Você está na página 1de 5

Futebol adaptado, Goalball e Basquete em cadeira de

rodas

 Futebol de 5
 Exclusivo para cegos ou
deficientes visuais;
 Cinco jogadores – um goleiro e
quatro na linha;
 O goleiro tem visão total e não
pode ter participado de competições
oficiais da FIFA;
 Os jogadores usam uma venda
nos olhos;
 As partidas são em uma quadra
de futsal adaptada (20m X 40m);
 Campos de grama sintética;
 São colocadas bandas nas
laterais que impedem que a bola saia;
 As partidas são silenciosas; a torcida só pode se manifestar no gol;
 2 tempos de 25 minutos e intervalo de 10 minutos;
 Há um guia (chamador) que fica atrás do gol
adversário;
 Bola de guizo.
 Os atletas são divididos em três classes:
o B1 - Cegos totais ou com percepção de luz, mas sem
reconhecer o formato de uma mão a qualquer
distância;
o B2 - Atletas com percepção de vultos;
o B3 - Atletas que conseguem definir imagens.

Futebol de 7

 Praticado por atletas com paralisia


cerebral, decorrente de sequelas
de traumatismo crânio-encefálico
ou de acidentes vasculares
cerebrais;
 7 jogadores (incluindo o goleiro) e
cinco reservas;
 As regras são da FIFA - adaptações feitas pela Associação Internacional de Esporte e Recreação para
Paralisados Cerebrais;
 Mesmas regras do futebol convencional (arremessos laterais e impedimento)
 O campo tem, no máximo 75m x 55m;
 As balizas possuem 5m x 2m.
 Marca do pênalti - 9,20m;
 A partida dura 60 minutos, divididos em 2 tempos de 30 minutos, com intervalo de 10 minutos entre
eles.
 De acordo com o grau da paralisia, os atletas são classificados em:
o FT1 - Comprometimento severo;
o FT2 - Comprometimento mediano;
o FT3 - Comprometimento leve.

Goalball

O goalball foi criado em 1946 pelo austríaco Hanz Lorezen e o alemão Sepp Reindle, que tinham como
objetivo reabilitar veteranos da Segunda Guerra Mundial que perderam a visão. Nos Jogos de Toronto
(1976) sete equipes masculinas apresentaram a modalidade aos presentes. Dois anos depois teve o
primeiro Campeonato Mundial de Goalball, na Áustria. Em 1980 na Paralimpíada de Arnhem, o esporte
passou a integrar o programa paralímpico.

Regras
 Praticado por homens e mulheres com deficiência visual;
 Classificação:
 B1: Cego total; Você sabia que o
 B2: Percepção de vultos; Goalball é uma
 B3: Conseguem definir imagens;
modalidade que não foi
 2 equipes disputam a partida;
adaptada de outro
 3 jogadores titulares e 3 reservas por equipe;
esporte? Foi criada
 2 tempos de 12 minutos;
exclusivamente para
 Arremessos da bola: rasteiros;
 Bola com Guizos (produzem som para que os atletas consigam localizá-la); pessoas com deficiência
 visual!pela
4 tempos de 4 segundo podem ser solicitados
equipe;
 Linhas: alto relevo, para que os atletas consigam se
localizar pelo tato;
 Silêncio no ginásio é obrigatório, para que os atletas consigam ouvir a bola;
 Independente da classificação do atleta, todos utilizam venda nos olhos.

1) Defesa.

2) Ataque.

3) Neutra.
1 2 3 3 21

Fonte: EmLah. Disponível em: https://search.creativecommons.org/photos/dc028bb2-a5d7-40da-aa17-4607f03beae6. Acesso em: 02/05/2020.

 Objetivo: acertar o gol adversário, respeitando as regras.

 Basquetebol em cadeira de rodas

Modalidade presente em todas as edições dos Jogos Paralímpicos!

 Surgiu em meados dos anos 1940, praticado por soldados feridos na 2ª guerra mundial.
 As cadeiras de rodas utilizadas por homens e mulheres são adaptadas e padronizadas pelas regras da
Federação Internacional de Basquete em Cadeira de Rodas (IWBF).
 O jogador deve quicar, arremessar ou passar a bola a cada dois toques dados na cadeira.

As dimensões da quadra e a altura da cesta seguem o padrão do basquete olímpico. São disputados
quatro quartos de 10 minutos cada.
 Na classificação funcional, os atletas são avaliados conforme o comprometimento físico-motor em
uma escala de 1 a 4,5. Quanto maior a deficiência, menor a classe. A soma desses números da equipe
em quadra não pode ultrapassar 14.
Escola/Colégio:
Disciplina: Ano/Série:
Estudante:
LISTA DE EXERCÍCIOS

1. O Basquetebol em cadeira de rodas sofreu adaptações em relação ao Basquetebol


convencional. Considere as alternativas e assinale Verdadeiro (V) ou Falso (F):
( ) A altura da tabela é a mesma em ambos.
( ) O atleta pode utilizar uma cadeira comum para jogar.
( ) A classificação funcional equilibra os diferentes níveis de deficiência durante um jogo.
( ) Cada equipe possui 5 jogadores titulares em quadra.
2. O Goalball foi criado em 1946 objetivando socializar os combatentes da 2ª Guerra Mundial
que haviam ficado cegos. Em relação às participações do Goalball na história dos Jogos
Paralímpicos, considere as alternativas abaixo e assinale a correta:
a) O Goalball participou de todas as edições dos Jogos Paralímpicos.
b) A primeira participação do Goalball nos Jogos Paralímpicos foi em 1984.
c) Os homens participaram pela primeira vez dos Jogos Paralímpicos em 1980 e as mulheres
em 1984, em Arnhem e Nova York, respectivamente.
d) A Federação Internacional de Esportes para Cegos passou a gerenciar o Goalball em 1992.
3. Com relação ao Futebol de 5, é INCORRETO afirmar:
a) Exclusivo para cegos ou deficientes visuais;
b) Cinco jogadores – um goleiro e quatro na linha;
c) Todos os jogadores usam uma venda nos olhos;
d) As partidas são silenciosas.
4. Com relação ao Futebol de 7, é INCORRETO afirmar:
a) Praticado por atletas com paralisia cerebral;
b) 7 jogadores (incluindo o goleiro);
c) Mesmas regras do futebol convencional (com adaptações);
d) A partida tem 2 tempos de 60 minutos.