Você está na página 1de 18

Contabilidade Geral

Essencial

Normas, técnicas e práticas contábeis

Contabilidade Geral Essencial 19


Normas Brasileiras de Contabilidade
• As Normas Brasileiras de Contabilidade
estabelecem preceitos de conduta profissional e
padrões e procedimentos técnicos necessários
para o adequado exercício profissional.
– São aplicadas indistintamente a todos os profissionais
de Contabilidade.
– A inobservância às Normas Brasileiras de
Contabilidade constitui infração disciplinar sujeita às
penalidades previstas em lei e ao Código de Ética
Profissional do Contabilista.

Contabilidade Geral Essencial 20


Normas Brasileiras de Contabilidade
• As Normas Brasileiras de Contabilidade
classificam-se em Profissionais e Técnicas.
– As Normas Profissionais estabelecem regras de
exercício profissional e classificam-se em:
• NBC PG – Geral
• NBC PA – do Auditor Independente
• NBC PI – do Auditor Interno
• NBC PP - do Perito Contábil

Contabilidade Geral Essencial 21


Normas Brasileiras de Contabilidade
– As Normas Técnicas estabelecem conceitos
doutrinários, regras e procedimentos aplicados de
Contabilidade e classificam-se em:
• NBC TG – Geral
• NBC TSP – do Setor Público
• NBC TA – de Auditoria Independente de Informação Contábil
Histórica
• NBC TR – de Revisão de Informação Contábil Histórica
• NBC TO – de Asseguração de Informação Não Histórica
• NBC TSC – de Serviço Correlato
• NBC TI – de Auditoria Interna
• NBC TP – de Perícia

Contabilidade Geral Essencial 22


Normas Brasileiras de Contabilidade
• A Interpretação Técnica (IT) tem por objetivo
esclarecer a aplicação das Normas Brasileiras de
Contabilidade, definindo regras e procedimentos
a serem aplicados em situações, transações ou
atividades específicas, sem alterar a substância
dessas normas.
• O Comunicado Técnico (CT) tem por objetivo
esclarecer assuntos de natureza contábil, com a
definição de procedimentos a serem
observados, considerando os interesses da
profissão e as demandas da sociedade.

Contabilidade Geral Essencial 23


Técnicas Contábeis
• Escrituração Contábil:
– É a técnica por meio da qual se efetuam os registros
das ocorrências que afetam o patrimônio de uma
entidade. Estas ocorrências recebem a designação de
fatos contábeis.
• Elaboração de Demonstrações Contábeis:
– As informações contábeis são organizadas utilizando-
se demonstrativos, os quais permitem, por meio de
suas análises, avaliar a situação econômica e
financeira das entidades

Contabilidade Geral Essencial 24


Técnicas Contábeis
• Auditoria Contábil:
– Consiste no conjunto de procedimentos técnicos que tem como
objetivo avaliar se as demonstrações contábeis de uma entidade
econômico-administrativa retratam sua real situação
patrimonial, assim como o de verificar se estas demonstrações
foram elaboradas conforme os Princípios Fundamentais da
Contabilidade e de acordo com determinações legais
pertinentes.
• Análise das demonstrações Contábeis:
– É uma função que tem como metodologia comparar receita,
lucro ou patrimônio líquido em um mesmo período para
informar ao sistema sua evolução contábil. Ou seja, é de fato
analisar e extrair alguma informação das demonstrações
contábeis.

Contabilidade Geral Essencial 25


Técnicas Contábeis
• Alguns autores também incluem a
Consolidação de Balanços:
– Corresponde à unificação das Demonstrações
Contábeis da empresa controladora de suas
controladas, visando a apresenta a situação
econômica e financeira de todo o grupo, como se
fosse uma única empresa.

Contabilidade Geral Essencial 26


Práticas Contábeis
• Práticas Contábeis Adotadas no Brasil,
segundo a definição contida no
Pronunciamento Técnico CPC nº 13, é uma
terminologia que abrange a legislação
societária brasileira, os Pronunciamentos,
Orientações e Interpretações emitidos pelo
CPC.

Contabilidade Geral Essencial 27


Práticas Contábeis
• Normas contábeis emitidas pelos órgãos
reguladores e práticas adotadas pelas entidades
em assuntos não regulados também estão
inclusas neste contexto, desde que atendam ao
Pronunciamento Conceitual Básico Estrutura
Conceitual para a Elaboração e Apresentação das
Demonstrações Contábeis, emitido pelo CPC, que
devem estar em consonância com as normas
contábeis internacionais.

