clique duas vezes de forma rápida sobre a célula para editá-la ou apenas uma vez e
pressione a tecla F2.
§ Também é possível editar uma célula usando a caixa Linha de Entrada, ela está
abaixo da barra de formatação e em seguida teclar Enter ou clicar em uma outra
célula.
§ Ao digitar uma palavra já existente na mesma coluna por exemplo, o Calc irá sugerir
o complemento dessa palavra. Para aceitar tecle Enter.
§ Para apagar o conteúdo de uma célula ou várias, selecione-as e pressione a tecla
Delete.

Inserir e excluir linhas e colunas

Você irá se familiarizar com alguns termos, pois eles foram citados na segunda aula de
Writer, quando abordamos o conteúdo de tabelas.
É muito comum após terminarmos de editar uma planilha percebermos que faltou
acrescentar alguma informação ou até mesmo retirar uma informação que julgamos
desnecessária. Para fazer esse ajuste podemos usar os recursos a seguir:

Inserir e excluir linhas


Para inserir linhas é
necessário selecionar a linha e
acessar o Menu Inserir. Para excluir
você deve acessar o Menu Editar.
Ou clicar com o botão direito
do mouse sobre o cabeçalho da linha.
Observe o exemplo ao lado.

Inserir e excluir colunas


Para excluir colunas você
seguirá o mesmo passo a passo.
Selecione a coluna e acesse o Menu
Inserir para adicionar uma coluna e o
Menu Editar para excluir.
Ou clique com o botão direito
do mouse sobre o cabeçalho da
coluna. Observe o exemplo ao lado.

Quando as células estiverem mescladas (veremos adiante) não é possivel inserir nem
excluir linhas ou colunas, antes é necessários dividir as células novamente.

Operadores no Calc

100
Para realizar qualquer operação no Calc é
necessário utilizar o sinal de "igual" no início.
Usar operadores no Calc é simples, observe o
exemplo ao lado. Digitamos a expressão =9+17 e
teclamos Enter, o resultado 26 será exibido na mesma
célula.
Outros operadores aritméticos e de comparação que podem ser usados no Calc.
Respectivamente: subtração, multiplicação, divisão, porcentagem, exponenciação, igual, maior
que, menor que, maior ou igual, menor ou igual e diferente.
_ / % = < < <= <= < <
* ^
Quando a planilha trouxer as células
preenchidas podemos escolher uma outra célula para
realizar a operação. No exemplo usamos a célula B3.
Também é possível realizar operações
aritméticas com mais de um operador na mesma célula.
Como mostra o exemplo. Você sempre terá as cores
presentes nas fórmulas para se basear.

Formatar células

Para formatar células é necessário acessar o Menu Formatar, opção Células ou usar o
atalho Ctrl + 1. Podemos ainda clicar com o botão direito do mouse sobre a célula. Em seguida
será aberta uma janela onde você poderá realizar várias mudanças. Observe a imagem abaixo.

Navegue entre as outras abas para conhecer as funções de cada uma. Após realizadas
as mudanças clique em OK.

101
Formatando linha e coluna

Para formatar linhas e colunas


acesse o Menu Formatar ou clique com o
botão direito do mouse sobre o cabeçalho de
uma linha ou coluna.
Vamos tomar como exemplo a linha
2. A opção Altura, permite que você
determine quantos centímetros de altura terá
sua linha.
A opção Ocultar esconde a linha
da sua planilha e para reaver é necessário
clicar em Mostrar.

Barra de Ferramentas

Abordaremos os ícones ainda não estudados e os que precisam ser detalhados. Mas se
a dúvida surgir volte no conteúdo e faça uma revisão. Criar o hábito de fazer revisões contribui
muito para o aprendizado.
1 2

1 Classificar em ordem crescente e decrescente - Faça uso desses recursos quando


precisar organizar itens em ordem alfabética ou numérica, por exemplo.
2 Autofiltro - Nos permite filtrar informações de forma rápida, muito útil quando tivermos uma
planilha com muitos dados. No exemplo abaixo precisamos saber quais alunos estão
matriculados no curso de informática. Para isso selecionamos o conteúdo da coluna "Curso"
e clicamos no ícone Autofiltro. Em seguida selecionamos apenas o curso de Informática.
Observe os exemplos.

102
Barra de Formatação

A barra de formatação do Calc, nos traz ícones novos, vamos conhecê-los!


1 2

1 Adicionar e excluir casas decimais - Esse recurso aumenta ou diminui o número de casas
decimais após a vírgula.
2 Bordas, Estilo da borda e Cor da borda - As linhas que enchergamos na planilha não são
imprimíveis. Para inserir bordas na sua planilha clique no ícone ou acesse o Menu
Formatar, opção Células, aba Bordas, como já visto anteriormente.

Saiba Mais
O recurso Quebra automática de texto, também pode ser utilizado
no Calc. Esse recurso permitirá que você insira mais de uma linha de texto na mesma célula.
Observe o exemplo.
Primeiro escrevemos a palavra
LibreOffice, teclamos Ctrl + Enter e em seguida
escrevemos Writer. Repetimos o mesmo processo
para Calc e Impress.

Barra de Fórmulas

A barra de fórmulas é característica do Calc, nos traz ícones e campos importantes.


1 2 32 42

1 Caixa de nomes - Apresenta o endereço da célula ativa no momento.


2 Assistente de funções - Ao clicar nesse ícone será aberta uma janela com todos os tipos de
funções do calc.
3 Soma - Ícone para a função SOMA. Sua função é somar todas as células que estiverem
acima da célula selecionada. No exemplo, a célula ativa é a B4, ao clicar sobre o ícone
SOMA ele mostrará a função. Em seguida tecle Enter para ver o resultado.

4 Linha de entrada - Podemos inserir e editar células por esse campo.


103
Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que realizar
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).

01 As cruzadas são um ótimo exercício para o cérebro, trabalham a concentração,


desenvolvem raciocínio rápido e habilidade nas respostas, além de enriquecerem o
vocabulário. Responda todos os campos seguindo as dicas disponíveis.

Função Função
do ícone do ícone

Ex. Formato
Numérico M O E D A
Extensão
Excel

Extensão
Calc
Função
do ícone

Atalho para
Formatar Células

02 Os operadores aritméticos são a base principal para qualquer cálculo seja ele de que
natureza for. Cite alguns exemplos de operadores usados pelo LibreOffice Calc.
I. Soma, Subtração, Divisão, Porcentagem, Maior que, Maior ou igual e Diferente.
II. Soma, Subtração, Divisão, Interrogação, Maior que, Maior ou igual e Diferente.
III. Soma, Subtração, Divisão, Porcentagem, Maior que, Maior ou igual e Frações.
IV. Soma, Subtração, Divisão, Porcentagem, Equação, Maior ou igual e Diferente.

A. III apenas.
B. I, II e III.
C. I e III.
D. I apenas.

03 No exemplo ao lado precisamos


multiplicar os valores presentes nas
células A1, B1 e dividi-las pelo valor
presente na célula C1. Como ficaria essa
expressão?

A. =(A1*A2)/C1

104
B. =(A1*A1)/C1
C. =(A1*B1)/C1
D. =(A1*B1)/C3

04 São muitas as vantagens de usar planilhas, como por exemplo, manter o controle e
organização da informações, além de nos poupar bastante tempo. Podemos ter mais
de uma planilha em um mesmo arquivo. Responda como inserimos uma nova planilha
no Calc.
I. Botão direito sobre o seletor de planilhas, opção Nova planilha ou através do Menu
Inserir.
II. Botão esquerdo sobre o seletor de planilhas, opção Inserir Planilha ou através do
Menu Editar.
III. Botão direito sobre a coluna A, opção Inserir Planilha ou através do Menu Exibir.
IV. Botão direito sobre o seletor de planilhas, opção Inserir Planilha ou através do Menu
Inserir.

A. IV apenas.
B. I e II.
C. I e IV.
D. I apenas.

05 As vezes precisamos alterar o formato de algumas células em nossa planilha. Para


isso acessamos o Menu Formatar, opção Célula. Cite 4 categorias possíveis para o
formato de uma célula.
I. Número, Multiplicação, Moeda e Data.
II. Número, Porcentagem, Divisão e Data.
III. Número, Porcentagem, Moeda e Data.
IV. Soma, Porcentagem, Moeda e Data.

A. IV apenas.
B. I, II e III.
C. I e III.
D. I apenas.

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.

105
01 Observe na primeira imagem que a planilha ainda não recebeu a formatação
completa, pois o correto é, em qualquer arquivo, digitar todas as informações primeiro
e depois formatar. Assim evitamos perder a formatação, se precisarmos fazer
mudanças durante o preenchimento. Já na segunda imagem perceba que vários
recursos foram utilizados para a formatação da planilha, observe com atenção e refaça
a mesma formatação. As cores podem ser as suas preferidas.

Acesse
Assista a uma vídeo aula https://goo.gl/6G3pnM que apresenta
a interface do Calc e dicas. E a vídeoaula https://goo.gl/jlPm8n que mostra o uso do
altofiltro, expressões aritméticas e de comparação, como congelar painéis, entre
outros.

106
CAPÍTULO 11
LibreOffice Calc

Olá, chegamos a nossa segunda aula de Calc e estamos apenas começando! Ainda
temos muito para conhecer. Na aula anterior estudamos interface, endereço de célula, como
inserir e excluir colunas, linhas e planilhas, a mesclar, os operadores, a formatar células, ícones
novos na barra de ferramentas e formatação, autofiltro, barra de fórmulas e muito mais.
Vale lembrar que você deve ficar atento a todas as orientações do seu educador(a). E
sempre que não compreender algo peça para explicar novamente, não guarde dúvidas.
Vamos em frente!

Operadores de Intervalo

Usamos dois operadores para determinar o intervalo das células. São eles, dois pontos
( : ) e ponto e vírgula ( ; ).
Observe o exemplo abaixo, precisamos somar todo o intervalo entre a célula A2 até E2.
Para isso o Calc usará o operador ( : ). O operador também pode ser inserido manualmente.

