Você está na página 1de 133

4 ANO

I
SUMÁRIO

LÍNGUA PORTUGUESA....................................................................................................... pág. 1

Semana 1: Produção escrita: carta de reclamação ......................................... pág. 1


Semana 2: História em quadrinhos e tirinha .................................................... pág. 5
Semana 3: Leitura e interpretação de texto ...................................................... pág. 9
Semana 4: Produção de texto ................................................................................ pág. 12

MATEMÁTICA ........................................................................................................................ pág. 15

Semana 1: Operação com números naturais ................................................... pág. 15


Semana 2: Composição e decomposição de números naturais ................ pág. 18
Semana 3: Aleatoriedade ....................................................................................... pág. 21
Semana 4: Probabilidade ........................................................................................ pág. 25

LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL .................................................................................. pág. 29

Semana 1: Gênero Textual: História em quadrinhos ...................................... pág. 29


Semana 2: Interpretação de texto e leitura ....................................................... pág. 35
Semana 3: Gênero Textual: Receita Culinária ................................................... pág. 39
Semana 4: Gênero Textual: Regras de jogos e brincadeiras ........................ pág. 43

LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA ................................................................................... pág. 50

Semana 1: Geometria: figuras planas .................................................................. pág. 50


Semana 2: Geometria: ponto, reta, plano .......................................................... pág. 62
Semana 3: Geometria: área ..................................................................................... pág. 71
Semana 4: Geometria: sólidos geométricos ..................................................... pág. 76

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA.................................................................................... pág. 84

Semana 1: Inclusão das diversidades .................................................................. pág. 84


Semana 2: Saúde na Escola ..................................................................................... pág. 94
Semana 3: Direitos Humanos ................................................................................. pág. 100
Semana 4: Estatuto da Criança e do Adolescente — ECA ........................... pág. 106

ESTUDOS ORIENTADOS..................................................................................................... pág. 113

Semana 1: Covid-19: informação e prevenção ................................................ pág. 113


Semana 2: Onomatopeia ......................................................................................... pág. 118
Semana 3: Leitura e interpretação de texto ...................................................... pág. 121
Semana 4: Autoavaliação ........................................................................................ pág. 125
SECRETARIADEESTADODEEDUCAÇÃODEMINASGERAIS

PLANO DE ESTUDO TUTORADO


COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA
ANO DE ESCOLARIDADE: 4º ANO
NOME DA ESCOLA:
NOME DO ESTUDANTE: TURNO:
TURMA: TOTAL DE SEMANAS: 04
NÚMERO DE AULAS POR SEMANA: 06 NÚMERO DE AULAS POR MÊS: 24

SEMANA 1

CAMPO DE ATUAÇÃO: CAMPO DA VIDA COTIDIANA


PRÁTICAS DE LINGUAGEM: Produção de textos (escrita compartilhada e autônoma).
Oralidade.

OBJETO DE CONHECIMENTO:
Escrita colaborativa.
Produção de texto oral.

HABILIDADE(S):
(EF04LP11) Planejar e produzir, com autonomia, cartas pessoais de reclamação, dentre outros
gêneros do campo da vida cotidiana, de acordo com as convenções do gênero carta e com
a estrutura própria desses textos (problema, opinião, argumentos), considerando a situação
comunicativa e o tema/assunto/finalidade do texto.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:
Linguagem e construção da carta.
Produção de texto: carta de reclamação.

INTERDISCIPLINARIDADE:
Arte:
(EF15AR23P4) Reconhecer e experimentar em projetos temáticos da cultura nacional, as relações
processuais entre diversas linguagens artísticas.

Ensino Religioso:
(EF04ER02) Identificar ritos e suas funções em diferentes manifestações e tradições religiosas.

(EF04ER12MG) Identificar diferentes formas de se relacionar com o sagrado e que possibilitam a


vivência comunitária.

1
ORIENTAÇÕES AOS PAIS DICA PARA O
E RESPONSÁVEIS ESTUDANTE

Senhores pais ou responsáveis, OLÁ CRIANÇA,

Vocês se lembram do trabalho com EM UMA ATIVIDADE


as cartas? Agora que sua criança ANTERIOR, VOCÊ ESTUDOU
já conheceu a importância das A UTILIZAÇÃO DAS CARTAS.
cartas e para que elas servem, AGORA ESTÁ NA HORA DE
vocês irão incentivá-la a escrever ESCREVER UMA CARTA.
uma carta bem bacana. Conversem VAMOS LÁ?
com ela e lembrem sobre o papel
do Remetente, do Destinatário e o
motivo para se escrever uma carta.

2
ATIVIDADES

1 — Relembrando a estrutura de uma carta.

Vamos relembrar?

Remetente

Destinatário (quem pode


solucionar o problema)

Escreveu porque (qual é a reclamação?)

Argumentos utilizados
(O problema merece atenção porque:)
(Prejuízos causados pelo problema:)

Solicitações (o que espera que seja feito)

2 — Agora, escreva a sua carta de reclamação.

3
4
SEMANA 2

UNIDADE(S) TEMÁTICA(S):

CAMPO DA VIDA COTIDIANA


PRÁTICAS DE LINGUAGEM: Leitura/escuta (compartilhada e autônoma).

OBJETO DE CONHECIMENTO:

Leitura de imagens em narrativas visuais.

HABILIDADE(S):

(EF15LP14) Construir o sentido de histórias em quadrinhos e tirinhas, relacionando imagens e


palavras e interpretando recursos gráficos (tipos de balões, de letras, onomatopeias).

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

— Leitura e interpretação de histórias em quadrinhos e tirinhas.


— Linguagem e construção de histórias em quadrinhos e tirinhas.

INTERDISCIPLINARIDADE:

Arte:
(EF15AR24P4) Caracterizar e experimentar, brinquedos, brincadeiras, jogos, danças e canções, no
contexto da cultura mineira e regional da cultura, de diferentes matrizes estéticas e culturais.

Ensino Religioso:
(EF04ER02) Identificar ritos e suas funções em diferentes manifestações e tradições religiosas.

(EF04ER12MG) Identificar diferentes formas de se relacionar com o sagrado e que possibilitam a


vivência comunitária.

5
ATIVIDADES

1 — Veja a tirinha abaixo. Vocês conhecem todos os personagens?

Disponível em: https://www.flickr.com/photos/institutoayrtonsenna/4706431031 Acesso em: 05 de junho de 2020.

Agora responda:

a)  No primeiro quadrinho, você consegue identificar onde os personagens estão?

b)  Você pode imaginar por que o Senninha não quer jogar?

c)  Tem como saber quem fala no segundo quadrinho?

6
d)  De que maneira se dá o humor na tirinha?

e) Você sabe o que é gandula? Se não sabe pesquise no dicionário ou pergunte


para alguém da sua casa.

2 — Leia a tirinha abaixo.

Disponível em: https://acessaber.com.br/atividades/atividade-de-portugues-questoes-sobre-modos-do-verbo-


7o-ano-2/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=facebook. Acesso em 15 de junho de 2020.

•  A frase dita por Helga no primeiro quadrinho é característica de qual história?

•  Como você acha que o espelho está? Explique sua resposta

7
• Se o espelho respondesse a verdade, o que você acha que poderia acontecer?

3 — Leia a piada abaixo e crie uma tirinha com ela

Piada:
Dois caipiras estavam sentados à beira do rio pescando, quando um vira para o
outro e fala:
— Cumpadre, credita que hoje acordei cuma vontade doida de trabaiá?
— Nossa!!!! I aí?
— Aí qui eu virei proutro lado e isperei a vontade passa, sô!

8
SEMANA 3

UNIDADE(S) TEMÁTICA(S):

TODOS OS CAMPOS DE ATUAÇÃO


PRÁTICAS DE LINGUAGEM: Leitura/escuta (compartilhada e autônoma).

OBJETO DE CONHECIMENTO:

Decodificação/Fluência de leitura/Formação de leitor.

HABILIDADE(S):

(EF35LP01) Ler e compreender, silenciosamente e, em seguida, em voz alta, com autonomia e


fluência, textos curtos com nível de textualidade adequado.

(EF35LP02) Selecionar livros da biblioteca e/ou do cantinho de leitura da sala de aula e/ou
disponíveis em meios digitais para leitura individual, justificando a escolha e compartilhando com
os colegas sua opinião, após a leitura.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

— Leitura de textos curtos.


— Participação nas atividades orais.

INTERDISCIPLINARIDADE:

Arte:
(EF15AR23P4) Reconhecer e experimentar em projetos temáticos da cultura nacional, as relações
processuais entre diversas linguagens artísticas.

Ensino Religioso:
(EF04ER02) Identificar ritos e suas funções em diferentes manifestações e tradições religiosas.

(EF04ER12MG) Identificar diferentes formas de se relacionar com o sagrado e que possibilitam a


vivência comunitária.

9
ATIVIDADES

1 —  Leia o texto abaixo:

A RODA

Já pensaste como seria a vida do Homem sem conhecer a


roda?
Repara em como ele se cansou, transportando nas mãos,
nos braços, às costas, aquilo de que precisava.
Um dia reconheceu que, arrastando os fardos se
esforçava menos. Em cima de um tronco era ainda mais
fácil... Mais tarde descobriu que os fardos em cima de dois pedaços de um tronco
deslizavam melhor.
Com o tempo, o Homem inventou a roda. Depois meteu-lhe um eixo. Abriu-lhe
cavidades para a tornar mais leve. Ajustou-lhe raios. Descobriu ainda que, com um aro
de borracha, a roda deslizava mais suavemente. E assim, de descoberta em descoberta,
o homem fabricou os pneus que hoje rolam em todos os caminhos do mundo.
Alice Gomes
Disponível em: <https://www.ideiacriativa.org/2012/07/atividade-letra-h-invencao-da-roda.html> Acesso em: 18 de jun 2020.

Agora responda o que podemos descobrir sobre o texto:

a)   Título

b)  Quem escreveu? (Autor ou Autora)

c) Personagens

10
d)  Sobre o que fala o texto (Enredo)?

e)  Que tipo de texto você leu?

f )  Como você acha que seria o mundo se a roda não tivesse sido inventada?

g)  Faça uma bonita ilustração do texto que você acabou de ler.

11
SEMANA 4

CAMPO DE ATUAÇÃO: TODOS OS CAMPOS DE ATUAÇÃO

PRÁTICAS DE LINGUAGEM: Produção de textos (escrita compartilhada e autônoma).

OBJETO DE CONHECIMENTO:

Planejamento de texto.

HABILIDADE(S):

(EF15LP05A) Planejar o texto que será produzido, considerando a situação comunicativa, os


interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade ou o propósito (escrever para
quê); a circulação (onde o texto vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a linguagem,
organização e forma do texto e seu tema.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

— Produção de texto.
— Reconto.

INTERDISCIPLINARIDADE:

Arte:
(EF15AR23P4) Reconhecer e experimentar em projetos temáticos da cultura nacional, as relações
processuais entre diversas linguagens artísticas.

(EF15AR24P4) Caracterizar e experimentar, brinquedos, brincadeiras, jogos, danças e canções, no


contexto da cultura mineira e regional da cultura, de diferentes matrizes estéticas e culturais.

Ensino Religioso:
(EF04ER02) Identificar ritos e suas funções em diferentes manifestações e tradições religiosas.

(EF04ER12MG) Identificar diferentes formas de se relacionar com o sagrado e que possibilitam a


vivência comunitária.

12
ATIVIDADES

1 — Use a imaginação.

Flávio era uma criança que adorava colecionar, mas algo aconteceu com uma de
suas coleções. A história abaixo tem início e final. Agora você vai usar a sua
imaginação e contar o que aconteceu no meio da história. Dê um título para a
história também.

Flávio era um menino que gostava de colecionar objetos.


Ele colecionava carrinhos, bolinhas de gude, chaveiros,
figurinhas, etc...
Todas as pessoas que o conheciam, familiares e amigos sempre o
presenteavam com objetos para sua coleção.
Um dia ...

13
Então, Flávio pediu ajuda à sua mãe e à sua irmã. Elas encontraram a sua coleção
dentro do armário da cozinha. Flávio ficou muito feliz.
Fonte: <https://br.pinterest.com/pin/794885402952119605/ Acesso em: 07/04/2020: Acesso em 18 de jun de 2020.

2 — Você conhece a história da Branca de Neve, não é mesmo? Agora é com você.
Reconte a história, encontrando estratégias para levar a Branca de Neve de volta
ao local onde ela morava antes de ir para a floresta levada pelo caçador. Apresente
no texto uma caixa mágica que tem dentro dela objetos misteriosos.

14
SECRETARIADEESTADODEEDUCAÇÃODEMINASGERAIS

PLANO DE ESTUDO TUTORADO


COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA
ANO DE ESCOLARIDADE: 4º ANO
NOME DA ESCOLA:
ESTUDANTE:
TURMA: TURNO:
MÊS: TOTAL DE SEMANAS: 04
NÚMERO DE AULAS POR SEMANA: 05 NÚMERO DE AULAS POR MÊS: 20

SEMANA 1

UNIDADE(S) TEMÁTICA(S):
Números.

OBJETO DE CONHECIMENTO:
Propriedades das operações para o desenvolvimento de diferentes estratégias de cálculo com
números naturais.

HABILIDADE(S):
(EF04MA03A) Resolver problemas com números naturais envolvendo adição e subtração,
utilizando estratégias diversas, como cálculo, cálculo mental e algoritmos, além de fazer
estimativas do resultado.

(EF04MA03B) Elaborar problemas com números naturais envolvendo adição e subtração,


utilizando estratégias diversas, como cálculo, cálculo mental e algoritmos, além de fazer
estimativas do resultado.

(EF04MA30MG) Operar com os números naturais: adição, subtração, multiplicação e divisão.


(Com e sem agrupamento e desagrupamento).

(EF04MA05) Utilizar as propriedades das operações para desenvolver estratégias de cálculo.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:
Operação com números naturais: adição e subtração; ideias da adição e subtração.

