Você está na página 1de 6

Os Mistérios da Pineal

Com a vinda de Steve e Barbara Rother para o Brasil, para a apresentação de seu Workshop
“Ativação Medula-Pineal”, aumentou meu interesse por este assunto fascinante. Gostaria, então,
de compartilhar com vocês um pouco deste conhecimento.

A pineal é uma pequena glândula localizada no meio do cérebro.

A ciência está apenas começando a desvendar seus mistérios, mas desde a antiguidade esta
glândula tem sido associada com a espiritualidade e o processo de iluminação e evolução humana.

Nestes momentos de grandes transformações e mudanças pelas quais passa a humanidade, que
muitos acreditam estarem associadas a uma evolução espiritual, a uma evolução da consciência
também apoiada por mudanças geológicas e biológicas, o estudo da pineal parece ganhar força e
importância, tanto do ponto de vista científico materialista, quanto do ponto de vista espiritualista,
mas também por aqueles que buscam unir ciência e espiritualidade numa visão mais holística.

Não por acaso, esta ilustre desconhecida foi considerada pelo filósofo René Descartes como “o
local do corpo onde a alma se fixaria mais intensamente”

A Visão da Ciência

Segundo a ciência as principais funções da glândula pineal são o seu papel na mediação dos
ritmos circadianos que são os ciclos vitais (principalmente o sono), e no controle das atividades
sexuais e de reprodução.

Algumas observações em sua estrutura básica levam a crer que a pineal é uma espécie de olho não
desenvolvido, um “terceiro olho” que evoluiu sua função de um órgão fotorreceptor para um
órgão neuroendócrino.

A sensibilidade da pineal às radiações eletromagnéticas parece ser o mecanismo por trás da


regulação do ciclo de sono e vigília, pois ela reage à presença da luz do Sol inibindo a produção
do hormônio melatonina. É isto que permite ao nosso sistema biológico a noção de tempo.

Alguns pesquisadores como o Dr. Sérgio Felipe de Oliveira1, médico e pesquisador do Instituto de
Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, acreditam que é esta sensibilidade às
radiações eletromagnéticas que faz da pineal uma espécie de mediadora entre o corpo (nossa
realidade física), e espectros mais sutis da realidade, os reinos espirituais ou o mundo da alma.

Através de tecnologias como a tomografia observou-se a presença de calcificação na pineal o que


levou à hipótese de que ocorre uma involução nesta glândula. No entanto, o Dr. Sérgio sugere que
as formações cristalinas na pineal são na verdade cristais de apatita que estariam relacionados
com a recepção de ondas eletromagnéticas, funcionando, portanto como verdadeiras antenas,
reforçando a sugestão de que a pineal tem papel muito importante na relação com planos mais
sutis.

A Pineal nas Tradições Espirituais Grega e Hindu.

A palavra “pineal” tem como raiz etimológica a palavra grega pineus que significa pinhão ou
pinha. Curiosamente o Tirso, um cajado com uma pinha na ponta, era carregado por Dioniso, seus
sátiros e as bacantes, sendo um importante símbolo dos Mistérios Dionisíacos.

1 http://sercosmico.blogspot.com/
Dioniso era o Deus do êxtase, do processo metamórfico de morte e renascimento espiritual,
considerada a mais misteriosa experiência humana.

Uma versão dos mitos gregos dizia que o homem havia sido formado de elementos Dionisíacos
(Divinos) e titânicos (impuros), sendo isso a causa de sua dualidade e de seu sofrimento.

Os Mistérios Órficos, talvez a escola de mistérios mais antiga do ocidente, tinham como objetivo a
purificação dos elementos titânicos do corpo do homem para que prevalecesse o elemento
Dionisíaco (Divino) o que permitiria a iluminação e o acesso a um estado de consciência de
plenitude e unificação.

Alguns estudiosos acreditam que este processo de purificação e acesso à consciência divina era
similar, em essência, ao Yoga da tradição hinduista, cuja prática consiste em despertar uma
poderosa energia chamada kundalini, que tem sua origem na base da coluna e elevá-la até o
chakra Sahashar, conhecido como lótus de mil pétalas, um importante centro energético localizado
no topo da cabeça que, não por acaso, também está relacionado à glândula pineal.

A elevação desta energia até o topo da cabeça causaria a purificação do corpo e da alma,
permitindo então o florescimento da consciência espiritual e divina.

Diz-se que o Tirso carregado por Dioniso representa exatamente a coluna por onde sobe a energia
kundalini (cajado), sendo que a pinha (Pineal) representa esta glândula associada com o chakra
coronário, o centro onde se dá a união do humano e do divino.

