Você está na página 1de 41

Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 1

Corel
Draw

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 2

Índice
1 – Apresentação Da Ferramenta ........................................................................... 3
2 – Organizando Objetos ........................................................................................ 5
3 – Agrupar.............................................................................................................. 7
4 – Alinhar E Distribuir............................................................................................. 8
5 – Alinhar Pela Grade - Régua .............................................................................. 9
6 – Ferramenta Retângulo..................................................................................... 11
7 – Ferramenta Elipse ........................................................................................... 13
8 – Polígono / Espiral / Grade ............................................................................... 14
9 – Ferramenta Mão Livre ..................................................................................... 15
10 – Ferramenta Forma ........................................................................................ 17
11 – Ferramenta Borracha, Faca & Transformação De Forma ............................. 19
12 – Ferramenta de Formas Básicas, de Setas, de Fluxograma & de Legendas . 20
13 – Interseção / Aparar / Soldar........................................................................... 22
14 – Contorno Preenchimento............................................................................... 23
15 – Ferramenta de Preenchimento & Malha de Preenchimento Interativo .......... 25
16 – Clonar / Propriedades Do Objeto .................................................................. 26
17 – Cortinas ......................................................................................................... 27
18 – Efeitos: Pespectiva, Envelope & Lentes ........................................................ 29
19 – Efeitos: Extrusão Contornar .......................................................................... 31
20 – Mídia Artística / Misturar................................................................................ 33
21 – Controle Interativo De Efeitos........................................................................ 35
22 – Ferramenta Texto – Parte 1 .......................................................................... 37
23 – Ferramenta Texto – Parte 2 .......................................................................... 39
24 – Importar / Exportar ........................................................................................ 40
25 – Impressão...................................................................................................... 41

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 3

1 – Apresentação Da Ferramenta

A Tela do Corel Draw

Páginas

No CorelDRAW não trabalhamos com um documento com texto corrido. Por exemplo, no
Word quando digitamos um texto muito longo o próprio programa se encarrega de criar
uma nova página. No CorelDRAW temos que inserir uma nova página ou várias páginas
se quisermos trabalhar com múltiplas páginas. Isto facilita a organização de projetos,
como por exemplo, o enxoval gráfico de uma empresa (cartão, folder, pasta) em um
mesmo arquivo.

• INSERIR UMA NOVA PÁGINA

Para inserir uma nova página clique no menu


Layout/Inserir página. Uma janela de diálogo irá parecer.
Você pode especificar onde esta nova página será inserida
(antes ou depois da página atual), bem como informar a
altura, largura, tipo de papel, quantidade de páginas, etc.
Clique no botão OK e a pagina será inserida.
Para adicionar uma página no mesmo padrão da página
atual, clique no botão + no navegador de páginas.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 4

• EXCLUIR UMA PÁGINA


Para excluir uma página, clique no
menu Layout/Excluir página. Uma
janela de diálogo será aberta.
Selecione a(s) página(s) que deseja
excluir e clique no botão OK.

Atalhos
F1 Obter ajuda sobre o comando corrente selecionado ou abrir a caixa de
Diálogos
Shift+F1 Obter ajuda sobre o item de tela ou comando ativo
F2 Selecionar a opção Mais Zoom do menu Ferramenta Zoom
F3 Selecionar a opção Menos Zoom do menu Ferramenta Zoom
F4 Mudar a visualização corrente para ajustar todos os objetos na janela de
desenho
F5 Selecionar a Ferramenta Lápis
F6 Selecionar a Ferramenta Retângulo
F7 Selecionar a Ferramenta Elipse
F8 Selecionar a Ferramenta Texto
F9 Alternar entre tela de Pré-visualização e modo de exibição normal
Shift+F9 Alternar entre Pré-visualização Editável e visualização Linha da Moldura
F10 Selecionar a Ferramenta Forma
F11 Abrir a caixa de diálogos Preenchimento Gradiente
Shift+F11 Abrir a caixa de diálogos Preenchimento Uniforme
F12 Abrir a caixa de diálogos Caneta de Contorno
Shift+F12 Abrir a caixa de diálogos Cor de Contorno

Modificar a cor de fundo da página

Você pode altera a cor de fundo da Janela Desenho através do


menu Layout/Configurar página.
Na opção Página/Fundo, selecione Sólido e escolha uma cor.
Clique no botão OK.

Exercícios

Desenhe a fachada de um edifício, sua planta e também o mapa da localização do


mesmo.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 5

2 – Organizando Objetos

Trabalhando com Camadas:


A função de Camadas permite que se tenham múltiplas camadas sendo umas
sobrepostas às outras. O planejamento de trabalhos complexos é mais fácil com
Camadas porque elas permitem que o seu desenho seja organizado em uma série de
planos invisíveis com cada plano contendo uma porção do seu desenho. Em um desenho,
é possível se ter tantas camadas quantas sejam as desejadas, mas apenas uma camada
a cada vez pode estar ativa. As camadas também podem ser tornadas invisíveis ou
visíveis, ou bloqueadas para evitar remoções acidentais.

• Selecione o Menu: Ferramentas -> Gerenciador de objetos

O menu móvel Camadas aparece, mostrando três nomes de camadas padrão: Camada 1,
Guia, e Grade. Todos os novos arquivos de desenho irão ter estas camadas padrão.

Outros Objetivos de Trabalho em camadas:

• Impressão de camadas selecionadas somente para uma


impressão mais rápida.
• Bloqueio de camadas para evitar alterações acidentais
aos objetos da camada.
• Exibição e impressão das diretrizes e da grade.
• Desenho de objetos na camada de diretrizes e utilização
dos objetos como diretrizes

Se você for pego em uma situação em que um objeto esteja Sobre ou Sob outro e
deseja pô-lo em ordem inversa, basta utilizar-se do menu ARRANGE (organizar) ou
utilizar as teclas de atalho para envia-lo para a frente ou para trás.

Nota:
Tudo o que é criado no Corel Draw é chamado de OBJETO, seja ele um texto, um
retângulo, um círculo ou mesmo todos juntos e combinados.
Todos os objetos criados no Corel Draw, por sua vez, são de Formato VETORIAL.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 6

O Formato Gráfico Vetorial é constituído a partir de diversos objetos matemáticos: Linhas,


caixas, círculos, etc.