15
ORIENTAÇÕES AOS PAIS DICA PARA O QUER SABER MAIS?
E RESPONSÁVEIS ESTUDANTE

Senhores pais ou OLÁ CRIANÇA! Veja o probleminha abaixo e duas


responsáveis, formas diferentes de resolvê-lo:
VOCÊ JÁ SABE SOMAR
Nesta aula vamos utilizar E SUBTRAIR, NÃO Carolina foi ao quadro e escreveu
as ideias da subtração É MESMO? a conta armada abaixo para fazer a
para ampliar estratégias CADA CRIANÇA subtração. Porém sua professora
de cálculo. TEM UMA FORMA pediu que ela resolvesse de outro
Ajude a sua criança a pensar DE RESOLVER AS modo. Como Carolina poderá resolver
e encontrar estratégias OPERAÇÕES EM SUA sem armar a conta?
para resolver os cálculos e CABECINHA. NESTA   796
chegar ao resultado. AULA QUEREMOS —194
­­
É muito bom também QUE VOCÊ ENCONTRE ?
estudar com ela os fatos A MELHOR FORMA, Veja como a Bia, colega da Carolina,
fundamentais. Quanto mais A MAIS FÁCIL PARA resolveu:
a criança estuda, com mais QUE VOCÊ CHEGUE
facilidade ela encontra formas AO RESULTADO DAS 796 está próximo de 800
de resolver os cálculos. SUBTRAÇÕES. 194 está próximo de 200
800 — 200 = 600
Antes de fazer a atividade 6—4=2
converse com a criança: 600 + 2 = 602
No nosso dia a dia, podemos João, colega de Bia, fez de outra
observar muitas diferenças forma veja:
entre pessoas, objetos,
lugares. Em matemática, Preciso saber quanto é 796 — 194
quando falamos em Eu sei que 194 = 100 + 90 + 4
diferença, a qual ideia Então:
estamos nos referindo? 796 — 100 = 696
Como fazemos para 696 — 90 = 606
calcular a diferença entre 606 — 4 = 602
dois números?
Agora que relembrou a subtração,
vamos resolver alguns problemas?

16
ATIVIDADES

1 — Marina tem um gato que pesa 3 Kg e um cachorro que pesa 12 Kg. Qual é a diferença
entre o peso do cachorro e do gato? Você consegue responder sem armar a conta?
Como fez?

2 — A final do campeonato de futebol feminino termina hoje às 18h. Agora são


17h15min., quanto tempo falta para acabar o jogo?
Sem armar conta, como podemos calcular o tempo que falta para acabar o jogo?

3 — Uma escola recebeu 438 pacotes de biscoitos. Foram distribuídos 178 pacotes.
Quantos pacotes ainda faltam para serem distribuídos? Você consegue responder
sem armar a conta? Como fez?

Conte para alguém como você conseguiu resolver estes probleminhas.

17
SEMANA 2

UNIDADE(S) TEMÁTICA(S):

Números.

OBJETO DE CONHECIMENTO:

Composição e decomposição de um número natural de até cinco ordens, por meio de adições e
multiplicações por potências de 10.

HABILIDADE(S):

(EF04MA02) Mostrar, por decomposição e composição, que todo número natural pode ser escrito
por meio de adições e multiplicações por potências de dez, para compreender o sistema de
numeração decimal e desenvolver estratégias de cálculo.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

Composição e decomposição de números naturais.

18
ATIVIDADES

1 — Observe os números no quadro abaixo:

3
90500
40 000    2 000

Que número podemos formar usando todas essas quantidades soltas?

2 — Verifique na tabela o valor de cada figura geométrica. Qual número você pode
compor com esses cartões?

10

100

1.000

10.000

19
3 — Observe o quadro posicional abaixo. Escreva os números representados nele
utilizando os algarismos do nosso Sistema de Numeração Decimal.

DM UM C D U

20
SEMANA 3

UNIDADE(S) TEMÁTICA(S):

Probabilidade e estatística.

OBJETO DE CONHECIMENTO:

Análise de chances de eventos aleatórios.

HABILIDADE(S):

(EF04MA26) Identificar, entre eventos aleatórios cotidianos, aqueles que têm maior chance de
ocorrência, reconhecendo características de resultados mais prováveis, sem utilizar frações.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

Aleatoriedade.

INTERDISCIPLINARIDADE:

Arte:
(EF15AR24P4) Caracterizar e experimentar, brinquedos, brincadeiras, jogos, danças e canções, no
contexto da cultura mineira e regional da cultura, de diferentes matrizes estéticas e culturais.

21
ATIVIDADES

1 — Leia com atenção e responda às questões:

Antônio e Sara ganharam 6 balas, sendo 3 de morango e 3 de chocolate. Os dois


preferem balas de chocolate, então fizeram um sorteio: colocaram todas as balas
dentro de um saquinho e foram pegando uma bala por vez. Cada um deles retirou
3 balas. A tabela abaixo mostra o resultado das retiradas:

Retirada 1º 2º 3º

Antônio Morango Chocolate Morango

Sara Chocolate Morango Chocolate

a)  Quais as diferentes maneiras encontradas?

b)  Será que no exemplo haverá um número máximo de possibilidades?

Antônio, não satisfeito pediu para que repetissem a retirada das balas. O resultado
da nova retirada pode ser visto na tabela abaixo:

Retirada 1º 2º 3º

Antônio Morango Morango

Sara Chocolate Chocolate

Agora é com você:

c)  Se Sara fizer a 3ª retirada de bala, qual sabor ela poderá obter?

22
d) Você acha que se Antônio e Sara repetirem as retiradas de balas, o resultado
poderia ser diferente?

e)  Represente no quadro abaixo outra situação.

Retirada 1º 2º 3º

Antônio

Sara

Quando Antônio e Sara colocaram todas as balas dentro do saquinho, não


tinham como saber exatamente qual bala seria sorteada. Havia muitas
possibilidades. Quando em uma situação existem várias possibilidades de um
evento se desenvolver, chamamos esta situação de evento aleatório. Depois
que foram feitas algumas retiradas de balas por Antônio e Sara, foi possível
determinar qual bala sairia na 3ª retirada. Cada uma das situações que poderia
ocorrer (sair bala de morango, sair bala de chocolate) é o que chamamos de
possibilidade.

2 — Pense e resolva:

Ao jogar um dado podemos tirar os números 1, 2, 3, 4, 5 ou 6.

Pedro está jogando trilha com seu pai. Ele está a 4 casas de vencer o jogo. Para
que ele possa vencer, precisa tirar um número igual ou maior que 4. Dos números
disponíveis temos então as seguintes opções: 4, 5 e 6.

a) Por que os demais números do espaço amostral não são possibilidades de


solução para esse problema?

23
b)  Complete a tabela listando as possibilidades de Pedro ganhar:

Número Dado Casas que avança Vence ou perde

1 1 Perde

Assim, a probabilidade de Pedro ganhar jogando uma única vez é 3 em 6.

Apesar de não saber qual número sairá na face superior do dado, posso
comparar as possibilidades daquilo que eu quero que aconteça com o total
de possibilidades que podem ocorrer. Quando relacionamos as possibilidades
de um evento ocorrer com seu total de possibilidades, estamos calculando a
probabilidade deste evento ocorrer.

3 — Leia e resolva a situação a seguir:

Em uma caixa foram colocadas 2 bolas verdes e 2 bolas azuis. Num grupo de
4 amigos, cada um deles retirou 1 bola de cada vez.

a) Mostre como poderiam ficar estas retiradas, fazendo uma tabela no seu
caderno e anote suas conclusões:

b)  Qual a probabilidade do primeiro amigo tirar uma bola azul?

24
SEMANA 4

UNIDADE(S) TEMÁTICA(S):

Probabilidade e estatística.

OBJETO DE CONHECIMENTO:

Análise de chances de eventos aleatórios.

HABILIDADE(S):

(EF04MA26) Identificar, entre eventos aleatórios cotidianos, aqueles que têm maior chance de
ocorrência, reconhecendo características de resultados mais prováveis, sem utilizar frações.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

Aleatoriedade.

INTERDISCIPLINARIDADE:

Arte:
(EF15AR24P4) Caracterizar e experimentar, brinquedos, brincadeiras, jogos, danças e canções, no
contexto da cultura mineira e regional da cultura, de diferentes matrizes estéticas e culturais.

25
ATIVIDADES

1 — No lançamento de um dado comum o resultado é o número que estiver na face


voltada para cima.

a)  Se você lançar um dado comum, qual a probabilidade de obter um número par?

b)  Lançando o dado, qual a probabilidade do resultado ser um número menor que 3?

2 — Arthur está colorindo um desenho. Em sua caixa de lápis, restam 4 cores que ele
ainda não utilizou. São elas: vermelho, azul, verde e amarelo. Como está indeciso,
Arthur resolve pegar 2 lápis de olhos fechados, 1 de cada vez.

a)  Indique de que forma poderá ser feita esta retirada.

b) Arthur retirou 1 lápis de cor vermelha. Qual a probabilidade de sua segunda


retirada ser 1 lápis de cor verde?

26
3 — Para o encerramento do ano letivo, a professora Lívia preparou um dia de jogos
para sua turma. Como prêmio principal, comprou um presente, para ser sorteado
entre a turma. Em sua turma há 25 alunos, sendo que 16 são meninas.

a) Qual é a probabilidade de um menino ganhar o presente? E de uma menina?


Quem tem maior probabilidade de ganhar?

b) Se você fosse aluno dessa sala, qual seria a probabilidade de você ganhar
o presente?

4 — A professora de Júlia passou uma atividade em que havia 5 alternativas de


resposta sendo que apenas 1 estava correta.

a) Se, ao ler a atividade, Júlia não souber responder e marcar qualquer alternativa,
qual a probabilidade da Júlia acertar a atividade?

27
b) Júlia conseguiu eliminar 3 alternativas incorretas. Dentre as alternativas que
restaram qual a nova probabilidade de acerto?

c)  Em qual das situações Júlia terá maior probabilidade de acerto?

28
SECRETARIADEESTADODEEDUCAÇÃODEMINASGERAIS

PLANO DE ESTUDO TUTORADO


COMPONENTE CURRICULAR: LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL
ANO DE ESCOLARIDADE: 4º ANO
NOME DA ESCOLA:
ESTUDANTE: TURNO:
TURMA: TOTAL DE SEMANAS: 04
NÚMERO DE AULAS POR SEMANA: 03 NÚMERO DE AULAS POR MÊS: 12

SEMANA 1

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Interpretação de texto; Interpretação visual; Gênero textual: história em quadrinhos; Meio


ambiente; Cultura; Cidadania; Inclusão.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos aprofundar sobre um gênero textual muito querido por
crianças e adolescentes, e até mesmo por adultos, que é o gênero História em Quadrinhos!
Nas semanas anteriores já iniciamos algumas atividades. Para isso iremos realizar atividades
interessantes e divertidas! Vamos começar?!

GÊNERO TEXTUAL: HISTÓRIA EM QUADRINHOS

Você já leu alguma história em quadrinhos? É provável que sim,


quem nunca se divertiu com a Mônica e seus amiguinhos?!
As revistinhas da Turma da Mônica, de Maurício de Sousa, são um
ótimo exemplo de histórias em quadrinhos.
A história em quadrinhos é uma narrativa que combina texto e
imagens, de forma que a cada quadro visualizamos a passagem
do tempo ou o deslocamento no espaço. A forma de leitura
das histórias em quadrinhos se dá da esquerda para a direita, e
de cima para baixo. A escrita é contida em balões de fala, mas
https://turmadamonica.uol.com.br/ também pode-se ter quadrinhos apenas com imagens.
home/images/capa_tdm.png

29
As histórias em quadrinhos servem para entreter, informar, realizar críticas, questionamentos
e também podem veicular uma mensagem instrucional, como acontece em campanhas! Utilizar
as histórias em quadrinhos para alertar as pessoas sobre riscos de doenças ou sobre como é
importante economizar água é uma forma muito importante de utilização desse gênero textual.

https://www.funarte.gov.br/artes-integradas/a-historia-dos-quadrinhos-no-brasil-e-tema-do-arte-
em-foco-de-outubro/

➢  ELEMENTOS CARACTERÍSTICOS DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS:

Em geral, as histórias em quadrinhos envolvem várias técnicas narrativas através dos dois canais:
imagem e texto escrito. Para compreender a mensagem, o leitor precisa relacionar os elementos
de imagem (aspectos visuais) com os de texto (aspectos linguísticos). Os quadrinhos dispõem de
diversos recursos que o texto escrito sozinho não consegue apresentar. Esses recursos são:

•  BALÕES DE FALA: Os balões de fala indicam quem está falando ou pensando. Além disso, os
balões também podem ajudar a expressar os sentimentos dos personagens por meio do seu
formato e desenho, veja alguns exemplos abaixo:

30
Fonte: http://www.eraumavezbrasil.com.br/voce-sabia-que-existem-diversos-tipos-de-baloes/

•  ONOMATOPEIAS: As onomatopeias representam sons por meio de palavras que imitam os sons.
Por exemplo, a onomatopeia de bater na porta é “TOC TOC”, a onomatopeia de um carro em
movimento é “VRUM, VRUM”. Você pode adivinhar qual é a onomatopeia do quadrinho abaixo?

Fonte: https://esteeomeusangue.files.wordpress.com/2010/02/x2_b9f6cf.jpeg

Você consegue imaginar o que cebolinha está pensando/sentindo?

Os quadrinhos estão por toda a parte e quando


contam uma história bem curtinha, de dois ou
três quadrinhos, podem ser chamadas de
tirinhas. São essas histórias curtinhas que
normalmente encontramos em veículos de
informação que não são específicos para
histórias em quadrinhos, como os jornais e as
revistas.

Além das histórias em quadrinhos propriamente


ditas temos os cartuns e as charges, que
Fonte: SONIA TANINO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS COMO
possuem elementos parecidos com as histórias RECURSO METODOLÓGICO PARA OS PROCESSOS DE
em quadrinhos. Iremos conhecer melhor esses ENSINAR
dois gêneros na próxima semana.

31
ATIVIDADES

1 — Leia atentamente a historinha a seguir.

a)  Como é o nome do personagem dessa história em quadrinhos?

b)  O título dessa história é Marco. Sugira outro título para essa história.

c)  O que representa ZZZZ?

d) Na história em quadrinhos, aparecem várias onomatopeias — palavras


que imitam sons. Releia os quadrinhos e encontre as onomatopeias que
representam as seguintes situações:
•  Marco bebendo uma limonada
•  comendo pipoca

32
•  saboreando um hambúrguer
• lambuzando-se com algodão-doce e saboreando um pedaço de pizza de
quatro queijos
•  mordendo um pedaço de torta de maçã

(atividade adaptada IV Caderno de apoio pedagógico — Língua Portuguesa Aluno 4º ano, Prefeitura do Rio de Janeiro)

2 — Observe o último quadrinho:

a)  É possível entender o que está escrito dentro do balão sem a tradução? Por quê?
b)  Por que o texto do balão foi escrito dessa maneira?
c) Você consegue ler o que está escrito na porta? Por que essa palavra foi escrita
dessa maneira?
d)  Crie um quadrinho, modificando o final da história.

