Você está na página 1de 6

Iniciado em segunda, 15 mar 2021, 15:10

Estado Finalizada
Concluída em segunda, 15 mar 2021, 15:23
Tempo empregado 12 minutos 15 segundos
Questão 1
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

De acordo com o texto da disciplina, que razões foram apontadas para a adoção do modelo burocrático de
administração por boa parte das democracias no século XIX?

Escolha uma opção:


a. Descentralização administrativa e controle por resultados
b. Legalismo e impessoalidade
c. Engessamento de procedimentos e rotinas
d. Patrimonialismo e clientelismo 
Parabéns, este é o item correto.

e. Regulação e Legalismo
Feedback

Sua resposta está correta.


A opção correta é:
d. Patrimonialismo e clientelismo
Feedback:
Com a democracia sendo adotada em muitos países no mundo no século XIX, a adoção do modelo de
administração burocrática foi a escolha tomada para combater o patrimonialismo e o clientelismo presentes
nas culturas monárquicas. Nesse modelo administrativo, leis, procedimentos e rotinas rígidas regiam todo o
serviço prestado ao cidadão em um Estado altamente centralizado e hierarquizado. As regulações deveriam
tomar o lugar da tomada de decisões e cabia ao servidor público segui-las à risca.
Questão 2
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

Para contornar os efeitos adversos do monarquismo, as democracias do século XIX adotaram o modelo
burocrático de gestão. De acordo com o texto, quais as vantagens que esse modelo apresentava?
Escolha uma opção:
a. Patrimonialismo e Legalismo
b. Engessamento de procedimentos e rotinas
c. Legalismo e impessoalidade 
Parabéns, este é o item correto.

d. Descentralização administrativa e controle por resultados

e. Patrimonialismo e clientelismo
Feedback

Sua resposta está correta.


A opção correta é: 
c. Legalismo e impessoalidade
Feedback:
Como neste modelo administrativo as leis, procedimentos e rotinas rígidas regiam todo o serviço prestado ao
cidadão em um Estado altamente centralizado e hierarquizado, os servidores deveriam seguir à risca as
regulações, que tomavam o lugar das decisões. Desse modo era possível oferecer serviço ao cidadão de
forma legalista e impessoal.
Questão 3
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

Ainda de acordo com o texto, mesmo após a adoção do modelo burocrático, a administração pública não era
capaz de atender os anseios do país. Selecione a alternativa que melhor descreve as razões da ineficiência do
modelo de administração burocrática.

Escolha uma opção:


a. Regulação e Legalismo
b. Engessamento de procedimentos e rotinas 
Parabéns, este é o item correto.

c. Patrimonialismo e clientelismo
d. Descentralização administrativa e controle por resultados

e. Legalismo e impessoalidade
Feedback

Sua resposta está correta.


A opção correta é: 
b. Engessamento de procedimentos e rotinas
Feedback:
A rigidez do conjunto de procedimentos e as rotinas que deveriam ser seguidas tornava ineficiente a oferta
de serviços ao cidadão.
Questão 4
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

Por fim, o modelo de administração gerencial tem sido visto por muitas democracias como mais adequada
para responder as necessidades do cidadão. Selecione a alternativa que melhor a descreve:

Escolha uma opção:


a. Regulação e Legalismo
b. Patrimonialismo e clientelismo
c. Legalismo e impessoalidade
d. Descentralização administrativa e controle por resultados 
Parabéns, este é o item correto.

e. Engessamento de procedimentos e rotinas


Feedback

Sua resposta está correta.


A opção correta é: 
d. Descentralização administrativa e controle por resultados
Feedback:
Contrapondo-se ao excesso de centralização e rigidez de procedimentos, o modelo gerencial de
administração parte da premissa que os serviços ofertados pelo Estado podem ser melhor prestados por uma
ampla delegação de autoridade, imbuindo o servidor de maior autonomia, mas cobrando resultados
posteriormente.
Questão 5
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

Selecione a alternativa que melhor descreve um fator político de implantação do Modelo de Gestão por
Competências no Brasil.