Este significado do Tirso é muito similar ao do Caduceu de Mercúrio, símbolo esotérico da


iluminação e também um símbolo moderno da Medicina.

Na tradição hinduísta o chakra Ajna, conhecido como “terceiro olho”, também associado com a
pineal, pode ser estimulado diretamente através de mantras, vibrações que podem ser entoadas
como sons ou pensamentos.

Muito sugestivo o fato de a pineal ter a mesma origem biológica dos olhos, literalmente se
configurando como um “terceiro olho”!

A Pineal na Obra Mediúnica de Chico Xavier

No relato do Espírito André Luiz, através da psicografia de Chico Xavier ocorrida em 1943, no
livro Missionários da Luz, o orientador Alexandre faz as seguintes considerações:

"... analisemos a epífise (pineal) como glândula da vida espiritual do homem. Segregando energias
psíquicas, a glândula pineal conserva ascendência em todo o sistema endócrino. Ligada à mente,
através de princípios eletromagnéticos do campo vital, que a ciência comum ainda não pode
identificar, comanda as forças subconscientes sob a determinação direta da vontade. As redes
nervosas constituem-lhe os fios telegráficos para ordens imediatas a todos os departamentos
celulares, e sob sua direção efetuam-se os suprimentos de energias psíquicas a todos os armazéns
autônomos dos órgãos...".

Ainda no mesmo livro André Luiz descreve sua visão de uma sessão mediúnica e a forma como a
pineal assume um brilho especial recebendo vibrações refinadas de planos mais sutis facilitando a
comunicação espiritual.

2 http://sercosmico.blogspot.com/
Outras entidades espirituais como Kryon (através de Lee Carroll) e O Grupo (através de Steve
Rother) também falam sobre a importância desta glândula para a evolução da consciência
espiritual do ser humano.

Kryon e a Glândula Pineal

Quem conhece os ensinamentos de Kryon sabe que esta entidade, esta energia da Família Divina,
trás importantes informações sobre o processo único de evolução humana que ocorre neste
momento histórico. É literalmente um mensageiro dos novos tempos, da Nova Energia.

Entre os principais temas de Kryon está a informação de que a mudança no campo magnético do
planeta é um dos mais importantes mecanismos para a ascensão da humanidade e mudança do
paradigma consciencial.

Kryon também nos revela que o DNA humano é de natureza magnética e interdimensional, estando
diretamente ligado aos nossos estados de consciência e que por isso é afetado pelas mudanças que
ocorrem na energia da Terra e vice versa.

Ao longo dos anos Kryon tem revelado informações sobre os atributos das “12 Camadas
Interdimensionais do DNA humano” e a ativação destes atributos que acontecem neste momento
de nossa evolução.

É importante notar que Kryon deixa bem claro que na verdade não existem camadas que possam
ser numeradas uma vez que o DNA é interdimensional e se comporta mais como uma sopa de
energias onde todos os ingredientes juntos é que compõe sua totalidade e “sabor”. No entanto,
para nos transmitir esta informação de maneira que possamos compreender em nossa realidade
dimensional e pensamento linear ele numera estes atributos e nos orienta para considerarmos os
números mais como informações vibracionais de significado numerológico e não como “camadas
reais”.

Para uma compreensão maior sobre o conceito do DNA interdimensional que Kryon nos trás seria
importante uma visão de todas as camadas em conjunto, uma vez que estão todas interligadas e
formam uma totalidade. Está previsto para o ano de 2010 o lançamento do 12º livro de Kryon que
será exclusivamente sobre o DNA. Enquanto o livro não chega várias informações sobre o DNA
podem ser encontradas dispersas em suas mensagens.

Pois bem, tendo feito estes esclarecimentos podemos prosseguir para a correlação desta
informação com a Glândula Pineal. O trecho abaixo foi retirado da mensagem: “Ativando a
Terceira Camada do DNA”4 de 27 de julho de 2003:

“O seu DNA interdimensional não é estático. Ele muda a cada dia de sua vida. O que vocês
permitem? O que não permitem? Que tipo de vibração estão absorvendo... ou resistindo para não
desenvolver? O DNA responde e muda de acordo com isso. Este sempre foi um sistema dinâmico.
O DNA não está determinado para toda a sua vida. O projeto da primeira camada (camada física)
pode ser a sua “impressão digital” biológica, mas as outras camadas estão sempre em movimento.
Se vocês mudarem as outras o suficiente, então até mesmo aquela que podem ver irá mudar.