(atividade adaptada IV Caderno de apoio pedagógico — Língua Portuguesa Aluno 4° ano, Prefeitura do Rio de Janeiro)

3 — A historinha a seguir está sem as falas das personagens. O que você acha que a
Magali, Cebolinha e Mônica estão falando? Que tal escrever nos balões de fala o que
você pensou?!

33
https://br.pinterest.com/pin/703406035526255484/

4 — Produção textual: agora é a sua vez!

Que tal bolar a sua própria história em quadrinhos? O desafio aqui é criar uma
história que tenha ao menos duas onomatopeias! Vamos lá?

Lembre-se é importante que a história tenha começo, meio e fim! Você pode contar
algo engraçado, ou então, fazer uma historinha dando dicas de como economizar
energia elétrica, que tal? Fique a vontade e deixe sua imaginação tomar conta!

34
SEMANA 2

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Interpretação de texto; gêneros textuais.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos desenvolver atividades para uma melhor interpretação de
texto e leitura. Vamos lá!

IMPORTÂNCIA DA INTERPRETAÇÃO TEXTUAL

A leitura faz parte de nosso dia a dia, seja na escola, nas tarefas de casa, durante algum percurso
que fazemos, enfim, em todos os momentos ela está presente.

O fato é que quando a praticamos, muitas vezes não paramos para pensar sobre a sua verdadeira
importância, ou seja: até que ponto este ou aquele texto fez sentido para nós enquanto
mantínhamos contato com ele?

Você sabe o porquê dessa pergunta?

Muitas vezes, principalmente na escola, a professora sugere uma leitura e, logo em seguida,
ordena que seja feita a interpretação referente ao texto lido. Mas como realizá-la, se não
lembramos quase nada daquilo que acabamos de ler? Quando isso acontece é porque ainda não
temos a habilidade necessária a todo bom leitor.

Essa habilidade em saber interpretar um texto, pelo fato de ser muito importante, precisa ser
rapidamente conquistada, pois ela nos ajudará em todas as disciplinas, a começar por aquele
probleminha de matemática....
Ah! Quantas vezes o lemos e não conseguimos resolvê-lo, não é verdade?

Pois bem, o mais importante nessa atividade é sabermos decifrar qual a mensagem que um
determinado texto quer nos transmitir e, para isso, é essencial analisarmos alguns pontos.

Precisamos estar atentos ao título, uma vez que ele nos fornece pistas sobre o assunto que será
tratado posteriormente. Logo após, surge o primeiro parágrafo que, dependendo do texto, revela
os principais elementos contidos no assunto a ser discutido.

Geralmente, nos parágrafos seguintes, o emissor (a pessoa que escreve) costuma desenvolver
toda a sua ideia de um modo mais detalhado e, ao final, faz um uma espécie de “resumo” sobre
tudo o que foi dito, para não deixar que nada fique vago, sem sentido para o leitor. 

35
Até aqui falamos sobre a forma pela qual o texto
se constrói, mas há também outro detalhe que não
podemos nunca nos esquecer: a pontuação. Às vezes,
uma vírgula pode mudar o sentido de uma frase, os
pontos de interrogação e exclamação dizem tudo
sobre as “intenções” do autor, ou seja, ele pode deixar
uma pergunta para refletirmos, pode também elogiar
ou fazer uma crítica, utilizando o ponto de exclamação,
concorda?

Assim sendo, resta ainda dizer que nem sempre


numa primeira leitura podemos identificar todos os
elementos necessários a uma boa compreensão. Caso
a mensagem não fique clara ao nosso entendimento, realizamos uma segunda, desta vez um
pouco mais atenta, dando importância aos sinais de pontuação, como também analisando cada
parágrafo e retirando dele a ideia principal.

(Texto disponível em: https://escolakids.uol.com.br/portugues/a-importancia-da-interpretacao-textual.htm.


Acesso em: 26.04.2020).

36
ATIVIDADES

1 — Leia com atenção. Faça primeiro uma leitura silenciosa e uma segunda leitura mais
aprofundada, se possível com seu responsável.

2 — Interpretando o texto (responda em seu caderno):


a)  O texto que você leu é uma notícia. Sobre o que ela está tratando?
b) Uma notícia relata acontecimentos verdadeiros, que realmente ocorreram, ou
acontecimentos criados pela imaginação do autor? Justifique sua resposta.
c )  De que veículo de comunicação foi extraída essa notícia?
d)  Qual é a data da publicação da notícia?
e)  Por que o macaquinho foi levado para o berçário do zoológico?
f ) Qual é o peso de Miguelito? O que esse peso indica em relação ao tamanho
do animal?
g)  Por que o macaquinho teria se tornado o xodó das crianças?
h)  Em sua opinião, por que esse fato tornou-se notícia?

(Atividade adaptada IV Caderno de apoio pedagógico — Língua Portuguesa Aluno 4º ano, Prefeitura do Rio de Janeiro)

37
3 — Vamos brincar com os bichos?
Vamos completar o poema abaixo com o nome dos animais ao lado!

No zoológico é proibido: Veado


Foca
Dar pipoca à , Pelicano
caco ao , Leopardo
garrafa à Serpente
pão ao , Dromedário
diário ao , Leão
turbante ao , Elefante
cano ao , Girafa
dardo ao , Macaco
hera à , Doninha
dado ao , Pantera
broinha à ,
pente à ,
Elias José

(Atividade IV Caderno de apoio pedagógico — Língua Portuguesa Aluno 4º ano, Prefeitura do Rio de Janeiro)

4 — Produção textual: agora é a sua vez!

Depois de ler os textos


sobre os prejuízos que o
homem tem causado à
natureza, discuta com sua
família e pesquise sobre
outros danos causados
pelo homem.
Elabore um texto (em seu
caderno) de três parágrafos,
discutindo de que maneira
podemos minimizar esses
efeitos destrutivos no meio ambiente. Não se esqueça do título.

(Atividade adaptada IV Caderno de apoio pedagógico — Língua Portuguesa Aluno 4º ano, Prefeitura do Rio de Janeiro)

38
SEMANA 3

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Interpretação de textos;
Gêneros textuais; Matemática (medidas e frações); Geografia (regionalidades).

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos aprender sobre um gênero textual muito interessante e de
dar água na boca! Sabe do que estamos falando?

Vamos conversar um pouco sobre o gênero Receita Culinária!

GÊNERO TEXTUAL: RECEITA CULINÁRIA

A receita culinária está presente em todos os nossos dias quando fazemos nossas refeições: no
café da manhã, no almoço ou no jantar. Às vezes, já estamos tão habituados que nem pensamos
nelas, não é mesmo?
“Mistura um pouquinho de achocolatado em pó no copo de leite gelado ou quente, e pronto! Passa
a manteiga no pão de sal, separa uma fruta e já temos nosso café da manhã.”
Fazemos tudo isso de forma intuitiva, mas vamos ver que é necessário um processo de
preparação. Vamos ver um exemplo de uma receita:

RECEITA – DOCINHO DE LEITE EM PÓ


(autor desconhecido)

39
As receitas culinárias são divulgados em diversos veículos de comunicação: livros, jornais,
revistas e também nos sites e nas redes sociais.

➢ Elementos característicos de uma receita culinária


A receita é constituída por 3 (três) elementos:
• Título: nessa parte é identificado qual prato será preparado;
• Ingredientes: identificamos todos os produtos alimentícios que serão utilizados na receita,
as especificações de cada alimento, os utensílios que serão usados para determinar
as medidas (xícara, colher de sopa, colher de chá e outros) e as quantidades que serão
utilizadas;
• “Passo-a-passo” ou “Como fazer”: descreve detalhadamente quais são as etapas que devem
ser seguidas para preparar a receita.

Também pode ser adicionada uma imagem para mostrar ao leitor como a receita ficará. Além
disso, também vemos na TV e em vídeos na Internet pessoas realizando receitas de culinária ao
vivo! Você tem algum cozinheiro(a) favorito(a)?

— Note também que temos uma enumeração na seção de “Como fazer”. Essa enumeração
é importante, pois ela constitui um passo-a-passo de como usando os ingredientes
podemos atingir o produto final, que no nosso caso é o bolo!

Por quê a estrutura de uma receita é tão importante?


O objetivo dessa estrutura é que qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, possa ler a receita
e, seguindo os mesmos passos e com os mesmos ingredientes, consiga reproduzir a mesma
receita. Ou seja, é uma forma de padronizar e garantir que os resultados sejam os mesmos.

40
ATIVIDADES

1 — As receitas da minha família.


Com certeza na sua família deve ter uma receita que é tradição em comê-la, em
alguns casos em datas comemorativas ou até mesmo no almoço de domingo.
Converse com sua família e escreva essa receita para todos conhecerem.

2 — Diferentes tipos de comida e alimentação saudável.


a) Uma alimentação saudável é aquela que garante, principalmente, que seu
organismo esteja recebendo todos os nutrientes de que ele precisa.
Para se ter uma alimentação realmente saudável, é preciso pensar em variedade,
equilíbrio, quantidade e na segurança dos alimentos que estão sendo ingeridos.

Faça uma pesquisa e encontre uma receita que utilize pelo menos 3 alimentos que
estão na pirâmide alimentar.

3 — Use a criatividade
Agora que você já aprendeu o que é uma receita culinária, entendeu que ela
apresenta dois elementos fundamentais: ingredientes e passo-a-passo. Faça uma
receita CRIATIVA, a receita para ser FELIZ. Segue abaixo alguns ingredientes:
AMOR — FAMÍLIA — ALEGRIA — AMIZADE — ESPERANÇA

41
4 — Interpretação de texto — RECEITA

a) Esse texto é uma receita culinária. Escreva três elementos que aparecem no
texto e dão a ideia de que esta é, realmente, uma receita culinária
b)  Para quem é indicada esta receita?
c)  Qual elemento dos ingredientes indica que esta é uma receita de doce?
d) Compare a receita de docinhos e a receita do bolo de caneca. Qual delas possui
mais ingredientes? Qual delas demora mais para fazer?

42
SEMANA 4

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Interpretação de textos; Gêneros textuais.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos continuar aprendendo sobre gêneros textuais.

REGRAS DE JOGOS E BRINCADEIRAS

Regra de jogo ou de brincadeiras é um texto muito interessante, porque jogar e brincar são coisas
que as crianças gostam em todas as idades. Além disso, é um texto, cuja finalidade e uso social
são reais no dia-a-dia.
Pode parecer simples, mas a escrita deste tipo de texto prescritivo exige muita atenção
e conhecimento.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.
html?aula=58583

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.
html?aula=58583

43
JOGOS FOLCLÓRICOS – BRINCADEIRAS – REGIÕES

Arco de Barril

Este é o nome dado a uma das mais antigas brincadeiras de rua. Trata-se de fazer rolar um arco
pela rua afora, dirigindo-o com um bastão.

Um pouco de história

De fato, a brincadeira com o arco existe há tanto tempo quanto a roda, mas só após o fim do
século VI a.C. é que a história conta sua presença na Grécia Antiga, onde era usado mais como
instrumento de ginástica ou de exercício das pessoas com problemas de debilidade física.

Os romanos também o adotaram, como mostram gravações em pedra encontradas na Roma


Antiga. Os arcos eram de bronze e para fazê-los rodar usava-se um bastão metálico, reto ou curvo,
às vêzes 2 bastões, se o terreno fosse muito irregular. Contam os historiadores que o ruído que
faziam ao rodar “vias” abaixo era ensurdecedor e apesar de os cidadãos romanos reclamarem sem
cessar, ninguém conseguia impedir a brincadeira, na verdade uma diversão dos próprios adultos e
não das crianças.

Esta brincadeira se expandiu pela Europa e um pintor do século XVI, Pieter Breughel, o Velho,
representou-a entre outras em sua obra “Jogos de criança”, de 1560. Outro artista, o francês
Horace Vernet pintou o jovem príncipe de Joinville com seu arco, no século XIX.

Os índios americanos e até os esquimós são exímios na arte de rodar o arco há muitos séculos e a
brincadeira acabou dando oportunidade a disputas concorridas e competições esportivas.

O arco brasileiro é, em geral, obtido de velhos barris de madeira cujas partes são abraçadas

44
firmemente por tiras de metal. A tira superior é retirada e aproveitada para fazer o brinquedo.
Daí o nome “arco de barril”. No entanto, muitas crianças, principalmente no norte do país, ainda o
fazem de madeira ou de velhos pneus de bicicleta.

A brincadeira

Fazer rodar um arco é fácil: para começar é só colocá-lo na vertical diante de você e tratar de
fazê-lo rolar, impulsionando-o com a mão. Em seguida você corre atrás dele, dando um toque com
o bastão para mantê-lo rodando e na direção que você escolher. É claro que você vai eleger um
caminho bem uniforme e nunca uma rua de trânsito! Agora, imagine se você quiser subir um morro
ou tentar contê-lo ladeira abaixo… E se vários jogadores procurarem rodar seus arcos ao mesmo
tempo para ver quem chega primeiro a um ponto determinado? Aí fica mais difícil.

Pois uma das brincadeiras que os antigos costumavam fazer era passar, rodando, um arco dentro
do outro, e às vezes até passando o próprio jogador por dentro do outro arco! Outro truque
interessante é conseguir dar um impulso ao arco, mandando-o bem longe contanto que ele volte
rodando até você, como um verdadeiro “boomerang” (aquele brinquedo em forma de asa delta que
os australianos jogam para o alto e que volta para a mão de quem atirou).

https://ofolclorebrasileiro.wordpress.com/jogos-folcloricos-brincadeiras-regioes/

45
ATIVIDADES

1 — Veja as imagens das brincadeiras a seguir e pesquise como são suas regras.
Registre no seu caderno.

a)

http://grupoevolucao.com.br/livro/Educacao_Fisica2/jogo_e_
brincadeira.html

b)

https://www.bigmae.com/regras-jogo-da-velha/

c)

https://www.obrasileirinho.com.br/
brincar-criancas/brincadeira-pega-pega/

46
d)

https://br.guiainfantil.com/materias/cultura-e-lazer/jogos/
a-corrida-de-saco-jogo-e-brincadeira-para-criancas/

2 — Há muitas jogos e brincadeiras que são da época do seus pais, tios, tias e até
avós que ainda você brinca. Converse com sua família e verifique qual jogo ou
brincadeira eles gostavam mais quando eram crianças.
Registre em seguida qual jogo ou brincadeira você achou mais interessante e
apresente toda a sua regra. (escreva em seu caderno)

3 — Veja os jogos a seguir:

47
https://ofolclorebrasileiro.wordpress.com/jogos-folcloricos-brincadeiras-regioes/

48
Preencha o quadro abaixo:

Qual jogo/
Quantidade brincadeira
BRINCADEIRAS Materiais
mínima de Quem ganha? você achou mais
E JOGOS usados
participantes interessante
(marque um X)

Bola na lata

Passa chapéu

Sapos em fila

49
SECRETARIADEESTADODEEDUCAÇÃODEMINASGERAIS

PLANO DE ESTUDO TUTORADO


COMPONENTE CURRICULAR: LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA
ANO DE ESCOLARIDADE: 4º ANO
NOME DA ESCOLA:
ESTUDANTE:
TURMA: TURNO:
MÊS: ABRIL TOTAL DE SEMANAS: 04
NÚMERO DE AULAS POR SEMANA: 03 NÚMERO DE AULAS POR MÊS: 12

SEMANA 1

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Geometria Plana; Jogo.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante! O objetivo das atividades apresentadas abaixo é proporcionar a observação,


a experimentação, a investigação e a descoberta dos conceitos matemáticos. Desta forma, os
estudantes terão maior autonomia de pensamento, de modo que sejam capazes de observar,
refletir e questionar por si mesmo. Jogos, brincadeiras, desafios, uso das tecnologias,
investigação e experimentação são trabalhos que ampliam a capacidade leitora de gráficos,
tabelas, estimativas e quantificações, que por sua vez, ajudam no desenvolvimento das
aprendizagens dos estudantes em todas as áreas do conhecimento.
Leia o texto com muita atenção e marque as partes importantes para ajudar na compreensão.