Atalhos
Ctrl Limitar movimento verticalmente ou horizontalmente
Estender ou mudar escala em incrementos de 100%
Girar e inclinar em incrementos de graus definidos pelo usuário
Ctrl+Shift Estender em incrementos de 100% em duas direções
Mudar escala em incrementos de 100% em quatro direções
Esc Deselecionar todos os objetos
Tab Selecionar objetos sucessivamente
Shift+Tab Selecionar objetos em ordem reversa
BarraEspaço Selecionar a Ferramenta Seleção
← Mover objeto(s) selecionados para a esquerda
→ Mover objeto(s) selecionados para a direita
↑ Mover objeto(s) selecionados para cima
↓ Mover objeto(s) selecionados para baixo
Tecla.Num .(+) Deixar cópia do original quando estender, mudar escala ou inclinar um
objeto
Posicionar duplicação atrás do objeto original
Ctrl+ Pg Down Ordenar: Enviar um para trás
Shift + Pg Down Ordenar: Enviar para trás
Ctrl + Pg Up Ordenar: Enviar um para frente
Shift + Pg Up Ordenar: Enviar para frente

Deselecionar objetos

Para deselecionar seus objetos, pressione uma vez o botão do


mouse sobre um espaço vazio.

Mudar objeto de página

Para que mover um objeto de uma página para outra, basta tira-
lo da janela de desenho e ele aparecerá em todas as demais
páginas deste documento.

Exercícios

- Desenhe os 4 naipes do baralho: Copas, Ouro, Espada e Paus.


- Desenhe algumas cartas de baralho (tamanho: 9,0 x 5,7 cm).

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 7

3 – Agrupar

O agrupamento de objetos permite a criação de grupos e subgrupos de objetos. O


agrupamento é utilizado pois a mudança das propriedades do grupo ocorrem em todos os
objetos pertencentes ao grupo.

Utilizando a tecla Ctrl para selecionar individualmente elementos agrupados (os oitos
pontos de controle ficam diferenciados pela forma circular. Pode-se mover, rotacionar,
inclinar e alterar as suas propriedades. Mas não se pode apagar).
O agrupamento é utilizado para manter unidas as várias partes que compõe um desenho.
Os objetos agrupados podem facilmente ser desagrupados.

Atalhos
Shift + Clique Selecionar mais de um objeto
Ctrl + G Agrupar os objetos selecionados
Ctrl + U Desagrupar um grupo de objetos

Copiar Objeto com o Mouse

Para copiar um objeto com o mouse ao arrastar, mova-o e, após tê-lo


selecionado, pressione o botão contrário mantendo o botão principal
pressionado e solte a cópia do objeto aonde desejar.

Alterar objetos agrupados

Para alterar um objeto agrupado, clique no objeto pressionando Ctrl.

Exercícios

Crie um Out-Door para a escola que divulgue o curso de designer com os seguintes
módulos: Corel Draw, Adobe Photoshop, Dreamweaver e Flash.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 8

4 – Alinhar E Distribuir

O CorelDraw permite mover os objetos de forma controlada nos sentidos horizontal e


vertical e distribui-los sobre a área selecionada ou na página inteira.

Para alinhar e distribuir dois ou


mais objetos, basta selecioná-los
e escolher a opção Alinhar e
Distribuir do menu Organizar.
No quadro de diálogo exibido,
você poderá escolher um ou
mais botões de alinhamento ou
distribuição, logo após, clique
sobre o botão Aplicar para ver o
resultado. Combine alguns
botões para conhecer melhor
este recurso de movimentação
controlada.

Atalhos
Ctrl + A Selecionar todos os objetos Shift + E Distribuir pelo centro (Horizontal)
E Alinhar ao centro (Horizontal) Shift + C Distribuir pelo centro (Vertical)
C Alinhar ao centro (Vertical) Shift +R Distribuir pela direita
R Alinhar a direita Shift +L Distribuir pela esquerda
L Alinhar a esquerda Shift +T Distribuir pelo topo
T Alinhar ao topo Shift +B Distribuir pela base
B Alinhar a base Shift +A Distribuir espaçamento (V)
Shift +P Distribuir espaçamento (H)

Área de impressão

Embora você possa inserir objetos em qualquer parte da área de


trabalho, somente serão impressos os objetos que estiverem dentro da
área de impressão.

Exercícios
• Crie uma logomarca com suas iniciais.
• Monte um cartão de visitas com seu nome, e-mail, telefone, endereço e logomarca
(Tamanho 9,0 x 5,0 cm).
• Crie várias cópias
• Distribua-os alinhados no documento em um modelo para a impressão

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 9

5 – Alinhar Pela Grade - Régua

A distribuição dos objetos em um desenho, em vários casos, deve ser precisa quanto a
tamanho e alinhamento. Há alguns recursos do Corel que facilitam esta distribuição
quanto ao seu alinhamento.

No menu Exibir, ative as opções Grade e Linhas-guia. Há neste menu três opções de
alinhamento para os objetos:

• Alinhar pelo objeto faz com que os objetos


movidos (a localização do ponteiro do
mouse) “grude” para o nó mais próximo dos
outros objetos.
• Alinhar pela linha de grade faz o nó dos
objetos “grudarem” na linha de grade
(movendo-se alinha de grade sobre objetos
os nos ficam destacados).
• Alinhar pela grade faz os objetos
“grudarem” nos pontos de frequência
escolhida para a grade.

Estes comandos devem ser ativados e desativados


frequentemente dependendo da situação de
trabalho. A boa utilização destes recursos é
fundamental para a precisão e velocidade de
trabalho. Normalmente deve-se utilizar as três
opções ativadas e ativar e desativar todas ou parte
delas dependendo do trabalho.

Alinhar pelo objeto tem preferência pôr alinhar pela


grade que tem preferência pôr alinhar pela linha de
grade

LINHAS GUIAS
Para criar linhas guias, clique na régua e arraste o mouse até a posição aonde se
deseja deixar a linha-guia. Clicando sobre a linha guia podemos seleciona-la. Uma
vez selecionada ela pode ser movida, rotacionada e removida.

CONFIGURANDO
No menu Exibir há ainda as opções de configurar linha-guia e também grade e
régua.
• juste mais exato quanto a localização
A configuração de linhas-guias permite um ajuste
desta linhas dentro do nosso desenho. Há também algumas linhas-guias pré-definidas
pelo Corel como Bordas da página, área imprimível e margens de um centímetro. É
possível também configurar a cor das linhas guias.
• A configuração de régua e grade permite definir o tamanho da régua e da grade,
sua unidade de medida entre outras coisas. É importante notar que a configuração da
régua e da grade funcionam de maneira separada, porém dependente.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 10

Atalhos
Ctrl+O Abrir
Ctrl+S Gravar
Ctrl+P Imprimir
Ctrl+X Sair

Régua horizontal e Vertical de forma independente

Para especificar uma unidade de medida diferente para cada régua,


desative a caixa de seleção As mesmas unidades para réguas
horizontais e verticais e digite valores nas caixas.

Configurando diretamente a régua


Acesse configurações da régua diretamente, clicando com o botão
direito do mouse em uma régua e clicando em Configurar régua.
Ou clique 2 vezes sobre a régua.

Exercícios

Monte uma duplicata para uma escola de informática. Atente-se ao alinhamento de cada
quadro. Se preferir, crie-a primeiramente com linhas-guias e depois, utilizando o recurso
de alinhar pela linha guia (menu Exibir) desenho os quadro.