Logo, para somar os valores das células A2, B2, C2, D2 e E2 usamos a expressão
=SOMA(A2:E2), para somar valores das células que estão alinhadas horizontalmente, ou seja
na mesma linha.
Lembrando que para realizar essa expressão, não poderá haver espaços entre a função
e seus parâmetros, se por um descuido houver espaços ou a digitação estiver fora do padrão a
função retornará um erro. Sempre que acontecerem erros, clique duas vezes sobre a célula que
contém a função e tente descobrir o que pode ter ocasionado o erro.
No próximo exemplo precisamos somar apenas os valores das células B2 e D2. Para
isso o Calc usará o operador ( ; ).
Após clicar na célula F2 para ativar a edição, digite o operador = seguido da função
SOMA, abra o parêntese, clique sobre o célula B2, digite o operador ; em seguida clique sobre a
célula D2, feche o parêntese e tecle Enter.
Você também poderá usar o auxilio da tecla Ctrl para selecionar as células intercaladas.
É ainda mais simples. Após digitar o operador = a função SOMA, abrir o parêntese e clicar na
célula B2, segure a tecla Ctrl e clique na célula D2, você perceberá que o operador ; foi
adicionado automaticamente.
Essa segunda forma é mais rápida, principalmente quando precisamos intercalar mais
de duas células.

107
Funções

No Calc é possível realizar desde funções simples as mais complexas. Você irá
perceber como as funções são úteis e necessárias.
Uma função é composta pelo seu nome, seguido dos parâmetros. Exemplo: = NOME
DA FUNÇÃO (PARÂMETROS).
Algumas funções possuem acentuação se por um descuido esquecermos o acento, ela
também retornará um erro.
Clicando sobre o ícone fx presente na barra de fórmulas ou através do Menu Inserir,
opção Função ou ainda pelo atalho Ctrl + F2, você terá acesso ao Assistente de Funções.

Assistente de Funções
Nele podemos
encontrar diversas
funções que podem ser
trabalhadas no Calc.
Para fazer uso
de qualquer uma delas é
necessário clicar sobre a
função escolhida.
Mas antes de
acessar o Assistente,
selecione a célula que
receberá a função.
Estudaremos
nesse capítulo algumas
delas, seu educador(a)
irá lhe acompanhar em
mais esse desafio.
Dedique-se!

Função SOMA

Usamos a função soma em


alguns exemplos pelo ícone SOMA
presente na barra de fórmulas. E
percebemos que sua função é somar
valores contidos nas células.
Também é possível somar
valores na vertical ou em posições
diferentes. Observe o exemplo ao lado.

108
Função MÉDIA
Sua função é calcular a média de um intervalo de células. Observe no exemplo, as
células B3, C3, D3 e E3 onde contém as notas da aluna Janiele. Na célula F3 inserimos a função
MÉDIA.
O passo a passo é muito parecido com o da SOMA e com as das próximas funções que
estudaremos nesta aula. Digitamos o operador =, em seguida o nome da função MÉDIA, abrimos
parêntese, clicamos na primeira nota da aluna Janiele, ou seja, na célula B3, arrastamos o
mouse até a célula E4, fechamos o parêntese e teclamos Enter. Observe o exemplo.

Função MÍNIMO

Retorna o menor valor de um


intervalo. No exemplo ao lado
precisamos saber qual atleta realizou a
partida em menos tempo.
Na célula B13 inserimos a
função MÍNIMO e selecionamos as
células B4, B5, B6, B7, B8, B9, B10 e
B11, apenas arrastando o mouse para
baixo e teclando Enter.
Como também poderíamos
após digitar a função, clicar uma vez na
célula B4, digitar o operador : e clicar
na célula B11.

Saiba Mais
Função ou Fórmula? Função é um cálculo padrão determinado pelo
Calc. Fórmula é quando temos uma expressão usando apenas operadores como:
soma, multiplicação, divisão, subtração, exponenciação entre outros.
Por exemplo, você pode calcular um mesmo intervalo de duas formas:
Usando uma fórmula: = A1+ A2 + A3 + A4 + A5
Ou uma função =SOMA(A1:A5)
São duas maneiras de realizar o mesmo cálculo e o resultado será o mesmo.

109
Função MÁXIMO

Retorna o maior valor de


um intervalo. No exemplo ao lado
temos o total das despesas mensal
de uma família.
Você deve ter observado
que as colunas Mês e Despesas
estão com um layout diferente, isso
porque elas foram formatadas para
serem exibidas com Alinhamento a
90 graus. Isso é possível através
do Menu Formatar, opção Células,
aba alinhamento.

Função CONCATENAR

Através da função
concatenar é possível juntar
informações de vários tipos,
sejam elas números ou textos.
No exemplo ao lado
iremos formar o código dos
produtos que compramos, todos
devem possuir códigos, sejam
produtos do seguimento de
alimentação, vestuário, entre
outros.
A função Concatenar foi inserida na célula D2, da forma que você já conhece. Digitamos
o operador de = seguido da função CONCATENAR, abrimos parêntese, clicamos na célula A2,
digitamos o operador ; em seguida clicamos na célula B2, digitamos o operador ; novamente e
entre aspas digitamos o trecho do texto que precisamos (no exemplo do código precisamos de
um traço). Por fim digitamos o operador ; mais uma vez, clicamos na célula C2 e teclamos Enter.

Função SOMASE

Soma com condição determinada pelo usuário do software, ou seja, nós que estamos
utilizando a função. No exemplo abaixo queremos saber o total de vendas por vendedor.
Para isso organizamos as informações na planilha com os nomes dos vendedores e
suas vendas. Na coluna B temos os nomes dos vendedores e na coluna D as vendas realizadas
por eles.
Na célula G2 digitamos o operador = em seguida a função SOMASE abrimos
parênteses, selecionamos a coluna com os nomes dos vendedores ou seja, as células B2 até B9
digitamos o operador ; seguido do nome do vendedor(a) entre aspas, o operador ; novamente e
selecionamos a coluna das Vendas/semana ou seja, as células D2 até D9, fechamos parêntese
e teclamos Enter. Observe o exemplo.

110
Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que realizar
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01 As cruzadas são um ótimo exercício para o cérebro, trabalham a concentração,
desenvolvem raciocínio rápido e habilidade nas respostas, além de enriquecerem o
vocabulário. Responda todos os campos seguindo as dicas disponíveis.

Função
Atalho para Retorna
Assist. de Funções Maior Valor
Agrega C O N C A T E N A R
valores
das células Soma com
condição

Função
Retorna
Menor Valor

02 Os operadores : e ; são os responsáveis por determinar quais intervalos receberão


a função ou fórmula proposta. Precisamos somar os intervalos das células A1, A2, A3,
A6 e A8. Qual das expressões abaixo poderíamos usar?
I. A1+A2+A3:A6;A8
II. =SOMASE(A1+A2+A3+A6+A8)
III.=SOMA(A1:A3;A6;A8)
IV. =SOMASE(A1:A3;A6;A8)

A. IV apenas.
B. I, II, III.
C. I apenas.
D. II apenas.

111
03 A função MÍNIMO retorna o menor valor de uma célula. Marque a opção que contém
o menor valor entre as células D3, D4, D5, D6 e D7.
I. =MINIMO(D3:D7)
II. =MÍNIMO(D3;D7)
III. =MINIMO(D3-D7)
IV. =MÍNIMO(D3:D7)

A. IV apenas.
B. II apenas.
C. I apenas.
D. I, II e III.

04 A função SOMASE, soma com condição. No


exemplo ao lado como farei para somar somente os
valores dos abacaxis?

A. =SOMASE(A2;A9;"Abacaxi";B2;B9)
B. =SOMASE(A2:A9;"Abacaxi";B2:B9)
C. =SOMA(A2:A9;"Abacaxi";B2:B9)
D. =SOMASE(A2:A9;Abacaxi;B2:B9)

05 Joana professora de português possui muitas turmas e para calcular as médias das
notas dos alunos ela usou a função MÉDIA no Calc. Marque a opção que contém a
função descrita da forma correta.
I. =MEDIA(A2;A52)
II. =media(A2:A52)
III. =MÉDIA(A2:A52)
IV. media(A2:A52)

A. I apenas.
B. I, II, III.
C. IV apenas.
D. II apenas.

Acesse
Assista a uma videoaula https://goo.gl/r69Hsh que mostra o uso
das funções: soma, média, máximo, mínimo, somase, entre outros.

112
Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.

01 Digite a planilha a seguir, faça os ajustes necessários nas colunas, mude o formato
das células conforme o exemplo e faça uso das funções necessárias. Salve a
Planilha com o nome Funções - Seu Nome.

02
Digite a planilha abaixo seguindo a mesma formatação e usando a função
necessária. Salve a Planilha com o nome Média - Seu Nome

Se surgirem dúvidas peça orientação ao seu educador(a), não deixe de


realizar nenhum exercício. Persista!

113
CAPÍTULO 12
LibreOffice Calc

Olá, a cada aula estudamos conteúdos novos e vamos percebendo como é bom adquirir
conhecimento. A dica é, mantenha o rítmo, estude seu material em casa, revise, faça perguntas,
aproveite e divirta-se.
Na aula anterior estudamos operadores de intervalo, o que são funções, função SOMA,
MÉDIA, MÁXIMO, MÍNIMO, CONCATENAR, SOMASE, exercícios e muito mais.
Mas ainda não acabou! Vamos em frente!

Função SE

Usamos para fazer comparações lógicas. A função SE determina se uma condição é


verdadeira ou falsa. Observe o exemplo abaixo.

Precisamos apresentar na planilha quais alunos foram aprovados e quais foram


reprovados, baseados nas suas médias. Com poucos alunos é fácil observar quem atingiu a
média, mas imagine uma planilha com uma turma de 30 ou mais alunos. Certamente não seria
uma boa idéia olhar de um por um.
Com a função SE conseguimos essas informações de forma rápida, observe que na
célula G2 digitamos o operador = seguido da função SE, abrimos parêntese e clicamos na célula
F2 pois é nela que está a média das notas do aluno.
Então usamos o operador de comparação >= e digitamos o número 6, isso porque os
alunos precisam atingir média maior ou igual a 6 para serem aprovados.
Digitamos o operador ; e entre aspas a primeira condição Aprovado, novamente o
operador ; e entre aspas a segunda condição Reprovado. Fechamos parêntese e teclamos
Enter.
Também é possível realizar mais de uma condição usando a função SE, veremos no
próximo exemplo.

114
Acesse
Assista ao vídeo https://goo.gl/LB72jp para saber mais sobre a
função SE.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que realizar
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).