A camada da ascensão está também associada a uma parte do corpo. Daremos a vocês algumas
informações biológicas, e também a história dessa glândula.
A pineal representa a comunicação com a camada de ascensão do DNA. O que acontece com a
camada três, através do comunicador pineal, modifica a camada um, a camada biológica, e a

3 http://sercosmico.blogspot.com/
camada dois, a camada emocional. Agora, lemurianos, desejo que voltem comigo e dêem uma
olhada em si mesmos no espelho. Sua cabeça é um pouco diferente do que era na época da
Lemúria, e isto é porque a glândula pineal era muito maior naquela época. Foi assim que começou
sua jornada. No entanto, há alguns cientistas que se perguntam se vocês sequer precisam dela
agora! Eles dizem que ela atrofiou e quase desapareceu.

Observem. Parte da evolução da humanidade irá reverter a si mesma. Quando vocês começam a
conectar a pineal e os atributos de comunicação com a terceira camada, aquela parte que estava
dormente se torna ativa novamente. Mais uma vez a glândula pineal começará a crescer. Oh, desta
vez ela não mudará o formato de suas cabeças, mas... ela crescerá.
Portanto, dizemos isto aos biólogos: “procurem por esta pineal aumentada à medida que a
humanidade evoluir para o próximo milênio.”

Por esta mensagem percebemos que Kryon afirma que a pineal pode ser ativada e suas funções
estimuladas para facilitar o processo de ascensão e evolução. Fica evidente também, por esta
informação, que qualquer modificação na pineal afeta tanto nosso corpo emocional, quanto nosso
corpo físico em sua totalidade. Por isto a pineal está associada ao número três que basicamente
representa um “catalisador”.

Dr Todd Ovokaitys5 e as Tecnologias Quânticas para Ativação do DNA e da Pineal

Esta também parece ser a opinião do Dr. Todd Ovokaitys, médico e cientista chefe da Gematria
Products, especialista nas funções do DNA e rejuvenescimento e talvez o primeiro cientista no
planeta a desenvolver uma tecnologia quântica (vibracional) através de raios lasers e sons para
ativar as funções interdimensionais adormecidas do DNA, ou, como ele mesmo gosta de dizer:

“retirar os véus, os filtros no DNA que separam o humano do divino”.


Dr. Todd sugere que a pineal contém “células mestras”, e que qualquer mudança que aconteça no
DNA das células da pineal é então traduzida para todas as células do corpo.

Por isto Dr. Todd desenvolveu um conjunto de sons chamados “Pineal Toning”
ou “Sons Pineais” que quando entoados ajudam na ativação das funções evolutivas desta glândula
e de todo o corpo, facilitando a conexão com o espírito.

O Grupo e a Glândula Pineal

Além de Kryon, outras vozes do outro lado do véu têm nos trazido informações sobre o processo
evolutivo e as mudanças que acontecem neste momento de transição. Entre estas vozes está “O
Grupo”, um grupo de entidades canalizadas por Steve Rother.

Recentemente estes mensageiros têm falado muito sobre a ativação da pineal. Abaixo reproduzo
alguns trechos da mensagem chamada “Cristais Pineais”6, de 25 de julho de 2009:

“Neste exato momento estão ocorrendo eventos de re-ligação em seus corpos físicos,
especialmente no cérebro. O corpo físico do ser humano está evoluindo e uma dessas importantes
mudanças se dá na glândula pineal, embora não se limitem somente a esta localização específica,
na qual cristais estão se formando... estruturas cristalinas do mineral chamado calcita... formando-
se nos cérebros dos seres humanos em toda a parte.
Estes cristais podem ser sintonizados para receberem frequências eletromagnéticas.”

“Os cristais que se formaram em seus cérebros lá estão já faz algum tempo.
Em verdade, vocês iniciaram a segunda onda de capacitação há cerca de 60 anos, em cuja época

4 http://sercosmico.blogspot.com/
estes cristais começaram a formar-se. Embora tenham se mantido dormentes em seus corpos à
espera de ativação, a ciência médica já começou a vê-los. Podem-se inclusive observar fotos de
cristais em formação na glândula pineal. A ciência médica diz que são “problemáticos”, pois
parecem estar causando dificuldades e desafios para a estrutura fisiológica humana. E então vocês
engolem a crença de que isso seria por causa de algo que possam ter feito de errado... Todavia
lhes dizemos que este é um processo natural de sua evolução e incrivelmente empolgante, porque
agora vocês realmente podem ver! Vocês têm discorrido sobre temas como comunicação interior e
telepatia, tendo inclusive procurado exercitá-las. Ainda que muitos saibam serem verdadeiras, tais
habilidades sempre ficaram um pouco fora de alcance para a maioria das pessoas, porém não
mais... Como, pois, ativar estes cristais e utilizá-los para os seus propósitos mais elevados?”

Esta pergunta dO Grupo me parece muito importante e uma peça chave diante destas informações
sobre a importância da pineal e os potenciais que ela guarda.

