Você está na página 1de 11

E-book

Guia para
pequenos
empreendedores
de moda

VIVIENNE WESTWOOD
Sumário
1. Destacando-se.......................... 3
2. Plano de negócios.................... 4
3. Preço......................................... 5

4. Produção.................................. 7

5. Planejando sua coleção........... 8

EMERGING TALENTS
GUIA PARA PEQUENOS EMPREENDEDORES DE MODA

1. Destacando-se
Ao criar o conceito de negócio, é necessário
estabelecer o diferencial da sua marca. A
indústria da moda está realmente saturada
e por isso, é preciso trazer algo novo para a
mesa. Não precisa ser um diferencial muito
complexo: ele pode estar nos detalhes.
Por exemplo, uma marca pode se destacar
pelo seu design, produtos, qualidade, cores,
tecidos, estampas, preço e assim por diante.
Porém, é fundamental pensar em elementos,
por menores que sejam, que o consumidor
não encontrará em nenhum outro lugar, exceto
na sua empresa.

DSQUARED2

3
RENTRAYAGE
GUIA PARA PEQUENOS EMPREENDEDORES DE MODA

2. Plano de
negócios
Essa estratégia pode parecer óbvia, mas para ter um
bom plano de negócios é fundamental saber por onde
começar, prever quanto mais ou menos vai custar o
seu negócio e estabelecer quais serão as estratégias UNSPLASH

de vendas. No entanto, um BP (plano de negócios)


não deve permanecer o mesmo para sempre. Lembre-
se que ele pode mudar à medida que você entra mais
a fundo no negócio e ganhar experiência no setor.
Ele deve ser um guia ao longo do caminho e para
desenvolver um bom plano, é necessário prestar
atenção em alguns componentes cruciais

1. Objetivos da sua empresa


2. Análise do mercado
3. Cenário competitivo, plano de implementação
4. Planejamento financeiro
UNSPLASH

4 UNSPLASH
GUIA PARA PEQUENOS EMPREENDEDORES DE MODA

3. Preço
Para definir o preço certo para os produtos que
você irá oferecer no seu negócio, é importante
primeiro pensar no seu nicho de mercado.
Encontrar o ponto perfeito de precificação é muito
importante, pois ele irá nortear o seu negócio.
A partir dele, você definirá com mais certeza,
como fará a produção, como será a estratégia de
marketing, entre outros fatores essenciais.
Por exemplo, se o seu target de consumidor é
mulheres financeiramente independentes, você
precisa entender quais são as prioridades dessas
mulheres e quanto elas estariam dispostas
a pagar por uma peça. Enquanto isso, saber
os preços no atacado e o preço final do seu
concorrente, fará com que você tenha uma ideia
geral de quanto o mercado está cobrando. VERONICA BEARD

5 MARIO DICE
GUIA PARA PEQUENOS EMPREENDEDORES DE MODA

Então, como você determina o preço certo para uma


peça? Normalmente, o objetivo é procurar atingir
uma margem de 60% - um varejista obtém cerca
de 58% dessa margem. Roupas que são caras para TEDDY VONRANSON
fazer, mas são de bom valor para a sua empresa
em termos de marketing geralmente têm margens
menores, enquanto os itens principais com custos
já fixos têm margens maiores. Considere também
que esse valor poderá sofrer alterações, como na
troca de coleção, e por isso é essencial considerar
um preço que permitirá desconto.
Para determinar o custo final, você deve incluir
materiais, mão de obra, embalagem, mão de obra,
transporte e distribuição. O preço de varejo é
geralmente o custo final multiplicado por seis. Se o
custo final de uma camisa (considerando também o
marketing) for R$20, sua empresa deve sugerir um
preço de varejo de R$120 e alocar R$ 50 ao varejista.

LOEWE

6 JUNYA WATANABE
GUIA PARA PEQUENOS EMPREENDEDORES DE MODA

4. Produção
Ao pensar em como você vai fabricar seu
produto, é fundamental ter um fornecedor
que lhe entregue o que você precisa. O local
onde o produto será produzido pode alterar
drasticamente o processo. A produção é a chave
para o sucesso da sua marca - uma empresa
de moda depende muito do que entrega ao
consumidor final.
Existem inúmeras opções de produção, mas a
parceria com produtores, sejam eles locais ou
não, pode afetar significativamente o controle
de qualidade para pequenas marcas. Se você
optar pela produção no exterior, isso pode reduzir
custos, mas a entrega e a logística fica mais
complexa. Além disso, você deve se certificar
de que a fábrica da sua escolha terá o que for
necessário para produzir seu produto.
ANNA SUI

7 K-WAY
GUIA PARA PEQUENOS EMPREENDEDORES DE MODA

5. Planejando
sua coleção
Planejar uma coleção de moda pode ser
bastante desafiador, especialmente para
pequenas marcas que não podem arriscar
com estoque parados. A moda sempre foi
o espelho da história e por isso, entender
o comportamento dos consumidores e as
principais mudanças culturais é essencial para
criar uma coleção relevante. Ainda, descobrir
ALESSANDRO ENRIQUEZ
as principais tendências que estão surgindo no
mundo é crucial para criar uma coleção atual e
trazer novidades para peças clássicas.
Uma coleção de sucesso comercial deve
contar uma história por meio dos produtos e,
para criar uma narrativa consistente, é preciso
estabelecer um tema que dará vida e forma
para os seus produtos. Ilustrar o conceito
de uma coleção através de um moodboard é
crucial para esse processo, pois é por meio
dele que você conseguirá materializar a
história que as peças irão contar.
MULBERRY

8 BORA AKSU
GUIA PARA PEQUENOS EMPREENDEDORES DE MODA

Ao desenvolver sua coleção, pense no mix de


moda, já que ele será o responsável por criar o
equilíbrio entre o tema e o viés comercial da marca.
Tradicionalmente, dentro de uma coleção, existem
de 5 a 10 categorias de produtos e, normalmente,
65% são itens básicos e essenciais. 25% são
produtos mais fashion e os outros 10% são mais
conceituais. É claro que essas porcentagens
podem variar dependendo do perfil da sua marca e
do público que você atende, mas tê-las em mente
ajuda a estabelecer o seu mix de produtos.
Por fim, você precisa considerar modelagens,
detalhes e tecidos mais adequados para seus
designs. Além disso, definir uma paleta de cores
e os tons certos para cada peça pode tornar a sua
coleção mais atraente.

VICTORIA/ TOMAS

MY BEST FRIENDS

9
GUIA
GUIA PARA
PARA PEQUENOS
PEQUENOS EMPREENDEDORES
EMPREENDEDORES DE
DE MODA
MODA

O Start by WGSN foi criado para ajudar as


pequenas empresas a prosperar. Desenvolvido
por pequenos empreendedores para pequenos
empreendedores, o Start é um parceiro de
negócio com um único propósito: fornecer
informações essenciais sobre moda de
uma forma acessível para orientar e apoiar
pequenas empresas.
Quer saber mais sobre nosso produto?
Faça uma demonstração com o nosso
time de vendas.

CHANEL

SACAI

10

Você também pode gostar