Escolha uma opção:


a. O planejamento estratégico ainda é visto por muitas instituições públicas como burocrático e de pouca
utilidade.
b. Agenda de capacitação perde força quando comparada a processos finalísticos na instituição. 
Parabéns, este é o item correto.

c. Excessiva rotatividade ou troca nos cargos de direção dos órgãos públicos.


d. A falta de integração entre os subsistemas de gestão de pessoas.

e. Competências não são utilizadas em concursos, cujas provas, na grande maioria das vezes, avaliam
somente conhecimentos.
Feedback

Sua resposta está correta.


A opção correta é: 
b. Agenda de capacitação perde força quando comparada a processos finalísticos na instituição.
Feedback:
a. Planejamento estratégico é fator mesoestrutural.
b.Alternativa correta.
c. Rotatividade dos cargos de direção é fator estrutural.
d. Falta de integração dos subsistemas de gestão de pessoas é fator estrutural.
e. A dissonância entre o modelo de capacitação adotado pela PNDP com a realização de concursos públicos
refere-se à falta de integração entre os subsistemas de gestão de pessoas, que é fator estrutural.
Questão 6
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

Selecione a alternativa que melhor descreve um fator mesoestrutural de implantação do Modelo de Gestão
por Competências no Brasil.

Escolha uma opção:


a. Excessiva rotatividade ou troca nos cargos de direção dos órgãos públicos.
b. A falta de integração entre os subsistemas de gestão de pessoas.
c. O planejamento estratégico ainda é visto por muitas instituições públicas como burocrático e de pouca
utilidade. 
Parabéns, este é o item correto.

d. Competências não são utilizadas em concursos, cujas provas, na grande maioria das vezes, avaliam
somente conhecimentos.

e. Agenda de capacitação perde força quando comparada a processos finalísticos na instituição.


Feedback
Sua resposta está correta.
A opção correta é: 
c. O planejamento estratégico ainda é visto por muitas instituições públicas como burocrático e de pouca
utilidade.
Feedback:
a. Excessiva rotatividade ou troca nos cargos de direção dos órgãos públicos – fator estrutural.
b. A falta de integração entre os subsistemas de gestão de pessoas - fator estrutural.
c. O planejamento estratégico ainda é visto por muitas instituições públicas como burocrático e de pouca
utilidade - fator mesoestrutural.
d. Competências não são utilizadas em concursos, cujas provas, na grande maioria das vezes, avaliam
somente conhecimentos – fator esestrutural.
e. Agenda de capacitação perde força quando comparada a processos finalísticos na instituição - fator
político.
Questão 7
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

Numa prova de concurso por competências, a seleção deve considerar as capacidades do candidato e as
competências exigidas. Com base em que os enunciados das questões devem ser descritos?

Escolha uma opção:


a. De acordo com os referenciais de desempenho da instituição.
b. Simulando situações reais. 
Parabéns, este é o item correto.

c. Focando nas habilidades das competências.


d. De acordo com a descrição do cargo.

e. Focando nos conhecimentos das competências.


Feedback

Sua resposta está correta.


A opção correta é:
b. Simulando situações reais.
Feedback:
Quando temos uma descrição detalhada do que esperamos de nossos servidores em cada função de trabalho,
a elaboração de concursos passa a ser mais focada em suprir as necessidades do órgão. Para tanto,
precisamos simular nos enunciados da questão situações próximas às encontradas na instituição.
Questão 8
Completo
Não avaliada

Marcar questão

Texto da questão

No modelo de gestão por competências, os indicadores de desempenho dos servidores são definidos:

Escolha uma opção:


a. Pelo cargo.
b. Pela descrição da função que o servidor ocupa.
c. Pelas metas institucionais.
d. Pelos objetivos estratégicos da instituição. 
Parabéns, este é o item correto.

e. Pelo regimento.
Feedback

Sua resposta está correta.


A opção correta é: 
d. Pelos objetivos estratégicos da instituição.
Feedback:
Os indicadores de desempenho são a descrição do que os servidores ou as instituições devem ser capazes de
apresentar para gerar resultados. Assim, o desempenho dos servidores não deve ser definido
necessariamente pelo cargo que ele ocupa, mas sim pelos objetivos da instituição. O cargo passa a ser,
dentro do modelo de gestão por competências, somente um referencial de perfil profissional que desejamos
para a instituição.
Terminar revisão
◄ Modelos de administração de pessoal e o panorama da Gestão por Competências
Seguir para...                                                                                                                                                                      
Seguir para...

Conceitos, definições e tipologias de competências ►