01
Utilizamos a função SE para fazer comparações lógicas. Determinar se uma
condição é verdadeira ou falsa. Marque a opção correta quanto ao uso da função.
Considerando o exemplo a seguir. Obs: Média 6.

A. =SE(B2:C2>=6;"Aprovado";"Reprovado")
B. =SE(D2<=6;"Aprovado";"Reprovado")
C. =SE(E2>=6;"Aprovado";"Reprovado")
D. =SE(D2>=6;"Aprovado";"Reprovado")

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.

01
Elabore uma Planilha com o Assunto, Boletim Escolar. A Planilha deve conter no
mínimo 10 alunos, 6 disciplinas, 4 notas e 4 médias. Também deverá conter a
situação: aprovado ou reprovado, maior e menor média, e por fim, o total de alunos
aprovados e reprovados.

02
A função SE é utilizada para realizar diversas comparações, condições, ou seja,
pode ser utilizada em outras situações que não sejam boletins escolares. Logo,
elabore uma Planilha demonstrando outro exemplo de utilização da função SE.

115
CAPÍTULO 13
LibreOffice Calc

Olá, no capítulo anterior estudamos a função SE e SE aninhados, neste capítulo


veremos Formatação Condicional a função CONT.SE e como expandir funções.

Formatação Condicional

A formatação condicional é útil para


realçar valores quando temos muitas
informações na planilha e precisamos
destacar algumas. Ao lado temos um
exemplo.
Podemos acessá-lo pelo Menu
Formatar, Formatação Condicional, opção
Condição ou pelo ícone na barra de
ferramentas.
Mas antes devemos selecionar o
intervalo das células que receberão o estilo.
Então será aberta uma janela onde
definiremos a primeira condição.
Devemos alterar o segundo campo
de texto da Condição 1 para menor ou
igual a e no terceiro campo digitar o número
12 (pois equivale a faixa etária das
crianças). Na opção Aplicar estilo escolha
Na opção Aplicar
estilo escolha Novo
estilo.
Será aberta outra
janela, clique na aba
preenchimento e
escolha a cor que
realçará as células
da condição 1.
Em seguida clique
no botão Adicionar
e repita esse
mesmo processo
mais duas vezes.
Para a Condição 2
com faixa etária até
18 (pois se refere
aos adolescentes) e para a Condição 3 com faixa etária até 24 (pois se refere aos jovens).
116
Função CONT.SE

Sua função é contar com condição, ou seja, contar algo determinado pelo usuário.
Observe o exemplo abaixo.

Nas colunas E e G temos o resultado da quantidade dos tamanhos das camisas por
gênero.
No exemplo inserimos a função CONT.SE nas células E3, E4, E5 e E6 fazendo
referência aos tamanhos femininos e nas colunas F3, F4, F5 e F6 fazendo referência aos
tamanhos masculinos.
Digitamos na célula G3 o operador de = seguido da função CONT.SE abrimos
parênteses selecionamos a coluna B3 até B14 pois é onde contém os tamanhos masculinos,
digitamos o operador ; e entre aspas o texto que gastaríamos que fosse contado pela função,
entre aspas, no exemplo P, fechamos parêntese e teclamos Entrer.
Devemos realizar o mesmo processo para os tamanhos M, G e GG, alterando o texto
entre aspas.

Acesse
Assista a uma videoaula https://goo.gl/r69Hsh que mostra o
uso das funções: soma, média, máximo, mínimo, somase, entre outros.

Expandindo Funções

Você deve estar se perguntando, como as funções podem ser práticas se temos que
digitar a função em cada célula?
Existe uma forma de fazer com que um determinado intervalo de células receba a
mesma função apenas uma vez, ou seja, você só precisará digitar uma única vez. Observe o
exemplo.

117
Alça de
preenchimento

NA célula G2 digitamos a função SE e teclamos Enter, para as demais células


receberem a mesma função é simples. Posicione o cursor do mouse sobre a Alça de
preenchimento e em seguida clicar segurar e arrastar até a célula que desejar ou clicar duas
vezes de forma rápida sobre a alça.
A função será repetida nas demais células, se clicarmos sobre as células perceberemos
que a mudança ocorre na célula que contém a média.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que
realizar vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos
vistos. Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e
encontre a resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01
A formatação condicional é muito utilizada pois melhora visualmente as
informações contidas na planilha. No Calc onde encontramos essa opção?
A. Menu Inserir, Formatação Condicional, opção Condição ou pelo ícone na barra de
ferramentas.
B. Menu Ferramentas, Formatação Condicional, opção Condição ou pelo ícone na
barra de formatação.
C. Menu Formatar, Formatação Condicional, opção Condição ou pelo ícone na barra
de ferramentas.
D. Menu Editar, Formatação Condicional, opção Condição ou pelo ícone na barra de
ferramentas.

A. Todas as alternativas estão corretas.


B. III apenas.

118
C. II e IV.
D. I apenas.

02 A função CONT.SE conta com condição,


seja valores numéricos ou alfanuméricos.
Seguindo o exemplo ao lado, marque a
opção que exemplifica o uso correto dessa
função.
Obs. Queremos que a função retorne
quantos clientes avaliam o comércio como
Excelente.

A. =CONTSE(B3:B12;"Excelente")
B. =CONT.SE(B3:B12;"Excelente")
C. =CONT.SE(B3;B12;"Excelente")
D. =CONTSE(B3;B12;"Excelente")
03
As funções existem para nos ajudar a realizar cálculos nas planilhas de forma
rápida e objetiva além de possuírem um recurso indispensável que é o preenchimento
automático. Sobre as alças de preenchimento, marque V (verdadeiro) ou F (falso).
( ) Usar a alça de preenchimento permite que a função seja digitada apenas uma vez.
( ) Para usá-la é necessário posicionar o mouse sobre a alça e clicar duas vezes ou
clicar uma vez, segurar e arrastar.
( ) Mesmo com o uso da alça de preenchimento é necessário digitar a função em
todas as células.

A. V, F e F
B. V, F e V
C. F, V e V
D. V, V e F

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
até o momento. Não deixe de realizar nenhuma parte da atividade, se encontrar
dificuldade reveja o conteúdo ou chame seu educador(a) para lhe instruir.

01 Elabore uma Planilha utilizando a função CONT.SE. Salve a Planilha com o nome
CONTSE - Seu Nome.

119
CAPÍTULO 14
LibreOffice Calc
Olá,
Na aula anterior estudamos a função SE, formatação condicional, função CONT.SE,
como expandir funções, entre outros.
Nesta aula iremos abordar um assunto muito importante, sobre o qual devemos
conversar desde muito cedo. Iremos falar sobre Dinheiro. Sim, Dinheiro! O livro Educação
Financeira nas Escolas coordenado pela AEF-Brasil (Associação de Educação Financeira do
Brasil) em parceria com a ENEF (Estratégia Nacional de Educação Financeira) apresenta de
forma clara e criativa boas práticas sobre o assunto. Iremos trabalhar com alguns temas,
mas é possível fazer o download do material completo através da plataforma virtual, acesse:
http://www.edufinanceiranaescola.gov.br.
Vamos começar!

Anote na agenda para não esquecer

Débora: Poxa, não estou entendendo. Com certeza você já passou por
Meu pai me deu R$ 15,00 para o cinema uma situação parecida com essa. Você está
ontem e eu não tenho mais nada na com uma grana no bolso, sai para a rua e
minha carteira. Será que deixei o dinheiro quando dá por si, o dinheiro já acabou e
cair no chão? você nem sabe bem onde foi que o gastou.
Giovana: Será? Peraí, quanto custou Mas, na verdade, é sempre possível saber
mesmo a entrada? Não foi 7,00? para onde vai cada centavo que temos,
porque dinheiro não desaparece sozinho!
Débora: Acho que foi. Tá aqui colado na
minha agenda, deixa eu ver. Isso acontece porque muitas
pessoas gastam seu dinheiro sem planejar.
Giovana: Olha aqui na sua agenda, você Se o seu dinheiro costuma acabar antes da
esqueceu que comprou um chocolate e
um refrigerante também. E que a gente semana ou do mês, provavelmente é uma
foi de metrô. Faz a conta aí de quanto boa ideia fazer um orçamento.
custou cada uma dessas coisas. Um erro comum com controle de
Débora: Nossa! A conta deu R$ 15,00 despesas é quando as pessoas esquecem
certinho. Eu gastei dinheiro em coisas de anotar despesas pequenas. Gastos
pequenas e nem percebi. pequenos se acumulam e podem se tornar
gastos grandes.

Orçamento

Calma, orçamento não é um bicho de sete cabeças. Em linhas gerais, um orçamento


doméstico ou pessoal é uma ferramenta financeira, geralmente uma tabela na qual em um
dos lados entra quanto você ganha (receitas) e no outro, quanto você gasta (despesas).
Muitas pessoas fazem orçamentos com a intenção de reduzir seus gastos e essa é uma
de suas funcões de um orçamento, mas não é a única. Um orçamento é um instrumento para

120
que você possa ter maior controle sobre sua vida financeira e, a partir daí, planejar para
alcançar suas metas.
Você precisa de informações para poder organizar suas prioridades e planejar.
Afinal, o dinheiro é limitado e você precisa decidir no que vai gastá-lo. O primeiro passo para
fazer um orçamento é registrar todos os seus gastos diários.
Depois daquele dia em que a Débora achou que tinha perdido dinheiro ela resolveu se
organizar e começou a anotar em sua agenda tudo o que gastava no dia — mas tudo mesmo!

Passagem de ônibus - 2,60


Lanche - 3,00
Churrasquinho - 2,00 Débora: Nossa, eu achava que
gastava muito menos do que isso. Se
Revista - 4,00 eu deixar de comer churrasquinho
todos os dias na saída da escola, vou
6 pães - 2,40 economizar R$ 10,00 por semana.
Picolé de uva - 1,50 Em um mês vou ter economizado R$
Esmalte - 1,80 40,00.
Desse jeito, em cinco meses, só
economizando no churrasquinho, vou
conseguir juntar dinheiro para comprar
aquele tênis lindo que custa R$
200,00.