Neste mesmo texto já temos algumas respostas, pois tanto os antigos cientistas da consciência
quanto os atuais parecem concordar que a intenção e as vibrações, tanto sonoras quanto do
pensamento, exercem um efeito sobre a glândula pineal, fortalecendo e ativando suas funções.

Abaixo compartilho trechos retirados do livro “Evolução Elegante”, de Peggy Phoenix Dubro e
David Lapierre, que complementam e oferecem mais insights sobre as maneiras de ativar estas
funções.

Evolução Elegante

Págs. 139 e 140:

“A configuração de campo magnético dentro do cérebro representa um vórtice interdimensional,


que liga nosso universo externo com dimensões virtuais invisíveis, que estão distantes de nossa
consciência normal e de nossos sentidos físicos. A geometria destas estruturas hiperespaciais
magnéticas são o resultado de contribuições combinadas de campos magnéticos de seis
componentes da estrutura cerebral. É importante compreender isto!

Os campos tridimensionais completos resultam de contribuições ativas e totais das funções do


tálamo, hipotálamo, hipocampo, amídala, pituitária e pineal, coletivamente.

Todos estes componentes precisam trabalhar juntos, sinergisticamente, para produzir este perfil
ideal de campo magnético. Se qualquer um dos seis componentes estiver inativo ou se a
contribuição de qualquer um deles for removida (por meio de um funcionamento insuficiente ou
dormência) o cérebro então não atingirá seu potencial máximo de funcionamento hiperespacial
magnético.

Isto significa que é necessária a prática de atividades e exercícios que podem influenciar
diretamente essas áreas cerebrais se o indivíduo quiser evoluir em direção às suas capacidades
hiperespaciais potenciais. Temos, entretanto, o potencial para despertar todas as áreas de nosso
cérebro e podemos atingir esse nível.”

Já na página 139 temos a seguinte figura e informação correlata:

Pág 141:

“Toda geometria tem o seu correlato no “domínio da freqüência”, o domínio no qual o cérebro
funciona eletromagneticamente. A atividade eletromagnética está inerentemente relacionada com

5 http://sercosmico.blogspot.com/
potenciais escalares e hipercampos. Naturalmente todas as visualizações dirigidas para a ativação
consciente dos centros cerebrais são estímulos diretos à atividade eletromagnética do cérebro. A
consciência e a intenção dirigem a atividade dos hipercampos cerebrais.”

Por estes trechos compreendemos que a visualização de determinadas formas geométricas


(Geometria Sagrada) pode também ativar os potenciais da pineal e do cérebro como um todo.

Um dos principais exercícios de Kriya Yoga para a expansão da consciência, ensinado por
Paramahansa Yogananda, é chamado de estrela prânica8 e consiste exatamente da visualização de
uma estrela de cinco pontas branca na região do terceiro olho envolvida por luz azul e luz
dourada.

A visualização de geometria sagrada também é parte da técnica que Steve Rother e O Grupo
oferecem em seu seminário “Ativação Medula-Pineal”.

Ativação da Pineal

A possibilidade de estímulo e ativação dos potenciais e funções da pineal nos abre possibilidades e
perspectivas fascinantes. A própria idéia de sermos nós os agentes de transformações que nos
permitem manifestarmos nossos potenciais espirituais, expandirmos nossa consciência e
realizarmos nossa natureza divina é um conceito empoderador que nos relembra dos ensinamentos
de todos os mestres que passaram pelo planeta e que trilharam este caminho antes de nós.

O verdadeiro empoderamento, a verdadeira mestria coloca nas mãos do indivíduo a


responsabilidade por discernir e escolher os caminhos e ferramentas que o levarão para mais
próximo de Deus e de sua auto-realização.

É neste espírito que compartilhamos estas informações e também sugerimos uma das novas
ferramentas para a ativação da pineal que será apresentada no Workshop “Ativação Medula
Pineal” que acontecerá em São Paulo nos dias 2, 3 e 4 de abril de 2010, organizado por nós do
Farol. Para mais informações, por favor, acesse nosso site www.faroldeluz.com.br .

Referências:

1 http://www.guia.heu.nom.br/glandula_pineal.htm

2 http://biologyofkundalini.com/

3 MISSIONÁRIOS DA LUZ – Francisco Cândido Xavier –1943

4 http://www.kryonportugues.com/texto/Terceira.htm

5 www.gematria.com

6 http://transbeacon.lightworker.com/2009/2009_07-PinealCrystals-pt.php

7 EVOLUÇÃO ELEGANTE – Peggy Phoenix Dubro e David Lapierre – Editora Madras

8 http://www.ippb.org.br/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=404

6 http://sercosmico.blogspot.com/