Exemplo:

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 11

6 – Ferramenta Retângulo

A ferramenta Retângulo (F6) pode ser utilizada de forma otimizada tanto na hora de
desenhar os retângulos quanto depois destes terem sido desenhados. Experimente
desenhar quadrados das seguintes formas:
• Fazer quadrados (Ctrl)
• Fazer a partir do centro (Shift)
• Fazer quadrados e a partir do centro (Ctrl+Shift)

Após o retângulo ter sido desenhado, é possível alterar suas propriedades a partir da sua
barra de propriedades. Segue abaixo a descrição desta barra:

• Posicionamento
Posição X e Y do objeto na tela.
Este pocionamento é dado pelo centro do objeto.

• Tamanho

Tamanho horizontal e vertical de um objeto. Pode ser


configurado em tamanho exato ou proporcional. Note o
Cadeado a direita. Se o mesmo estiver fechado, o objeto será redimencionado de forma
proporcional (altura – largura).

• Ângulo de rotação

Rotaciona o Objeto em graus.

• Botões de Espelho

Espelha o Quadrado horizontalmente


Espelha o Objeto Verticalmente

• Arredondamento dos cantos.


Para determinar o raio do canto em mm divida o valor
mostrado por 8. O raio máximo é de 12,5 mm ou 100. Se
desejar um raio de 11 mm digite 11 x 8 = 88. Note novamente o cadeado que permite que
todos os cantos sejam arredondados de maneira conjunta ou independente.

• Quebrar texto do parágrafo.


Caso o objeto esteja sobre ou abaixo uma caixa de texto, o texto irá respeitar o
objeto e se posicionará da maneira escolhida em relação a este. Texto a esquerda,
a direita ou espaçado.

• Espessura do contorno

Configura a espessura do contorno do objeto. A espessura mínima é o


valor padrão.

• Para frente/para trás

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 12

Organiza o objeto em relação as camadas da página enviando-o para frente ou


para trás.

• Converter em curvas
Converte o objeto em curvas. Com isto ele perde as propriedades como quadrado e
pode ser transformado com a ferramenta de forma

Atalhos
Alt+Bksp Desfazer
Ctrl+Z Desfazer
Alt+BkSpc Refazer
Ctrl+Shift+Z Refazer
Ctrl+R Repetir
Shift+Del Recortar
Ctrl+Ins Copiar
Del Excluir
Ctrl+D Duplicar
Ctrl+T Editar Texto

Moldura para a página

Duplo clique na ferramenta de retângulo cria uma moldura na página.

Arredondando cantos

Clicando nos cantos do retângulo com a ferramenta seleção (seta) ou


com a ferramenta de forma, é possível arredondar seus cantos

Exercícios

Faça um desenho livre que utilize apenas quadrados e quadrados arredondados: Uma
vista da cidade, uma logomarca, um recibo ou um ambiente interno de uma residência.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 13

7 – Ferramenta Elipse

A ferramenta para desenhar elipses (F7) possui um funcionamento similar a ferramenta


retângulos.
• Fazer círculos (Ctrl)
• Fazer a partir do centro (Shift)
• Fazer círculos e a partir do centro (Ctrl+Shift)

As primeiras propriedades que ela possui são iguais as do retângulo.

Além de desenhar elipses e círculos, esta ferramenta permite desenhar


também arcos preenchidos (tortas) ou não-preenchidos.

No caso de arcos ou tortas, é possível definir seus ângulos iniciais e finais.

E também é possível definir se o mesmo será desenhado no sentido horário ou anti-


horário.

Atalhos
F2 Zoom Instantâneo
Z Zoom Instantâneo
F4 Zoom para ajustar
Shift+F4 Zoom para a página
Shift+F2 Zoom para seleção
F3 Menos Zoom

Para ter um maior controle sobre os contornos em seu texto utilize a


( ) Ferramenta Diálogo Caneta de contorno.

Uma janela se abrirá permitindo especificar as dimensões do contorno


a ser aplicado.

Exercício

Desenhe os anéis olímpicos.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 14

8 – Polígono / Espiral / Grade

A ferramenta polígono possui 3 opções: polígono, espiral e grade.

Polígono

A primeira opção desenha polígonos com no mínimo 3 pontos (lados).

Acima de 4 pontos, há a opção de o polígono ser


estrela. Acima de 6 pontos, caso seja estrela, há
variações de ângulos. É importante notar que
polígonos com muitos lados tendem a virar círculos.

Espiral

Mínimo de revoluções 1 e no máximo 100.


Pode ser simétrica ou logarítmica.
No caso de ser logarítmica, é possível definir seu
fator de expansão.

Grade

Suas propriedades são a quantidade de linhas e de colunas.

Nota: Ctrl desenha figuras simétricas e Shift desenha a partir do centro.

Atalhos
Y Polígono
A Espiral
D Grade

Desagrupando Grades

A Grade é um agrupamento de quadrados. Caso desejar, é possível


desagrupar seus quadrados ou altera-los como em qualquer
agrupamentos (Ctrl + Clique).

Exercício

Faça o esboço de um jornal de clasificados.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 15

9 – Ferramenta Mão Livre

A ferramenta mão livre possui também algumas alternativas. O conhecimento destas


alternativas pode nos poupar trabalho na hora de criar.
• Mão livre
• Bézier
• Mídia Artística
• Dimensão
• Conexão Interativa

Mão Livre

Ferramenta para desenho livre. Clique o mouse e arraste-o para desenhar.

Para os desenhos livres é possível definir tipo de linha e também


as pontas dos riscos.
Como apenas desenhos fechados possui preenchimento, para
pintar a figura desenhada é necessário que esta seja uma figura fechada. Para isto há a
opção de fechamento automático.

A opção de suavização a mão livre deixa as formas desenhadas mais sinuoso e


com os ângulos mais suaves.

Bézier

Ferramenta que desenha ponto a ponto. Se for adicionados pontos apenas


clicando, as arestas serão retas. Caso deseja-se curvas, é possível segurar o
mouse clicado após adicionado um novo ponto. Neste caso a aresta será tratada como
curva.

Mídia Artística
• Predefinições

Define o tipo do pincel, suavização e tamanho pincel.

• Pincel

Nesta opção é possível escolher uma ponta de pincel diferente a partir de um


padrão de figura.

• Espalhador

Espalha objetos na tela. Pode-se escolher o padrão, o espaçamento, rotacionar, e


configurar até mesmo a ordem que os objetos serão espalhados.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 16

• Caligráfico

Esta opção de desenho de mídia artística nos fornece uma caneta nanquim para
desenho.

• Pressão

Cria riscos com espessura diferente dependendo da figura que se desenhar. Para
alterar a espessura do risco, pressione seta para cima ou seta para baixo no teclado
enquanto estiver desenhando.

Dimensão

A ferramenta de dimensão nos permite “medir” determinado trecho do desenho.


