Você está na página 1de 4

PORTIFOLIO 02- QUESTÃO 02 ANALISE CUSTOS

A Indústria Magnata S.A. produz um único produto e incorreu nos seguintes


gastos durante o mês de julho de 2015, para produzir integralmente 5.000
unidades:

Custos fixos ................ R$ 35.000,00

Custos variáveis:

- Matéria-prima: ......... R$ 6,00/unidade

- Mão de obra direta: .... R$ 3,50/unidade

Despesas fixas: .............. R$ 7.500,00

Despesas variáveis: ...... R$ 2,50/unidade

Comissões de venda: 10% do preço bruto de venda

Informações adicionais:

- Preço bruto de venda: R$ 140,00/unidade

- Impostos sobre a Venda: 10% da receita bruta de vendas

- Quantidade vendida no mês de julho de 2015: 3.500 unidades

O ponto de equilíbrio contábil da Indústria Magnata S.A. era, em quantidade,

a) 425.

b) 373.

c) 300.

d) 75.

e) 326.

Resolvendo a questão
Para início de conversa, Ponto de Equilíbrio Contábil é o ponto no qual a
receita de venda da empresa se iguala aos custos e as despesas, não havendo
lucro nem prejuízo.
Esse indicador é muito usado para fins gerenciais, mostra a quantidade mínima
de venda para a empresa cobrir todas as seus gastos e não operar no
vermelho.
A fórmula para o cálculo do Ponto de Equilíbrio Contábil é a seguinte:

Fórmula Ponto de Equilíbrio Contábil


Pela fórmula, identificamos os seguintes elementos:
 Gastos Fixos – custos e despesas fixas TOTAIS do período; e

 Margem de Contribuição Unitária – a diferença entre o Preço de


Venda e o Gasto Variável UNITÁRIO (custos e despesas variáveis).
Por utilizar a Margem de Contribuição no cálculo, observa-se que é adotado o
sistema de custeio direto (ver questões sobre custeio direto), onde incorpora-se
ao produto somente os custos diretos, sendo os indiretos lançados
integralmente no resultado do período.
Primeiramente, calcula-se a MCu:

 MP e MOD são custos variáveis

 Comissão e impostos são despesas variáveis


 e ainda temos as despesas variáveis que a questão trouxe

Informação importante:

Receita Bruta de Venda nada mais é do que PV x Qtde vendida. O


imposto que incide sobre a receita bruta pode ser evidenciado de
forma unitária, bastando aplicar a alíquota ao Preço de Venda (10%
sobre a receita bruta total = 10% sobre o PV).
 
Vamos então para os cálculos:
MCu = 140 – 40    |     MCu = 100
PEC = 42.500 / 100    |     PEC = 425 unidades
A quantidade que a empresa precisa vender para ter resultado 0 (zero) é 425
unidades.
 
Para tirar a “prova real”, vamos elaborar a DRE (lógico que você não vai fazer
isso na prova, a não ser que esteja com tempo sobrando, o que eu acho muito
difícil de acontecer)
OBS: Os custos e despesas variáveis foram multiplicados somente pela
quantidade vendida e não pela produzida pois, no sistema de custeio
direto, esses gastos são apropriados aos produtos.
Aqueles produtos que não foram vendidos vão para estoque,
permanecendo com seus gastos de produção incorporados até o
momento da venda.
 

Gabarito: letra a)

Você também pode gostar