Você está na página 1de 2

Brasil acima do peso o que fazer?

"Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio". No pensamento
de Hipócrates, médico e filósofo grego, a saúde é algo que está diretamente ligada à
alimentação saudável. Entretanto, no Brasil contemporâneo, tal conjuntura é diferente, uma
vez que grande parte da sociedade não segue a linha de pensamento do filósofo, e está acima
do peso. Em virtude disso, surgem efeitos negativos, decorrentes, sobretudo, da má educação
alimentar, advinda desde a infância, e do distanciamento dos cuidados com a saúde.

A priori, cabe ressaltar, os maus hábitos alimentares desenvolvidos desde a infância, que
colaboram para o surgimento do sobrepeso. Nessa ótica, de acordo com o escritor Charles
Duhig autor do best-seller “o poder do hábito”, o problema do desenvolvimento de maus
hábitos alimentares envolve, principalmente, a questão de como nossa autodisciplina é
tratada na infância, com frequência de participação em atividade físicas ou artística. Desse
modo, é indispensável que o ensino sobre alimentação saudável e práticas esportivas e
artísticas sejam implementadas no ensino fundamental.

Outrossim, o descuido com a saúde, seja por meio do distanciamento de exercícios físicos, seja
por meio da má alimentação, estimula a obesidade. Com o advento da consolidação do
capitalismo no século XVIII e da ampliação das jornadas de trabalho, o indivíduo vem se
distanciando dos cuidados com o corpo, visto que a modernidade alterou os padrões de vida
do ser humano, criando uma relação entre este e a produção do capital, de tal maneira que ele
ficou dependente e sem tempo para se cuidar. À vista disso, tal fato tem contribuído
negativamente para o crescente índice de cidadãos obesos, comprometendo, dessa maneira, a
saúde e as relações interpessoais destes, como as de trabalho e as de lazer. ( você poderia ter
complementado com algum dado estatístico, mas de maneira geral ficou boa a argumentação)

Dessarte, para que a obesidade e suas sequelas sejam enfrentadas, é necessária uma
intervenção imediata. Urge que o Ministério da Educação, em consonância com as ONGs, deve
promover palestras e campanhas socioeducativas que instiguem as crianças e as famílias a
adotarem uma boa educação alimentar, por intermédio das escolas, com o propósito de
prevenir uma futura obesidade e as suas consequências. Ademais, cabe ao Ministério da
Saúde, em parceria com o Ministério do Esporte, assegurar o acesso facilitado às atividades
físicas, por meio dos centros esportivos, com o fito de estimular os indivíduos a buscarem-nas.
Dessa maneira, a obesidade será prevenida e os indivíduos viverão mais saudáveis.

Agente: ok

Ação: ok
Finalidade: ok

Detalhamento: ok

Competência 1 – 200

No entanto teve um erro de concordância “atividade físicas ou artística”

Mas apresenta um bom vocabulário e domínio da norma culta

Competência 2 – 200

Bom repertório

Competência 3 – 180

Competência 4 – 180

Competência 5 – 200

Você também pode gostar