Você está na página 1de 11

DRENAGEM

AULA 02
ESTUDOS HIDROLÓGICOS
Definição das curvas IDF
DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Processamento dos dados
• Curvas de intensidade - duração – frequência para 5, 10, 15,
25, 50 e 100 anos, no mínimo;
• Curvas de altura-duração–frequência para 5, 10, 15, 25, 50 e
100 anos, no mínimo;
• Histogramas das precipitações pluviométricas mensais
mínimas, médias e máximas;
• Histogramas com as distribuições mensais dos números de
dias de chuva mínimos, médios e máximos;
• Tabela contendo os valores extremos das vazões médias
diárias em caso de disponibilidade de réguas milimétricas nos
cursos d’água em local próximo ao da obra de arte a ser
projetada;
• Tabela contendo as cotas das máximas enchentes observadas
na região, no caso de não se dispor de régua milimétricas.
DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Processamento dos dados
• Curvas de intensidade - duração – frequência para 5, 10, 15,
25, 50 e 100 anos, no mínimo;
DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Obtenção das Curvas de intensidade - duração –
frequência
Contextos:

1. Existem postos com equações já definidas

2. Existem postos com dados históricos mas sem curvas nem


equações definidas

3.Não há postos com dados suficientes


DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitivo


Obtenção das Curvas de intensidade - duração – frequência
Contexto 1:
• Existem postos com equações já definidas
DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitivo


Obtenção das Curvas de intensidade - duração – frequência
Contexto 1
• Existem postos com equações já definidas
DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Obtenção das Curvas de intensidade - duração – frequência
Contexto 2
2. Existem postos com dados históricos mas sem curvas nem
equações definidas

• Obtenção das curvas

• Obtenção das equações


DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Obtenção das Curvas de intensidade - duração – frequência
Contexto 2
• Sequencia para obtenção das curvas:
1- Obtenção e sistematização dos dados:
- Precipitação máxima em 24 horas (por ano)
- Dados de 10 anos no mínimo

2 – Aplicação da equação de Vem te Chow para obtenção das


alturas pluviométricas diárias para cada tempo de recorrencia
fixado (Tr)

3- Aplicação da metodologia proposta pelo Engº Jaime


Taborga Torrico para transformação das alturas
pluviométricas diárias em alturas pluviométricas horárias
DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Obtenção das Curvas de intensidade - duração – frequência
Contexto 2
• Sequencia para obtenção das curvas:

4- Obtenção das equações de duração de chuva para cada Tr a


partir das alturas pluviométricas horárias

5 – Obtenção das alturas (h) e intensidade da chuva (I) para


diversos tempos de duração, usando as equações obtidas

3- Desenho das curvas


DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Obtenção das Curvas de intensidade - duração – frequência
Contexto 3
• Alternativa quando não há dados pluviométricos suficientes:
Método de Bell:

Em 1969 obteve uma equação que relaciona a chuva intensa Pt,T, para t
minutos de duração e T anos de recorrência e a chuva P60,2 (60 minutos e 2
anos de recorrência):

A equação de Bell foi obtida com dados de vários continentes e é válida para
durações entre 5 e 120 minutos e Tempos de recorrência entre 2 e 100
anos.
DRENAGEM

ESTUDOS HIDROLÓGICOS - Fase Definitiva


Obtenção das Curvas de intensidade - duração – frequência
Contexto 3
• Alternativa quando não há dados pluviométricos suficientes:
Método de Bell

Para a determinação da chuva de 2 anos e 1 hora, é possível utilizar um


posto com série curta, com o método das séries parciais. Bell estabeleceu
uma relação para a obtenção da precipitação P60,2:

Onde:
M = média das precipitações máximas anuais
n = número médiao de dias de chuva

Você também pode gostar