Você está na página 1de 3

Encontros | Português, 12.

º ano

Matriz do teste de avaliação

Fernando Pessoa, Bernardo Soares – Livro do Desassossego


Domínios Descritores de desempenho Conteúdos
Educação EL14.3. Identificar temas, ideias principais, pontos de vista e • Fernando Pessoa – Bernardo
Literária universos de referência, justificando. Soares, Livro do Desassossego
EL14.4. Fazer inferências, fundamentando. RETOMA
EL14.9. Identificar e explicitar o valor dos recursos expressivos • Luís de Camões, Os Lusíadas
mencionados no Programa. • Cesário Verde, Cânticos do
EL16.2. Comparar temas, ideias e valores expressos em Realismo
diferentes textos da mesma época e de diferentes (O Livro de Cesário Verde)
épocas.
Leitura L7.1. Identificar tema e subtemas, justificando. • Apreciação crítica
L7.2. Explicitar a estrutura interna do texto, justificando. • Artigo de opinião
L7.3. Fazer inferências, fundamentando. • Diário
RETOMA

• Artigo de divulgação científica


• Relato de viagem
Gramática G17.1. Consolidar os conhecimentos gramaticais adquiridos nos • Valor temporal
anos anteriores. RETOMA

G18.1. Demonstrar, em textos, a existência de coerência textual. • Principais etapas da formação


G18.2. Distinguir mecanismos de construção da coesão textual. e evolução do português
G19.1. Identificar e interpretar formas de expressão do tempo. • Fonética e fonologia
G19.2. Distinguir relações de ordem cronológica. • Etimologia
• Geografia do português no mundo
• Funções sintáticas
• Frase complexa
• Arcaísmos e neologismos
• Campo lexical e campo semântico
• Processos irregulares de formação
de palavras
• Coesão textual
• Coerência textual
• Reprodução do discurso no
discurso
• Dêixis: pessoal, temporal e
espacial

Escrita E11.1. Escrever textos variados, respeitando as marcas do • Exposição sobre um tema
género […]. • Apreciação crítica
E12.1. Respeitar o tema.
E12.2. Mobilizar informação ampla e diversificada.
E12.3. Redigir um texto estruturado, que reflita uma planificação,
evidenciando um bom domínio dos mecanismos de
coesão textual: a) texto constituído por três partes
(introdução, desenvolvimento e conclusão),
individualizadas e devidamente proporcionadas; b)
marcação correta de parágrafos; c) articulação das
diferentes partes por meio de retomas apropriadas; d)
utilização adequada de conectores diversificados.
E12.4. Mobilizar adequadamente recursos da língua: uso correto
do registo de língua, vocabulário adequado ao tema,
correção na acentuação, na ortografia, na sintaxe e na
pontuação.