TÍTULO: GEOMETRIA

A Geometria é a área da Matemática que estuda as formas.


Tem o objetivo de estudar objetos presentes na natureza, bem como sobre seus tamanhos,
posições e propriedades no espaço.
De origem grega (“geo”, terra, e “metria”, que significa medir), a geometria foi consolidada pelo
matemático Euclides de Alexandria.

50
Formas geométricas

Fonte: Nova Escola

Acima, exemplos de formas geométricas de objetos ao nosso redor.

As figuras planas e espaciais

Formas geométricas, basicamente, estão presentes em todos os objetos que nos cercam.
As formas geométricas fazem parte da matemática relacionada à geometria. O objetivo do estudo
é falar sobre o formato dos objetos ao nosso redor. As formas geométricas estão classificadas em
dois tipos, são elas: planas e espaciais.
A forma geométrica plana corresponde aos objetos representados dentro de um único plano.
É caracterizado por ser bidimensional, ou seja, possui duas grandezas: comprimento e largura.
Já a forma geométrica espacial corresponde às figuras de mais de um plano. As dimensões são
compostas por comprimento, altura e largura.
Veremos nesta semana as formas geométricas planas.

FORMAS GEOMÉTRICAS PLANAS

Como mencionado, um dos tipos de formas geométricas é a forma plana. Ela corresponde às
figuras que possuem duas dimensões, isto é: comprimento e largura. Existe uma variedade de
figuras geométricas planas, como: triângulo, losango, retângulo, quadrado, círculo, trapézio,
dentre outros.
Exemplos de figuras planas:

51
Mas das figuras planas acima, algumas são consideradas polígonos e outras não.
Veja abaixo a definição de polígonos:

Polígonos
São figuras planas fechadas e delimitadas por segmentos de reta que são os lados do polígono.
A palavra “polígono” advém do grego e constitui a união de dois termos “poly” e “gon” que significa
“muitos ângulos”.
Exemplos de polígonos:

https://img.elo7.com.br/product/zoom/2427CCB/banner-
formas-geometricas-50x70cm-jymarry.jpg

52
Nas formas geométricas acima reconhecemos alguns polígonos, exceto o círculo, pois apesar
de ser uma figura plana, não é formado por segmentos de reta. As demais figuras são planas,
formadas por segmentos de reta e são fechadas. Daí, atendem a definição de polígonos.
Outro exemplo de figura que possui polígonos é a bandeira do Brasil, que é formada por formas
geométricas planas, tais como: retângulo, losango e círculo. Dessas três, apenas o círculo não
é um polígono.

foto: Pixabay

Os polígonos recebem nomes conforme o número de lados que apresentam. Veja o quadro abaixo:

https://brainly.com.br/tarefa/5659376

OBSERVAÇÃO: No quadro acima, as letras L, V e A são as iniciais dos termos Lados, Vértices e
Ângulos, pois nesses casos essas quantidades são as mesmas nos polígono acima.
Vamos estudar mais detalhadamente na próxima semana esses termos.
Veja abaixo um pouco mais sobre oo polígonos e lembre-se de que o círculo, não é um polígono:

53
https://www.soescola.com/2017/10/atividades-formas-geometricas.html

https://br.pinterest.com/pin/259449628537552522/

54
CURIOSIDADE:

Não polígonos
São formas geométricas não formadas apenas por segmentos de retas. Podem ser abertas
ou fechadas.
Veja exemplos de NÃO polígonos:

As figuras acima não são consideradas polígonos, pois podem ser abertas ou formadas
por curvas.

55
ATIVIDADES

Caro estudante, agora é hora de testar seus conhecimentos, lembre-se que as


pesquisas e consultas são permitidas e bem vindas para que você realize com
sucesso as atividades.

Agora vamos praticar? Resolva os problemas abaixo.

1 — Formas Geométricas

2 — Formas Geométricas

https://www.soescola.com/2016/08/atividades-de-
matematica-5-ano-geometria.html

56
3 — Desenhe:

Triângulo Quadrado Círculo Losango Retângulo

4 — Marque sim ou não em cada opção abaixo, de acordo com a matéria estudada:

http://paraisodosprofessores.blogspot.com/2011/10/atividades-com-poligonos.html

57
5 — Vamos para um JOGO?

Jogo: TANGRAM

HISTÓRIA DO JOGO: Tangram é um quebra-cabeças geométrico chinês formado


por 7 peças: 2 triângulos grandes, 2 triângulos pequenos, 1 triângulo médio,
1 quadrado e 1 paralelogramo. Utilizando todas essas peças sem sobrepô-las,
podemos formar várias figuras. Segundo a Enciclopédia do Tangram é possível
montar mais de 5  000 figuras.
MATERIAL: Molde com as sete figuras geométricas do Tangram (ver na próxima
folha); tesoura; moldes (sombras) de objetos que deverão ser montados
pelo estudante.
OBJETIVO: O objetivo é, dada uma imagem, construir uma figura semelhante
utilizando todas (e apenas) as peças do Tangram sem sobreposição (uma sobre
a outra).
A imagem dada vai ser designada por imagem sombra, e não tem marcados os
contornos interiores de sua construção. A imagem com os contornos interiores é a
imagem solução.
NÚMERO DE PARTCIPANTES: 2 ou mais participantes.
REGRAS: Um dos jogadores deve embaralhar as sombras (veja nas páginas abaixo)
e retirar apenas uma delas e mostrá-la aos demais participantes. Utilizando as sete
peças do Tangram, todos ou outros participantes deverão tentar montar o quebra
cabeça até ficar igual à sombra retirada.
• Caso queiram, pode ser estabelecido um tempo para a construção dos
quebra cabeças;
•  Irá vencer aquele que construir o maior número de figuras de forma correta.

Se quiser, assista ao vídeo sobre o Tangram:


https://www.youtube.com/watch?v=I-RxCw_QdV0

58
Peças do Tangram para serem recortadas (peças do quebra cabeças)

59
Sombras do Tangram para serem distribuídas como molde dos quebra-cabeças

60
61
SEMANA 2

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Geometria Plana, Desafio; Jogo.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

TÍTULO:

Conceitos e Fundamentos
Ponto, Reta e Plano

Ponto, reta e plano são noções geométricas que não possuem definição e, por essa razão, são
chamados de noções primitivas da Geometria.

1) PONTO:
O ponto é a base de toda a Geometria, pois é a partir de conjuntos deles que são formadas as
figuras geométricas.
Usualmente representamos o ponto com um “pingo” ou uma bolinha, mas é importante saber que
isso é apenas uma representação geométrica.
Os pontos são usados para representar localizações no espaço. Como não possuam tamanho ou
forma, uma localização em algum espaço fica bem definida quando está em algum ponto.

Assim, podemos representar um ponto da seguinte forma: .

2) RETA:
Retas são conjuntos de pontos compreendidos como linhas infinitas que não fazem curvas.
Obviamente, são necessários infinitos pontos para construir uma reta.
Assim, podemos representar uma reta da seguinte forma:
CURIOSIDADE:

Semirreta: é uma reta que possui começo, mas não


reta possui fim;
Segmento de reta: é uma parte da reta, que possui
Segmento início e fim.
Semirreta de reta

Retas Concorrentes Retas Paralelas

Retas concorrentes: duas retas concorrentes


possuem apenas um ponto comum;
Retas paralelas: não possuem ponto de intersecção
ou ponto em comum.
r s u v

62
3) PLANO:
Um plano é um conjunto infinito e ilimitado de retas, todas enfileiradas. Veja a figura a seguir que
representa um plano:

Fonte: Google imagens

Em resumo, temos:

Fonte: https://slideplayer.com.br/slide/1230221/

Perímetro

Perímetro é a medida que representa o contorno de uma figura geométrica, ou seja, a soma das
medidas dos lados de uma figura geométrica plana.
Observe as figuras formadas por linhas poligonais fechadas (polígonos). Veja alguns exemplos de
perímetro:

Se a medida do lado desse quadrado for 2 cm, então teremos:


Como o quadrado tem os quatro lados iguais, então seu perímetro é dado por:
2+ 2 + 2 + 2 = 8 cm ou 4 × 2 = 8 cm.

quadrado

63
Se a medida do lado desse losango for 2 cm, então teremos:
Como o losango tem os 4 lados iguais, então seu perímetro é
losango dado por: 2 + 2 + 2 + 2 = 8 cm ou 4 × 2 = 8 cm.

Se a medida de cada lado desse triângulo for: 4 cm, 6 cm e 5 cm,


então teremos:
O perímetro desse triângulo será dado pela soma dos três lados, ou seja:
4 + 6 + 5 = 15 cm.

triângulo

Se as medidas dos lados desse retângulo forem: 3 cm de comprimento


e 2 cm de largura, então teremos:
O perímetro desse retângulo será dado por: 3 + 3 + 2 + 2 = 10 cm ou
2 × 3 + 2 × 2 = 10 cm.

retângulo

64
ATIVIDADES

Caro estudante, agora é hora de testar seus conhecimentos, lembre-se que as


pesquisas e consultas são permitidas e bem-vindas para que você realize com
sucesso as atividades.

1 — Represente as figuras abaixo e classifique-as como retas, segmentos de reta


ou semirreta.

a) S b) c)
I H
J G •
• •
Ex.:  ST  ou  TS˜
Segmento de reta

d) e) f)
C
• K• N
M
•L
D

2 — Na figura a seguir, responda:

http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/
cadernos_pedagogicos/ativ_mat2.pdf

65
a)  Quais ruas são paralelas à Rua Clara?

b)  Quais ruas são concorrentes à Rua Oto?

3 — Calcule o perímetro:

a)  De uma quadra de vôlei que tem 25 m de comprimento e 11 m de largura.

b)  De um quadrado que tem 7 cm de lado.

c)  De uma sala que tem 4,5 m de largura e 6,5 m de comprimento.

d) 
De um lote em formato de um hexágono regular, com os lados medindo 9 m cada.

66
4 — Calcule o perímetro da figura abaixo:

3 cm
2 cm
2 cm
5 cm 3 cm
2 cm 2 cm

7 cm

5 — Desafio do Malba Tahan (adaptado):

https://pt.vecteezy.com

Três amigos estavam num bar e a conta tinha dado R$ 30,00, que foi paga com R$
10,00 de cada. Porém foram informados que o gerente do bar tinha se enganado e
a despesa tinha sido de apenas R$ 25,00, sendo devolvidos R$ 5,00. Cada cliente
tomou uma moeda de R$ 1,00 e deixaram R$ 2,00 de troco com garçom. Então um
dos três levantou a seguinte questão:

Cada um de nós pagou R$ 10,00 e recebeu R$ 1,00 de volta, logo cada um pagou
R$ 9,00. Como estamos em três, a soma paga foi de R$ 27,00. Porém, somando-se

67
esses R$ 27,00 ao valor dado ao garçom (R$ 2,00), obtém-se R$ 29,00. Onde foi
parar esse outro real?
Pergunta: Como se explica o desaparecimento de um real numa conta de trinta reais?

6 — Vamos para um JOGO?

Jogo: Feche a caixa (multiplicação)

HISTÓRIA DO JOGO: Esse jogo é um jogo muito antigo, de origem Irlandesa e


jogado por marinheiros da Normandia e regiões litorâneas da França e Inglaterra, já
há mais de 200 anos.
MATERIAL: Tabuleiro, 40 marcadores e dois dados (um de 6 faces e outro de 10 faces).
OBJETIVOS:
• Proporcionar que os estudantes pratiquem as operações básicas,
especialmente a multiplicação;
• Propor novas linguagens em um contexto matemático;
• Desenvolver uma prática de ensino lúdico.

68
NÚMERO DE PARTCIPANTES: 2 a 4 participantes.
REGRAS:
1. Distribuir o material para os dois jogadores (ou duas equipes);
2. Decidir qual dos jogadores (ou qual equipe) iniciará o jogo (“tirar”par ou ímpar);
3. O jogador joga os dados e efetua a multiplicação dos números obtidos;
4. O jogador poderá cobrir (fechar) a casa com o resultado obtido ou as casas
correspondentes à decomposição do resultado numa adição de duas ou mais
parcelas;
5. O jogador que errar os cálculos perde a vez;
6. Vence o jogador (ou a equipe) que cobrir todas as casas do seu tabuleiro, ou se
depois de três jogadas de uma equipe, nenhuma casa for coberta, encerra-se o
jogo. Neste caso, ganha a equipe que tiver a maior soma de casas cobertas.
Observação: Uma alternativa para o jogo é cobrir apenas um dos lados da “caixa”.
Se quiser, assista ao vídeo explicando sobre o jogo:

Tabuleiro do jogo Feche a caixa

https://www.youtube.com/watch?v=7noqKnvwqXk

69
Peças do jogo Feche a caixa

70
SEMANA 3

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Geometria Plana, Desafios.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

TÍTULO:

Conceitos e Fundamentos
Áreas

Fonte: Google imagens

Área é a medida de uma superfície.


