Você está na página 1de 4

Ano B – n o 21 – 7 de março de 2021

3o Domingo da Quaresma
“Cristo é a nossa paz: do que era dividido,
fez uma unidade” (Ef 2,14a) – CFE 2021

O tempo quaresmal que vivemos nos conduz ao centro do mistério da nossa Sal-
vação: o Tríduo Pascal da paixão, morte e ressurreição do Senhor. Este mistério nos
convida a tomarmos consciência da obra redentora de Cristo e a vivermos com maior
profundidade o próprio Batismo. Para tanto, a liturgia de hoje nos convida a entender
os sinais que Deus nos mostra, reafirmando todo o seu amor por nós.

Antífona da Entrada (Sl 24,15-16)

Ritos Iniciais Tenho os olhos sempre fitos no Senhor,


porque livra os meus pés da armadilha.
Olhai para mim, tende piedade, pois vivo
1. Canto de Entrada (De pé) sozinho e infeliz. 4. Oração
REFRÃO: Eis o tempo de conversão, eis 3. Ato Penitencial P. OREMOS: Ó Deus, fonte de toda
o dia da salvação. / Ao Pai voltemos, misericórdia e de toda bondade, vós nos
juntos andemos. / Eis o tempo de con- P. O Senhor Jesus, que nos convida à indicastes o jejum, a esmola e a oração
versão! mesa da Palavra e da Eucaristia, nos como remédio contra o pecado. Acolhei
chama à conversão. Reconheçamos ser esta confissão da nossa fraqueza para que,
1. Os caminhos do Senhor são verdade, pecadores e invoquemos com confiança humilhados pela consciência de nossas
são amor. / Dirigi os passos meus; em vós a misericórdia do Pai. faltas, sejamos confortados pela vossa
espero, oh Senhor! / Ele guia ao bom cami- (Pausa) misericórdia. Por nosso Senhor Jesus Cris-
nho quem errou e quer voltar. / Ele é bom, to, vosso Filho, na unidade do Espírito
fiel e justo; Ele busca e vem salvar. P. Senhor, que na água e no Espírito nos
regenerastes à vossa imagem, tende pie- Santo.
2. Viverei com o Senhor, Ele é o meu sus- dade de nós. T. Amém.
tento. / Eu confio, mesmo quando minha
T Senhor, tende piedade de nós.
dor não mais aguento. / Tem valor aos
olhos seus meu sofrer e meu morrer. / P. Cristo, que enviais o vosso Espírito
Libertai o vosso servo e fazei-o reviver! para criar em nós um coração novo, tende Liturgia da Palavra
piedade de nós.
2. Saudação T. Cristo, tende piedade de nós.
L. A Palavra orienta o modo como deve-
mos conduzir o nosso viver.
P. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito P. Senhor, que nos tornastes participantes
Santo. do vosso Corpo e do vosso Sangue, tende 5. Primeira Leitura
T. Amém. piedade de nós. (Ex 20,1-17) (Sentados)

P. A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e T. Senhor, tende piedade de nós. Leitura do Livro do Êxodo
de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam P. Deus todo-poderoso tenha compaixão Naqueles dias, 1Deus pronunciou todas
convosco. de nós, perdoe os nossos pecados e nos estas palavras: 2“Eu sou o Senhor teu
conduza à vida eterna.
T. Bendito seja Deus que nos reuniu Deus que te tirou do Egito, da casa da
no amor de Cristo. T. Amém. escravidão. 3Não terás outros deuses além