Segundo sua barra de propriedades, esta medição pode ser automática,
horizontal, vertical, inclinada, legenda ou angular. Primeiro clique é o primeiro
ponto, segundo clique para o segundo ponto que se quer medir. O terceiro clique
é o posicionamento do texto.

Conexão Interativa

A conexão interativa cria um traçado entre 2 pontos de 2 objetos. Mesmo que


estes objetos sejam movidos, a conexão continua. Pode ser com ângulo ou
conector reto.

Atalhos
PgUp Próxima página
PgDown Página Anterior

Desenhar apagando

Shift apaga ao voltar pelo caminho desenhado quando com a


ferramenta de desenho a mão livre.

Posicionando menus

Clicando na aba das barras de ferramentas é possível arrasta-las e


posiciona-las de maneira diferente em nossa área de trabalho.

Exercício

Crie o panfleto para uma festa. Utilize objetos e desenhos e mídias artísticas. Após
desenhado, coloque mostradores de suas dimensões.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 17

10 – Ferramenta Forma

A ferramenta forma (F10) permite alterar qualquer objeto desenhado a mão ou que
tenha sido convertido em curvas.

Quando selecionado um desenho que tenha sido feito com a ferramenta de desenho livre
ou uma figura que tenha sido convertida em curvas, a ferramenta forma nos dá uma visão
de todos os pontos deste objeto. O mesmo acontece para textos aonde a ferramenta
forma permite arrastar letra por letra.

Nota: Os objetos podem ser definidos em equações matemáticas de elementos


conhecidos ou curvas genéricas. Texto, retângulos, elipses e polígonos são elementos de
equações conhecidas. Podem ser convertidos para equações genéricas. Não existe um
comando específico que transforme um objeto convertido em curva ao seu estado
anterior. Utiliza-se no caso o comando desfazer. Um objeto convertido para curva pode
ser totalmente modificado.

Estes pontos podem ser movidos assim como as arestas que sejam curvas.

Novos pontos podem ser adicionados clicando nas arestas e clicando no + Ou


no + do teclado. Pontos podem ser removidos.

Caso 2 pontos não estejam ligados, é possível seleciona-los e fundi-los. É


possível também separar um ponto em 2.

Caso a aresta seja curva, é possível transforma-la em reta e vice-versa. Só uma


alternativa estará disponível pois uma aresta sempre será ou reta ou curva.

Opções de comportamento do nó. Se o mesmo é Cúspide, Suave ou


Simétrico. Opção apenas para arestas curvas.

Inverte a direção da curva. Opção para fechar um desenho. Caso seja


selecionado 2 pontos em um desenho aberto, há a opção de estender a
curva para fechar. Se o objeto possuir pontos separados, é possível
transforma-lo em um novo objeto.

Transformação para nós. Permite redimensiona-los, rotacioná-los e alinha-


los. Para o alinhamento é necessário selecionar mais de um nó.

Modo elástico. Caso seja selecionado mais de um nó e este for movido, os demais
nós se moverão de forma proporcional, como se o desenho fosse um elástico
propriamente dito.

Selecionar todos os nós de um objeto. (Ctrl + A)

Suavizar curva.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 18

Atalhos
Ctrl + A Seleciona todos os objetos
Ctrl + Q Converter em curvas
Ctrl + C Copiar objeto
Ctrl + V Colar objeto
Ctrl + X Recortar objeto
Selecionar primeiro e último nó
Ao ter selecionado um objeto com a ferramenta forma, a tecla home
seleciona seu primeiro nó e a tecla end seleciona o último.

Mover nós de maneira simétrica


A tecla Ctrl para mover nós funciona da mesma maneira que para
desenhar, permitindo movimentos apenas na horizontal ou vertical.

Botão contrário para menu


Para acessar o menu da ferramenta forma sem ter de deslocar
demasiadamente o mouse, clique o botão contrário sobre o ponto a
ser alterado.
Exercício

1. Faça o desenho de um coração a partir de um quadrado e também a partir de um


círculo convertidos em curvas. Após tê-lo desenhado e convertido em curvas,
utilize a ferramenta forma para modela-lo. Não esqueça de alinhar os pontos que
devem estar na mesma linha.

2. Desenhe algumas logomarcas famosas como a Nike, Adidas ou Texaco com a


ferramenta de desenho a mão-livre ou bézier e depois faça os ajustes necessários
com a ferramenta forma.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 19

11 – Ferramenta Borracha, Faca & Transformação De Forma

A ferramenta forma (F10) vem agrupada com outras 3 ferramentas:


faca, borracha e transformação livre.

• Faca

Corta o objeto selecionado podendo deixar tudo como apenas um objeto ou


separa-lo em 2. Fechar a forma cortada também é opcional. Para cortar,
perceba que o cursor do mouse muda conforme a sua posição em relação ao objeto.
Quando a Faca estiver na Vertical é que o cursor está sobre o contorno do objeto e o
mesmo pode ser cortado nesta posição.

• Borracha
A borracha (X) permite aparar pontos do objeto. Seu formato
pode ser circular ou quadrado e seu tamanho pode variar.
Pode ser utilizada em retângulos e elipses porém os mesmos
são convertido automaticamente em curvas.

• Transformação livre

A transformação livre permite rotacionar, inclinar, dimensionar e refletir um objeto.

Provavelmente sua opção mais interessante é a que cria um novo objeto a partir
das alterações feitas no objeto anterior.

Atalhos
Ctrl+D Duplicar um objeto
Delete Apagar um objeto

É possível alterar as barras de


ferramentas que estão visíveis. Para isto
clique o botão contrário sobre uma barra
de ferramentas e a seguinte janela de
opções deve aparecer. Escolha as barras
que deseja ativar ou desativar.

Exercício
Importe uma foto e faça um quebra-cabeças utilizando a faca ou borracha.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 20

12 – Ferramenta de Formas Básicas, de Setas, de Fluxograma & de Legendas

Para facilitar a criação de artes baseadas em desenho simples, o


Corel possui 5 ferramentas de desenho de formas. São elas:

• Formas básicas
• Formas de setas
• Formas de Fluxograma
• Formas de estrelas
• Formas de Legendas

Todas elas possuem a mesma barra de propriedades, sendo alterado apenas o botão
com as opções de desenhos de cada forma.

• Formas básicas

Formas básicas são os desenhos apresentados a


esquerda. Como a maioria das formas, possui um
“botão de ajuste” para alterar sua forma, como
mostra o exemplo a esquerda.

• Formas de setas

• Formas de Fluxograma

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 21

• Formas de estrelas

• Formas de Legendas

Atalhos
Ctrl + Seta para cima Micro deslocamento para cima
Ctrl + Seta para esquerda Micro deslocamento para esquerda
Ctrl + Seta para direita Micro deslocamento para direita
Ctrl + Seta para baixo Micro deslocamento para baixo

Fluxogramas

Para desenhar fluxogramas, utilize juntamente com a ferramenta de


forma de fluxogramas a ferramenta de ligação interativa. Isto
permitirá que os balões do fluxograma sejam reorganizados sem que
seja necessário refazer suas conexões.