A área de um campo de futebol é a medida de sua superfície (gramado).
Se pegarmos outro campo de futebol e colocarmos em uma malha quadriculada, a sua área será
equivalente à quantidade de quadradinhos. Se cada quadrado for uma unidade de área:

71
Vemos que a área do campo de futebol da figura acima é 70 unidades de área, pois “coubera”
exatamente 70 quadradinhos dentro do campo de futebol.
CURIOSIDADE: A unidade de medida da área geralmente é dada por: m² (metros quadrados) e cm²
(centímetros quadrados).
O cálculo da área de polígonos é feito por meio de fórmulas específicas, variando de polígono para
polígono.
OBSERVAÇÃO: Para calcularmos a área de uma superfície, geralmente, multiplicamos a medida da
base (b) pela medida da altura (h) da figura.
Abaixo, veremos as fórmulas de áreas dos polígonos mais utilizados, que são: retângulo, quadrado
e triângulo.

Área do retângulo:
É calculada através da multiplicação da base pela altura. Veja:
• •

altura (h) Área = b × h

• •

base (b)

Área do quadrado:
É calculada através da multiplicação de dois lados, ou seja, lado x lado, lado², ou L². Veja:
L
• •

L L Área = L2

• •

Área do triângulo:
É dada pela multiplicação da base pela altura. O resultado deve-se dividir por 2. Veja:
C

a c Área = b × h
2

altura(h)

B C
base (b)
b

72
ATIVIDADES

Caro estudante, agora é hora de testar seus conhecimentos, lembre-se que as


pesquisas e consultas são permitidas e bem-vindas para que você realize com
sucesso as atividades.

Agora vamos praticar? Resolva os problemas abaixo.

1 — Qual a área do tampo de uma mesa retangular que mede 80 cm de largura por
60 cm de comprimento?

2 — Um lote retangular tem 80 m de largura e 150 m de comprimento. Qual a área total


desse lote?

3 — PROBLEMA DESAFIADOR: Quantas pedras de cerâmica de 2 cm de lado precisarei


para cobrir a parede retangular da cozinha que mede 8 m de comprimento por 5 m
de largura?

73
4 — Calcule as medidas das áreas solicitadas:

https://atividadespedagogicas.net/2019/03/exercicios-sobre-a-area-e-perimetro-para-o-4o-ano.html

74
5 — Você está pronto? Pense bem antes de responder aos desafios abaixo:

1º DESAFIO 2º DESAFIO
Maria colocou um bolo para assar na hora Observe o parque de diversões representado
indicada no relógio da figura seguinte. abaixo.

O bolo ficou pronto em 35 minutos. Que


horário o relógio indicava quando o bolo
ficou pronto?
Assinale a alternativa que mostra a localização
do carrossel.
(A) N3.
(B) P3.
(C) N2.
(D) P2

3º DESAFIO 4º DESAFIO
Observe na figura abaixo, o caminho Três carros movimentam-se numa rodovia,
percorrido por Rui. Ele saiu do ponto A e conforme a figura abaixo:
chegou ao ponto B.
Como ele fez para chegar ao ponto B?

Depois de algum tempo, podemos afirmar que:


(marque a opção correta)
(A) O carro A vai cruzar com os carros B e C.
(B) O
 s carros B e C estão se movimentando em
(A) Avançou 6, girou para a esquerda, direções opostas.
avançou 4. (C) O carro A está se aproximando do posto de
(B) Avançou 5, girou para a direita, avançou 3. gasolina.
(C) Avançou 5, girou para a esquerda, (D) O carro C está se movimentando na mesma
avançou 3. direção que o carro A.
(D) Avançou 4, girou para a direita,
avançou 2.

75
SEMANA 4

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Geometria Espacial, Jogo.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

TÍTULO: GEOMETRIA ESPACIAL

Fonte: Google imagens

A Geometria Espacial estuda os objetos que possuem mais de uma dimensão e ocupam lugar
no espaço. Por sua vez, esses objetos são conhecidos como “sólidos geométricos” ou “figuras
geométricas espaciais”.

https://escolakids.uol.com.br

76
A bola, os dados, o chapéu de aniversário, o funil, o cilindro e o extintor são objetos que
apresentam formas semelhantes a alguns sólidos geométricos.
A bola se assemelha a uma esfera. A esfera possui como característica o formato redondo.

O dado é semelhante ao cubo. O cubo é formado por 6 faces quadradas.

O chapéu de palhaço e o funil lembram o cone. A única base de um cone possui o formato circular.

O extintor possui o formato de um cilindro, que possui as duas bases com formato circular e sua
lateral tem o formato não plano.

77
Observe as várias formas geométricas existentes ao seu redor. Tente relacionar as figuras
encontradas com as que você aprendeu.

78
ATIVIDADES

Caro estudante, agora é hora de testar seus conhecimentos, lembre-se que as


pesquisas e consultas são permitidas e bem-vindas para que você realize com
sucesso as atividades.
Agora vamos praticar? Resolva os problemas abaixo.

1 — Ligue as figuras com as formas geométricas com quais se assemelham.

Esfera

Cilindro

Cone

Cubo

2 — Escreva o nome do sólido geométrico que cada figura lembra.

A bola lembra uma

Um lápis lembra um

Um funil lembra um

Um dado lembra um

https://www.soescola.com/2016/08/atividades-de-matematica-5-ano-geometria.html

79
3 — Preencha a Cruzadinha:

https://actividadesparacriancas.blogs.sapo.pt/22584.html

4 — Observe os objetos e escreva o nome do sólido geométrico que aparenta:

80
5 — Faça o que se pede:

a)  Pinte somente os objetos que lembram a forma de um cone.

b)  Faça um X nos objetos que lembram a forma de um cilindro.

c)  Circule os objetos que lembram a forma de uma esfera.

d)  Risque somente os objetos que lembram a forma de um cubo.

https://bau-de-atividades.com/atividades-com-solidos-geometricos-em-sala-de-aula/

81
6 — Vamos para outro JOGO?

Jogo: Jogo da Corrente

https://greeceintech.wordpress.com/

MATERIAL: Tabuleiro e marcadores.

OBJETIVO: Não marcar o último elo.

NÚMERO DE PARTICIPANTES: 2 a 4 pessoas.

REGRAS:
1)  Os jogadores (ou equipes) jogam alternadamente;
2) Cada jogador (ou equipe), na sua vez, coloca sua marca no mínimo em um e no
máximo em quatro elos da corrente;
3)  Os elos devem ser preenchidos um após o outro, do início em direção ao último;
4)  Ganha o jogo ao jogador (ou equipe) que não colocar sua marca no último elo.

Se quiser, assista ao vídeo explicando sobre o jogo:


https://www.youtube.com/watch?v=SG7x1nV8III

82
Tabuleiro do jogo da Corrente

Peças do jogo da Corrente

83
SECRETARIADEESTADODEEDUCAÇÃODEMINASGERAIS

PLANO DE ESTUDO TUTORADO


COMPONENTE CURRICULAR:EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA
ANO DE ESCOLARIDADE: 4º ANO
NOME DA ESCOLA:
ESTUDANTE:
TURMA: TURNO:
MÊS: TOTAL DE SEMANAS: 04
NÚMERO DE AULAS POR SEMANA: 03 NÚMERO DE AULAS POR MÊS: 12

SEMANA 1

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Geografia — Acessibilidade urbana.


Ciências — O corpo e suas deficiências (trabalhar as partes do corpo considerando as deficiências).
Língua Portuguesa — Leitura e produção textual. Interpretação de textos.
Arte — Música e oralidade.
História – A história da inclusão no Brasil.

ORIENTAÇÕES AOS PAIS QUER SABER


DICA PARA O ESTUDANTE
E RESPONSÁVEIS MAIS?

Prezados pais ou CARO ESTUDANTE, Caro estudante,


responsáveis, busque anotar
É INTERESSANTE SE BASEAR NO sempre o que
Conforme já comunicamos, PLANEJAMENTO DO TEMPO EM SUA CASA DE compreendeu
cumpriremos o que foi FORMA QUE DESPERTE INTERESSE PARA O de cada assunto
determinado pelo governo DESENVOLVIMENTO DE SUAS ATIVIDADES. estudado.
do Estado de Minas Gerais, ASSIM, PROCURE NO TEMPO EM SUA CASA
permanecendo em casa ENVOLVER SEUS FAMILIARES, CRIANDO MEIOS Faça pesquisa
durante mais este mês. Por PARA QUE TODOS SE APROXIMEM NESTE buscando novas
se tratar de um recesso PERÍODO ATRAVÉS DAS TAREFAS DE CASA, informações
atípico, durante o qual DA SUGESTÃO DE LIVROS OU FILMES, COMO É sobre o tema
você deverá permanecer POSSÍVEL CONHECER MAIS SOBRE estudado, na
em casa, em quarentena, AS QUESTÕES SOBRE EDUCAÇÃO internet.
sugerimos algumas PARA A CIDADANIA
atividades divertidas, A ORGANIZAÇÃO É MUITO IMPORTANTE PARA Apresentamos
descontraídas, desafiadoras QUE VOCÊ SE SINTA MOTIVADO EM RELAÇÃO ao final, vários
e pedagógicas. AOS PLANOS DE TRABALHO E AS ATIVIDADES sites que
SUGERIDAS NELES.

84
ORIENTAÇÕES AOS PAIS QUER SABER
DICA PARA O ESTUDANTE
E RESPONSÁVEIS MAIS?

Durante todo o período de A UTILIZAÇÃO EFICAZ DO TEMPO DISPONÍVEL apresentam


suspensão das aulas as PARA ESTUDAR PODE SER MEDIDA POR MEIO informações
atividades encaminhadas DE DOIS PARÂMETROS: seguras para
deverão ser — SUA CAPACIDADE PARA DIVIDIR AS TAREFAS você ampliar seu
desenvolvidas com todo o EM PARTES (POR EXEMPLO, LEITURA, conhecimento
seu empenho. ANOTAÇÃO, ESBOÇO, ESCRITA); E
É tempo de se cuidar, — SUA CAPACIDADE PARA COMPLETAR CADA
cuidar da família, da TAREFA DE MODO EFICIENTE.
nossa comunidade, para UTILIZAR O TEMPO COM SABEDORIA
que todos tenham boa E EFICÁCIA, É FUNDAMENTAL
saúde. A vida é bela, PARA TODOS ESTUDANTES.
vamos cuidar dela!

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, para aprendermos mais sobre a Educação para a Cidadania hoje falaremos
sobre a Inclusão das Diversidades nos ambientes nos quais convivemos.
É importante sabermos que no Brasil existem legislações que amparam os indivíduos no que se
refere à dignidade humana e respeito às diferenças físicas, cognitivas, étnicas e culturais.
A exemplo disso, a Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015, trata da Inclusão da Pessoa com Deficiência
(Estatuto da Pessoa com Deficiência), assegurando a promoção , em condições de igualdade, o
exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, visando à sua
inclusão social e cidadania.
Temos, ainda, a Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que inclui no currículo oficial da Rede de
Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira” e a Lei nº 11.645, de 10 de
março de 2008, que tornou obrigatório o estudo da História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena.
Chamamos a atenção para a importância de uma convivência democrática, pacífica e colaborativa
no ambiente escolar, visando à formação integral dos sujeitos para aplicação da ética e o exercício
pleno da cidadania.
Lembramos que a trajetória escolar é um importante momento no processo de construção da
identidade das crianças e adolescentes.
Vamos ler o texto abaixo:

A ESCOLA

(...)
Nenhum país alcança pleno desenvolvimento, se não garantir, a todos os cidadãos, em todas
as etapas de sua existência, as condições para uma vida digna, de qualidade física, psicológica,
social e econômica.
A educação tem, nesse cenário, papel fundamental, sendo a escola o espaço no qual se deve
favorecer, a todos os cidadãos, o acesso ao conhecimento e o desenvolvimento de competências,
ou seja, a possibilidade de apreensão do conhecimento historicamente produzido pela
humanidade e de sua utilização no exercício efetivo da cidadania

85
(...)
Escola inclusiva é, aquela que garante a qualidade de ensino educacional a cada um de seus
alunos, reconhecendo e respeitando a diversidade e respondendo a cada um de acordo com suas
potencialidades e necessidades.
Assim, uma escola somente poderá ser considerada inclusiva quando estiver organizada para
favorecer a cada aluno, independentemente de etnia, sexo, idade, deficiência, condição social
ou qualquer outra situação. Um ensino significativo, é aquele que garante o acesso ao conjunto
sistematizado de conhecimentos como recursos a serem mobilizados. (...)
http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/aescola.pdf

Pode ser que na sua Escola você tenha algum amigo ou amiga que possua algum tipo de
deficiência. E como você faz para incluir seu amigo ou amiga nas brincadeiras na hora do recreio?
Já pensou como é importante a inclusão no ambiente escolar?
Converse com sua família e escreva algumas possibilidades de inclusão durante as brincadeiras.
Vai a dica:

A inclusão social é uma forma de promoção da cidadania nas Escolas!


Deficiência Visual Deficiência Motora

https://br.depositphotos.com/vector-
https://thaisfrota.wordpress. images/cadeirante-desenho-animado.
com/2009/10/05/paraolimpiadas-1016/ html?qview=51352547

Síndrome de Down Deficiência Motora

http://www.universohq.com/noticias/ https://br.pinterest.com/
personagem-com-sindrome-de-down-estreia- pin/411094272239533766/
na-turma-da-monica/

86
Deficiência auditiva Autismo

https://www.sonoticiaboa.com.
br/2018/09/27/lancado-1o-desenho-
animado-para-criancas-surdas-libras/
https://saude.abril.com.br/blog/saude-e-pop/
os-personagens-especiais-da-turma-da-monica/

87
ATIVIDADES

1 — Promovendo a acessibilidade e locomoção


As pessoas com deficiência física precisam de acessibilidade para se
movimentarem nos ambientes, seja nas ruas, dentro das escolas, nos parques, ou
seja, em todos os lugares. Um ambiente adaptado evita que elas se machuquem e
que tenham mais segurança para se movimentarem e superarem os obstáculos do
dia a dia.
Agora vejamos as figuras abaixo:

http://turmadamonica.uol.com.br/saibamaisinclusaosocial/

http://turmadamonica.uol.com.br/saibamaisinclusaosocial/

88
http://turmadamonica.uol.com.br/acessibilidade/

Pense no espaço físico de sua Escola e do bairro onde você mora. Você acha
que a sua Escola e as calçadas do seu bairro são lugares seguros para as
pessoas que possuem alguma deficiência se locomoverem com segurança?
Escreva como esses lugares podem oferecer mais segurança para a mobilidade
das pessoas com deficiência física ou visual.

Agora responda:

2 — A língua brasileira de sinais — libras


Existem pessoas que nascem ou ficam surdas. Elas utilizam a Linguagem de Sinais
que é uma forma de se comunicar utilizando “as mãos”.