Entrada: Pe. José Weber; Aclamação: Maucyr Gibin, Pe. José Weber e Waldeci Farias; Ofertas: Fr. Telles Ramon, O. de M. e Wanderson Luiz de Freitas; Comunhão:
Jonathan Panta; Final: Fr. Telles Ramon, O. de M. e Adenor Leonardo Terra (Hino da CFE 2021).
de mim. 4Não farás para ti imagem escul- para sempre. Os julgamentos do Senhor lembraram-se, mais tarde, que a Escritura
pida, nem figura alguma do que existe em são corretos * e justos igualmente. diz: “O zelo por tua casa me consumirá”.
cima, nos céus, ou embaixo, na terra, ou 4. Mais desejáveis do que o ouro são eles,
18
Então os judeus perguntaram a Jesus:
do que existe nas águas, debaixo da terra. * do que o ouro refinado. Suas palavras “Que sinal nos mostras para agir assim?”
5
Não te prostrarás diante desses deuses, são mais doces que o mel, * que o mel que
19
Ele respondeu: “Destruí este Templo, e
nem lhes prestarás culto, pois eu sou o sai dos favos. em três dias eu o levantarei”. 20 Os judeus
Senhor teu Deus, um Deus ciumento. disseram: “Quarenta e seis anos foram
Castigo a culpa dos pais nos filhos até 7. Segunda Leitura (1Cor 1,22-25) precisos para a construção deste santuário
à terceira e quarta geração dos que me e tu o levantarás em três dias?” 21Mas Jesus
Leitura da Primeira Carta de São Paulo
odeiam, 6mas uso da misericórdia por estava falando do Templo do seu corpo.
aos Coríntios
mil gerações com aqueles que me amam 22
Quando Jesus ressuscitou, os discípu-
e guardam os meus mandamentos. 7Não Irmãos: 22Os judeus pedem sinais mila- los lembraram-se do que ele tinha dito
pronunciarás o nome do Senhor teu Deus grosos, os gregos procuram sabedoria; e acreditaram na Escritura e na palavra
em vão, porque o Senhor não deixará sem 23
nós, porém, pregamos Cristo crucifica- dele. 23Jesus estava em Jerusalém durante
castigo quem pronunciar seu nome em do, escândalo para os judeus e insensatez a festa da Páscoa. Vendo os sinais que
vão. 8Lembra-te de santificar o dia de para os pagãos. 24Mas, para os que são realizava, muitos creram no seu nome.
sábado. 9Trabalharás durante seis dias chamados, tanto judeus como gregos, 24
Mas Jesus não lhes dava crédito, pois
e farás todos os teus trabalhos, 10mas o esse Cristo é poder de Deus e sabedoria ele conhecia a todos; 25e não precisava
sétimo dia é sábado dedicado ao Senhor de Deus. 25Pois o que é dito insensatez de do testemunho de ninguém acerca do ser
teu Deus. Não farás trabalho algum, nem Deus é mais sábio do que os homens, e o humano, porque ele conhecia o homem
tu, nem teu filho, nem tua filha, nem teu que é dito fraqueza de Deus é mais forte por dentro. Palavra da Salvação.
escravo, nem tua escrava, nem teu gado, do que os homens. Palavra do Senhor. T. Glória a vós, Senhor.
nem o estrangeiro que vive em tuas cida-
T. Graças a Deus.
des. 11Porque o Senhor fez em seis dias 10. Homilia (Sentados)
o céu, a terra e o mar, e tudo o que eles
contêm; mas no sétimo dia descansou.
8. Aclamação ao Evangelho (De pé) Momento de silêncio para meditação pessoal.

Por isso o Senhor abençoou o dia do REFRÃO: Bendita, bendita, bendita a


sábado e o santificou. 12Honra teu pai Palavra do Senhor! / Bendito, bendito, 11. Profissão de Fé (De pé)
e tua mãe, para que vivas longos anos bendito quem a vive com amor.
P. Creio em Deus Pai todo-poderoso,
na terra que o Senhor teu Deus te dará. 1. A Palavra de Deus escutai: no Evan-
13
Não matarás. 14Não cometerás adulté- gelho Jesus vai falar. / A justiça do Reino T. criador do céu e da terra. / E em Jesus
rio. 15Não furtarás. 16Não levantarás falso do Pai procurai em primeiro lugar. Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, /
testemunho contra o teu próximo. Não que foi concebido pelo poder do Espí-
cobiçarás a casa do teu próximo. 17Não 9. Evangelho (Jo 2,13-25)
rito Santo; / nasceu da Virgem Maria;
cobiçarás a mulher do teu próximo, nem / padeceu sob Pôncio Pilatos, / foi cru-
P. O Senhor esteja convosco. cificado, morto e sepultado. / Desceu à
seu escravo, nem sua escrava, nem seu
boi, nem seu jumento, nem coisa alguma T. Ele está no meio de nós. mansão dos mortos; / ressuscitou ao ter-
que lhe pertença”. Palavra do Senhor. ceiro dia, / subiu aos céus; / está sentado
P. = Proclamação do Evangelho de Jesus
à direita de Deus Pai todo-poderoso, /
T. Graças a Deus. Cristo segundo João.
donde há de vir a julgar os vivos e os
T. Glória a vós, Senhor. mortos. / Creio no Espírito Santo; / na
6. Salmo Responsorial Sl 18(19b) Santa Igreja Católica; / na comunhão
P. 13ESTAVA PRÓXIMA a Páscoa dos
REFRÃO: Senhor, tens palavras de vida dos santos; / na remissão dos pecados;
eterna. judeus e Jesus subiu a Jerusalém. 14No
Templo, encontrou os vendedores de bois, / na ressurreição da carne; / na vida
1. A lei do Senhor Deus é perfeita, * ovelhas e pombas e os cambistas que esta- eterna. / Amém.
conforto para a alma! O testemunho do vam aí sentados. 15Fez então um chicote de
Senhor é fiel, * sabedoria dos humildes.
cordas e expulsou todos do Templo, junto
12. Preces da Comunidade
2. Os preceitos do Senhor são precisos, * com as ovelhas e os bois; espalhou as moe- P. Irmãos e irmãs, supliquemos a Deus a
alegria ao coração. O mandamento do das e derrubou as mesas dos cambistas. sua misericórdia, para que possamos ser
Senhor é brilhante, * para os olhos é uma 16
E disse aos que vendiam pombas: “Tirai pedras vivas para edificar o templo do
luz. isso daqui! Não façais da casa de meu Pai Senhor.
3. É puro o temor do Senhor, * imutável uma casa de comércio!” 17Seus discípulos 1. Para que a Igreja, fiel à leis divinas,