Exercício

Faça um cartão de natal utilizando as formas aqui vistas. Combine-as para um melhor
resultado.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 22

13 – Interseção / Aparar / Soldar

Uma das formas de compor objetos é utilizar formas simples como elipses,
quadrado e triângulos. Mais que apenas agrupa-los, é possível combina-los,
fazer aparagem, fazer interseções, e solda-los. A diferença entre agrupa-los
ou combina-los está em que agrupado eles podem ter, por exemplo, cores
diferentes.

• Combinar
Combinar (Ctrl + L). O que for comum é interseção e será como um
“buraco” no objeto.

Depois de combinado, um objeto pode ser quebrado (Ctrl + K) o que


retorna os objetos independentes que o geraram,

Solda aparagem interseção

Solda Aparagem
Interseção
Faz automaticamente o Faz automaticamente o
Quando dois ou mais
objeto que é o contorno objeto que é o “corte”
objetos possuem pontos
dos objetos dos objetos sobrepostos.
em comum pode-se criar
selecionados. um terceiro objeto que é
Caso os objetos estejam a interseção destes
realmente sobrepostos, objetos. Os objetos
não há como quebrá-los originais são mantidos.
depois.

Atalhos
Ctrl + L Combinar
Ctrl + K Quebrar

Copiar propriedade de objeto

Para copiar as propriedades de um objeto em outro, clique em Editar/Copiar


propriedades ou arraste o objeto com o botão contrário sobre o que irá
receber as propriedades.

Exercício
Utilizando aparagem, solda e interseção desenhe as seguintes logomarcas.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 23

14 – Contorno Preenchimento

O Corel Draw trata de maneira separada contorno e preenchimento de objetos. Para


alterar a cor de preenchimento de um objeto, estando com o objeto selecionado clique na
barra de cores. Para alterar a cor de contorno de um objeto, clique na barra de cores com
o botão contrário.
Na barra de ferramentas, há as opções para contorno e preenchimento como ferramentas
separadas. Estas ferramentas permitem alterar contorno e preenchimento indo além de
mudar suas cores.

• Contorno

Clicando na ferramenta de Contorno


(F12), teremos uma caixa de diálogo
para alterar o estilo, largura, cor, cantos
e demais propriedades do contorno.

O segundo botão nesta barra mostrara a


janela para escolha de cores
personalizadas.

Os demais botões do menu contorno são


apenas atalhos para alterar rapidamente
estas propriedades.

• Nenhum contorno
• Contorno de espessura mínima
• Contorno de 2 pontos (Fino)
• Contorno de 8 pontos (Médio)
• Contorno de 16 pontos (Espessura
média)
• Contorno de 24 pontos (Grosso)

• Preenchimento

Há várias alternativas e preenchimento de um objeto


que não as cores padrões.

• Cor de preenchimento (Shift F11)


• Preenchimento gradiente (F11)
• Preenchimento padrão
• Preenchimento de textura
• Preenchimento potscript
• Sem preenchimento

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 24

Gradientes

O preenchimento Gradiente é um preenchimento


em degrade. Muito utilizado para criar perspectivas,
sombras e mudanças de cores sutis. É possível
configura-lo através desta caixa de propriedades.

Preenchimentos padrão, textura e postScript

As texturas, preenchimentos padrões e de


postScript se baseiam na repetição de algum
padrão de imagem para preencher um
determinado objeto. Este preenchimento baseado
em imagem pode variar de um ladrilho xadrez
(como uma calçada) até uma imagem que nos dê
idéia de uma superfície, como nos mostra o
preenchimento ao lado.
A diferença entre estes 3 preenchimentos está no
seu padrão de imagem.

Atalhos
F11 Abrir a caixa de diálogos Preenchimento Gradiente
Shift+F11 Abrir a caixa de diálogos Preenchimento Uniforme
F12 Abrir a caixa de diálogos Caneta de Contorno
Shift+F12 Abrir a caixa de diálogos Cor de Contorno

Modos diferenciados de visualização

Há no Corel 5 modos de visualização do


documento. Eles se diferenciam pela qualidade da
imagem exibida. O modo aramado é o mais
simples e o Aperfeiçoado o mais complexo.
Modos simples são mais rápidos para trabalhar durante a edição.
Preenchimentos PostScript só podem ser visualizados no modo
Aperfeiçoado.

Exercício
Crie uma paisagem e deixe a textura se encarregar de dar-lhe o toque final. Um Círculo
com a textura correta poderá ser a Lua e um quadrado com outra textura pode ser o chão.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 25

15 – Ferramenta de Preenchimento & Malha de Preenchimento Interativo

Ferramentas interativas são ferramentas que o designer consegue utilizar


de maneira a interagir mais diretamente com determinado efeito do corel.
A ferramenta de preenchimento interativa e de malha de preenchimento
interativa permite um maior controle sobre o preenchimento de objetos.

• Preenchimento interativo

O preenchimento interativo permite alterar com o mouse


o preenchimento de objetos. No exemplo ao lado, está
sendo alterado o ângulo de um gradiente, porém, esta
ferramenta altera também preenchimentos com padrões
e texturas.

Através da barra de propriedades é possível alterar o preenchimento de um objeto. Sua


primeira opção é o tipo de preenchimento. No caso desta figura, linear. É possível, por
exemplo alterar este preenchimento para uma textura através desta ferramenta.

• Malha interativa

A malha interativa de preenchimento permite alterar


totalmente o padrão de preenchimento de um objeto.
Neste caso está sendo demonstrada com um
gradiente, porém, a mesma serve para outros
padrões de preenchimento.

A barra de propriedades da malha interativa permite alterar seus nós e adicionar mais
linhas ou colunas na malha. Também permite copiar o estilo de preenchimento de um
objeto para que o mesmo seja aplicado em outro.

Atalhos
G Adiciona preenchimento
M ransforma preenchimento em malha

Gradientes multicolores

Selecione a ferramenta de preenchimento gradiente. Selecione cor


personalizada. Clique entre as cores branco e preto para adicionar mais cores.

Exercício

Crie padrões de preenchimento diferentes com a malha. Reproduza-os em outros objetos.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 26

16 – Clonar / Propriedades Do Objeto

Além da possibilidade de duplicar um objeto, copiá-lo e cola-lo, copiá-lo com o mouse


(clique no botão contrário enquanto arrasta), copiá-lo com o mouse e teclado
(pressionando + enquanto arrasta), ainda há no Corel a possibilidade de clonar um objeto.
A vantagem do clone em relação a uma simples cópia está no fato que as alterações
feitas no objeto inicial serão partilhadas pelos clones.

Clones Clones

Obje to inic ial Objeto inic ial

Para Clonar um objeto, clique em Editar > Clonar.

