Você está na página 1de 3

Dança de rua (Street dance)

Street Dance é um rótulo que os americanos criaram para identificar os estilos de dança que surgiram nos guetos e
centros urbanos. Street Dance é um termo que engloba vários estilos de dança. A primeira vez que o termo surgiu foi nos
anos 30 com o surgimento do Tap Americano (Sapateado).

Nem todos os estilos surgiram exatamente nas ruas, apesar de street significar rua. Quer dizer
apenas que veio do povo da cidade, que não é acadêmico (clássico), portanto é street.
Street Dance significa “Dança Urbana”, do Povo, que não
A dança Urbana ou Street Dance, é um
veio do meio acadêmico.
conjunto de estilos de danças populares, que
Entre os estilos de dança urbana, apenas o B.Boying ou
possuem movimentos detalhados,
B.Girling (Breaking) foi criado exatamente nas ruas, durante as
acompanhados de expressões faciais. Suas
Block Parties (festas de rua), que deram origem à Cultura Hip
Hop. músicas têm as batidas fortes como principal
Os demais estilos de dança foram criados em diferentes característica. O termo é usado para descrever
ambientes: como Clubes (danceterias), programas de TV, danças em um contexto urbano.
Concurso de talentos estudantis, etc. É das ruas porque veio de
pessoas que vivem nas cidades.
As primeiras manifestações ocorreram nos Estados Unidos da América, em 1929, na época da
grande crise econômica, quando os músicos e dançarinos que trabalhavam nos cabarés ficaram
desempregados e foram para as ruas fazer seus shows.
Nas décadas de 30 e 40, outros ritmos de origem afro-americana,
como o Blues e o Rhythm and blues influenciaram a dança de rua.
No fim dos anos 60, o cantor americano James Brown criou um ritmo
que influenciou muito a dança de rua: o
https://bit.ly/3gXzHac
soul (ritmo de origem afro-americana).
Mais tarde, o funk (também de
James Brown), a música disco e o rap
também a influenciaram.
O breaking surgiu na década de 70
como uma vertente da dança de rua, e foi
disseminado pelo mundo rapidamente, Michael Jackson (ao centro) e o “Jackson 5”
tendo como principal precursor o cantor americano Michael
Jackson.

Mais do que um estilo de dança, a dança


de rua sempre foi associada à cultura e à
https://bit.ly/3ai6N1M
identidade negra. O movimento que teve início
com a dança se estendeu para outras
manifestações culturais e artísticas, como a
pintura, a poesia, o grafite e o visual.
Esse novo estilo nascido nos guetos nova-iorquinos (Bronx, Broolkin e Harlem) deu-se o nome
de Cultura Hip – Hop, que é composta pelos seguintes elementos: o rap (ritmo e poesia), o grafite
(assinaturas), os DJS, os MC’s e o Breaking (B. boy. B girl).
Acredita-se que, dos estilos de dança urbana, apenas o B.Boying ou B.Girling (Breaking) foi
criado efetivamente nas ruas e que deram origem à Cultura Hip Hop.
Os demais estilos de dança tiveram diferentes ambientes para sua criação, como clubes
(danceterias), programas de TV, entre outros.
Nos dias de hoje, entende-se por Street Dance ou Dança urbana americana:
Locking, Up Rocking, Popping, Boogalooing, B.Boying/Breaking, Freestyle, Hip Hop dance, House
e Dance, Dancehall, Ragga Jam e Krump .

Características

Usam músicas tendo a batida forte como principal


característica. Apresentam coreografias com seus movimentos
fortes, rápidos e vigorosos, porém sincronizados e harmoniosos;
movimentos finos de quadril, de corpo tipo onda, e ombro com
deslocamento. Pernas, braços, cabeça e ombros podem compor o
movimento de maneira harmoniosa, simétrica ou até mesmo de
maneira desigual, indo para lados/direções diferentes.

No Brasil

Nelson Triunfo e Marcelo Cirino são nomes presentes, quando se pesquisa sobre a prática da
Street Dance ao Brasil. Nelson Triunfo, entre 1970 e 1980, levou a dança de rua do meio mais
abastado, ao resto do país.
O coreógrafo e bailarino Marcelo Cirino, em 1982, iniciou o trabalho com a dança de rua e depois
foi mentor ao trazer para Santos – SP, o primeiro curso de “Dança de Rua”.
Em 1991, pode-se ver no país o primeiro grupo profissional sul americano do gênero, por meio
do coreógrafo e bailarino Marcelo Cirino. Incluindo elementos da cultura brasileira, ele criou a dança de
rua brasileira, com o intuito de elevar e divulgar a dança de rua no país, como um estilo de dança
digno e respeitado.

Benefícios proporcionados pela prática

 Memorização e agilidade;
 Conscientização de equipe;
 Desenvolve a expressão corporal;
 Melhora da capacidade cardiovascular;
 Coordenação motora;
 Flexibilidade;
 Musicalidade;
 Equilíbrio e ritmo;
 Socialização.
Escola/Colégio:
Disciplina: Ano/Série:
Estudante:

AULA 19

1 - O Street Dance é um rótulo que os americanos criaram para identificar os estilos de danças
que surgiram nos guetos e centros urbanos. Street Dance é um termo que engloba vários estilos
de dança. Sobre o termo Stret Dance, é correto afirmar:

a) Quer dizer que todos os estilos surgiram exatamente nas ruas.


b) “Dança Urbana”, do Povo, que veio do meio acadêmico.
c) “Dança Urbana”, do Povo, que não veio do meio acadêmico.
d) Deriva das danças clássicas/acadêmicas.

2 - A dança de rua ou Street Dance, é um conjunto de estilos de danças populares, que


possuem movimentos detalhados, acompanhados de expressões faciais. Dentre suas
características, uma é destacada como especial. Aponte a alternativa correta:

a) Dança e o ritmo.
b) Movimentos harmoniosos e vigorosos.
c) Movimentos finos de quadril e deslocamento de ombros.
d) Suas músicas tem a batida forte.