89
As pessoas que são ouvintes, ou seja, escutam normalmente, mas não sabem
a Libras podem contar com a colaboração de um Intérprete de Libras que é o
profissional que faz a tradução do que está sendo falado.
Em todas as escolas que possuem um estudante com deficiência auditiva, teremos
a presença do Intérprete de Libras na sala de aula. Assim o estudante com surdez
pode aprender a matéria dada pelo professor e principalmente pode se comunicar
com todos.
Mas todos podemos aprender a LIBRAS e comunicarmos diretamente com as
pessoas surdas.
Abaixo temos o Alfabeto dos Sinais. Leia e tente aprender junto com sua família.

http://turmadamonica.uol.com.br/
saibamaisinclusaosocial/

Agora faça um círculo nos sinais que formam o seu nome.

3 — Diversidade étnico-racial

A Educação para as Relações Étnico-raciais tem como objetivo facilitar o


conhecimento e os estudos relacionados à diversidade étnica da população
brasileira, proporcionando melhoria das relações de convívio social no ambiente
escolar, estimulando e apoiando práticas pedagógicas voltadas para a valorização
da cultura e história dos povos tradicionais e afro-brasileiros, sobretudo, daqueles
com representatividade no território mineiro.

90
Nesta atividade, faremos a leitura da história “O Cabelo de Lelê”, escrita por Valéria
Belém. Observe a figura a seguir e responda:

https://pt.slideshare.net/naysataboada/o-cabelo-de-lele

A)  Como é a menina que você vê na figura?

B)  O que ela está fazendo?

C)  Sobre qual assunto você imagina que seja a história?

D)  O que mais chama sua atenção em relação à menina da figura?

E)  Vamos desvendar esta história?

91
O cabelo de Lelê

Valéria Belém

Lelê não gosta do que vê.


— De onde vêm tantos cachinhos?, pergunta, sem saber o
que fazer.
Joga pra lá, puxa pra cá.
Jeito não dá, jeito não tem.
— De onde vêm tantos cachinhos?, a pergunta se mantém.
“Toda pergunta exige resposta. Em um livro vou procurar!”,
pensa Lelê, no canto, a cismar.
Fuça aqui, fuça lá.
Mexe e remexe até encontrar o tal livro, muito sabido!, que
tudo aquilo pode explicar.
Depois do Atlântico, a África chama e conta uma trama de
sonhos e medos, de guerras e vidas e mortes no enredo.
Também de amor no enrolado cabelo.
Puxado, armado, crescido, enfeitado.
Torcido, virado, batido, rodado.
São tantos cabelos, tão lindos, tão belos!
Lelê gosta do que vê!
Vai à vida, vai ao vento.
Brinca e solta o sentimento.
Descobre a beleza de ser como é. Herança trocada no ventre
da raça do pai, do avô, de além-mar até.
O negro cabelo é pura magia.
Encanta o menino e a quem se avizinha.
Lelê já sabe que em cada cachinho existe um pedaço de sua
história.
Que gira e roda no fuso da terra de tantos cabelos que são a
memória.
Lelê ama o que vê!
E você?

92
4 — Veja a imagem abaixo:

cachinhos
mexeÁfrica

Herança
memória

enrolado

lindos
negra

Com base na leitura e na imagem anterior, complete as frases com as palavras


do quadro:

A) Eu nasci com o cabelinho , tão !


É tão fofo que com o meu coração.
B) Lelê descobre a beleza de ser como é. Para ela ser é
pura magia.
C) Seus são preciosos. que vai puxado
e vai armado, crescido, enfeitado.
D) Brinca e solta o sentimento. Eita povo bonito que veio lá da
e que não sai de sua .

93
SEMANA 2

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Língua Portuguesa — Leitura e interpretação de texto


Matemática — Números naturais
Ciências — Alimentação saudável.
Educação Física — Prática de atividades físicas na escola.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, a Educação para a Cidadania passa por diversas temáticas como os Direitos
Humanos, educação financeira, educação fiscal, educação para o trânsito, educação ambiental
e/ou desenvolvimento sustentável, educação para o consumo, educação para a saúde, entre outros.

Nesse momento iremos conversar sobre a importância da saúde para seu desenvolvimento e
falaremos de questões básicas como alimentação, a importância de bebermos água, cuidados
com o corpo através de uma higiene adequada, consultas médicas regulares como prevenção, e a
prática de esportes.
Veremos que a escola é um importante lugar onde podemos conversar sobre esse tema tão
importante para vocês e lembramos que sempre que possível devem ter comportamentos e ações
que possibilitem vocês a terem uma vida muito mais saudável.

Saúde na Escola
A escola é essencial na formação dos
cidadãos em seus mais variados aspectos. A
saúde é um desses aspectos e a escola atua,
entre outros pontos:
➢ Orientando os alunos para
uma alimentação saudável;
➢ Estimulando a prática de atividades
físicas;
➢ Promovendo atividades que ajudem nas
relações interpessoais;
➢ Evitando que os alunos se exponham a
situações que possam afetar sua saúde;
➢ Ajudando os alunos a identificar
situações de risco;
➢ Promovendo a conscientização sobre a
necessidade de uma vida saudável;
Estimulando atitudes de promoção da saúde http://www.crianca.mppr.mp.br/arquivos/File/publi/ziraldo/
saude_na_escola_2012.pdf
https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola

94
ATIVIDADES

1 — Nosso corpo fala quando algo não vai bem.


Aqui podemos perceber a importância de estarmos atentos a mensagem que o
corpo está enviando para nós:

http://www.crianca.mppr.mp.br/arquivos/File/publi/ziraldo/saude_na_escola_2012.pdf

https://br.freepik.com/ https://dentalis.com.br/blog/
vetores-premium/dor-de-dente- dicas-simples-de-como-lidar-
de-crianca-dos-desenhos- com-criancas-impacientes-no-
animados_6325785.htm consultorio/

Convide alguém de sua família para falar sobre as imagens acima e depois
escreva sobre a importância de irmos sempre ao médico para sabermos como
está nossa saúde.

95
2 — Hábitos de Higiene no dia a dia
Orientamos que faça uma leitura silenciosa do texto abaixo marcando os pontos
que você perceber que são importantes.
Em seguida, leia o texto em voz alta para os seus familiares, e com base nos pontos
importantes que você já destacou no texto, explique para eles a importância de
termos responsabilidade todos os dias e cuidarmos do nosso corpo.

5 HÁBITOS DE HIGIENE QUE TODA CRIANÇA DEVE TER

Todos nós sabemos que as crianças precisam de cuidados especiais em vários


aspectos de sua vida. A higiene é um desses importantes aspectos e garante,
entre outros benefícios, uma mais efetiva proteção contra doenças.

1. Lavar as mãos

Lavar sempre as mãos é, sem dúvida, o principal ponto quando falamos de


higiene, seja a higiene das crianças, seja a dos adultos. Nossas mãos entram
em contato com uma grande quantidade de superfícies, as quais podem estar
contaminadas. Ao colocarmos nossas mãos na boca, no nariz, nos olhos ou
mesmo nos alimentarmos sem a adequada limpeza das mãos, podemos permitir
que agentes causadores de doenças entrem em nosso corpo.
Várias doenças podem ser evitadas com o simples ato de lavar as mãos, como
infecções intestinais e até mesmo a gripe. Sendo assim, devemos sempre
ensinar as crianças a importância de se lavar as mãos, principalmente antes de
se alimentar e após ir ao banheiro.

2. Cortar as unhas

Como sabemos, muitas crianças constantemente estão brincando com terra,


lama e animais de estimação, por exemplo. Essas situações podem permitir que
organismos causadores de doenças fiquem embaixo das unhas, caso elas não
estejam bem cortadas.
Para evitar o acúmulo de sujeira embaixo das unhas, é fundamental cortá-las e
mantê-las bem limpas. Para isso, pode-se adotar o hábito diário de se limpar as
unhas, procedimento esse que pode ser feito com uma pequena escovinha.

96
3. Tomar banho

Tomar banho é também fundamental para garantir a


limpeza do nosso corpo. No caso das crianças, uma
atenção redobrada deve ser dada, uma vez que o suor
pode ser responsável por promover alergias na pele
e assaduras. Além disso, durante as brincadeiras,
é constante o contato com superfícies que podem https://br.freepik.com/vetores-
premium/menino-bonito-
conter micro-organismos causadores de doença. tomando-banho-no-banheiro-pela-
manha_2896084.htm

4. Escovar os dentes

Escovar os dentes e passar o fio dental são hábitos de


higiene que devem ser realizado por crianças e pessoas
de todas as idades, sendo esse um cuidado básico para
garantir a saúde bucal. Os dentes devem ser escovados
pelo menos três vezes ao dia, preferencialmente após
as refeições e antes de dormir, e o fio dental deve ser
http://www.freepngclipart.com/
utilizado diariamente. free-png/38551-brush-teeth-
brush-my-teeth-png-images
Não podemos nos esquecer ainda de visitar
regularmente o dentista, o que é recomendado pelo menos uma vez ao ano.
A higiene bucal é essencial para evitar o desenvolvimento de cáries, gengivite e
reduzir a placa bacteriana e o mau hálito.

5. Vestir roupas limpas

Vestir roupas limpas também diz respeito à higiene


infantil. Deve-se sempre trocar a roupa da criança
após o banho e nunca se deve repetir a roupa íntima.
Meias sujas também não devem ser utilizadas.
Viu só? Atitudes básicas do dia a dia podem prevenir
várias doenças em crianças, além disso, isso ajuda https://br.pinterest.com/
pin/312648399101847596/
a formar adultos mais conscientes da necessidade
de cuidar do corpo. Lembre-se sempre de que o cuidado com o corpo começa
ainda na infância.
https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/5-habitos-higiene-que-toda-crianca-deve-ter.htm

97
REGISTRE AQUI OS PONTOS DE OBSERVAÇÃO QUE VOCÊ RETIROU DO TEXTO.

CONVIDE SUA FAMÍLIA PARA FAZEREM JUNTOS UM CARTAZ COM LEMBRETES


E GRAVURAS DOS 5 HÁBITOS DE HIGIENE.

3 — Praticar esporte é promover saúde.

Veja as imagens a seguir:

https://www.youtube.com/watch?v=mgqRx3vp2qs

O que podemos fazer para praticarmos esportes diariamente.

Vamos conversar com nossa família e fazermos juntos uma relação dos esportes
que podemos praticar e que não precisam de recursos financeiros.

98
a) Abaixo temos algumas sugestões de esportes. Marque os que você mais se
identifica.

ESPORTES PRATICO GOSTARIA DE PRATICAR

FUTEBOL DE CAMPINHO
NO BAIRRO

FUTEBOL NA QUADRA
DA ESCOLA

PETECA

QUEIMADA

GINÁSTICA

DANÇA

NATAÇÃO

CORRIDA

4 — A partir dos desenhos abaixo, escreva o que você aprendeu sobre a SAÚDE na ESCOLA:

http://www.crianca.mppr.mp.br/arquivos/File/publi/ziraldo/saude_na_escola_2012.pdf

Use esse espaço para escrever:

99
SEMANA 3

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Língua Portuguesa — Leitura e produção textual. Interpretação de textos. Gêneros textuais.


Matemática — Números Naturais.
Ciências — A importância dos Direitos Humanos para garantir o acesso à saúde.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Prezados estudantes, continuando nosso estudo sobre a Educação para a Cidadania hoje iremos
conversar sobre os Direitos Humanos e como esses direitos se aplicam em nossas vidas. Esses
direitos existem simplesmente pelo fato de sermos humanos, independentemente de onde
nascemos ou vivemos.

Os Direitos Humanos estão escritos na “Declaração Universal dos Direitos Humanos”, e são ao todo 30
(trinta) direitos previstos, e promovem valores fundamentais como a igualdade, dignidade e liberdade.

Como são muitos os Direitos Humanos, apresentaremos a vocês alguns desses Direitos para que
saibam que vocês estão protegidos por lei e que podem sempre que for preciso fazer valer esses
direitos. Seja na vida de vocês, seja na família, na escola e nos ambientes que frequentam.
Um dos direitos da Declaração de Direitos Humanos fala que “todos os seres humanos nascem
livres e iguais em dignidade e direitos”.

A igualdade é um Direito Humano que leva em conta as diferenças individuais, mas reforçam a
igualdade fundamental entre todas as pessoas. Pode tratar de forma diferente aos desiguais, mas
não para restringir direitos e sim garantir que eles tenham seus direitos respeitados.

A dignidade é um direito Humano e diz que ninguém pode ser desprezado por suas crenças,
cultura ou valor.

A liberdade também é um Direito Humano e quer dizer que todos os indivíduos devem ser
respeitados e participar na sociedade.

Lembramos que os Direitos Humanos devem ser respeitados por todos e principalmente pelo
Estado, que deve proteção aos seus cidadãos. E que todas as crianças e adolescente do mundo
tem direito a uma vida saudável e segura.

O que são direitos humanos?


Os direitos humanos pertencem a todos e todas e a cada um de nós igualmente
Os direitos humanos são normas que reconhecem e protegem a dignidade de todos os seres
humanos. Os direitos humanos regem o modo como os seres humanos individualmente vivem em
sociedade e entre si, bem como sua relação com o Estado e as obrigações que o Estado tem em
relação a eles.

100
Todos os indivíduos são iguais como seres humanos e em virtude da inerente dignidade de cada
pessoa humana. Todos os seres humanos têm direito a seus direitos humanos sem discriminação
de qualquer tipo, como raça, cor, sexo, etnia, idade, idioma, religião, opinião política ou outra,
origem nacional ou social, deficiência, propriedade, nascimento ou outro status como explicado
pelos órgãos dos tratados de direitos humanos.

https://www.unicef.org/brazil/o-que-sao-direitos-humanos

https://www.youtube.com/watch?v=9iw9SrH0LUk

Como podemos ter acesso ao conhecimento sobre os nossos direitos?

Na figura abaixo temos representado alguns dos Direitos Humanos previstos na Declaração
Universal do Direitos Humanos.

http://bibliotecasba.blogspot.com/2010/12/dia-internacional-dos-direitos-humanos.html

101
ATIVIDADES

1 — Converse com sua família e juntos escolham, 04 (quatro) dos Direitos Humanos que
estão na figura acima e escreva na primeira coluna. E explique na segunda coluna o
motivo pelo qual fizeram a escolha.

DIREITOS HUMANOS ESCOLHIDOS POR QUE ESTE DIREITO FOI O ESCOLHIDO?

1º Direito

2º Direito

3º Direito

4º Direito

2 — Leitura e diálogo.
Orientamos que faça uma leitura silenciosa dos trechos abaixo e marque os pontos
que você perceber que são importantes.
Em seguida, leia o texto em voz alta para os seus familiares, e com base nos pontos
importantes que você já destacou no texto, explique para eles a importância das
crianças e adolescentes terem uma lei.