Contabilidade Geral Essencial 28


Práticas Contábeis
• O principal normatizador contábil no mundo é
o IASB – International Accounting Standards
Board, que emite as IFRS – International
Financial Reporting Standards.
• O objetivo do IASB é “desenvolver, com base
em princípios claramente articulados, um
conjunto único de pronunciamentos contábeis
de alta qualidade, compreensíveis, exequíveis
e aceitáveis globalmente” (IFRS, 2011).

Contabilidade Geral Essencial 29


Práticas Contábeis
• No Brasil, o processo de convergência às
normas internacionais de contabilidade teve
início com as alterações da lei das Sociedades
Anônimas (6.404/76) e foi continuado com as
alterações promovidas pelas leis 11.638/07 e
11.941/09.

Contabilidade Geral Essencial 30


Práticas Contábeis
• Esse processo de convergência vem sendo
aplicado gradualmente desde então, tendo o
seu ápice para o exercício de 2010, durante o
qual as companhias abertas foram obrigadas a
adotar as normas internacionais de
contabilidade em sua forma completa.

Contabilidade Geral Essencial 31


Caiu em Concurso
(Ano: 2016 - Banca: AOCP - Órgão: Prefeitura de Juiz de Fora – MG)
Assinale a alternativa que representa corretamente as técnicas que a
contabilidade utiliza para alcançar seus objetivos.
a) Escrituração, planejamento, coordenação e controle do patrimônio.
b) Escrituração, balanços, inventários de estoques e controle do
patrimônio.
c) Controle do patrimônio, auditoria, planejamento e orçamentos.
d) Auditoria, escrituração, demonstrações contábeis e análises das
demonstrações contábeis.
e) Contabilização, auditoria, planejamento e controle do patrimônio.

Contabilidade Geral Essencial 32


Caiu em Concurso
(Ano: 2013 - Banca: CESPE - Órgão: MS) A Lei n.º
11.638/2007 teve como objetivo, entre outros,
convergir as práticas contábeis brasileiras às dos
princípios contábeis geralmente aceitos nos
Estados Unidos da América -USGAAP.

Certo Errado

Contabilidade Geral Essencial 33


Caiu em Concurso
(Ano: 2012 - Banca: CESGRANRIO - Órgão: Petrobras)
Atualmente, as normas internacionais de informações
financeiras (IFRS), anteriormente chamadas de normas
internacionais de contabilidade (IAS), são emitidas por
que órgão?
a) European Accounting Association
b) Financial Accounting Standards Board
c) International Accounting Standards Board
d) International Organization of Securities Commission
e) International Financial Reporting Interpretations
Committee

Contabilidade Geral Essencial 34


Caiu em Concurso
(Ano: 2016 - Banca: COVEST-COPSET - Órgão: UFPE) As Normas Brasileiras de
Contabilidade Técnica – Geral – são as normas brasileiras de contabilidade
convergentes com as normas internacionais emitidas pelo International
Accounting Standards Board (IASB) e as Normas Brasileiras de Contabilidade
editadas por necessidades locais, sem equivalentes internacionais. Elas são
segregadas em:
a) Normas Completas, Normas Simplificadas para as PMEs e Normas
Específicas.
b) Normas Específicas para Grandes Empresas, Normas Completas e Normas
Gerais.
c) Normas simplificadas para as PMEs, Normas específicas para as Grandes
Empresas e Normas Gerais.
d) Normas Completas, Normas Gerais para as Grandes Empresas e Normas
Específicas.
e) Normas Gerais, Normas Simplificadas para as PMEs e Normas Específicas
para as Grandes Empresas.

Contabilidade Geral Essencial 35


Caiu em Concurso
(Ano: 2015 - Banca: INSTITUTO AOCP - Órgão: EBSERH) Segundo a Resolução
do CFC n.º 751/93, as Normas Brasileiras de Contabilidade estabelecem
regras de conduta profissional e procedimentos técnicos que devem ser
observados na realização dos trabalhos previstos na Resolução CFC n.º
560/83, juntamente com os Princípios Fundamentais de Contabilidade.
Referente aos assuntos, assinale a alternativa correta.
a) As Normas Brasileiras de Contabilidade devem ser observadas somente
quando o profissional tiver dúvidas.
b) As Normas Brasileiras de Contabilidade não estabelecem regras de exercício
profissional.
c) As Normas Brasileiras de Contabilidade não estabelecem conceitos
doutrinários, regras e procedimentos aplicados na Contabilidade.
d) A inobservância das Normas Brasileiras de Contabilidade não constitui
infração disciplinar, sujeita às penalidades previstas.
e) A inobservância das Normas Brasileiras de Contabilidade constitui infração
disciplinar, sujeita às penalidades previstas.

Contabilidade Geral Essencial 36