Você está na página 1de 1

meet.google.

com/xkx-bbdp-zuy

TEORIA EM CIÊNCIAS DA NATUREZA

Uma teoria científica é um conjunto de conhecimentos relacionados a um determinado


evento, ou ainda a um fenômeno visto como um problema a ser entendido ou solucionado.
Uma teoria é estruturada e amparada por: um problema (acadêmico ou prático),
evidências (que falam por si mesmo), postulados (algo demonstrável, ou seja,
experimentável), axiomas (algo inquestionável, não demonstrável – como o movimento
absoluto dos corpos), teoremas (uma “verdade” dependente de axiomas), perguntas,
hipóteses, previsões, teses, regras e leis. Na Biologia, por exemplo, muito pouco se
explica com leis apenas, detalhe diferente em relação a Física e a Química. No cotidiano,
geralmente, Teoria e Hipótese é entendido como sinônimo. Além disso, é muito comum
observar alguém separando Teoria de Prática, essa dicotomia não procede em Ciências
Naturais. A Matemática Acadêmica é uma ferramenta muito útil à Ciências quando
contextualizada, ou seja, não generalizada, como a matemática escolar. Desta ferramenta,
emerge o RIGOR CIENTÍFICO, principalmente quando uma pesquisa é majoritariamente
quantitativa. No entanto, A LÓGICA na Biologia pode ser uma armadilha. Assim,
entende-se que são elementos diversos que estruturam uma Teoria. Outro fato interessante
é que nem sempre uma Teoria é suficiente para explicar um fenômeno complexo, como
o Envelhecimento Biológico, que é abordado por diversas Teorias que se completam e
não se excluem. As Teorias são Práticas, indivisíveis, indissociáveis e as práticas são
teorias. Muitas das vezes esta discriminação entre Teoria e Prática nasce do
desconhecimento de que temos a considerar a Ciências do cotidiano, a Ciências Escolar
e a Ciências Acadêmica.

Você também pode gostar