102
Texto 1: “A Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações
Unidas afirma que todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade
e em direitos, dotados de razão e de consciência, e devem agir uns para com os
outros em espírito de fraternidade”. Extraído do texto: DIREITOS HUMANOS
E CIDADANIA

Disponível em: https://meuartigo.brasilescola.uol.com.br/educacao/direitos-humanos-cidadania.htm.


Acesso em: 17 abr. 2020.

Texto 2: “Os seres humanos, embora sejam bastante diferentes entre si, nos
seus modos de viver e de ser, bem como quanto às condições materiais e de
sobrevivência que possuem, estão em condição de igualdade em relação ao fato
de que partilham a fragilidade humana. Somos todos sujeitos a limites físicos,
psíquicos e de outras naturezas, limites esses que, quando ultrapassados,
causam algum tipo de dor e/ou sofrimento. Portanto, ter dignidade ou exercer
a dignidade está diretamente ligado a ter e exercer direitos que são humanos e
que se vinculam à tolerância e ao respeito humano“. Extraído da Cartilha Direitos
Humanos em Educação.

Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=12331-direitoshumanos-


pdf&Itemid=30192. Acesso em: 17 abr. 2020.

ESCREVA AQUI OS DIREITOS QUE LOCALIZOU NOS TEXTOS

103
3 — Observe a figura a seguir:

http://www.dhnet.org.br/dados/cartilhas/a_pdf_dh/cartilha_ziraldo_dh.pdf

Converse com sua família e façam uma lista do que juntos podem fazer para serem
cidadãos melhores na comunidade em que vivem.

Use esse espaço para escrever

104
4 — A partir do que aprendeu sobre Direitos Humanos, responda a seguinte pergunta:

O que são os Direitos Humanos para você?

Use esse espaço para escrever

105
SEMANA 4

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

História — Declaração Universal dos Direitos Humanos


Ciências — Cuidados com a saúde.
Língua Portuguesa — Leitura e produção textual. Interpretação de textos.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

No Brasil, as crianças e adolescentes além de serem protegidos pela Declaração Universal dos
Direitos Humanos, também recebem a proteção integral do ECA — Estatuto da Criança e do
Adolescente, que foi criado em 1990 para regulamentar o compromisso da sociedade com a cidadania
em relação a todos os direitos que as crianças e adolescentes possuem em nosso País.
A Constituição do Brasil de 1988, também assegura os direitos da criança, do jovem e do adolescente.
Você sabia que criança é toda pessoa que tenha até 12 anos de idade. E adolescente são todas as
pessoas que possuem entre 12 anos até 18 anos de idade?

Vamos ver alguns direitos que estão no ECA:

http://www.dhnet.org.br/dados/cartilhas/a_pdf_dh/cartilha_ziraldo_dh.pdf

106
ATIVIDADES

1 — O ECA na escola

Veja as imagens abaixo e analise o que está acontecendo com cada estudante
em sua escola. Como você percebe que ele está se sentindo?

http://www.conselhodacrianca.al.gov.br/sala-de-imprensa/publicacoes/ECA_ilustrado%20tirinhas.pdf

http://www.conselhodacrianca.al.gov.br/sala-de-imprensa/publicacoes/ECA_ilustrado%20tirinhas.pdf

Você sabia que o ECA também protege todas os estudantes DENTRO e FORA
da Escola?

Escreva o que você pode fazer para ajudar um colega da escola que não
esteja sendo respeitado?

107
2 — O ECA garante que toda criança esteja na escola

O ECA garante a inclusão de todas as crianças e adolescentes nas escolas

http://www.conselhodacrianca.al.gov.br/sala-de-imprensa/publicacoes/ECA_ilustrado%20tirinhas.pdf

A partir da imagem acima, como você acha que a sua Escola pode melhorar
para incluir todos os estudantes que possuem alguma deficiência em todas
as atividades da escola?

3 — O ECA na família

108
http://www.conselhodacrianca.al.gov.br/sala-de-imprensa/publicacoes/ECA_ilustrado%20tirinhas.pdf

O ECA garante que toda criança e adolescente tenha uma família na qual faça
parte. Mas as vezes acontece de a criança ou adolescente fazer parte de uma
família diferente daquela em que ele nasceu.

Complete a frase abaixo:

Família é....

4 — Mais direitos que o ECA garante

SAÚDE E PREVENÇÃO

109
CRIANÇA NÃO PODE TRABALHAR

CRIANÇAS E ADOLESCENTES SÓ FREQUENTEM LUGARES PERMITIDOS

http://www.conselhodacrianca.al.gov.br/sala-de-imprensa/publicacoes/ECA_ilustrado%20tirinhas.pdf

Agora escolha um desses Direitos, aquele que acredita ser o mais importante
para toda criança e adolescente e escreva no seu caderno ou no espaço.

110
PARA SABER MAIS:

Não fique limitado aos textos contidos nas aulas. Pesquise em outras fontes
como: livros, internet, revista, documentos, vídeos, etc.
DICAS:
HIGIENE PESSOAL — https://www.youtube.com/watch?v=mgqRx3vp2qs
Higiene e Saúde https://www.youtube.com/watch?v=k2z0ppvRqEY
Três regras para uma boa saúde https://www.youtube.com/
watch?v=c8c0RUONuf0
Normal É Ser Diferente! Grandes Pequeninos — Jair Oliveira
https://www.youtube.com/watch?v=oueAfq_XJrg
Somos Todos Iguais — Inclusão Social https://www.youtube.com/
watch?v=MfeLDhy0uwQ
Deficientes e especiais... somos todos https://www.youtube.com/
watch?v=aww32PsnHQI
Tia Cecéu — SEM PRECONCEITO — desenho https://www.youtube.com/
watch?v=-Xg2ZWMgSek
#HugoEnsina16 Sinais de SENTIMENTOS em Libras https://www.youtube.com/
watch?v=W9-J_6b2tuo
#HugoEnsina06 — Sinais de Animais em Libras https://www.youtube.com/
watch?v=j9IQoEIJ04A
Alfabeto em libras letra por letra com áudio — Vídeo Educativo
https://www.youtube.com/watch?v=ns-MylNcEic
MIN e as Mãozinhas https://www.sonoticiaboa.com.br/2018/09/27/lancado-1o-
desenho-animado-para-criancas-surdas-libras/
Direitos Humanos — https://www.youtube.com/watch?v=95pHjoKfeAA
Direitos Humanos — https://www.youtube.com/watch?v=hGKAaVoDlSs
Série Direitos Humanos — https://www.youtube.com/watch?v=7wbIQRzggTI
Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA): Saiba o que é
https://www.youtube.com/watch?v=xHeimJk8YoQ
Água? https://www.youtube.com/watch?v=Iye8mZexCSM
O Uso Racional da Água https://www.youtube.com/watch?v=JtshF-n-mis
A importância da água — Cartilha Planeta Água [com legendas]

111
https://www.youtube.com/watch?v=HQYbLX7ieYo
Filme infantil — A água é um mundo fantástico https://www.youtube.com/
watch?v=V8hZwx2Clg0
Aquecimento global https://www.youtube.com/watch?v=93yZr_azD0o
Cartilha Planeta Água — O mau uso da água https://www.youtube.com/
watch?v=ekShrARxGjk
Vídeo Consumo Sustentável da Água https://www.youtube.com/
watch?v=NsQlDBMFGjU
A Família e a Árvore Genealógica | Vídeos Educativos para Crianças
https://www.youtube.com/watch?v=o7ezVBaQBmM

112
SECRETARIADEESTADODEEDUCAÇÃODEMINASGERAIS

PLANO DE ESTUDO TUTORADO


COMPONENTE CURRICULAR: ESTUDOS ORIENTADOS
ANO DE ESCOLARIDADE: 4º ANO
NOME DA ESCOLA:
ESTUDANTE:
TURMA: TURNO:
MÊS: TOTAL DE SEMANAS: 04
NÚMERO DE AULAS POR SEMANA: 04 NÚMERO DE AULAS POR MÊS: 16

SEMANA 1

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Leitura; Interpretação de texto; Raciocínio lógico-matemático; Operações com números naturais,


Preservação da saúde.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos aprimorar nossa estratégia de estudo das atividades que
envolvem leitura, interpretação, produção escrita e cálculo. Vamos começar as atividades?

Lembre-se de organizar o seu quadro de rotina de estudos. Retome o material orientador do mês
de março. Ele traz dicas importantes!

Título/tema: Covid-19: Informação e prevenção


Você tem acompanhado as notícias sobre o Coronavírus? Sabemos que Coronavírus é
uma família de vírus que provoca infecções respiratórias que vão desde um resfriado até
síndromes respiratórias agudas severas e causa a doença denominada Covid-19 e que
teve início na China, em dezembro de 2019. A TV, os jornais e as redes sociais diariamente
publicam informações sobre essa pandemia. As atividades que você vai realizar agora tratam
desse tema.

113
Cascão lava as mãos – mãos - Fotos:
reprodução/ Twitter / Tuma da Mônica
https://diariodonordeste.verdesmares. Adaptado de Agência Brasil. Disponível em:
com.br/opiniao/charges/charge-na- https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/
quarentena-1.2224374 noticia/2020-03/saiba-tudo-sobre-o-novo-
coronavirus-e-covid-19

Quais são as medidas de prevenção ao Covid-19?

O Ministério da Saúde explica que não há medicamento, substância, vitamina, alimento específico
ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus e indica as seguintes medidas
de prevenção:
• lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, ou usar
desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;
• evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
• evitar contato próximo com pessoas doentes;
• ficar em casa quando estiver doente;
• usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo
após o uso;
• não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal;
• limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência;
• manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
• usar máscara quando precisar sair de casa.

Imagem disponível em: https://pixabay.com/pt/vectors/corona-


covid-19-coronav%C3%ADrus-v%C3%ADrus-4942823/

114
ATIVIDADES

1 — Leitura e compreensão textual.


Leia o texto abaixo:

“Cof, cof! Xiii, será que eu peguei?”


Os sintomas mais comuns da COVID-19 são febre, cansaço e tosse seca. Alguns
pacientes podem apresentar dores do corpo, nariz escorrendo ou entupido, dor de
garganta ou diarreia. Esses sintomas, em geral, são leves e começam gradualmente.
Há pessoas que são infectadas pelo coronavírus mas que não apresentam
sintomas e não se sentem mal. A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera
da doença sem precisar de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas com
COVID-19 fica gravemente doente e desenvolve dificuldade para respirar.
Se você ou alguém da sua família tem febre, tosse e dificuldade para respirar,
procure atendimento médico e informe se estiveram em viagens fora do Brasil ou
se tiveram contato com pessoas que voltaram de viagem ao
exterior recentemente.
Fonte: Plenarinho. Disponível em: https://plenarinho.leg.br/index.php/2020/03/coronavirus-saiba-como-se-cuidar/

2 — Organizando informações:
Todos os textos que lemos contêm informações importantes. Uma forma
interessante de memorizar as informações de um texto é fazer um fichamento.
No fichamento registramos as ideias e informações mais importantes e é uma
ótima estratégia de estudo. Vamos organizar as informações do texto que acabou
de ler? Preencha o quadro abaixo. Algumas informações já estão registradas.
Complete o que falta:

Título do texto:

Tema ou assunto: Covid-19

Fonte (de onde foi retirado o texto): internet — site Plenarinho

115
Principais ideias e informações do texto:
Sintomas da Covid-19, o que fazer quando apresentar os sintomas
Sintomas mais comuns da Covid-19
1. 
2. 
3. 
Sintomas apresentados em alguns pacientes:
1.  Dor no corpo;
2. 
3.  Nariz escorrendo;
4.  Dor de garganta;
5. 

O que fazer se alguém na família apresentar os sintomas:


Número de pessoas que ficam gravemente doentes:

3 — Exercitando estratégias de estudo.


Agora, vamos ver se você entendeu como registrar as ideias importantes de um
texto. Escolha um texto do seu material de estudo ou de um jornal ou revista que
tenha em sua casa e preencha o quadro abaixo:

Título:

Tema ou assunto:

Autor ou fonte:

Principais ideias e informações do texto:

116
4 — Quebra-cuca
Encontre no Caça-Palavra abaixo 3 sintomas da COVID-19

C C A N S A Ç O M

B E N S G B V U I

S C D R O A J B F

C O V X F E B R E

I R I A C S A T S

A L M S E V I O B

O M Z T O S S E R

V D C H Q N A I O

5 — Desafio Matemático.
De acordo com o texto “Cof, cof! Xiii, será que eu peguei?”, cerca de 1 em cada
6 pessoas com COVID-19 fica gravemente doente. Assim, se dobrarmos o número de
pessoas com COVID-19, 2 podem ficar gravemente doente. E se triplicarmos, quantos
ficarão gravemente doentes? Então, exercite sua mente e complete o quadro abaixo:

Número de Pessoas Número de Pessoas que podem ficar


com Covid-19 gravemente doente

6 1

12 2

18

24

36 6

60

117
SEMANA 2

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Leitura; Interpretação de texto; Figuras de Linguagem.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos aprimorar nossa estratégia de estudo das atividades
que envolvem leitura, interpretação, produção escrita. Vamos começar as atividades?

Lembre-se de organizar o seu quadro de rotina de estudos. Retome o material orientador do


mês de março. Ele traz dicas importantes!

Título/tema: Onomatopeia
A representação de sons na escrita é chamada de onomatopeia. As tirinhas usam muito essa
representação. Veja os exemplos abaixo:

118
ATIVIDADES

1 — Leitura
Na atividade da Semana 5, você leu o texto “Cof, cof! Xiii, será que eu peguei?”.
Faça uma leitura silenciosa para realizar as atividades abaixo.

Você já viu a expressão “cof cof” em algum outro texto? O que ela representa?

2 — A onomatopeia também é utilizada em textos. Leia o poema abaixo.

O RELÓGIO
(Vinícius de Moraes, Paulo Soledade)

Passa, tempo, tic-tac


Tic-tac, passa, hora
Chega logo, tic-tac
Tic-tac, e vai-te embora
Passa, tempo
Bem depressa
Não atrasa
Não demora
Que já estou
Muito cansado
Já perdi
Toda a alegria
De fazer
Meu tic-tac
Dia e noite
Noite e dia
Tic-tac
Tic-tac
Tic-tac...

119
Que som a onomatopeia Tic-tac representa?

Por que ela é repetida diversas vezes no poema?