Apesar de seguir o objeto principal, os clones podem ainda ser alterados individualmente
com a ferramenta forma, por exemplo.

Clicando com o botão contrário sobre o


Objeto Mestre, temos a opção de selecionar
todos os clones.

Clicando sobre um dos clones temos a opção de selecionar o


objeto principal. Caso este clone tenha sido alterado, podemos
reverte-lo para o Objeto mestre novamente.

Atalhos
F1 Obter ajuda sobre o comando corrente selecionado ou abrir a caixa de
Diálogos
Shift+F1 Obter ajuda sobre o item de tela ou comando ativo

Propriedades de objeto

Existe um controle de propriedades para cada objeto. Não confundir


as propriedades dos objetos com as propriedades das ferramentas.

Para ter acesso a janela de propriedades do objeto, com o objeto


selecionado Alt + enter ou lado direito do mouse > propriedade

Exercício
Crie um mosaico a partir de clones.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 27

17 – Cortinas

Cortinas são caixas de ferramentas que facilitam o uso sem ocupar muito espaço na tela.
O Corel faz uso de várias cortinas para facilitar a apresentação de informação.

Alguns exemplos de cortinas:

• Cortina de camadas

Como já foi mencionado ao se fazer objetos cada objeto


ocupa um nível diferente. Não existe a possibilidade de
dois objetos estarem em um mesmo nível. Se duas figuras
estão no mesmo nível então na realidade foram
combinadas tornando-se um único objeto com curvas
visualmente separadas.
Cada objeto então possui seu próprio e único nível. Os
objetos podem ser agrupados fazendo com que fiquem
com seu nível “grudado” aos outros. Camada é o plano que
contém o(s) objeto(s). Analogamente cada objeto tem seu
nível que seria sua folha de papel e as folhas podem estar
em mesas diferentes que seriam as camadas.
Cada desenho possui estas 4 camadas já definidas: (No
Menu Ferramentas > Gerenciador de objetos)

• Grades: É a camada onde se localiza a grade definida pelo usuário. Possui a


propriedade “magnética” mesmo em objetos de outras camadas. Esta camada é
configurada para não ser impressa. Sempre bloqueada.
• Guias: É a camada onde se localiza as linhas guias. Possui a propriedade
“magnética” mesmo em objetos de outras camadas. Esta camada é configurada
para não ser impressa. Pode-se colocar objetos como guia.
• Área de trabalho: É a camada que contém todos os objetos que estão fora da
página. Utilizada quando se trabalha com mais de uma página. Esta camada é
configurada para não ser impressa.
• Camada1: As camadas possuem suas propriedades básicas que podem ser
ativadas e desativadas. Clique sobre o ícone representativo.

As camadas possuem suas propriedades básicas que podem ser ativadas e desativadas.

• imprimível: permite imprimir ou não objetos desta camada,


• visível: permite ver ou não os objetos,
• edição: permite ou não trabalhar na camada, camada principal (mestre) ativa ou
desativa o aparecimento de objetos em todas as páginas (utilizado para
cabeçalhos e rodapés).
• Camada ativa (ao se fazer um desenho este é colocado na camada que estiver
ativa).

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 28

• Cortina Símbolos

Permite inserir caracteres especiais como objetos. Para


acessa-la pressione Ctrl F11 ou ferramentas Símbolos e
caracteres especiais.

Procure pelas fontes que possui caracteres de desenho


como por exemplo: wingDings ou webdings.

Configuração dos símbolos:


Tamanho (Este tamanho se refere a largura do objeto
(dimensão horizontal)
Ladrilho
Opções de ladrilho
Tamanho da grade horizontal e vertical
Estas distâncias são entre os objetos partindo do mesmo
ponto dos objetos adjacente e não o tamanho do intervalo
entre os objetos. A unidade utilizada é a escolhida para a
grade. (Cuidado com a distâncias dos objetos. Um valor
pequeno é uma “armadilha”).
Dimensionamento proporcional

• Cortina de Exibição
Para acessar a cortina do gerenciador de exibição
pressione Ctrl F2 ou Ferramentas > Gerenciador de
Exibição.
Este gerenciador permite salvar visualizações (Zoom) do
projeto para facilitar sua edição. Clique no + para salvar a
visualização atual.

Atalhos
Ctrl+F2 Gerenciador de exibições
Ctrl+F11 Cortina de símbolos
Ctrl+W Atualiza a tela

Atualizar a visualização da janela

Quando utilizando o modo de visualização normal e a ferramenta forma


para editar nós, acontece de surgir “sujeira” na tela devido a dificuldade de
atualização da mesma. Para atualiza a visualização, Clique Ctrl+W.

Exercício
Faça placas para identificação das salas da escola utilizando símbolos. Secretaria,
banheiros masculino e feminino, salas de aula e diretoria.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 29

18 – Efeitos: Pespectiva, Envelope & Lentes

O Corel permite adicionar vários efeitos a seus objetos. Há um item de menu (Efeitos)
apenas para nos ajudar a gerenciar isto. Entre todos os efeitos que o Corel possui,
veremos alguns nesta aula.

Perspectiva

Menu Efeitos > Adicionar


perspectiva
O objeto deve estar
selecionado.
Pode ser aplicado em objetos
agrupado ou combinado.
Pressionando Ctrl trabalha no
eixo vertical ou horizontal.
Com o Ctrl e shift
simultaneamente temos a
perspectiva de maneira
simétrica.

Envelope

O efeito envelope Faz os objetos se encaixarem mudando sua forma em formas


diferentes. Não altera os objetos. Texto continua sendo texto e retângulos continuam
sendo retângulos, por exemplo.
• Há várias predefinições de envelopes que podem ser utilizadas.
• Para alterar o envelope através de sua cortina, pressione Ctrl F7.
• Pode ser aplicado mais de um envelope.
• Pode ser aplicado em objetos agrupados ou combinados.
• Um envelope pode ser copiado e aplicado em outro objeto.
• Limpar envelope elimina um único envelope.
• Limpar transformações elimina todos os envelopes.
• Ctrl movimenta o lado oposto simultaneamente.
• Shift movimenta o lado oposto simetricamente.
• No caso de ser aplicado envelope no texto parágrafo, o efeito não é passado para
o texto mas sim para a caixa de parágrafo.

Lente
A lente sobre um objeto modifica a sobreposição deste objeto sobre outros
objetos. Um exemplo comum de lente é a transparência. A transparência
permite que objetos se sobreponham permitindo que todos fiquemvisíveis.
Além disto, a cor do objeto dependerá da sobreposição destas cores,
como no exemplo ao lado.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 30

Para acessar a cortina de lentes, Menu efeitos > Lente ou Alt + F3.
Além da transparência há também vários outros tipos de lentes
que podem ser aplicadas.
Caso não haja nenhum objeto selecionado, a cortina de lentes
mostrará um exemplo genérico da lente selecionada.
A cortina de lente permite configura-la e cada lente possui um tipo
de configuração.