A N O DE S ÃO J O S É
2020 - 8 de dezembro - 2021
Convocado pelo Papa Francisco pelos 150 anos da declaração
do Esposo de Maria como Padroeiro Universal da Igreja.
Um presente para a Igreja!
seja sempre sinal de Cristo no mundo, 14. Convite à Oração (De pé)
para nós o Corpo e = o Sangue de Jesus
rezemos: Cristo, vosso Filho e Senhor nosso.
P. Orai, irmãos e irmãs, para que levando
T. Conduzi-nos em vossa Palavra, ao altar as alegrias e fadigas de cada dia, T. Santificai nossa oferenda, ó Senhor!
Senhor! nos disponhamos a oferecer um sacrifício P. Estando para ser entregue e abraçando
2. Para que os poderes públicos encontrem aceito por Deus Pai todo-poderoso. livremente a paixão, ele tomou o pão, deu
nas leis de Deus a inspiração para realiza- T. Receba o Senhor por tuas mãos este graças, e o partiu e deu a seus discípulos,
rem o bem, a justiça e a caridade, rezemos: sacrifício, para glória do seu nome, para dizendo:
3. Para que não deixemos de perceber em nosso bem e de toda a santa Igreja. TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O
nossa vida os sinais da presença de Deus, MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE
rezemos: 15. Oração Sobre as Oferendas POR VÓS.
4. Para que os nossos pensamentos e P. Ó Deus de bondade, concedei-nos por Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele
atitudes estejam sempre de acordo com este sacrifício que, pedindo perdão de nos- tomou o cálice em suas mãos, deu gra-
a vontade de Deus, rezemos: sos pecados, saibamos perdoar a nossos ças novamente, e o deu a seus discípulos,
semelhantes. Por Cristo, nosso Senhor. dizendo:
5. Para que a Campanha da Fraternidade
Ecumênica desperte nossa consciência na T. Amém. TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O
superação das indiferenças e divisões para CÁLICE DO MEU SANGUE, O SAN-
criarmos pontes que unem e reconciliam, 16. Oração Eucarística II GUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA,
rezemos: Prefácio da Quaresma, I QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E
(Outros pedidos) POR TODOS PARA REMISSÃO DOS
Sentido espiritual da Quaresma
PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA
P. Ó Deus, fazei com que o vosso povo P. O Senhor esteja convosco. DE MIM.
seja fiel à vossa Palavra, e voltai para nós o
vosso coração, a fim de recebermos a vossa T. Ele está no meio de nós. Eis o mistério da fé!
misericórdia. Por Cristo, nosso Senhor P. Corações ao alto. T. Anunciamos, Senhor, a vossa morte
T. Amém. e proclamamos a vossa ressurreição.
T. O nosso coração está em Deus.
Vinde, Senhor Jesus!
P. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
P. Celebrando, pois, a memória da morte
Liturgia Eucarística T. É nosso dever e nossa salvação. e ressurreição do vosso Filho, nós vos ofe-
recemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da
P. Na verdade, é justo e necessário,
salvação; e vos agradecemos porque nos
13. Canto das Ofertas é nosso dever e salvação dar-vos gra-
(Sentados) tornastes dignos de estar aqui na vossa
ças, sempre e em todo o lugar, Senhor, presença e vos servir.
REFRÃO: Escuta, Senhor, a voz do povo Pai Santo, Deus eterno e todo-pode-
teu e dá-nos a tua salvação! / Que Cristo roso, por Cristo, Senhor nosso. Vós T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!
Jesus nos prometeu! / Que Cristo Jesus concedeis aos cristãos esperar com
nos prometeu! P. E nós vos suplicamos que, participando
alegria, cada ano, a festa da Páscoa.
do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reu-
1. Como outrora nossos pais conduziste à De coração purificado, entregues à
nidos pelo Espírito Santo num só corpo.
boa terra, / vem, conduz a tua Igreja que oração e à prática do amor fraterno,
preparamo-nos para celebrar os mis- T. Fazei de nós um só corpo e um só
caminha e em Ti espera. / Tua esperança
térios pascais, que nos deram vida no- espírito!
nós vivemos pois não é uma quimera.
va e nos tornaram filhas e filhos vossos.
P. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que
2. Se nos falta tua luz, na penumbra Por essa razão, agora e sempre, nós nos
se faz presente pelo mundo inteiro: que ela
andaremos, / nossas vidas transformadas unimos aos anjos e a todos os santos,
cresça na caridade, com o Papa N., com
por tua Páscoa nós queremos. / E a morte, cantando (dizendo) a uma só voz:
o nosso Bispo N. e todos os ministros do
o mal e a dor para sempre venceremos.
T. Santo, Santo, Santo, / Senhor Deus vosso povo.
3. A verdade que liberta vem, conduz, ó do universo! / O céu e a terra procla-
T. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!
justiceiro / o abismo do pecado é o nosso mam a vossa glória. / Hosana nas altu-
cativeiro. / Mas em tua palavra temos o ras! / Bendito o que vem em nome do P. Lembrai-vos também dos nossos
refúgio verdadeiro. Senhor! / Hosana nas alturas! irmãos e irmãs que morreram na espe-
rança da ressurreição e de todos os que
4. Eis que estamos nesses dias de pro- P. Na verdade, ó Pai, vós sois santo e
partiram desta vida: acolhei-os junto a
varmos teu perdão. / Nossas culpas Tu fonte de toda santidade. Santificai, pois,
vós na luz da vossa face.
apagas e nos tiras da prisão. / Teu amor estas oferendas, derramando sobre elas
nós cantaremos em eterna gratidão. o vosso Espírito, a fim de que se tornem T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