Gostou do poema? Você pode ouvi-lo em forma de música. Na seção Quer Saber
Mais tem um link para acesso do vídeo no youtube. Walter Franco — O Relógio
https://www.youtube.com/watch?v=4szJqFbLEnE

3 — Desafio da Onomatopeia
Vamos ver se você está craque na representação de sons? Que sons as expressões
abaixo representam?

•  Cláp! Cláp!
• 
Plaft!:
• 
Tchibum:
• 
Vrum-vrum:
• 
Blém-blém:

120
SEMANA 3

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Leitura; Interpretação de texto; Raciocínio lógico-matemático; Operações com números


naturais, Tratamento da Informação.

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos aprimorar nossa estratégia de estudo das atividades que
envolvem leitura, interpretação, produção escrita e cálculo. Vamos começar as atividades?

Lembre-se de organizar o seu quadro de rotina de estudos. Retome o material orientador do mês
de março. Ele traz dicas importantes!

Na HORA de estudar não esqueça de:


Durante a leitura de textos, eleger
informações e grifá-las.
Resumir os conteúdos.
Anotar e registrar as principais
informações e as dúvidas.
Organizar em tópicos e frases as
informações de cada matéria.
Revisar as atividades após realizá-las.

https://www.pinterest.ru/pin/329677635215018074/

121
ATIVIDADES

1 — Leitura
O Site Agência Brasil publicou uma reportagem sobre a utilização da internet por
crianças e adolescentes. Leia abaixo alguns trechos da reportagem:

Fonte: Agência Brasil. Disponível em https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-09/


brasil-tem-243-milhoes-de-criancas-e-adolescentes-utilizando-internet

Na Semana 5 você fez um fichamento de um texto sobre o COVID-19. Agora, você vai
fazer o fichamento desta reportagem. Vamos lá? Preencha todos os campos
do quadro:

122
Título do texto:

Tema ou assunto:

Fonte (de onde foi retirado o texto):

Autor: Data:

Principais ideias e informações do texto:

2 — Sou internauta?
Você já ouviu a palavra internauta? Sabe o que significa? Pesquise em um
dicionário ou converse sobre isso com as pessoas da sua casa. Agora, responda às
perguntas abaixo:
Uma pesquisa com adolescentes sobre a frequência de acesso à internet, revelou
que a maioria acessa a internet todo dia. Veja a imagem abaixo com o resultado:

Imagem do site: http://www.crianca.mppr.mp.br/arquivos/File/publi/


unicef/br_uso_internet_adolescentes.pdf

• Essa pesquisa foi feita em 2013. Se essa pesquisa for realizada em 2020 as
respostas serão as mesmas? Por quê?

123
• Se você fosse entrevistado, qual opção você iria informar?
• Que sites você costuma acessar?
• O que mais desperta o seu interesse na internet?
• Como o acesso à internet pode ajudar a realização das suas tarefas escolares?

E aí? Você é um internauta?

3 — O que rola na internet: Exercitando a curiosidade.

Notícia do site GoHurb. Disponível em:


https://go.hurb.com/magica-ensina-criancas-a-se-protegerem-do-coronavirus-e-video-viraliza/

Se puder, assista o vídeo no Youtube. Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=6gKg-YB42xA

Vamos fazer essa mágica?


Você vai precisar de 2 pratos, água, detergente e orégano ou pimenta do reino.
Coloque água num prato e acrescente o orégano.
No outro prato um pouco de detergente líquido.
Coloque seu dedo no prato com água e orégano e veja o que acontece.
Agora, coloque seu dedo no prato com detergente e em seguida, coloque no prato
com orégano. O que aconteceu?
O que você aprendeu com essa experiência?

124
SEMANA 4

CONTEÚDOS RELACIONADOS E INTERDISCIPLINARIDADE:

Tratamento da Informação; Leitura

RESGATANDO CONHECIMENTOS

Caro estudante, nesta semana vamos avaliar seu desempenho nas atividades de estudo
desenvolvidas neste mês. Vamos lá?

Título/tema: Autoavaliação
Nas últimas semanas você se dedicou a conhecer a importância das medidas de prevenção ao
Coronavírus, leu e interpretou muitos textos, resolveu problemas matemáticos e pesquisou outros
assuntos importantes para seus estudos.
Nesta semana vamos organizar os temas aprendidos e identificar os temas ou assuntos que
precisam de mais estudo, ok?
Assim você poderá organizar também as próximas semanas de estudos em casa, até que as aulas
retornem presencialmente.

125
ATIVIDADES

1 — Avaliando o seu desempenho


Agora que você já realizou todas as atividades do seu material de estudo, marque
no quadro abaixo como você avalia seu desempenho nas atividades. Utilize a
legenda abaixo:

Hummm...Posso Vixe... preciso estudar


Obaaa! Sou fera
melhorar mais

ATIVIDADES DE LÍNGUA
MEU DESEMPENHO
PORTUGUESA

Produção escrita: carta de


reclamação

Interpretação de texto

Reconto

ATIVIDADES DE MATEMÁTICA MEU DESEMPENHO

Operação com números


naturais

Composição e decomposição
de números naturais

Aleatoriedade

Probabilidade

126
2 — Analisando os resultados e organizando a rotina da próxima semana e mês
Agora que você já fez a avaliação do seu desempenho, conte quantas vezes cada
emoticon você marcou e registre no quadro abaixo.

Hummm... Posso Vixe... preciso


Obaaa! Sou fera
melhorar estudar mais

LÍNGUA LÍNGUA LÍNGUA


MATEMÁTICA MATEMÁTICA MATEMÁTICA
PORTUGUESA PORTUGUESA PORTUGUESA

Agora fica fácil saber que temas você precisa estudar mais e quais o que você já
sabe bastante e pode pesquisar para saber mais, não é mesmo?

Para planejar sua rotina para as próximas atividades reflita sobre as questões abaixo:
1. Faço minhas tarefas com atenção?
2. Estou conseguindo realizar as atividades sozinho ou preciso de ajuda?
3. O que posso fazer para melhorar e aprender mais?

Se você está com dificuldades em muitos temas e atividades, não desanime! Peça
ajuda à sua família ou às pessoas que estão em casa com você. E registre todas
essas dúvidas em seu caderno para em breve você dialogar com seus professores
e colegas.
Reveja as orientações para organização do seu horário de estudos no material da
1ª semana e se reorganize.

127
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E SITES CONSULTADOS

LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL

Gênero Textual, definições exemplificadas através da História em Quadrinhos


O USO DE QUADRINHOS E TIRINHAS NA CONSTRUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA O
ENSINO A DISTÂNCIA
SONIA TANINO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS COMO RECURSO METODOLÓGICO PARA OS
PROCESSOS DE ENSINAR
Conhecendo peculiaridades dos gêneros “Cartum” e “Charge”
Cartum
PUNCH Magazine Cartoon Archive
http://www.lpeu.com.br/q/g7hrs
https://educador.brasilescola.uol.com.br/estrategias-ensino/sequencia-didatica-para-
ensino-genero-textual-receita.htm
https://escolakids.uol.com.br/portugues/receita-um-genero-discursivo.htm

LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

BORIM, Julia — Jogos e Resolução de problemas: Uma estratégia para as aulas de


Matemática — IME-USP, 1996.
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros
Curriculares Nacionais: matemática (1º e 2º ciclos do Ensino Fundamental). Brasília: MEC/
SEF, 1997, 142 p.
. Ministério da Educação, Instituto Reúna e Fundação Lemann. Percurso Formativo
para Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília, 2018. Disponível em: https://
percursoformativobncc.org.br/. Acesso em: 25/04/2020.
. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão
Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Educação Estatística.
Brasília, 2014.
Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Brasília, 2017.
Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_
versaofinal_site.pdf. Acesso em: 25/04/2020.
Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Diretrizes e Bases da Educação Nacional —
LDB. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Congresso Nacional,
[1996]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.
Acesso em: 25/04/2020.

128
CENTURIÓN, M; JAKUBOVIC, J. “Matemática na medida certa“. 1. ed. São Paulo: Leya, 2015.
CHAGAS, Elza Maria Paiva de Figueiredo. “O que está sendo ensinado em nossas escolas é, de
fato, matemática?” In: Revista Iberoamericana de Educación, 2005.
DANTE, L.R. Didática da Resolução de Problemas de Matemática. 2º ed. São Paulo: Ática, 1998.
D ́AMBROSIO, Beatriz. Como ensinar matemática hoje? Temas e Debates. Ano II. n. 2. Brasília:
SBEM, 1989, p. 15-19.
DINIZ, M.G. et al. Cadernos do Mathema: Jogos de Matemática de 5º a 9º ano do Ensino
Fundamnetal. 1 ed. Porto Alegre: Editora Artmed, 2007.
FIORENTINI, D. e MIORIM, M. A. Uma reflexão sobre o uso de materiais concretos e jogos no
ensino da Matemática. Boletim da SBEM — SP. São Paulo, SP: SBEM/SP, ano 4, n. 7, 1990.
GRANDO, R. C. O Conhecimento Matemático e o uso de Jogos na sala de Aula. Tese de
Doutorado. Campinas. Faculdade de Educação, UNICAMP, 2000.
KISHIMOTO, Tizuko Morchida. O Brinquedo na Educação: Considerações Históricas. In: Série
Idéias, n. 7. São Paulo: FDE, 1995, p. 39-45.
LORENZATO, S. Por que não ensinar Geometria?, Educação em Revista — Sociedade Brasileira
de Educação Matemática — SBM, ano 3, n. 4 — 13, 1º sem. 1995.
. Laboratório de ensino de matemática e materiais didáticos manipuláveis.
In: LORENZATO, Sergio Apparecido (Org.). O laboratório de ensino de matemática na
formação de professores. Campinas: Autores Associados, 2006.
MACEDO, L. de. Para uma psicopedagogia construtiva. In: ALENCAR, E. S. (Org.) Novas
contribuições da psicologia aos processos de ensino e aprendizagem. São Paulo, SP:
Cortez, 1992.
. Aprender com Jogos e Situações-Problema. Artmed Editora, Porto Alegre, 2000.
MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Educação e União dos Dirigentes Municipais
de Educação de Minas Gerais. Currículo Referência De Minas Gerais (CRMG).
Belo Horizonte, 2019. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1ac2_
Bg9oDsYet5WhxzMIreNtzy719UMz/view. Acesso em: 25/04/2020.
ORTIZ, J. P. Aproximação teórica à realidade do jogo. In: MURCIA, J. A. M. e colaboradores.
Aprendizagem através do Jogo. Porto Alegre, RS: Artmed, 2005.
REVISTA DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA — SOCIEDADE BRASILEIRA DE MATEMÁTICA —
Nº 59 — 2006.
SMOLE, Kátia Stocco; DINIZ, Maria Ignez; CÂNDIDO, Patrícia. Caderno Mathema. Jogos
Matemáticos de 1º ao 5º ano. Porto Alegre: Artemed, 2007. p. 113-115.
SMOLE, K. S., DINIZ, M. G. e CÂNDIDO P. Resolução de Problemas. 1. ed. Porto Alegre:
Artmed, 2000.
TAHAN, Malba. O Homem que Calculava. 58ª edição. Rio de Janeiro, Editora Record, 2002.

129
EDUCAÇÃO PARA CIDADANIA

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Educação inclusiva: a


escola. V.3.Brasilia: 2004. Disponível em:< http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/
aescola.pdf>. Acesso em: 23 abr. 2020.
BRASIL. Ministério da Saúde. Saúde na escola: série F. Comunicação e Educação em Saúde.
Brasília:2012. Disponível em: <http://www.crianca.mppr.mp.br/arquivos/File/publi/ziraldo/
saude_na_escola_2012.pdf>. Acesso em: 23 Abr. 2020.
BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e
para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Brasília, DF. Ministério da
Educação (MEC). 2004.
BRASIL. Educação antirracista : caminhos abertos pela Lei Federal nº 10.639/03 — Secretaria
de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. — Brasília: Ministério da Educação,
Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. (Coleção Educação
para todos). Disponível em:<http://proporcionar.mec.gov.br/images/pdf/bib_volume2_
educacao_anti_racista_caminhos_abertos_pela_lei_federal_10639_2003.pdf.
Acesso em: 06. Nov. de 2019.
BRASIL. Plano Nacional das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações
Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Brasília,
DF: SECAD; SEPPIR, jun. 2009.
Geledés. Instituto da Mulher Negra. Disponível em: https://www.geledes.org.br/dandara-e-a-
princesa-perdida/Acesso: abril/2020.
SANTOS, Vanessa Sardinha dos. Saúde na escola. Brasil Escola. Disponível em: <https://
brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola>. Acesso em: 22 Abr. 2020.
SANTOS, Vanessa Sardinha dos. 5 hábitos de higiene que toda criança deve ter. Brasil Escola.
Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/5-habitos-higiene-que-
toda-crianca-deve-ter.htm. Acesso em: 23 de abril de 2020.
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro — Rio de Janeiro, 17 de dezembro de 2018:
Projeto divulga cultura afro-brasileira para crianças. Disponível em: <https://portal.ufrrj.br/
projeto-divulga-cultura-afro-brasileira-para-criancas>. Acesso em: abril/2020.
BRASIL. Câmara dos Deputados. O ECA em tirinhas para Crianças. Disponível em: < http://
www.conselhodacrianca.al.gov.br/sala-de-imprensa/publicacoes/ECA_ilustrado%20
tirinhas.pdf>. Acesso em: 17 abr. 2020.
BRASIL. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do
Adolescente e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/
ccivil_03/leis/l8069.htm>. Acesso em: 17 abr. 2020.
UNESCO. Cartilha direitos humanos. Disponível em: <http://www.dhnet.org.br/dados/
cartilhas/a_pdf_dh/cartilha_ziraldo_dh.pdf>. Acesso em: 17 abr.2020.
UNICEF. O que são direitos humanos? Disponível em: <https://www.unicef.org/brazil/o-que-
sao-direitos-humanos>. Acesso em: 17 abr. 2020.

130
ESTUDOS ORIENTADOS

RIGONATTO, Mariana. “Onomatopeia”; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.


com.br/gramatica/onomatopeia.htm. Acesso em: 24 de abril de 2020.
Unicef. O uso da internet por adolescentes. Brasília, 2013. Disponível em: http://www.crianca.
mppr.mp.br/arquivos/File/publi/unicef/br_uso_internet_adolescentes.pdf
Acesso em: 23/04/2020.
BRASIL. Ministério da Saúde. Disponível em: https://saude.gov.br/
Agência Brasil. https://agenciabrasil.ebc.com.br/
MINAS GERAIS. Currículo Referência de Minas Gerais. SEE/MG
BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. BNCC. MEC

131