Conhecendo seus gastos, você poderá encontrar outras coisas nas quais economizar.
Por exemplo, alugar um filme para assistir com os amigos em vez de ir ao cinema é uma
economia e tanto. Do mesmo modo, receber os amigos e as amigas em casa para comer e
conversar é bem mais em conta do que sair para comer fora.
Se as contas não fecham, não tem jeito: você terá que fazer algumas escolhas. Gastar
menos, ganhar mais dinheiro ou mesmo as duas coisas ao mesmo tempo. Normalmente, é mais
fácil começar pelas despesas. Muitas pessoas desesperadas para melhorar sua situação
financeira saem cortando gastos a torto e a direito, o que muitas vezes não traz o resultado
esperado. É melhor rever suas despesas de modo mais claro. Esse é um dos pontos em que um
orçamento pode ajudar.

Outro erro comum é não ter controle sobre o dinheiro poupado. Para evitar que o
dinheiro economizado por não comer churrasquinho seja gasto em outras coisas, que tal
colocá-lo em um envelope com o nome da meta: tênis novo? Essa é uma boa técnica,
porque quando damos nome ao dinheiro, respeitamos mais o que se pretende fazer com
ele.
É importante ter disciplina e paciência, mantendo-se firme no objetivo. Caso
contrário, a pessoa pode esquecer o porquê de poupar seu dinheiro, e decidir gastar num
impulso, estragando seu planejamento.
Você pode a qualquer momento decidir abrir mão de seu projeto e gastar o dinheiro
que vinha guardando, mas tenha consciência do que está fazendo.

121
Ajudar você a controlar seus gastos de forma mais consciente e inteligente. Apertar o cinto
não quer dizer necessariamente ficar sem fazer todas as coisas boas da vida, mas sim
estabelecer prioridades, planejar e exercer um controle para alcançar suas metas.
Por exemplo, se você adora cinema, nâo precisa riscá-lo da sua vida. Pode ir menos e sempre
nos dias com descontos. Mas, provavelmente, terá de cortar outros gastos. Esse é o único
caminho.
Economizar é fazer escolhas e saber que elas jamais serão perfeitas, pois temos recursos
limitados diante de nossos vários desejos. Por isso é importante que você tenha clareza em
relacão a seus objetivos e informações necessárias para decidir.
Em termos de orçamento, para poder escolher bem, você precisa saber onde está, levantar seus
gastos e saber aonde quer chegar, ou seja, estabelecer suas metas.
Você precisa planejar, escolher e controlar suas despesas. Precisa assumir o controle de
sua vida financeira. A Débora fez isso e deu certo, que tal você tentar?

Fazendo um orçamento

Para fazer um orçamento, o primeiro passo é saber para onde seu dinheiro está indo,
anotar tudo em que você gasta o seu dinheiro. Comece já! Abaixo há uma sugestão de tabela de
gastos. Você pode usá-la como base para suas anotações. Depois, continue registrando suas
despesas, seja em uma planilha no Calc, em um caderninho, no seu celular ou onde preferir. O
importante é agir com disciplina.
Para preencher esta tabela, primeiro coloque nos espaços indicados: a data de hoje e
quanto dinheiro você tem. Ao longo do dia, vá anotando o dinheiro que você for gastando – ou
seja, as suas despesas – e em que você gastou. Se entrar algum dinheiro, anote também a
quantia e de onde veio. No final do dia, calcule o total de entradas e de despesas que você teve.

122
Agora, calcule quanto sobrou de dinheiro no final do dia. Para isso, você deverá somar
o dinheiro que tinha no começo do dia e o total de entradas ao longo do dia. Depois, subtraia
desse valor o total de despesas.
A quantidade de dinheiro que sobrou hoje vai ser a mesma quantidade que você vai
colocar amanhã no espaço “quanto dinheiro eu tinha no início do dia (saldo inicial):”. E basta
fazer assim todo dia para nunca se surpreender com o dinheiro que sobrou ou faltou ao final do
dia, da semana ou do mês.
Esta tabela é uma possível forma de anotar receitas e despesas diárias. Você pode
depois usar o mesmo tipo de tabela para registrar dados semanais ou mensais ou criar seu
próprio modelo de orçamento. Mais interessante ainda é levar esse conhecimento para amigos e
familiares.
E então ficou alguma dúvida? Seu educador(a) conversará um pouco mais sobre o
assunto, aproveite e faça perguntas.

Ponha na balança

O que pesa mais, um quilo de algodão ou um quilo de chumbo?


Muita gente responde chumbo ao ouvir esta pergunta, mas, na verdade,
os dois pesam a mesma coisa: um quilo. Na hora de pensar nas nossas
despesas, também podemos ficar confusos e acabar dando pesos
equivocados a cada coisa. Às vezes, achamos que estamos gastando
muito em uma coisa, quando o que está pesando no nosso bolso na
verdade é outra.

Quanto pesa o seu sonho?


Você e sua família devem ter alguns sonhos e projetos que parecem muito distantes
porque nunca sobra dinheiro suficiente no final do mês para realizá-los. O que fazer nesse caso?
Antes de tudo, seria bom vocês elegerem um dos projetos que querem realizar para ter
um foco bem concreto. Isso ajuda a manter o esforço da família para conseguir o dinheiro
necessário. Escolheu um foco?
Agora você vai aprender a analisar o orçamento familiar para entender onde está
havendo desperdício de dinheiro e que despesas podem ser reduzidas ou cortadas para fazer
sobrar dinheiro.
Comece analisando a situação presente: o que se está fazendo hoje com relação às
receitas e despesas da família, ou seja, o dinheiro que entra e o dinheiro que sai? No fim do mês
está sobrando ou faltando dinheiro? Se estiver faltando, não adianta ficar de braços cruzados ou
se desesperar. É preciso encontrar uma solução, nesse sentido a análise financeira ajuda muito.

Primeiro converse sobre isso em casa. As pessoas da sua família têm consciência
se gastam mais com produtos essenciais ou com supérfluos? Será que um gasto excessivo
com produtos que a própria família considerou supérfluos está impedindo que outras
compras, consideradas mais importantes, sejam feitas?
Afinal, quanto está se gastando com cada item do orçamento atualmente? Você
pode levantar essas informações fazendo entrevistas com diversos membros da sua família.

123
Quanto pesa o seu cinema? Quanto pesa sua pizza? Quanto pesa sua educação?
Categorizar as despesas é uma boa forma de tomar consciência dos gastos da
família. Comece com as suas despesas. Para tanto, é preciso que você anote essas despesas.
Se você já faz isso, pode experimentar categorizar as despesas do mês passado. Se ainda não o
faz, experimente anotar todas as suas despesas (em uma planilha, na agenda ou caderno) e vá
categorizando-as ao longo do mês.
Agora categorize as despesas da sua família. Você vai
descobrir se sua família gasta mais em lazer do que em alimentação,
ou se gasta muito mais do que pensava em saúde, por exemplo.
Há várias formas de categorizar as despesas. Você pode
escolher organizar as despesas em muitas categorias pequenas
(para analisar de perto cada gasto) e depois agrupá-las em poucas
categorias maiores (para ter uma visão mais geral do seu
orçamento). A categorização a seguir é apenas uma possibilidade.

Quanto pesa a sua casa?


Habitação: despesas de aluguel ou prestações da casa própria, condomínio, contas
regulares da residência (luz, água e esgoto, gás etc.)
Manutenção do lar: despesas com pequenos consertos, reformas, eletrodomésticos,
limpeza.
Alimentação: compras de mercado, feira, refeições e lanches feitos fora de casa.
Saúde: despesas com plano de saúde, remédios, consultas médicas, dentista etc.
Educação: compra de material escolar, uniforme, dinheiro para passeio escolar.
Transporte : despesas com ônibus, trem, metrô, combustível, consertos no carro/ moto/
bicicleta.
Lazer: festa, lan house, cinema, viagem.

Duas famílias podem usar as mesmas categorias e ainda assim notar diferenças nas
despesas de cada categoria. Malhar na academia, por exemplo, pode ser considerado uma
questão de saúde ou de lazer. Se for uma recomendação médica ou o único exercício que a
pessoa faz, pode ser uma despesa de saúde. Se, por outro lado, a pessoa pratica outros
exercícios físicos e a academia é considerada um ponto de encontro com os amigos, pode ser
classificada como lazer.
Outro exemplo é o lanche com os amigos: lazer ou alimentação? Vai depender da
ocasião e de como o lanche é visto pela pessoa. O importante é que haja coerência nos critérios
que você criar para as suas despesas. Defina seus critérios e seja fiel a eles.
Peso relativo

Depois de categorizar as suas despesas em um determinado mês, você


poderá calcular o peso relativo de cada categoria dentro do seu orçamento. Hã?
Se uma pessoa gasta R$ 1.000,00 e deste valor R$ 100,00 são destinados
à manutenção da casa, significa que 10% da sua despesa vai para a manutenção.
Logo, o peso relativo da manutenção da casa no orçamento é de 10%.

124
Para descobrir o peso relativo de uma categoria, basta dividir o total de
despesas nessa categoria pela despesa total da família.
Imagine que você ganha uma mesada de R$ 60,00. Se a mesada é
totalmente gasta, então ela é igual ao total da despesa.

Veja o peso relativo da categoria lazer no seu orçamento:

Como reduzir as despesas?


Vamos ouvir o conselho dos especialistas: muitos deles sugerem que as despesas
com alimentação não devem ultrapassar um terço da receita familiar. Mas isso depende
muito do tamanho da família, de suas receitas e necessidades específicas.
Outro parâmetro que pode ser utilizado é manter as despesas com a habitação
(aluguel, prestações da casa própria, condomínio) também abaixo de 30% do orçamento
mensal. Ao somar essas duas categorias, já se cobre quase dois terços do orçamento. Avalie
bem o que fazer com o restante.

Vamos supor que a família decidiu que seus gastos com compras de
alimentos no mercado não devem ficar acima de R$ 580,00 por mês ou acima de R$
145,00 por semana. Uma maneira de atingir essa meta é levar somente essa quantia
no bolso quando for às compras.

Se a família perceber que está gastando mais do que sua meta, uma sugestão é cortar
produtos menos necessários ou substituí-los por outros mais baratos.

Se, após fazer os cortes possíveis de despesas no mercado, a família não


conseguir manter-se dentro de sua meta de R$ 145,00 por semana, outra tentativa é
reduzir refeições e lanches fora de casa. Nem sempre se acerta de primeira. Às vezes
é preciso ir ajustando as metas até chegar a uma situação mais confortável e realista
de ser alcançada. Com a experiência, as metas e estimativas de despesas vão ficando
cada vez mais próximas da realidade.
Outras medidas para ajustar as despesas ao limite estipulado são a redução
de desperdícios no consumo, mudanças de marcas de produtos e de locais de compra.
Além disso, sempre há produtos em promoção.
Um cuidado importante: se você precisou aumentar o valor de uma meta de
redução de despesa, lembre-se de ajustar alguma outra meta para baixo. Ajustar suas
metas de despesa sempre para cima não vai ajudar a reduzi-las.