ENC12DP © Porto Editora


TESTES DE AVALIAÇÃO
Encontros | Português, 12.º ano

Estrutura, cotações e critérios de classificação


Estrutura Tipologia de questões e cotações Critérios de classificação*
Grupo I Parte A Resposta restrita A cotação é distribuída por parâmetros
Avaliam-se Integra um dos • 3 itens de construção – 60 de conteúdo (12 pontos) e de
conhecimentos/ fragmentos do Livro pontos (20 pontos cada) estruturação do discurso (4 pontos) e
do Desassossego,
capacidades no correção linguística (4 pontos).
que constitui o
domínio da suporte de itens de
Educação resposta.
Literária e da Parte B Resposta restrita
Escrita. É constituída por • 2 itens de construção – 40
Nota: Neste grupo, itens de resposta pontos (20 pontos cada)
além da restrita com base
interpretação de em:
textos/excertos • Luís de Camões,
em presença, a Os Lusíadas ou
resposta aos itens • Cesário Verde,
pode implicar a Cânticos do
mobilização de Realismo
conhecimentos (O Livro de Cesário
sobre outras obras
Verde)
estudadas.
Grupo II Resposta restrita Itens de escolha múltipla: A cotação
Avaliam-se capacidades/ • 7 itens de seleção – 35 pontos do item só é atribuída às respostas que
conhecimentos no domínio da Leitura e (5 pontos cada) apresentem de forma inequívoca a
da Gramática. • 3 itens de construção – 15 pontos opção correta.
(5 pontos cada)
Grupo III Resposta extensa (200 a 300 • A cotação é distribuída por
Avaliam-se capacidades no domínio palavras) – 50 pontos parâmetros de estruturação temática
da Escrita, articuladas ou não com e discursiva (30 pontos) e de
conhecimentos de Educação Literária. correção linguística (20 pontos).
• Estão previstos descontos por
aplicação de fatores de
desvalorização no domínio da
correção linguística**. Estes
descontos são efetuados até ao
limite das pontuações indicadas nos
critérios de classificação.
• São desvalorizadas as respostas que
não respeitem as indicações
apresentadas relativamente ao
género textual, ao tema ou à
extensão.
• São classificadas com zero pontos as
respostas em que se verifique o
afastamento integral do tema
proposto ou em que a extensão seja
inferior a oitenta palavras.
* Critérios gerais de classificação
• As respostas ilegíveis são classificadas com zero pontos.
• Em caso de omissão ou de engano na identificação de uma resposta, esta pode ser classificada se for possível identificar
inequivocamente o item a que diz respeito.
• Se for apresentada mais do que uma resposta ao mesmo item, só é classificada a resposta que surgir em primeiro lugar.
• A classificação das provas nas quais se apresente, pelo menos, uma resposta escrita integralmente em maiúsculas é sujeita a uma
desvalorização de cinco pontos.
** Fatores de desvalorização − correção linguística
• Desvalorização de um ponto: erro inequívoco de pontuação; erro de ortografia (incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra
minúscula ou de letra maiúscula e erro de translineação); erro de morfologia; incumprimento das regras de citação de texto ou de
referência a título de uma obra.
• Desvalorização de dois pontos: erro de sintaxe; impropriedade lexical.

Teste de avaliação 2

ENC12DP © Porto Editora


Encontros | Português, 12.º ano

Português, 12.º ano


Fernando Pessoa, Bernardo Soares – Livro do Desassossego

GRUPOI (100 PONTOS)

Lê o texto.

Releio passivamente…
Releio passivamente, recebendo o que sinto como uma inspiração e um livramento, aquelas frases
simples de Caeiro, na referência natural ao que resulta do pequeno tamanho da sua aldeia. Dali, diz
ele, porque é pequena, pode ver-se mais do mundo do que da cidade; e por isso a aldeia é maior que a
cidade…
5
“Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura.”
Frases como estas, que parecem crescer sem vontade que as houvesse dito, limpam-me de toda a
metafísica que espontaneamente acrescento à vida. Depois de as ler, chego à minha janela sobre a rua
estreita, olho o grande céu e os muitos astros, e sou livre com um esplendor alado cuja vibração me
1 estremece no corpo todo.
0
“Sou do tamanho do que vejo!” Cada vez que penso esta frase com toda a atenção dos meus nervos,
ela me parece mais destinada a reconstruir consteladamente o universo. “Sou do tamanho do que
vejo!” Que grande posse mental vai desde o poço das emoções profundas até às altas estrelas que se
refletem nele, e, assim, em certo modo, ali estão.
E já agora, consciente de saber ver, olho a vasta metafísica objetiva dos céus todos com uma segurança
1
5 que me dá vontade de morrer cantando. “Sou do tamanho do que vejo!” E o vago luar, inteiramente
meu, começa a estragar de vago o azul meio-negro do horizonte.
Tenho vontade de erguer os braços e gritar coisas de uma selvajaria ignorada, de dizer palavras aos
mistérios altos, de afirmar uma nova personalidade vasta aos grandes espaços da matéria vazia.
Mas recolho-me e abrando. “Sou do tamanho do que vejo!” E a frase fica-me sendo a alma inteira,
2
encosto a ela todas as emoções que sinto, e sobre mim, por dentro, como sobre a cidade por fora, cai a
0 paz indecifrável do luar duro que começa largo com o anoitecer.

SOARES, Bernardo (2013), Livro do Desassossego. Lisboa: Assírio e Alvim, pp. 83-84.

Apresenta, de forma bem estruturada, as tuas respostas aos itens que se seguem.

1. Divide o texto em três partes lógicas, explicitando a ideia-chave de cada uma delas. (20 PONTOS)

2. Indica dois traços do perfil de Bernardo Soares, fundamentando a tua resposta com exemplos.
(20 PONTOS)
3. Comenta o valor da repetição da expressão “Sou do tamanho do que vejo!” ao longo do texto.
(20 PONTOS)

ENC12DP © Porto Editora