13o Plano de
Pastoral de Conjunto
Arquidiocese do Rio de Janeiro – 2020-2023
P. Enfim, nós vos pedimos, tende pie­dade Todos que comungam hão de alcançar vos sustente na luta contra o mal, para
de todos nós e dai-nos participar da vida uma vida plena e frutificar. poderdes com Cristo celebrar a vitória
eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, da Páscoa.
Momento de silêncio para oração pessoal.
com São José, seu esposo, com os santos
Apóstolos e todos os que neste mundo vos T. Amém.
serviram, a fim de vos louvarmos e glori- Antífona da Comunhão (SL 83,4-5) P. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai
ficarmos por Jesus Cristo, vosso Filho. Até o pássaro encontra um abrigo e a e Filho = e Espírito Santo.
T. Concedei-nos o convívio dos eleitos! andorinha um ninho para pôr os seus T. Amém.
filhotes: nos vossos altares, Senhor do
P. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a P. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade universo, meu rei e meu Deus! Felizes os
do Espírito Santo, toda a honra e toda a que habitam em vossa casa: sem cessar T. Graças a Deus.
glória, agora e para sempre. podem louvar-vos!
T. Amém.
22. Canto Final
19. Depois da Comunhão (De pé) 1. Venham todos, vocês, venham todos,
17. Rito da Comunhão P. OREMOS: Ó Deus, tendo recebido reunidos num só coração, // de mãos
o penhor do vosso mistério celeste, e já dadas, formando a aliança, confirmados
P. Antes de participar do banquete da
saciados na terra com o pão do céu, nós na mesma missão.
Eucaristia, sinal de reconciliação e vínculo
de união fraterna, rezemos, juntos, como vos pedimos a graça de manifestar em REFRÃO: Em nome de Cristo, que é a
o Senhor nos ensinou: nossa vida o que o sacramento realizou nossa paz! Em nome de Cristo, que a
em nós. Por Cristo, nosso Senhor. vida nos traz: // do que estava dividido,
T. Pai nosso... (O celebrante continua...)
T. Amém. unidade Ele faz!
18. Canto de Comunhão 2. Venham todos, vocês, meus amigos,
REFRÃO: Nesta Quaresma, Senhor, caminhar com o Mestre Jesus. // Ele vem
seja a Palavra o nosso pão / que santi- Ritos Finais revelar a Escritura como fez no caminho
fique noss’alma, este banquete, a comu- a Emaús.
nhão (2x) 20. Vivência 3. Venham todos, vocês, testemunhas,
1. Vós, Senhor Jesus, em quarenta dias construamos a plena unidade, // no diá-
L. Que a atitude de Jesus no expulsar os logo comprometido com a paz e a frater-
superastes fome, toda a tentação. / Nós, vendilhões do Templo, possa incentivar o
com nosso apego às coisas terrestres, nos nidade.
zelo com as coisas de Deus, e que alimen-
preenchendo agora deste Pão celeste. tados por sua Palavra possamos viver mais 4. Venham todos, mulheres e homens,
2. Vossa Majestade fez transfigurar para intensamente os seus mistérios. superar toda polaridade, // pois em Cristo
alguns dos vossos no Monte Tabor. / Hoje nós somos um povo, reunidos na diversi-
aqui estamos p’ra vos receber, que se trans- 21. Bênção Final e Despedida dade.
figure todo nosso ser. P. O Senhor esteja convosco. 5. Venham jovens, idosos, crianças e viva-
3. Com seu braço forte expulsou do T. Ele está no meio de nós. mos o amor-compromisso // na partilha,
templo homens que o tomaram para sua no dom da esperança e na fé que se torna
ganância. / Nós, com penitências próprias P. Deus, Pai de misericórdia, conceda a serviço.
todos vós, como concedeu ao filho pró-
deste tempo, largamos todo ato manchado
digo, a alegria do retorno à casa.
de egoísmo. ORAÇÃO DO DIZIMISTA
T. Amém. “Recebei, Senhor, a minha oferta. Não é
4. Deus amou o mundo com tão grande
P. O Senhor Jesus Cristo, modelo de ora- uma esmola, porque não sois mendigo!
amor, que enviou seu Filho para o salvar. Não é um auxílio, porque não precisais
/ Dai-nos. oh Pai Santo, semelhante amor ção e de vida, vos guie nesta caminhada
dele! Também não é o que me sobra, que
pra sermos na terra sinais do Redentor. quaresmal a uma verdadeira conversão.
vos ofereço. Esta oferta representa minha
5. Se o grão não morre ao cair no solo, T. Amém. gratidão! Pois o que tenho eu o recebi de
vós. Amém!”
não produz o fruto, não há de crescer. / P. O Espírito de sabedoria e fortaleza
LEITURAS DA SEMANA
08/2 -FEIRA: S. João de Deus, Rlg.: 2Rs 5,1-15a; Sl 41(42); Lc 4,24-30; 09/3 a -FEIRA: Sta. Francisca Romana,
a