125
Um alerta muito importante é: Avalie bem os cortes com a alimentação. Não
adianta cortar gastos substituindo produtos mais saudáveis por outros menos
nutritivos, porque quem vai pagar essa conta será sua saúde.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer
.exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos. Realize
todos os exercícios proposto, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a resposta.
Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).
01 Suponha que uma pessoa gaste R$ 850,00. E deste valor R$ 340,00 são
destinados a alimentação (compras de mercado e lanches). Calcule o peso relativo da
despesa com alimentação.

A. 10%
B. 20%
C. 38%
D. 40%

Pratique
Chegamos na melhor parte, colocar em prática os conteúdos vistos
na aula. Agora é sua vez! (Seu educador(a) lhe dará as orientações necessárias para a
realização da atividade).
Atividade
1. Experimente categorizar as despesas de sua família. (Utilize valores fictícios).
2. Agora calcule o peso relativo de cada categoria de despesa.
Qual a categoria com a qual sua família gasta mais? Essa categoria é das mais
importantes? Se não for, talvez seja possível reduzir despesas dentro dela. Você ficou
espantado com o peso de alguma categoria? Achou que gastava muito mais ou bem
menos com alguma coisa? Agora poderá ter maior consciência da real dimensão das suas
despesas, sabendo para onde vai o dinheiro da família.
3. Agora o desafio! Você terá a meta de reduzir em 5% as suas despesas mensais. Calcule
o valor de 5% de suas despesas. Com o dinheiro que sobrar, você e sua família podem
abrir uma poupança para começar a juntar para aquele projeto que vocês querem realizar!
Comece decidindo em que categoria(s) será feita essa redução, partindo das
categorias de menor importância que estão com despesas desnecessariamente altas. Por
exemplo: tente cortar 10% das despesas com lazer ou alimentação fora de casa. Estas
despesas geralmente são mais fáceis de reduzir do que outras, como aluguel e energia
elétrica.
Junto com sua família, siga o plano de redução de despesas que você criou,
fazendo os ajustes necessários a cada mês. Se a meta de 5% de redução for alcançada
facilmente (parabéns!), e caso vocês se sintam seguros para fazer sobrar esse valor todo
mês, então seria bom colocar esse dinheiro na poupança assim que a família receber sua
receita. Essa é uma forma de evitar a tentação de gastar dinheiro quando você está
querendo guardá-lo.

126
CAPÍTULO 15
Gimp
Olá,
Iremos estudar o GIMP (GNU Image Manipulation program),
software livre de manipulação de imagens mais conhecido e utilizado do
mundo.
Com ele é possivel criar montagens incríveis, editar fotos,
desenhar, aplicar efeitos e muito mais. Tudo irá depender da sua
criatividade! Um programa semelhante ao GIMP é o Photoshop. Suas
extensões respectivamente são: .xcf e .psd.
Mas antes de mergulhar nessa fantástica ferramenta, vamos conversar um pouco sobre
fotografias. Existe alguma regra para tirar uma boa fotografia? Ou fotografia é tudo igual? Como
tirar fotografias criativas? Vamos em frente!

Dicas de Fotografia

As fotografias sem dúvida são no mínimo especiais, registram momentos importantes e


grandiosos da vida de uma pessoa. O dia do seu nascimento, o primeiro dia na escola, seus
momentos em família e inúmeros outros que poderíamos citar.
Até mesmo momentos históricos e importantes do nosso país, nossas riquezas naturais,
nossa cultura entre muitos outros. Mas afinal, existe um segredo para fotografar bem? O que
tornam as fotografias mais bonitas? Como fazer para terem um aspecto profissional?
Sim, são muitas perguntas e as respostas não estarão todas aqui, mas você pode
encontrá-las pesquisando, lendo e praticando.
Regra dos Terços
Iremos conversar um pouco sobre a regra dos terços. A regra consiste em dividir a
fotografia em nove partes iguais, logo teremos 4 pontos principais, que irão auxiliar no
enquadramento da imagem. Aplicar a regra dos terços garante um melhor aproveitamento e
distribuição do(s) elemento(s) em uma fotografia. Observe os exemplos.
Fotografia centralizada, aspecto simples. Fotografia utilizando a regra dos terços.

1 2

3 4

127
Melhor ângulo para fotografar
Muitas vezes quando vamos fotografar não nos preocupamos com o ângulo, com altura,
luminosidade entre outros. As vezes para capturar uma boa imagem precisamos sair do nosso
conforto. Uma boa fotografia depende, sem dúvida, da posição em que ela é tirada.

Acesse
Gostaria de conhecer um pouco mais sobre fotografia? Faça uma
pesquisa na internet e irá encontrar uma infinidade de tutoriais, dicas, vídeos, entre outros.
Para começar acesse:
Regra dos terços: http://goo.gl/oaGkIx
Dicas e tutoriais: http://goo.gl/Xrii3E

Acessando o Gimp
Agora iremos conhecer o Editor de imagens GIMP, para acessá-lo clique sobre o ícone
de Acesso ao sistema, que está presente na barra superior, em seguida clique sobre a aba
Aplicativos, opção Gráficos e por fim sobre o Editor de Imagens GIMP.

Conhecendo a Interface

Ao abrir o editor de imagens GIMP pela primeira vez, você perceberá que serão abertas
três janelas. Mas saiba que também é possível trabalhar com apenas uma janela, para isso é
necessário acessar o Menu Janela opção Modo de janela única.

128
Sinta-se a vontade para escolher a forma como irá estudar o software. Em nosso
exemplo iremos trabalhar com as janelas separadas. Observe a imagem abaixo.
Caixa de ferramentas Camadas, canais
Barra de título e vetores

Barra de menu

Área
de edição Pincéis, texturas
Opções e degradês
da ferramenta
selecionada

Caixa de Ferramentas

Ao posicionar o cursor do mouse sobre os ícones presentes na barra de ferramentas


será exibido uma caixa de diálogo informando sua função seguida do atalho. Observe abaixo.

Seleção retangular: seleciona uma região retangular R


Seleção elíptica: seleciona um círculo ou uma elipse E
Seleção livre: desenha a mão livre a área a ser selecionada F
Seleção contígua: seleciona uma região contígua com base em cores similares U
Seleção por cor: seleciona regiões da imagem com cores similares Shift+O
Seleção com tesoura: seleciona bordas de forma inteligente I
Seleção de frente: seleciona objetos em uma imagem, separando-os do fundo
Ferramenta de vetores: cria e edita curvas vetoriais B
Seleção de cores: ajusta as cores, pinta a partir de cores na imagem O
Ferramenta de zoom: ajusta o nível de zoom Z
Ferramenta de medidas: mede distâncias e ângulos na imagem Shift+M
Ferramenta de movimento: move camadas, seleções e outros objetos M
Ferramenta de alinhamento: alinha ou arranja camadas e outros objetos Q
Ferramenta de corte: guilhotina uma imagem, removendo as laterais Shift+C

129
Ferramenta de rotacionar: gira livremente a camada, seleção ou vetor Shift+R
Redimensionar: altera o tamanho da camada, seleção ou vetor Shift+T
Inclinar: inclina a camada, seleção ou vetor Shift+S
Perspectiva: muda a perspectiva da camada, seleção ou vetor Shift+P
Espelhar: inverte a camada horizontalmente ou verticalmente Shift+F
Transformação com gaiola: deforma uma seleção usando uma gaiola Shift+G
Texto: cria ou edita camadas de texto T
Preenchimento: pinta uma área com uma cor ou textura Shift+B
Degradês: preenche uma área com degradê de cores L
Lápis: desenha com bordas duras usando um pincel N
Pincel: desenha com pinceladas suaves usando um pincel P
Borracha: apaga para a cor do fundo ou para transparência Shift+E
Aerógrafo: pinta a imagem com pressão variável A
Tinta: pintura em estilo caligráfico K
Clonagem: copia seletivamente trechos de uma imagem ou textura C
Restauração: recupera irregularidades na imagem H
Clonagem em perspectiva: aplica uma transformação de perspectiva na imagem
Desfocar/deixar nítido: altera sutilmente a imagem Shift+U
Borrar: permite borrar a imagem usando pinceladas S
Sub/super-exposição: clareia ou escurece uma imagem Shift+D
Cores de frente e fundo: os quadrados branco e preto reinicializam as cores. As
setas trocam as cores.

Barra de Menu

Através da barra de Menus do GIMP temos acesso a diversos recursos. Alguns deles já
são comuns a você pois foram estudados em aulas passadas, porém o GIMP nos traz muitos
outros. Clique sobre os botões de menu e conheça alguns deles.
Como já mencionado iremos trabalhar com o modo padrão de três janelas, é importante
saber que, se você fechar alguma delas e precisar abri-las novamente, para isso basta clicar
sobre o Menu Janelas, opção Diálogos de encaixe recentes e clicar sobre a janela que foi
fechada.

Abrindo uma imagem

Para abrir uma imagem, basta acessar o Menu Arquivo, opção Abrir ou utilizar o atalho
Ctrl+O e localizar em seu PC a imagem que será editada. É importante fazer uma cópia da
imagem antes de editá-la, pois se algo não sair como desejado você terá a imagem original sem
modificações.

130
Você também poderá criar uma nova imagem, para isso é necessário acessar o Menu
Arquivo, opção Nova ou usar o atalho Ctrl+N. Será aberta uma janela onde é possível
determinar o tamanho da nova imagem. O padrão é 640 de largura por 400 de altura. Em
seguida clique em ok e você terá acesso a uma área vazia para preencher com sua criatividade,
criando imagens, montagens, murais e muito mais. Observe as imagens.

Seleção

Como vimos anteriormente a caixa de ferramentas do GIMP possui mais de uma


ferramenta para selecionar uma determinada área de uma imagem ou toda ela. No exemplo
abaixo utilizaremos a ferramenta Seleção por cor para retirar o fundo da imagem. Observe e
reproduza o passo a passo.