Atalhos
Alt F3 Cortina de lentes
Ctrl F7 Cortina de envelopes

Classificador de páginas

Caso seu projeto possua várias páginas e haja a necessidade de


reorganiza-las para a impressão, por exemplo,o corel possui o
recurso do classificador de páginas. Menu Exibir > Exibição do
classificador de páginas. Este mini – aplicativo possibilita entre outras
coisas repaginar o documento e visualiza-lo de uma forma global.

Exercício
Crie um ambiente com perspectiva. Um quarto, sala ou cozinha. Utilize também
transparências para adicionar vidros e aparatos de plástico transparente ao mesmo.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 31

19 – Efeitos: Extrusão Contornar

• Extrusão

Insere um aspecto tridimensional ao objeto.

Barra de propriedades dae Extrusão vetorial

Barra de propriedades da Extrusão de BitMap

Para aplicar este efeito, selecione o objeto e clique em Menu


efeitos > Extrusão. Para abrir a cortina de Extrusão, pressione Ctrl
E
O Corel trabalha com 2 tipos de extrusão: vetorial e em Bitmap.
Há vários efeitos de Extrusão pré-definidos e a possibilidade de
criar configurações novas para cada objeto.
Uma das configurações permite configurar o Ponto de fuga (PF)
que pode ser em relação à página ou ao objeto.
É possível configurar também a iluminação e a intensidade de
iluminação além das cores que os lados 3D deste objeto terá.

• Contornar

O Efeito Contorno reproduz o contorno reproduz o contorno do objeto


de modo a deixa-lo múltiplo. Este contorno pode ser interno ou
externo. No caso de interno, há o contorno que obrigatoriamente busca
o centro.

Barra de propriedades do contorno.

Para acessar o contorno, Menu efeitos > Contorno ou clique Ctrl F9


para a cortina de contorno.
Quando criado um contorno é possível especificar a cor que os
próximos passos terão e também a quantidade de passos.
Contornos podem ser aplicados em curvas.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 32

Atalhos
Ctrl+F9 Cortina de contorno
Alt+F4 Sair do programa (Válido para vários programas que funcionam no Windows)

Aplicação de efeitos apenas no término

Ao aplicar efeitos a um objeto, este passa a ser tratado pelo Corel por
um objeto de efeito. Várias funcionalidades como a sua alteração
pela ferramenta forma não estarão mais disponível. Por esta razão,
aplique efeitos apenas em objetos que já estejam em fase final de
elaboração.

Exercício

- Coloque objetos tridimensionais no ambiente com perspectiva criado na aula


passada.
- Aplique contorno a um objeto, depois, vá ao menu Editar, Separar grupo de
contorno. . Após separado o
grupo de contorno, desagrupe os objetos e separe-os. Crie uma nova logomarca
com suas iniciais utilizando este procedimento.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 33

20 – Mídia Artística / Misturar

• Mídia Arstística

O Efeito mídia artística altera o contorno de um objeto com as


propriedades da ferramenta de Mídia artística.

Sua configuração segue a da ferramenta mídia artística e também


pode ser feita através de sua cortina.

Barra de propriedades de do Efeito Mídia Artística

• Misturar
A mistura entre dois cria formas
intermediárias entre objetos baseadas
no primeiro e último objeto. Pode ser
utilizado para criar objetos
eqüidistantes em relação aos objetos
inicial e final. A transformação pode
ser entre objetos diferentes, como por
exemplo, uma elipse e um retângulo.

A cortina de Mistura permite configurar este efeito controlando


a quantidade de objetos intermediários, seus pontos, cores e
distância.

A Mistura pode ser utilizada também para inserir um objeto


que seja a transformação entre 2 objetos e que esteja
eqüidistante entre eles.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 34

Barra de propriedades da ferramenta de Mistura

Atalhos
Alt+F7 Cortina de transformação
Ctrl+J Janela de opções do Corel

Efeito de movimento

A mistura causa um efeito interessante de movimento quando


selecionado poucos passos. Este efeito é utilizado, por exemplo em
anúncios de carros que querem demonstrar velocidade. Neste caso,
obtem-se um bom efeito colocando os objetos a serem
“movimentados” em cores diferentes.

Exercício

Crie porta-retratos utilizando a mídia artística e também a mistura. No caso da mistura,


disponha os objeto como em um retângulo para que a mistura entre eles gere os “traços”
do porta-retratos.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 35

21 – Controle Interativo De Efeitos

As ferramentas de controle interativo de efeitos permitem


um maior controle na aplicação do efeitos vistos até
agora. Além disto, há alguns efeitos que só existem
nesta barra de ferramentas. São eles:

• Distorção Interativa

A distorção interativa trabalha sobre 3 efeitos básicos: Empurrar


e puxar, Zíper e torcer. Além de possuir várias pré-definições, o
usuário pode criar sua própria distorção. Como no efeito
envelope, o objeto não deixa de ser sua forma (retângulo,
elipse,...).

• Sombreamento interativo

Como o nome nos sugere, a ferramenta de


sombra interativa permite aplicar sombras nos
objetos do Corel. Esta sombra pode estar mais
distante, mais próxima e ter sua cor alterada, entre
outras configurações. Como os demais efeitos,
possui várias predefinições.

• Transparência interativa

A transparência interativa permite


aplicar transparência a um objeto
ou parte dele. Apesar da
transparência padrão ser a linear,
há vários outros tipos de
transparências que podem ser
aplicados aos objetos.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 36

Atalhos
Shift + Insert Colar
Ctrl + Insert Copiar

Configurando cores padrão

Ao clicar na paleta de cores sem haver um


objeto selecionado, é possível configurar a
cor escolhida como padrão de cor para
Gráfico, Texto Artístico ou Texto parágrafo.
O mesmo para preenchimentos. Caso
queira voltar configuração padrão, basta
selecionar a cor padrão “Sem
preenchimento” (X no começo da paleta de
cores) sem ter objeto selecionado.

Exercício

Hora de retornar a primeira aula e ver o que mudou:


Desenhe a fachada de um edifício, sua planta e seu mapa de localização.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 37

22 – Ferramenta Texto – Parte 1

O Corel não é um editor de texto como o Word ou Star Office Writer. Por tratar textos
como objetos de desenho e ter uma grande utilização na diagramação de jornais e
revistas, o Corel acabou necessitando de um menu extra apenas para textos.
No Corel há dois tipos de texto (F8). Artístico e parágrafo.

• Texto artístico: Tamanho 32.000 caracteres no total e muitos efeitos aplicáveis


para o texto artístico. O dimensionamento, rotação ou inclinação alteram o tipo. É
utilizado para aplicação de transformações e efeitos, conseguindo-se um melhor
resultado em textos menores.
• Texto parágrafo: Tamanho 32.000 caracteres por parágrafo e efeitos reduzidos
para o texto parágrafo.