Rlg.: Dn 3,25.34-43; Sl 24(25); Mt 18,21-35; 10/4 a -FEIRA: Dt 4,1.5-9; Sl 147(147B); Mt 5,17-19; 11/5 a -FEIRA: Jr 7,23-28;
Sl 94(95); Lc 11,14-23; 12/6 a -FEIRA: Os 14,2-10; Sl 80(81); Mc 12,28b-34; 13/SÁBADO: Os 6,1-6; Sl 50(51); Lc 18,9-14.

COM APROVAÇÃO ECLESIÁSTICA PORTAL DA ARQUIDIOCESE


Publicação da Coordenação de Pastoral da Arquidiocese do Rio de Janeiro. DO RIO DE JANEIRO
Rua Benjamin Constant, 23 – CEP 20241-150 – Rio de Janeiro, RJ – Telefax: 2292-3132.
Cantos selecionados pela Comissão Arquidiocesana de Música Sacra. www.arquidiocese.org.br

LI V R A R I A E EDITOR A NOSSA SEN HOR A DA PA Z: Rua Joa na A ngél ic a, 71 – Ipa nema


C EP: 224 2 0 - 03 0 – R io de Ja nei ro, RJ – Bra si l – Tel.: (21) 2521-7299 - Fa x : (21) 2513 -2955 – ed itora@n spa z .org.br