Seleção por cor

Passo 1: Abra a imagem do tux no GIMP.


Passo 2: Clique sobre a ferramenta Seleção por cor, em Opções da ferramenta clique no
Modo: Adicionar a seleção atual.
Passo 3: Em seguida clique algumas vezes sobre o fundo da imagem até selecioná-lo por
completo.
Passo 4: Pressione a tecla Delete e o fundo será removido.
Passo 5: Salve a imagem no seu PC, acessando o Menu Arquivo, opção Salvar.

Imagem original Resultado

131
É importante saber que a imagem será salva no formato do GIMP.xcf, para salvá-la em
outro formato como por exemplo .jpg ou .png entre outros, você deverá escolher a opção
Exportar como, também presente no Menu Arquivo.
Observe que o fundo da sua imagem ficou branco, isso aconteceu porque não
adicionamos uma camada transparente a imagem, também conhecida como Canal Alfa. Pois
veremos camadas na próxima aula.
Também é possível acessar a ferramenta Seleção por cor através do Menu Seleção.
No mesmo Menu você encontrará outras opções muito úteis como por exemplo:
Tudo: seleciona toda a imagem, atalho Ctrl+A
Nada: retira toda a seleção da imagem, atalho Shift+Ctrl+A
Inverter: inverte a seleção, atalho Ctrl+I
Criar borda: substitui a seleção pelo contorno da seleção atual

Imagem

No menu Imagem encontramos vários recursos, como por exemplo, Espelhar


horizontalmente, Espelhar verticalmente, Redimensionar, Tons de cinza, Cortar para
seleção, entre outros. Observe os exemplos abaixo e os reproduza.

Tons de cinza

Passo 1: Abra a imagem do pássaro no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Imagem, aba Modo, clique sobre a opção Tons de cinza.
Passo 3: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Imagem em tons de cinza

Espelhar horizontalmente

Passo 1: Abra a imagem do cavalo no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Imagem, aba Transformar, clique sobre a opção Espelhar
horizontalmente.
Passo 3: Salve a imagem no seu PC.

132
Imagem original Imagem espelhada horizontalmente

Redimensionar

Passo 1: Abra a imagem da borboleta no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Imagem, opção Redimensionar. Redimensione a imagem
arrastando até o tamanho desejado, durante esse processo mantenha a tecla Ctrl
pressionada para que a imagem seja redimensionada proporcionalmente.
Passo 3: Em seguida pressione a tecla Enter ou clique no botão Redimensionar presente
na janela de redimensionamento.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

Imagem redimensionada

Imagem original

Acesse
Assista a uma videoaula https://goo.gl/5MkJbL que mostra as
ferramentas de seleção: modos de substituição, adição, subtração e intersecção.

Cortar

Passo 1: Abra a imagem do falcão no GIMP.


Passo 2: Você poderá cortar a imagem de duas formas.
A primeira clicando na ferramenta Seleção retangular e em seguida clicar e
arrastar sobre a imagem, acessar o Menu Imagem opção Cortar para seleção.
A segunda clicando sobre a ferramenta de Corte e em seguida clicar e arrastar
sobre a imagem e pressionar a tecla Enter.
Passo 3: Salve a imagem no seu PC.

133
Imagem original Imagem recortada

Texto

Com a ferramenta de texto é possível digitar sobre as imagens ou em uma área em


branco. Podemos escolher entre vários tipos de fonte, cores, tamanhos, criar efeitos e muito
mais. Observe o exemplo abaixo e reproduza no Gimp.

Texto

Passo 1: Abra a imagem da criança no GIMP.


Passo 2: Clique na ferramenta de Texto, em seguida na imagem e digite o texto: Lugar de
criança é na escola. Escolha a fonte: Showcard Gothic, tamanho: 74, linha de base 43 e
uma cor de sua preferência.
Passo 3: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Imagem com texto

Degradês e Texturas

Os degradês são um conjunto de cores com formas pré-definidas, como por exemplo:
linear, bilinear, radial, quadrado, cônico (simétrico), espiral (sentido horário), entre outros.
As texturas são imagens com modelos pré-definidos, como por exemplo: Leopard,
bricks, dried mud, pine, stripes, marble, entre outros.
Observe os exemplos abaixo e os reproduza no GIMP, utilize degradês e texturas de
sua preferência.

134
Degradês

Passo 1: Abra uma nova imagem no GIMP. Através do Menu Arquivo, opção Nova ou no
atalho Ctrl+N.
Passo 2: Clique sobre a ferramenta de degradê, escolha uma combinação de cores de sua
preferência, em seguida clique e arraste sobre a imagem. Mude a forma do seu degradê.
Passo 3: Salve a imagem no seu PC.

Linear Cônico (simétrico) Quadrado

Texturas

Passo 1: Abra uma nova imagem no GIMP.


Passo 2: Na janela de degradês selecione Texturas e escolha a imagem de sua
preferência. Em seguida clique e arraste sobre a imagem.
Passo 3: Salve a imagem no seu PC.

Bricks Pine Blue Grid

Perspectiva

A ferramenta perspectiva como o nome sugere é utilizada para dar uma perspectiva a
imagem ou seja passamos a ver a mesma imagem porém com outro formato. Podemos utiliza-la
em imagens e textos. Observe o exemplo abaixo e reproduza no GIMP.

Perspectiva

Passo 1: Abra uma nova imagem no GIMP.


Passo 2: Na ferramenta Cores de frente e fundo escolha uma cor, clique sobre a
ferramenta de Preenchimento e em seguida sobre a imagem.
Passo 3: Clique sobre a ferramenta de Texto, em seguida sobre a imagem e digite o texto:
PERSPECTIVA em caixa alta.

135
Passo 4: Clique sobre a ferramenta Perspectiva, em seguida sobre o texto. Ajuste as
margens até ficarem semelhantes a imagem em perspectiva do exemplo abaixo.
Passo 5: Em seguida pressione a tecla Enter ou clique no botão Transformar presente na
janela de perspectiva.
Passo 6: Salve a imagem no seu PC..

Texto Texto com perspectiva

Saiba Mais

Uma imagem bitmap é


formada por inúmeros pixels. Cada
pixel possui uma cor diferente, juntos
eles formam uma imagem. Imagens
bitmap são obtidas através de
máquinas de fotografia digital e de
celulares.
É fácil diferenciar uma
imagem bitmap de uma imagem
Imagem bitmap vetorial. Por exemplo, através do
redimensionamento. Em uma imagem
bitmap perceberemos os pixels, já em
uma imagem vetor não, pois o vetor é
composto por cálculos matemáticos,
logo ao redimensioná-lo manteremos a
mesma qualidade.
Imagens vetorizadas são
criadas em softwares como o Inkscape
Imagem vetor (livre) e o Corel Draw (proprietário).
Observe os exemplos ao lado.

Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a
resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador(a).

136
01 As cruzadas são um ótimo exercício para o cérebro, trabalham a concentração,
desenvolvem raciocínio rápido e habilidade nas respostas, além de enriquecerem o
vocabulário. Responda todos os campos seguindo as dicas disponíveis.

Altera o tamanho
da camada,
seleção ou vetor

R
E
Extensão do
Photoshop D
Ferramenta que gira I
livremente a camada,
seleção ou vetor M
E
N
Pinta a área Extensão
com uma cor C do GIMP
ou textura
I
Apaga a cor
do fundo ou O
transparência
N
Inverte a camada
horizontalmente ou A
verticalmente
R

02
O GIMP por padrão possui três janelas, porém é possível trabalhar com apenas uma
janela, a escolha deverá ser feita pelo usuário. Quais passos devemos seguir quando
precisarmos usar o GIMP com apenas uma janela?

A. Acessar o Menu Arquivo, opção Modo de janela única.


B. Acessar o Menu Formatar, opção Modo de janela única.
C. Acessar o Menu Editar, opção Modo de janela única.
D. Acessar o Menu Janela, opção Modo de janela única.
03
A caixa de ferramentas do GIMP possui vários recursos que garantem a boa edição de
uma imagem. Marque abaixo a opção que NÃO contém apenas ferramentas do GIMP.

A. Seleção retangular, seleção por cor, ferramenta de zoom, ferramenta de movimento e


ferramenta de corte.
B. Ferramenta de rotacionar, perspectiva, texto, preenchimento, degradê e pincel.
C. Seleção por cor, ferramenta de zoom, ferramenta de movimento e seleção motorizada.
D. Seleção por cor, ferramenta de zoom, ferramenta de movimento e borracha.
04
Estamos descobrindo como o GIMP é um excelente software para manipulação de
imagens. Já estudamos bastante conteúdo até aqui. Com base no conteúdo visto,
marque o item correto.

137
1 - Se a janela de Ferramentas do GIMP for fechada, é possível abri-la novamente
acessando o Menu Janela, opção Diálogos de encaixe recentes e clicar em Caixa de
ferramentas.
2 - Para abrir uma imagem no Gimp podemos utilizar o atalho Ctrl+O ou acessar o Menu
Arquivo, opção Abrir.
3 - Ao acessar o Menu Seleção encontramos opções que auxiliam no tratamento da
imagem, como exemplo podemos citar: seleção por cor, inverter, criar borda, entre
outros.
A. 1 e 3
B. 2 e 3
C. 1 apenas
D. 1, 2 e 3

05
Nesse capítulo comentamos sobre imagens bitmap e vetores, vimos que ambos são
bem diferentes um do outro. Sobre bitmaps e vetores marque a opção correta.

A. Bitmap são cálculos matemáticos, esse tipo de imagem é criada em softwares como
por exemplo, Inkscape e Corel draw. Vetores são imagens formadas por pixels,
geralmente obtidas através de câmeras digitais e celulares.
B. Imagens bitmap não podem ser editadas no GIMP.
C. Bitmap são imagens formadas por pixels, geralmente obtidas através de cameras
digitais e celulares. Vetores são cálculos matemáticos, esse tipo de imagem é criada em
softwares como por exemplo, Inkscape e Corel draw.
D. Imagens bitmap obrigatoriamente devem ser editadas no Corel draw.

Pratique
Durante a aula realizamos vários exercícios práticos, porém temos mais
um desafio para você. Elabore um cartaz ou mural que aborde um dos temas abaixo:
Tema 1: Não curto violência.
Tema 2: Drogas, tô fora!
Tema 3: Meio ambiente, como contribuir?
Realize uma pesquisa na internet para enriquecer ainda mais seu mural e utilize
algumas das ferramentas do GIMP estudadas nessa aula.
Não esqueça que ao concluir o desafio seu educador(a) e seus colegas ficarão
curiosos para ver seu mural, então capriche!