Alguns recursos podem ser aplicados apenas a textos artístico, outros em texto
parágrafos e outros em ambos, ou funcionar de maneiras diferentes.

• Texto parágrafo

O texto parágrafo é criado arrastando ou um clique para moldura pré definida. É utizado
para textos maiores (mais páginas) e ou textos que necessitam de características
específicas de texto parágrafo, como indentações, boletes, linhas especiais.
o O dimensionamento, rotação ou inclinação não alteram o tipo do texto.
o Rotacionar e inclinar modificam a moldura e não o texto.
o Alças significam a existência de mais texto

Ferramenta Forma
Com a ferramenta forma é possível mover
letra por letra de um texto. Esta ferramenta
possui uma barra de propriedades especial
apenas para tratar textos.

Caso um texto tenha sido alterado pela ferramenta forma e deseja-se que o mesmo volte
ao alinhamento original, há a opção no menu Texto > alinhar pela linha base.

Para desfazer seu deslocamento vertical, horizontal e angular, há no menu Texto >
Endireitar texto.

• Ajustar Texto No Caminho

No Menu Texto > ajustar texto ao caminho


Uma nova barra de propriedades devem ajudar com a orientação das
letras no circuito, posicionamento vertical do texto em relação ao circuito.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 38

• Editar texto

Quando um texto está menu ajustado a um caminho ou alterado pela ferramenta forma,
sua edição se torna mais complicada. Nestes ou em outros casos, utilize a opção do
menu Texto > Editar texto ou Ctrl + shift + T.

Atalhos para texto


Setas move o ponto de entrada de texto
Home início da linha
Ctrl+home início do documento
End fim da linha
Ctrl+end fim do documento
Shift+home selecionar todo texto do ponto de entrada até o início da linha
Shift+end selecionar todo texto do ponto de entrada até o final da linha

Separação de texto artístico

No caso de texto artístico com mais de uma palavra pode-se usar


separar (Ctrl+K). A primeira palavra é selecionada depois de
separado o texto, e combinar para juntá-los novamente

Exercício

Crie um panfleto de propaganda utilizando textos não simétricos. Utilize objetos


“invisíveis” para servir de caminho para o texto.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 39

23 – Ferramenta Texto – Parte 2

Como apresentado na aula passada, a ferramenta texto possui várias opções e um menu
apenas para configura-la. Veremos agora mais algumas configurações.

• Mudar maiúsculas/minúsculas

• Exibir caracteres não imprimíveis

• Estatísticas

• Colunas
Para textos parágrafos que apresentam alças, é possível dividir seu conteúdo em uma ou
mais caixas de texto, podendo estas estar em páginas diferentes. Para isto, clique na alça
com a ferramenta texto e clique fora dela. Uma nova caixa de texto parágrafo irá surgir
com a continuidade do texto anterior.

• Thesaurus ... (dicionário)


• LocaliZar
• Substituir

• Converter para texto de parágrafo ou artístico(CTRL+F8)


Fique atento para transformação de texto parágrafo em artístico quando este tiver mais de
32.000 caracteres

Atalhos para texto


Ctrl+setas direita e esquerda move para o início da palavra a esquerda ou
direita
Ctrl+setas para cima e seta para baixo move o ponto para parágrafo acima ou abaixo
Ctrl+home ou end mover para o início ou fim da moldura de texto
parágrafo
Ctrl+shift seta esquerda ou direita seleciona palavra na esquerda ou direita
Shift+seta para cima ou para baixo selecionar linha acima ou abaixo a partir do
ponto de inserção
Ctrl+shift+setas para cima e para baixo seleciona texto acima ou abaixo até o final do
parágrafo
Ctrl+shift+page up ou page down selecionar o texto do ponto até o inicio ou final
do bloco de texto
Ctrl bacspace ou delete(del) apaga a palavra a esquerda ou a direita do ponto de
entrada de texto

Definindo padrões

“Atributos” quando escolhidos sem nenhum objeto selecionado chamam a


caixa de configuração permitindo que os mesmos se tornem padrão para um
uso posterior.

Exercício

Faça o esboço de um jornal ou revista com o texto dividido em colunas.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 40

24 – Importar / Exportar

Os programas são feitos por pessoas (empresas) diferentes e logicamente possuem


formas diferentes de uso, de visualização, de guardar os objetos. Um arquivo de um
programa pode ser muito diferente na sua construção em relação aos outros. E é isso que
ocorre. Com um programa não é possível (normalmente) ler um arquivo de outro
programa.
Assim podemos dizer que os mais populares acabaram ditando as normas para qual tipo
de arquivo a ser usado. Isto obrigando programadores a criar seus arquivos dentro
daquele padrão.
Para conseguir utilizar arquivos de outros programas pode-se utilizar importar (para
pegar) e exportar para (levar) arquivos de um programa para outro.

Atalhos
Crtrl+I Importar
Ctrl+E Exportar

Importando arquivos do Corel


Para utilizar dentro de um mesmo arquivo um outro arquivo do próprio
corel também utiliza-se a função importar.

Exportando parte do desenho


É possível optar por exportar apenas objetos selecionados

Exercício

Faça o Layout de um site (750 x 550 pixels) exporte-o para JPG. Visualize-o no Internet
Explorer.

Flávio Luiz Schiavoni


Universidade Estadual de Maringá – Departamento de Informática 41

25 – Impressão

A impressão de arquivos no corel possui várias alternativas devido a diferença que há


entre padrões de impressoras, plotters e demais equipamentos de impressão. Vamos
estudar algumas destas opções. Para isto, clique em Imprimir (Ctrl+P) e depois em
visualizar impressão.

Imprime o arquivo espelhado. Utilizado em fotolitos.

Imprime o negativo do desenho. Utilizado em impressões de fotografia.

Separação de cores no padrão CMYK. Utilizado para impressoras de gráficas.

• Seleção do objeto a ser impresso

É possível alterar o tamanho de um objeto a ser impresso. O corel também se encarrega


de dividir este arquivo em várias páginas para sua montagem posterior, como um
mosaico. Exemplo de aplicação: OutDoor.

• Posição de marcas

Os objetos a serem impressos não podem possuir contorno. Por


esta razão, é necessário imprimir junto ao objeto suas marcas de
corte / dobra. Estas marcas podem ser adicionadas
automaticamente pelo Corel apenas no momento da impressão.

Atalhos
Ctrl+P Imprimir

Impressão para arquivo

Impressoras aceitam comandos de impressão que podem vir de arquivos.


Imprimir um arquivo para outro arquivo significa deixa-lo no formato que
qualquer impressora aceitaria. Isto pode significar um arquivo menor e que
não precisaria do Corel instalado para ser impresso.
Exercício

Faça um adesivo “Designer a bordo”. Adicione marcas de corte e divida as suas cores
para a impressão.

Flávio Luiz Schiavoni