Acesse
Assista a uma videoaula https://goo.gl/5MkJbL que mostra retoques
em imagens, como trabalhar com remoção de pintas, manchas e marcas d'água.

138
CAPÍTULO 16
Gimp
Olá,
Continuaremos a estudar um pouco mais sobre o editor de imagens
GIMP. Na aula anterior trabalhamos com as seguintes ferramentas: seleção
por cor, perspectiva, cortar para seleção, espelhar verticalmente e
horizontalmente, redimensionar, degradê, textura, tons de cinza, como
salvar uma imagem no GIMP, entre outros.
Gostou do que aprendeu até aqui? Temos mais novidades nesse
capítulo. Mas não pare por aqui, isso é só o começo. Lembre-se que a
internet pode ser uma grande aliada para seu aprendizado. Pesquise, assista videoaulas, faça
cursos online. Existe um mundo de conhecimento lá fora e você precisa conhecê-lo.
Vamos em frente!

Cores

Presente no menu Cores temos a ferramenta Curvas onde é possível ajustar o brilho e o
contraste de uma imagem. Para utilizá-la é necessário acessar o Menu Cores, opção Curvas, e
clicar sobre a imagem, em seguida será aberta uma janela onde ao clicar e arrastar o cursor
verticalmente altera-se o brilho e horizontalmente o contraste. Ao concluir basta clicar em Ok ou
teclar Enter.
Ainda no Menu Cores e semelhante a Curvas, encontramos a ferramenta Brilho e
contraste, que também ajusta os níveis de brilho e contraste de uma imagem porém é mais
simples de ser utilizada pois podemos determinar os ajustes por números ou movendo o ponteiro
de ajuste. Observe o exemplo abaixo e o reproduza no GIMP, escolha qual ferramenta utilizar.

Brilho e Contraste

Passo 1: Abra a imagem do pai no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Cores, opção Brilho e Contraste, determine: brilho 30,
contraste: 40. Pressione Ok ou tecle Enter.
Passo 3: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Imagem com brilho e contraste ajustados


139
Restauração

A ferramenta de Restauração muito semelhante a ferramenta de clonagem, tem a


função de remover manchas em uma imagem. Observe o passo a passo da imagem abaixo e a
reproduza no Gimp.

Restauração

Passo 1: Abra a imagem da jovem no GIMP.


Passo 2: Clique sobre a ferramenta de Restauração presente na barra de Ferramentas.
Em seguida pressione a tecla Ctrl e clique em uma área do rosto da jovem que não possua
mancha.
Passo 3: Solte a tecla Ctrl e clique sobre as manchas no rosto da jovem. Você terá
terminado quando tiver removido todas as manchas. Use a ferramenta Desfoque para
suavizar algumas áreas, se necessário.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Resultado

Filtros

Filtros são efeitos pré-definidos presentes no Menu Filtro do GIMP. Podem ser usados
separadamente ou em conjunto com outros filtros para obter efeitos mais profissionais. Observe
os exemplos abaixo e os reproduza.

Contorno 3D

Passo 1: Abra uma Nova imagem no GIMP, tamanho 640x400.


Passo 2: Clique sobre a Ferramenta de Texto e digite GIMP, na cor preta, tamanho 169,
fonte Arial Bold.
Passo 3: Clique sobre o Menu Filtros, aba Alfa para logo, opção Contorno 3D. Será
aberta uma janela, onde você poderá escolher a Textura que desejar, para alterar é
necessário clicar em Procurar. Em seguida pressione Ok ou tecle Enter.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

140
Imagem original Resultado

adicionar bordas

Passo 1: Abra a imagem da família no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Filtros, aba Decoração, opção Adicionar borda. Será aberta
uma janela, determine o tamanho X e Y para 24, e Influência da iluminação da cor para
50. Em seguida pressione Ok ou tecle Enter.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Imagem com borda

Clarão em degradê

Passo 1: Abra a imagem da cabana no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Filtros, aba Sombra e Luz, aba Clarão em degradê, opção
Default. Em seguida pressione Ok ou tecle Enter.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC. Observe que temos a disposição vários outros
efeitos de sombra e luz.

Imagem original Resultado


141
Imagem original Resultado

Brilhante

Passo 1: Abra uma Nova imagem no GIMP, tamanho 640x400.


Passo 2: Clique sobre a Ferramenta de Texto e digite GIMP, na cor preta, tamanho 169,
fonte Showcard Gothic.
Passo 3: Clique sobre o Menu Filtros, aba Alfa para logo, opção Brilhante. Será aberta
uma janela, onde você poderá escolher o que usar, como por exemplo cor do texto para
Textura, cor do contorno, cobertura, entre outros. Em seguida pressione Ok ou tecle
Enter.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Resultado

Cromar

Passo 1: Abra uma Nova imagem no GIMP, tamanho 640x400.


Passo 2: Clique sobre a Ferramenta de Texto e digite GIMP, na cor preta, tamanho 169,
fonte Sans.
Passo 3: Clique sobre o Menu Filtros, aba Alfa para logo, opção Cromar. Em seguida
pressione Ok ou tecle Enter. Observe que também é possível alterar a cor do fundo.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

142
Mosaico

Passo 1: Abra a imagem das flores no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Filtros, aba Distorções, opção Mosaico. Será aberta uma
janela, determine o Tamanho da Pastilha para 30. Pressione Ok, ou tecle Enter.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Resultado

Qbist

Passo 1: Abra uma Nova imagem no GIMP.


Passo 2: Acesse o Menu Filtros, aba Renderizar, aba Padrão, opção Qbist. Escolha um
dos efeitos disponibilizados, os efeitos no qbist são gerados aleatoriamente.
Passo 4: Salve a imagem no seu PC.

Exemplo Qbist Exemplo Qbist

Camadas

As camadas são muito utilizadas, com


elas podemos realizar diversos efeitos,
montagens, desde as mais simples, as mais
complexas. Toda imagem aberta no GIMP se
comportará como camada, é possível
renomeá-las, modificar seus modos, aplicar
transparência, entre outros.
Observe os exemplos abaixo e os
reproduza.
143
Esculpir Estênsil

Passo 1: Abra a imagem da madeira no GIMP.


Passo 2: Abra uma Nova imagem no GIMP, tamanho da imagem 714x458. Em seguida
clique sobre a Ferramenta de Texto e digite GIMP, na cor preta, tamanho 201, fonte Arial
Bold.
Passo 3: Clique sobre a camada Texto com o botão direito do mouse e escolha a opção
Combinar camadas visíveis.
Passo 4: Acesse o Menu Imagem, aba Modo, opção Tons de cinza.
Passo 5: Retire o Canal alfa da imagem se estiver ativo, através do Menu Camada,
Transparência, Remover Canal alfa.
Passo 6: Clique sobre o Menu Filtros, aba Decoração, opção Esculpir Estêncil. Será
aberta uma janela, no campo Imagem na qual esculpir, escolha a imagem da madeira.
Passo 7: Desmarque a opção Esculpir áreas brancas. Em seguida pressione Ok ou tecle
Enter.
Passo 8: Salve a imagem no seu PC.

Imagem original Resultado

Animação

Com o Gimp é possível criar animações, para isso é necessários alguns cuidados como
por exemplo, a criação final (imagem ou imagens, textos, entre outros) deverão ser salvas no
formato .gif.
A animação trata-se de mais um filtro e como já estudamos filtros você não terá
dificuldades para realizar o exemplo abaixo.

Animação
Passo 1: Abra a imagem do gato no GIMP.
Passo 2: Abra a imagem do cachorro através do Menu Arquivo, opção Abrir como
camada.
Passo 3: Abra uma Nova imagem no GIMP, aplique uma textura de sua preferência e com
a ferramenta de texto digite a frase: Não maltrate os animais. Salve a imagem. Abra
através do Menu Arquivo, opção Abrir como camada.

144
Passo 4: Clique sobre o Menu Filtros, aba Animação, opção Reproduzir, será aberta
uma janela, pressione o botão Play e visualize a animação. Observe que temos outras
opções de animação a nossa disposição como por exemplo, Globo giratório, Ondas,
Transição, entre outros.
Passo 5: Feche a janela de reprodução, e salve a animação através do Menu Arquivo,
opção Exportar como, escolha a extensão .gif e o local onde a animação será salva. Em
seguida será aberta uma janela onde informa que será necessário cortar um pouco das
bordas das imagens pois não estão exatamente do mesmo tamanho, clique em cortar.
Passo 6: Chegamos a última janela do processo de animação, nela marque a opção
Como animação e determine 700 milissegundo para os quadros e clique em Exportar.

Vetor

Passo 1: Abra a imagem da criança e a imagem das flores no GIMP. Não é necessário
abrir como camada. Logo você terá duas janelas de edição abertas no GIMP.
Passo 2: Clique sobre a ferramenta Vetor presente na caixa de ferramentas do GIMP e
faça um contorno sobre a criança. Para unir o primeiro ponto ao ultimo ponto pressione as
teclas Shift+V.
Passo 3: Clique sobre o Menu Editar, opção Recortar, em seguida clique sobre a janela
das flores e novamente sobre o Menu Editar, opção Colar ou use os atalhos Ctrl+X e
Ctrl+V. Redimensione e mova a imagem se necessário.
Passo 4: Ao concluir salve a montagem no seu PC. Essa é apenas uma das formas de
trabalhar com esse tipo de montagem.

Imagem original Resultado

145
Exercícios
Quanta informação não é mesmo? Mas nada melhor do que fazer
vários exercícios para ajudar na memorização e aprendizado dos conteúdos vistos.
.

Realize todos os exercícios propostos, se tiver dúvida volte no conteúdo e encontre a


resposta. Sempre que necessário peça a orientação do seu educador (a).
01 As cruzadas são um ótimo exercício para o cérebro, trabalham a concentração,
desenvolvem raciocínio rápido e habilidade nas respostas, além de enriquecerem o
vocabulário. Responda todos os campos seguindo as dicas disponíveis.

Auxilia no
processo de
montagem
Extensão para
Atalho para animações V
unir os pontos
de um vetor E Ferramenta Brilho e
Contraste, presente
T em qual Menu?
Exemplo O
de filtro
R

02
As camadas são fundamentais em quase todos os processos de manipulação de
imagens. Sobre camadas marque V para verdadeiro e F para falso.

( ) É possível renomeá-las.
( ) Não possuem transparência.
( ) Camadas não são mais utilizadas no Gimp.

03
Adicionar bordas a uma imagem pode melhorar seu aspecto visual quando inserida
em um fundo que contenha outra imagem ou efeitos. No GIMP como é possível aplicar
esse efeito?

A. Menu Filtros, aba Decoração, opção Adicionar borda.


B. Menu Camadas, aba Distorções, opção Adicionar borda.
C. Menu Filtros, aba Desfoque, opção Adicionar borda.
D. Menu Cores, aba Decoração, opção Adicionar borda.

04 Utilizados individualmente ou em conjunto os filtros tem a função de realçar e


valorizar ainda mais as imagens preparando-as para algo específico. Marque a opção
abaixo que contenham apenas filtros presentes no GIMP.

A. Mosaico, contorno 3D, ondas, vento, foto antiga.


B. Vaquificar, clarão de lente, retícula, sombra projetada, esculpir.
C. Cubismo, giz, vento, fotocópia, empurrar.
D. Neon. vento, mosaico, deformação interativa, grampeador.

146
05 É muito comum as pessoas procurarem serviços como o tratamento de imagens,
conhecemos nesse capítulo uma ferramenta cuja função é remover manchas.
Responda qual o nome dessa ferramenta e como a utilizamos?

A. Ferramenta de Restauração, mantemos pressionado a tecla Shift e clicamos em


uma área da imagem que não possua mancha. Soltamos a tecla Shift e clicamos sobre
as manchas para removê-las.
B. Ferramenta de Restauração, mantemos pressionado o atalho Ctrl+H e clicamos em
uma área da imagem que não possua mancha. Soltamos o atalho Ctrl+H e clicamos
sobre as manchas para removê-las.
C. Ferramenta de Restauração, mantemos pressionado a tecla Ctrl e clicamos em uma
área da imagem que não possua mancha. Soltamos a tecla Ctrl e clicamos sobre as
manchas para removê-las.
D. Ferramenta de Restauração, mantemos pressionado a tecla Delete e clicamos em
uma área da imagem que não possua mancha. Soltamos a tecla Delete e clicamos
sobre as manchas para removê-las.

Pratique
Agora que você está bem familiarizado com o editor de imagens
GIMP, será possível realizar o seguinte desafio: Encontre no GIMP o filtro cuja função é
remover olhos vermelhos de uma fotografia. Use a imagem do bebê para realizar essa
atividade.
Dica: Utilize o auxilio da ferramenta Seleção Elíptica.

Imagem original Resultado

Acesse
E então? Gostaria de conhecer um pouco mais sobre manipulação
de imagens? Pesquise na internet videoaulas, tutoriais, dicas, entre outros. Para começar
acesse:
Videoaulas: https://goo.gl/5oKDvy
http://goo.gl/yYB0e

147
CAPÍTULO 17
Inkscape
Olá,
O Inkscape é um editor de gráficos vetoriais e assim como
o Gimp é livre e multiplataforma, ou seja, pode ser instalado em
computadores com o Sistema Operacional Windows por exemplo.
O desenho com vetores muitas vezes é o método preferido
para a criação de imagens de logotipos, ilustrações e artes,
utilizado em uma grande variedade de segmentos da indústria
(publicidade/marcas, engenharia/CAD, gráficos para a web,
desenhos animados) e uso individual. Um programa semelhante ao
Inkscape é o Corel Draw, suas extensões respectivamente são:
.svg e .cdr.

Representação das Cores

Programas de manipulação de imagens e desenhos vetoriais são comumente usados no


mercado de publicidade e criação de web sites, pessoas que trabalham com esses programas,
são chamados de designer, para que você se torne um, é necessário não só conhecer as
ferramentas, mas entender como as figuras e cores agem sobre as pessoas.
As cores exercem diferentes efeitos fisiológicos sobre o organismo humano,
influenciando no dia a dia do ser, interferindo nas emoções, sentidos e intelecto.
As cores são representadas de acordo com seus agrupamentos (modelos de cores).
Vejamos alguns dos modelos utilizados pelo mercado.

Modelo RGB
Quando utilizamos a luz para gerar as cores,
Por exemplo: monitores e televisores.
Formado pela adição das cores primarias
vermelho, verde e azul, a junção dessas três cores,
formam as demais segundo este padrão.
Cores primárias são cores que não resultam
da junção de nenhuma outra cor, já as cores
secundárias são as cores formadas da junção de
outras cores. Observe a figura ao lado.

Red/Vermelho Blue/Azul

Green/Verde

Blue/Azul

148
Modelo CMYC
Qquando utilizamos um pigmento para gerar
as cores. Por exemplo: tintas. Formado pela
subtração de cores, usa como cores primárias o ciano,
a magenta, o amarelo e o preto. Esse modelo é mais
utilizado para impressão de imagens. Observe a figura
ao lado.

Ciano/Vermelho Blue/Azul

Magenta/Verde

Amarelo/Amarelo

Preto

A importância de criar desenhos vetoriais

Uma das principais vantagens dos desenhos vetoriais é sua qualidade. As imagens por
bits, baseiam-se através de pontos minúsculos agrupados, dando a ideia de uma imagem, o
problema é que sua qualidade é limitada. Os vetores são imagens que são referenciados como
cálculos matemáticos. Então, mesmo se a imagem vetorial for ampliada ou redimensionada, ela
não perderá sua qualidade.

Conhecendo a interface do Inkscape


Iremos estudar as principais ferramentas e recursos do Inkscape. Observe a imagem
abaixo.
Barra de título
Barra de menu

Barra de controle Barra de controle


de alto alinhamento de ferramentas
Barra de ferramentas

Área
de desenho

Barra de status Paleta de cores


149
Caixa de Ferramentas

Ao posicionar o cursor do mouse sobre os ícones presentes na barra de ferramentas


será exibido uma caixa de diálogo informando sua função seguida do atalho. Observe abaixo.
Seletor - Selecione e transforme objetos F1
Editor de nós - Edite caminhos e nós F2
Ajustador - Ajuste objetos pintando-os ou esculpindo-os Shift+F2
Zoom - Amplie ou reduza o nível de zoom F3
Ferramenta de medida M
Retângulo - Crie ou edite retângulos e quadrados F4
Caixa 3D - Crie ou edite caixas 3D Shift+F4
Elipse - Crie ou edite círculos, elipses e arcos F5
Polígono - Crie ou edite polígonos e estrelas *
Espiral - Crie ou edite espirais F9
Mão livre - Desenhe linhas livremente F6
Caneta bézier - Desenhe curvas e linhas Shift+F6
Caneta caligráfica - Desenhe curvas caligráficas ou traços de pincel Ctrl+F6
Texto - Crie ou edite textos de parágrafo e comuns F8
Spray objects by sculpting or painting Shift+F3
Borracha - Apague caminhos ou áreas dos mesmos Shift+E
Lata de tinta - Preencha áreas fechadas Shift+F7
Gradiente - Crie ou edite definições de gradiente Ctrl+F1
Mesh - crie um gradiente em forma de malha
Conta-gotas - Capture cores dos objetos F7
Crie conectores de diagrama Ctrl+F2

Contorno e Preenchimento

Os objetos criados por vetor tem duas propriedades básicas: borda também chamada
de contorno e preenchimento. Observe as figuras abaixo.

Preenchimento Sem Preenchimento


verde Preenchimento verde
Contorno Contorno Sem
preto preto Contorno

150
Acesse
Assista a uma videoaula https://bityli.com/JSTkM sobre a barra
barra de ferramentas e as formas básicas no Inkscape.

Pratique

1. Crie a logo do Drive do Google no Inkscape, assista ao video de orientação


https://bityli.com/TMT60.

2. Crie um efeito metálico no texto Chromifox, assista ao video de orientação


https://bityli.com/uMEto.

151
Bibliografia

Community Foundation International. Disponível em: <http://www.gcfaprendelivre.org/>.


Acessado em: 21/06/2016
CERT.BR. Cartilha de Segurança para Internet. Disponível em: <http://cartilha.cert.br/>.
Acessaso em: 21/06/2016
UNICEF. Guia UNICEF - Internet sem vacilo. Disponível em: <http://www.unicef.org/brazil
/pt/GuiaUNICEFInternetSemVacilo.pdf>. Acessado em: 21/06/2016.
SaferNet. Sexting - Sexualidade na Internet. Disponível em: <http://new.netica.org.br/ado
lescentes/orientacoes#sexting>. Acessado em: 21/06/2016.
C3SL. Manual do Usuário Linux Educacional 5.0. Disponível em: <http://linuxeducacional.
c3sl.ufpr.br/ManualLE5.pdf> Acessado em: 21/06/2016.
Libre Office - The Document Fundation. Disponível em: <https://pt-br.libreoffice.org/baixe-
ja/libreoffice-stable/. Acessado em: 21/06/2016.
BOTELHO, Laís. Cuidados básicos com seu computador. Disponível em: <http://www.ncd.
ufes.br/ncd/?q=content/cuidados-b%C3%A1sicos-com-seu-computador>. Acessado em:
21/06/2016.
Tec Mundo. Os 7 mais famosos vírus de computador da história. Disponível em: <http://
www.tecmundo.com.br/virus/41664-os-7-mais-famosos-virus-de-computador-da-historia
.htm>. Acessado em: 21/06/2016.
Google. Por dentro da pesquisa. Disponível em: <http://www.google.com/intl/pt-br/inside
search/tipstricks/all.html>. Acessado em: 21/06/2016.
Secretaria da Saúde da Bahia. Perfil das doenças: Dengue, Zica e Chikungunya. Disponível em:
<http://www.saude.ba.gov.br/novoportal/index.php?option=com_content&id=9496&Ite
mid=17>. Acessado em: 21/06/2016.
Criasaúde. 10 dicas para combater a dengue. Disponível em: <http://www.criasaude.com.
br/noticias/dicas-para-combater-a-dengue-00007.html>. Acessado em: 21/06/2016
Projeto e-Jovem. Apostila Módulo 1 - Inkscape. Disponível em: <http://www.projetoejovem
.com.br>. Acessado em: 29/06/2019

152

Você também pode gostar